Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Estudo da microarquitetura óssea, do estado nutricional e de fatores farmacológicos na síndrome de Turner

Santos, Gisele Guimarães
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 101 f. : tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
17.17%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A síndrome de Turner (ST) ocorre em indivíduos do sexo feminino, em uma proporção de aproximadamente 1:2000 a 1:3000 nativivos e caracteriza-se pela presença de um cromossomo X normal e perda parcial ou total do outro cromossomo sexual. O hipoestrogenismo é um dos principais fatores associado à osteopenia e osteoporose. O objetivo do presente estudo foi avaliar a microarquitetura óssea e a influência do estado nutricional e de algumas classes de medicamentos na saúde óssea de pacientes com ST. Foi realizado um estudo transversal no qual participaram 56 voluntárias com idade média de 24,9 anos (entre 10,1 e 59,8 anos). Para avaliação nutricional, foram realizadas medidas antropométricas, de composição corporal, análises bioquímicas e avaliação do consumo alimentar. A avaliação óssea foi realizada por meio de osteossonografia das falanges. Os resultados obtidos foram analisados em dois diferentes estudos, os quais foram escritos na forma de artigo científico, sendo que o primeiro artigo abordou o efeito do estado nutricional na saúde óssea de pacientes com ST e o segundo artigo abordou o efeito de medicamentos sobre o metabolismo ósseo...

Comparação preliminar entre ultrassonografia quantitativa de falanges e densitometria óssea na avaliação da massa óssea em adolescentes

Duarte,Stênio Bruno Leal; Carvalho,Wellington Roberto Gomes de; Gonçalves,Ezequiel Moreira; Ribeiro,Roberto Regis; Farias,Edson Santos; Magro,Daniela de Oliveira; Oliveira,Laís Mariana Ribeiro de; Guerra-Júnior,Gil
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
17.17%
OBJETIVO: Avaliar associação entre ultrassonografia quantitativa de falanges da mão (QUS) e a densitometria por absorção de raio-X de dupla energia (DXA) e desses com os históricos alimentar e de fraturas. SUJEITOS E MÉTODOS: Após dois anos de acompanhamento de 270 escolares, 10 com massa óssea por QUS abaixo de -2 DP foram incluídos no estudo e avaliados com DXA. RESULTADOS: A massa óssea por DXA de L1-L4 variou de -2,8 a -1,1 DP e de corpo inteiro -2,9 e -1,2. Três estudantes apresentaram fraturas. Baixa ingestão de cálcio foi observada nos 10 casos, de fósforo em 6 e de vitamina D em 8. Não houve diferença entre os casos com massa abaixo de -2 DP nos três métodos de avaliação. Não foi observada associação entre as fraturas e o histórico alimentar, nem com os valores de massa óssea. CONCLUSÃO: Neste pequeno grupo de adolescentes houve associação entre QUS e DXA, porém sem associação entre essas avaliações e as fraturas e a ingestão de cálcio, fósforo e vitamina D.