Página 1 dos resultados de 257 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Fisionomia da cidade: Sorocaba - cotidiano e desenvolvimento urbano - 1890-1943; Physiognomy of the city: Sorocaba daily routine and urban development 1890-1943

Carvalho, Rogério Lopes Pinheiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.03%
Esta pesquisa procura elaborar uma história sociocultural da cidade de Sorocaba, no período compreendido entre a década de 1890, quando ocorre a intensificação da industrialização na cidade, e meados dos anos 1940. Assim, o objeto a ser estudado é a própria cidade de Sorocaba nesse período, o que significa pensar a inserção e especificidade da cidade nos fluxos da modernidade, processo histórico pautado pelas transformações e adensamento das relações capitalistas no país. A partir dessa questão, procuro investigar aspectos do desenvolvimento urbano ocorrido em Sorocaba, pensando a cidade como artefato, a partir do estudo de alguns melhoramentos urbanos fundamentais como a implantação do serviço de água e esgotos e a utilização da eletricidade; e as representações, impressões e percepções elaboradas nesse contexto e que interagem com essas transformações. O que significa procurar apreender a fisionomia da cidade. Tais modificações são implementadas pelas elites dirigentes locais e que, por conta disso, constroem uma representação da cidade que a tornaria conhecida como Manchester Paulista. Portanto, o objetivo é analisar e historicizar tal construção simbólica, interagindo-a com outras representações / percepções da urbe...

Repartição da água da chuva sob o dossel e umidade do solo no gradiente fisionômico da vegetação do Cerrado; Rainfall partioning under the canopy and soil moisture in the physiognomy gradient of Cerrado vegetation

Honda, Eliane Akiko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.03%
Apesar da grande área ocupada pelo Cerrado no território brasileiro e de sua importância ecológica e hidrológica, ainda é desconhecida a repartição da água das chuvas no gradiente fisionômico da vegetação nesse bioma. No presente estudo quantificamos a interceptação da água das chuvas e a umidade do solo, para estabelecer correlações entre as características estruturais da vegetação, representadas principalmente pela área basal, e os dados hidrológicos. Para tanto, quantificamos a transprecipitação e o escoamento pelo tronco das árvores, em 15 parcelas representativas do gradiente fisionômico entre o cerrado típico e o cerradão, localizados na Estação Ecológica de Assis (EEcA), SP, para obtenção da proporção da precipitação efetiva que atravessa o dossel e chega à superfície do solo, em comparação com a precipitação total, quantificada a céu aberto. Os indivíduos lenhosos em cada parcela com DAP 5 cm foram identificados e medidos. A quantidade de transprecipitação foi tanto maior quanto menos complexa a estrutura da vegetação, sendo também influenciada pelas características da chuva incidente. A proporção da transprecipitação também foi fortemente influenciada pela estrutura da vegetação...

De Physiognomonia Liber: considerações a respeito do ethos e da fisiognomonia em textos da Antiguidade Clássica; De Physiognomonia Liber: reflexions about ethos and physiognomy in ancient texts

Rodolpho, Melina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.71%
A presente tese tem, basicamente, dois objetivos principais: traduzir um tratado fisiognomônico, o De Physiognomonia Liber, de autoria desconhecida, provavelmente do século IV d.C., e ainda estudar a fisiognomonia na Antiguidade Clássica, cotejando os preceitos expostos de diferentes manuais. Há pouca informação a respeito da fisiognomonia nos textos da Antiguidade, contudo, a análise fisiognomônica era adotada como mecanismo para representar ethos ou pathos. Geralmente considerada uma techne, seu estatuto tem sido questionado porque também era um método de divinação. Inúmeros teóricos, dentre os quais estão Platão e Aristóteles, discutiam diversos aspectos concernentes à teoria fisiognomônica, tais como a influência dos humores no caráter de um indivíduo e as analogias entre os homens e os animais. A fisiognomonia relaciona-se à medicina se considerarmos a teoria dos humores e, além disso, há o método etnológico em que se atribui características específicas ao ethos de acordo com a influência do ambiente sobre os indivíduos, proposição presente no corpus hipocrático. Procuramos também observar a presença de elementos fisiognomônicos na actio retórica e na literatura da Antiguidade. É possível inferir que o emprego de conceitos fisiognomônicos compõe o que alguns teóricos chamam consciência fisiognomônica...

Composição e abundância de corujas em floresta atlântica e sua relação com variáveis de hábitat

Amaral, Karina Felipe
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.32%
A heterogeneidade do habitat pode afetar diretamente ou indiretamente a disponibilidade de recursos necessários para a sobrevivência e reprodução das aves, uma vez que estas selecionam micro-habitats para forrageamento e sítios reprodutivos. As corujas são aves noturnas que desempenham um importante papel no equilíbrio do ecossistema, por evitar superpopulações de presas e eliminar indivíduos defeituosos. Essas aves são de pouquíssimo conhecimento e principalmente em relação ao uso de habitat. Entretanto, alguns trabalhos mostraram relações entre a distribuição e presença de corujas com características da estrutura da vegetação e com diferentes paisagens. Realizamos um estudo de revisão sobre o status da pesquisa cientifica em relação as corujas e podemos confirmar a carência em estudos com corujas que ocorrem no Brasil. A maior parte das pesquisas relacionadas com esse grupo de aves foram realizadas na América do Norte com apenas a citação de 4 espécies das 21 que ocorrem no Brasil. O tema seleção de habitat, genética e evolução, sistemática e técnicas foram pouquíssimos relatados nas publicações utilizadas nesta revisão. Por outro lado os nossos resultados sobre a influência de algumas variáveis da vegetação em relação à presença de corujas em diferentes fisionomias de Floresta Atlântica...

Fenologia reprodutiva em campo sujo e campo úmido numa área de Cerrado no sudeste do Brasil, Itirapina - SP

Tannus, João L. S.; Assis, Marco A.; Morellato, L.Patrícia C.
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade (BIOTA/FAPESP) Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade (BIOTA/FAPESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
17.5%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); As espécies vegetais do Cerrado apresentam variações periódicas nos padrões de crescimento e reprodução, fortemente relacionadas com a sazonalidade climática. Este estudo teve como objetivo analisar, de forma comparativa, a fenologia reprodutiva (floração e frutificação) das espécies em campo sujo e campo úmido numa área de Cerrado na região sudeste do Brasil (Itirapina, SP), procurando responder às questões: (i) as espécies em campo sujo e campo úmido florescem e frutificam de maneira sazonal? (ii) os padrões reprodutivos em cada fisionomia são semelhantes para diferentes classes de hábito? (iii) as fisionomias variam quanto às proporções de espécies por modos de dispersão de sementes? (iv) as fisionomias variam quanto aos padrões de frutificação de acordo com os modos de dispersão de sementes? (v) a fenologia reprodutiva das espécies de acordo com a fisionomia, hábito e modo de dispersão correlaciona-se com a sazonalidade climática? Foram analisadas exsicatas depositadas no acervo do Herbário do Instituto de Biociências de Rio Claro, Universidade Estadual Paulista - UNESP relativas ao período de 1983 a 2005. As espécies foram classificadas quanto ao hábito (arbustivo-arbóreas e herbáceo-subarbustivas) e modo de dispersão (anemo...

Caracterização da fertilidade do solo da composição mineral de espécies arbóreas de restinga do litoral paulista

Sato, Claudia Akemi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 94 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
17.32%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal) - IBRC; Este trabalho abrangeu o Litoral do Estado de São Paulo, desde Ubatuba - litoral norte à Cananéia - litoral sul. Teve por objetivo correlacionar diferentes fisionomias da floresta de restinga com os parâmetros físicos, químicos e salinidade do solo e análises químicas de alumínio, macro e micronutrientes de espécies arbóreas. A amostragem do solo foi feita até 0,6m de profundidade, em camadas de 20cm e na profundidade até 0,2m a cada 5cm para as fitofisionomias alta e baixa. Para cada camada foram analisados ph, M.O., P, K, Ca, Mg, S, Al, H+Al, Na, B, Cu, Fe, Mn, Zn, m, SB, CTC e V, além da condutividade elétrica (CE), Relações de Adsorção de Sódio (RAS), Porcentagem de Sódio Trocável (PST), pH dos extratos de saturação e análises granulométricas. Foram coletadas oito folhas de cinco indivíduos por espécie para cada área de Pera glabrata, Andira fraxinifolia, Ilex theezans e Psidium cattleyanum, para análises químicas foliares (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn, Zn e Al). Os teores de areia, silte e argila não diferiram entre as áreas estudadas, sendo que a argila obteve teores iguais ou inferiores a 4% e a areia superiores a 90%. Independentemente dos processos geológicos...

Estrutura de populações de Xylopia aromatica (Lam.) Mart. (Annonaceae) e Roupala montana Aubl. (Protecease) em quatro fragmentos de cerrado sensu lato no municipio de Itirapina/SP

Aneliza de Almeida Miranda-Melo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
17.32%
A estrutura populacional de duas espécies, Xylopia aromatica e Roupala montana, foi estudada em quatro fragmentos de cerrado no município de Itirapina/SP com diferentes fisionomias e históricos de perturbação e em três áreas, dentro de um mesmo fragmento, com fisionomias semelhantes. Em cada área, dentro de cada fragmento, foi instalada uma grade de 200 parcelas contíguas de 5 x 5 m, totalizando 0,5 ha. Em cada parcela todos os indivíduos das duas espécies com diâmetro do caule à altura do solo (DAS) ? 3 cm foram marcados e sua altura e seu DAS foram registrados. Em sub-parcelas de 1 m2, sorteadas dentre os vértices de cada parcela de 25 m², foram marcados os indivíduos com DAS < 3 cm. Para cada espécie estudada, foram identificados seis estádios ontogenéticos: plântula (apresentava uma ou duas folhas cotiledonares), jovem 1 (não apresentava cotilédones nem ramificações), jovem 2 (possuía ramificações), imaturo (apresentava ramificações e reiterações), adulto vegetativo (apresentava diâmetro e altura iguais ou maiores que as do menor indivíduo reprodutivo, mas não se reproduziu no período de coleta de dados) e adulto reprodutivo (apresentava flor, fruto ou cicatriz dessas estruturas), os quais foram utilizados nas demais análises. Uma grande plasticidade da forma arquitetural foi observada entre as espécies...

Aspectos da historia de vida de quatro especies de Trichilia (Meliaceae) na reserva de Santa Genebra, Campinas (SP); Life history aspects of four Trichilia (Meliaceae) specis in the reserva de Santa Genebra, Campinas (SP)

Vanessa Rosseto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
17.32%
A coexistência de espécies arbóreas em florestas tropicais pode estar associada com a partição dos recursos, através da utilização diferencial dos recursos ambientais ao longo do tempo e espaço. O objetivo do trabalho foi avaliar quais os possíveis mecanismos relacionados com a coexistência de espécies arbóreas simpátricas, Trichilia sp. (Meliaceae), em três fisionomias florestais em um fragmento urbano de Campinas, SP. Para tanto, foram feitos três questionamentos centrais: (1) Qual a heterogeneidade ambiental de três fisionomias florestais (Floresta Estacional Semidecídua, Floresta Paludosa e Floresta de Maria-Preta)? (2) As espécies de Trichilia apresentam características estruturais divergentes ao longo da ontogenia, que possibilitem a coexistência das espécies? (3) O padrão espacial das espécies de Trichilia varia nas diferentes fisionomias e possíveis diferenças estão associadas com fatores ambientais específicos? Para o estudo foram utilizadas três escalas espaciais: escala fisionômica (comparação dos descritores ambientais entre as fisionomias), escala local (comparação entre áreas dentro de uma mesma fisionomia) e escala microlocal (comparação entre parcelas de uma mesma área). A umidade do solo foi o único fator ambiental divergente entre a Floresta de Maria-Preta (MP) e a Floresta Estacional Semidecídua (FES)...

Análise da paisagem do maciço de cana brava pelo emprego de imagens de sensoriamento remoto e sistema de informação geográfica

Chaves, Thiago Avelar; Carvalho Júnior, Osmar Abílio de; Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso; Guimarães, Renato Fontes; Sodré, Robson Veloso Ribeiro; Machado, Wátila Portela; Oliveira, Sandro Nunes de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
17.32%
No presente trabalho, é proposto analisar a relação dos dados geológicos emorfométricos com as unidades vegetais detectadas pelo processamento digital deimagens de sensoriamento remoto. A área de estudo, o Complexo de Cana Brava,encontra-se na porção norte do Estado de Goiás. A fisionomia da vegetação no Maciçode Cana Brava apresenta forte controle geológico. O avanço dos estudos da vegetaçãoatravés de sensores remotos permitiu uma redução nos custos e tempo de análise degrandes áreas. A metodologia adotada no trabalho pode ser dividida nas seguintesetapas: (A) Pré-processamento da imagem ASTER; (B) Aplicação do NormalizedDiference of Vegetation Index e classificação espectral a partir do Spectral AngleMapper; (C) Distinção das diferentes unidades fitofisionômicas a partir de uma sucessãode máscaras sobre a imagem ASTER; (D) Processamento da imagem ASTER DEM; e (E)Cruzamento dos dados morfométricos com o mapa de vegetação da área de estudo.Esses procedimentos permitiram identificar padrões na paisagem da área de estudo. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT; The present work aims to evaluate the relation of geologic and morfometricdata with vegetation physiognomy data acquired from remote sensing digital images. The distribution and physiognomy of vegetation in the Cana Brava Massif shows stronggeological control. The improvement of the studies on vegetation by using opticalremote sensing techniques has allowed to increase the operational speed and to decreasethe cost of total coverage of wide areas. The methodology used can be divided into fivestages: (A) Pre-processing of ASTER image; (B) Application of Normalized Difference ofVegetation Index and spectral classification based on the Spectral Angle Mapper; (C)Distinction of vegetation physiognomy based on a series of masks applied over theASTER image; (D) Processing of the ASTER DEM image; and (E) Correlating morfometricdata with the study area vegetation map. These procedures allowed the identification of landscape patterns on the study area.

Floristic and structural comparisons between woody communities of two seasonal forest fragments in the Tocantins river basin and other remnants of this forest physiognomy in Brazil

Medeiros,Marcelo Brilhante de; Walter,Bruno Machado Teles; Oliveira,Washington Luis
Fonte: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 EN
Relevância na Pesquisa
27.03%
This work describes the woody layer composition and structure in two seasonal forest fragments in the Tocantins river basin and compares them to other remnants of this forest physiognomy in Brazil. The survey was carried out by using 17 plot samples (20 × 50 m) located in Palmeirópolis, state of Tocantins, and in Minaçú, state of Goiás. All woody individuals showing diameters > 5 cm, at 1.30 cm above ground level, were recorded. The higher floristic similarity of these forest remnants compared with other closer seasonal forests did not show a distinct pattern. The floristic composition was more similar to that of a deciduous seasonal forest in the Paranã valley, and more dissimilar to other forests in this same valley. This result and a higher dissimilarity related to the southern forests in Goiás suggest that the forest fragments showed a floristic composition and structure typical of lowland seasonal forests in the Tocantins river basin. The results also indicated that the forest fragments have distinct floristic compositions with a relatively similar structure and diversity.

Increased Atmospheric SO2 Detected from Changes in Leaf Physiognomy across the Triassic–Jurassic Boundary Interval of East Greenland

Bacon, Karen L.; Belcher, Claire M.; Haworth, Matthew; McElwain, Jennifer C.
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 10/04/2013 EN
Relevância na Pesquisa
27.03%
The Triassic–Jurassic boundary (Tr–J; ∼201 Ma) is marked by a doubling in the concentration of atmospheric CO2, rising temperatures, and ecosystem instability. This appears to have been driven by a major perturbation in the global carbon cycle due to massive volcanism in the Central Atlantic Magmatic Province. It is hypothesized that this volcanism also likely delivered sulphur dioxide (SO2) to the atmosphere. The role that SO2 may have played in leading to ecosystem instability at the time has not received much attention. To date, little direct evidence has been presented from the fossil record capable of implicating SO2 as a cause of plant extinctions at this time. In order to address this, we performed a physiognomic leaf analysis on well-preserved fossil leaves, including Ginkgoales, bennettites, and conifers from nine plant beds that span the Tr–J boundary at Astartekløft, East Greenland. The physiognomic responses of fossil taxa were compared to the leaf size and shape variations observed in nearest living equivalent taxa exposed to simulated palaeoatmospheric treatments in controlled environment chambers. The modern taxa showed a statistically significant increase in leaf roundness when fumigated with SO2. A similar increase in leaf roundness was also observed in the Tr–J fossil taxa immediately prior to a sudden decrease in their relative abundances at Astartekløft. This research reveals that increases in atmospheric SO2 can likely be traced in the fossil record by analyzing physiognomic changes in fossil leaves. A pattern of relative abundance decline following increased leaf roundness for all six fossil taxa investigated supports the hypothesis that SO2 had a significant role in Tr–J plant extinctions. This finding highlights that the role of SO2 in plant biodiversity declines across other major geological boundaries coinciding with global scale volcanism should be further explored using leaf physiognomy.

L’utilisation de la polarimétrie radar et de la décomposition de Touzi pour la caractérisation et la classification des physionomies végétales des milieux humides : le cas du Lac Saint-Pierre.

Gosselin, Gabriel
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
27.03%
Les milieux humides remplissent plusieurs fonctions écologiques d’importance et contribuent à la biodiversité de la faune et de la flore. Même s’il existe une reconnaissance croissante sur l’importante de protéger ces milieux, il n’en demeure pas moins que leur intégrité est encore menacée par la pression des activités humaines. L’inventaire et le suivi systématique des milieux humides constituent une nécessité et la télédétection est le seul moyen réaliste d’atteindre ce but. L’objectif de cette thèse consiste à contribuer et à améliorer la caractérisation des milieux humides en utilisant des données satellites acquises par des radars polarimétriques en bande L (ALOS-PALSAR) et C (RADARSAT-2). Cette thèse se fonde sur deux hypothèses (chap. 1). La première hypothèse stipule que les classes de physionomies végétales, basées sur la structure des végétaux, sont plus appropriées que les classes d’espèces végétales car mieux adaptées au contenu informationnel des images radar polarimétriques. La seconde hypothèse stipule que les algorithmes de décompositions polarimétriques permettent une extraction optimale de l’information polarimétrique comparativement à une approche multipolarisée basée sur les canaux de polarisation HH...

Blattphysiognomie als Indikator für Umweltparameter : Eine Analyse rezenter und fossiler Floren; Leaf physiognomy as environmental indicator : An analysis of extant and fossil floras

Traiser, Christopher
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.32%
Dokument 1.pdf: Hauptteil Dokument 2.html: Hinweis auf den in dieser Arbeit erstellten Kalibrationsdatensatz in der Datenbank PANGAEA Dokument 1.zip: ZIP-Paket mit in dieser Dissertation verwendetem Datenmaterial Blattphysiognomische Merkmale in der Vegetation, wie z. B. die Blattgröße, Blattform und Blattrand, werden von den jeweiligen Umweltbedingungen eines Standortes entscheidend beeinflußt. Die Vegetation kann über diese Beziehung von Umwelt und Blattphysiognomie auch umgekehrt als Indikator für Umweltverhältnisse dienen. Diese Studie untersucht den Zusammenhang von blattphysiognomischen Merkmalen und verschiedenen Umweltparametern in der europäischen Vegetation anhand von Laubgehölzen. Hierfür wurde ein Kalibrations-Rasterdatensatz erstellt, der floristische und Umweltdaten vereinigt. Die blattphysiognomischen Daten basieren auf synthetischen Florenlisten; die Umweltdaten umfassen klimatologische und vegetationsökologische Daten. Aufgrund der hohen Rasterdatendichte lassen sich Verteilungsmuster dieser Parameter für den europäischen Raum darstellen und die Zusammenhänge analysieren. Die Untersuchung der Zusammenhänge von Umweltparametern und physiognomischen Blattmerkmalen in der Vegetation zeigt eine hohe Korrelation von temperaturbezogenen Umweltparametern...

Tradução comentada do Kitb Alfirsa (Livro da Fisiognomonia), escrito por Arrz, Muammad Ibn Umar Ibn l-usayn, conhecido pelo nome de: Fakhruddin Arrz; Commented translation of the Kitb Alfirsa (Book of Physiognomy), written by Arrz, Muammad Ibn Umar Ibn l-usayn, known as: Fakhruddin Arrz

Belhaddad, Abderrahman
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.71%
A Fisiognomonia é uma arte (em árabe se diz cilm, também traduzível por saber ou, mais modernamente, ciência) que atraiu a atenção de inúmeros filósofos e letrados de diversas culturas ao longo da história humana: desde os egípcios antigos, os gregos, os romanos, os hindus até os árabes, todos esses povos que aperfeiçoaram o seu conhecimento e prática desta arte, exercida de diversas maneiras por eles, cada qual colaborando para aprimorá-la. Esta tese tem o propósito de ilustrar a colaboração árabe nesta ciência, apresentando uma primeira tradução comentada da mais importante obra árabe clássica que tratou este assunto. Como a simples tradução dessa obra já oferece, por si mesma, uma visão quase que satisfatória e integral a respeito da fisiognomonia entre os letrados árabes, o estudo anexado à presente tradução visa apresentar o desenvolvimento desta arte, expondo algumas semelhanças existentes entre os antigos filósofos árabes que abordaram o tema, e seus semelhantes em outras culturas, principalmente a grega. Para que tal tarefa se tornasse possível, foi preciso recorrer a algumas conclusões e afirmações feitas por estudiosos árabes modernos.; Physiognomy is an art that has attracted the attention of a number of philosophers and intellectuals different cultures...

Physiognomy and structure of a caatinga with Cordia oncocalyx (Boraginaceae), a new type of community in Andrade-Lima's classification of caatingas

Costa,Rafael Carvalho da; Araújo,Francisca Soares de
Fonte: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 EN
Relevância na Pesquisa
27.32%
Recently, the inclusion of physiognomies with Cordia oncocalyx Allemão (Boraginaceae) as a new type/unit within Andrade-Lima's classification of caatingas (ALFPC) has been proposed. However, no study has quantitatively analyzed this proposal so far. In order to fill this gap, a phytosociological study was conducted in a caatinga with C. oncocalyx, and differences in structure and physiognomy in relation to compiled caatinga studies were verified. 1795 plants from 25 species and a total basal area of 35.26 m² were found. C. oncocalyx and Mimosa caesalpiniifolia Benth. (Fabaceae) had 48% of total importance index (IV). The physiognomy was characterized by the predominance of individuals of intermediate height (3‒4 m) and the tallest ones accounted for the highest fraction of basal area. Of the five species with highest IV, only one had high frequency among the species with highest IV in the compiled studies (16/35). Only two of these compiled studies were comparable to the present study, and only one could be classified according to ALFPC. A contrast between that study and the present one was found, as the first reports a dense community with high number of small diameter individuals accounting for most of the basal area. These findings suggest the suitability of including C. oncocalyx caatingas in low and medium caatinga forests as proposed in ALFPC. However...

Vegetation structure in cerrado physiognomies in South-eastern Brazil

BATALHA,M. A.; MANTOVANI,W.; MESQUITA JÚNIOR,H. N. de
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 EN
Relevância na Pesquisa
27.32%
We studied three cerrado physiognomies (campo cerrado, a savanna woodland; cerrado sensu stricto, a woodland; and cerradão, a tall woodland) in a reserve with 1,225 ha, in Santa Rita do Passa-Quatro (21°36-38'S and 47°36-39'W), São Paulo State, South-eastern Brazil, to compare plant communities structure. As descriptors of the vegetation structure, we used richness, density, basal area, cylindrical volume, and diversity. Ten 40 m² quadrats were placed randomly in each physiognomy, in which we sampled the woody plants with stem diameter equal or larger than 1 cm (woody component), and ten 2.5 m² quadrats, in which we sampled the woody plants with stem diameter smaller than 1 cm and all the non-woody individuals (herbaceous component). In the woody component, we found significant differences among the physiognomies for richness, density and cylindrical volume. Cylindrical volume increased from campo cerrado to cerradão, but richness and density were higher in cerrado sensu stricto. In the herbaceous component, we detected differences for all variables, which were higher in the savanna physiognomies, campo cerrado and cerrado sensu stricto, than in the forest physiognomy, cerradão. Cylindrical volume was the best variable to distinguish the physiognomies. Floristic similarity followed the campo cerrado-cerrado sensu stricto-cerradão gradient...

Are Chilean coastal forests pre-Pleistocene relicts? Evidence from foliar physiognomy, palaeoclimate, and phytogeography

Armesto, Juan J.; Villagrán Moraga, Carolina; Hinojosa, Luis Felipe
Fonte: BLACKWELL Publicador: BLACKWELL
Tipo: Artículo de revista
EN
Relevância na Pesquisa
27.03%
Aim We ask whether contemporary forests of the Chilean Coastal Range can be considered to be direct and conservative descendants of pre-Pleistocene palaeofloras that occurred in southern South America from the Palaeogene to early Neogene periods (65-10 Ma), maintaining foliar physiognomies that do not match their present-day climate. We also identify the most likely ancestors of present-day coastal forests. Location Coastal Range of south-central Chile (33-40 degrees S). Methods We compared leaf morphology between five representative modern floras from mid-latitude forests of the Chilean Coastal Range, and 14 Palaeogene-early Neogene palaeofloras from southern South America. We also compared the composition of biogeographical elements (defined by the modern distribution of plant genera) between fossil and present-day assemblages. Palaeoclimatic reconstructions were based on a canonical correspondence analysis between leaf morphology of modern assemblages and eight climatic variables, and tested by a Monte Carlo permutation test. We compared the relative positions of fossil and modern floras on the environmental vector space defined by Canoco, and on axes defined by instrumental and estimated temperature and precipitation data. Results According to foliar characters...

Are Chilean coastal forests pre-Pleistocene relicts? Evidence from foliar physiognomy, palaeoclimate, and phytogeography

Armesto, Juan J.; Villagrán Moraga, Carolina; Hinojosa, Luis Felipe
Fonte: BLACKWELL Publicador: BLACKWELL
Tipo: Artículo de revista
EN
Relevância na Pesquisa
27.03%
Aim We ask whether contemporary forests of the Chilean Coastal Range can be considered to be direct and conservative descendants of pre-Pleistocene palaeofloras that occurred in southern South America from the Palaeogene to early Neogene periods (65-10 Ma), maintaining foliar physiognomies that do not match their present-day climate. We also identify the most likely ancestors of present-day coastal forests. Location Coastal Range of south-central Chile (33-40 degrees S). Methods We compared leaf morphology between five representative modern floras from mid-latitude forests of the Chilean Coastal Range, and 14 Palaeogene-early Neogene palaeofloras from southern South America. We also compared the composition of biogeographical elements (defined by the modern distribution of plant genera) between fossil and present-day assemblages. Palaeoclimatic reconstructions were based on a canonical correspondence analysis between leaf morphology of modern assemblages and eight climatic variables, and tested by a Monte Carlo permutation test. We compared the relative positions of fossil and modern floras on the environmental vector space defined by Canoco, and on axes defined by instrumental and estimated temperature and precipitation data. Results According to foliar characters...

A Robust Method of Measuring Other-Race and Other-Ethnicity Effects: The Cambridge Face Memory Test Format

McKone, Elinor; Stokes, Sacha; Liu, Jia; Cohan, Sarah; Fiorentini, Chiara; Pidcock, Madeleine; Yovel, Galit; Broughton, Mary; Pelleg, Michel
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
Relevância na Pesquisa
27.03%
Other-race and other-ethnicity effects on face memory have remained a topic of consistent research interest over several decades, across fields including face perception, social psychology, and forensic psychology (eyewitness testimony). Here we demonstrate that the Cambridge Face Memory Test format provides a robust method for measuring these effects. Testing the Cambridge Face Memory Test original version (CFMT-original; European-ancestry faces from Boston USA) and a new Cambridge Face Memory Test Chinese (CFMT-Chinese), with European and Asian observers, we report a race-of-face by race-of-observer interaction that was highly significant despite modest sample size and despite observers who had quite high exposure to the other race. We attribute this to high statistical power arising from the very high internal reliability of the tasks. This power also allows us to demonstrate a much smaller within-race other ethnicity effect, based on differences in European physiognomy between Boston faces/observers and Australian faces/observers (using the CFMT-Australian).; This study was supported by Australian Research Council (DP0984558 to EM); National Institutes of Health grant 5R01EY013602-07 to Ken Nakayama (for SC’s salary and testing of Harvard participants); National Natural Science Foundation of China (91132703 to JL); Australian Research Council Centre of Excellence in Cognition and Its Disorders (project number CE110001021). The funders had no role in study design...

Physiognomy of high-altitude grassland vegetation of Campo dos Padres, Santa Catarina, Brazildoi: 10.5007/2178-4574.2009v38p42; Fitofisionomia das formações campestres do Campo dos Padres, Santa Catarina, Brasildoi: 10.5007/2178-4574.2009v38p42

Zanin, Ana; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis; Longhi-Wagner, Hilda Maria; Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre; Souza, Maria Leonor D´El Rei; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis; Rieper, Márcio
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; técnicas de herborização; Herborização Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2010 POR
Relevância na Pesquisa
27.32%
A região do "Campo dos Padres" situa-se nos pontos mais elevados do planalto sul da Serra Geral do Estado de Santa Catarina e abrange, em sua maior parte, grandes formações de campos naturais ainda com pouca intervenção humana. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de conhecer a fisionomia, florística e estado de conservação destes campos. Devido à influência da forte neblina e da água das chuvas que escorre das encostas, os campos são úmidos em sua maior extensão, com ou sem afloramentos rochosos, ocorrendo também campos turfosos e banhados. A flora é bastante diversificada, tendo sido levantadas 328 espécies de plantas vasculares. Na fisionomia predominam espécies de Asteraceae (21%) e Poaceae (19,8%), seguidas por Cyperaceae, Melastomataceae e Solanaceae. Os gêneros com maior riqueza específica são Baccharis, Eupatorium e Senecio (Asteraceae); Briza, Paspalum e Stipa (Poaceae); Bulbostylis, Carex, Cyperus, Eleocharis e Rhynchospora (Cyperaceae); Leandra e Tibouchina (Melastomataceae) e Solanum (Solanaceae). Os campos apresentam um bom estado de conservação, provavelmente devido à dificuldade de acesso às áreas mais elevadas. Apesar de extensiva, a pecuária tem retardado ou mesmo impedido o avanço das matas circundantes sobre os campos. A principal ameaça de transformação da paisagem é a introdução do plantio de Pinus observada em algumas áreas.; The region of "Campo dos Padres" is located at the highest elevations of the highlands of Serra Geral...