Página 1 dos resultados de 405 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Resistência adesiva ao cisalhamento de reparos em porcelana condicionada com laser; Shear bond strenght of porcelain repairs etched with laser

Pedrazzi, Hamilton
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.74%
O objetivo foi avaliar in vitro a resistência ao cisalhamento de reparos em porcelana condicionada com laser e compará-la aos tradicionais métodos de reparo condicionados com ácido hidrofluorídrico e ácido fosfórico. Neste estudo, foram utilizados dois condicionadores químicos de porcelana (ácido hidrofluorídrico a 10% - Dentsply; ácido fosfórico a 37% - 3M ESPE), um agente silano (Rely X Silano - 3M ESPE), um sistema adesivo (Scotchbond Multi-uso - 3M ESPE), um compósito restaurador (Filtek Z250 - 3M ESPE), uma porcelana odontológica (Ceramco 3 - Dentsply) e um laser de alta potência em regime de femtosegundo (Ti:Safira - Libra- S, Coherent). Sessenta pastilhas em porcelana foram confeccionadas e incluídas e anéis de PVC com resina acrílica quimicamente ativada. As pastilhas de porcelana foram polidas com lixas abrasivas em ordem decrescente de abrasividade para o aplainamento da superfície. Foram formados 6 Grupos (n=10) assim divididos: G1 - condicionamento com laser com potência 760mW; G2 - condicionamento com laser com potência de 760mW e aplicação de ácido fosfórico a 37% por 15s; G3: condicionamento com laser com potência de 900mW; G4 - condicionamento com laser com potência de 900mW e aplicação de ácido fosfórico a 37% por 15s; G5 - aplicação de ácido fosfórico 37% por 15s (grupo controle) e G6 - aplicação de ácido fluorídrico a 10% por dois minutos. Após o condicionamento da porcelana...

Preparação e estabilização de uma suspensão cerâmica de porcelana de ossos.; Preparation and stabilization for ceramics suspensions of bone porcelain.

Vera Alatrista, Gerardo Augusto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.7%
O estudo da dispersão e estabilização de barbotinas de porcelana de cinza de ossos é uma etapa muito importante no processo de conformação de peças cerâmicas, assim como também a etapa de obtenção da sua principal matéria-prima que é a cinza de ossos, devido a que constitui 50% em peso da porcelana e por ser uma matéria-prima renovável, reciclável e com alto valor agregado na fabricação de porcelana. Neste trabalho se investigou a influência das temperaturas de calcinação dos ossos (700, 800, 900 e 1000 °C) moídos e lavados, no seu tamanho, forma das partículas, composição química, comportamento elétrico superficial das partículas com o meio líquido, grupos funcionais e possíveis contaminantes nas superfícies das partículas dos ossos calcinados, que poderiam prejudicar a preparação de barbotinas de porcelana de ossos. Mostra-se também a dispersão, preparação e a estabilização da mistura de porcelana de ossos (50% cinza de ossos, 25% de caulim, 25% de feldspato) por meio dos ensaios de viscosidade e mobilidade eletroforética, conseguindo dispersar, homogeneizar e estabilizar as suspensões de porcelana de ossos aplicando tempos de envelhecimentos apropriados.; The study of the dispersion and stabilization of slip casting of bone porcelain is a very important stage in the process of preparation of suspensions ceramic...

Avaliação in vitro da resistência ao cisilhamento de três agentes cimentantes em porcelana feldspática; Shear bond strength in vitro evaluation of three ciments in feldspathic porcelain

Tavarez Vasquez, Ivonne Mariel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.65%
O presente estudo teve como objetivo comparar as resistências adesivas de três cimentos, entre dentina bovina e uma porcelana (Star Light Ceram) através de ensaio de cisalhamento em dois períodos de tempo. Foram utilizados incisivos bovinos incluídos numa matriz com resina epóxica. Cilíndros de porcelana (5 mm de altura e 6 mm de diâmetro) foram confeccionados. Foram confeccionados 10 corpos de prova para cada condição experimental. Os grupos foram divididos em: cimento resinoso RelyX ARC; cimento ionômero de vidro modificado por resina; cimento resinoso U100. Os dois primeiros materiais foram condicionados e receberam o seguinte tratamento: ácido fluorídrico por 2 min sobre a porcelana. Lavado e secado, foi aplicado uma camada fina de silano e logo aplicação do sistema de cimentação. A dentina bovina recebeu o seguinte tratamento: condicionamento com acido fosfórico a 35% por 20 s. e sistema adesivo Adper SingleBond 2. Os espécimes foram armazenados em água deionizada a 37° C por 24 horas ou 7 dias . Os espécimes foram submeidos a esforços de cisalhamento em uma máquina universal de ensaios. Os resultados foram submetidos à análise de variância a um critério (=0,05) e teste de Tukey. Houve diferença entre os cimentos estudados. O tratamento superficial da porcelana influenciou a resistência adesiva...

Influência da ciclagem térmica e mecânica em água na resistência ao cisalhamento da união infraestrutura/porcelana de cobertura de diferentes sistemas totalmente cerâmicos; Shear bond strength of all-ceramics core/veneer interface and its susceptibility to thermal and mechanical cycling

Vidotti, Hugo Alberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.65%
Este estudo avaliou a influência da ciclagem térmica e mecânica, aliadas, na resistência ao cisalhamento da interface entre porcelana de cobertura e infraestruturas de diferentes sistemas totalmente. Também foi realizada a caracterização das interfaces por meio de análise de espectroscopia por energia dispersiva de Raios X (EDS). Foram testados sistemas totalmente cerâmicos a base de dissilicato de lítio (DL), zircônia tetragonal estabilizada por ítrio recoberta por estratificação (ZC) e por injeção (ZI) e alumina infiltrada por vidro (AI). Um grupo metalocerâmico a base de liga de CoCr foi testado como grupo controle. Vinte espécimes circulares de 6mm de diâmetro de cada sistema foram submetidos ao teste de resistência ao cisalhamento em máquina de ensaios mecânicos, sendo que metade destes (n=10) sofreram os procedimentos de ciclagem térmica e mecânica antes da realização dos testes. Os resultados foram analisados através do teste ANOVA a dois critérios (p<0,05) e utilizou-se teste de Tukey (p<0,05) para as comparações múltiplas. Análise das fratura foi realizada através de estereomicroscópio e MEV. A análise de EDS foi realizada ao longo da interface infraestrutura/porcelana de cobertura em um espécime de cada sistema seccionado longitudinalmente. As ciclagens térmica e mecânica aliadas não influenciaram na resistência ao cisalhamento dos sistemas testados. Houve...

Produção de porcelana de ossos e caracterização de suas propriedades técnicas; Production of bone porcelain and characterization of its technical properties

Braganca, Saulo Roca; Bergmann, Carlos Perez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.7%
A porcelana de cinza de ossos é amplamente aceita e alcança alto valor de mercado, entretanto, sua produção ainda é pouco difundida, de modo que sua fabricação e pesquisa são restritas a poucos países. Sendo o Brasil grande produtor de gado, apresenta grande potencial para a reciclagem de ossos, podendo-se encontrar aplicação destes em materiais cerâmicos. Neste trabalho foi feita uma análise comparativa das características técnicas entre uma formulação de porcelana obtida com cinzas de ossos conforme a receita tradicional inglesa e uma formulação de porcelana tradicional. Os resultados mostraram que a sinterização de porcelana de cinzas de ossos requer cuidados extras em ciclos rápidos de queima quando comparada à porcelana tradicional, devido a um menor intervalo de gresificação. No entanto, a maior resistência mecânica e as qualidades estéticas, destacando-se a elevada alvura, fazem desta porcelana bastante atrativa em termos de potencial de aplicações industriais.; Porcelains from bone ash are widely accepted and present high market value, however, their manufacture and research are still restricted to few countries. As a great producer of cattle, Brazil presents great potential for the recycling of cattle bone into ceramic materials. In this work...

Caracterização reológica de formulações de porcelana de ossos, com os fundentes feldspato, espodumênio, wollastonita e vidro reciclado

Carús, Lauren Arrussul
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.78%
A crescente preocupação ambiental despertou grande interesse na reutilização e reciclagem de materiais. Este fato impulsionou novas pesquisas relacionadas à porcelana de ossos, pois esta utiliza em sua composição aproximadamente 50% de matéria-prima renovável, os ossos bovinos. A ampla produção de rebanho de corte torna o Brasil um país com alta oferta de ossos bovinos. Atualmente, esta matéria-prima é utilizada em rações para animais e na produção de artefatos. No entanto, ela poderia ser utilizada de forma mais valorizada como, por exemplo, na fabricação da porcelana de ossos. Este fato foi um grande incentivo ao presente estudo. O comportamento reológico de formulações de porcelana de ossos, nas quais o fundente feldspato foi parcialmente substituído por um fundente alternativo (espodumênio, wollastonita ou vidro reciclado), foi estudado de forma criteriosa. Esses fundentes foram escolhidos como forma de otimizar a queima da referida porcelana. A escolha do vidro reciclado torna a porcelana de ossos ainda mais interessante sob o ponto de vista ambiental. Avaliou-se também o efeito da temperatura de calcinação sobre a reologia de uma suspensão contendo somente pó de ossos. O desenvolvimento da presente pesquisa foi realizado em duas etapas. Na primeira parte...

Análise microestrutural e das propriedades mecânicas e de durabilidade de argamassas e concretos com isoladores elétricos de porcelana; Microstructural analysis and of mechanical and durability properties of mortars and concretes with porcelain electric insulator

Marco Antonio Campos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.7%
Pesquisas para utilização de materiais reciclados e/ou inservíveis da construção civil em seus insumos, concretos e argamassas, é prática recorrente há seis décadas no mundo. No Brasil este uso vem ganhando destaque a cerca de vinte anos principalmente com os entulhos de construção e da cerâmica vermelha. Há uma lacuna a ser preenchida pela cerâmica branca, em especial pelos isoladores elétricos de porcelana, pois seu passivo nacional anual é de 25.000 toneladas proveniente sobretudo da substituição de peças obsoletas. O objetivo deste trabalho foi comprovar a utilização desta porcelana em concretos e argamassas através de sua incorporação com diferentes graus de moagem, variando de granulometria similar ao cimento até aos agregados, miúdo e graúdo, além do estudo referente a influência da camada de esmalte externa aos isoladores através de ensaios mecânicos, de durabilidade e de imagens por MEV e EDS. Para a adição da cerâmica ao cimento nos teores em massa de 5%, 10%, 25%, 50% e 70%, nas argamassas a melhora nos resultados dos ensaios realizados comprovam sua atividade pozolânica e sua potencialidade de uso. Nos ensaios dos concretos com isoladores de porcelana substituindo o agregado miúdo comum ou ambos os agregados...

Interfaces metal-porcelana dentária : estudos de molhabilidade em novos sitemas de ligação

Pereira, Jorge Carlos Lopes Brás Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 07/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.51%
Interfaces metal/cerâmico estão presentes em alguns sistemas de restauração dentária, tais como coroas, pontes e implantes. Os fenómenos de molhabilidade, espalhamento e adesão têm um papel importante nestes sistemas, os quais muitas vezes exibem falhas e rupturas, tendo como consequências o sofrimento e custos de substituição para o paciente. As falhas acima mencionadas devem-se sobretudo a uma fraca adesão, diferenças acentuadas no coeficiente de expansão térmica entre os materiais e a mudanças bruscas das propriedades mecânicas na região interfacial. Uma tentativa de eliminar ou reduzir esses problemas, poderá ser a introdução de um outro material para reagir e criar novas interfaces entre a liga dentária e a porcelana. A utilização de ligas de brasagem activas é uma da técnica comum para a ligação metal-cerâmico. Normalmente envolve reacções interfaciais complexas entre a liga de brasagem e o sistema metal-cerâmico, resultando num sistema multicamada. Quando correctamente elaborado (correcta selecção de materiais, perfeita molhabilidade e adesão e adequado ciclo térmico), este sistema multicamada fornece uma transição suave entre a parte metálica dúctil e a porcelana frágil...

Reciclagem de caco chacotado em pastas de porcelana de cozedura rápida para utilização industrial

Costa, Marisa Célia da Silva Resende da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.51%
O caco de porcelana chacotada constitui um resíduo nobre e de fácil manipulação, permitindo um abaixamento importante dos custos de produção, quer pela substituição de matérias-primas, quer pela redução dos custos de gestão dos resíduos. O presente trabalho teve como objectivo o estudo dos efeitos da incorporação de caco chacotado de porcelana em pastas de porcelana numa antevisão do seu uso industrial nomeadamente, no processo de enchimento sob pressão. Procurou-se avaliar eventuais benefícios derivados da incorporação do caco chacotado na cinética do processo de enchimento tradicional por barbotina como forma de avaliar a viabilidade da sua incorporação. Para o efeito prepararam-se três formulações (sem caco, com 5% caco e 10% caco), as quais foram caracterizadas fisicamente através de várias técnicas, incluindo distribuição granulométrica das partículas, análises térmicas (ATD, ATG e Dilatometria). As formulações foram dispersas em meio aquoso e as barbotinas caracterizadas através de medidas de viscosidade, tixotropia e de velocidade de formação de parede. As suspensões foram ainda usadas para preparar corpos de prova por enchimento por barbotina em moldes de gesso. Os corpos de prova secos foram cozidos em forno rápido industrial (1400ºC – 6 horas – 9ºC/min ) e depois caracterizados através de medidas de percentagem de retracção...

Utilização da coagulação direta na produção de peças de porcelana

Mota, Lúcia Catarina Miranda Garizo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.51%
No fabrico de cerâmicos, a obtenção de microestruturas homogéneas é importante para melhorar a qualidade do produto final. No processo de enchimento sob pressão, esse objetivo é impossibilitado pela segregação das partículas que ocorre durante a consolidação das peças e que conduz à obtenção de microestruturas heterogéneas. Este fenómeno é provocado pelas correntes de escoamento de água no interior do molde e acontece quando o tamanho das partículas em suspensão difere significativamente do tamanho médio de partícula. O presente trabalho teve como objetivo a redução da segregação das partículas em peças de porcelana conformadas por enchimento sob pressão e, consequentemente, os defeitos associados a este fenómeno aumentando, assim, a qualidade do produto final. Para tal combinou-se o enchimento sob pressão com o enchimento por coagulação direta (ECD), através da adição de uma lactona, mais precisamente o D-Glucurono-6,3-lactona – DGL, à barbotina de enchimento das peças de porcelana A decomposição da DGL por ação da temperatura conduz a uma variação do pH e ao aumento da viscosidade da suspensão. Esta variação de pH pode ser descrita por um modelo cinético proposto neste trabalho. O aumento da viscosidade resultante da decomposição da DGL promove a agregação das partículas em suspensão...

Estudos de pós de porcelana para impressão tridimensional

Marques, Pedro Lemos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.65%
Nos últimos anos o desenvolvimento de técnicas de fabrico aditivo e em especial o crescente interesse, quer cientifico quer social, pela impressão de corpos tridimensionais tem sido enorme. Inicialmente conhecidas como técnicas de prototipagem rápida, o seu desenvolvimento tecnológico, tem vindo a conferir a possibilidade de obter corpos tridimensionais aptos ou praticamente aptos para a finalidade com que foram idealizados em projeto. No âmbito do projeto QREN – PrintCer3D, em parceria com a empresa Porcelanas da Costa Verde S.A., cujo objetivo é o de produzir porcelana por impressão tridimensional, este trabalho consistiu na produção e caracterização de diferentes formulações de pó de porcelana para testar na técnica de fabrico aditivo, a impressão 3D. Numa primeira fase foram estudados 3 pós comerciais utilizados na produção de protótipos por impressão 3D. Com base nas suas características morfológicas foram definidas as alterações a introduzir ao método de obtenção de pós de porcelana. Assim foram produzidos vários pós de porcelana por atomização em diferentes condições (variação de parâmetros de atomização) e diferentes aparelhos de atomização. Estes pós foram sujeitos a caracterização química...

A China em Portugal : a porcelana Blue Canton da Vista Alegre

Mo Guo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.59%
O presente estudo pretende estudar a divulgação da cultura chinesa em Portugal através da porcelana da Vista Alegre, nomeadamente da coleção Blue Canton. De acordo com o desenvolvimento histórico da porcelana em Portugal, o nosso estudo é constituído por quatro capítulos: Aceitação e Gosto, Encomenda e Personalização, Aprendizagem e Imitação, Inovação e Recriação. Através da observação e análise das peças da coleção Blue Canton, o nosso estudo mostra como a cultura chinesa chegou a Portugal e como afetou este país e a generalidade da Europa.; The present study aims to investigate the diffusion of Chinese culture in Portugal through the porcelain of Vista Alegre, especially the collection Blue Canton. According to the historical development of porcelain in Portugal, our study consists of four chapters: Acceptance and Fondness, Encomenda and Personalization, Learning and Imitation, Innovation and Recreation. By means of observing and analyzing the pieces of collection Blue Canton, our study will discover how Chinese culture arrived in Portugal and how it affected this country and, more generally, the whole of Europe.; 这篇论文主要目的是通过葡萄牙著名陶瓷品牌Vista Alegre, 尤其是它的 蓝色广东系列 (collection Blue Canton)...

Avaliação in vitro da força de união, através de teste de tração, de porcelana feldspática com diversos tratamentos superficiais à resina composta

CARNEIRO JUNIOR,Américo Mendes; CARVALHO,Rubens Côrte Real de; TURBINO,Míriam Lacalle
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.59%
Na busca da reprodução do aspecto dental, a porcelana se destaca entre os materiais restauradores. Desse modo, a utilização do material vem atualmente crescendo cada vez mais, e, com ela, a probabilidade de fraturas. Porém, uma falha nem sempre exige a troca da restauração: existe a possibilidade de um reparo com resina composta. Este trabalho se propôs a avaliar, in vitro, a força de união da resina composta à porcelana feldspática, quando efetuados os seguintes tratamentos superficiais na porcelana: asperização com instrumento cortante rotatório diamantado ou jateamento com óxido de alumínio de 50 micra, em aplicação isolada ou associada a condicionamento com ácido fosfórico, por 15 segundos, ou com ácido fluorídrico, por 1 ou por 4 minutos. Todos os espécimes foram previamente regularizados com lixa nº 220. Após os tratamentos superficiais, receberam o sistema de união adesivo para porcelana Scotchbond Multi-Purpose Plus Dental Adhesive System (3M). Feita a união com a resina composta (Restaurador Z100, 3M), foram armazenados em água destilada a 37ºC, em estufa, por 7 dias, e termociclados (600 ciclos de 1 minuto, entre 5 e 55ºC), sendo então submetidos a teste de tração. Pelos resultados obtidos...

Avaliação da superfície da porcelana após a descolagem de braquetes ortodônticos

Mattos,André Moreira; Capelli Júnior,Jonas
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
OBJETIVO: o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do tempo de condicionamento ácido em superfície de porcelana e o estado desta após a descolagem de braquetes ortodônticos. METODOLOGIA: foram utilizadas 20 amostras de porcelana feldspática para esmalte (Duceram-LFC) divididas em 2 grupos de acordo com o tempo de condicionamento com ácido fluorídico 10% (15 segundos e 1 minuto). Após o ataque ácido, foi aplicado silano (3M Scotchbond), adesivo resinoso (Optibond Solo Plus) e resina (Fill Magic) nestas superfícies. A descolagem foi realizada através de força de cisalhamento numa máquina universal de ensaios (DL 500 - EMIC) calibrada com velocidade fixa de 0,5mm/minuto. O índice do adesivo remanescente (ARI) nas superfícies cerâmicas e o estado destas após a remoção dos braquetes foram avaliados através de fotos digitais. RESULTADOS: no grupo 15 segundos, a força de adesão média foi de 3,63MPa, significantemente inferior à do grupo 1 minuto, que foi de 7,18MPa (p<0,0001). Todos os modos de fratura durante a descolagem foram coesivos dentro da camada de resina composta (70%) ou adesivos entre o braquete e a resina (30%). Com relação à análise do ARI, o teste do Qui-quadrado não revelou diferença estatisticamente significante entre os grupos. CONCLUSÃO: o condicionamento com ácido fluorídrico a 10% por 1 minuto...

Efeito da adição do resíduo de rocha ornamental nas propriedades e microestrutura de porcelana elétrica aluminosa

Silva,M. A.; Paes Jr,H. R.; Holanda,J. N. F
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
As porcelanas aluminosas são utilizadas como materiais de isoladores elétricos de alta tensão. Este tipo de porcelana se caracteriza por apresentar excelentes propriedades físicas, mecânicas e elétricas. As porcelanas aluminosas são fabricadas usando-se formulação de massa do tipo composta contendo caulim, argila plástica, feldspato e alumina. Na literatura é encontrada uma larga faixa de composições para essas porcelanas. Por outro lado, o setor de rochas ornamentais gera enormes quantidades de resíduos sólidos ricos em compostos fundentes, que podem ser usados como matéria-prima alternativa na fabricação de porcelanas. Neste trabalho foi estudada porcelana elétrica aluminosa incorporada com até 35 % em peso de resíduo de rocha ornamental em substituição do feldspato sódico, que é uma matéria-prima natural. As massas cerâmicas foram preparadas pelo processo via seca. Peças de porcelanas aluminosa em forma de disco foram preparadas por prensagem uniaxial a 50 MPa. As amostras foram sinterizadas em forno tubular a 1350 ºC por 1h. As seguintes propriedades tecnológicas foram avaliadas: retração linear, absorção de água, massa específica aparente, porosidade aparente, resistência à compressão e resistividade elétrica. A microestrutura sinterizada foi acompanhada por microscopia eletrônica de varredura e difração de raios X. Os resultados experimentais mostram que o resíduo de rocha ornamental pode substituir em até 10 % em peso o feldspato sódico na formulação de porcelana aluminosa. A microestrutura sinterizada foi fortemente influenciada pela adição do resíduo de rocha ornamental.

Resistência à fratura de dentes que receberam restaurações adesivas de resina composta e porcelana; Fracture resistance of adhesively restored teeth with composite resin and ceramic restorations

D'Alpino, Paulo Henrique Perlatti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
Avaliou-se a resistência à fratura de dentes pré-molares superiores que receberam diferentes preparos cavitários (classe II-MOD) e restaurações diretas e indiretas de resina composta e restaurações indiretas de porcelana. Cinqüenta e seis dentes recém extraídos, hígidos, foram selecionados e divididos em 7 grupos: Grupo 1- hígidos, controle, não recebeu qualquer tratamento; Grupo 2- preparo cavitário com broca carbide n.º 245, produzindo cavidades retentivas, com ângulos internos arredondados, profundidade de 2 mm, abertura de istmo de metade da distância intercuspídea, caixa proximal com parede axial de 2 mm de extensão e 1,5 mm de profundidade, abertura de metade da dimensão vestíbulo-lingual, não sendo restaurado; Grupo 3 - recebeu somente preparo cavitário com ponta diamantada n.º 2136, produzindo cavidades com paredes divergentes para oclusal, ângulos internos arredondados, com as mesmas dimensões do preparo anterior, não sendo restaurado; Grupo 4 - recebeu o mesmo preparo que o grupo 2 e restaurou-se com resina composta aplicada na forma direta (Single Bond - 3M/ Z-250 – 3M); Grupo 5 - recebeu o mesmo preparo do grupo 3 e restaurou-se com resina indireta (Single Bond 3M/ Rely X- 3M/ Artglass-Kulzer); Grupo 6 - recebeu o mesmo preparo que o grupo 3...

Influencia da armazenagem em agua na resistencia a flexão biaxial de porcelana unida a materiais resinosos para fixação

Priscilla Santos Guimarães
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.59%
o propósito deste estudo foi avaliar a influência da armazenagem em água na resistência à flexão de porcelana associada a cimentos a base de resina. Para isso foram confeccionados 120 discos (21 mm de diâmetro X 2mm de espessura) de porcelana feldspática, compostos de duas camadas distintas. A primeira camada formada por porcelana de média fusão (Duceram-Degussa), seguida da aplicação da porcelana de baixa fusão (Duceram LFC - Degussa) para completar a amostra. Todos os discos cerâmicos foram condicionados com ácido fluorídrico a 10%, durante 4 minutos e divididos em 6 grupos de 20 amostras cada. Em seguida, os materiais resinosos (Scotchbond Resin Cement - 3M, Enforce com flúor - Dentsply) foram manipulados e aplicados de acordo com as instruções dos respectivos fabricantes sobre a superfície condicionada do disco cerâmico. Sobre o cimento recém-aplicado, foi colocada uma folha de polietileno e uma placa de vidro, e o conjunto disco cerâmico cimento-folha de polietileno e placa de vidro for posicionado em uma prensa hidráulica e comprimido com uma carga de 1500 gramas. Sob compressão o cimento foi fotopolimerizado por 20 segundos em 4 posições diametralmente opostas. Após a remoção da carga, o cimento foi polimerizado por mais 20 segundos na região central. Os corpos-de-prova assim obtidos foram armazenados em água destilada por períodos de 24h...

Influencia do condicionamento e da aplicação de silano na resistencia ao cisalhamento da união porcelana-resina composta

João Felipe Mota Pacheco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/1995 PT
Relevância na Pesquisa
37.78%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da aplicação do silano e a influência do condicionamento com ácido fluorídrico a 10% na resistência ao cisalhamento de três sistemas adesivos indicados para reparo de restaurações de porcelana. Foram confeccionados 100 discos de porcelana (Duceram N), divididos em cinco grupos. Cada grupo de vinte amostras foi submetida aos seguintes tratamentos: grupo 1 - Multi Bond Alpha (DFL), grupo 2 - Scotchbond Multi-Uso (3M), grupo 3 - Optibond Multi-Use (KERR), grupos 4 e 5 , Multi Bond Alpha e Scotchbond Multi-Uso, respectivamente, modificados pela introdução do condicionamento com ácido fluorídrico a 10%. Metade das amostras de cada grupo foram tratadas com o agente de silanização indicado pelo fabricante e na outra metade das amostras o silano não foi aplicado. Os materiais foram manipulados unindo os discos de porcelana a cilindros de resina composta com 4 mm de diâmetro por 5 mm de altura. Os corpos de prova foram armazenados por 24 horas a 37 'GRAUS C' e 100% de umidade relativa. A seguir, foram submetidos a ensaio de cisalhamento em uma máquina de ensaio Universal (Otto Wolpert Werke, Germany), a uma velocidade de 6mm/minuto. As médias dos resultados obtidos foram: grupo 1 - Com silano = 6...

Porcelain laminates with and without dental preparation. One biomimetic vision by the finite elements analysis.; FACETAS DE PORCELANA COM E SEM PREPARO DENTAL: UMA VISÃO BIOMIMÉTICA PELO USO DO MÉTODO DE ELEMENTOS FINITOS - MEF

PEREIRA, João Luiz Neves; UFPR; CALIXTO, Abraham Lincoln; UEPG
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.59%
The present work had the objective to evaluate the distribution of tensions in teeth restored with porcelain laminates by the finites elements analisys, in representative models of upper central incisors, and three simulations had been used: teeth without preparations with and without covering incisal edge, and teeth with preparation in shoulder and layering of incisal edge. These models had been submitted to loads of 100N and 350N in the incisal edge, under angles of 45° and 90° degrees, simulating clinical conditions by carrying patients to the class I and III to the Angle and/or bruxomanos. We observed that the increase of the load, as well as the reduction of the angulations, had promoted an increase to the tensions in the representative models of porcelain laminate, and the models represented by the lithium dissilicato porcelain, presented a better behavior in relation to the distribution of the tensions on teeth restored with feldspatic porcelain laminate.; O presente trabalho teve por objetivo avaliar a distribuição de tensões nos dentes restaurados com facetas de porcelana pelo método de elementos finitos, em modelos representativos de incisivos centrais superiores onde foram utilizados três tipos de simulações: dentes que não apresentavam preparos dentários com e sem recobrimento da borda incisal...

Utilização de agregados alternativos de isoladores elétricos de porcelana em concretos

Campos,Marco Antonio; Paulon,Vladimir Antonio
Fonte: Instituto Mexicano del Cemento y del Concreto, A.C. Publicador: Instituto Mexicano del Cemento y del Concreto, A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.59%
Pesquisas referentes à utilização de materiais alternativos como substitutos de agregados convencionais, principalmente em concretos e argamassas, é prática recorrente nas últimas décadas no Brasil. Os resíduos cerâmicos, devido a suas similaridades, física e química, com os agregados comumente utilizados, após controle da distribuição granulométrica são passíveis de utilização nos concretos. Estima-se que o passivo anual brasileiro de isoladores elétricos de porcelana seja de 25,000 toneladas, que muitas vezes são descartados sem controle adequado, degradando o meio ambiente. A metodologia de moagem e posterior utilização desta porcelana substituindo os agregados, miúdo e graúdo, em concretos foi pesquisada, por meio da substituição combinada nos teores de 25 %, 50 %, 75 e 100 % de ambos os agregados. Os resultados dos ensaios mecânicos e análise microscópica, da zona de transição agregado-pasta, por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) mostraram ser possível a utilização desta cerâmica, em substituição aos agregados comuns, conferindo aos concretos, maiores valores de resistência mecânica e consequente durabilidade, contribuindo, para a diminuição da extração dos agregados naturais e constitui uma opção possível e viável para as indústrias cerâmicas produtoras dos isoladores elétricos de porcelana para a prática da sustentabilidade.