Página 1 dos resultados de 13874 itens digitais encontrados em 0.018 segundos

Estudo epidemiológico sobre pneumonia hospitalar em pacientes com trauma por acidente de transporte; Epidemiological Study of Hospital Pneumonia in Patients with Trauma Due to Traffic Accidents

Pagnano, Rosana Claudia Lovato
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
O trauma é uma doença que representa um problema de saúde pública de grande magnitude e transcendência no Brasil, que tem causado forte impacto na morbidade e mortalidade da população, com profundas repercussões nas estruturas sociais, econômicas e políticas de nossa sociedade. Diante da necessidade de métodos de diagnóstico e tratamento invasivos e devido à lesão traumática criar um estado de relativa imunossupressão, a evolução clínica do politraumatizado apresenta muitas variáveis que se destacam como fatores de risco para infecções hospitalares, dentre elas a pneumonia hospitalar. Esta investigação tem por objetivo estimar a incidência de pneumonia hospitalar em pacientes com trauma por acidente de transporte, identificar aqueles que desenvolveram a infecção segundo sexo, idade, doenças de base, segmento(s) afetado(s), gravidade da lesão, tempo de permanência da internação hospitalar, condições de alta, intubação endotraqueal e/ou traqueostomia, uso de ventilação mecânica, realização de toracotomia e drenagem torácica, uso de antimicrobianos profiláticos e realização de procedimentos cirúrgicos, e identificar fatores de risco para seu aparecimento. Foi realizado um estudo analítico...

Estudo das pneumonias causadas por Streptococcus pneumoniae em crianças internadas na enfermaria de pediatria do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo; Study of the pneumococcal pneumonia of the childrens hospitalized in the pediatrics ward at the University Hospital of the University of São Paulo

Yoshioka, Cristina Ryoka Miyao
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.88%
Introdução: Atualmente a incidência anual de pneumonia adquirida na comunidade nos países em desenvolvimento é de 150,7 milhões de casos entre crianças menores de 5 anos de idade , dos quais 11 a 20 milhões (7-13%) necessitam de internação hospitalar devido à gravidade. O tratamento geralmente é empírico mas o Streptococcus pneumoniae é o principal agente etiológico bacteriano.É necessário manter monitoramento dos sorotipos e padrão de resistência para melhor orientação terapêutica. Metodologia: Estudo de coorte retrospectivo com inclusão de 107 crianças com diagnóstico clínico e radiológico de pneumonia e com isolamento de Streptococcus pneumoniae em sangue e ou líquido pleural no período de janeiro de 2003 a outubro de 2008. Realizado determinação de concentração inibitória mínima (MIC) para penicilina e antibiograma para outros antimicrobianos. A sensibilidade para penicilina utilizada foi conforme Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI ) de 2008. Realizado sorotipagem de 96 cepas de pneumococos (89,7%) e analisados os dados da população em estudo e da evolução clínica. Resultados:Cerca de 47,5% das internações na enfermaria foram por pneumonia ou broncopneumonia e a média de positividade em cultura para pneumococo (sangue e ou líquido pleural) foi de 2...

Pneumonia domiciliar associada a infecção pelo vírus p-H1N1 2009 em hospital terciário: frequência, características clínico-laboratoriais e aplicação de escores para predizer diagnóstico e prognóstico; Community-Acquired Pneumonia associated with p-H1N1 2009 infection in a tertiary hospital: frequency, clinical characteristics and applicability of scores to predict diagnosis and prognosis

Brandão Neto, Rodrigo Antonio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.92%
Introdução: Em 13 de Setembro de 2009, a OMS reportou que existiam mais de 296.471 casos confirmados laboratorialmente de infecção pelo p-H1N1 2009. Ainda assim muitas questões permanecem, incluindo o papel de regras de probabilidade clínica e escores de gravidade de pneumonia adquirida na comunidade nestes pacientes. Nós descrevemos as características clínicas e epidemiológicas de pacientes internados por pneumonia adquirida na comunidade com ou sem infecção pelo p-H1N1. Objetivos: Verificar a incidência e características clínicas da pneumonia adquirida na comunidade associada com infecção pelo p-H1N1 2009, comparado as pneumonias adquiridas na comunidade sem infecção pelo p-H1N1 2009 e a aplicação de regras de probabilidade clínica e escores de gravidade de pneumonia. Métodos: Estudo observacional prospectivo avaliando pacientes consecutivos hospitalizados por pneumonia adquirida na comunidade por mais de 24 horas no HC-FMUSP. A infecção pelo p-H1N1 foi confirmada utilizando ensaios realtime PCR (RT-PCR). Os dados coletados incluíam variáveis clínicas e laboratoriais e 3 escores de gravidade de pneumonia: PSI (Pneumonia Severity Index), CURB-65 e o SMART-COP. Resultados: De 12 de julho a 17 de agosto de 2009...

Avaliação das doenças chiadoras recorrentes da infância como fator de risco para pneumonia; Evaluation of recurrent wheezing diseases of childhood as a risk factor for pneumonia

Pereira, Julio Cesar Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/1995 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
Comentando-se algumas evidências da literatura e da análise de dados secundários de morbidade e mortalidade, estabelece-se a hipótese de que as doenças chiadoras recorrentes da infância possam constituir-se em fator de risco para o desenvolvimento de infecções pulmonares. Um estudo caso-controle é desenvolvido para testar esta hipótese reunindo 51 casos de pneumonia pareados por sexo e idade a 51 controles sadios e 51 controles doentes não respiratórios. A amostra é colhida entre pacientes do Hospital Universitário da USP sendo condição de entrada para os casos um diagnóstico de pneumonia adquirida na comunidade e livre de tratamento anterior. Os controles são selecionados dentro da mesma clientela entre pacientes com outro diagnóstico e crianças sadias usuárias dos mesmos serviços, identificadas entre acompanhantes de pacientes. Casos e controles são submetidos a idêntica investigação quanto a presença de doença (pneumonia) e de exposição ao fator de risco investigado (doença chiadora recorrente) através de anamnese e exame físico padronizados, realizados independentemente por dois observadores distintos. Ambos os observadores são pediatras designados pelo Departamento de Pediatria do Hospital para esta tarefa e recebem orientação e supervisão para uma observação padronizada. Os dados assim recolhidos são processados em análises estatísticas uni e multivariadas para explorar diferenças entre casos e controles. A amostra estudada resulta constituída por crianças de idade média de 2 anos (com variação entre um mês e sete anos)...

O exame direto do lavado broncoalveolar para o diagnóstico precoce de pneumonia nosocomial : um modelo experimental em ratos

Silva, Nilton Brandao da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
A pneumonia nosocomial é a principal causa de infecção nosocomial em unidades de tratamento intensivo e possui alta morbi/mortalidade. A incidência cumulativa varia, conforme os autores, entre limites amplos desde 8% até 51%, dependendo do tipo de paciente e do uso de instrumentação das vias respiratórias. Nos casos específicos das pneumonias de má resolução e da pneumonia associada à ventilação mecânica, o diagnóstico é problemático devido à ausência de uma padronização definitiva, decorrente não só da grande variabilidade fisiopatológica como também da pouca acurácia dos critérios clínicos, microbiológicos e radiológicos. Estes fatos ensejaram a utilização progressiva de técnicas invasivas sofisticadas para coleta de amostras respiratórias endobrônquicas. Entretanto, a validação dessas técnicas para uso sistemático depende ainda de estudos que avaliem não só o seu custo/benefício em cenários clínicos diversos como também a comparação de seu desempenho para o diagnóstico com um padrão-ouro histopatológico. Além disso, o rendimento das técnicas invasivas é freqüentemente limitado quando são aplicadas em pacientes sob antibioticoterapia, que constituem a maioria dos casos em unidades de cuidados intensivos. A otimização desses testes...

Incidência de infecção por Legionella pneumophila em pacientes que internaram no HCPA com pneumonia adquirida na comunidade

Chedid, Maria Bernadete Fernandes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Introdução: O diagnóstico microbiológico da infecção por Legionella é complexo, pois a bactéria não é visualizada à coloração de Gram no escarro, e sua cultura não é realizada na maioria dos laboratórios clínicos. A imunofluorescência direta nas secreções respiratórias tem baixa sensibilidade, em torno de 40% e a técnica da “PCR” não é ainda recomendada para o diagnóstico clínico (CDC, 1997). A detecção de anticorpos no soro é a técnica mais utilizada, e o critério definitivo é a soroconversão para no mínimo 1:128, cuja sensibilidade é de 70 a 80% (Edelstein, 1993). Como critérios diagnósticos de possível pneumonia por Legionella, eram utilizados: título único de anticorpos a L pneumophila positivo na diluição 1:256, em paciente com quadro clínico compatível (CDC, 1990) e o achado de antígeno a Legionella na urina (WHO, 1990). Nos últimos anos, porém, com o uso crescente do teste de antigenúria, foram detectados casos de pneumonia por Legionella, que não eram diagnosticados por cultura ou sorologia, tornando-o método diagnóstico de certeza para o diagnóstico de pneumonia por Legionella (CDC, 1997). Por sua fácil execução, resultado imediato, e alta sensibilidade - de 86% a 98% (Kashuba & Ballow...

Prevalência da concentração inibitória mínima elevada da vancomicina e a relação desta com o desfecho de pacientes com pneumonia causada por staphylococcus aureus meticilina resistentes

Machado, Denise Pires
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
Introdução: Pneumonias causadas por Staphylococcus aureus meticilina resistentes (Methicillin resistant Staphylococcus aureus - MRSA) estão associadas com uma alta mortalidade em pacientes internados em Centros de Terapia Intensiva (CTI). Não é incomum que ocorra falha no tratamento de pneumonia por MRSA com vancomicina. Alguns estudos têm mostrado que há uma relação entre mortalidade em infecções por MRSA e concentrações inibitórias mínimas (CIM) elevadas para vancomicina por Etest®, apesar dos isolados serem sensíveis à vancomicina (CIM ≤2μg/mL), conforme o Clinical Laboratory Standards Institute (CLSI). Objetivos: O objetivo deste estudo foi avaliar as CIMs para vancomicina em pacientes com diagnóstico de pneumonia por MRSA, descrever a relação entre a CIM da vancomicina obtido por Etest® e microdiluição em caldo com mortalidade em 30 dias em pacientes com pneumonia por MRSA internados em um hospital terciário, acadêmico, no sul do Brasil. Métodos: Estudo prospectivo de coorte. Foram incluídos todos os pacientes com pneumonia adquirida no hospital (hospital adquired pneumonia - HAP) e pneumonia associada à ventilação (ventilator associated pneumonia - VAP) por MRSA entre Junho de 2009 e Dezembro de 2011. A CIM da vancomicina do primeiro isolado do trato respiratório foi determinado por Etest® e microdiluição em caldo. As variáveis selecionadas para serem analisadas incluíram idade...

Determinantes morfológicos de prognóstico em pneumonia nosocomial: um estudo em autópsias

Martinelli, Luiz Mário Baptista; Boas, Paulo José Fortes Villas; Queluz, Thais Thomaz; Yoo, Hugo Hyung Bok
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 51-58
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
OBJETIVO: Determinar a prevalência de pneumonia nosocomial nas autópsias em um hospital público universitário; identificar os fatores de risco relacionados à pneumonia nosocomial e os potenciais fatores prognósticos relacionados à ocorrência de pneumonia nosocomial fatal; e correlacionar os achados anatomopatológicos com a ocorrência de pneumonia nosocomial e/ou pneumonia aspirativa. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 199 pacientes autopsiados, maiores de 1 ano de idade, internados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista entre 1999 e 2006, cuja causa de morte (causa básica ou associada) foi pneumonia nosocomial. Testou-se a associação dos dados demográficos, clínicos e anatomopatológicos com os desfechos pneumonia nosocomial fatal e pneumonia aspirativa fatal. As variáveis significativas entraram na análise multivariada. RESULTADOS: A idade média foi de 59 ± 19 anos. A prevalência de pneumonia nosocomial em autópsias foi 29%, e essa foi a causa mortis de 22,6% dos pacientes autopsiados. A pneumonia nosocomial fatal correlacionou-se com os achados anatomopatológicos de alterações estruturais tabágicas (OR = 3,23; IC95%: 1,26-2,95; p = 0,02) e acometimento pulmonar bilateral (OR = 3...

Pneumonia nosocomial no Centro Hospitalar Cova da Beira: avaliação retrospectiva

Amaral, Joana Margarida Freire Marques
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
Objectivos: Caracterização epidemiológica, clínica e microbiológica da população de doentes seleccionada, avaliando os factores modificadores da Pneumonia Nosocomial inerentes, quer aos doentes, quer aos Serviços de internamento do Centro Hospitalar Cova da Beira. Material e métodos: Foram estudados 51 doentes com o diagnóstico de Pneumonia Nosocomial, internados em diversos Serviços do Centro Hospitalar Cova da Beira, entre Setembro de 2007 e Junho de 2008. Resultados/Conclusões: A média de idades foi de 76,71 anos para a população total e 69,8 anos para os 16 doentes com Pneumonia associada a Ventilador estudados. Este facto poderá condicionar a elevada prevalência de factores de risco nos dois grupos, tais como: internamentos anteriores (48,18% vs. 31,25%), antibioterapia nos últimos 3 meses (33,33% vs. 25,00%) e patologia cardiovascular, nomeadamente a Hipertensão Arterial (58,82% vs. 22,50%). A cirurgia prévia foi um factor de risco que se destacou nos doentes com Pneumonia associada a Ventilador (25,00%), que por complicações intra ou pós-operatórias necessitaram de prolongar o tempo de entubação orotraqueal. A principal forma de apresentação clínica, foi uma síndrome caracterizada por hipertermia...

Determinantes morfológicos de prognóstico em pneumonia nosocomial: um estudo em autópsias

Martinelli,Luiz Mário Baptista; Boas,Paulo José Fortes Villas; Queluz,Thais Thomaz; Yoo,Hugo Hyung Bok
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.87%
OBJETIVO: Determinar a prevalência de pneumonia nosocomial nas autópsias em um hospital público universitário; identificar os fatores de risco relacionados à pneumonia nosocomial e os potenciais fatores prognósticos relacionados à ocorrência de pneumonia nosocomial fatal; e correlacionar os achados anatomopatológicos com a ocorrência de pneumonia nosocomial e/ou pneumonia aspirativa. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 199 pacientes autopsiados, maiores de 1 ano de idade, internados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista entre 1999 e 2006, cuja causa de morte (causa básica ou associada) foi pneumonia nosocomial. Testou-se a associação dos dados demográficos, clínicos e anatomopatológicos com os desfechos pneumonia nosocomial fatal e pneumonia aspirativa fatal. As variáveis significativas entraram na análise multivariada. RESULTADOS: A idade média foi de 59 ± 19 anos. A prevalência de pneumonia nosocomial em autópsias foi 29%, e essa foi a causa mortis de 22,6% dos pacientes autopsiados. A pneumonia nosocomial fatal correlacionou-se com os achados anatomopatológicos de alterações estruturais tabágicas (OR = 3,23; IC95%: 1,26-2,95; p = 0,02) e acometimento pulmonar bilateral (OR = 3...

Association between hospital case volume and mortality in non-elderly pneumonia patients stratified by severity: a retrospective cohort study

Kumamaru, Hiraku; Tsugawa, Yusuke; Horiguchi, Hiromasa; Kumamaru, Kanako Kunishima; Hashimoto, Hideki; Yasunaga, Hideo
Fonte: BioMed Central Publicador: BioMed Central
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.84%
Background: The characteristics and aetiology of pneumonia in the non-elderly population is distinct from that in the elderly population. While a few studies have reported an inverse association between hospital case volume and clinical outcome in elderly pneumonia patients, the evidence is lacking in a younger population. In addition, the relationship between volume and outcome may be different in severe pneumonia cases than in mild cases. In this context, we tested two hypotheses: 1) non-elderly pneumonia patients treated at hospitals with larger case volume have better clinical outcome compared with those treated at lower case volume hospitals; 2) the volume-outcome relationship differs by the severity of the pneumonia. Methods: We conducted the study using the Japanese Diagnosis Procedure Combination database. Patients aged 18–64 years discharged from the participating hospitals between July to December 2010 were included. The hospitals were categorized into four groups (very-low, low, medium, high) based on volume quartiles. The association between hospital case volume and in-hospital mortality was evaluated using multivariate logistic regression with generalized estimating equations adjusting for pneumonia severity, patient demographics and comorbidity score...

Fisioterapia respiratória em crianças com pneumonia: revisão sistemática

Chaves, Gabriela Suellen da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
Introduction: Pneumonia is an inflammatory lung disease and it is the greatest cause of deaths in children younger than five years of age worldwide. Chest physiotherapy is widely used in the treatment of pneumonia because it can help to eliminate inflammatory exudates and tracheobronchial secretions, remove airway obstructions, reduce airway resistance, enhance gas exchange and reduce the work of breathing. Thus, chest physiotherapy may contribute to patient recovery as an adjuvant treatment even though its indication remains controversial. Objectives: To assess the effectiveness of chest physiotherapy in relation to time until clinical resolution in children (from birth up to 18 years old) of either gender with any type of pneumonia. Methods: We searched CENTRAL 2013, Issue 4; MEDLINE (1946 to May week 4, 2013); EMBASE (1974 to May 2013); CINAHL (1981 to May 2013); LILACS (1982 to May 2013); Web of Science (1950 to May 2013); and PEDro (1950 to May 2013). We consulted the ClinicalTrials.gov and the WHO ICTRP registers to identify planned, ongoing and unpublished trials. We consulted the reference lists of relevant articles found by the electronic searches for additional studies. We included randomised controlled trials (RCTs) that compared chest physiotherapy of any type with no chest physiotherapy in children with pneumonia. Two review authors independently selected the studies to be included in the review...

Desenvolvimento de um Sistema de Auxílio ao Diagnóstico de Pneumonia na Infância Utilizando Visão Computacional; Development of a System of Aid to the Diagnosis of Pneumonia in Children Using Computer Vision

MACEDO, Sanderson Oliveira de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência da Computação; Ciências Exatas e da Terra - Ciências da Computação Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência da Computação; Ciências Exatas e da Terra - Ciências da Computação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
This work aims to develop a system to aid in the diagnosis of pneumonia by computer, termed pneumocad, which aims to identify chest radiographies compatible with the disease. Techniques were used for the recognition of patterns in textures through the decomposition of the wavelet transforms of the features extracted from the decomposition and classification applied to radiography. We analyzed 166 images in digital radiography "gold standard", previously confirmed by two radiologists trained according to WHO guidelines as Pneumonia Present (PP = 83) and Pneumonia Absent (PA = 83). In both methods were investigated which feature best applies to the recognition of patterns and textures in which the best performance of the classifier K-NN method. The procedure began with the application of the Haar Wavelet Transform and the extraction of characteristics of each radiograph 17 that were stored descriptors. The methodology I tested the increase in classification accuracy, balanced with increasing the amount of radiographies of each class. The methodology II tested the ability of K-NN to generate ratings at acceptable levels with the unbalance of the random number of images between the two classes. There was obtained an average of accuracy of 91.75% with emphasis on the difference of characteristic variance performance and the K-NN was more effective when the number of nearest neighbors is K=9. The results are considered promising because the pneumocad can be a useful tool in the diagnosis of childhood pneumonia...

Pneumonia e pobreza, uma abordagem espacial: Dois anos de vigilância populacional do estudo LEAP-Brazil

MELO, Lícia Kamila Assis
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Medicina Tropical; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Medicina Tropical; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Introdução: A pneumonia tem um papel importante na carga das doenças da infância, principalmente nos países pobres. São escassos os estudos avaliando a associação entre pobreza e pneumonias confirmadas por raio-x, embora as radiografias de tórax tem sido utilizadas amplamente em estudos de doença pneumocócica invasiva. Foram utilizados dados do Latin America Epidemiological Assessment of Pneumococcal Invasive Disease (estudo LEAP-Brazil) para localizar aglomerados de pneumonia confirmadas por raio-X de tórax e avaliar a incidência de pneumonias por estrato socioeconômico. Métodos: De maio/2007 a maio/2009 11.474 crianças com idade entre 28 dias a menores 36 meses com suspeita clínica de pneumonia foram registrados em 33 serviços de emergência em Goiânia, Brasil. As radiografias de tórax foram interpretadas por um radiologista treinado em leitura e interpretação pelas normas da OMS e 3.955(34,5%) foram classificadas como pneumonia de provável etiologia bacteriana. A estatística espacial de varredura (modelo de Poisson) foi aplicada sobre um total de 3.867 crianças com pneumonia confirmada por raio-x que foram interativamente geocodificadas no endereço da residência. A hipótese de nulidade é a de que os casos são distribuídos aleatoriamente. A mesma técnica foi aplicada ao conjunto de dados de crianças hospitalizadas...

Prevalência de pneumonia associada à assistência à saúde em unidades de terapia intensiva

Souza, Aline Schio de
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.88%
A pneumonia hospitalar é a infecção mais comum em unidades de terapia intensiva (UTI) e apresenta um grande impacto na saúde pública, pois está relacionada ao aumento da morbidade, mortalidade e elevação dos custos hospitalares. O presente estudo teve como objetivo estimar a prevalência de pneumonia adquirida no hospital (PAH) em todas as unidades gerais de terapia intensiva de adultos do município de Campo Grande – MS. Foram caracterizados os pacientes internados nestas unidades, analisaram-se os fatores de risco e os casos de óbitos relacionados com a pneumonia adquirida no hospital. Estudo transversal, de prevalência de um dia que avaliou 87 prontuários. Destes, 37 possuíam o diagnóstico de pneumonia associada à assistência, resultando uma prevalência de 42,5%. A idade média de todos os pacientes internados nas UTIs no dia estudado foi de 63,09±18,03 anos. Pacientes com pneumonia associada à assistência apresentaram tempo de internação no hospital e na UTI significativamente maior do que aqueles que não apresentaram PAH. Entre os pacientes com pneumonia hospitalar, 83,8% faziam uso da ventilação mecânica, contra 36,0% nos pacientes sem PAH. Pacientes com pneumonia relacionada à assistência também fizeram mais uso de dispositivos invasivos como cateter venoso central...

Association between systemic corticosteroids and outcomes of intensive care unit-acquired pneumonia

Tavares Ranzani, Otavio; Ferrer, Miquel; Esperatti, Mariano; Giunta, Valeria; Li Bassi, Gianluigi; Ribeiro Carvalho, Carlos Roberto; Torres, Antoni
Fonte: LIPPINCOTT WILLIAMS & WILKINS; PHILADELPHIA Publicador: LIPPINCOTT WILLIAMS & WILKINS; PHILADELPHIA
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.84%
Objective: The use of corticosteroids is frequent in critically-ill patients. However, little information is available on their effects in patients with intensive care unit acquired pneumonia. We assessed patients' characteristics, microbial etiology, inflammatory response, and outcomes of previous corticosteroid use in patients with intensive care unit acquired pneumonia. Design: Prospective observational study. Setting: Intensive care units of a university teaching hospital. Patients: Three hundred sixteen patients with intensive care unit acquired pneumonia. Patients were divided according to previous systemic steroid use at onset of pneumonia. Interventions: None. Measurements and Main Results: Survival at 28 days was analyzed using Cox regression, with adjustment for the propensity for receiving steroid therapy. One hundred twenty-five (40%) patients were receiving steroids at onset of pneumonia. Despite similar baseline clinical severity, steroid treatment was associated with decreased 28-day survival (adjusted hazard ratio for propensity score and mortality predictors 2.503; 95% confidence interval 1.176-5.330; p = .017) and decreased systemic inflammatory response. In post hoc analyses, steroid treatment had an impact on survival in patients with nonventilator intensive care unit acquired pneumonia...

Evolução clinica e estado nutricional de crianças com pneumonia internadas no pronto-socorro de pediatria do hospital das clinicas da Universidade Estadual de Campinas

Adriana Gut Lopes Riccetto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.87%
As infecções respiratórias agudas são responsáveis por cinco milhões de mortes a cada ano em crianças menores de cinco anos nos países em desenvolvimento. Setenta por cento desses óbitos são secundários à pneumonias. A desnutrição é considerada um dos fatores predisponentes à pneumonia e outras infecções. A relação entre a desnutrição e evolução desfavorável das pneumonias já foi estudada por vários autores assim como a associação entre desnutrição, resposta imunológica deficiente e ocorrência de infecções graves. No grupo de pacientes que necessitam de internação para tratamento da pneumonia, há a preocupação em encontrar fatores associados à pior evolução. A influência da desnutrição nos casos de pneumonia permite atribuir à avaliação antropométrica um papel importante no estabelecimento do prognóstico desta doença em crianças. Com o objetivo de avaliar a evolução de pacientes internados com pneumonia, no pronto-socorro de pediatria do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, foram avaliadas 85 crianças maiores de 3 meses e menores de 5 anos de idade, no período de abril de 1999 a novembro de 2000. Nestas crianças foi estudada a associação entre a evolução de pneumonia com sexo...

Mapping pneumonia research: A systematic analysis of UK investments and published outputs 1997–2013

Head, Michael G.; Fitchett, Joseph R.; Newell, Marie-Louise; Scott, J. Anthony G.; Harris, Jennifer N.; Clarke, Stuart C.; Atun, Rifat
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.87%
Background: The burden of pneumonia continues to be substantial, particularly among the poorest in global society. We describe here the trends for UK pneumonia R&D investment and published outputs, and correlate with 2013 global mortality. Methods: Data related to awards to UK institutions for pneumonia research from 1997 to 2013 were systematically sourced and categorised by disease area and type of science. Investment was compared to mortality figures in 2010 and 2013 for pneumonia, tuberculosis and influenza. Investment was also compared to publication data. Results: Of all infectious disease research between 2011 and 2013 (£917.0 million), £28.8 million (3.1%) was for pneumonia. This was an absolute and proportionate increase from previous time periods. Translational pneumonia research (33.3%) received increased funding compared with 1997–2010 where funding was almost entirely preclinical (87.5%, here 30.9%), but high-burden areas such as paediatrics, elderly care and antimicrobial resistance received little investment. Annual investment remains volatile; publication temporal trends show a consistent increase. When comparing investment to global burden with a novel ‘investment by mortality observed’ metric, tuberculosis (£48.36) and influenza (£484.21) receive relatively more funding than pneumonia (£43.08)...

Bacterièmia en la pneumònia nosocomial i pneumònia associada a ventilació mecànica en pacients traumàtics resultats de l'eu-pneumonia survey 2005 /

Magret Iglesias, Mònica
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2013 CAT; CAT
Relevância na Pesquisa
36.88%
Nosocomial pneumonia (NP) is the second most common nosocomial infection in hospitalized patients being ventilator-associated pneumonia (VAP), the leading nosocomial infection in Intensive Care Units (ICU) and represents over 80% of all episodes of NP. The frequency ranges of NP ranging between five and ten cases per 1,000 hospital admissions, and increases from 6 to 20 times in patients undergoing mechanical ventilation (MV). Due to the importance of pneumonia that requires VM with respect to the frequency, mortality and healthcare costs, medical literature is full of discussions about the methods to be used to diagnose pneumonia in ICU. However, there is a big difference between the importance of this entity and the limited information on actual practice. Given this lack of information in our field, we designed the study EU-PNEUMONIA Survey 2005 to examine prospectively the clinical diagnosis of all types of pneumonia requiring MV in a large sample from 27 ICUs of nine european countries in order to define the actual clinical practice of pneumonia in ventilated patients. The availability of epidemiological data, etiology, risk factors and outcomes of such a large sample of patients has allowed us to analyze and extract data from multiple subgroups that have specific characteristics that distinguish the group as a whole. Within this broad sample of patients diagnosed with pneumonia who require MV...

Causas de óbito por pneumonia intersticial secundária em autópsias pulmonares de pacientes imunocomprometidos; Autopsy-proven causes of death in lungs of patients immunocompromised by secondary interstitial pneumonia

Terrabuio Junior, Alberto Antonio; Parra, Edwin Roger; Farhat, Cecília; Capelozzi, Vera Luiza
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2007 ENG
Relevância na Pesquisa
36.89%
OBJETIVO: Apresentar as associações mais freqüentes encontradas em autópsias de pacientes imunossuprimidos que desenvolveram pneumonia intersticial secundária bem como o risco de óbito (Odds Ratio) de desenvolver PIS associada à causa da imunossupressão. MÉTODO: De janeiro de 1994 a março de 2004, 17000 autópsias foram realizadas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. A partir da revisão dos laudos patológicos foram selecionados 558 destas autópsias (3,28%) de pacientes com 15 anos de idade ou mais, com alguma doença de base que desenvolveu um infiltrado pulmonar radiologicamente difuso durante o curso da hospitalização e que depois foi para óbito com pneumonia intersticial secundária (broncopneumonia, pneumonia lobar, pneumonia intersticial, dano alveolar difuso, doença pulmonar recorrente, doença pulmonar induzida por drogas, edema pulmonar cardiogênico e embolismo pulmonar). As lâminas histológicas foram revisadas por patologistas experientes para confirmar ou não a presença de pneumonia intersticial secundária. A análise estatística incluiu o "Teste exato de Fisher" para verificar associação entre a histolopatologia e causa de imunocomprometimento; e regressão logística para predizer o risco de óbito por achados histológicos específicos para cada variável independente do modelo. RESULTADOS: A pneumonia intersticial secundária foi representada histológicamente por pneumonite intersticial difusa variando de características não especificas leves (n=213) ao padrão histológico de dano alveolar difuso (n=273). A principal causa de imunossupressão nos pacientes com dano alveolar difuso foi sepse (136 casos)...