Página 1 dos resultados de 1025 itens digitais encontrados em 0.002 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Federal do Paraná

Estudo de rendimento de poda em povoamentos de Pinus taeda, L

Nogueira, Antonio Carlos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.63%
Este trabalho visou determinar o tempo de trabalho das diversas ferramentas de poda para três diferentes alturas de poda e também, determinar urna equação de regressão para a prognose de tempo. O estudo foi desenvolvido em dois povoamentos de Pinus taeda L., com idade de 4 e 8 anos respectivamente. A poda foi efetuada a três diferentes alturas de poda: 0-2,5 m no povoamento de 4 anos de idade, 2,5-4,5 m e 4,5-6,0 m no povoamento de 8 anos. O experimento foi delineado em blocos ao acaso com 4 repetições e os tratamentos foram os seguintes: Poda de O -2,5 m -foice T1 – foice T2 – serra Manasa T3 – serra dupla Sterzik Poda de 2,5 -4,5 m T4 – serra dupla Sterzik T5 – serra Dauner T6 – podão Poda de 4,5 -6,0 m s T7 – serra dupla Sterzik T8 – serra Dauner T9 – podão Além das medições dendrométricas, foi tomado o tempo de trabalho por árvore. O método usado na cronometragem foi o multimomento com intervalo de observação de 25/100 minutos. A análise estatística foi feita separadamente para cada altura de poda e as regressões foram calculadas para as seguintes ferramentas: Serra Manasa (T2), serra Dauner (T5) , podão (T6), serra Dauner (T8) e podão (T9). As análises dos resultados revelaram diferenças significantes entre os tratamentos. A foice e a serra Manasa foram as ferramentas que deram maior rendimento na poda baixa...