Página 1 dos resultados de 745 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O terceiro xadrez: como as empresas multinacionais negociam nas relações econômicas internacionais; The third chessboard: how the multinational companies negotiate in the iInternational economic relations

Sarfati, Gilberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
O objetivo primário desta tese é identificar como as empresas multinacionais (EMNs) agem como negociadoras nas relações econômicas internacionais (REI). A hipótese geral a ser verificada é de que as EMNs buscam influenciar os Estados e suas coalizões utilizando-se de seu poder estrutural e de seu poder brando, nacional e transnacionalmente, de modo a afetar os interesses dos Estados e de suas coalizões. A efetividade da defesa de seus interesses depende, basicamente, da confluência dos interesses dos Estados e das empresas e da vulnerabilidade dos Estados em relação às atividades das empresas bem como a capacidade relativa das coalizões que as empresas buscam influenciar. Dentro desse contexto, na parte I deste trabalho, proponho uma breve discussão sobre o papel das EMNs nas Relações Econômicas Internacionais contemporâneas, identificando quatro grandes cortes teóricos: Marxismo, incluindo vertentes neo-marxistas como a Teoria da Dependência e o Sistema Mundial Moderno; Neo-Realismo, incluindo a Teoria da Estabilidade Hegemônica, o Neoliberalismo, incluindo a Interdependência Complexa e; a visão delineada por Susan Strange. Como conclusão desta discussão, justifico o meu corte teórico fundamentalmente ligado à interdependência complexa e ao xadrez de três níveis de Nye (Neoliberalismo)...

Transferência, desenvolvimento e reconhecimento de competências organizacionais em subsidiárias estrangeiras de empresas multinacionais brasileiras; Transference, development and recognition of organizational competences in foreign subsidiaries of Brazilian multinational companies

Borini, Felipe Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.62%
O presente estudo procurou compreender a transferência, o desenvolvimento e o reconhecimento das competências das subsidiárias. O objetivo principal foi entender o modelo de gestão da corporação, determinante para o fenômeno da transferência, desenvolvimento e reconhecimento das competências. O modelo proposto abordou a importância das diretrizes estratégicas da matriz na relação com as subsidiárias (autonomia, integração, orientação empreendedora), a gestão da subsidiária (iniciativa própria) e a gestão da relação da subsidiária com o ambiente externo (contexto competitivo e a rede externa). Serviu de base para a elaboração desses pressupostos a teoria da visão baseada em recursos e capacidades dinâmicas; os modelos estratégicos das multinacionais em conjunto com a teoria evolucionária do papel das subsidiárias; e as teorias recentes acerca das multinacionais emergentes. Para testar os pressupostos foi conduzido um survey com as subsidiárias de multinacionais brasileiras. De 46 empresas multinacionais brasileiras identificadas, 29 aceitaram participar da pesquisa. Estas multinacionais tinham 93 subsidiárias para as quais foram enviados questionários, retornando a resposta de 66 subsidiárias. De modo geral os resultados mostram a importância das variáveis ambiente externo para a transferência...

Empresas brasileiras na China: estratégia e gestão; Brazilian companies in China: strategy and management

Pimentel, João Eduardo Albino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.62%
A globalização teve muitas conseqüências na governança do mundo, particularmente, orquestrando um reordenamento econômico em que os países emergentes assumiram uma posição de maior destaque. Soma-se a isso a ascensão de grandes empresas multinacionais com sede nesses países. A China e o Brasil são dois exemplos de países que vem ganhando grande importância no cenário global e cujas empresas também começam a liderar e se destacar em alguns setores. No entanto, são poucas as empresas brasileiras que tem atividades relevantes na China, além de exportações a partir do Brasil. Essa dissertação identifica as razões da situação presente, entre elas a falta de conhecimento e as intensas dificuldades enfrentadas por empresas ocidentais, particularmente brasileiras, na China. Além disso, o governo brasileiro também não exerce algumas funções que lhe seriam próprias no processo. Foi inicialmente realizada uma pesquisa bibliográfica sobre motivações e vantagens para empresas e países dos investimentos diretos no exterior, competitividade internacional, relações econômicas entre Brasil e China, relações governo-empresas no processo de internacionalização e diferenças culturais e institucionais entre os dois países. Com isso...

Strategic Issues em projetos globais de inovação tecnológica em empresas multinacionais brasileiras; Strategic issues in global technological innovation projects in Brazilian multinational companies

Piscopo, Marcos Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.83%
Este estudo foi conduzido com o objetivo de compreender como as strategic issues influenciam o desempenho dos projetos globais de inovação tecnológica em empresas multinacionais brasileiras. Mais especificamente, buscou-se identificar quais issues estiveram presentes nos projetos analisados, quais dimensões de desempenho foram afetadas e com que intensidade, e como as empresas executoras desses projetos lidaram com as referidas issues. O modelo desenvolvido sugere que o desempenho dos projetos globais de inovação tecnológica das empresas multinacionais estudadas é afetado pelas issues que emergem dos próprios projetos, das atividades de inovação, da matriz, das subsidiárias, do setor de atuação e do ambiente externo. Esse modelo foi elaborado a partir da revisão da literatura sobre empresas multinacionais, gerenciamento de projetos e gerenciamento de issues. A pesquisa de campo desta tese foi conduzida em duas etapas, sendo a primeira qualitativa e a segunda quantitativa. A primeira caracterizou-se pela abordagem exploratória e foi efetuada por meio de um estudo de caso com duas organizações. A segunda, de caráter descritivo, envolveu a análise quantitativa de 36 projetos globais de inovação tecnológica desenvolvidos por empresas multinacionais brasileiras. Os resultados indicaram elevado grau de presença das issues que emergiram das atividades de P&D...

Papel da subsidiária brasileira na estratégia de internacionalização dos negócios de empresas multinacionais do setor automotivo; Role of Brazilian subsidiary on the internationalization strategy of multinational companies in the automotive industry.

Costa, Renato Machado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.54%
Em anos recentes, tem-se observado papeis novos para uma subsidiaria estrangeira, quando ela atua em um processo de expansão dos negócios para outro país, denotando sua relevância estratégica maior para a empresa multinacional (EMN). Nesse caso, ao invés de assumir um papel convencional, a filial participa ativamente de uma nova etapa de internacionalização da empresa, algumas vezes até liderando o processo. A singularidade do fenômeno torna-se ainda maior (e mais instigante) quando a EMN é proveniente de um país desenvolvido, e uma subsidiária localizada em um país emergente assume tal papel em sua internacionalização. Esta pesquisa se debruça sobre essa temática, abordando um fenômeno ainda pouco explorado pela literatura, ao investigar o papel da subsidiária brasileira quando esta participa da internacionalização dos negócios da EMN. Em virtude das peculiaridades citadas, a pesquisa foi conduzida por meio de dois estudos de caso realizados em subsidiárias brasileiras com reconhecida participação em processos de internacionalização, pertencentes a multinacionais do setor automotivo, uma delas de origem italiana (Magneti Marelli Cofap) e a outra alemã (Wahler). Foram identificados e analisados os fatores motivadores...

Transferência de conhecimento em multinacionais : uma análise multidimensional de casos de empresas brasileiras no mercado português

Maehler, Alisson Eduardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.75%
Para as empresas multinacionais, transferir conhecimento disperso em diferentes localidades ao redor do globo, de modo rápido e eficiente, tem sido, ao mesmo tempo, uma vantagem e uma necessidade constante (KOGUT e ZANDER, 1993). Nos últimos anos, têm se intensificado os debates acerca do tema, em especial na área de gestão internacional. Além disso, há um aumento considerável no número de empresas brasileiras atuando no exterior e uma maior importância das multinacionais de países emergentes (GUILLEN e GARCIACANAL, 2009). No entanto, apesar de terem sido registrados inúmeros avanços, esses dois fenômenos - aumento do número de multinacionais de países emergentes ou em desenvolvimento e a acentuada discussão sobre a transferência de conhecimento em multinacionais - ainda apresentam uma série de questões não respondidas, além de haver uma série de conceitos, taxonomias e modelos sobre os quais se necessita avançar, pois o tema é cada vez mais importante e emergente (FOOS et al. 2010). Nesse sentido, nesta tese, procurase analisar como ocorre o processo de transferência de conhecimento das multinacionais brasileiras para suas unidades localizadas no exterior e vice-versa, através da análise da estratégia internacional e de uma visão multidimensional...

Governments as Owners: State-Owned Multinational Companies

Cuervo-Cazurra, Alvaro; Inkpen, Andrew; Musacchio, Aldo; Ramaswamy, Kannan
Fonte: Palgrave Macmillan Publicador: Palgrave Macmillan
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
56.62%
The globalization of state-owned multinational companies (SOMNCs) has become an important phenomenon in international business (IB), yet it has received scant attention in the literature. We explain how the analysis of SOMNCs can help advance the literature by extending our understanding of state-owned firms (SOEs) and multinational companies (MNCs) in at least two ways. First, we cross-fertilize the IB and SOEs literatures in their analysis of foreign investment behavior and introduce two arguments: the extraterritoriality argument, which helps explain how the MNC dimension of SOMNCs extends the SOE literature, and the non-business internationalization argument, which helps explain how the SOE dimension of SOMNCs extends the MNC literature. Second, we analyze how the study of SOMNCs can help develop new insights of theories of firm behavior. In this respect, we introduce five arguments: the triple agency conflict argument in agency theory; the owner risk argument in transaction costs economics; the advantage and disadvantage of ownership argument in the resource-based view (RBV); the power escape argument in resource dependence theory; and the illegitimate ownership argument in neoinstitutional theory. After our analysis, we introduce the papers in the special issue that...

Percepção de cultura organizacional em filiais de empresas multinacionais: um estudo comparativo

Franzão, Luziene Soares
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
A cultura organizacional tem sido objeto de estudo de diversas áreas do conhecimento: Antropologia, Sociologia e Psicologia. O interesse pelo tema se acentuou a partir da década de oitenta e várias pesquisas têm sido conduzidas objetivando a sua compreensão e a construção de um corpo teórico-empírico consistente. Cultura organizacional refere-se a um conjunto de valores e práticas compartilhadas pelos membros de uma organização e que a difere das outras. Os referenciais teóricos deste estudo se fundamentam nos estudos de Geert Hofstede, cuja amostra se constituiu de funcionários da IBM em 53 países e no Projeto GLOBE (Global Leadership and Organizational Behavior Effectiveness), conduzido por Robert House e uma grande equipe de pesquisadores que estudaram características de liderança e da cultura em organizações de 62 países. Este trabalho buscou identificar a existência de diferenças de percepção de cultura organizacional por parte dos funcionários de três filiais de empresas multinacionais do ramo industrial situadas no Triângulo Mineiro. As três organizações possuem origem israelense, estadunidense e francesa e a amostra constituiuse de 89 trabalhadores de diferentes áreas destas empresas. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram: um questionário de dados pessoais...

Comparative location advantages, employment relations and US-multinational companies in Germany, Switzerland and the UK; Komparative Standortvorteile, Arbeitsbeziehungen und US-multinationale Unternehmen in Deutschland, der Schweiz und im Vereinigten Königreich

Kluike, Marlies
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
EN
Relevância na Pesquisa
56.44%
This dissertation is concerned with analysing different aspects of two main questions; in how far foreign subsidiaries are located in countries where they can profit from host-country employment relations, and in how far foreign subsidiaries use host-country employment relations practices according to how much they can profit from host-country employment relations. The main theoretical approach referred to in this dissertation is the varieties of capitalism theory. Specific foci of the different parts of the dissertation include: a re-examination of the host-country effect to include hybrid market economies, analyses regarding in how far US-subsidiaries in Germany and Switzerland display characteristics of a strategic fit with their host-country and regarding how US-subsidiaries’ host-country fit and their use of training & skill practices are related. Furthermore, it is investigated to what extent there is a relationship between US-subsidiaries’ staff adjustment practices and subsidiaries’ host-country fit, and how radically innovative US-subsidiaries organise in terms of combinations of HRM practices in the three analysed host-countries. Lastly, in an additional chapter, the location choice of US-companies within Germany in terms of their need for creative staff is analysed.; Diese Dissertation beschäftigt sich mit der Analyse verschiedener Aspekte der folgenden zwei Hauptforschungsfragen; inwieweit ausländische Tochterfirmen in Ländern angesiedelt sind...

Implicações das atividades tecnologicas de subsidiarias de empresas multinacionais para a constituição de capacidades inovativas de fornecedores na industria automotiva brasileira; Implications of technological activities of subsidiaries of multinational companies for the building up of suppliers' innovation capabilities in the Brazilian automotive industry

Rubia Auxiliadora Constancio Quintão
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.82%
Neste trabalho, buscou-se investigar se o crescimento e fortalecimento das atividades de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) das subsidiárias brasileiras de empresas multinacionais (MNCs), na indústria automobilística brasileira, tem levado ao envolvimento de seus fornecedores localizados no Brasil em atividades tecnológicas e resultado em sua maior capacitação tecnológica. A tese se vale do quadro conceitual desenvolvido por Lall (1992) a respeito do processo de aquisição de capacidades de inovação das empresas industriais em países em desenvolvimento, bem como de sua taxonomia para classificar os tipos e níveis dessas capacidades. A contribuição das relações entre fornecedores e clientes da indústria automotiva para a aquisição de capacidades inovativas pelos fornecedores é estudada a partir dos conceitos de tipos de vínculos de aprendizado entre empresas, desenvolvidos por Ariffin e Bell (1999). A tese analisa os resultados da investigação das trajetórias percorridas por empresas de autopeças, dispostas em cinco grupos, segundo seus processos de acúmulo de capacidades tecnológicas. Procurou-se identificar quais são os tipos de vínculo de aprendizado que empresas subsidiárias clientes (montadoras e sistemistas) estabelecem com seus fornecedores (nacionais ou subsidiárias de MNCs)...

Knowledge management in multinational companies: the repatriates’ role in the competitive advantage in subsidiaries

Martins, Dora; Tomé, Eduardo
Fonte: Academic Conferences and Publishing International Limited Publicador: Academic Conferences and Publishing International Limited
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
This paper addresses the topic of knowledge management in multinational companies (MNCs). Its purpose is to examine the role of expatriates in knowledge acquisition and transfer within MNCs. Specifically it focuses on knowledge acquisition and transfer from one MNC head office located in Germany to two Portuguese subsidiaries as a basis for competitive advantage in their Portuguese subsidiaries. A qualitative research methodology is used, specifically through an exploratory case study approach, which examines how international assignments are important for the role of expatriates In knowledge acquisition and transfer between foreign head offices and their Portuguese subsidiaries. The data were collected through semi structured interviews to 10 Portuguese repatriates from two Portuguese subsidiaries of one foreign MNC. The findings suggest that the reasons that lead to expatriating employees from Portuguese subsidiaries to foreign head offices are connected to (1) knowledge management strategies to development the subsidiary’s performance; (2) new skills and knowledge acquisition by future team leaders and business/product managers in Portuguese subsidiaries; (3) procuring knowledge, from agents in head office, to be disseminated amongst co-workers in Portuguese subsidiaries; (4) acquiring global management skills...

The role of home country political resources for Brazilian multinational companies

Bazuchi,Karina Regina Vieira; Zacharias,Suelen Alice da Silva; Broering,Laurent Wiliam; Arreola,Maria Fernanda; Bandeira-de-Mello,Rodrigo
Fonte: ANPAD - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Publicador: ANPAD - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 EN
Relevância na Pesquisa
66.63%
This paper aims to analyze the interactions between home country governments and Developing Country Multinational Companies (DMNCs). Drawing on evidence from the Brazilian political environment and Brazilian multinationals we investigate the mechanisms governments use to influence the internationalization process of domestic companies and firms' political strategic responses to shape the political institutional environment in which they operate. We argue that foreign direct investment (FDI) outflows from developing economies need to be explored given specific country level contextual factors, such as high levels of government involvement. Our main findings support this idea and indicate that home country governments use a series of formal and informal mechanisms in order to drive the international expansion of DMNCs in both the entry and consolidation phases. Moreover, DMNCs political behavior in the home country political environment accounts for an important part of their strategy to develop political resources and obtain above average returns from governmental benefits.

Managing HR in multinational companies in Ireland: autonomy, coordination and control

Gunnigle, Patrick; Lavelle, Jonathan; McDonnell, Anthony; Morley, Michael
Fonte: University of Limerick Publicador: University of Limerick
Tipo: Report; all_ul_research; ul_working_papers; none Formato: 187,245 bytes
ENG
Relevância na Pesquisa
66.67%
non-peer-reviewed; The research team is working on the Irish node an international research project entitled 'Employment Practices of Multinational Corporations (MNCs) in Organisational Context: A Large-scale Survey'. This involves a comprehensive representative survey of employment practice in MNCs in seven countries, Canada, Ireland, Spain, UK, Australia, Mexico and Singapore.; Ireland is one of the world's most foreign direct investment (FDI) dependent economies. This research project addresses patterns of influence and control in multinational companies (MNCs) in Ireland, with particular emphasis on policy and practice in the areas of human resource management (HRM) and employment relations (ER). It seeks to establish the degree of influence and the extent of discretion of the Irish operations within the overall corporate framework of multinational corporations (MNCs). Are managers in these foreign-controlled MNCs simply executors of HR and ER strategies conceived and created at higher levels, or do they play a more strategic role, with autonomy to adjust HR and ER strategies and policies to the local context, and to change and develop the mandates for their firms beyond those initially envisaged at corporate level? It also, uniquely...

Unions on the edge? Industrial relations in multinational companies

Lavelle, Jonathan; Gunnigle, Patrick; McDonnell, Anthony
Fonte: University of Limerick Publicador: University of Limerick
Tipo: Report; all_ul_research; ul_working_papers; none Formato: 82,875 bytes
ENG
Relevância na Pesquisa
66.75%
non-peer-reviewed; The extent and nature of collective employee representation in multinational companies (MNCs) in Ireland has been the subject of intense debate over recent decades. Yet despite numerous commentaries on this and other aspects of industrial relations (IR) in MNCs in Ireland, we have no overall, authoritative picture of the ways in which MNCs manage IR (cf. McDonnell et al., 2007). This chapter reports findings from the first large-scale representative survey of employment practice in MNCs in Ireland. Using data from some 260 MNCs, we present findings on key aspects of IR practice, particularly in regard to trade union recognition and avoidance, collective bargaining and European Works Councils (EWCs). This chapter draws primarily on the results of the first large scale survey of employment practice in multinational companies as reported in Gunnigle, P., Lavelle, J. and McDonnell, A. (2007) 'Human Resource Practices in Multinational Companies in Ireland: A Large-Scale Survey', available: ULIR

Stakeholders of multinational companies: the case of Korean multinational companies in Brazil; Stakeholders das empresas multinacionais: o caso das empresas coreanas multinacionais no Brasil

Kim, JeongHeon
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2015 EN
Relevância na Pesquisa
66.83%
The objective of this study is to investigate the difference between stakeholders\' characteristics in Brazil and in Korea which are perceived by managers of Korean MNCs (This study has been conducted based on data collected from South Korean companies so whenever \"Korea\" and \"Korean\" are mentioned, they should be interpreted as relating to South Korea.) In international business, the multinational environment has become challenging to MNCs, which stem from the multidimensional environments of the countries, such as macroeconomic, cultural, political and legal environments, among others. That is, managing stakeholders in a different environment has become influential to managerial performance of MNCs as well. Thus, in order to identify the main stakeholders and issues related to them as management strategic focus, the stakeholder\'s characteristics of Brazil and Korea were compared and empirically approached. The data collection was done through in-depth interviews with the Korean managers of several Korean multinational companies operating in Brazil, who belong to the department that deals with local stakeholders either directly or indirectly in the host country. According to the data analysis, among the ten categories of stakeholders identified by Clarkson...

On institutional and organisational determinants of human resource management and industrial relations in foreign-owned multinational subsidiaries: a comparative analysis in Ireland and Spain using a quantitative parallel design

Belizón, María Jesús; Morley, Michael; Gunnigle, Patrick
Fonte: University of Limerick Publicador: University of Limerick
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; all_ul_research; ul_published_reviewed; ul_theses_dissertations
ENG
Relevância na Pesquisa
56.47%
peer-reviewed; This thesis provides an in-depth comparative analysis of the factors influencing local autonomy over human resource management (HRM) and industrial relations (IR) in foreign-owned multinational companies (MNCs) located in Ireland and Spain. It employs data from two large scale parallel surveys and a total sample of 452 foreign-owned MNC subsidiaries across both host locations. It examines the extent and use of international HRM structures by these MNCs in their efforts to integrate practices across subsidiaries and it assesses the relative impact of subsidiary characteristics relating to the sector of operations, the age, the size, the mode of entry and the trajectory of new investments. The results point to the significant role of international HRM structures in the MNCs under investigation whereby the higher incidence of such structures results in the subsidiary enjoying less local autonomy over HRM practices. In addition, while IR practices are found to be autonomous of these international structures, their impact on the suite of the HRM practices measured in the analysis varies. Subsidiary characteristics prove significant. Specifically, both the mode of entry and the undertaking of new investments in the host country hold significant explanatory power in accounting for variations in the level of local autonomy over HRM and IR experienced by the subsidiaries under study. The results are discussed in the context of the broader literature and the implications of the lines of enquiry pursued are set down.

The roles of Brazilian subsidiaries in the innovation strategies of foreign multinational companies; Los papeles de subsidiarias brasileñas en las estrategias de innovación de empresas multinacionales extranjeras; Os papéis de subsidiárias brasileiras na estratégia de inovação de empresas multinacionais estrangeiras

Boehe, Dirk Michael
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
Foreign owned multinational companies (MNC) subsidiaries located in Brazil carry out what kinds of product development projects? For which markets do they develop new products, adapt or improve existing products? This paper intends to find an answer to these questions using survey data from 146 product development units. Cluster analysis helps to identify five significantly distinct strategic groups: local adaptors, nascent innovators, local innovators, innovators for emerging markets and global innovators. The groups are profiled according to the type and the degree of interactions with local clients, suppliers and research institutes. The resulting typology may also be useful for designing Science and Technology (S&T) policies focusing on integrating MNC subsidiaries into the host country innovation system. Comparing these results with previous research carried out in industrialized countries, interesting differences as for the distribution of strategic roles and local interaction patterns were found.; ¿Qué tipo de proyectos de desarrollo de productos realizan las subsidiarias de empresas multinacionales ubicadas en Brasil y para cuáles mercados dichos proyectos se dirigen? Con el fin de responder a tales preguntas, se realiza en este estudio un análisis de conglomerados a partir de una investigación survey con una muestra de 146 unidades de desarrollo de productos. En el análisis...

Intersubsidiary relationships and internationalization processes of multinational companies; Relaciones intersubsidiarias y procesos de internacionalización de multinacionales; Relacionamentos intersubsidiárias e processos de internacionalização de multinacionais

Rezende, Sérgio Fernando Loureiro; Versiani, Ângela França
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.75%
Grounded on the conceptualisation of multinational companies as networks of knowledge flows, this article aims to examine the influence of intersubsidiary relationships on the internationalization process of multinational companies. It begins by reviewing theoretical and empirical works that claim that knowledge of internationalization is generated and selected in the relationships between headquarters and the focal subsidiary as well as in the interorganisational relationships of multinational companies. Subsequently, one develops the idea that the internationalization of multinationals is also dependent on knowledge generated and selected in intersubsidiary relationships. Illustrated by a case of an internationalization process of a British firm in the Brazilian market, the article suggests two new hypotheses for future test. The first one deals with the magnitude of exporting/ importing of knowledge and the geographical scope of the subsidiaries that are, respectively, senders/receivers of this knowledge. The second hypothesis brings dynamics to the first one by considering the time variable. Finally, one advances the idea that the internationalization of multinationals is the result of non-linear combinations in space and in time of knowledge generated and selected in intersubsidiary relationships.; Según la idea de que es posible entender a las multinacionales como redes en que circulan flujos de conocimientos...

Avaliação de subsidiárias estrangeiras em empreendimentos multinacionais: um estudo de caso em 28 países; EVALUATION OF FOREIGN SUBSIDIARIES IN MULTINATIONAL COMPANIES: A CASE STUDY IN 28 COUNTRIES

Weffort, Elionor Jreige; Meloni, Samantha; Lemes, Sirlei; Oliveira, Antonio Benedito
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.58%
O aumento no número de companhias multinacionais tem trazido vários desafios para a contabilidade. Por exemplo, esse tipo de empreendimento cross-border demanda cada vez mais informação contábil para tomada de decisão, especialmente aquelas concernentes à avaliação de desempenho de subsidiárias estrangeiras. O objetivo deste artigo é analisar os fatores que, na percepção dos gestores, impactam a análise de desempenho das subsidiárias estrangeiras pela matriz em uma determinada companhia multinacional. Também foram testadas as relações entre as dificuldades apontadas pelos gestores e os indicadores econômicos e culturais dos países da amostra. Para consecução do objetivo, foram enviados questionários para a matriz (nos Estados Unidos) e para 28 de suas subsidiárias estrangeiras na Europa, Ásia, África, América Latina e América do Norte de uma companhia multinacional do ramo de bebidas e alimentos. Os resultados obtidos indicam o desconforto dos gestores especialmente em relação ao impacto dos tributos, conversão da moeda e critérios de avaliação dos ativos diferidos sobre a avaliação de desempenho. O indicador econômico que mais claramente apresentou relação com o nível de satisfação dos gestores foi a taxa de inflação do país da subsidiária correspondente. Os valores culturais não apresentaram relação com a percepção dos gestores.; The increase in the number of multinational companies has been setting accounting many challenges. For instance...

Labour management within the framework of collective bargaining at multinational enterprises

Delfini,Marcelo; Drolas,Ana
Fonte: Editora Mundos Sociais Publicador: Editora Mundos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 EN
Relevância na Pesquisa
56.47%
Multinational companies are major actors in labour relations, all the more so at the moment in that many are seeking to impose flexible labour practices on their subsidiaries. The importance of these firms in Argentina is making an analysis of the way in which they are managing their workforces there a central issue. This article’s goals are thus to construct an analytical typology that makes it possible to determine both the different management practices that can be identified by a study of the Collective Labour Contracts involving multinationals, and the extent to which they constitute flexible forms of management; and then to observe the relationship between those practices and the specific characteristics of multinationals, while taking the latter’s country of origin, economic activity, and size into account.