Página 1 dos resultados de 5088 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Demonstrações das origens e aplicações de recursos (doar) e demonstração do fluxo de caixa (dfc): uma perspectiva de sua utilização.

Turnes, Claúdia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 93 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.65%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; Diante de um cenário que evidencia uma disputa acirrada entre concorrentes num mercado altamente competitivo, as empresas encontram-se, mais do que nunca, dependentes de informações que lhes dêem suporte no processo decisório. Neste sentido, a presente pesquisa objetivou apontar o posicionamento de contabilistas com relação à substituição da Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR) pela Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC), como fontes de informações úteis para os diversos usuários da contabilidade. Para tanto, primeiramente foram contextuaiizados o assunto, o tema e o seu problema. Em seguida, foram traçados os objetivos pretendidos com a pesquisa. Depois foi apresentada a justificativa e a metodologia empregada no estudo. No que concerne a metodologia, cabe destacar que se trata de uma pesquisa mista (qualitativa e quantitativa) e que emprega o estudo bibliográfico e o levantamento. Desse modo, para atingir a finalidade da pesquisa, buscaram-se inicialmente livros, periódicos e artigos que tratassem do tema, a fim de dar suporte teórico ao estudo. Apresentou-se um breve histórico da contabilidade e enfatizou-se a importância da informação contábil para os usuários. Em seqüência...

Agón, Pathos, Katharsis : a memória das origens nos filmes de exílio de Andrei Tarkovsky

Brás, Rui Manuel da Costa Carvalho
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 28/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
Esta tese propõe-se estudar a memória das origens nos filmes de Andrei Tarkovsky realizados no exílio. Foi adotada uma abordagem empírico-dedutiva que parte das obras do realizador russo para a análise do seu conteúdo, recorrendo-se para isso aos métodos dos Estudos de Cultura e dos Estudos Fílmicos. Pressionado pela urgência de viver o presente, o homem moderno sente a necessidade de se ancorar no passado, de recorrer à memória como forma de evitar o esquecimento ou de refletir sobre a sua condição atual e futura. Este olhar sobre o passado não é estranho a Andrei Tarkovsky, cuja obra cinematográfica podemos considerar como um tempo de viagem tanto pela sua própria memória, como pela memória coletiva russa. Mas, à reflexão sobre o sentido do mundo que encontramos em todos os seus filmes, junta-se em Nostalgia e O Sacrifício um novo fator também relacionado com a memória e com não menor relevância cultural: o exílio. A presente tese tem como questão central da investigação a relação do homem no exílio com a sua pátria e o(s) modo(s) como a memória das origens está presente no processo de construção dos filmes que Andrei Tarkovsky realizou fora da Rússia. Os objetivos deste trabalho passam pelo entendimento da influência que a condição de exilado teve na elaboração de uma memória da Rússia e nas formas de expressão do sentimento de perda da pátria imaginada em Nostalgia e O Sacrifício. Assim...

Caracterização de ácidos húmicos de diferentes origens por eletroforese capilar de zona

Moraes,S. L. de; Landgraf,M. D.; Rezende,M. O. O.
Fonte: Fundação Editora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP Publicador: Fundação Editora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
26.78%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar ácidos húmicos (HA) de diferentes origens por eletroforese capilar de zona (CZE) e avaliar a influência da concentração do tampão borato nesta caracterização. Os resultados mostraram que HA de diferentes origens podem ser rapidamente caracterizados por CZE. Por esta técnica, a caracterização de HA é devido a diferenças na razão carga/tamanho e das propriedades dos componentes individuais, conseqüência de suas diferentes origens.

Em busca das origens desenvolvimentais dos transtornos mentais

Polanczyk,Guilherme V.
Fonte: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul Publicador: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
INTRODUÇÃO: A psicopatologia desenvolvimental é uma disciplina que integra perspectivas epidemiológicas, sociais, genéticas, desenvolvimentais e de psicopatologia para entender as origens e o curso dos transtornos mentais. Neste artigo, são discutidos abordagens e conceitos utilizados para compreender as origens desenvolvimentais dos transtornos mentais. RESULTADOS: A psicopatologia desenvolvimental entende que os transtornos mentais são possíveis desfechos do processo de desenvolvimento e são dependentes de influências sociais, genéticas e ambientais. Esses diversos fatores estão inter-relacionados de diferentes formas e em diferentes níveis, exercendo um efeito dimensional. São discutidos: a) abordagens para determinar causalidade entre eventos ambientais e transtornos mentais; b) a importância de entendimento dos mecanismos biológicos através dos quais fatores ambientais e genéticos atuam; c) fatores genéticos predizendo a exposição a estressores ambientais; e d) fatores genéticos moderando o efeito de estressores ambientais. CONCLUSÕES: As origens dos transtornos mentais podem ser iluminadas por dados de estudos que utilizam enfoques e conceitos complementares e que integrem influências sociais, genéticas...

Desde que o samba é samba: a questão das origens no debate historiográfico sobre a música popular brasileira

Napolitano,Marcos; Wasserman,Maria Clara
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
26.78%
Este artigo, na linha de um ensaio bibliográfico, procura sistematizar o debate historiográfico e para-historiográfico que tem por objeto a discussão sobreas "origens da música popular brasileira". Neste sentido, procuramos examinar, criticamente, as bases argumentativas e as principais conclusões de duas tendências básicas: a) a tendência historiográfica que trabalha com o paradigma das origens como um lugar , situado no tempo e no espaço, a ser determinado pela pesquisa histórica; b) a tendência, mais atuante a partir do meio acadêmico, que coloca sob suspeita a própria questão das origens, com um lugar determinável, procurando analisar historicamente a dinâmica social e ideológica que os discursos de origem podem revelar.

Análise dos haplótipos da anemia falciforme em Fortaleza revela as origens étnicas da população cearense

Silva,Lilianne Brito da; Gonçalves,Romélia Pinheiro; Rabenhorst,Sílvia Helena Barem
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.78%
Os haplótipos ligados ao gene da βS-globina foram analisados em uma amostra de 68 cromossomos de pacientes de Fortaleza, capital do Ceará, com anemia falciforme (AF), com a finalidade de fornecer informações sobre a distribuição das frequências dos haplótipos, contribuindo para o estudo das origens da formação étnica da população cearense. A distribuição dos haplótipos do gene da βS-globina foi 66,2% do tipo Bantu, 22% do Benin e 11,8% do atípico. Houve diferença estatisticamente significativa entre o presente estudo e os resultados de outros pesquisadores no Ceará. A distribuição das frequências dos haplótipos do gene da βS-globina no presente estudo está condizente com a história da formação da população brasileira. Conforme dados históricos sobre as origens da população negra trazida ao Ceará, o haplótipo Bantu seria o mais prevalente, seguido pelo Benin e Senegal. Estes resultados são relevantes para o estudo das rotas de tráfico dos escravos no Brasil e para entendermos as origens étnicas da população brasileira.

Variação geografica entre e dentro de origens de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze aos oito anos de idade na provincia de Misiones, Argentina

Fahler, Jorge Carlos
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.15%
Estudou-se a variação geográfica entre e dentro de 38 origens de Araucaria angustifolia (Bert.) O.Ktze. até 8 anos de idade, em dois locais da Província de Misiones, Argentina. Os locais de ensaio foram Cuartel Río Victoria, onde foram testadas 34 origens, das quais 23 tiveram suas progênies analisadas em Puerto Libertad, com 35 origens e 25 com progênies analisadas, sendo que 31 origens foram comuns em ambos os locais. Diferenças altamente significativas entre origens foram detectadas nos dois ensaios para crescimento em altura, diâmetro e volume individual em todas as idades consideradas. Com o decorrer do tempo a altura mostrou tendência a homogeneidade estatística entre as origens, e o diâmetro a diferenças contribuindo para que o volume individual se revelasse mais sens1vel do que a altura para detectar diferenças. A variação dentro das origens foi menor do que entre origens. Não foi detectada interação gen6tipo x ambiente, mas o crescimento em volume diferiu segundo o sitio em 60% aos 8 anos. As melhores origens em ambos os locais foram as do Oeste da área de ocorrência natural da espécie. Não houve correlação significante entre a altura aos 4 meses no viveiro e qualquer um dos parâmetros de crescimento a diferentes idades no plantio. A altura das origens até 4 meses foi função do sida semente. Foram detectadas correlações altamente significativas entre as alturas das origens a partir de um ano no plantio e as alturas...

As Origens históricas do argumento evolutivo contra o naturalismo

Koslowski, Adilson Alciomar
Fonte: Universidade Federal de Sergipe Publicador: Universidade Federal de Sergipe
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.78%
Este artigo “As origens históricas do argumento evolutivo contra o naturalismo” tem como finalidade buscar as origens históricas do famoso argumento do filósofo americano Alvin Plantinga contra o naturalismo (1993). Seu argumento é que se a evolução e o naturalismo são ambos verdadeiros, as faculdades cognitivas humanas envolvidas para produzir crenças têm valor de sobrevivência (alimentar-se, defender-se e reproduzir-se), não necessariamente para produzir crenças que sejam verdadeiras. Portanto, desde que as faculdades cognitivas humanas são ajustadas para sobreviver antes que a verdade no modelo evolução-e-naturalismo, incluindo igualmente o naturalismo e a evolução. Por outro lado, se Deus criou o homem “a sua imagem” pelo processo evolucionário (ou algum outro meio), então Plantinga sustente que nossas faculdades provavelmente são confiáveis. Por sugestão de Beilby (2002) fizemos uma pesquisa bibliográfica para buscar as origens do argumento no livro “Milagres” de C. S. Lewis (1947) e em “Metafísica” de Richard Taylor (1965). Pensamos que esta reconstrução ajuda a compreender melhor o argumento de Plantinga, bem como mostrar sua novidade em relação a esses dois predecessores._________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: This article “The historical origins of evolutionary argument against naturalism” it has as purpose inquires the historical origin of famous argument of American philosophy Alvin Plantinga against the naturalism (1993). His basic argument is that if evolution and naturalism are both true...

Origens, distribuições e ramificações dos nervos femorais no tamanduá bandeira (Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758); Origins, distributions and ramifications of the femoral nerve in giant anteater (Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758)

Souza, Tharlianne Alici Martins de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
O estudo dos nervos constituintes do plexo lombossacral é de extrema importância, pois relaciona os diversos aspectos evolutivos de postura e locomoção dos animais. Considerando-se que o nervo femoral é o maior da parte cranial do plexo lombossacral, objetivou-se descrever as origens, distribuições e ramificações dos nervos femorais no Tamanduá bandeira (Myrmecophaga tridactyla), comparando com a literatura descrita para animais domésticos e silvestres, de modo a estabelecer correlações de similaridades morfológicas e fornecer subsídios para as áreas afins. Foram utilizadas três espécimes, preparadas através da injeção de solução aquosa de formaldeído a 10% via artéria femoral, para a conservação e posterior dissecação das mesmas. As origens nos antímeros direito e esquerdo, ocorreram dos ramos ventrais dos nervos espinhais lombares um, dois e três. As distribuições e ramificações foram observadas para os músculos psoas maior e menor, ilíacos lateral e medial, pectíneo, adutor magno, sartório e quadríceps femoral. Com base nas origens dos nervos femorais do M. tridactyla, uma reconfiguração foi observada devido à variação no número de vértebras lombares (L1, L2 e L3). Entretanto, uma similaridade morfológica parcial foi mantida quanto às distribuições e ramificações...

Um estudo sobre as origens da Lógica Matemáitca

Sousa, Giselle Costa de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
The present study has as objective to explaining about the origins of the mathematical logic. This has its beginning attributed to the autodidactic English mathematician George Boole (1815-1864), especially because his books The Mathematical Analysis of Logic (1847) and An Investigation of the Laws of Thought (1854) are recognized as the inaugural works of the referred branch. However, surprisingly, in the same time another mathematician called Augutus of Morgan (1806-1871) it also published a book, entitled Formal Logic (1847), in defense of the mathematic logic. Even so, times later on this same century, another work named Elements of Logic (1875) it appeared evidencing the Aristotelian logic with Richard Whately (1787-1863), considered the better Aristotelian logical of that time. This way, our research, permeated by the history of the mathematics, it intends to study the logic produced by these submerged personages in the golden age of the mathematics (19th century) to we compare the valid systems in referred period and we clarify the origins of the mathematical logic. For that we looked for to delineate the panorama historical wrapper of this study. We described, shortly, biographical considerations about these three representatives of the logic of the 19th century formed an alliance with the exhibition of their point of view as for the logic to the light of the works mentioned above. In this sense...

Revelação e origens de crenças da competencia implicita de professores de lingua inglesa

Luciene Maria Garbuio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
26.78%
A Competência Implícita (Almeida Filho, 1993, 1997, 1999, 2000) é a mais básica e pessoal das competências, caracterizada pela ação do professor em sala de aula e revestida por suas intuições, crenças, experiências memoráveis, que o conduz na sua prática pedagógica. O objetivo deste estudo exploratório é o de fazer um levantamento das crenças que compõem a competência implícita do professor sobre o ensino de língua estrangeira (LE) e a gênese dessas crenças. Trata-se de um estudo de caso, onde dois professores de língua inglesa que trabalham em escolas de idiomas e com tempo de experiência variado foram contemplados: PJ de 18 anos e um ano e meio de experiência e PR de 41 anos e vinte e dois anos de experiência. Os dados foram coletados por meio de questionário, diários e entrevistas. Partimos do conceito competência, definimos o termo crenças e apresentamos algumas possíveis origens das crenças, conforme literatura na área. Para conduzir tal estudo, buscamos apoio teórico sobre as crenças dos professores em Woolfolk Hoy e Murphy (2001), Richardson (1996), Richards e Lockhart (1994) e Price (1969). Quanto às origens das crenças, nos apoiamos em Woolfolk Hoy e Murphy (2001), Vieira-Abrahão (2001) e Richardson (1996). A análise dos dados foi realizada sob a perspectiva da compreensão de competência como o desenvolvimento histórico do professor...

Origens da educação escolar no Brasil Colonial, vol. IV

Toledo, Cézar de Alencar Arnaut de
Fonte: EDUEM Publicador: EDUEM
Tipo: Livro Formato: pdf
Publicado em //2015 PT
Relevância na Pesquisa
26.78%
São apresentados neste livro, em 6 textos, os resultados de investigações e debates que privilegiam as fontes primárias e os novos enfoques para a abordagem da temática das origens da educação escolar no Brasil. A publicação é resultado do Projeto: Origens da educação escolar no Brasil colonial: século XVI (CAPES/PRODOC-UEM/PPE). É o segundo volume da coleção: “Origens da Educação Escolar no Brasil Colonial”.

Tròpics de Shakespeare : orígens i originalitat del Hamlet català

Buffery, Helena
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html; application/pdf
Publicado em //2009 SPA
Relevância na Pesquisa
36.65%
Hamlet és una de les obres que més ha inspirat autors, actors, directors i dramaturgs catalans. De fet, es podria dir, com en altres cultures europees, que és l'obra que determina tota traducció i representació posterior de Shakespeare, i que marca els orígens de la seva influència en la tradició cultural europea. Aquest article presenta la història retòrica del Hamlet català mitjançant les traduccions, les adaptacions i altres formes de reescritura de l'obra, a més de la seva representació teatral des de mitjans del segle XIX. Explora el paper privilegiat de l'obra com a generador de discursos sobre Shakespeare a Catalunya, tot analitzant la manera en què es relaciona amb altres discursos culturals, sobre la llengua, el teatre i la política de la representació a Catalunya.; Hamlet is one of the plays which has most captured the imagination of Catalan writers, actors, directors and playwrights. Indeed, as in many other European cultures, it might be argued that it is the play that determines all subsequent translation and reception of Shakespeare, siting the origins of his influence on European cultural tradition. This article presents a rhetorical history of Hamlet in Catalan, as traced through translations, adaptations and other rewritings of the play...

La Invenció dels orígens la història literària en la poètica del Renaixement /

Esteve, Cesc
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em //2011 CAT; CAT
Relevância na Pesquisa
26.86%
Descripció del recurs: el 28-10-2011; Els qui, durant el Renaixement, es dediquen a la recerca històrica comparteixen una antiga convicció: per conèixer de debò i en profunditat el que estudien, n'han de descobrir i comprendre l'origen. És per això que els relats sobre les causes i els inventors de la poesia i les narracions que s'expliquen des dels orígens constitueixen la modalitat historiogràfica més productiva i rellevant de la poètica cinccentista. Però revelar o imaginar els orígens no només justifica que els crítics es dediquin a la indagació històrica: la narrativa amb què se'n dóna compte, amb què s'inventen els orígens o amb què se'n domina el saber, constitueix un discurs molt poderós a l'hora de concebre i regular teories i models literaris i legitimar i denigrar tradicions i polítiques culturals i lingüístiques a l'Europa renaixentista. En aquest treball, s'examina com es dissenyen i amb quines finalitats teòriques i ideològiques es fan servir els relats sobre els orígens de la poesia antiga i moderna que s'escriuen a Itàlia durant els segles XV i XVI. Aquesta anàlisi permet explicar la formació d'un dels principals fronts de la historiografia literària del Renaixement, massa sovint ignorada per la crítica...

Orígens, emergència i desenvolupament de la ceràmica Halaf a Síria

Cruells Banzo, Walter
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em //2011 CAT; CAT
Relevância na Pesquisa
26.78%
Descripció del recurs: el 31-10-2011; Aquesta tesi ha estat presentada sota la forma de compendi de publicacions i és el resultat de 15 anys de investigacions arqueològiques al Pròxim Orient centrats en tres grans projectes d’excavació: els jaciments de Tell Halula i Tell Amarna a la vall de l’Eufrates i el de Chagar Bazar a la del Khabur. La tesi s’estructura en tres grans apartats: Un primer on es plantejen de manera sintètica les problemàtiques entorn de la cultura Halaf amb un resum crític a quasi un segle d’excavacions a Mesopotàmia del nord i un balanç actualitzat sobre les grans qüestions plantejades sobre el període Halaf . Un segon apartat, i central, compren una sèrie de 16 publicacions monogràfiques, en base a recerca arqueològica inèdita, realitzades a cada un dels jaciments i el tercer presenta les conclusions on es comenten les noves aportacions especialment sobre els orígens, la periodització i la cronologia Halaf. La cultura Halaf, centrada en el VI mil·lenni cal BC, presenta en la seva bibliografia tradicional uns dèficits considerables especialment sobre aspectes tant importants com son els seus orígens i les seves modalitats de desenvolupament. Malgrat la dificultat que suposa la confrontació dels models teòrics...

From signaller to a musical instrument: A Brief approach of trumpet transformations from its origins to the renaissance; De sinalizador a instrumento musical: Uma breve abordagem das transformações do trompete das origens ao renascimento

Sulpício, Carlos Afonso
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 24/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
No presente artigo pretendemos apresentar de forma sucinta as transformações do trompete, de suas origens ao Renascimento. A confecção, a técnica2 e os diversos contextos em que o instrumento foi utilizado modificaram-se consideravelmente através da história. Este instrumento de sopro da família dos metais passou por um longo processo de transformação, que se iniciou na Antiguidade. Dentre os instrumentos conhecidos da humanidade, ele está entre os mais antigos e o que mais sofreu transformações e adaptações.; In this article we intend to present succinctly the transformations of the trumpet , from its origins to the Renaissance. The making, the technique and the various contexts in which the instrument was used changed considerably throughout history. This family of wind instrument of the metals went through a long process of transformation, which began in antiquity. Among the known instruments of humanity, it is among the oldest and suffered the most changes and adaptations.

A Religião e as Origens do Estado Moderno; A religião e as origens do estado moderno;

Sá, Geraldo Ribeiro de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
Este artigo faz uma reflexão a respeito de alguns nexos e articulações que perpassaram a religião e a formação do Estado moderno, no momento histórico situado entre os séculos XVI e XVIII, marcado pela Reforma Protestante e pela Revolução Francesa. Ao se indagar a respeito das conexões de sentido existentes entre a religião e as origens do Estado moderno, procurar-se-á responder a três questões fundamentais: a) Por que a religião e o Estado moderno, em suas origens, estabeleceram conexões de sentido entre si? b) Até onde princípios religiosos e políticos se conflitaram, durante a formação do Estado moderno? c) Como certos princípios religiosos e suas práticas propiciaram a formação e a consolidação do Estado moderno?; This article is a reflection on the meanings and articulations linking religion to the formation of the modern state, between the XVI and XVIII centuries, a historic period underscored by the reformation and the French Revolution. Three fundamental questions regarding the meaningful links between religion and the modern state are addressed: a) Why did religion and the modern form meaningful connections from outset? B) Up to what point did religious and political principles conflict during formation of the modern state? C) How did some religious principles and practices lead to the formation and consolidation of the modern state?

O Direito às origens: segredo e desigualdade no controle de informações sobre a identidade pessoal

Fonseca, Claudia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
Neste artigo, analiso a interação entre adotados adultos em busca de suas origens biológicas e as figuras de autoridade que detêm informações sobre essas origens. Retomo brevemente a história do segredo envolvido na adoção, para desembocar na nova Lei de Adoção brasileira, que garante aos adotados “acesso irrestrito” aos seus dossiês. Trago a narrativa de adotados contatados por meio de uma associação (em Porto Alegre, Brasil) sobre suas experiências frustradas de busca, assim como de funcionários do Juizado local. Partindo do pressuposto que a busca das origens encerra muitos dos problemas encontrados nas discussões sobre outros direitos fundamentais, demonstro ao longo do artigo que os direitos são politicamente construídos, que envolvem sujeitos vivendo num mundo relacional, e que sua implementação passa pela microfísica dos espaços administrativos.

Thinking the origins; Pensar as origens

Martins, Adilton Luís; Unicamp
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
The aim of this article is to present a discussion about the usage of the origins as an Epistemological construction of History and politicalpower. It gives special attention to the concept of “Agenciamento das Origens”, in the midst of the historiography of the protestant preacher Simon Pelloutier and the catholic preacher Jacques Bossuet.; O objetivo deste artigo consiste em apresentar uma discussão sobre o uso das origens como construção epistemológica da história e do poder político durante o século XVIII. Em destaque, estão o conceito de agenciamento das origens, em meio à historiografia do pastor protestante Simon Pelloutier e do padre católico Jacques Bossuet.

Gênero, sacralidade e poder: o mito das origens dos incas na obra de Garcilaso de la Vega (1586)

Oliveira, Susane
Fonte: Em tempo de histórias Publicador: Em tempo de histórias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
Este artigo apresenta uma análise dos conceitos de gênero que perpassam o mito das origens dos incas veiculado na obra do cronista mestiço Garcilaso de la Vega (1586). Na perspectiva dos estudos feministas e de gênero este artigo oferece uma desconstrução (historicização) do olhar cristão e androcêntrico de Garcilaso a respeito dos fundamentos político-religiosos do Tawantinsuyo.