Página 1 dos resultados de 6236 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Psicologia Educacional ou Escolar? Eis a questão; Educational Psychology or School Psychology? That is the question; ¿Psicología de la Educación o Psicología Escolar? Esa es la cuestión

Barbosa, Deborah Rosária; Souza, Marilene Proença Rebello de
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.07%
Este artigo apresenta alguns dados oriundos da tese de doutorado sobre a história do campo de conhecimento e prática da Psicologia em sua relação com a Educação no Brasil. Este estudo foi conduzido baseado no fundamento epistêmico-filosófico do materialismo histórico dialético e na nova história, utilizando fontes bibliográficas históricas e cinco relatos orais de personagens da Psicologia Educacional e Escolar. Os depoimentos e o material das fontes escritas constituíram o corpus documental cuja organização seguiu a metodologia da história oral e historiografia plural. Foi realizada análise descritivo-analítica compreendida em duas etapas: a) análise documental (fontes não orais) e b) construção de indicadores e núcleos de significação dos registros orais. A partir das análises, compôs-se uma periodização da história da Psicologia Educacional e Escolar brasileira por meio de marcos históricos da área. No presente artigo destaca-se a discussão acerca da conceituação e terminologias utilizadas pela Psicologia Educacional e Escolar ao longo do tempo e de como essas mudanças nas nomenclaturas da área refletem questões epistemológicas, ideológicas e políticas.

Dizeres, saberes e fazeres do professor, no contexto da inclusão escolar

Guasselli, Maristela Ferrari Ruy
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.22%
Na perspectiva de que a linguagem é linguagem porque faz sentido, partilho esse estudo, para que possamos refletir sobre a temática provocada por discussões que problematizam as relações sociais e políticas quanto à inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais no ensino regular. Volto meu olhar para os diferentes discursos que constituem as práticas diárias dos professores, trazendo como tema central os dizeres, saberes e fazeres do professor no contexto da inclusão escolar como efeitos de sentido produzidos nos/pelos discursos. Meu objetivo é verificar que sentido os professores dão à educação inclusiva, frente aos desafios dessa prática escolar. A investigação sobre a qual me debruço inscreve-se no campo da educação, especialmente no que se refere aos sentidos produzidos pelos discursos acerca da educação inclusiva. Os sujeitos interlocutores dessa pesquisa são quatro professoras que atendem alunos com necessidades educacionais especiais, em uma escola regular da rede municipal de ensino de Novo Hamburgo. Esta escola tem experiência com a proposta de inclusão há mais de seis anos, atendendo desde a educação infantil até a 5ª série do ensino fundamental. Para a realização desta pesquisa...

Cidadania, diversidade e educação inclusiva : um diálogo entre a teoria e a prática na rede pública municipal de Manaus

Matos, Maria Almerinda de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.15%
Esta pesquisa investiga como a Rede de Ensino Municipal de Manaus tem buscado garantir a aprendizagem e o desenvolvimento dos alunos com necessidades educacionais especiais, prevendo formas de acompanhamento do processo escolar que respeitem as possibilidades de expressão do potencial dos mesmos à luz de princípios que orientam a inclusão como uma temática que historicamente faz-se fortemente presente e que vamos definindo através das práticas no cotidiano escolar. A partir de uma dimensão dialética, pensamos uma educação inclusiva como movimento histórico e na especificidade de Manaus. Conceitos centrais do trabalho são os de cidadania, inclusão e exclusão e inclusão escolar; para sua discussão apoiamo-nos em referências da literatura cientifica e da legislação e normas brasileiras e internacionais. Não podemos falar em educação especial sem pensar na educação de todos. O paradigma da inclusão serve de parâmetro à gestão educacional e para a efetivação de projetos político pedagógicos que privilegiem o respeito à diferença, numa transformação histórica para os processos de exclusão, presentes na educação brasileira. Nesse contexto, o problema de nossa pesquisa está centrado nas condições escolares e de atuação dos professores e coordenadores pedagógicos na implementação de uma proposta educacional no paradigma da inclusão. Nosso objetivo consiste...

Arquitetura pedagógica de projetos de aprendizagem : um novo olhar sobre a prática em sala de aula

Scheffer, Dulce de Medeiros Boff
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
A experiência de um professor durante muitos anos pode apresentar estrutura e resultados diferentes, dependendo da prática pedagógica que vivencia. Ao mesmo tempo em que esta prática é vivenciada, necessita ser refletida e readaptada ao contexto escolar em que está inserida, e proporcionar a construção do conhecimento aos alunos e ao professor. Quando o professor se permite refletir e avaliar sua própria proposta de prática pedagógica, é capaz de desafiar-se à mudança. As reflexões que aconteceram diante de uma prática escolar já estabelecida provocaram inquietações e, através de estudos e o desenvolvimento de uma nova metodologia de ensino baseada na arquitetura pedagógica de Projetos de Aprendizagem, permitiram visualizar uma nova forma de ensinar. Comparando o desenvolvimento e os resultados desta nova metodologia com a prática escolar vivenciada durante 30 anos, surge a pergunta central deste Trabalho de Conclusão: Por que uma prática baseada na arquitetura pedagógica de Projetos de Aprendizagem pode tornar a prática de sala de aula diferente?. Para essa inquietação, foi necessário analisar teoricamente dois modelos de práticas pedagógicas desenvolvidas em sala de aula e relacioná-las às formas de aprendizagens proporcionadas por cada uma delas. Observar e analisar os detalhes que compõem uma prática pedagógica é essencial para entender teoricamente no que está baseada cada experiência. Foram analisados e comparados o planejamento e a avaliação realizados pelo professor...

Inclusão escolar : das intenções a pratica : um estudo da implantação da Proposta de Ensino Especial da Rede Municipal de Natal/RN

Maria Antonieta Brito de Castro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em /08/1997 PT
Relevância na Pesquisa
46.19%
Esta pesquisa investiga o processo de implantação da "Proposta de Ensino Especial" da Rede Municipal de Ensino de NatalJRN, a qual, a partir de 1994, visa a inclusão do aluno com deficiência na escola regular.O problema de nossa pesquisa está centrado nas condições de atuação da professora na implementação da Proposta. Nosso objetivo consiste, pois, em discutir o percurso, e os percalços, que conduzem das intenções à prática escolar da "Proposta de Ensino Especial". Na pesquisa de campo realizada em cinco escolas municipais de Natal, entre dezembro de 1995 e março de 1996, entrevistamos educadores das escolas e técnicos da Subcoordenadoria de Orientação Pedagógica e Educacional (SOPE) , quando levantamos informações acerca do processo de inclusão do aluno com deficiência nas salas de aula. Verificamos, com base na análise dos dados, que a Proposta se constitui num avanço no meio educacional de Natal. Todavia, a sua implantação e expansão estão evidenciando a gravidade da situação das escolas da rede de ensino municipal, face às dificuldades encontradas pelos educadores na operacionalização da Proposta, especialmente quanto à falta de capacitação docente e acompanhamento por parte da SOPE. Constatamos...

Das entranhas ao estranhamento das relações de poder no cotidiano escolar

Neppel, Liliane
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 169 f.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação.; O presente trabalho desenvolve um estudo etnográfico sobre as relações de poder a partir da aplicação de sanções (prêmios e castigos) aos alunos do Ensino Médio da Rede Particular de Ensino. Não obstante as diferenças entre as escolas da rede particular e as da rede pública, esta dissertação identifica semelhanças estruturais nas relações de poder, desenvolvidas na prática escolar. O relato da pesquisa inicia-se com a trajetória da construção do tema pela pesquisadora. A seguir, discute-se o poder e suas manifestações sob a égide do pensamento foucaultiano, no qual esse estudo está ancorado. Finalmente, procede-se à análise da prática cotidiana, tratando-se de revelar os mecanismos que são utilizados pela instituição para consolidar, ou não, as relações de poder implícitas na escola. As considerações feitas pretendem possibilitar debates, promover reflexões e tomada de consciência, ainda que a consciência como saber já esteja adquirida pelas massas e a consciência como sujeito esteja adquirida e ocupada pela burguesia. Romper com este quadro, passa pela compreensão das tramas e lides diárias no cotidiano escolar.

O conselho de classe e sua relação com a avaliação escolar

Debatin, Marisa
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.; Nesta dissertação de mestrado, o objeto de estudo centra-se no Conselho de Classe (CC) e na sua relação com a avaliação do processo ensino-aprendizagem. Procurou-se entender a organização e o funcionamento do Conselho, verificando-se que tipo de avaliação é praticada nessa instância pelos professores e corpo técnico. Considera-se a avaliação do processo ensino-aprendizagem um importante instrumento que possibilita ao professor refletir sobre sua prática, identificando os avanços e dificuldades dos alunos do processo ensino-aprendizagem. O locus da pesquisa se deteve a dois estabelecimentos da rede estadual de ensino do município de Florianópolis/SC, no período de novembro do ano 2000 à dezembro do ano 2001. Optou-se pela obtenção de dados mediante os seguintes procedimentos: a) entrevistas com professores e corpo técnico afim de captar o sentido e a organização do CC; b) observação de Conselhos de 5ª e 6ª séries, objetivando entender o funcionamento do Conselho; c) pesquisa documental sobre a legislação que regulamenta as escolas estudadas, com o objetivo de compreender as normas de funcionamento do CC e as orientações para a avaliação. Para tanto...

Depressão infantil: uma contribuição para a prática educacional

Cruvinel,Miriam; Boruchovitch,Evely
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
46.17%
Atualmente não existe dúvida quanto a existência de depressão em crianças em idade escolar. A incidência de sintomas depressivos nesta faixa etária está em torno de 1,8 %, no entanto, quando se fala da incidência desses sintomas em crianças com dificuldades de aprendizagem essa taxa aumenta consideravelmente. A depressão infantil tem sido investigada por alguns autores da literatura estrangeira, no entanto, na população brasileira, os estudos ainda são escassos. Dados revelam que existe uma estreita relação entre sintomas depressivos e rendimento escolar, mas permanece ainda a necessidade de se sistematizar conhecimentos sobre a natureza mais específica dessa relação, pois tanto os sintomas da depressão podem contribuir para prejudicar a aprendizagem do aluno, quanto o baixo rendimento escolar pode também conduzir ao surgimento de sintomas depressivos. Assim sendo, o presente estudo teve como objetivo rever criticamente a literatura acerca da depressão infantil. Tem-se em vista contribuir para uma melhor compreensão, por parte dos professores e educadores, no que concerne a relação entre depressão infantil e desempenho escolar de crianças.

Psicologia Escolar em Rondônia: formação e práticas

Tada,Iracema Neno Cecilio; Sápia,Iuna Pereira; Lima,Vanessa Aparecida Alves de
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.19%
Estudiosos da Psicologia Escolar têm criticado o modelo clínico na formação e atuação dos psicólogos por dificultar a compreensão sobre o funcionamento escolar, sugerindo uma prática pautada na teoria histórico-crítica. Nesta pesquisa, buscou-se conhecer a formação e a atuação dos psicólogos da rede de ensino público de Rondônia. Desenvolveu-se uma pesquisa quantitativa e qualitativa utilizando, como instrumentos para coleta dos dados, questionário, análise documental e diário de campo, com a participação de 38 psicólogos. Os dados mostram que a inserção deste profissional nas escolas é recente em Rondônia. A maioria é ex-aluno da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), que, até 2005, possuía enfoque clínico nas disciplinas de Psicologia Escolar, o que parece ter contribuído para a atuação clínica nas escolas. Dado preocupante é a não participação em cursos de formação continuada, contribuindo para uma prática que desconsidera a complexidade do cotidiano escolar e as relações sociais ali constituídas.

Recuperação escolar: uma análise crítica a partir da Psicologia Escolar

Caldas,Roseli Fernandes Lins; Souza,Marilene Proença Rebello de
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.07%
O artigo retrata o recorte de um estudo sobre a recuperação escolar fundamentado na abordagem histórico-cultural, cujos objetivos foram: a) estabelecer uma análise crítica, a partir dos conceitos da psicologia escolar sobre programas de recuperação na educação pública paulista; e b) compreender os sentidos pessoais atribuídos à recuperação escolar por educadores, mães e alunos. De cunho qualitativo, essa pesquisa etnográfica utilizou-se dos seguintes procedimentos: observações participantes; entrevistas com gestores, professores, alunos e mães; e desenhos dos alunos. Os resultados revelaram grande distanciamento entre as propostas oficiais e sua concretização no cotidiano escolar. A busca do sentido da recuperação conduziu à conclusão de que essa prática configura-se muito mais como um espaço de impossibilidades do que de potencialidades. As classes de recuperação exercem em alunos e professores o pernicioso efeito de cristalização do "não saber" - professores destituídos de sua função de ensinar e alunos desistentes de suas possibilidades de aprender.

Educação Física escolar e ditadura militar no Brasil (1968-1984): história e historiografia

Oliveira,Marcus Aurélio Taborda de
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.15%
Neste artigo pretende-se indicar um conjunto de procedimentos oficiais, institucionais e profissionais, que produziu uma nova forma de conceber a educação física no interior da instituição escolar no Brasil, desde o final dos anos 1960, com base em um diálogo crítico com a recente produção historiográfica da educação e da educação física no Brasil. Aqueles procedimentos foram orientados no sentido de dotar essa prática escolar de uma maior legitimidade acadêmica por meio de um amplo programa de massificação de seus conceitos e práticas, de maciços investimentos estatais em pesquisa nessa área, da necessidade de formação de especialistas mediante a expansão dos cursos de formação superior, e de um aparato legislativo que definia com rigor padrões de referência para a sua prática escolar. Para tanto, suas fontes principais são: a série total da Revista Brasileira de Educação Física e Desportos (1968-1984), editada pela Divisão de Educação Física do MEC, os Programas de Educação Física da Prefeitura Municipal de Curitiba entre 1970 e 1984 e os depoimentos de professores da rede municipal de ensino de Curitiba. Partindo do pressuposto de que o processo histórico se define como uma síntese de continuidade e ruptura...

Prática pedagógica escolar mediada pela ludicidade na Educação de jovens e adultos

de Fátima Mendonça Holmes, Maria; Francisco de Souza, João (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.41%
Este estudo buscou na reflexão, análise e intervenção da prática pedagógica escolar experenciadas na sala de aula, situações didáticas que permitissem na articulação dos saberes popular e científico, a evolução a novas sínteses, a um conhecimento diferente mediados pela ludicidade. As relações solidárias que se manifestaram através da atividade lúdica, promoveram o respeito às diferenças sociais e culturais e, possibilitaram a construção coletiva de um ambiente favorável à aprendizagem e ao ensino. A ação pedagógica requereu uma intervenção estruturante no processo de edificação do conhecimento, tomando como sul da prática pedagógica escolar, a construção de uma teoria da prática focada na reflexividade da e na prática social, ressocializada no diálogo intercultural dos atores envolvidos no espaço escolar. Evidenciamos na pesquisa, tornar-se possível uma educação que não apenas se reduza ao ensino; mas, ao propor teorias e metodologias educacionais que contribuam para a formação e o desenvolvimento físico e moral do ser humano, contribuam também, para a formação de sua integralidade. Forja-se nesse processo, a autonomia do sujeito ao fazer uso de conhecimentos e informações...

A APAE educadora: na prática de uma unidade da APAE de Porto Alegre

Salaberry, Neusa T. Machado
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.26%
O movimento Apaeano no Brasil começou em 1954. Desde o início prestava serviço à Pessoa com Deficiência em suas escolas. Nos últimos dez anos, tem-se discutido intensamente a Inclusão das Pessoas com Deficiências nas escolas comuns. A APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), através da sua representante nacional (FENAPAEs), em 2000, propôs, para enfrentar esta situação, a APAE EDUCADORA. Este instrumento foi o resultado de muitas discussões sobre os rumos que o movimento Apaeano deveria tomar frente à inclusão. O documento consiste em uma série de ações orientadoras para a avaliação e transformação das entidades da APAE em cada município. A escolha do estudo de caso, para a realização da pesquisa, se deve ao fato de que cada APAE se relaciona com as orientações de maneiras diferentes, não podendo ser generalizado. O estudo de caso permite, ainda, uma avaliação qualitativa e rica em dados descritivos, dando suporte para as análises. A coleta sistemática de informações foi realizada através de revisão bibliográfica, fundamentação teórica da pesquisa baseada nos princípios e concepções filosóficas do movimento apaeano a cerca da Pessoa com Deficiência Mental e através de entrevistas. O estudo se desenvolveu em uma unidade escolar da APAE de Porto Alegre. O propósito é a verificação prática da proposta APAE EDUCADORA no desenvolvimento das ações educativas da unidade escolar. A Unidade foi escolhida porque presta serviços em todas as áreas de atuação: saúde...

O professor de química e a epistemologia da prática pedagógica: limites e desafios para a inovação

Soares, Elane Chaveiro
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.27%
As pesquisas que documentam a crise enfrentada pelo ensino contemporâneo de Ciências demonstram, dentre outros dados, a difícil relação entre professores e estudantes desmotivados, vinculados ao alto índice de analfabetismo científico, bem como à falta de profissionais com formação na área. O pano de fundoé fornecido pelo curso de Licenciatura Plena em Ciências Naturais e Matemática com habilitação em Química, oferecido pela Universidade Federal de Mato Grosso. Este curso projetou uma formação inovadora, baseada na articulação entre História e Filosofia da Ciência. Foram investigadas – a partir da Etnografia da Prática Escolar, com observação participante, entrevista semiestruturada e análise de documentos – as Práticas Pedagógicas de três professores egressos. A problematização da pesquisa centrou-se, na realização de uma epistemologia da prática, buscando compreender, a partir de alguns interrogantes, como está sendo a PráticaPedagógica do Professor de Química, de que forma o conhecimento específico e o pedagógico permeiam a prática desses professores; como planejam e desenvolvem suas aulas; que dispositivos epistemológicos e pedagógicos utilizam para trabalhar a relação teoria e prática; como enfrentam os desafios e as possibilidades da docência em relação ao ensino de Química; que compreensão estes professores possuem da sua prática; como pensam...

Prática de ensino supervisionada em educação pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico: o ambiente cooperativo na aprendizagem

Frias, Liliana Filipa Cabral
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
O presente Relatório de Estágio “Prática de Ensino Supervisionada em Educação Pré-escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico permite partilhar experiências de aprendizagem em ambos os contextos. O ambiente cooperativo na aprendizagem foi o tema que atravessou a prática. Através da observação/intervenção, refletiu-se acerca do ambiente cooperativo em ambas as valências. Ambas as intervenções foram em instituições da rede pública, sendo a de Pré-escolar no Jardim-de-Infância do Bacelo e a de 1.º Ciclo na Escola Básica Integrada com Jardim-de-Infância da Malagueira, em Évora. Traduz um trabalho realizado para aprender a ser educador/professor cuja dimensão da vivência da prática escolar complementa e articula com o que se fez no percurso académico até esse momento. Ao longo do relatório faz-se uma reflexão sobre as possibilidades e desafios do ambiente cooperativo, com base na observação/intervenção, nos registos diários e em referências teóricas, tais como, os pressupostos das Comunidades de Aprendizagem e a Aprendizagem Cooperativa; ABSTRACT: This Internship's Report "Supervised Teaching Practice in Preschool and 1st Cycle School Education" allows sharing learning experiences on both fields. The cooperative learning environment is the theme throughout the practice work. With observation/intervention...

Liderança e gestão democrática na organização escolar: o papel do gestor em uma escola pública de Santa Izabel-PA

Xavier, Jozèfa Alves
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
Dissertação de Mestrado em Gestão; O tema da Dissertação Liderança e Gestão Democrática Escolar: o papel do gestor em uma Escola Pública de Santa Izabel do Pará, Pará, Brasil, é fruto de uma vivência ou teoria prática observadas com parâmetros norteadores da ação pedagógica diária. O aprofundamento com o tema seguiu um roteiro a ser analisado e pensado de forma a esclarecer certas indagações: o que é liderança no âmbito da gestão democrática escolar? Quais os estilos de liderança? Como a liderança contribui para melhorar o desempenho na organização escolar?A reflexão sistêmica ajudou a esclarecer que a hierarquia não tem uma definição única e é vista pela maioria dos autores como um processo de influência exercido por uma pessoa para alcançar determinados objetivos e finalidades. Os estilos de liderança Autocrática, Liberal (Laisserfaire) e Democrática estão presentes nas organizações, disfarçados ou evidentes, com a predominância de um estilo, com ligação direta ao estilo do gestor da organização. A liderança contribui para melhorar o desempenho da organização escolar, para o exercício dos “vários poderes” no espaço escolar: Gestão, Coordenação, Professores...

Educação Física escolar e ditadura militar no Brasil (1968-1984): história e historiografia; Physical education at school and the military dictatorship in Brazil (1968-1984): history and historiography

Oliveira, Marcus Aurélio Taborda de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.15%
Neste artigo pretende-se indicar um conjunto de procedimentos oficiais, institucionais e profissionais, que produziu uma nova forma de conceber a educação física no interior da instituição escolar no Brasil, desde o final dos anos 1960, com base em um diálogo crítico com a recente produção historiográfica da educação e da educação física no Brasil. Aqueles procedimentos foram orientados no sentido de dotar essa prática escolar de uma maior legitimidade acadêmica por meio de um amplo programa de massificação de seus conceitos e práticas, de maciços investimentos estatais em pesquisa nessa área, da necessidade de formação de especialistas mediante a expansão dos cursos de formação superior, e de um aparato legislativo que definia com rigor padrões de referência para a sua prática escolar. Para tanto, suas fontes principais são: a série total da Revista Brasileira de Educação Física e Desportos (1968-1984), editada pela Divisão de Educação Física do MEC, os Programas de Educação Física da Prefeitura Municipal de Curitiba entre 1970 e 1984 e os depoimentos de professores da rede municipal de ensino de Curitiba. Partindo do pressuposto de que o processo histórico se define como uma síntese de continuidade e ruptura...

Literary reading: provocations to the educational system; Leitura Literária: provocações para pensar o contexto escolar

Cruvinel, Maria de Fátima
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 15/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.07%
Mediante a compreensão de que ler é construir sentidos e de que a leitura é uma prática com forte influência na constituição da subjetividade, o presente artigo propõe-se a mobilizar algumas concepções de leitura e refletir sobre a natureza do texto literário, formulando provocações para a reflexão sobre a prática leitora e formadora da literatura na escola.; Bearing in mind that reading is to construct meaning and that reading is a practice that strongly influences subjectivity, this article proposes to mobilize some conceptions of reading and reflect on the nature of the literary text in order to promote a reflection on the subjectivity forming practices of reading literature in school.

A Dicotomia da Alfabetização: Teoria Estadual versus Prática Escolar

Lohn, Paulo Henrique; Professor de Ingles na EEB Gama Rosa, em São Pedro de Alcântara, SC, Brasil
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de Literatura Formato: application/pdf
Publicado em 11/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
http://dx.doi.org/10.5007/1980-4512.2013n27p168A habilidade de alfabetizar, de capacitar a criança a participar ativamente do mundo que lhe cerca, possibilitando-a o conhecimento do universo escrito através de sua compreensão da leitura e da escrita, é, se não a mais sublime, uma das mais belas artes cabíveis ao ser humano. Diante de tal percepção a respeito da alfabetização, objetiva-se, no presente trabalho, analisar a relação existente entre a teoria de alfabetização expressa na Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina e a prática docente desenvolvida por professoras alfabetizadoras em uma escola estadual de São Pedro de Alcântara. Como forma de embasamento, foram tomadas como referência duas educadoras de turmas de 1ª Série do Ensino Fundamental – Séries Iniciais. A coleta de dados para formulação desse estudo provém da Proposta Curricular Catarinense (2005), a pesquisa de informações no Projeto Político Pedagógico da Unidade Escolar em questão, pesquisa bibliográfica, além de questionários fornecidos às regentes de turmas e a observação de suas práticas docentes. O confronto da teoria com a prática demonstra que a concepção de alfabetização Estadual está, ao menos no documento...

The significance of school evaluation for fourth grade children; A significação da avaliação escolar para crianças do quarto ano1

Pereira, Amanda Nogueira; Universidade de Brasília; Freire, Sandra Ferraz de Castillo Dourado; Universidade de Brasília
Fonte: Linhas Críticas; Critical Lines Publicador: Linhas Críticas; Critical Lines
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.12%
This paper aims at understanding the imports of school evaluation for fourth-grade children and the relations they establish with their own learning process. Empirical research was conducted with eight children who participated in three focus group meetings, and each gave an individual interview. Results of the analyses of discursive interactions and narratives of two of them suggest that children experience many conceptions of evaluation in school practice. Although the dominant method is applying tests to confer grades, they take a critical stance as to the function of evaluation for learning itself. Complex as it is, the way in which evaluation is conducted seems to participate significantly in the construction of their feeling towards their school experience.; O presente estudo objetiva compreender o significado da avaliação para as crianças de quarto ano e as relações que elas estabelecem com o seu processo de prendizagem. A pesquisa empírica foi realizada com oito crianças que participaram de três encontros de grupo focal e uma entrevista individual. A análise priorizou as interações discursivas e as narrativas de duas participantes. Resultados sugerem que as crianças convivem com várias concepções de avaliação na prática escolar. Embora seja dominante a prática de testes com vistas à nota...