Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Microclima e ocorrência de ramulose no algodoeiro em diferentes densidades populacionais.; Microclimate and ocurrence of ramulose in different cotton plant population densities.

Monteiro, José Eduardo Boffino de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.1%
Com o objetivo de avaliar o microclima e a ocorrência de ramulose (Colletotrichum gossypii South. var. cephalosporioides Costa) em diferentes densidades populacionais do algodoeiro (Gossypium hirsutum L. var. latifolium Hutch.), foi conduzido um experimento com as cultivares IAC 23 e Coodetec 401, em espaçamento de 0,9 m entre linhas e com 5, 10 e 15 plantas por metro na linha de plantio, perfazendo um total de seis tratamentos, subdivididos em parcelas inoculadas e não inoculadas com o fungo. A temperatura do ar medida na altura do terço superior da cultura apresentou diferença significativa em relação à medida a 2m do solo, na estação meteorológica, mas, não significativa entre as diferentes densidades. A umidade relativa foi maior quanto maior a densidade da cultura e significativamente menor na estação meteorológica. Porém, essa diferença ocorreu na fase inicial da cultura pois, a partir de um determinado grau de desenvolvimento, as diferenças entre densidades se minimizaram. A duração do período de molhamento (DPM) ocorreu de modo análogo à umidade relativa, porém com diferenças proporcionalmente maiores entre as densidades. Aos 30 dias após emergência (DAE), a DPM foi, em média, de 9,4, 10,2 e 11,7h...

Arborização viária X sistemas de distribuição de energia elétrica: avaliação dos custos, estudo das podas e levantamento de problemas fitotécnicos. ; Street arborization x electric distribution system: evaluation of the costs, study of the pruning and a survey of phytotechnical problems.

Velasco, Giuliana Del Nero
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
35.98%
É notório que a convivência entre redes de distribuição de energia elétrica e árvores de rua é, atualmente, um dos principais problemas da arborização viária, sendo a poda, o método mais utilizado para contorná-lo; embora livrando galhos da rede, em um primeiro instante, acaba por estimular novas brotações, as quais, em um curto espaço de tempo, atingirão novamente os fios. Com o intuito de estudar as podas feitas em árvores urbanas e analisar novas técnicas possíveis de serem utilizadas para reduzir o número de podas, melhorar a convivência das espécies com a fiação elétrica, além de permitir à árvore desempenhar plenamente a função ecológica que lhe é esperada, buscou-se levantar dados referentes aos três tipos principais de redes de distribuição de energia elétrica (aérea convencional, aérea compacta e subterrânea), em quatro concessionárias de energia elétrica, a fim de compilá-los em um só trabalho. Como parte teórica do trabalho, foram levantados custos de implantação das redes convencional, compacta e subterrânea, assim como custos de manutenção e de poda de árvores. Como parte prática, foram levantadas 100 árvores nas cidades de Piracicaba/SP, Maringá/PR e Belo Horizonte/MG...

Efeito do anelamento e de doses de ácido giberélico na frutificação das uvas 'Niagara Rosada' e 'Vênus' nas regiões noroeste e da alta paulista do Estado de São Paulo.; Effect of girdling and gibberellic acid on the fruit set of 'Niagara Rosada' and 'Venus' grapevines growing in the northwest area of São Paulo state.

Cáto, Stella Consorte
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2002 PT
Relevância na Pesquisa
35.98%
O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito do ácido giberélico em doses crescentes, isoladamente ou em conjunto com o anelamento de ramos e/ou com o desponte de cachos sobre as características dos cachos, bagos e engaços das cultivares de uvas de mesa Niagara Rosada e Vênus. Foram realizados dois experimentos para cada cultivar nas regiões noroeste e da alta paulista do Estado de São Paulo, e os delineamentos estatísticos utilizados foram em blocos ao acaso, com cinco repetições sendo quatorze e dezoito tratamentos para 'Niagara Rosada' e vinte e oito tratamentos para cada experimento com 'Vênus'. Para todos os experimentos, o ácido giberélico nas doses de 0; 10; 22,5; 35; 47,5; 60 e 72,5ppm, fo i aplicado quinze dias após o pleno florescimento, através da imersão total dos cachos, com exceção de um experimento com 'Niagara Rosada', no qual foi acrescido mais duas doses de 85 e 97,5ppm. O anelamento nos ramos produtivos foi realizado também nesta mesma época. No primeiro experimento com 'Niagara Rosada' detectou-se que não houve influência do anelamento de ramos sobre a massa e o tamanho médio dos bagos. Também, a dose de 35ppm de ácido giberélico sendo aplicada isoladamente originou incrementos na massa e tamanho médio dos cachos e bagos. Esta mesma dose quando aplicada conjuntamente com o anelamento de ramos proporcionou incrementos no teor de sólidos solúveis totais do mosto. No segundo experimento com 'Niagara Rosada'...