Página 1 dos resultados de 6751 itens digitais encontrados em 0.006 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista

Conservação de coleções em ambientes tropicais: coletando e comunicando dados do Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000); Caring for collections in tropical environments: collecting and communicating data at Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000)

Paula, Teresa Cristina Toledo de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2001 POR
Relevância na Pesquisa
46.96%
As atividades de monitoramento e controle ambiental nas regiões temperadas originaram os parâmetros e práticas hoje estabelecidos mundialmente para a conservação de acervos; tais parâmetros e práticas, entretanto, podem não ser adequados à conservação de acervos em regiões tropicais. Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre as condições ambientais em museu de região tropical, o Museu Paulista da Universidade de São Paulo. Trinta e três salas, halls e corredores nos quatro pavimentos do Museu Paulista têm sido monitorados por termo-higrógrafos desde 1997. Grandes variações na UR (30-98%) e temperatura (12-35 graus C) foram registradas. O efeito nocivo sobre as coleções, esperável em situações climáticas tão inconstantes, não foi encontrado onde há ventilação apropriada. O monitoramento possibilitou, também, a identificação de áreas de alto risco, onde ações localizadas podem ser introduzidas de forma econômica. Desenvolver um modo efetivo de comunicar essas informações ambientais à equipe do museu mostrou-se vital à implementação de medidas sustentáveis de monitoramento e controle climáticos.; The monitoring and environment control activities in the temperate regions have originated the parameters and the actions now established...

Um museu para o século XXI: o Museu Paulista e os desafios para os novos tempos; A museum for the 21st century: Museu Paulista and the challenges for the new times

Glezer, Raquel
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
46.96%
Este texto explora o conhecimento sobre o Museu Paulista, em seus dois prédios, em São Paulo e em Itu: o que é em nossos dias; como foi criado e transformado em Museu de História; o conteúdo histórico que aparece em seu interior como passado materializado; os contextos históricos, nacional e internacional, que não estão citados; as demandas sociais atuais e a necessidade de projeto para o futuro.; This essay peers into the knowledge about Museu Paulista, in its two buildings, in São Paulo and Itu: what is it in our days; how it was created and transformed into a History museum; the historical contents shown within its walls as a materialized past; the historical, national and international contexts, which are not cited; the actual social demands and the need of a project for the future.

A criação do Museu Paulista na correspondência de Hermann von Ihering (1850- 1930); The creation of Museu Paulista in the correspondence of Hermann von Ihering (1850- 1930)

Lopes, Maria Margaret; Figueirôa, Silvia Fernanda de Mendonça
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
47.01%
Este artigo discute aspectos da organização inicial do Museu Paulista a partir das correspondências de Hermann von Ihering com o geólogo Orville A. Derby e o paleontólogo Florentino Ameghino. Considera a discussão sobre a origem do Museu Paulista no contexto dos processos de consolidação das ciências naturais no Brasil. Estes foram marcados, no final do século XIX, pelas disputas por espaços de profissionalização, que ultrapassavam os limites do território nacional. Discute ainda o peso do entrelaçamento das iniciativas de caráter claramente individual nos processos oficiais de criação de loci institucionais para a pesquisa.; This essay discusses some aspects of Museu Paulista's initial organization based on Hermann von Ihering's correspondence with the geologist Orville A Derby and the paleontologist Florentino Ameghino. It considers the discussion on the origins of Museu Paulista within the context of the processes of consolidation of Natural Sciences' in Brazil. In the end of the 19th century, these processes were characterized by disputes for profession-teaching spaces that went beyond national boundaries. It also deals with the weight of the clearly personal-characterized initiatives webbing in the official processes leading to the creation of institutional loci for research.

História nacional em São Paulo: o Museu Paulista em 1922; National history of São Paulo: the Museu Paulista in 1922

Brefe, Ana Cláudia Fonseca
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
47.01%
O texto trata dos cinco primeiros anos da gestão de Affonso de Escragnolle de Taunay no Museu Paulista, de 1971 a 1922. Neste curto período, essencial para entender o perfil que o Museu adquiriu posteriormente, Taunay deu à vetusta instituição do Ipiranga os principais contornos de um museu histórico, ou mais precisamente, de um "lugar de memória" nacional, pretendendo fixá-lo como lugar de origem da nação brasileira e, ao mesmo tempo, concedendo a São Paulo o ansiado destaque no cenário nacional. A autora aborda assim as principais transformações que foram feitas no Museu, em relação à diretoria anterior do naturalista Hermman von Ihering, acompanhando ano a ano abertura de novas salas dedicadas à história nacional e paulista e a realização paulatina da decoração histórica dos espaços monunentais do Museu para a festa do centenário da Independência brasileira em 1922.; The essay is about the five first years of Affonso de Escragnolle de Taunay's term in the Museu Paulista, from 1971 to 1922. In this short period, essential to understand the profile the museum acquired later, Taunay gave the ancient institution of Ipiranga the main outlines of a museum of History, or even more precisely, a "place of national memory"...

Ornamentação do Museu Paulista para o Primeiro Centenário: construção de identidade nacional na década de 1920; Ornamentation of Museu Paulista for the First Centennial: construction of national identity in the 1920's

Makino, Miyoko
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
47.01%
Nas últimas décadas, vários estudos enfocaram o Museu Paulista, as coleções, o edifício-monumento e a gestão Afonso de Escragnole Taunay, contribuindo para o desenvolvimento do conhecimento histórico e do patrimônio arquitetônico, artístico e cultural de São Paulo. A ornamentação do Museu, organizada por Taunay, para os festejos do Primeiro Centenário da Independência, em 1922, composta essencialmente de pinturas e esculturas, visando narrar o período colonial até a Independência, é o foco deste estudo. As fontes permitem entender o caminho da seleção dos temas, a execução e a disposição das obras, em vários níveis, no Saguão, Escadaria e Salão de Honra. Os anos iniciais da gestão Taunay (1917 - 1945) foram propícios para a execução da ornamentação, visto o apoio oficial e os recursos financeiros obtidos, inclusive da sociedade paulista. A conclusão da ornamentação, no entanto, demorou duas décadas, pela exigüidade de verbas, após as festividades do Centenário. A ornamentação foi dada por concluída por Taunay, com a colocação da última ânfora na Escadaria, em 1931, e a publicação do Guia da Secção Histórica do Museu Paulista, em 1937. No entanto, as últimas pinturas foram feitas e incorporadas nos anos 60.; In the last decades...

São Paulo Antigo, uma encomenda da modernidade: as fotografias de Militão nas pinturas do Museu Paulista; Ancient São Paulo, modernity's commission: Militão's photographs as models for oil paintings at the Museu Paulista

Lima, Solange Ferraz de; Carvalho, Vânia Carneiro de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1993 POR
Relevância na Pesquisa
46.93%
Por ocasião das comemorações do centenário da Indendência do Brasil em 1922, o então diretor do Museu Paulista, Affonso de Escragnole Taunay, empenhou-se na montagem de exposições voltadas para a reconstituição arcaizante do passado urbano de São Paulo. Parte desse projeto consistiu em encomendas de pinturas realizadas a partir de matrizes fotográficas do século passado. O presente estudo discute as estratégias visuais presentes na transcodificação de objetos iconográficos de natureza diversa no ãmbito do espaço celebrativo do Museu e seus desdobramentos ideológicos, implícitos nas ações de caráter nacionalista,-educacional e preservacionista.; The centennial commemoration of Brazil's Independence in 1922 offered the director of the Museu Paulista at that time, Affonso de Escragnole Taunay, the opportunity to organize public exhibitions dedicated to an archaizing recreation of São Paulo's urban past. Part of this commemoration resulted in commissioning well known artists to produce oil canvasses from 19th. - century photographic sources. The present study examines the visual strategies in the translation of dissimilar iconographic media, considered within the Museum's celebrative functions, and the ideological implications'in their nationalistic...

History of a collection: Miguel Calmon and the National Historical Museum; História de uma coleção: Miguel Calmon e o Museu Histórico Nacional

Abreu, Regina
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1994 POR
Relevância na Pesquisa
46.93%
Retraçando a trajetória da Coleção Miguel Calmon, doada ao Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, em 1936, estabelece seu significado no contexto histórico e ideológico daquela insti-tuição, que a expôs desde seu ingresso, até seu desmonte, no final da década de 1960. São duas as reflexões cenlrais: a primeira sobre a noção de história subjacente ao modelo de museu que vigorou no Museu Histórico Nacional desde sua fundação, em 1922 alé aos anos 1960; a segunda sobre a construção do personagem Miguel Calmon, apresentado e ritualmente visitado na sala que recebeu seu nome.; Oullining the career of the Miguel Calmon collection, endowed 10 the Nalional Historical Museum (Rio de Janeiro) in 1936, the A. unveils ils meaning in lhe historical and ideological conlext of the museum, which exhibiled lhe grant unlil the end of lhe 1960s, when the show was disconlinued. Two main arguments are deve10ped: first, the concepts of hislory underlying lhe museum paradigm Ihal inspired lhe Museu Histórico Nacional, since its origins in 1922 unlil lhe sixlies; secondly, lhe conslruction of Miguel Calmon's public persona, exhibited and rilually visiled in the roam named afer him.

O Museu do Estado da Bahia, entre ideais e realidades (1918 a 1959)

Ceravolo, Suely Moraes
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.93%
O artigo revê a trajetória do Museu do Estado da Bahia de 1918 a 1959, com vistas a identificar as sucessivas práticas museológicas e o engendramento - enquanto se institucionaliza e consolida-se - dos chamados processos de musealização, que estiveram também relacionados à personalidade de gestores e de suas expectativas diante das articulações políticas e sociais, bem como de suas expectativas em relação ao estado da Bahia. Perpassado por conflitos de diversas naturezas, apontam-se as alterações em seu modo de funcionamento. No marco cronológico em foco, caracterizam-se três momentos sucessivos: o da formação como museu histórico; o de consolidação como museu eclético, com olhos voltados para a história, e o caminho em direção à arte, sob a direção de José Valladares.; This article retraces the trajectory of the Museu do Estado da Bahia from 1918 to 1959. The aim is to identify its successive museological practices and the implementation of the so-called processes of musealization during its institutionalization and consolidation, which were also related to the personalities of the administrators and their expectations regarding political and social interactions, as well their expectations toward the State of Bahia itself. Having dealt with a wide range of conflicts...

O Serviço de documentação textual e iconografia do Museu Paulista; The department of textual and iconographical documentation of Museu Paulista

Makino, Miyoko; Silva, Shirley Ribeiro da; Lima, Solange Ferraz de; Carvalho, Vânia Carneiro de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
46.93%
O artigo faz um balanço dos trabalhos de curadoria realizados durante a década de 1990 pelo atual Serviço de Documentação Textual e Iconografia do Museu Paulista, responsável pelo Fundo MP/Arquivo Permanente, centenas de coleções e fundos textuais e 50.000 peças de iconografia, grande parte delas reunidas em coleções fotográficas. Mostra como o trabalho de documentação extrapola os limites do SVDHICO para integrar-se com as atividades de conjunto do Museu e com outros grupos de pesquisa. Aponta também para novas metodologias de trabalho com imagens que permitem realizar a curadoria de forma integrada à pesquisa interdisciplinar e à difusão cultural.; The essay compares the curatorship's works realized during the decade of 1990 by the actual Department of Textual and Iconographical Documentation of Museu Paulista, responsible for the MP Fund / Permanent File (Fundo MP/Arquivo Permanente), hundreds of collections and textual funds and 50.000 iconography pieces, great part of which are gathered in photographic collections. It shows how the documentation work extrapolates the limits of SVDHICO in order to integrate itself with the group activities of the museum and with other research groups. It also points towards new work methodologies which allow to perform the curatorship in an integrated way with the interdisciplinary research and the culture diffusion.

Os visitantes do Museu Paulista: um estudo comparativo com os visitantes da Pinacoteca do Estado e do Museu de Zoologia

Almeida, Adriana Mortara
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2004 POR
Relevância na Pesquisa
46.96%
Neste artigo pretende-se discutir as diferenças entre os públicos de museus de história, arte e ciência, com um aprofundamento nas motivações e expectativas dos visitantes. Para o Museu Paulista apresentarei de forma detalhada a "fala" dos visitantes em relação aos benefícios da visita e ao que mais gostaram, dando uma leitura preliminar de seu conteúdo.Dessa maneira, pensa-se em colaborar para o desenvolvimento dos estudos de públicos no Brasil, ainda pouco sistemáticos, mas que permitem aos museus conhecer seus públicos e assim criar e aperfeiçoar seus programas, de acordo com sua missão, mas com uma visão mais clara dos seus interlocutores/visitantes e até de seus "não-visitantes". Inicialmente, discutirei a questão da tipologia dos museus, por ser a base da hipótese de pesquisa, ou seja, se o perfil, as motivações e expectativas dos públicos variam conforme o tipo de museu. Em seguida, apresentarei referenciais teóricos e estudos que nortearam a metodologia e alguns dos resultados obtidos.Na última parte, descreverei as respostas dos visitantes do Museu Paulista às questões abertas, procurando identificar as leituras das exposições apresentadas, na visão do receptor/visitante.Este trabalho abriu um conjunto de questões para novas investigações sobre as condições dos visitantes e suas leituras das exposições.; This article presents and discusses the differences between the audiences of history...

Da fotografia como arte à arte como fotografia: a experiência do Museu de Arte Contemporânea da USP na década de 1970

Costa, Helouise
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
46.99%
This article presents the first findings of a research still under development about the process of legitimation of photography as a kind of art by the artistic scene in Brazil. The art museums of the city of São Paulo were chosen for starting that research. Initially, we will be investigating the presence of photography at the Contemporary Art Museum of São Paulo and at the Biennial of São Paulo, as the origin of the Contemporary Art Museum is tided to those two institutions. Following, the arrangement of the photographic technical reserve of the Contemporary Art Museum in the 1970s will be analyzed. This study will be focusing on the work of Walter Zanini, as the first director of the museum, and on the particularities of MAC-USP position in the art system in Brazil which resulted in the understanding of photography as belonging to the sphere of contemporary art in an experimental way and not as an autonomous work of art, according to the principals of the so called artistic photography.; Este ensaio visa sistematizar os primeiros resultados de uma pesquisa, ainda em curso, sobre o processo de legitimação da fotografia pelo sistema de arte no Brasil, cujo foco principal é o museu. Os museus de arte da cidade de São Paulo foram escolhidos para dar início a essa investigação. Primeiramente...