Página 1 dos resultados de 5835 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Paisagem e memória: um diálogo pluridisciplinar

Vieira, Alexandra
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Os primeiros estudos sobre a Paisagem estavam muito focados na observação e a interpretação da fisionomia da paisagem, definida como "um espaço geográfico que se abrange com o olhar". Estas ideias foram dando lugar a novas interpretações e hoje em dia podemos conceber a paisagem como um "lugar de memória ou memórias". Atendendo a que a paisagem fornece um recurso vital de dispositivos mnemónicos que estruturam as memórias locais, costumes e práticas, é hoje entendida como um arquivo de conhecimentos que pode ser transmitido continuamente às gerações seguintes. No trabalho que temos vindo a desenvolver, procuramos perceber o contributo das várias ciências para o estudo da Paisagem segundo um enfoque arqueológico. Compreendemos que o estudo da Paisagem em Arqueologia implica um trabalho multidisciplinar, fundamental para a sua interpretação. Tendo como pilar as evidências arqueológicas, procuramos nas outras ciências instrumentos que nos ajudem a ter uma visão multifacetada da Paisagem ou das Paisagens. Começamos por conjugar Arqueologia e Geografia, mas quando procurámos estudar a Paisagem enquanto realidade construída no interior de um processo de interacção entre o meio físico e as comunidades humanas...

Refinamento da informação de atlas de distribuição de espécies com base na heterogeneidade da paisagem e modelos de regressão logística múltipla

Castro, José; Gallego Abad, Alfonso
Fonte: Sociedade Portuguesa de Ecologia, Associação Portuguesa de Ecologia da Paisagem, Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Sociedade Portuguesa de Ecologia, Associação Portuguesa de Ecologia da Paisagem, Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.83%
O carácter sistemático e amplo dos atlas de distribuição de espécies fazem deles ferramentas incontornáveis na avaliação da biodiversidade a grande escala, sobretudo às escalas nacional e transnacional. No entanto, para a gestão da paisagem à escala regional, no planeamento de infraestruturas ou ações de conservação da natureza por exemplo, a sua utilização requer o desenvolvimento de metodologias de downscaling. Recorrendo a modelos de regressão logística múltipla, este trabalho estimou o habitat potencial de três mamíferos de grande valor para a conservação da natureza numa área transfronteiriça com 10000 quilómetros quadrados que abrange, entre outras áreas protegidas, o Parque Natural de Montesinho e o Parque do Douro Internacional em Portugal, e o Parque Natural del Lago de Sanabria em Espanha. Mediante a análise estatística referida, relacionou‐se a presença/ausência do lobo, da lontra e da toupeira‐de‐água nas correspondentes quadrículas de 10x10 km do respetivo atlas de distribuição com a heterogeneidade da ocupação do solo evidenciada por deteção remota (Landsat ETM+) e estimada por métricas da paisagem (FRAGSTATS). Os resultados permitiram refinar a informação relativa às espécies em estudo constante nos atlas...

Influência dos padrões estruturais da paisagem na comunidade de mamíferos terrestres de médio e grande porte na Região do Vale do Ribeira, Estado de São Paulo; The influence of the landscape structure pattern in assemblages communities of medium and large terrestrial mammals in the Vale do Ribeira Region - SP

Spinola, Conrado Martignoni
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
Os estudos estabelecendo relações entre os dados biológicos e padrões espaciais têm contribuído para o entendimento de fenômenos ecológicos em escalas regionais e locais, mesmo que, ainda pouco se saiba sobre esses fenômenos. O enfoque dado a este estudo está voltado a uma interpretação da paisagem, no âmbito ecológico, de forma a entender o comportamento das espécies em relação a sua estrutura. A paisagem deste estudo é composta por diversos elementos, naturais e antrópicos, tais como as plantações de eucalipto e Florestas Estacionais Semideciduais, sendo um fator determinante na composição e distribuição espacial das espécies que a compõem. O objetivo principal deste estudo foi avaliar as relações estruturais da paisagem e o comportamento das espécies que compõem a comunidade de mamíferos terrestres de médio e grande porte na região do Vale do Ribeira, Estado de São Paulo. Essas espécies foram avaliadas a partir de levantamentos sistemáticos pelo método de amostragem "parcelas de areia", e a estrutura da paisagem caracterizada através das técnicas de geoprocessamento. Fez-se, ainda, a partir do centro de cada linha de amostragem, uma delimitação da paisagem com 1000 metros de raio, denominada área de influência. A partir das observações de campo constatou-se uma grande riqueza de espécies...

O ressurgimento das águas na paisagem paulistana: fator fundamental para a cidade sustentável; The water reappearing in São Paulo´s landscape: fundamental factor for the sustainable city

Brocaneli, Pérola Felipette
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.08%
Este trabalho apresenta a percepção da água na paisagem, recuperando alguns momentos históricos em que a água assumiu papel importante na organização e estruturação do espaço. A percepção da água na paisagem conduz ao desenvolvimento da percepção ambiental, auxiliando na construção da consciência ecológica. No contexto desta pesquisa, a percepção da água na paisagem contemporânea é abordada, com foco na cidade de São Paulo, revendo a história do abastecimento da cidade e sua importância na transformação da paisagem natural, como também, na construção dos valores ambientais. A percepção da água na paisagem é apontada como um fator importante na identificação da paisagem natural de um território, algo essencial na formação da consciência ecológica de uma população. A percepção da água na paisagem urbana da cidade de São Paulo atualmente encontra-se muito prejudicada, posto que as principais vias de deslocamento da cidade estão localizadas sobre os principais fundos de vale do território. A fim de desenvolver as diretrizes de deslocamento, a cidade transformou radicalmente seu território com a retificação e canalização dos principais rios e córregos da cidade, além da drenagem e aterro de extensas áreas úmidas. A modernização da cidade transformou a paisagem natural e as conseqüências ambientais estão sendo sentidas...

O cerrado enquanto paisagem: a dinâmica da apropriação paisagística do território; Cerrado as landscape: dynamics of cultural appropriation of the territory.

Pastore, Julio Barêa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.08%
O termo paisagem tem sido apropriado por vários campos do conhecimento, como a Geografia, a Filosofia, a Ecologia, a Antropologia a Arte e o Paisagismo, com significados que vão da realidade objetiva de uma porção de território à sua representação pictórica. Entendemos aqui que o conceito de paisagem e as imagens paisagísticas são, em última análise, fundados sobre um tom específico da experiência do sujeito no mundo vivido, que não se confunde com outras relações estéticas possíveis do ser humano com a natureza ou com o espaço. Acreditamos que a paisagem tenha sua modalidade perceptiva baseada na escala maior do espaço vivido, e envolve significados existenciais característicos. Dito isso, podemos acreditar que o reconhecimento da importância da experiência paisagística para o Homem é tão fundamental quanto os outros temas do nosso universo teórico, técnico ou artístico, como, por exemplo, os temas do espaço e o habitar para a arquitetura. Nesta tese colocamos em questão a efetividade do olhar paisagístico sobre o Cerrado. Utilizamos como casos de estudo os relatos dos naturalistas estrangeiros que percorreram a antiga Província de Goyaz, no século XIX, e nos planos urbanísticos das capitais Goiânia (1933)...

Interações em estudos para conservação: conceitos e técnicas para análises geográficas e ecológicas da paisagem; Interactions in conservation studies: concepts and techniques to geographical and ecological landscape analysis

Sartorello, Ricardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Diante do estado crítico dos sistemas ambientais naturais no Brasil e no mundo, acreditamos que a interação entre as abordagens geográfica e ecológica no estudo da paisagem possa resultar em uma evolução nas pesquisas e planos para a conservação ambiental. Para explorar esse potencial, analisamos criticamente as diferenças fundamentais entre estas duas abordagens. Dentre elas, a questão do observador da paisagem, mais humano na Geografia e voltado para as necessidades das espécies na Ecologia. A principal consequência desta diferença se reflete na escala de apreensão e na delimitação da estrutura da paisagem, relacionando diversas variáveis na abordagem Geográfica e utilizando principalmente a vegetação na Ecológica. Visando explorar as possibilidades de interação destas duas abordagens, propusemos cinco estudos de caso. O primeiro propõe a identificação e mapeamento da paisagem na escala do continente sul americano. Utilizamos novas técnicas de sensoriamento remoto para analisar a estrutura da paisagem no território brasileiro por meio da variação da vegetação em uma série temporal de imagens MODIS EVI entre os anos 2000 e 2012. Os resultamos mostram que a técnica utilizada consegue diferenciar paisagens com diferentes níveis de complexidade em uma classificação contínua. Os outros estudos foram desenvolvidos em escala regional...

A Paisagem do Parque Estadual de Itapeva, RS, e seu entorno : padrões, processos e fatores direcionados

Dobrovolski, Ricardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
O fim da Ecologia de Paisagem é o entendimento relação entre os padrões espaciais e os processos ecológicos. O desenvolvimento inicial dessa disciplina, na Europa, na década de 1930, foi relacionado ao uso das fotografias aéreas e ao surgimento do conceito de ecossistema. Já na década de 1980, a partir do EUA, a Ecologia de Paisagem firmou-se como um importante campo de estudo com a utilização das imagens de satélite, dos sistemas de informação geográfica e com a crescente relevância do componente espacial nas teorias ecológicas. No estudo da dinâmica da paisagem, as imagens de satélite têm sua aplicação limitada por serem muito recentes, especialmente aquelas com maior resolução. Uma solução para esse problema é a comparação dessas imagens com fotografias áreas, disponíveis já há algumas décadas. A crise ambiental, enfrentada pela humanidade, tem como principal aspecto a alteração da cobertura da terra, o que é de grande relevância para a Ecologia de Paisagem. Essa alteração foi mais intensa em algumas regiões da Terra. A Mata Atlântica, por exemplo, apresenta apenas cerca de 8% da sua distribuição original. No enfrentamento dessa crise, e em especial, na busca da conservação da biodiversidade...

Avaliação de cenarios e de fragmentação como subsidio ao manejo e a proteção da paisagem. Estudo de caso : Bacia Hidrografica do Rio Mambucaba; Scenarios and fragmentation evaluation as subsidy to management and protection of the landscape. Study area : Mambucaba River Watershed

Eunice Reis Batista
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
Planejar uma unidade de conservação é, entre outras atribuições, demonstrar a riqueza de ambientes e a variedade de unidades de paisagem, ocorrentes no passado ou no presente. Comparar cenários passados e presente, visando obter medidas para a conservação futura, não é uma tarefa simples. A Ecologia da Paisagem é uma teoria que vem auxiliando a compreender tais relações, pela análise da complexidade e da multiplicidade dos fatores que atuam no meio. Nesta direção, este estudo teve por objetivo construir e analisar cenários da paisagem, baseando-se no arcabouço teórico da ecologia de paisagem e utilizando como ferramenta um sistema de informação geográfica. A bacia hidrográfica do rio Mambucaba foi o estudo de caso. Ela ocupa cerca de 67% de toda a extensão do Parque Nacional da Serra da Bocaina, que representa um importante reduto de Mata Atlântica e fonte de abastecimento de diversas comunidades litorâneas. Essa bacia hidrográfica é bastante representativa das alterações humanas na paisagem do Parque. A combinação de diversos mapas temáticos permitiu evidenciar uma grande variabilidade de ambientes resultante de fatores biofísicos (geologia, geomorfologia, solos, hidrografia e cobertura vegetal) e sócio-econômicos (uso e ocupação da terra). Uma grande complexidade ambiental foi verificada no cenário passado (considerado livre de pressões antrópicas) dado o número elevado (84) de tipos de unidades de paisagem obtido. No cenário atual a paisagem apresentou-se ainda mais variável e complexa (111 tipos de unidades de paisagem identificadas) devido às interferências de origem humana que têm comprometido seriamente a conservação dos recursos ambientais da área de estudo e...

Paisagem e ecoturismo: o caso do Distrito de Tabuleiro do Mato Dentro - MG

Kutchenski, Maria Lais de Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2006.; O presente trabalho tem como foco os processos de transformação da paisagem, observados no Povoado do Tabuleiro e no Parque Natural Municipal Ribeirão do Campo, ambos situados no distrito de Tabuleiro do Mato Dentro, município de Conceição do Mato Dentro, região central de Minas Gerais, os quais têm sofrido impactos positivos e negativos resultantes do crescente desenvolvimento das atividades de ecoturismo. A escolha dessas duas áreas para estudo de caso se deu em função de seu destaque no cenário ecoturístico mineiro, e por permitir trazer à tona e tratar alguns aspectos de campo específico da Arquitetura da Paisagem. O principal objetivo deste estudo é pensar, refletir sobre essas transformações e, quiçá, contribuir para novos entendimentos no trato da paisagem do Povoado e do Parque, diagnosticando os problemas atuais e futuros que a corrente forma de uso destas áreas pode gerar e suas conseqüências na paisagem, tanto do ponto de vista ambiental quanto social, visando subsidiar a formulação de políticas de proteção, preservação e recuperação dos recursos naturais, assim como de um planejamento da paisagem com sugestões de equipamentos para recreação e lazer...

Variação de Diversidade Ecológica numa Paisagem Rural em Transformação (O caso do Vale da Ribeira de Seda-raia)

Carvalho, Maria Adalgisa Alves Palmeiro Cruz de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
"Sem resumo feito pelo autor"; - Em 1956 Caldeira Cabral definiu a Arquitectura Paisagista como uma arte que "procura realizar, em cada momento, com a maior perfeição, a paisagem humanizada" (Caldeira Cabral,1957,p.59). Nesta definição o autor salienta que o objecto de estudo e aplicação desta arte recai fundamentalmente sobre a paisagem humanizada, aquela que ao longo das gerações o homem foi progressivamente modelando para satisfação das suas necessidades básicas, portanto de ordem material, mas na qual deverão também ser incluídos princípios de "ordem, beleza e equilíbrio". Só em paisagens concebidas desta forma o homem poderá viver em plenitude, pela satisfação das suas necessidades materiais e também espirituais. O mesmo autor lembra ainda que, embora sejam muitas as actividades que contribuem para a formação da paisagem humanizada nos seus aspectos utilitários e exclusivamente materiais, como por exemplo a Agricultura, a Silvicultura, a Pecuária e a Construção Civil, só a Arquitectura, e no caso que particularmente nos diz respeito, a Arquitectura Paisagista, têm como objectivo fundamental "realizar não só a utilidade, mas também a beleza" (Caldeira Cabral, 1957, p.60). A acção exigida ao Arquitecto Paisagista é pois de carácter global - intervenções de modelação da paisagem que conciliem funções e produtivas com princípios de natureza estética...

A dimensão patrimonial e identitária da paisagem: a história do lugar como fundamento da intervenção urbana e territorial contemporânea

Batista, Desidério; Matos, Rute
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Face às ameaças de degradação e destruição dos espaços, estruturas e elementos de carácter natural ou cultural que conformam a paisagem, provocadas pelo actual modelo de desenvolvimento socioeconómico cuja incidência afecta, no âmbito europeu, um território marcadamente humanizado, tem-se vindo a assistir, nas últimas décadas, a um crescente interesse quer pela identificação, preservação e divulgação dessas pré-existências de origem natural ou cultural, quer pelo controlo das agressões que sobre elas incidem. É num contexto marcado pela progressiva consciencialização dos problemas e desafios inerentes à protecção da paisagem, por um lado, e pela necessidade de um debate alargado e permanente sobre os seus valores patrimoniais na perspectiva global, por outro lado, que abordaremos as principais ideias e os principais conceitos veiculados quer pelos documentos normativos nacionais e internacionais de maior difusão e significado, quer pelas distintas abordagens de diversos autores. Pretende-se, através de uma visão abrangente dos espaços urbanos, rurais e naturais, e dos bens patrimoniais baseada no reencontro entre o «artificial» e o «natural», entre o edificado e o não-edificado, e dos problemas que advêm da sua incorrecta utilização e gestão...

Integrative landscape management. New parameters for the implementation of common agriculture policy. A case study in southern Portugal; Gestão integrativa da paisagem. Novos parâmetros para a implementação da política agrícola comum. Um estudo de caso no sul de Portugal

Oliveira, Maria do Rosário Gaspar de
Fonte: Universidade de évora Publicador: Universidade de évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
Uma das características da sociedade no início do século XXI é a velocidade de mudança que cruza todos os seus domínios e geografias. A paisagem pode ser vista como um retrato dinâmico dessas mudanças. Assim, a investigação sobre a paisagem pode dar importantes contribuições para a compreensão não só dos processos de mudança e do factores que a determinam, mas também do modo como as pessoas e a sociedade em geral se relacionam com a paisagem no que diz respeito ao seu passado, presente e futuro. A combinação destas abordagens poderá trazer novos contributos para qualificar o processo de tomada de decisão que tem que ser considerado a diferentes níveis, no sentido da gestão responsável e sustentável da paisagem. No entanto, a paisagem é actualmente um conceito complexo como resultado das diferentes componentes e disciplinas nas quais o seu significado está embebido. Portanto, seja qual for o contexto e o propósito no qual tal conceito possa ser utilizado, é necessário definir a base conceptual que enquadra a investigação. Esta tese pretende compreender as transformações da paisagem de uma área rural periférica no Sul de Portugal, considerada como Estudo de Caso — o concelho de Mértola, onde a Política Agrícola Comum (PAC) desempenhou um importante papel nas transformações que ali ocorreram nos últimos 20 anos. Essas mudanças foram estudadas em termos espaciais e em termos da percepção que dela têm os seus diversos utilizadores. A escolha da escala local para esta investigação foi considerada a forma mais adequada para abordar a complexidade que a paisagem pressupõe...

Gestão participativa da paisagem rural: um estudo de caso no concelho de Odemira

Oliveira, Maria do Rosário Gaspar de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
Segundo a Convenção Europeia da Paisagem, a "Gestão da paisagem designa a acção visando assegurara manutenção de uma paisagem, numa perspectiva de desenvolvimento sustentável, no sentido de orientar e harmonizar as alterações resultantes dos processos sociais, económicos e ambientais." A aplicação deste conceito pressupõe o envolvimento de um conjunto de actores dos quais depende a gestão da paisagem, pelo menos a dois níveis. Por um lado o da tomada de decisão em relação à formulação de normas e regulamentos emanados pelos mais diversos planos e instrumentos de políticas provenientes dos sectores económicos, sociais e ambientais. Por outro lado, os actores responsáveis pela implementação no terreno de tais planos e instrumentos, ou a simples decisão em relação ao que, em última instância, corresponde ao processo de humanização da paisagem. A gestão da paisagem assume-se assim como um quadro complexo que necessita da integração de conhecimento proveniente, não só dos resultados da investigação de diferentes disciplinas, mas também de um outro tipo de conhecimento que pressupõe a interacção com outros interlocutores fora do contexto académico. A Investigação-Acção constitui-se como uma das áreas do conhecimento onde essa interacção tem lugar...

A herdade da Contenda. Uma paisagem única como paisagem de referência

Lecoq, Nuno Joaquim Costa Cara de Anjo
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
A Convenção Europeia da Paisagem reconhece a importância do conceito de paisagem, nomeadamente, em termos ambientais e sociais (paisagem como resultado da acção do ser humano sobre o ambiente) e chama a atenção para a importância da ligação que é estabelecida entre as pessoas e a paisagem e para se perceber que paisagens são mais importantes para essa ligação. As novas formas de investigação permitem compreender que a história e a identidade de cada paisagem são fundamentais para compreender a ligação das pessoas à paisagem, ligação que se vai construindo ao longo de gerações, como que em camadas sucessivas de interacção entre o Homem e a Natureza, e que se reflectem naquilo que a paisagem é e na forma como a paisagem é considerada, no presente. Entre todas as paisagens do nosso quotidiano é importante identificar as paisagens de referência, que ilustram essa construção ao longo de gerações e que permitem que se compreenda claramente o papel da paisagem na nossa identidade, de forma a manter e reforçar essa ligação à paisagem. Com a elaboração deste trabalho pretende-se contar a História da Herdade da Contenda. Desta forma, espera-se contribuir para perceber a paisagem de hoje, tendo em conta a evolução da relação entre a comunidade humana e aquele território e...

Para uma poética da paisagem

Mendoça, Nuno José de Noronha
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
A natureza é o lugar onde reside o silêncio da poesia. Alcançá-lo, é ser poeta por algum modo e reconhecer que por aí, essencialmente, podemos habitar o mundo. Cada homem é irrecusavelmente poeta, como único modo de suportar o real, fazendo do simples acto de viver a primeira obra poética. Uns, são-no plenamente e tanto, que passaram a sê-lo em permanência. Outros, só fugazmente lhe acedem. Nenhum, porém, dispensa a poesia. Cada um escolhe o percurso onde mais se encontra e por onde melhor participa no mundo. Todos os caminhos, por fim, irão dar à poesia. Escolhemos este, o da paisagem, porque nela se acolhe parte do grande silêncio. Os poetas, aqueles que o são em permanência, dizem-nos que só pela afeição a podemos atingir. Na paisagem encontramo-nos, e encontramos tudo: vida, amor, saudade, razão, sentido. E todos os caminhos que foram dar à poesia, vão encontrar-se também na paisagem, origem e terminação natural do homem. Assim, compreender a paisagem por uma aproximação afectiva, é compreender o homem também, porque ambos, homem e paisagem se compreendem em consubstanciação, ou, não se compreendem nunca.Experimentámos e perscrutámos a paisagem. Encontrámos alguns princípios espaciais, elementares e poéticos e como princípios os enunciamos nesta dissertação...

Gestão participativa da paisagem rural: um estudo de caso no concelho de Odemira

Oliveira, Maria do Rosário Gaspar de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Segundo a Convenção Europeia da Paisagem, a "Gestão da paisagem designa a acção visando assegurar a manutenção de uma paisagem, numa perspectiva de desenvolvimento sustentável, no sentido de orientar e harmonizar as alterações resultantes dos processos sociais, económicos e ambientais." A aplicação deste conceito pressupõe o envolvimento de um conjunto de actores dos quais depende a gestão da paisagem, pelo menos a dois níveis. Por um lado o da tomada de decisão em relação à formulação de normas e regulamentos emanados pelos mais diversos planos e instrumentos de politicas provenientes dos sectores económicos, sociais e ambientais. Por outro lado, os actores responsáveis pela implementagdo no terreno de tais planos e instrumentos, ou a simples decisão em relação ao que, em última instância, corresponde ao processo de humanização da paisagem. A gestão da paisagem assume-se assim como um quadro complexo que necessita da integragão de conhecimento proveniente, não só dos resultados da investigaçãoo de diferentes disciplinas, mas também de um outro tipo de conhecimento que pressupõe a interacção com outros interlocutores fora do contexto académico. A Investigação-Acção constitui-se como uma das áreas do conhecimento onde essa interacão tem lugar...

Modelação geográfica em processos de caracterização e avaliação da paisagem numa perspetiva transfronteiriça

Batista, Maria Teresa Folgôa
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
A presente dissertação intitulada “Modelação geográfica em processos de caracterização e avaliação da paisagem numa perspectiva transfronteiriça” tem como objectivo o desenvolvimento de metodologias e abordagens na análise da estrutura da paisagem e da sua relação com as funções ecológicas da paisagem. Explora-se o detalhe cartográfico e temático da cartografia de ocupação e uso do solo resultante da aplicação da legenda hierárquica Corine Land Cover (CLC) Nível 5 (Guiomar et al. 2009, Batista 2011), e a cartografia CLC2006, para a definição de unidades locais e regionais de paisagem. Analisa-se o comportamento das métricas de paisagem nos seus diferentes níveis de organização hierárquica: CLC N2, CLC N3, CLC N4 e CLC N5 e testam-se métodos para a utilização de métricas como classificadores de unidades de paisagem, nomeadamente testando o seu comportamento na cartografia de ocupação e uso do solo e das unidades locais e regionais de paisagem. Propõe-se a integração da componente tridimensional no cálculo das métricas de paisagem e ensaia-se a relação entre as métricas de paisagem e funções da paisagem. É também apresentado um conjunto de ensaios em torno da consistência das métricas de paisagem aplicadas em paisagens reais no Alentejo Central e zona transfronteiriça Alentejo...

Paisagem-postal: a imagem e a palavra na compreensão de um Recife urbano

Veras, Lúcia Maria de Siqueira Cavalcanti; Carneiro, Ana Rita Sá (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Com o objetivo de capturar a noção de paisagem urbana com vistas à sua conservação, esta pesquisa procura identificar “paisagens-postais” na cidade do Recife, a partir da “imagem” e da “palavra” a elas subjacentes, materializadas como paisagens com valor de “cartãopostal”. Apoia-se no ensaio pioneiro de Georg Simmel (1913) sobre a filosofia da paisagem e em teóricos como o francês Augustin Berque e o inglês Gordon Cullen, entre outros, para discutir a “imagem” e a “palavra” na captura da noção de paisagem a partir da construção dos modernos edifícios Píer Duarte Coelho e Píer Maurício de Nassau e da possível implantação do Projeto Novo Recife, tendo como interlocutores especialistas, artistas e moradores dos bairros históricos de São José e Santo Antônio. Foram utilizados métodos qualitativos e quantitativos, aplicando-se entrevistas semiestruturadas a um conjunto de setenta e oito pessoas, entre arquitetos, arquitetos legisladores, legisladores, empreendedores, fotógrafos, cineastas, pintores, geógrafos, historiadores, produtores culturais e moradores do bairro de São José e da cidade de Olinda. Quatro constatações sintetizam a apreensão da paisagem: a de que o valor histórico da arquitetura que destaca os monumentos em São José e Santo Antônio é uma “paisagem-postal” que exclui os modernos edifícios; a de que a vida vivida que se manifesta na linha de chão alimentada pelo comércio popular em São José e Santo Antônio também é uma “paisagem-postal” independentemente dos modernos edifícios e da ausência do planejamento e da gestão pública; a de que...

Avaliação da qualidade visual da paisagem do Alto Douro Vinhateiro: aplicação a uma hemibacia-visual: de Bagaúste (Peso da Régua) a Paradelinha (Sabrosa)

Almeida, Joaquim Ricardo Anastácio
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
Dissertação de Mestrado em Arquitetura Paisagista; O reconhecimento do valor patrimonial da paisagem do Alto Douro Vinhateiro (ADV) e da necessidade de potencializar este recurso conduziu à elaboração desta dissertação de mestrado em arquitetura paisagista. Procura-se, aqui, adotar uma metodologia para a avaliação da qualidade visual da paisagem do ADV e aplicá-la a uma hemibacia-visual, localizada nos vales do rio Douro e rio Pinhão. O Douro é uma paisagem cultural marcada pela vinha e por outras culturas mediterrânicas, em que o cunho do Homem se evidencia sobremaneira, e com elevada magnitude. É, também, uma paisagem de elevado dramatismo pela presença dominante do rio e pelo seu relevo, onde os impactes visuais são imediatos. É uma paisagem turística de elevado apelo. Urge por estas razões conservar este legado, sendo por isso indispensável atuar sobre os locais onde a sua integridade visual está mais posta em causa. Foi necessário compreender que a paisagem é organizada e influenciada por diversos elementos, pelo que, a presente investigação, se inicia com uma revisão conceptual em torno do que é a paisagem e das técnicas e metodologias de avaliação da paisagem. Existem diversas abordagens metodológicas vocacionadas para a avaliação da qualidade da paisagem...

TRANSFORMAÇÕES NA PAISAGEM COSTEIRA DE PONTA NEGRA, NATAL/RN, DE 1970 A 2010

Maciel, Ana Beatriz Câmara; Lima, Zuleide Maria Carvalho; Chaves, Marcelo Dos Santos
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.97%
O processo de urbanização das cidades brasileiras, vêm enfrentando, desde às últimas décadas século XX, vários problemas socioambientais. Este processo vem ocorrendo de forma acelerada, desordenada e não planejada, a pesar da cidade do Natal já possuir plano director desde 1994. Claro que existem cidades que foram planejadas, no entanto, esse planejamento não foi colocado inteiramente em prática e, isso acabou gerando uma série de problemas nos centros urbanos na formação do território brasileiro. Verificamos que um dos problemas existente em algumas ciudades litorâneas brasileiras é a mudança na paisagem costeira, que tem causado sérios danos à população dessas cidades. Esta pesquisa tem como objetivo principal estudar a paisagem costeira da praia de Ponta Negra, Natal/RN, verificando e analisando os efeitos causados pelas ações antrópica e natural, e como isto reflete na qualidade de vida da população, e também nas transformações dessa paisagem entre os anos de 1970 a 2010. A metodologia utilizada correspondeu ao trabalho de gabinete, e posteriormente, ao trabalho empírico. Podemos então, mensurar que a praia de Ponta Negra, Natal/RN, está muito susceptível as mudanças ambientais, tanto ocasionadas pela dinâmica natural da praia...