Página 1 dos resultados de 40 itens digitais encontrados em 0.058 segundos

Impactos das doses e do parcelamento da fertilização na produtividade, lixiviação e ciclagem de nutrientes em plantações de eucalipto; Impacts of doses and split fertilization on productivity, leaching and nutrient cycling in eucalypt plantation

Silva, Paulo Henrique Müller da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.42%
No Brasil, está ocorrendo a expansão da área florestal plantada com espécies do gênero Eucalyptus, sendo que a elevada produtividade pode ser atribuída às pesquisas e melhorias operacionais introduzidas nas ultimas décadas. Nos experimentos realizados em diferentes regiões do Brasil, tem se observado maior incremento dos eucaliptos com o aumento das doses de fertilizantes. Mas o excesso ou a aplicação inadequada de fertilizantes gera freqüentemente o desperdício dos insumos e a lixiviação dos elementos, que podem contaminar o solo e o lençol freático. Portanto, foi objetivo deste trabalho analisar o efeito de doses, bem como do parcelamento da aplicação de fertilizantes na produtividade e na ciclagem de nutrientes em plantios de eucaliptos, além de avaliar a lixiviação de nitrogênio e potássio no solo, após a fertilização de cobertura parcelada em comparação à aplicação em dose única, três meses após o plantio. O experimento foi implantado no município de Anhembi-SP, sendo constituído por cinco tratamentos com a aplicação de doses crescentes e eqüidistantes de N, P e K com a aplicação da fertilização de cobertura (N e K) em 4 parcelas e por um tratamento com fertilização de cobertura aplicada em dose única...

Fontes e manejo de nitrogênio na cultura da batata em solos arenosos

Souza, Emerson de Freitas Cordova de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xii, 120 f. : il. , grafs., tabs
POR
Relevância na Pesquisa
46.13%
Pós-graduação em Agronomia (Agricultura) - FCA; Potato plant (Solanum tuberosum L.) is one of the most grown species in the world. Nitrogen deficiency is one of the factors that limit this crop, because it is directly linked to the tuber yield. Thus, a study seeking the best strategy for the potato nitrogen utilization becomes necessary, mostly when it is grown in sandy soils. The objective of this work was to evaluate the behavior and chemical changes of soil after application of urea, ammonium sulfate and ammonium sulfonitrate, containing the nitrification inhibitor-DMPP, known commercially as Entec® 26; the effect of these sources and the nitrogen application rates on potato cropped in sandy soil, and more specifically, the effect of rates and split application of Entec on potato cropped in sandy soil. This way, a laboratory experiment in a completely randomized design, with four replications under constant temperature and humidity, and six experimental field, with four blocks in a randomized block design were carried out. The laboratory experiment had three fertilized treatments, (addition of Entec, ammonium sulfate, and urea) and one unfertilized as a control. For experiments I, II and III, a factorial design 3 x 3 + 1 was used. The treatments comprised three types of nitrogenous fertilizers applied (Entec...

Parcelamento da adubação nitrogenada no feijão em sucessão a sistemas de cultivo com milho e Urochloa ruziziensis em plantio direto

Flôres, Jordana de Araujo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v, 38 p.
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; The objective of this worky was to evaluate the influence of splitting the nitrogen topdressing in productive and qualitative attributes of the bean in succession to corn and Urochola ruziziensis grown exclusively and mixed. The experiments was carried out in the agricultural years 2012/13 under split plot design in randomized blocks, with four replications. The plots were formed by three cropping systems constituted by the commom bean (IAC Imperador) succession to maize and Urochloa ruziziensis in exclusive and intercropped crops. The subplots had been constituted for eight nitrogen split, rate 90 kg ha-1 via urea, applied as topdressing at the formation of the first trifoliate (V3), in the presence of the third trifoliate leaf (V4) and the pre-flowering (R5), 30+60+00, 60+30+00, 30+00+60, 60+00+30, 00+60+30, 45+45+00, 00+45+45 e 45+00+45, single dose V4 (00+90+00) and without this nutrient topdressing application, totaling 30 treatments. The amount of straw and soil cover in corn and U. ruziziensis are within the recommended system for tillage.The bean in succession to exclusive U. ruziziensis presents higher grain yield. The cultivation of beans after the consortium between corn and U.ruziziensis promotes higher content of crude protein and maximum moisture grain. The nitrogen splitting topdressing does not change the qualitative attributes of the bean grains; O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do parcelamento da adubação nitrogenada em cobertura nos atributos produtivos e qualitativos do feijoeiro em sucessão a milho e Urochola ruziziensis cultivados exclusivamente e consorciados. O experimento foi conduzido no ano agrícola 2012/13...

Fontes e doses de nitrogênio na adubação química do cafeeiro em latossolo roxo e podzólico vermelho-amarelo orto

Moraes,Ferdinando Roberto Pupo de; Lazzarini,Walter; Cervellini,Genesio da Silva; Toledo,Sergio Vasco de; Moraes,Mario Vieira de; Reis,Antonio Junqueira; Rocha,Túlio Ribeiro; Conagin,Armando
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1985 PT
Relevância na Pesquisa
56.18%
Uréia, sulfato de amônio, salitre-do-chile e Nitrocálcio, nas doses de 75, 150, 225 e 300kg de nitrogênio por hectare, foram aplicados em experimentos com café Mundo-Novo, instalados em Latossolo Roxo da região de Ribeirão Preto e em Podzólico Vermelho- Amarelo orto da região de Mococa (SP). As produções foram crescentes com os aumentos de nitrogênio aplicado, sendo que as respostas para suas maiores quantidades foram maiores no Podzólico Vermelho-Amarelo orto. O sulfato de amônio, o Nitrocálcio e a uréia mostraram-se superiores ao salitre-do-chile no Podzólico Vermelho-Amarelo orto, apesar de a uréia não apresentar diferenças significativas relativamente ao salitre-do-chile. Em Latossolo Roxo, conquanto houvesse a mesma tendência, as diferenças não foram significativas. O parcelamento das doses de nitrogênio não beneficiou a produção no Latossolo Roxo, porém as produções correspondentes ao parcelamento em quatro vezes foram maiores no Podzólico Vermelho -Amarelo orto.

Fontes e modos de aplicação de fósforo para o milho em solo cultivado da região do Cerrado

Resende,Alvaro Vilela de; Furtini Neto,Antonio Eduardo; Alves,Vera Maria Carvalho; Muniz,Joel Augusto; Curi,Nilton; Faquin,Valdemar; Kimpara,Daniel Ioshiteru; Santos,José Zilton Lopes; Carneiro,Leandro Flávio
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
O uso eficiente de fertilizantes fosfatados nos solos da região tropical ainda constitui um desafio, principalmente considerando o manejo de longo prazo. Com base nas respostas acumuladas de três cultivos sucessivos de milho, compararam-se alternativas de fornecimento de P, combinando fontes e modos de aplicação, num Argissolo Vermelho adubado em épocas passadas. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com quatro repetições, num esquema fatorial 4 x 3 + 1, envolvendo quatro fontes de P, na dose de 180 kg ha-1 de P2O5 (superfosfato triplo - ST, termofosfato magnesiano Yoorin - TM, fosfato reativo de Arad - FR e fosfato natural de Araxá - FA), três formas de aplicação (a lanço em área total no primeiro ano, localizada no sulco de plantio no primeiro ano e parcelada anualmente no sulco) e uma testemunha (sem aplicação de P), como tratamento adicional. O P foi fornecido, considerando os teores totais do nutriente nas fontes. Ao final dos três cultivos de milho, foram totalizados a produção de biomassa e de grãos e o acúmulo de P na parte aérea e nos grãos. Determinaram-se os teores de P residual no solo ao final do experimento. Foram calculados índices de eficiência agronômica e econômica. Foram detectadas mais diferenças em termos de absorção de P do que de produtividade de grãos. A maioria dos tratamentos proporcionou incrementos de produção semelhantes...

Manejo de água e de fertilizante potássico na cultura de arroz irrigado

Santos,Alberto Baêta dos; Fageria,Nand Kumar; Stone,Luis Fernando; Santos,Cyntia
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1999 PT
Relevância na Pesquisa
56.09%
O manejo da água de irrigação e as doses e épocas de aplicação de fertilizantes tornam-se aspectos de extrema importância no êxito do aproveitamento das várzeas para o cultivo de arroz (Oryza sativa L.) irrigado ou este seguido de outras espécies. Com o objetivo de comparar distintas formas de manejo de água e de fertilizante potássico no comportamento do arroz irrigado, foram conduzidos experimentos por três anos consecutivos, em um Inceptissolo. Foram estudados os efeitos de manejo de água (MA1 - inundação contínua e MA2 - inundação intermitente seguida de contínua) e o modo de aplicação de fertilizante potássico (K1 - na semeadura; K2 - parcelada e K3 - meia dose parcelada). O manejo de água apresentou efeito mais expressivo sobre o comportamento do arroz que o do fertilizante potássico. A inundação contínua durante todo o ciclo da cultura proporcionou maiores rendimentos de grãos, expressando maiores valores dos parâmetros produtivos, e melhorou a qualidade industrial dos grãos. Com esta irrigação, o parcelamento da adubação potássica aumentou o aproveitamento do fertilizante. Os manejos do fertilizante potássico afetaram diferentemente o comportamento da cultura do arroz nas distintas formas de manejo de água.

Redução da adubação e doses e parcelamento de nitrogênio no crescimento e produtividade de batata

Kawakami,Jackson
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.27%
Neste trabalho verificou-se o efeito da redução de adubo e doses e parcelamento de nitrogênio (N) no crescimento e produtividade de plantas de batata. Formou-se dois experimentos que foram implantados em janeiro (1º experimento) e novembro (2º experimento) de 2006 em Guarapuava-PR, utilizando-se a cultivar Ágata. No 1º experimento, testaram-se três tratamentos com menores quantidades de fertilizantes e uma testemunha, simulando a adubação padrão da região, em blocos ao acaso com 4 repetições. No 2º experimento, avaliou-se doses (3) e parcelamento (com e sem) de nitrogênio (N), em um esquema fatorial 3 x 2 em blocos ao acaso com 3 repetições. Em ambos os experimentos coletou-se plantas em três estádios de desenvolvimento: início do florescimento, máximo desenvolvimento vegetativo e após a maturação fisiológica (colheita). No início do florescimento, não se observou diferença em nenhum parâmetro analisado, tanto no 1º quanto no 2º experimento. Entretanto, no máximo crescimento vegetativo o índice de área foliar (IAF) e a massa seca (MS) da parte aérea foram maiores no tratamento testemunha no 1º experimento...

Concentração de nitrogênio, fósforo e potásiio na parte aérea do feijoeiro em resposta à irrigação, fertirrigação e micronutrientes

Pozzebon,Eder João; Carlesso,Reimar; Kelling,Cláudio; Pessoa,Antônio Carlos dos Santos; Konig,Osvaldo
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1996 PT
Relevância na Pesquisa
46.09%
Este experimento teve como objetivo avaliar a concentração de nitrogênio, fósforo e potássio na parte aérea do feijoeiro em resposta à irrigação, fertirrigação com nitrogênio parcelado e aplicação de micronutrientes via semente. O experimento foi conduzido a campo em solo Podzólico Vermelho-Amarelo, de textura média, em Santa Maria, RS. Os tratamentos consistiram de combinações do uso de irrigação por aspersão, micronutrientes via semente e modo de aplicação de nitrogênio em cobertura. Os tratamentos com adubação de cobertura convencional receberam o nitrogênio (85kg N ha-1) na forma de uréia granulada aos 12 dias após a emergência. Na fertirrigação usou-se o parcelamento do nitrogênio aos 12, 24 e 30 dias após a emergência. Os micronutrientes foram aplicados numa dosagem de 3,5 g kg ha-1 de sementes de uma formulação de 38% de zinco, 9% de molibdênio, 2% de boro e 0,5% de cobalto. As concentrações de nitrogênio, fósforo e potássio foram determinadas nas folhas, talos e sementes aos 49 e 71 dias após a emergência. A irrigação promoveu maior concentração de nitrogênio, fósforo e potássio nas folhas aos 49 dias após a emergência. Aos 71 dias após a emergência, ocorreram menores concentrações de nitrogênio e fósforo nas folhas e talos para os tratamentos irrigados e nas sementes houve maior concentração de nitrogênio...

Fertirrigação na produção de mudas de Eucalyptus grandis nos períodos de inverno e verão

Ciavatta,Simone Fernandes; Silva,Magali Ribeiro da; Simões,Danilo
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.18%
Pesquisas correlacionando o parcelamento da fertirrigação com o desenvolvimento e qualidade de mudas florestais, em diferentes sistemas de produção e períodos do ano são fundamentais para a otimização de insumos e minimização do ciclo de produção. Dessa forma conduziu-se esse estudo com o objetivo de verificar a influência do parcelamento da fertirrigação no desenvolvimento e qualidade de mudas de Eucalyptus grandis nos períodos de inverno e verão. As fertilizações por meio do sistema de irrigação por capilaridade foram parceladas em: uma, duas, três ou seis vezes por semana, sendo mantida a quantidade total de nutrientes aplicados. Concluiu-se que, as fertirrigações mais eficazes para o desenvolvimento e a qualidade de mudas de Eucalyptus grandis foram de seis e uma vez na semana, para o período de inverno e verão, respectivamente, demonstrando-se a necessidade de adequação dos manejos de fertirrigação em função do período do ano.

Crescimento do cafeeiro sob diferentes lâminas de irrigação e fertirrigação

Alves,Maria Emilia Borges; Faria,Manoel Alves de; Guimarães,Rubens José; Muniz,Joel Augusto; Silva,Elio Lemos da
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
55.92%
Com o objetivo de se avaliar os efeitos de diferentes lâminas de irrigação e parcelamentos para aplicação de fertilizantes via água de irrigação no crescimento do cafeeiro instalou-se, em uma área da UFLA, um experimento com cafeeiro Acaiá MG-1474, no qual foram testadas cinco diferentes lâminas de irrigação e três parcelamentos de adubação. As lâminas aplicadas correspondiam a percentuais da evaporação do tanque Classe A (ECA) representados por 0, 100, 80, 60 e 40%, enquanto a adubação foi realizada em 3, 6 e 9 parcelamentos, no período tradicional de adubação do cafeeiro. Foram avaliados parâmetros de crescimento da planta, dentre os quais somente os diâmetros do caule e da copa, comprimento do primeiro ramo plagiotrópico, e número de ramificações no primeiro ramo plagiotrópico sofreram efeitos significativos de lâmina. Os parcelamentos de adubação apresentaram efeito significativo para o comprimento do primeiro ramo plagiotrópico, sendo que a adubação em três parcelamentos foi a que surtiu melhor resultado. A interação lâmina x parcelamento foi significativa para alguns parâmetros de crescimento, porém esses resultados não apresentaram uma tendência comum que permitisse se constatar qual o tratamento mais indicado para a condução do cafeeiro.

Épocas de irrigação e parcelamento de adubação sobre a produtividade do cafeeiro, em quatro safras

Silva,Antônio M. da; Coelho,Gilberto; Silva,Ricardo A. da
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.06%
Desenvolveu-se o presente trabalho, objetivando-se avaliar o efeito de diferentes épocas de irrigação e de parcelamentos de adubação na produtividade do cafeeiro em quatro safras consecutivas. Realizou-se um experimento em faixas, em que, nas parcelas foram avaliados diferentes parcelamentos de adubação: parcela 1 recebeu 12 aplicações de fertilizantes, de forma manual; parcelas 2, 3 e 4 receberam, respectivamente, 12, 24 e 36 aplicações de fertilizantes via água de irrigação. Nas faixas (subparcelas) foram avaliadas três épocas de irrigação, de 1/6 a 30/9 (subparcela A), de 15/7 a 30/9 (subparcela B), de 1/9 a 30/9 (subparcela C) e um tratamento testemunha sem irrigação (subparcela D), com 3 repetições, em blocos. Os resultados de produtividade total de café foram submetidos à análise de variância, e, quando pertinente, ao teste de comparação de médias, detectando-se efeito significativo do fator época de irrigação e safras, e, a única interação significativa foi entre safras e épocas de irrigação, indicando que a irrigação não elimina o comportamento bienal de produtividade do cafeeiro. As melhores médias de produtividade (3852,2 e 3527,1 kg ha-1) resultaram das irrigações de 1/6 a 30/9 e de 15/7 a 30/9...

Manejo de agua e de fertilizante potassico na cultura de arroz irrigado.

SANTOS, A.B. dos; FAGERIA, N.K.; STONE, L.F.; SANTOS, C.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.4, p.565-73, abr. 1999. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.4, p.565-73, abr. 1999.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.09%
O manejo da agua de irrigacao e as doses e epocas de aplicacao de fertilizantes tornam-se aspectos de extrema importancia no exito do aproveitamento das varzeas para o cultivo de arroz (Oryza sativa L.) irrigado ou este seguido de outras especies. Com o objetivo de comparar distintas formas de manejo de agua e de fertilizante potassico no comportamento do arroz irrigado, foram conduzidos experimentos por tres anos consecutivos, em um Inceptissolo. Foram estudados os efeitos de manejo de agua (MA1 - inundacao continua e MA2 - inundacao intermitente seguida de continua) e o modo de aplicacao de fertilizante potassico (K1 - na semeadura; K2 - parcelada e K3 - meia dose parcelada). O manejo de agua apresentou efeito mais expressivo sobre o comportamento do arroz que o do fertilizante potassico. A inundacao continua durante todo o ciclo da cultura proporcionou maiores rendimentos de graos, expressando maiores valores dos parametros produtivos, e melhorou a qualidade industrial dos graos. Com esta irrigacao, o parcelamento da adubacao potassica aumentou o aproveitamento do fertilizante. Os manejos do fertilizante potassico afetaram diferentemente o comportamento da cultura do arroz nas distintas formas de manejo de agua.; 1999

Fontes e modos de aplicação de fósforo para o milho em solo cultivado da região do cerrado.

RESENDE, A. V. de; FURTINI NETO, A. E.; ALVES, V. M. C.; MUNIZ, J. A.; CURI, N.; FAQUIN, V.; KINPARA, D. I.; SANTOS, J. Z. L.; CARNEIRO, L. F.
Fonte: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 30, p. 456-466, 2006. Publicador: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 30, p. 456-466, 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.92%
O uso eficiente de fertilizantes fosfatados nos solos da região tropical ainda constitui um desafio, principalmente considerando o manejo de longo prazo. Com base nas respostas acumuladas de três cultivos sucessivos de milho, compararamse alternativas de fornecimento de P, combinando fontes e modos de aplicação, num Argissolo Vermelho adubado em épocas passadas. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com quatro repetições, num esquema fatorial 4 x 3 + 1, envolvendo quatro fontes de P, na dose de 180 kg ha-1 de P2O5 (superfosfato triplo ? ST, termofosfato magnesiano Yoorin ? TM, fosfato reativo de Arad ? FR e fosfato natural de Araxá ? FA), três formas de aplicação (a lanço em área total no primeiro ano, localizada no sulco de plantio no primeiro ano e parcelada anualmente no sulco) e uma testemunha (sem aplicação de P), como tratamento adicional. O P foi fornecido, considerando os teores totais do nutriente nas fontes. Ao final dos três cultivos de milho, foram totalizados a produção de biomassa e de grãos e o acúmulo de P na parte aérea e nos grãos. Determinaram-se os teores de P residual no solo ao final do experimento. Foram calculados índices de eficiência agronômica e econômica. Foram detectadas mais diferenças em termos de absorção de P do que de produtividade de grãos. A maioria dos tratamentos proporcionou incrementos de produção semelhantes...

Produtividade de genótipos de milho (Zea mays L.) sob manejo diferenciado de irrigação e adubação.

FERREIRA, V. M.; MAGALHAES, P. C.; DURAES, F. O. M.
Fonte: Ciência Agrotecnologia, Lavras, v. 24, n. 3, p. 663-670, jul./set. 2000. Publicador: Ciência Agrotecnologia, Lavras, v. 24, n. 3, p. 663-670, jul./set. 2000.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.18%
A utilizacao de melhores hibridos, o uso adequado de fertilizantes e a eficiencia no uso da irrigacao sao fatores que se somam quando se deseja um sistema de producao que explore ao maximo o potencial produtivo de plantas de milho. Dentro deste contexto, objetivou-se avaliar o potencial produtivo de dois hibridos comerciais de milho sob manejo diferenciado de irrigacao e adubacao em diferentes fases da cultura. Os tratamentos consistiram de uma combinacao 2x3x4 de dois hibridos de milho, tres parcelamento de adubaco de cobertura de N e L, e quatro epocas de supressao da irrigacao. As variaveis analisadas na epoca da colheita foram: producao da palhada, de espigas e de graos, indice de espigas e indice de colheita. Os resultados mostraram que tanto o BR 2121 como o BR 205 foram bastante afetados quando a irrigacao foi suprimida aos 10 dias antes da floracao, porem o genotipo BR 205 foi a mais afetado. O parcelamento da adubacao, por sua vez, nao afetou as variaveis avaliadas.; 2000

Produção e índice nutricional de tifton 85 submetido a formas de parcelamento e doses de nitrogênio

Sonego, Etiane Tanise
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
The nitrogen fertilization is a determining factor of production in fodder species, such as Cynodon sp.Tifton 85. The aim of this work was to evaluate the effect of split application of nitrogen in daily rate of accumulation and the accumulated production of dry matter of Tifton 85, as well as the nutritional index of nitrogen, phosphorus and potassium; nitrogen dilution curve and the nitrate levels in soil. The experiment was conducted in the area of Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) experimental station of Pato Branco - PR, in experimental year 2011/12 and repeated in 2012/2013. The experimental design was randomized complete blocks with sub sub subdivided plots with four repetitions. The plots consisted of accumulated days of evaluation, the subplots had as treatment single doses of N and fertilizer splitting doses in two and four times, in sub-plots were allocated the doses of N (0, 100, 200, 300 Kg ha-1) and sub sub plots the sampling depths of soil (0-5, 5-10, 10-20 cm). The higher rate of accumulation obtained in the first year was 142 Kg of MS.ha-1. day-1 and in the second year was 105 Kg of MS.ha-1.day-1 being both influenced by splitting doses of nitrogen fertilization two and four times respectively. The production of MS in experimental first year was influenced by splitting the doses of N from the dose of 200 Kg N ha-1...

Resposta da cultura do milho aos fertilizantes fosfatados e nitrogenados revestidos com polímeros; Response of maize to polymer-covered phosphate and nitrogen fertilizers

Machado, Vanessa Júnia
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.26%
O uso eficiente de fertilizantes, além de proporcionar maior produtividade, pode reduzir os custos de produção, refletindo em margem positiva no final da safra. Para o milho, em sistemas mais tecnificados, os gastos com correção do solo e adubação representam, em média, 40% a 45% do custo de produção. O fósforo é considerado um nutriente de baixo aproveitamento pelas plantas, devido às reações de fixação que sofre no solo, pois o ânion H2PO4 - apresenta forte afinidade pela superfície dos coloides dos óxidos de ferro e alumínio. O N no solo está predominantemente na forma orgânica. As frações inorgânicas são formadas por NH4 + e principalmente NO3 - em solos bem oxigenados. Para minimizar as perdas e aumentar a produtividade de forma rentável e sustentável, utilizando fontes de P e N, foram desenvolvidas fórmulas com liberação gradativa de nutrientes que permitem reduzir as perdas que normalmente ocorrem com a utilização de Ureia e Superfosfato triplo, possibilitando uso mais eficiente de fertilizantes sem influenciar a produtividade das lavouras. Os fertilizantes polimerizados podem ser de liberação lenta, os quais fornecem os nutrientes gradualmente às plantas. Assim, requerem menor frequência de aplicação...

Fertirrigação na produção de mudas de Eucalyptus grandis nos períodos de inverno e verão; Fertirrigation in production of seedlings of Eucalyptus grandis during winter and summer

Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
66.18%
Studies correlating the splitting of fertigation with the development and quality of tree seedlings in different production systems and periods of the year are fundamental to optimize inputs and minimization of the production cycle. Thus we conducted this study aimed to check the influence of the split of fertigation in the development and quality of Eucalyptus grandis seedlings in winter and summer periods. The fertilization through the irrigation system by capillarity was split on: one, two, three or six times in the week, maintaining the total amount of nutrients applied. We concluded that the most effective fertigation for the development and quality of seedlings of Eucalyptus grandis were six and one times in the week for the period of winter and summer, respectively, demonstrating the need for adequacy of fertigation managements according to the period of year.; Pesquisas correlacionando o parcelamento da fertirrigação com o desenvolvimento e qualidade de mudas florestais, em diferentes sistemas de produção e períodos do ano são fundamentais para a otimização de insumos e minimização do ciclo de produção. Dessa forma conduziu-se esse estudo com o objetivo de verificar a influência do parcelamento da fertirrigação no desenvolvimento e qualidade de mudas de Eucalyptus grandis nos períodos de inverno e verão. As fertilizações por meio do sistema de irrigação por capilaridade foram parceladas em: uma...

Parcelamento da adubação NPK em abacaxizeiro

TEIXEIRA,LUIZ ANTONIO JUNQUEIRA; SPIRONELLO,ADEMAR; FURLANI,PEDRO ROBERTO; SIGRIST,JOSÉ MARIA MONTEIRO
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
Um experimento foi desenvolvido em Agudos (SP), num Argissolo Vermelho-Amarelo, com o objetivo de avaliar o efeito do parcelamento da adubação NPK em abacaxizeiro 'Smooth Cayenne'. Foram estudados os seguintes esquemas de fracionamento da adubação NPK: T1 (testemunha) -- N e K parcelados em quatro aplicações (60 kg ha¹ de N e de K2O em jun/95; 120, em nov/95; 250, em jan/96 e 120, em mar/96); T2 -- N e K parcelados em quatro aplicações (60 kg ha¹ de N e de K2O em jun/95; 120, em nov/95; 160, em jan/96 e 210, em mar/96); T3 -- N e K parcelados em três aplicações (90 kg ha¹ de N e de K2O em jun/95; 180, em nov/95 e 280, em jan/96); T4 -- N e K parcelados em cinco aplicações (60 kg ha¹ de N e de K2O em jun/95; 110, em nov/95; 160, em jan/96; 110, em mar/96 e 110, em maio/96); T5 -- diferiu do T1 pelo número maior de aplicações de K (cinco) e, do T4 pelo menor número de aplicações de N (quatro); nesses cinco tratamentos (T1 a T5), todo o P foi aplicado no plantio (maio/95); T6 -- N e K parcelados como no T1 e P em duas aplicações (50% no plantio e 50% em jan/96). Os frutos, colhidos 21 meses após o plantio, tiveram sua massa média e qualidade influenciadas pela forma de parcelamento da adubação com N e K; de outro modo...

Avaliação do efeito do parcelamento da adubação e da época de início da irrigação sobre a produtividade do cafeeiro

Silva,Antônio Marciano da; Sorice,Leonardo S. D.; Coelho,Gilberto; Faria,Manoel Alves de; Rezende,Fátima C. De
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
Em experimento instalado numa cultura de café 'Catuaí' cultivado há 12 anos, na Fazenda Múquem - FAEPE/UFLA, localizada em Lavras MG, com espaçamento de 3,5 m entre linhas e 0,8 m entre plantas, analisou-se o efeito da época de inicio da irrigação e de parcelamentos da adubação convencional e fertirrigação. O delineamento experimental apresentou 3 blocos, constituídos de 4 parcelas casualizadas, que representam as condições de parcelamento P4 = 36; P3 = 24; P2 = 12 parcelamentos de adubação, no ano agrícola, via fertirrigação e P1 = 12 parcelamentos manuais. Cada parcela foi subdividida em 4 subparcelas sem casualização, representando épocas de inicio de irrigação A = 01/06; B = 15/07; C = 01/09 e D corresponde à testemunha, sem irrigação e adubação parcelada em 4 vezes. A produtividade da cultura (safra 97/98) foi analisada considerando-se café beneficiado colhido por derriça no pano, café colhido no chão e o somatório desses. Os dados de pesagem obtidos foram submetidos à análise de variância e teste de comparação de médias. Da análise de variância, constatou-se efeito significativo para o fator época de irrigação sobre todos os parâmetros estudados; para o fator parcelamento da fertirrigação sobre a produtividade de café de chão; e...

Efeito de épocas de irrigação e de parcelamento de adubação sobre a produtividade do cafeeiro 'Catuaí'

Coelho,Gilberto; Silva,Antônio Marciano da; Rezende,Fátima Conceição; Silva,Renato Antonio da; Custódio,Adriano Augusto de Paiva
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.06%
Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar o efeito de épocas de irrigação e de parcelamentos de adubação sobre a produtividade do cafeeiro. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com parcelas subdividas em faixas. O experimento foi composto por 4 blocos (repetições), cada bloco foi dividido em 4 parcelas, que receberam o efeito de diferentes parcelamentos de adubação (4, 12, 24 e 36 aplicações de fertilizantes), as parcelas foram subdivididas em 5 subparcelas, correspondentes às diferentes épocas de irrigação: "A" entre 01/06 e 30/09, "B" entre 15/07 e 30/09, "C" de 01 a 30/09, "D" entre 01/06 e 30/09 com adubação manual e "E" não irrigada. Promoveu-se análise de variância sobre os dados de produtividade, identificando-se que houve efeito apenas do fator épocas de irrigação sobre a mesma. O teste de comparação de médias possibilitou concluir que a irrigação entre 01/06 e 30/09, seja com o uso de fertirrigação ou com aplicação manual de fertilizantes, proporcionou as melhores médias de produtividade.