Página 1 dos resultados de 3582 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Aplicações dos Biomateriais em Ortopedia

Resende, Susana Catarina Silva
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; Nos últimos anos, os progressos alcançados na área da saúde, aliados à engenharia e a outros ramos da ciência, têm permitido uma grande evolução das técnicas de reconstituição das funções totais ou parciais de órgãos e tecidos. Neste contexto, os biomateriais têm vindo a ganhar grande importância, que se encontra associada ao desenvolvimento de técnicas cirúrgicas e de novos implantes e próteses. Com efeito, em ortopedia o conceito de biomaterial está ligado à definição de dispositivo médico, principalmente os que são implantados no corpo humano, tendo carácter temporário ou permanente. O objectivo deste trabalho de revisão bibliográfica é evidenciar os avanços dos biomateriais e sua vasta aplicabilidade em ortopedia. A composição do tecido ósseo, os diferentes tipos de biomateriais utilizados em ortopedia e o conceito de dispositivo médico em ortopedia serão abordados nas diferentes secções. Por fim, é efectuada uma referência relativa às técnicas de engenharia de tecidos aplicadas à ortopedia, bem como uma avaliação crítica do seu potencial de sucesso...

Participação da família nos cuidados ao utente internado num serviço de ortopedia: contributos para melhorar a comunicação e a qualidade dos cuidados ao utente

Nunes, Isabel Maria Lopes Martins
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
Dissertação de Mestrado em Comunicação em Saúde apresentada à Universidade Aberta; Resumo - Durante e após uma doença aguda, ou em situações como causa de morbilidade hospitalar, a pessoa tem que ser tratada e recuperada através de uma intervenção pluridimensional, que abrevie o tempo de internamento, pois o hospital de hoje não é o melhor lugar para se ficar por muito tempo. Naturalmente que o regresso a casa ou a um local tanto quanto possível próximo do seu meio, é o que se deseja. A família é, assim, o elemento fulcral para a continuidade dos cuidados, pelo que a sua participação na prestação de cuidados é fundamental, havendo da parte dos profissionais de saúde a preocupação em estabelecer uma relação cada vez mais próxima com o elemento cuidador para garantir a qualidade destes cuidados, após a alta hospitalar. Como parceiros, os familiares poderão ter um papel activo na prestação de cuidados e na tomada de decisões; como receptores de cuidados, eles requerem informação e acompanhamento por parte dos profissionais, de forma a reunir as melhores condições para lidarem com a situação / problema. No processo de cuidados de saúde, a comunicação assume o sentido de partilha, de pôr em comum...

Acolhimento do utente idoso em internamento de ortopedia: um estudo num centro hospitalar da Região de Lisboa

Guedes, Porfírio Gomes
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Dissertação de Mestrado em Comunicação em Saúde apresentada à Universidade Aberta; Este estudo foi realizado com o objectivo de conhecer “Quais os factores que contribuem para o bom ou mau acolhimento do idoso no internamento de ortopedia na opinião dos idosos internados." Foi realizado num internamento de ortopedia de um centro hospitalar da região de Lisboa. É um estudo qualitativo, do tipo exploratório, descritivo de nível I. No contexto teórico-conceptual com o objectivo de suportar o estudo empírico é abordado o Envelhecimento; a Sociedade e a Família; o Hospital Ortopédico; a Ortopedia e o Idoso; a Ansiedade e a Dor; a Comunicação e a Informação em Cuidados de Saúde; a Relação de Ajuda; a Humanização nos Cuidados e Serviços de Saúde. Na colheita de dados foi utilizada a entrevista semi-estruturada, a qual foi aplicada a 30 utentes. Recorreu-se à análise de conteúdo para o tratamento das questões abertas e análise qualitativa e recorreu-se à estatística descritiva para o tratamento das perguntas fechadas. Dos resultados do estudo ressalta da opinião dos idosos entrevistados, a necessidade de melhorar o acolhimento pela valorização de um certo número de constrangimentos. Ao nível Organizacional os espaços físicos são pela descrição destes utentes extremamente reduzidos na urgência...

Infeções e utilização de antibióticos na ortopedia

Silva, Ana Margarida Pereira da
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
O desenvolvimento de qualquer investigação pressupõe a existência de algo que nos inquieta e nos induz curiosidade e este trabalho não constitui uma exceção. Assim sendo, formulou-se como objetivo de investigação, a análise de alguns artigos científicos sobre o tema “Infeções e utilização de antibióticos na ortopedia". O presente estudo reporta-se a uma revisão sistemática de literatura, como metodologia de investigação e teve como objetivo descrever sucintamente o conhecimento produzido acerca das principais infeções decorrentes da implantação de próteses ortopédicas. Foram encontrados 3 temas centrais: infeções articulares; antibióticos utilizados em ortopedia; e implantação de próteses ortopédicas. As principais conclusões destes estudos evidenciaram que existe, no seu todo, um conjunto de infeções através de vários microrganismos sendo necessário a profilaxia antibiótica por vezes agressiva.; The development of any research presupposes the existence of something that disturbs us and induces our curiosity and this work is no exception. Thus was formulated as objective research the analysis of some scientific work in "Infections and antibiotic use in orthopedics" articles. The present study refers to a systematic literature review as a research method and aimed to briefly describe the knowledge produced about major infections resulting from the implantation of orthopedic prostheses. The three identified central themes were: joint infections; antibiotics used in orthopedics; implantation of orthopedic prostheses. The main findings of the studies showed that there is a whole set of infections by various microorganisms and sometimes aggressive antibiotic prophylaxis is necessary.; Orientação: Marisa Helena Fonseca Nicolai

Como o especialista em ortopedia e traumatologia avalia o atendimento ao trauma ortopédico no Brasil; How do orthopedic surgeons rate the orthopedic trauma care in Brazil

SILVA, Jorge Santos; KFURI JR., Mauricio; ABAGGE, Marcelo; GUIMARÃES, João Matheus; BARBOSA, Paulo Roberto Lourenço; BALBACHEVSKY, Daniel; CHRISTIAN, Ralph; KOJIMA, Kodi
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.86%
OBJETIVO: Apresentar os resultados de pesquisa Datafolha, realizada no período de 23 de setembro a 18 de outubro de 2010, sobre as condições existentes para o exercício profissional na área do trauma ortopédico no Brasil. MÉTODOS: pesquisa quantitativa, com abordagem telefônica dos entrevistados, por meio de sorteio aleatório de membros da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, em cadastro contendo mais de 7.000 nomes. As entrevistas foram realizadas mediante aplicação de questionário estruturado, com aproximadamente 25 minutos de duração. RESULTADOS: 97% dos entrevistados dedica parte do seu tempo ao trauma ortopédico. 87% dos entrevistados exercem outra sub-especialidade, que não o trauma ortopédico. Na média dos atendimentos no país, 43% dos pacientes pertencem à rede pública de saúde e 41% pertencem à rede de convênios. O uso de implantes importados ocorre na minoria das situações (36%) e 83% dos médicos que utilizam ambos os tipos de implantes julga que os nacionais apresentam qualidade inferior. 61% dos entrevistados julga a qualidade do atendimento em serviços públicos regular, ruim ou péssima. Metade dos entrevistados declara ter problemas para a liberação de suas solicitações de procedimentos junto aos planos de saúde em pelo menos 25% das vezes em que encaminham tais pedidos. CONCLUSÃO: O trauma ortopédico é uma especialidade exercida pela grande maioria dos ortopedistas brasileiros. A estrutura dos serviços públicos é considerada insatisfatória pela maioria dos ortopedistas entrevistados. A maioria dos ortopedista deseja uma reformulação nos honorários médicos e na infra-estrutura de serviços.; OBJECTIVES: The aim of this article is to present the data collected by Datafolha institute...

Estudo de publicações em periódicos gerais de artigos sobre ortopedia e aparelho locomotor; Profile of published papers on orthopedics in general journals

CAMARGO, Olavo Pires de; LEME, Luiz Eugênio Garcez
Fonte: Atha Comunicação & Editora Publicador: Atha Comunicação & Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
Os autores estudam o perfil de publicação de artigos sobre ortopedia e área de interesse em aparelho locomotor em revistas gerais, não específicas de ortopedia, com registro no PUBMED, em um período de dois anos. Selecionados 67 artigos com distribuição heterogênea entre as revistas estudadas foi constatada presença de 26,47% de artigos com desenho de intervenção e 38% com desenho observacional. Os dados são comentados.; The authors study the profile of published papers on orthopedics in general journals, not specific to orthopedics, registered in PUBMED, in a period of two years. There were selected 67 papers with heterogeneous distribution among the magazines studied. It was found the presence of 26.47% of articles with interventional design and 38% with observational one. The data are discussed

Avanços no uso de células-tronco em ortopedia; Advances in the use of stem cells in orthopedics

CRISTANTE, Alexandre Fogaça; NARAZAKI, Douglas Kenji
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.86%
As células primordiais, ou células-tronco, são células indiferenciadas multipotentes com a capacidade de originar qualquer tipo de tecido no organismo. Podem ter origem no blastocisto, sendo classificadas como embriônicas, ou em tecidos desenvolvidos de fetos, recém-nascidos ou adultos, conhecidas como célulastronco somáticas. Como um dos principais locais de isolamento da célula primordial está a medula óssea, tendo duas linhagens: células progenitoras hematopoéticas e mesenquimais. Existem diversos usos dessas células indiferenciadas na ortopedia, desde lesões cartilaginosas em patologias como osteoartrose, osteocondrite dissecante, condromalácia patelar, lesões ósseas como em pseudoartroses ou em perdas ósseas, ou em lesões nervosas como em trauma raquimedular. O estudo das células-tronco é provavelmente o campo de estudo mais promissor de toda a medicina que, em um espaço curto de tempo, irá revolucionar todas as especialidades médicas, tanto clínicas quanto cirúrgicas, solucionando patologias hoje de difícil abordagem.; Primordial cells or stem cells are multipotent undifferentiated cells with the capacity to originate any type of cell in the organism. They may have their origins in the blastocyst and thus are classified as embryonic...

Ensaios clínicos controlados e randomizados na ortopedia: dificuldades e limitações; Randomized controlled clinical trials in orthopedics: difficulties and limitations

MALAVOLTA, Eduardo Angeli; DEMANGE, Marco Kawamura; GOBBI, Riccardo Gomes; IMAMURA, Marta; FREGNI, Felipe
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.86%
Os ensaios clínicos controlados e randomizados (ECCR) são considerados o padrão ouro da medicina baseada em evidências na atualidade, sendo importantes para direcionar a conduta médica através de observações científicas consistentes. Passos como seleção dos pacientes, randomização e cegamento são fundamentais na realização de um ECCR e apresentam algumas dificuldades extras nos ensaios que envolvem procedimentos cirúrgicos, como é comum na Ortopedia. O objetivo deste artigo é destacar e discutir algumas dificuldades e eventuais limitações dos ECCR na área cirúrgica.; Randomized controlled clinical trials (RCTs) are considered to be the gold standard for evidence-based medicine nowadays, and are important for directing medical practice through consistent scientific observations. Steps such as patient selection, randomization and blinding are fundamental for conducting an RCT, but some additional difficulties are presented in trials that involve surgical procedures, as in common in orthopedics. The aim of this article was to highlight and discuss some difficulties and possible limitations on RCTs within the field of surgery.

Manual de Ortopedia

Canha, N; Proença, A; Judas, F
Fonte: Faculdade de Medicina de Coimbra/ Serviço de Ortopedia dos HUC Publicador: Faculdade de Medicina de Coimbra/ Serviço de Ortopedia dos HUC
Tipo: Livro
Publicado em //1986 POR
Relevância na Pesquisa
46.86%
As dificuldades manifestadas pelos alunos da cadeira de Ortopedia e Traumatologia, em conseguirem material de estudo didáctico, actualizado e de fácil consulta; as constantes questões colocadas pelos colegas do lnternato Geral que frequentam as enfermarias de Traumatologia; e as dúvidas manifestadas pelos colegas Clínicos Gerais que frequentemente enviam traumatizados para os Centros Ortopédicos, levaram à elaboração deste trabalho. Expõe-se a melhor forma de assistir um traumatizado no local do acidente, como reanimá-lo e como transportá-lo. Relembram-se as medidas salvadoras e descrevem-se os diversos tipos de imobilização provisória dos membros. Procura-se informar o Clínico Geral sobre o que pode fazer e como proceder na evacuação dos casos que ultrapassam a sua capacidade de resolução. Descrevem-se as sequelas mais frequentes das fracturas que o Clínico Geral encontra na sua prática clínica quotidiana, quer nos hospitais onde trabalha, quer nos Serviços Médico-Sociais e Centros de Saúde. Por fim, expõem-se de forma didáctica, rnuitas vezes recorrendo a desenhos de fácil compreensão, as possibilidades terapêuticas actuais das fracturas e luxações das cinturas e dos membros superior e inferior.

Ensaios Clínicos Randomizados na ortopedia e traumatologia: avaliação sistemática da evidência nacional

Moraes,Vinícius Ynoe de; Moreira,Cesar Domingues; Tamaoki,Marcel Jun Sugawara; Faloppa,Flávio; Belloti,João Carlos
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.86%
OBJETIVO: Verificar se houve melhora da qualidade e quantidade dos ensaios clínicos randomizados (ECRs) publicados na literatura nacional, por meio da aplicação de escores estruturados e validados na literatura. MÉTODOS: Selecionamos, eletronicamente, todas as edições das duas revistas indexadas e de escopo ortopédico da literatura nacional - Acta Ortopédica Brasileira (AOB) e Revista Brasileira de Ortopedia (RBO), no período de 2000-2009, todos os ECRs publicados. Dois pesquisadores independentes identificaram e pontuaram os ECRs de acordo com as escalas de JADAD e do grupo de trauma musculoesquelético da Colaboração Cochrane. Os trabalhos selecionados foram agrupados: 1) pelo período de publicação 2000-2004 e 2004-2009; 2) periódico de publicação (AOB e RBO). RESULTADOS: Vinte e dois trabalhos foram selecionados, sendo10 da AOB e 12 da RBO. Não houve diferença entre o número proporcional (nECR/nTotal de trabalhos publicados) de ensaios clínicos randomizados publicados nos dois periódicos (p = 0,458), assim como para os escores de JADAD (p = 0,722) e da Colaboração Cochrane (p = 0,630). CONCLUSÃO: A qualidade e quantidade relativa de ensaios clínicos randomizados nos periódicos analisados foi semelhante. Há uma tendência de melhora da qualidade; contudo...

Avanços no uso de células-tronco em ortopedia

Cristante,Alexandre Fogaça; Narazaki,Douglas Kenji
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.86%
As células primordiais, ou células-tronco, são células indiferenciadas multipotentes com a capacidade de originar qualquer tipo de tecido no organismo. Podem ter origem no blastocisto, sendo classificadas como embriônicas, ou em tecidos desenvolvidos de fetos, recém-nascidos ou adultos, conhecidas como célulastronco somáticas. Como um dos principais locais de isolamento da célula primordial está a medula óssea, tendo duas linhagens: células progenitoras hematopoéticas e mesenquimais. Existem diversos usos dessas células indiferenciadas na ortopedia, desde lesões cartilaginosas em patologias como osteoartrose, osteocondrite dissecante, condromalácia patelar, lesões ósseas como em pseudoartroses ou em perdas ósseas, ou em lesões nervosas como em trauma raquimedular. O estudo das células-tronco é provavelmente o campo de estudo mais promissor de toda a medicina que, em um espaço curto de tempo, irá revolucionar todas as especialidades médicas, tanto clínicas quanto cirúrgicas, solucionando patologias hoje de difícil abordagem.

Ensaios clínicos controlados e randomizados na ortopedia: dificuldades e limitações

Malavolta,Eduardo Angeli; Demange,Marco Kawamura; Gobbi,Riccardo Gomes; Imamura,Marta; Fregni,Felipe
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.86%
Os ensaios clínicos controlados e randomizados (ECCR) são considerados o padrão ouro da medicina baseada em evidências na atualidade, sendo importantes para direcionar a conduta médica através de observações científicas consistentes. Passos como seleção dos pacientes, randomização e cegamento são fundamentais na realização de um ECCR e apresentam algumas dificuldades extras nos ensaios que envolvem procedimentos cirúrgicos, como é comum na Ortopedia. O objetivo deste artigo é destacar e discutir algumas dificuldades e eventuais limitações dos ECCR na área cirúrgica.

Como o especialista em ortopedia e traumatologia avalia o atendimento ao trauma ortopédico no Brasil

Silva,Jorge Santos; Kfuri Jr.,Mauricio; Abagge,Marcelo; Guimarães,João Matheus; Barbosa,Paulo Roberto Lourenço; Balbachevsky,Daniel; Christian,Ralph; Kojima,Kodi
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.86%
OBJETIVO: Apresentar os resultados de pesquisa Datafolha, realizada no período de 23 de setembro a 18 de outubro de 2010, sobre as condições existentes para o exercício profissional na área do trauma ortopédico no Brasil. MÉTODOS: pesquisa quantitativa, com abordagem telefônica dos entrevistados, por meio de sorteio aleatório de membros da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, em cadastro contendo mais de 7.000 nomes. As entrevistas foram realizadas mediante aplicação de questionário estruturado, com aproximadamente 25 minutos de duração. RESULTADOS: 97% dos entrevistados dedica parte do seu tempo ao trauma ortopédico. 87% dos entrevistados exercem outra sub-especialidade, que não o trauma ortopédico. Na média dos atendimentos no país, 43% dos pacientes pertencem à rede pública de saúde e 41% pertencem à rede de convênios. O uso de implantes importados ocorre na minoria das situações (36%) e 83% dos médicos que utilizam ambos os tipos de implantes julga que os nacionais apresentam qualidade inferior. 61% dos entrevistados julga a qualidade do atendimento em serviços públicos regular, ruim ou péssima. Metade dos entrevistados declara ter problemas para a liberação de suas solicitações de procedimentos junto aos planos de saúde em pelo menos 25% das vezes em que encaminham tais pedidos. CONCLUSÃO: O trauma ortopédico é uma especialidade exercida pela grande maioria dos ortopedistas brasileiros. A estrutura dos serviços públicos é considerada insatisfatória pela maioria dos ortopedistas entrevistados. A maioria dos ortopedista deseja uma reformulação nos honorários médicos e na infra-estrutura de serviços.

Revisão de artigos de ortopedia e medicina esportiva publicados em periódicos brasileiros

Camargo,Olavo Pires de; Leme,Luiz Eugênio Garcez
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
47.02%
O objetivo desta revisão é apresentar os artigos com especial interesse nas áreas de Ortopedia e Medicina Esportiva publicados em periódicos nacionais qualificados pelo ISI, fora da área de publicação específica em Ortopedia em dois anos. Neste período foram localizados 38 artigos publicados em diversas revistas nacionais com distintos desenhos de pesquisa. Torna-se evidente uma maior divulgação das publicações em Ortopedia e Medicina Esportiva em periódicos gerais, viabilizando ao especialista maior fonte de referências e pesquisas.

Estudo de publicações em periódicos gerais de artigos sobre ortopedia e aparelho locomotor

Camargo,Olavo Pires de; Leme,Luiz Eugênio Garcez
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.95%
Os autores estudam o perfil de publicação de artigos sobre ortopedia e área de interesse em aparelho locomotor em revistas gerais, não específicas de ortopedia, com registro no PUBMED, em um período de dois anos. Selecionados 67 artigos com distribuição heterogênea entre as revistas estudadas foi constatada presença de 26,47% de artigos com desenho de intervenção e 38% com desenho observacional. Os dados são comentados.

Análise de artigos científicos publicados em dois periódicos da área de ortopedia geral

Holzer,Lukas Arno; Holzer,Gerold
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.95%
OBJETIVO: Dar uma visão geral sobre o comportamento e a contribuição científica do Journal of Bone and Joint Surgery versão Americana (JBJS-A) e versão Britânica (JBJS-B). MÉTODOS: Foram identificados 480 artigos originais em 2009 por meio de pesquisa integrada por computador e busca manual em biblioteca. Os artigos foram distribuídos em 11 categorias ortopédicas e por país, tipo e especialidade da instituição. As possíveis subvenções e as citações foram analisadas. Os Estados Unidos lideraram os demais países em número de artigos publicados (36,87%), seguidos pelo Reino Unido (20,62%) e Coreia do Sul (5,83%). A maioria dos estudos publicados foi realizada em instituições acadêmicas (65,83 %) e apenas 4,16% em instituições particulares. RESULTADOS: Quase metade dos artigos (46,24%) foi publicada em três categorias: quadril (19,16%), joelho (13,75%) e trauma (13,33%). Em ambos os periódicos, 47,15% dos artigos tiveram pelo menos uma fonte de financiamento. A revisão dos artigos publicados em periódicos relevantes permite mostrar como a pesquisa em ortopedia é distribuída em todo o mundo. CONCLUSÃO: Este estudo mostra que é necessário uma ampla variedade de periódicos para refletir em profundidade a ampla gama da ortopedia. Nível de Evidência III...

Taxa de publicação das apresentações no Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia

Ejnisman,Leandro; Gomes,Guilherme Sevá; Oliveira,Rafael Garcia de; Malavolta,Eduardo Angeli; Gobbi,Riccardo Gomes; Camargo,Olavo Pires de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.86%
OBJETIVO: Avaliar as taxas de publicação do Congresso Brasileiro de Ortopedia (CBOT) de 2007. MÉTODOS: Avaliação do número de trabalhos enviados pelas diferentes sub-especialidades ortopédicas e pelos estados brasileiros. Em seguida, realização de uma busca nas bases de dados Lilacs e Pubmed com o intuito de encontrar quais trabalhos geraram artigos publicados na literatura nacional e internacional. RESULTADOS: São Paulo e a região Sudeste foram os responsáveis pelo maior número de apresentações no Congresso (54,1% e 68,3% respectivamente). A sub-especialidade com maior número de trabalhos foi Ombro e Cotovelo (13,8%). Do total de 653 trabalhos no congresso, 174 (26,6%) foram publicados. Apresentações orais obtiveram uma taxa de publicação 3,58 vezes maior que pôsteres. CONCLUSÕES: A taxa de publicação do CBOT encontra-se abaixo dos 30%. Muitos dos trabalhos apresentados no CBOT não passam pelo crivo de revistas científicas e as apresentações deste congresso não devem ser a única forma de atualização científica dos congressistas. Epidemiológico Descritivo.

Evaluación del programa uso seguro de medicamentos en un hospital especializado en pediatría y ortopedia infantil – Bogotá d.c., 2012 -2013

Monroy Cárdenas, Sandra Judith; Nagles Garcia, Nohad
Fonte: Facultad de administración Publicador: Facultad de administración
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 23/09/2014 SPA
Relevância na Pesquisa
37.02%
El uso de seguro de medicamentos, dentro del proceso de atención en salud, ha tomado importancia a nivel nacional e internacional al evidenciarse el aumento de incidentes y eventos relacionados con los medicamentos, que involucran desde el procesos de adquisición, pasando por la prescripción médica, la dispensación, la administración de medicamentos, hasta llegar a la utilización en los pacientes y cuidadores. El uso adecuado de medicamentos es una de las metas de seguridad del paciente de la Organización Mundial de la Salud, en las cuales trabaja todos los días el Instituto de Ortopedia Infantil Roosevelt, y en el caso específico de medicamentos lo hace a través de su Programa de Farmacovigilancia haciendo seguimiento y clasificación de los casos reportados, donde para los años 2012 al 2013 se observan avances considerables y la consolidación de estrategias que mejoran el uso del medicamento, que se da con una inducción adecuada a cada uno de los funcionarios que intervienen en este proceso y a la educación permanente de colaboradores, pacientes y sus cuidadores. El propósito de este estudio fue analizar los datos encontrados en las bases de del programa de Farmacovigilancia en el Instituto de Ortopedia Infantil Roosevelt en los años 2012-2013...

Encuesta de percepción de competencias en médicos residentes de Ortopedia y Traumatología en un hospital de Yucatán, México

Martínez-Hernández,G; Escalante-Magaña,JR; Vargas-Mena,R
Fonte: Colegio Mexicano de Ortopedia y Traumatología A.C. Publicador: Colegio Mexicano de Ortopedia y Traumatología A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 ES
Relevância na Pesquisa
47.02%
Antecedentes: El modelo por competencias plantea que lo más importante es poseer elementos para la solución de problemas, ya que una preparación en abstracto no cuenta con suficientes herramientas para solucionarlos. Para ello utiliza competencias centrales y auxiliares que están vinculadas a valores destacando las actitudes. Para explorar estas competencias se hizo el presente estudio. Material y métodos: Estudio transversal, observacional y descriptivo. Se aplicó una encuesta anónima con datos del perfil de médicos residentes de Ortopedia y Traumatología que contenía 14 preguntas que se aplicaron a residentes que cursan diferentes grados académicos. Resultados: En la encuesta participaron 24 residentes de los 35 registrados en el curso. En 100% de ellos aceptó responder la encuesta, 54% cursaban el segundo grado, 29% primer grado y 17% cuarto grado. El 75% manifestó desarrollo de competencias auxiliares, 13% no respondió, 8% desarrollaron competencias centrales y 4% lo ignora. Conclusiones: Se manifestaron tres factores principales que influyen negativamente para mejorar el saber hacer en Ortopedia. El más relevante es que los médicos residentes describen una mala actitud de los médicos adscritos, falta de disponibilidad para enseñar y la mala relación interpersonal entre ellos. Se debe crear conciencia en los especialistas en formación de Ortopedia...

Ortopedia prequirúrgica en niños fisurados: Reporte de caso clínico

Bravo Rivera,Lorena; Muñoz Tobar,Daniela; Torres Chianale,Francisca; Fierro Monti,Claudia; Pérez Flores,Antonieta
Fonte: Odontoestomatología Publicador: Odontoestomatología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2015 ES
Relevância na Pesquisa
36.95%
Resumen La fisura labiopalatina requiere ortopedia prequirúrgica para alinear los segmentos maxilares fisurados previo a la queiloplastía primaria. Caso Clínico. Recién nacido de género masculino atendido en el Hospital Regional de Concepción con diagnóstico de fisura labiopalatina bilateral completa, tratado con ortopedia prequirúrgica, siendo posible apreciar la evolución al término del primer año, las ventajas por el uso de la técnica de Grayson, así como la interacción del equipo multidisciplinario que participó del caso. Conclusión. La ortopedia prequirúrgica resulta eficaz en la rehabilitación de niños fisurados, al actuar como coadyuvante de la lactancia y alimentación del niño y permitiendo llevar tempranamente elementos óseos y partes blandas afectadas a una posición anatómica favorable, lo cual otorga mejores resultados quirúrgicos, tanto estéticos como funcionales. La queiloplastía primaria se ve favorecida por la reducción de la tensión en los tejidos blandos y del ancho de la fisura palatina y alveolar.