Página 1 dos resultados de 1758 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Correlation between BMI and motor coordination in children

Lopes, Vítor P.; Stodden, David F.; Bianchi, Mafalda M.; Maia, José A.R.; Rodrigues, Luis Paulo
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
56.42%
Objectives: To analyze the association between motor coordination (MC) and body mass index (BMI) across childhood and early adolescence. Design: This study is cross-sectional. Methods: Data were collected in 7175 children (boys n = 3616, girls n = 3559), ages 6–14 years. BMI was calculated from measured height and weight [body mass (kg)/height (m2)]. Motor coordination was evaluated using Kiphard-Schilling’s body coordination test (KTK). Spearman’s rank correlation was used to study the association between BMI and MC. A Kruskal–Wallis test was used to analyze the differences in MC between children of normal weight, overweight and obese children. Results: Correlations between MC and BMI were negative and varied between 0.05 and 0.49. The highest negative correlations for both boys and girls was at 11 years of age. There was a general pattern of increasing negative correlations in both genders from 6 to 11 years of age and then a decrease in correlation strengths through 14 years of age. In both boys (χ2 (2) = 324.01; p < 0.001) and girls (χ2 (2) = 291.20; p < 0.001) there were significant differences in MC between the three groups’ weight status. Normal weight children of both sexes demonstrated significantly higher MC scores than overweight. Obese children in both sexes had the lowest MC scores among all three groups. Conclusion: Motor coordination demonstrated an inverse relationship with BMI across childhood and into early adolescence. The strength of the inverse relation increased during childhood...

A relação entre coordenação motora e atividade física em crianças dos sete aos 10 anos de idade: um estudo longitudinal; The relationship between motor coordination and physical activity in children from seven to 10 years of age: a longitudinal study

Souza, Cleverton José Farias de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.33%
Estudos mostram que a coordenação motora (CM) melhora com o passar do tempo e apresenta relação com os níveis de atividade física (AF), mas ainda não se sabe como essa relação muda ao longo do tempo. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre essas duas variáveis e a sua mudança em crianças dos sete aos 10 anos de idade, mediante um método longitudinal de pesquisa. A amostra constou de escolares de três projetos que receberam auxílio financeiro do Edital Universal do CNPq. O objetivo central desses projetos foi avaliar diferentes aspectos do crescimento físico, desenvolvimento motor, atividade física e aptidão física de crianças e adolescentes de seis a 14 anos de idade, da Rede de Ensino da cidade de Muzambinho - MG. Das 5 coortes constituídas, o presente estudo analisou os dados de 87 crianças (45 meninos e 42 meninas) da coorte de 7 anos, coletados dos sete aos 10 anos de idade. A CM foi medida com a bateria de testes motores KTK e a AF por meio do questionário de Godin e Shepard. Foram analisadas as mudanças normativas das duas variáveis ao longo do tempo. Para a análise da relação entre elas e a sua mudança no período estudado foram constituídos subgrupos com base no valor mediano do grupo em cada variável...

Permethrin chronic exposure alters motor coordination in rats: Effect of calcium supplementation and amlodipine

Godinho, A. F.; Stanzani, S. L.; Ferreira, F. C.; Braga, T. C.; Silva, M. C.; Chaguri, J. L.; Dias-Junior, C. A.
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 878-884
ENG
Relevância na Pesquisa
66.46%
Recently was observed that pyrethroids decrease motor coordination and that calcium channels can be important targets for this effect. To contribute with this observation, this work studied the motor coordination and exploration (using hole-board apparatus), and locomotion (using open-field apparatus) of rats exposed to following treatments: permethrin (PM), PM plus calcium gluconate (CG) and PM plus amlodipine (AML). The results obtained show that CG or AML alone not changed the motor coordination while PM decreases it. CG kept the effect of permethrin; AML, however, decreased the values of permethrin to the control. Locomotor activity and exploration, which could confound results of motor coordination, were not modified by treatments. The concentration of PM in brain tissue was increased by the CG and AML. The neurosomatic index (weight brain/body weight) was increased by the PM and PM + CG. In conclusion, the combined results here obtained indicates that the calcium ion and the channels in which it is involved can be important targets for the toxic effect of pyrethroid insecticide permethrin on motor nerve activity of rats. (c) 2014 Elsevier B.V. All rights reserved.

Estudo da correlação entre coordenação motora e habilidades motoras de pessoas com sindrome de down; Correlations study between the motor coordination and the motor habilities of people with down syndrome

Sonia Maria Lifante
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.42%
O presente estudo objetivou avaliar a coordenação motora de crianças com síndrome de Down. Foram utilizados o teste KTK de Kiphard e Schilling (1974) e o teste TGMD-2 - TEST OF GROSS MOTOR DEVELOPMENT de Ulrich (2000) como instrumentos de avaliação. Contudo buscamos evidenciar as características da coordenação motora em relação à idade cronológica e ao sexo da amostra avaliada, bem como verificar se existe significância da coordenação motora correlacionando os dois testes. Participaram do estudo 10 crianças com Síndrome de Down com idade centesimal média entre 5.37 e 12.82 anos, sendo 4 meninos e 6 meninas, todas matriculadas em escolas especiais. Para a comparação entre meninos e meninas quanto às variáveis coordenativas foi aplicado o teste t de Student para amostras independentes. O nível de significância assumido foi de 5% (p<0,05). Os resultados revelaram que, apesar da idade centesimal média do sexo masculino ser próxima à do sexo feminino, verificou-se diferença significativa quanto ao desenvolvimento entre os sexos, sendo que, os meninos apresentaram melhor resultado no teste TMGD-2, resultado inverso obteve-se no teste KTK, no qual as meninas obtiveram resultados superiores aos meninos. Quanto a correlação entre os testes...

Actividade física, recreio escolar e desenvolvimento motor : estudos exploratórios em crianças do 1.º ciclo do ensino básico

Lopes, Luís Carlos Oliveira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 23/11/2006 POR
Relevância na Pesquisa
56.48%
Mestrado Estudos da Criança; Actualmente, existe na literatura a evidência unânime, que a prática actividade física regular é benéfica para a saúde. O presente trabalho consta de dois estudos cujos objectivos foram: no primeiro estudo, analisar os efeitos de uma intervenção no recreio escolar nos níveis de actividade física em crianças de ambos os sexos com idades entre os 6 e os 12 anos; no segundo estudo, analisar a relação entre a actividade física habitual e as habilidades motoras fundamentais, e a coordenação motora em crianças de ambos os sexos com idades de 6 e 7 anos. A amostra foi constituída, no primeiro estudo por 158 crianças com uma idade média de 7,81±1,17, no segundo estudo por 21 crianças com uma idade média de 6,38±0,50. A actividade física foi avaliada por acelerometria, as habilidades motoras fundamentais usando o Test of Gross Motor Development (TGMD) e a coordenação motora através do Körperkoordination Test für Kinder (KTK). Os resultados em ambos estudos indicam que estas crianças cumprem as recomendações internacionais de actividade física. No primeiro estudo a intervenção resultou num aumento significativo da actividade física total (> 3 MET´s). No segundo estudo, o desempenho nos testes das habilidades motoras fundamentais (controlo de objectos) e da coordenação motora apresentaram baixos resultados...

Associations between sedentary behavior and motor coordination in children

Lopes, Luís Carlos Oliveira; Santos, Rute; Pereira, Beatriz Oliveira; Lopes, Vítor Pires
Fonte: Wiley Publicador: Wiley
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
66.29%
DOI 10.1002/ajhb.22310; Objectives: This study was conducted to evaluate the relationship between objectively measured sedentary behavior (SB) and motor coordination (MC) in Portuguese children, accounting for physical activity (PA), accelerometer wear time, waist-to-height ratio, and mother’s education level. Methods: A cross-sectional school-based study was conducted on 213 children (110 girls and 103 boys) aged 9–10 in the north of Portugal during the spring of 2010. Accelerometers were used to obtain detailed objective information about daily PA and SB over five consecutive days. MC was measured with a body coordination test (Ko¨rperkoordination Test fu¨ r Kinder). Waist and height were measured by standardized protocols and the waist-to-height ratio (WHtR) was calculated. A questionnaire was used to assess mothers’ educational levels. Receiver-operating characteristic (ROC) and logistic regressions were used. Results: ROC analysis showed that sedentary time significantly discriminated between children with low MC and high MC, with a best trade off between sensitivity and specificity being achieved at 77.29% and 76.48% for girls and boys, respectively (P < 0.05 for both). In both genders, the low sedentary group had significantly higher odds of having good MC than the higher sedentary group...

Associations between gross motor coordination and academic achievement in elementary school children

Lopes, Luís Carlos Oliveira; Santos, Rute; Pereira, Beatriz Oliveira; Lopes, Vitor Pires
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /02/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
66.23%
We aimed to evaluate the relationship between gross motor coordination (MC) and academic achievement (AA) in a sample of Portuguese children aged 9–12 years. The study took place during the 2009/2010 school year and involved 596 urban children (281 girls) from the north of Portugal. AA was assessed using the Portuguese Language and Mathematics National Exams. Gross MC was evaluated with the Körperkoordination Test für Kinder. Cardiorespiratory fitness was predicted by a maximal multistage 20-m shuttle-run test of the Fitnessgram Test Battery. Body weight and height were measured following standard procedures. Socio-economic status was based on annual family income. Logistic Regression was used to analyze the association of gross MC with AA. 51.6% of the sample exhibited MC disorders or MC insufficiency and none of the participants showed very good MC. In both genders, children with insufficient MC or MC disorders exhibited a higher probability of having low AA, compared with those with normal or good MC (p < .05 for trend for both) after adjusting for cardiorespiratory fitness, body mass index and socio-economic status.; CIEC – Research Centre on Child Studies, UM (FCT R&D 317)

Sensitive and specificity of different measures of adiposity to distinguish between low/high motor coordination

Lopes, Luís; Santos, Rute; Moreira, Carla; Pereira, Beatriz Oliveira; Lopes, Vítor Pires
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
66.5%
Available online 7 September 2014; Article in press; Objective This study aimed to determine the ability of different measures of adiposity to discriminate between low/high motor coordination and to evaluate the relationship between different measures of adiposity and motor coordination. Methods This study included 596 elementary school children aged 9 to 12 years (218 females – 47.1%). Weight, height, and waist circumference were objectively measured by standardized protocols. Body fat percentage was estimated by bioelectric impedance. Body mass index and waist-to-height ratio were computed. Motor coordination was assessed by the Körperkoordination Test für Kinder. Cardiorespiratory fitness was predicted by a maximal multistage 20 m shuttle-run test of the Fitnessgram Test Battery. A questionnaire was used to assess the maternal educational level. Results The receiver operating characteristic performance of body fat percentage in females and waist circumference in males presented a slightly better discriminatory accuracy than body mass index, waist circumference and waist-to-height ratio in predicting low motor coordination. After adjustments, logistic regression analyses showed that body mass index (β = 2.155; 95% CI: 1.164-3.992; p = 0.015 for girls; β = 3.255; 95% CI: 1.740-6.088; p < 0.001 for males)...

Sensitivity and specificity of different measures of adiposity to distinguish between low/high motor coordination

Lopes,Luís; Santos,Rute; Moreira,Carla; Pereira,Beatriz; Lopes,Vítor Pires
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 EN
Relevância na Pesquisa
66.5%
OBJECTIVE: This study aimed to determine the ability of different measures of adiposity to discriminate between low/high motor coordination and to evaluate the relationship between different measures of adiposity and motor coordination. METHODS: This study included 596 elementary school children aged 9 to 12 years (218 females - 47.1%). Weight, height, and waist circumference were objectively measured by standardized protocols. Body fat percentage was estimated by bioelectric impedance. Body mass index and waist-to-height ratio were computed. Motor coordination was assessed by the Körperkoordination Test für Kinder. Cardiorespiratory fitness was predicted by a maximal multistage 20 m shuttle-run test of the Fitnessgram Test Battery. A questionnaire was used to assess the maternal educational level. RESULTS: The receiver operating characteristic performance of body fat percentage in females and waist circumference in males presented a slightly better discriminatory accuracy than body mass index, waist circumference and waist-to-height ratio in predicting low motor coordination. After adjustments, logistic regression analyses showed that body mass index (ß = 2.155; 95% CI: 1.164-3.992; p = 0.015 for girls; ß = 3.255; 95% CI: 1.740-6.088; p < 0.001 for males)...

Desenvolvimento de equações generalizadas para estimativa da coordenação motora em crianças e adolescentes portadores de deficiencia mental; Development of generalized equations to the estimative of motor coordination in children and adolescents bearers of mental deficiency

Jose Irineu Gorla
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.4%
O objetivo do estudo foi caracterizar, por meio de uma abordagem transversal, o comportamento das variáveis da coordenação motora global em pessoas portadoras de deficiência mental, procurando estabelecer equações generalizadas para ser empregado em futuras análises, tanto no sentido diagnóstico como no de desempenho. A amostra utilizada constitui-se de 236 sujeitos de ambos os sexos, sendo 149 meninos e 87 meninas, com idade entre 7 e 14 anos, matriculados nas AP AEs da Região Noroeste e Oeste do estado do Paraná. As características de crescimento foram determinadas a partir das medidas de estatura e peso corporal. Para a composição corporal recorreu-se às espessuras de dobras cutâneas determinadas nas regiões tricipital e subescapular. Quanto a coordenação motora, foi administrada a bateria de testes KTK. A técnica de regressão múltipla foi usada no desenvolvimento das equações para a estimativa da Coordenação Motora em portadores de Deficiência Mental. Os valores encontrados para os meninos na correlação múltipla neste estudo foram de 0,9991, com um R2 de 0,9983, equivalente a 99,83% e com um erro paàrão (Ep) de 0,7957, e para as meninas uma correlação múltipla de 0,9956, com um R2 de 0,9912, equivalente a 99...

Relação entre coordenação motora e comportamento sedentário, em crianças; Relationship between the motor coordination and sedentary behaviour in children

Cruz, Maria João Amado Pereira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Relatório de atividade profissional de mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário; Ao longo da minha carreira docente, convivi com diferentes realidades. Relativamente às características sociais das escolas e dos alunos, estas não diferiram muito, uma vez que em todas encontrei alunos muito carenciados e em parte negligenciados. Também não foram as características do meio que apresentaram grandes diferenças entre si, uma vez que todas as escolas se encontravam muito perto do mar, com as características climatéricas que lhe são inerentes. O que mais variou de realidade para realidade, foi a forma de viver a escola, a forma como se encaram os alunos dentro do todo da comunidade escolar e da comunidade em geral. Aprendi que não há formas certas nem erradas, mas que em todas as situações se pode fazer um bocadinho mais e um bocadinho melhor. O processo ensino aprendizagem, deixou de ser um paradigma teórico e passou a ser uma realidade na qual estou incluída, porque eu própria me quero incluir, e porque todos os outros intervenientes mo permitem. Uma questão com que me deparo, no dia-a-dia na escola, é que cada vez mais, a sociedade moderna permite que o ser humano opte por comportamentos sedentários. Este fenómeno abrange as crianças...

Modelação longitudinal dos níveis de coordenação motora de crianças dos seis aos 10 anos de idade da Região Autônoma dos Açores, Portugal; Longetudinal modeling of motor coordination levels of children aged six to 10 years of age from the Autonomous Region of Azores, Portugal

Deus, Renata Karine Batista Coelho de; Bustamante, Alcibíades; Lopes, Vitor Pires; Seabra, André Teixeira e; Silva, Rui Manuel Garganta da; Maia, José António Ribeiro
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Este estudo é percorrido por três principais objetivos: 1) caracterizar o desenvolvimento modal e as diferenças inter-individuais da coordenação motora; 2) verificar a existência de um efeito associado ao gênero; 3) testar a relevância de preditores do desenvolvimento da Coordenação motora (CoM) tais como o IMC e os níveis de Atividade Física. A amostra é constituída de 285 crianças (143 meninos e 142 meninas). A coordenação motora foi determinada a partir da bateria de testes KTK (Equilíbrio em deslocamento para trás, Saltos laterais, Saltos monopedais e Transposição lateral). O questionário de Godin e Shephard (1985) foi utilizado para avaliar a Atividade Física. As estatísticas descritivas básicas foram calculadas no SPSS 15. A mudança intra-individual e as diferenças inter-sujeitos foram efetuadas no programa estatístico HLM, versão 6. É visível um incremento dos valores médios, em ambos os sexos, para as todas as provas do KTK, bem como do IMC e o dos níveis de Atividade Física. Os melhores resultados foram observados nas crianças que estavam no 1º quartil do IMC e no 3º da Atividade Física. Os resultados reafirmam a necessidade de uma estrutura didático-metodologica das aulas de Educação Física para que as crianças alcancem níveis adequados de coordenação para sua idade; This study aims at: 1) describing models for developmental changes and interindividual differences in gross motor coordination (CoM); 2) verify the presence of gender effects; 3) and test the importance of BMI and physical activity level in motor coordination (CoM) development. Sample size comprises 285 children (143 boys and 142 girls). Motor coordination was evaluated with the test battery "Körperkoordinationstest für Kinder" (KTK) consisting of four tests: backward balance (ER)...

Variabilidade na coordenação motora: uma abordagem centrada no delineamento gemelar; Variabilidad en la coordinación motora: un enfoque centrado en el delineamiento gemelar; Variability in motor coordination: an approach based on the twin design

Chaves, Raquel Nichele de; Tani, Go; Souza, Michele Caroline de; Santos, Daniel; Maia, José
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O propósito deste estudo foi estimar a contribuição dos fatores genéticos e ambientais na variabilidade do desempenho interindividual na coordenação motora. A amostra foi constituída por 64 pares de gêmeos portugueses, com idades entre cinco e 14 anos. Avaliou-se o desempenho da coordenação através das quatro provas da bateria KTK: equilíbrio à retaguarda (ER); saltos monopedais (SM); transposição lateral (TL); saltos laterais (SL). Calculou-se o coeficiente de correlação intraclasse (t), sendo estimada a contribuição dos fatores genéticos (a²), ambientais comuns (c²) e únicos (e²). Os resultados mostram valores de t mais elevados entre gêmeos monozigóticos, sugerindo presença de fatores genéticos. Entretanto, estimativas de a² foram baixas, variando entre 15% (TL) e 41% (SM), enquanto para c² situaram-se entre 46% (SL) e 58% (TL), e para e² entre 11% (SM) e 28% (TL). Conclui-se que fatores ambientais são responsáveis pela maior parcela de influência na variabilidade do desempenho na coordenação motora.; El objetivo del presente estudio fue estimar la contribución de los factores genéticos y ambientales en la vEl objetivo del presente estudio fue estimar la contribución de los factores genéticos y ambientales en la variabilidad del desempeño interindividual en la coordinación motora. La muestra fue constituida por 64 pares de gemelos portugueses...

Motor coordination of children: construction of centiles charts with LMS method by Cole and Green; Desempenho coordenativo de crianças: construção de cartas percentílicas baseadas no método LMS de Cole e Green

Chaves, Raquel Nichele de; Tani, Go; Souza, Michele Caroline de; Baxter-Jones, Adam; Maia, José
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Os propósitos do estudo foram: 1) apresentar valores de referência percentílica às quatro provas da bateria de testes KTK; 2) comparar o desempenho coordenativo entre crianças vouzelenses e de outros estudos do país e exterior; e 3) apresentar pseudo-curvas de velocidade para cada prova. Foram avaliadas 811 crianças com idades entre os seis e os 10 anos. O desempenho coordenativo foi estimado por meio da bateria KTK. Cartas percentílicas e pseudo-curvas de velocidade foram construídas com base no método LMS, implementado no "software" LMSchartmarker Pro versão 2.54. Os valores de referência percentílicas expressam forte variabilidade interindividual do desempenho coordenativo. Em geral, os valores médios vouzelenses são inferiores aos belgas e alemães. O comportamento do percentil 50 das quatro provas do KTK é similar entre Vouzela, Peru e Açores. As pseudo-curvas de velocidade sugerem especificidade em cada prova e sexo, bem como diminuição dos ganhos coordenativos ao longo da idade.; The purposes of this study were 1) to construct reference values to KTK test battery; 2) to compare Vouzela children’s motor coordination with those from other Portuguese sites and international references; 3) to present pseudo-velocity curves for each KTK test. The sample comprises 811 children aged six to 11 years. Motor coordination was assessed with the four tests of the KTK Battery. Centile charts were constructed using the LMS method implemented in LMSchartmarker Pro software. Pervasive interindividual differences were noted in all coordination tests. Mean values of Vouzela children’s motor coordination were lower than German and Belgian samples. 50th percentile was similar among Vouzela...

Problemas de coordenação motora em crianças de 4 a 8 anos: levantamento baseado no relato de professores; Problems in motor coordination in children ages 4 to 8 years old: a survey based on teachers' report

Magalhães, Lívia de Castro; Rezende, Márcia B.; Amparo, Fernanda; Ferreira, Gabriela Nunes; Renger, Cristiane
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
56.43%
O termo transtorno do desenvolvimento da coordenação (TDC) ainda é pouco usado no Brasil e a maioria das crianças com esse tipo de problema não é diagnosticada. As dificuldades de coordenação motora geralmente são evidenciadas na escola e, embora queixas de crianças com problemas de escrita ou lentidão motora sejam comuns, essas dificuldades não são identificadas como uma questão que merece atenção especial. O objetivo deste estudo foi examinar a freqüência e as atividades nas quais professores observam dificuldades de coordenação motora em crianças de 4 a 8 anos de idade. Um questionário simples, com questões fechadas, foi enviado a escolas da região metropolitana de Belo Horizonte. Dados de 288 questionários, sendo 148 de professores da rede Municipal e 140 de escolas particulares, foram analisados descritivamente. A maioria dos professores, 88% nas escolas Municipais e 79% nas particulares, indicaram que geralmente observam problemas de coordenação em um a dois alunos em cada classe, o que resultou na estimativa de 18,6% de crianças com algum tipo de dificuldade motora. Estes dados superam os 6% reportados na literatura internacional, sendo importante investir em estudos epidemiológicos e na identificação correta do TDC em crianças brasileiras.; The term developmental coordination Disorder (DCD) is still new in Brazil and most of the children with this type of problems are not diagnosed. Motor coordination difficulties usually are observed at school...

Avaliação da coordenação e destreza motora - ACOORDEM: etapas de criação e perspectivas de validação; The assessment of motor coordination and dexterity: test development and validation perspectives

Magalhães, Lívia C.; Nascimento, Viviane C. S.; Rezende, Márcia B.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2004 POR
Relevância na Pesquisa
56.45%
Problemas de coordenação motora são comuns na infância e podem influenciar o desempenho escolar e a auto-estima da criança. Existem vários testes para detecção de problemas motores, mas nenhum deles foi criado e estandardizado para a criança brasileira. Na ausência de instrumentação apropriada para diagnóstico e caracterização das dificuldades motoras, muitas crianças não recebem ajuda, aumentando o risco de fracasso escolar. Nesse trabalho descrevemos as etapas iniciais de criação da Avaliação da Coordenação e Destreza Motora (ACOORDEM), teste para detecção de transtorno da coordenação motora em crianças de 4 a 8 anos de idade. A metodologia incluiu a revisão dos principais testes utilizados para avaliação da coordenação motora em crianças e criação de banco de dados com 349 itens de teste. Itens similares foram descartados e os restantes submetidos a critérios de inclusão, baseados nos princípios teóricos que nortearam a criação da ACOORDEM. Criou-se a versão inicial do teste, cuja validade de conteúdo foi avaliada por pesquisadores e profissionais que atuam na área de desenvolvimento infantil.; Problems in motor coordination are common in infancy and they may influence the child's school performance and self-stem. There are various tests designed to detect motor problems...

Fine motor coordination and writing of 6-9 year-old children born preterm and full term; Coordenação fina e escrita de crianças de 6 a 9 anos nascidas a termo e pré-termo

Garcia, Natalia Barbosa Coronado; Magalhães, Livia de Castro; Santos, Jair Lício Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 04/09/2015 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
56.48%
Objectives: To investigate the relation between fine motor coordination and the quality of writing in school children born preterm and full term. Method: Description and comparison between the preterm group – 28 school children with gestational ages between 32 and 36 weeks, birth weight ≤ 2500 g; and full term group – 28 school children born at gestational age ≥ 37 weeks, birth weight ≥ 2500 g, paired by gender, age, school class and socioeconomic status. The parents of the school children in both groups completed questionnaires on motor performance and economic classification. Motor performance and writing were assessed by the Motor Coordination and Dexterity Assessment (ACOORDEM), and the teachers completed questionnaires to identify motor cordination difficulties (DCDQ–Brazil), attention, and learning (EDTAH) deficits. Results: There were significant differences in some items of writing and fine coordination tests, and preterm infants tended to underperform in writing, fine and global coordination and were more prone to attention deficit and hyperactivity disorder. A correlation between performance in writing and some motor items was found. The results indicated greater probability of motor and writing difficulties among preterm school children...

Validade de conteúdo de questionários de coordenação motora para pais e professores; Content validity of motor coordination questionnaires for parents and teachers

Lacerda, Tatiana Teixeira Barral de; Magalhães, Lívia de Castro; Rezende, Márcia Bastos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.48%
INTRODUÇÃO: O termo Transtorno do desenvolvimento da coordenação (TDC) tem sido usado para referir às crianças que, na ausência de lesões do sistema neuromotor, apresentam dificuldades para realizar tarefas de vida diária que requerem coordenação motora. Face à escassez de testes de coordenação motora, validados para a criança brasileira, iniciou-se o processo de criação e validação da Avaliação da Coordenação e Destreza Motora - ACOORDEM. O teste é dividido em 3 partes, sendo duas compostas por itens de observação direta do desempenho motor da criança e uma terceira parte que consiste de dois questionários estruturados, que visam avaliar o desempenho funcional da criança em casa e na escola. OBJETIVO: O objetivo geral deste estudo foi examinar a validade de conteúdo dos Questionários de Pais e Professores da ACOORDEM. MÉTODO: um painel de experts, composto por nove profissionais, 11 pais e sete professores, avaliou a qualidade dos itens dos Questionários. O Questionário para Professores é composto por 73 itens e o de Pais por 108. RESULTADOS: Os resultados da avaliação deram suporte à validade de conteúdo dos Questionários de Pais e Professores, uma vez que mais de 87 % dos itens foram considerados de boa qualidade. CONCLUSÃO: Como resultado do painel de experts foi feita revisão e modificações nos questionários...

Motor coordination: influence of age, sex, socio-economic status and levels of adiposity, in peruvian children; Coordinación motora: influencia de la edad, sexo, estatus socio-económico y niveles de adiposidad en niños peruanos

Valdivia, Alcibiades Bustamante; Universidad Nacional de Educación “Enrique Guzmán y Valle”, La Cantuta.; Cartagena, Liz Caballero; Universidad Nacional de Educación “Enrique Guzmán y Valle”, La Cantuta.; Sarria, Natalia Enciso; Universidad Na
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
66.39%
 The objective of this study was to describe motor coordination (CoM) levels, in addition to the infl uence of age, socioeconomic status (SES), sex and subcutaneous adiposity on the CoM of Peruvian children aged six to eleven years. The sample size was 4007 children (n=1889 females; n=2118 males) from several schools in the metropolitan area of Lima, Peru. CoM was assessed with the KTK (Kiphard and Schilling, 1974) test battery that includes 4 tests: balancing backward (BB), hopping on one leg (HO), jumping sideways (JS) and shifting platforms (SP). Subcutaneous adiposity included the sum of several skinfolds: triceps, subscapular and calf. Socioeconomic status (SES) was evaluated according to the physical location of each school (type of neighborhood). Exploratory, descriptive and inferential statistical analyses (ANOVA II as well as regression linear models) were performed using SPSS 15. Signifi cant increases in mean values of CoM were observed in both sexes and across age. Children with high adiposity exhibited lower performance in all tests. Boys outperformed girls. High SES has a greater infl uence only on HO, and a low SES proved relevant to BB performance. It can be concluded that CoM is highly specifi c to each gender. Body fat levels have a negative infl uence on each coordination test...

Associações entre actividade física, habilidades e coordenação motora em crianças portuguesas. DOI: 10.5007/1980-0037.2011v13n1p15; Association between physical activity and motor skills and coordination in Portuguese children. DOI: 10.5007/1980-0037.2011v13n1p15

Lopes, Luís Oliveira; Universidade do Minho. Braga, Portugal.; Lopes, Vítor Pires; Educação do Instituto Politécnico de Bragança. Bragança, Portugal.; Santos, Rute; Universidade do Porto. Porto. Portugal.; Pereira, Beatriz; Universidade do Minho.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 29/12/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
56.56%
Actualmente, existe na literatura a evidência unânime, que a prática actividade física (AF) regular é benéfica para a saúde. A variação na AF nas crianças é resultado de vários factores, nos quais se incluem as habilidades motoras fundamentais (HMF) e a coordenação motora (CM). Analisar a relação entre a AF habitual e as HMF, e a CM em crianças de ambos os sexos com idades de 6 e 7 anos. A amostra foi constituída por 21 crianças com uma idade média de 6,38±0,50. A actividade física habitual foi avaliada por acelerometria, as habilidades motoras fundamentais usando o Test of Gross Motor Development (TGMD-2) e a coordenação motora através do Körperkoordination Test für Kinder (KTK). As crianças deste estudo cumprem as recomendações internacionais de AF regular. No KTK, a maioria das crianças (52,4%) apresentou perturbações da CM e insuficiências coordenativas, 47,6% valores correspondentes a uma CM normal, nenhum sujeito apresentou uma CM boa ou muito boa; no TGMD-2, para a avaliação locomotora...