Página 1 dos resultados de 349 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Atividade inseticida e modo de ação de extratos de meliáceas sobre Bemisia tabaci (Genn., 1889) Biótipo B.; Insecticidal activity and action way of extracts from meliaceae plants on silverleaf whitefly Bemisia tabaci (genn., 1889) Biotype B.

Souza, Antonio Pancracio de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
46.98%
Foram conduzidos experimentos com o objetivo de avaliar a bioatividade e o modo de ação de extratos aquosos e orgânicos de ramos de Trichilia pallida Swartz e extratos aquosos de sementes de nim, Azadirachta indica A. Juss, em relação a ninfas e ovos da mosca-branca Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B. Inicialmente, verificou-se que o extrato aquoso de sementes de nim apresenta ação inseticida sobre ninfas de mosca-branca pelas vias translaminar, sistêmica e de contato, nas concentrações de 1; 0,5 e 0,3% (p/v), respectivamente. Em seguida, na comparação entre os extratos metanólico, etanólico, clorofórmico e hexânico de ramos de T. pallida, na concentração de 5% (p/v), foi selecionado o extrato clorofórmico como mais eficiente sobre ninfas de mosca-branca. Esse extrato foi comparado com os extratos aquosos de sementes de nim e de ramos de T. pallida sobre as ninfas quanto aos três tipos de ação nas respectivas concentrações determinadas no experimento. Apenas o extrato de nim provocou mortalidade ninfal pelas três vias testadas. Em relação à fase de ovo, constatou-se que a sua idade não afeta a ação ovicida do extrato aquoso de sementes de nim. Na comparação da ação translaminar e sistêmica dos extratos aquoso e clorofórmico de ramos de T. pallida e aquoso de sementes de nim...

Efeito de extratos brutos e frações de meliáceas (Rutales: Meliaceae) na sobrevivência e no comportamento de Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B (Hemiptera:Aleyrodidae) em tomateiro; Effect of crude extracts and fractions of meliaceas (Rutales: Meliaceae) on the survivorship and behavior of Bemisia tabaci (Gennadius) B biotype (Hemiptera: Aleyrodidae) in tomato plants

Bezerra, Gerane Celly Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.98%
Nesse trabalho objetivou-se avaliar a bioatividade de extratos brutos e suas frações, obtidos com diferentes solventes, de folhas e de ramos de plantas da família Meliaceae sobre a mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B. Inicialmente, utilizando o extrato em diclorometano de folhas de Trichilia pallida determinou-se a concentração necessária para causar mortalidade de ninfas de 50 a 60%, sendo o valor obtido (0,56%) utilizado nos bioensaios subseqüentes. Comparando-se os extratos brutos em diclorometano de folhas e ramos de Azadirachta indica (EFAID e ERAID), Melia azedarach (EFMAD e ERMAD), Toona ciliata (EFTCD e ERTCD) e T. pallida (EFTPD e ERTPD), verificou-se que os mesmos afetam significativamente tanto ovos como ninfas da mosca-branca. Já na comparação entre os extratos brutos em etanol de folhas e ramos de A. indica (EFAIE e ERAIE), M. azedarach (EFMAE e ERMAE), T. ciliata (EFTCE e ERTCE) e T. pallida (EFTPE e ERTPE), constatou-se que os mesmos afetam apenas as ninfas. Com base nesses resultados, selecionaram-se os ERTPD, EFAIE, ERAIE, ERMAE, EFTCD e ERTCD, para os quais foi avaliado o efeito sobre a mortalidade de ovos e ninfas e o período embrionário, constatando-se que os extratos não apresentam efeito ovicida...

Preferência para oviposição de Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae) em genótipos de soja, sob condições de campo

Lima, Antonio C. S.; Lara, Fernando Mesquita; Barbosa, José C.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 297-303
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
Dez genótipos de soja: IAC 100, IAC 74-2832, IAC 90-2971, IAC 78-2318, PI 227687, PI 229358, PI 274454, BR-82 12547, MG/BRS-68 (Vencedora) e FT-5 (Formosa), foram avaliados quanto a resistência, do tipo não-preferência para oviposição, à mosca-branca, Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B. O ensaio foi realizado no campo experimental da FCAV/UNESP, Jaboticabal-SP, de outubro de 1999 a janeiro de 2000. Pretendeu-se, ainda, verificar a preferência de oviposição da referida espécie em relação às folhas unifolioladas e trifolioladas, e quanto à posição do folíolo na folha trifoliolada, e estabelecer o número mínimo de folíolos necessários para amostrar adequadamente a oviposição da mosca branca. Constatou-se que a oviposição foi menor nos genótipos BR-82 12547 e IAC 74-2832 em todas as avaliações (15, 30, 45, 65 e 85 dias após a emergência das plantas). As maiores taxas de oviposição ocorreram em IAC 90-2971, IAC 100, PI 227687 e PI 274454. O número médio de ovos depositados por seção de folha pelas fêmeas de B. tabaci biótipo B nas folhas trifolioladas não diferiu significativamente dos obtidos nas unifolioladas, 15 dias após a emergência das plantas (estádios de desenvolvimento entre V3 e V5), em 70% dos genótipos. Quanto à posição dos folíolos...

Interação de Tomato severe rugose virus com Bemisia tabaci biótipo B, a acessos de Capsicum spp. e ocorrência de espécies de mosca-branca no Estado de São Paulo

Marubayashi, Julio Massaharu
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xii, 93 f. : il. color., grafs. tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.88%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; Tomato severe rugose virus – ToSRV é um vírus pertencente ao gênero Begomovirus da família Geminiviridae, proveniemte de pimentão e transmitido pelo aleirodídeo Bemisia tabaci biótipo B. Este biótipo B foi introduzido no início dos anos 90, é um inseto polífago reproduzindo-se em mais de 500 espécies de plantas anuais e herbáceas. Causa danos diretos como a sucção de seiva com ação toxicogênica e aparecimento de fumagina, e danos indiretos pela transmissão de vírus, principalmente os begomovírus. O presente trabalho teve como objetivo estudar a interação do isolado ToSRV [PJU] com o vetor Bemisia tabaci biótipo B, avaliar a atratividade do inseto à diversos acessos de Capsicum spp., e determinar os biótipos de mosca-branca encontrados no Estado de São Paulo. Para avaliar a eficiência de transmissão do vírus pelo inseto foram realizadas as combinações tomateiro para tomateiro (T/T), tomateiro para pimentão (T/P), pimentão para pimentão (P/P) e pimentão para tomateiro (P/T). As melhores condições de transmissão foram observadas com temperaturas ao redor de 30 ºC...

Qualidade de híbridos de melão após a aplicação de imidacloprid para controle de mosca-branca

Silva,Geomar G. da; Praça,Everardo F.; Menezes,Josivan B.; Gomes Junior,Julio; Vieira,Clemens P.G.
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2000 PT
Relevância na Pesquisa
66.75%
Com o objetivo de avaliar a qualidade de diferentes híbridos de melão após a aplicação do inseticida imidacloprid via fertirrigação e pulverização para o controle da mosca-branca (Bemisia argentifolii Bellows & Perring), foi conduzido um ensaio na região agrícola de Mossoró-Açú-RN. As características avaliadas foram: população de insetos, produtividade, firmeza de polpa, sólidos solúveis, acidez, pH, açúcares totais, redutores e não redutores. O delineamento experimental foi blocos completos em parcelas subdivididas com quatro repetições. As parcelas foram constituídas pelos métodos de aplicação do inseticida (fertirrigação, pulverização e controle sem aplicação de inseticidas). As subparcelas foram ocupadas pelos três híbridos utilizados no experimento (Orange Flesh, AF 682 e Hy-Mark). O método de aplicação do inseticida teve efeito significativo na produção dos híbridos e o conteúdo de açúcares redutores. Houve aumento na produção do melão de 20,52% (fertirrigação) e 13,54% (pulverização), quando comparados à testemunha.

Eficiência de tiacloprid para o controle de mosca-branca

Branco,Marina Castelo; Pontes,Ludmilla A.
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.75%
O impacto de tiacloprid sobre a mortalidade de adultos, fertilidade de fêmeas, viabilidade de ovos e desenvolvimento de ninfas de Bemisia argentifolii foi determinado em quatro experimentos. No primeiro experimento, para avaliar a eficácia de tiacloprid em causar a mortalidade de adultos, foram utilizadas folhas de repolho tratadas com tiacloprid (96 g i.a./ha), imidacloprid (14 g i.a./ha), acefato (750 g i.a./ha), deltametrina (6 g i.a./ha) e água e adultos liberados nas gaiolas contendo as folhas tratadas. A mortalidade de adultos foi avaliada após 72 h. No segundo experimento, para avaliar o impacto de tiacloprid sobre a fertilidade das fêmeas, utilizaram-se folhas de repolho tratadas com o inseticida ou água colocadas nas gaiolas, seguida da liberação de 50 adultos por 24 h. Transcorrido este tempo, os adultos foram transferidos para uma outra gaiola contendo folhas de repolho sem tratamento com inseticida por mais 24 h, quando foram então removidos. O número de ovos sobre cada folha foi determinado e as folhas foram colocadas em uma câmara por dez dias, quando o número de ninfas foi determinado. No terceiro experimento, para avaliar o impacto de tiacloprid na eclosão de ninfas, utilizou-se ovos de mosca-branca com idades de um e cinco dias tratados com tiacloprid ou água e...

Dinâmica populacional de Bemisia tabaci biótipo B em tomate monocultivo e consorciado com coentro sob cultivo orgânico e convencional

Togni,Pedro HB; Frizzas,Marina R; Medeiros,Maria A de; Nakasu,Erich YT; Pires,Carmem SS; Sujii,Edison R
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
47.04%
A mosca-branca Bemisia tabaci Biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae), é um herbívoro de difícil controle devido à alta plasticidade genotípica da espécie. No tomateiro pode causar danos severos principalmente pela transmissão de diversas viroses. O manejo do sistema de produção e o consórcio de culturas podem ter um efeito direto nas populações desse herbívoro, sem que seja necessária a aplicação de inseticidas. Avaliou-se a influência dos sistemas de produção orgânico e convencional e o consórcio tomate-coentro na dinâmica populacional da mosca-branca no campo experimental da Embrapa Hortaliças, de maio a setembro/06. O monitoramento dos adultos da mosca-branca e de seus inimigos naturais foi realizado utilizando-se armadilhas adesivas amarelas fixadas nas bordas e no interior das parcelas experimentais e a amostragem de ninfas foi realizada por observação direta das folhas de tomate no campo. Embora as populações ao redor dos diferentes tratamentos fossem equivalentes, a abundância de adultos de mosca-branca foi significativamente menor nas parcelas de tomate consorciado com coentro, tanto no sistema convencional como orgânico. Apenas o consórcio tomatecoentro em sistema orgânico apresentou redução significativa na quantidade de ninfas por planta em relação aos demais tratamentos. Os inimigos naturais foram significativamente mais abundantes em sistema orgânico e foi verificada uma correlação negativa da abundância dos inimigos naturais e a quantidade de ninfas por planta. A associação tomate-coentro e o manejo orgânico do agroecossistema favoreceram ao controle biológico natural da mosca-branca.

Atividade ovicida de extratos aquosos de meliáceas sobre a mosca branca Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B em tomateiro

Souza,Antonio Pancrácio de; Vendramim,José Djair
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2000 PT
Relevância na Pesquisa
66.88%
A mosca branca Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B atualmente é uma das principais pragas do tomateiro. O uso de extratos botânicos no controle desse inseto é uma alternativa promissora, mas que ainda precisa ser melhor pesquisada. O presente trabalho teve como objetivo determinar a bioatividade de extratos aquosos de folhas de Melia azedarach L. e de ramos de Trichilia pallida Swartz, sobre a mosca branca Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B, criada em tomateiro. Foram realizados dois experimentos, avaliando-se a mortalidade e duração das fases de ovo e ninfa, após o tratamento da fase de ovo com os referidos extratos. No primeiro experimento, foram testadas as concentrações de 1 e 2% (p/v), acrescentando-se a concentração de 3% no segundo experimento. Em todos os tratamentos houve efeito ovicida, sendo o maior valor obtido com T. pallida a 3% (52,32%). Nos demais tratamentos, a mortalidade variou entre 16 e 37%. Os extratos aplicados sobre os ovos pouco afetaram a sobrevivência ninfal. Com exceção do tratamento com T. pallida a 2%, no primeiro experimento, em que a mortalidade ninfal foi de 26,42%, nos demais a mortalidade foi inferior a 16%. Em nenhum dos experimentos foi verificada alteração na duração dos períodos de incubação e ninfal.

Função bioquímica da via daslipoxigenases em plantas de soja submetidas ao ataque de mosca-branca (Bemisia argentifolii)

Silva,Francine Barbosa; Oliveira,Maria Goreti de A.; Brumano,Maria Helena N.; Pires,Christiano Vieira; Almeida,Fabrício Tadeu de; Oliveira,Joel Antônio; Pilon,Anderson Martins; Silva,Carlos Henrique Osório; Moreira,Maurilio Alves
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.88%
Neste trabalho, avaliou-se a capacidade da planta de soja de uma cultivar comercial, IAC-100, e de um genótipo IAC-100 TN que apresenta ausência de lipoxigenases nas sementes de responderem ao ataque de mosca-branca (Bemisia argentifolii) pela via das Lipoxigenases. Foi realizada a caracterização cinética do pool de lipoxigenases. Os valores de KMapp decresceram nas plantas atacadas, sugerindo uma alteração no pool de lipoxigenases foliares. Valores similares de KMapp, entre os genótipos, indicam que a remoção de lipoxigenases de sementes não interferiram na expressão de lipoxigenases em folhas. Ocorreu aumento significativo na produção de inibidores de proteases. Com esses resultados, infere-se que a produção de inibidores de proteases está envolvida no mecanismo de defesa de soja ao ataque da mosca-branca.

Atividade inseticida de extratos aquosos de meliáceas sobre a mosca-branca Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae)

Souza,Antonio P. de; Vendramim,José D.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.75%
Avaliou-se a atividade inseticida de extratos aquosos (na concentração de 3% p/v) de ramos, folhas, frutos verdes e frutos maduros de Melia azedarach L. e de ramos, folhas e córtex de Trichilia pallida Swartz, ambas Meliaceae, sobre ovos e ninfas da mosca-branca Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B, criada em tomateiro. No primeiro experimento, os extratos foram aplicados sobre ovos, enquanto no segundo, a aplicação foi feita sobre ovos e ninfas com três dias de idade. Foram conduzidos experimentos independentes para cada espécie vegetal. Os parâmetros avaliados foram mortalidade e duração das fases de ovo e ninfa. Os frutos verdes de M. azedarach foram a estrutura vegetal mais efetiva, seguindo-se as folhas e os frutos maduros. Para T. pallida, os ramos foram os mais efetivos, vindo a seguir as folhas. Os extratos de ramos de M. azedarach e de córtex de T. pallida não apresentaram efeito inseticida significativo. Nenhum dos extratos testados afetou a duração das fases imaturas.

Efeito do controle quimico da mosca-branca na incidencia do virus-do-mosaico-dourado e na produtividade do feijoeiro.

BARBOSA, F.R.; SIQUEIRA, K.M.M. de; SOUZA, E.A. de; MOREIRA, W.A.; HAJI, F.N.P.; ALENCAR, J.A. de.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v. 37, n. 6, p. 879-883, jun. 2002. Nota cientifica. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v. 37, n. 6, p. 879-883, jun. 2002. Nota cientifica.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.88%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de inseticidas no controle da mosca-branca (Bemisia argentifolii Bellows & Perring, 1994) na incidencia do virus-do-mosaico-dourado e na produtividade do feijoeiro. Utilizou-se de tratamento de sementes com imidacloprid ou thiamethoxam, e de pulverizacoes de inseticidas, em intervalos semanais. O experimento foi realizado no campo, em area irrigada, em Petrolina,PE, em blocos ao acaso, com cinco tratamentos e quatro repeticoes. Houve reducao significativa no numero medio de ovos, de ninfas e de adultos da mosca-branca e na porcentagem de infeccao pelo virus-do-mosaico-dourado do feijoeiro. A produtividade nas parcelas tratadas variou de 1.930 a 2.405 kg/ha, enquanto na testemunha foi de 1.490 kg/ha. Nao foi observada diferenca significativa entre os tratamentos, no numero de vagens/planta e peso de 100 sementes.; 2002; Nota cientifica.

Influencia de práticas culturais na infestação da mosca-branca e da geminivirose em tomateiro orgânico.

FERREIRA, M. S.; MICHEREFF FILHO, M.; SUJII, E. R.; LIZ, R. S. de; FERREIRA, Y. P.
Fonte: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 29, n. 2, p. 1023-1030, jul. 2011. Publicador: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 29, n. 2, p. 1023-1030, jul. 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
Este trabalho teve por objetivo determinar a influência dos sistemas de irrigação, do tipo de cobertura do solo e do cultivo consorciado no ataque da mosca-branca e na incidência de geminivirose em tomateiro para mesa conduzido em sistema de orgânico. O Experimento foi conduzido na área de pesquisa e produção orgânica de hotaliças da Embrapa Hortaliças (CNPH).; 2011; CD-ROM. Suplemento. Trabalho apresentado no 51. Congresso Brasileiro de Olericultura, Viçosa, MG.

Intergração de práticas culturais para o manejo da traça-do-tomateiro e da mosca-branca em sistemas agroecológicos de produção de tomate.

TOGNI, P. H. B.; MEDEIROS, M. A. de; MAROUELLI, W. A.; INOUE-NAGATA, A. K.; MICHEREFF FILHO, M.; SUJII, E. R.
Fonte: Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2011. Publicador: Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
Este trabalho apresenta a consolidação dos resultados obtidos em estudos realizados entre 2004 e 2009 gerendo recomendações técnicas de práticas culturais para o manejo ecológico da traça-do-tomateiro e da mosca-branca no agroecossistema do tomate. A estratégia principal utilizada foi a diversificação da vegetação pelo consórcio tomate com coentro. A partir desta estratégia foram realizados experimentos visnado testar o efeito do sistema orgânico, em relação ao convencional, e de sistemas de irrigação (aspersão e gotejamento) para serem integradas a esse consorcio.; 2011; Trabalho 1155. Trabalho apresentado no 7. Congresso Brasileiro de Agroecologia, Fortaleza, 2011.

Compostos de defesa em genótipos de soja utilizados como fontes de resistência à mosca-branca, Bemisia tabaci biótipo B.

VIEIRA, S. S.; LOURENÇÃO, A. L.; JANEGITZ, T.; GRAÇA, J. P.; UEDA, T.; SALVADOR, M. C.; LEMES, T.; OLIVEIRA, M. C. N.; BUENO, A. F.; HOFFMANN-CAMPO, C. B.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA, 6., 2012, Cuiabá. Soja: integração nacional e desenvolvimento sustentável: anais. Brasília, DF: Embrapa, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA, 6., 2012, Cuiabá. Soja: integração nacional e desenvolvimento sustentável: anais. Brasília, DF: Embrapa, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; 4 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.88%
Durante todo seu ciclo, a soja é atacada por diversos insetos e patógenos. Recentemente, altas infestações da mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B vem sendo relatadas, causando danos a essa cultura. O uso de cultivares resistentes é o método ideal de controle, tendo sido identificadas cultivares com nível moderado de resistência a esse inseto. Assim, objetivou-se com este trabalho levantar e caracterizar quimicamente os compostos secundários envolvidos na resistência a essa praga. Folhas dos diferentes genótipos foram coletadas e maceradas em N2 líquido, adicionando-se MeOH-80% para extração dos compostos de defesa constitutivos e/ou induzidos. Os extratos preparados foram submetidos à cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) para identificação dos compostos de defesa. A rutina foi a principal substância encontrada nos genótipos resistentes á mosca-branca. O genótipo Barreiras apresentou as maiores concentrações das substâncias relacionadas à defesa de plantas, como rutina, genistina e genisteína. Em geral, as concentrações dos metabolitos secundários glicosilados (rutina, genistina, e malonil genistina) aumentaram no final do estádio vegetativos (V7 e V8) e a aglicona (genisteina) atingiu sua maior concentração no estádio V4.; 2012

Biologia da mosca-branca Aleurothrixus aepim (Goeldi, 1886) em Manihot esculenta Crantz.

CUNHA, D. da S.; BARRILI, D. R.; SILVA, M. P. L. da; RINGENBERG, R.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 6., 2012, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2012. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 6., 2012, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
O Brasil é atualmente o terceiro maior produtor de mandioca, sendo a cultura de grande importância socioeconômica nos estados que a plantam. Dentro da diversidade de insetospraga que atacam essa cultura, tem se dado importância à mosca-branca devido aos danos diretos ocasionados pela sucção da seiva causando a diminuição do vigor da planta, desfolha e murchamento, consequentemente diminuindo a produtividade.; 2012

Atratividade de pugões (Aphidae) e mosca-branca (Aleyrodidae) por quatro espécies de plantas aromáticas.

GUIMARAES, J. A.; MOURA, A. P. de; MICHEREFF FILHO, M.; VIDAL, M. C.; ABREU, D. V.; REYES, C. P.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 24., 2012, Curitiba. Anais web. Curitiba: SEB: UFPR, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 24., 2012, Curitiba. Anais web. Curitiba: SEB: UFPR, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
O estudo visou avaliar a atração de quatro espécies de plantas aromáticas (Mentha villosa Huds, Cymbopogon citratus (DC) Stapf,. Salvia officinalis L. e Rosmarinus officinalis L.) sobre pugões e mosca-branca (Bemisia tabaci biótipo B), em uma área de cultivo orgânico da Embrapa Hortaliaçs, Brasília, DF.; 2012

Efeito de inseticidas e da condição do vetor no controle de mosca branca em tomateiro.

DIAS, A. M.; ESASHIKA, D. A. S.; MICHEREFF FILHO, M.; INOUE-NAGATA, A. K.; KRIEGER, Y. S. T.; ARAÚJO, T. A.; BASTOS, C. S.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 24., 2012, Curitiba. SEB - 40 anos de avanços da Ciência Entomológica Brasileira. Curitiba: SEB, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 24., 2012, Curitiba. SEB - 40 anos de avanços da Ciência Entomológica Brasileira. Curitiba: SEB, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
O objetivo desse trabalho foi avaliar a eficiência de seis inseticidas no controle de mosca-branca contaminadas por begomovirus.; 2012; Resumo PDF 219-1

Efeito do Voliam Flexi sobre a mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B no feijoeiro.

QUINTELA, E. D.; MORAES, M. M. de; ROSA, A. S.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE PESQUISA DE FEIJÃO, 9., 2008, Campinas. Ciência e tecnologia na cadeia produtiva do feijão. Campinas: Instituto Agronômico, 2008. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE PESQUISA DE FEIJÃO, 9., 2008, Campinas. Ciência e tecnologia na cadeia produtiva do feijão. Campinas: Instituto Agronômico, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
O objetivo do trabalho foi avaliar a eficiência do inseticida Voliam Flexi em pulverização foliar no controle de adultos da mosca-branca Bemisia tabaci Biótipo B no feijoeiro.; 2008

Função bioquímica da via daslipoxigenases em plantas de soja submetidas ao ataque de mosca-branca (Bemisia argentifolii)

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
66.88%
Neste trabalho, avaliou-se a capacidade da planta de soja de uma cultivar comercial, IAC-100, e de um genótipo IAC-100 TN que apresenta ausência de lipoxigenases nas sementes de responderem ao ataque de mosca-branca (Bemisia argentifolii) pela via das Lipoxigenases. Foi realizada a caracterização cinética do pool de lipoxigenases. Os valores de KMapp decresceram nas plantas atacadas, sugerindo uma alteração no pool de lipoxigenases foliares. Valores similares de KMapp, entre os genótipos, indicam que a remoção de lipoxigenases de sementes não interferiram na expressão de lipoxigenases em folhas. Ocorreu aumento significativo na produção de inibidores de proteases. Com esses resultados, infere-se que a produção de inibidores de proteases está envolvida no mecanismo de defesa de soja ao ataque da mosca-branca.

Resistência de genótipos de tomateiro à mosca-branca Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae)

Baldin,Edson L.L.; Vendramim,José D.; Lourenção,André L.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.88%
Visando avaliar os possíveis mecanismos de resistência de diferentes genótipos de tomateiro (Lycopersicon spp.) em relação à mosca-branca Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B, realizaram-se ensaios em casa-de-vegetação e laboratório. Os genótipos estudados foram 'IAC-Santa Clara' (L. esculentum), PI-127826 (L. hirsutum), PI-134417 e PI-134418 (L. hirsutum f. glabratum), LA-716 (L. pennellii), LA-371 e LA-444-1 (L. peruvianum), LA-1584 e PI-126931 (L. pimpinellifolium). Em casa-de-vegetação, LA-716, PI-134417 e PI-134418 foram os menos atrativos à mosca-branca; o genótipo LA-716 expressou elevado nível de não-preferência; PI-134417, PI-134418, PI-127826 e PI-126931 também foram considerados resistentes, porém em níveis mais baixos. Tomando-se o período total de desenvolvimento (ovo-adulto), os genótipos PI-127826, PI-134417, PI-134418 e LA-444-1 prolongaram o ciclo do inseto, indicando a ocorrência de não-preferência para alimentação e/ou antibiose.