Página 1 dos resultados de 6069 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Administração escolar no Brasil (1935-1968): um campo em construção; School administration in Brazil (1935-1968): a field under construction

Marinho, Iasmin da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.13%
O objetivo dessa dissertação é revisar a produção dos pioneiros da Administração Escolar no Brasil, compreendendo o período de 1935 a 1968. Destacam-se enquanto pioneiros da Administração Escolar no Brasil: Anísio Spínola Teixeira; Antônio Carneiro Leão; José Querino Ribeiro e Lourenço Filho. Esses educadores se enquadram enquanto pioneiros da Administração Escolar brasileira, por serem os primeiros a produzir pesquisas sobre o tema. Suas produções sobre Administração Escolar se situam nos anos 1935 a 1968, quais sejam: Administração pública: administração e desenvolvimento (TEIXEIRA, 1935); Fayolismo na Administração de escolas públicas (RIBEIRO, 1938); Introdução à Administração Escolar (LEÃO, 1939); Ensaio de uma teoria de Administração Escolar (RIBEIRO, 1952); Pequenos Estudos Sobre Grandes Problemas Educacionais (Alguns aspectos do ponto de vista da Administração Escolar) (RIBEIRO, 1952); Racionalização do Sistema Escolar (RIBEIRO, 1954); Administração pública brasileira e a educação (TEIXEIRA, 1956); Que é Administração Escolar? (TEIXEIRA, 1961); Organização e Administração Escolar: curso básico (LOURENÇO FILHO, 1963); Natureza e função da Administração Escolar (TEIXEIRA...

Organização em projeto e operação : uma análise critica de suas práticas : estudo de caso

Cruz, Fabio Vieira da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
46.18%
Os novos modelos de desenho organizacional, chamados cluster, rede e matricial, foram de fundamental importância para que as empresas se mantivessem competitivas. No entanto, um antigo modelo de organização permanece vivo e operando em paralelo aos desenhos organizacionais das empresas. Freqüentemente, este tipo de formação é responsável por concretizar alguns objetivos críticos da estratégia de negócio das companhias. É a configuração organizacional em forma de Projetos. O objetivo deste estudo é entender as características de funcionamento do desenho organizacional em forma de Projeto, através da análise das variáveis envolvidas, de forma a que se possa compará-lo com os novos modelos organizacionais utilizados na operação das empresas. Não faz parte deste trabalho estudar o fenômeno da ¿projetização¿, ou propor um novo modelo de desenho organizacional, mas, sim, vasculhar o que ocorre na forma de funcionamento dos Projetos para identificar as práticas que contribuem para que esta forma de organização seja reconhecida como um modo eficiente de obter resultados positivos. Desta forma, poderemos propor novos estudos focados na aplicação destas boas práticas nos desenhos organizacionais de Operação...

Um estudo sobre o discurso administrativo de Lourenço Filho

Teixeira, Marieta Cruz Dias
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.18%
A finalidade desta dissertação é analisar o conteúdo teórico do livro de Manuel Bergson Lourenço Filho intitulado Organização e Administração Escolar. Procuramos mostrar que o seu conteúdo se constitui em instrumento ideológico, enquanto reproduz a ideologia contida no que é definido por Tragtenberg como Teoria Geral da Administração. Para tanto, consideramos a importância da atuação das forças político-sociais, como determinantes do pensamento do autor. E por isso estabelecemos as relações entre o seu discurso administrativo e o seu tempo histórico. Procedemos ao estudo da gênese e da estrutura da Teoria Geral da Administração, estabelecendo as relações entre o seu aparecimento e o modo de produção vigente. Revimos as principais teorias de administração geral, identificamos suas categorias e analisamos seu conteúdo ideológico. Com esses elementos classificamos a concepção de administração escolar do autor em análise. Identificamos sua concepção como tributária ideológica da Escola de Relações Humanas e também em menor escala das categorias ideológicas originarias do Taylorismo e do Fayolismo.

A equipe desportiva enquanto uma organização que aprende

Cadori, Aluizia Aparecida
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 247 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração.; O principal objetivo desse estudo consistiu em identificar e analisar as características e os processos de aprendizagem de uma equipe desportiva segundo a teoria das organizações que aprendem, orientadas pelo conteúdo das idéias de Peter Senge. Para atender aos objetivos propostos, adotou-se um método de pesquisa predominantemente qualitativo, o qual sustenta a configuração deste trabalho: um estudo de caso do tipo descritivo e exploratório. A coleta de conteúdos foi realizada por meio de entrevistas semi-estruturadas. Posteriormente, as informações foram analisadas com base na técnica da análise de conteúdo. A estruturação de tais informações deu-se em conformidade com sete categorias: maestria pessoal, modelos mentais, aprendizagem individual, aprendizagem em equipe, aprendizagem organizacional, visão compartilhada e pensamento sistêmico, subsidiadas pelos indicadores para análise, que estão relacionados aos objetivos do estudo. Os resultados desses procedimentos revelaram que a equipe desportiva possui como principal característica a valorização do indivíduo e do seu bem estar físico e psicológico. Independente do segmento ou da posição que ocupam...

Teste no tempo : da teoria clássica da administração à organização atual do trabalho de enfermagem; Testing in time : from the classical management theory to the current organisation of nursing work; Test en el tiempo : de la teoría clásica de la administración a la organización actual del trabajo de enfermería

Araújo, Denise Rocha; Sampaio, Francisco Miguel Correia; Castro, Marilisa Costa e; Pinheiro, Sofia Alexandra Vieira; Macedo, Ana Paula
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Objetivos: Conhecer as representações dos enfermeiros acerca das práticas administrativas de saúde atuais e perceber em que medida essas representações se aproximam dos princípios da Teoria Clássica da Administração. Enquadramento: A Teoria Clássica da Administração, desenvolvida por Henri Fayol, assentava numa visão administrativa marcada pela previsibilidade, organização, comando, coordenação, e controle. Para pôr em prática este paradigma administrativo, foram definidos catorze princípios gerais da administração. Metodologia: Estudo qualitativo de natureza descritiva e exploratória. Recolha de dados realizada através de entrevista semiestruturada, com categorias definidas a priori correspondentes aos catorze princípios gerais da administração, realizadas a oito enfermeiros, com caraterísticas profissionais heterogéneas, escolhidos por seleção racional. Resultados: As representações dos enfermeiros são consideravelmente uniformes verificando-se, contudo, algumas diferenças na comparação entre os dados obtidos a partir de enfermeiros e de chefias intermédias. Os relatos apontam para que, na atualidade, algumas dimensões dos princípios da autoridade, centralização, hierarquia e ordem estejam presentes a nível administrativo. Conclusões: As representações dos enfermeiros entrevistados revelam que estes veem a administração atual em saúde de uma forma relativamente próxima dos princípios preconizados por Fayol. Assim...

Génese e evolução da organização pedagógica e da administração dos liceus: Uma investigação no cruzamento de várias disciplinas

Barroso, João
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1996 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
O presente artigo toma como base a investigação que realizei sobre a organização pedagógica e a administração dos liceus, em Portugal, no período compreendido entre 1836 e 1960. Esta investigação desenvolveu-se segundo dois planos de análise: o plano das normas definidas pela legislação e o plano da sua aplicação prática. O primeiro, permitiu fazer uma reconstrução histórica das origens, finalidades e processos que estão na base da criação de uma organização pedagógica específica para o ensino das diferentes disciplinas (o regime de classes) e o modo como se transitou de uma normativização pedagógica para uma normativização administrativa. O segundo, permitiu recontextualizar a aplicação das normas que foram sendo definidas sobre a organização e administração escolar através da análise do relato das práticas dos diferentes reitores no período considerado. Para além de apresentar, de modo abreviado, a problemática de origem e alguns dos resultados mais significativos dessa investigação, o artigo contém uma reflexão metodológica sobre as diferentes abordagens disciplinares que foram utilizadas. Nesse sentido é posto em evidência o contributo que a História da Educação...

O cargo público de livre provimento na organização da administração pública federal brasileira: uma introdução ao estudo da organização da direção pública na perspectiva de estudos organizacionais

Câmara,Leonor Moreira
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.35%
A organização da administração pública federal brasileira é raramente abordada na pesquisa no campo de estudos organizacionais (EOs). Privilegia-se a tomada de decisão, seguindo-se a tradição de pesquisa operacional de cunho funcionalista. Contudo, direção é mais complexa e inclui decisão. A direção na administração pública federal brasileira se dá exclusivamente por meio de cargos de livre provimento. Tal realidade permite entender a direção como ação eminentemente política, cristalizada na organização da administração pública. Este artigo possui caráter metodológico e demonstra que o cargo público de livre provimento possui centralidade na organização da administração pública federal brasileira. Identifica, ainda, práticas de operação e interações no exercício da direção pública.

Teorias administrativas e organização do trabalho: de Taylor aos dias atuais, influências no setor saúde e na enfermagem

Matos,Eliane; Pires,Denise
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
Trata-se de uma revisão de literatura que situa as principais abordagens teóricas da administração destacando suas características, contribuições e limitações para a organização do trabalho na sociedade. Mostra a influência destas teorias na organização do trabalho no setor saúde e especialmente na enfermagem demonstrando a influência predominante, até hoje, do modelo taylorista/fordista de organização do trabalho e de duas teorias administrativas, a clássica e a burocrática. Conclui apontando os limites destas teorias para enfrentar os desafios atuais da gestão no setor saúde e para a realização de um trabalho de melhor qualidade.

"Administração Complexa": revendo as bases científicas da administração

Agostinho,Marcia Cristina Esteves
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
46.27%
Este artigo aponta a Teoria da Complexidade como uma nova base conceitual capaz de readequar a prática administrativa ao ambiente organizacional contemporâneo. Neste sentido, é apresentada a "Administração Complexa" uma abordagem gerencial que leva para o universo das organizações os conhecimentos oriundos desta nova ciência. Com base no funcionamento dos chamados "sistemas complexos adaptativos", são estabelecidos quatro conceitos-chave: autonomia, cooperação, agregação e auto-organização. Estes são sugeridos como os princípios da "Administração Complexa". Com o objetivo de demonstrar a abordagem, é apresentado um estudo de caso realizado em uma organização industrial brasileira, a qual desenvolveu um sistema de gestão autônoma em uma de suas fábricas. Tal sistema ilustra o novo papel da administração que, ao deixar de se concentrar na prescrição e no controle, passa à tarefa de promover as condições para que desempenhos superiores possam surgir da atuação de indivíduos autônomos.

Organização: critérios para uma concepção crítica e objetiva

Nascimento,Paulo Tromboni
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
O conceito de organização é, muitas vezes, utilizado de modo subjetivo, vago e até equivocado. Aqui se buscam critérios para criticar e julgar de modo objetivo as definições propostas ou implícitas numa pesquisa em administração. O caminho escolhido foi partir da concepção de Barnard (1942) e dialogar com a literatura científica na área. Sem cair no irracionalismo, critica-se a conceituação formalista e racionalista. Em substituição, entra a correspondência entre resultados e as cobranças das partes interessadas. Afasta-se o foco dos significados, em favor da idéia de sistema social aberto, com divisão de trabalho, reais relações de cooperação e poder e reprodução, apoiada nos resultados dos intercâmbios com o meio social onde se insere a organização. A conclusão está na forma de critérios aplicáveis a uma concepção de organização que se proponha objetiva e crítica.

Um ensaio teórico de caracterização objetiva e crítica do conceito de Administração

Nascimento,Paulo Tromboni de Souza
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.21%
Este ensaio busca uma caracterização objetiva e crítica da ideia de administração. Objetiva, porque baseada na resistência que a situação organizacional opõe à atuação do administrador na busca dos resultados mensuráveis, cobrados pelos interlocutores da organização. Crítica, porque, sem desprezar a subjetividade humana, não recorre ao formalismo, nem à noção de racionalidade na construção do conceito de administração. Crítica, também, porque reformula o problema de definição para um de caracterização, supera limitações de boas tentativas anteriores e deixa uma concepção aberta a novas contribuições. O método adotado foi o da análise crítica de conceitos a partir do confronto da literatura dedicada ao tema e desta com outras relevantes e seu exame via situações hipotéticas ilustrativas. A principal contribuição é conjugar as responsabilidades do administrador e seu poder sobre os recursos e interlocução como meios para alcançar resultados vitais à própria constituição e reprodução da organização. Da rede de responsabilidades sociais viriam então o poder do administrador e suas limitações.

Perfis meio e fim em organização de pesquisa.

BORGES-ANDRADE, J. E.; XAVIER, O. S.; AFANASIEFF, R. S.
Fonte: Revista de Administração, São Paulo, v.27, n.1, p.49-60, jan./mar.1992. Publicador: Revista de Administração, São Paulo, v.27, n.1, p.49-60, jan./mar.1992.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.2%
A discussão dos perfis meio e fim na literatura sobre administração da pesquisa concentra-se, geralmente, nas diferenças de estrutura e de papeis. Neste trabalho tem-se como objetivo investigar as discrepâncias entre esses perfis, mas enfocando os aspectos psicossociais relacionados a papeis organizacionais, grupo de trabalho, percepção da organização e percepção do ambiente externo. Os dados analisados foram obtidos de uma amostra composta de 672 empregados da EMBRAPA, através de cadastro e questionários auto-aplicados, e comparados quanto as duas categorizações de perfis, meio e fim, segundo a natureza da estrutura (unidades centrais versus descentralizadas) e a da ocupação (suporte a pesquisa versus pesquisador). Constataram-se diferenças significativas em relação as quatro categorias psicossociais, poucas quanto a natureza de estrutura e muitas quanto a ocupação. Entre os pesquisadores predominam os aspectos mais cognitivos e entre o pessoal de suporte a pesquisa evidenciam-se os mais efetivos.; 1992; Trabalho apresentado no XVI Simpósio Nacional de Pesquisa de Administração em Ciência e Tecnologia, Curitiba-PR de 23 a 25 de outubro de 1989.

concepções de administração e administrador em tempos de capitalismo flexível: uma abordagem crítica

Santos, Ana Cristina Batista dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
A tese trata de dois construtos sócio-históricos Administração e Administrador em face do capitalismo em sua fase flexível. Considerando as mudanças do capitalismo, o texto estabelece como objeto de estudo as concepções de Administração e Administrador, para o campo administrativo, na contemporaneidade. A tese é suportada por uma pesquisa de campo cujo objetivo foi compreender criticamente as concepções do campo administrativo sobre a Administração e o Administrador, em tempos de capitalismo flexível. Epistemologicamente, a pesquisa foi conduzida a partir da perspectiva crítica frankfurtiana, fundamentada em três pares categóricos dialéticos: (i) história versus naturalização; (ii) práxis social versus sistema; e (iii) alienação versus emancipação; privilegiando o pensamento crítico vinculado à primeira geração da Escola de Frankfurt. A literatura prevalente da área de Administração foi revisada mediada pelas duas questões ontológicas que suportam a tese: O que é Administração? e O que é Administrador? para autores como Taylor, Fayol, Drucker, Ohno, Deming, Champy e Mintzberg. Metodologicamente, foi realizada uma pesquisa integralmente qualitativa, com uso de três tipos de entrevistas: (i) entrevista narrativa com história de vida; (ii) entrevista com uso de elementos-estímulo; e (iii) entrevista narrativa ficcional. Para compreensão das narrativas...

A comunicação interna numa organização pública

Medeiros, Rildeniro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
The present study compose an analysis on the process of internal communication at a public organization, built on the survey data originary of administrative conduct, observation on the cultural model of the organization and how the interdepartmental and interpersonal relations shows up. The research, exploratory descriptive kind, had theoretical basis on two knowledge areas Administrative Science and Social Communication and was developed at Instituto do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente IDEMA, in Rio Grande do Norte. During data collection, were conducted spontaneous and semi structured interviews with directors and coordinators, besides the application of directed questionnaire to functionaries in two unites of the institution. Through the analysis and interpretation of the data, we came to the conclusion that the process of internal communication at a public organization fall in with same challenges of private organizations, but with peculiarities that attracts the scientific look specially, in concern of the attitude assumed by the administrators in the conduction of communication functions inside the organization, the profile of social actor and the communication channels used. Although the organizational communication represents more and more a strategic function...

Gestão social de uma organização do terceiro setor: o caso da Casa da Criança e do Adolescente Betinho-CCAB

Araújo, Alex Fernandes
Fonte: Mestrado em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Mestrado em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Dissertação
Publicado em 11/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
This dissertation discuss the manegement of physical resources and material humans financiers resources and the interference ofexternai resources front the rendered services ofthe child's house (Foster home) and the adolescent Betinho. CCAB is an organization ofthe third sector qualified as a charitable. ONG that promotes activities obeying the mission ofthe defmed institution as the search for the human being integral development. It is located in a slum in the Jaqueline suburb, which is part ofButantã Administrative Region (RAB) in the city of São Paulo. The methodology of this research work was based on a qualitative study. The sampling was randon and as method ofcollection it was used interviews, documental analysis and the observation non-participant. It was observed that the grade ofexclusion ofthe comunity defines it's condition ofa slum. The lack of participation of it's residents in the struggle to change it's reality, the struggle for power to lead with games ofvanity, the donations as the most effective way to get material resources, the motivation of the ones who volunteer, considered the strong points ofthe organization, the lack ofability of the team, the use of action thecniques, marketing and partnership to raise financial resources and the absence ofsupport of the public power. In this way...

Organização: critérios para uma concepção crítica e objetiva; Organization: criteria for a critical and objective conception

NASCIMENTO, Paulo Tromboni
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
O conceito de organização é, muitas vezes, utilizado de modo subjetivo, vago e até equivocado. Aqui se buscam critérios para criticar e julgar de modo objetivo as definições propostas ou implícitas numa pesquisa em administração. O caminho escolhido foi partir da concepção de Barnard (1942) e dialogar com a literatura científica na área. Sem cair no irracionalismo, critica-se a conceituação formalista e racionalista. Em substituição, entra a correspondência entre resultados e as cobranças das partes interessadas. Afasta-se o foco dos significados, em favor da idéia de sistema social aberto, com divisão de trabalho, reais relações de cooperação e poder e reprodução, apoiada nos resultados dos intercâmbios com o meio social onde se insere a organização. A conclusão está na forma de critérios aplicáveis a uma concepção de organização que se proponha objetiva e crítica.; The concept of organization is often used in subjective, vague and even wrong ways. In this paper, the aim is to find criteria to objectively criticize and judge definitions applied in management research. The adopted approach is to depart from Barnard's conception (1942) and to establish a dialogue with the scientific management literature. Rationalistic and formalistic conceptions are criticized. These ideas are replaced by correspondence between results and stakeholders demands. The focus on meaning is abandoned...

Organização administrativa brasileira: quadro atual e propostas acerca da estruturação de entidades vocacionais ao desenvolvimento de políticas de estado, não subordinadas ao poder público central

Guerra, Sérgio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.2%
o objeto da presente pesquisa é evidenciar o padrão de Estado Regulador brasileiro, sua complexidade e o modelo adotado, em parte, na década de 90, para a sua implementação, notadamente com a criação de algumas autarquias especiais dotadas de autonomia funcional diferenciada em relação ao Poder Público central. Examinando os motivos e a forma adotada para a estruturação dessas entidades reguladoras, no bojo de uma tentativa de reformar a organização administrativa, sob a forma gerencial, pretende-se analisar se esse caminho deve ser trilhado, ainda que em parte, para outros setores. A análise envolve a possível redefinição da divisão de tarefas e competências entre "entidades de Governo" e entes públicos cuja missão requer continuidade ("órgãos de Estado"), especialmente, nos casos de alternância do poder. Pretende-se contribuir para a estruturação de entidades vocacionadas para o desenvolvimento de políticas de Estado.; The object of this research is to show the pattern of the Regulatory State in Brazil, its complexity and the model used in the 90's for its implementation. Was created some special entities with autonomous functional in relation to Central Government. Examining the reason and the form adopted for the management of the regulatory authorities are structured in Brazil in the wake of an attempt to reform the administrative organization in the form of management...

Identidade e cultura organizacional : o processo de identificação dos alunos de programas de pós-graduação stricto sensu em administração em instituições públicas e privadas

Vogt, Sergio
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 235f. : il., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.28%
Orientadora : Profª. Drª. Mariane Lemos Lourenço; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 20/01/2015; Inclui referências; Área de concentração: Estratégia e organizações; Resumo: Uma vez que a cultura exprime, afeta e também estabelece uma identidade, surge a relação entre identidade e cultura. Sendo ambas, aspectos constituintes dos indivíduos e também das organizações, torna-se necessário defini-las e diferenciá-las entre si. A identidade tem a ver com a ideia de singularidade e unicidade e, a cultura é considerada como uma metáfora utilizada para conceituar uma organização. Os valores, as crenças e os pressupostos, os ritos, os rituais e as cerimônias, as estórias e os mitos, os tabus e os heróis, assim como as normas e os processos de comunicação são os principais elementos utilizados para se estudar cultura no contexto organizacional. Já a identificação, que pode ser tanto com um objeto, com uma pessoa, ou então com algumas características destes objetos ou pessoas, é um processo pelo qual o(s) indivíduo(s) se transforma(m) de acordo com um determinado modelo. O principal objetivo deste trabalho é analisar como ocorre o processo de identificação dos alunos de programas de pós-graduação stricto sensu em Administração...

Formas alternativas de administração da educação: um estudo de caso: a Escola Rudolf  Steiner de São Paulo

Teixeira, Maria Cecília Sanchez
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1986 POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
O objetivo deste artigo é descrever e analisar a organização e administração de uma Escola Waldorf - a Escola Rudolf Steiner d S. Paulo - pois ela se apresenta como alternativa à administração atualmente burocratizada de nossas escolas. Partindo do pressuposto de que existe um paralelismo entre a administração de uma escola e a sua pedagogia, procuro mostrar como no caso de uma Escola Waldorf isso é verdadeiro, pois a palicação da pedagogia Waldorf, centrada na relação professor-aluno, só pode ocorrer em uma escola cuja organização e administração criem as condições necessárias a uma atuação consciente e livre do professor. Como a organização e a administração de uma Escola Waldorf fundamentam-se nos princípios antroposóficos propostos por Rudolf Steiner, num primeiro momento, descrevo, ainda que ocorrendo o risco de simplificar demais as suas idéias, algumas noções básicas de antroposofia, bem como a proposta de organização social e a concepção pedagógica dela decorrentes. A seguir, partindo da análise de alguns princípios gerais estabelecidos por Steiner para a organização da Escola, descrevo e analiso a sua estrutura organizacional e alguns aspectos do seu funcionamento como a administração financeira e de pessoal...

Teste no tempo: da teoria clássica da administração à organização atual do trabalho de Enfermagem

Araújo,Denise Rocha; Sampaio,Francisco Miguel Correia; Castro,Marilisa Costa e; Pinheiro,Sofia Alexandra Vieira; Macedo,Ana Paula
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.35%
Enquadramento: A Teoria Clássica da Administração, desenvolvida por Henri Fayol, assentava numa visão administrativa marcada pela previsibilidade, organização, comando, coordenação, e controle. Para pôr em prática este paradigma administrativo, foram definidos catorze princípios gerais da administração. Objetivos: Conhecer as representações dos enfermeiros acerca das práticas administrativas de saúde atuais e perceber em que medida essas representações se aproximam dos princípios da Teoria Clássica da Administração. Metodologia: Estudo qualitativo de natureza descritiva e exploratória. Recolha de dados realizada através de entrevista semiestruturada, com categorias definidas a priori correspondentes aos catorze princípios gerais da administração, realizadas a oito enfermeiros, com caraterísticas profissionais heterogéneas, escolhidos por seleção racional. Resultados: As representações dos enfermeiros entrevistados revelam que estes veem a administração atual em saúde de uma forma relativamente próxima dos princípios preconizados por Fayol. Conclusão: O presente estudo evidencia que o debate com os enfermeiros, acerca da mudança da organização do trabalho em saúde, é fundamental quando está em causa o desenvolvimento de estratégias de gestão mais adequadas à organização do trabalho destes profissionais.