Página 1 dos resultados de 4359 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Nas redes dos telejornais: o tecido discursivo e a formação de memória social; The discourse of television news programs: the analysis of the linguistic and the building of the social memory

Almeida, Valéria Paz de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
O objetivo desta tese é mostrar como o discurso dos telejornais pode construir determinada memória social de um acontecimento, pelo entrelaçamento de vozes, imagens e designações. Para isso, partimos da análise de elementos lingüísticos, argumentativos e enunciativos desse tipo de discurso, que tem papel fundamental na mediação dos demais discursos sociais. Procuramos mostrar como os telejornais articulam as várias vozes tornadas públicas no espaço da mídia e organizam as estratégias de referenciação dos fatos num processo de construção de um mundo textual homogêneo, que se tornará material simbólico a ser captado pela memória social. Como se trata de um discurso verbo-visual, investigamos também a confluência de elementos lingüísticos e imagéticos na trama discursiva, que a nosso ver aumenta o poder de penetração na memória social pela via da memória eletrônica da televisão, que controla lembranças e esquecimentos por meio da seleção e da edição de acontecimentos, fixando-lhes determinados sentidos e construindo modos de recordação. Empreendemos o exame do discurso de telejornais mediante um estudo de caso, o episódio dos ataques aos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001, tendo como base teorias da argumentação...

Memória social e ecologia histórica: a agricultura de coivara das populações quilombolas do vale do Ribeira e sua relação com a formação da mata atlântica local; Social memory and historical ecology:slash and burn agriculture in the formation of an Atlantic rainforest area inhabited by quilombola communities, Ribeira Valley, Brazil

Munari, Lucia Chamlian
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.11%
A Mata Atlântica é um dos biomas mais biodiverso e ameaçados do planeta. Grande parte de seus remanescentes está localizada no Vale do Ribeira (SP), onde se encontra a maioria das populações quilombolas do estado. Os quilombos do vale surgiram de povoados formados por escravos abandonados, fugidos e alforriados que vem ocupando o vale desde o início da colonização européia na região, no século XVI. A principal estratégia de subsistência destas populações ao longo dos séculos foi a coivara, sistema agrícola capaz de conferir grande heterogeneidade à paisagem florestal. Entretanto, nas últimas décadas, a coivara tem sofrido um processo de transformação, devido a fatores como: o aumento demográfico, o avanço da economia de mercado, a implantação de leis ambientais e políticas desenvolvimentistas. O objetivo deste estudo é compreender como a coivara contribuiu para a formação da paisagem florestal na comunidade de remanescente de quilombo de São Pedro, no vale do Ribeira. A construção de uma narrativa histórica dos processos que contribuíram para as transformações deste sistema auxilia na compreensão das mudanças nos padrões de subsistência locais e de que forma estas se refletem nessa paisagem. Para tanto...

Narrativas desenraizadas: comunicação pública e representação da memória social na linha imaginária do Equador; -

Barbosa, Jackson da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.24%
Esta tese intenta uma reflexão sobre Comunicação Pública, em especial aquela produzida pelo Estado e/ou Governo, como condição estratégica para articular, construir e representar a memória social. Considera ser a Comunicação Pública intrinsecamente relacionada com o agir do cidadão na esfera pública, e que, pela valoração da memória, é possível um refazer, um reconstruir e um repensar, com recursos, informações, ideias, imagens e tecnologias de hoje, as experiências e os fatos de tempos pretéritos. É orientada por um questionamento basilar: a comunicação pública, com todo o alargamento conceitual que tem experimentado nos últimos anos, realmente participa da construção da memória social e da identidade histórica? É uma tese que carrega, como principal objetivo, o estabelecimento de conexões entre os preceitos da Comunicação Pública e da memória social, indicando-os como realmente decisivos e necessários para a escolha e enquadramento de acontecimentos tanto do presente quanto do passado. Sua referência metodológica é A análise pragmática da narrativa jornalística e, o seu material empírico, postagens feitas pela Agência Amapá de Notícias, concebida e implementada pela Secretaria de Comunicação do Governo do Estado do Amapá. Para efeito de investigação considera...

Lembranças concretas : a memória social através do patrimônio cultural edificado das bibliotecas

Mentz, Patrícia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
A memória pode ser tanto individual quanto social, porém ambas se enredam em uma construção social. A perda da memória social pode representar a perda da identidade de uma sociedade, por isso ela se fixa no concreto, em lugares de memória. Para que a memória social e individual possa reaparecer, é aos lugares de memória que o indivíduo se reporta, pois os espaços carregam emotividade e significados que solidificam a memória. Neste sentido, as bibliotecas em patrimônios culturais adquirem importância para os indivíduos e para as sociedades que integram, porque são lugares de memória que sedimentam e fazem parte de sua memória social. A fim de elucidar de que forma as bibliotecas edificadas em patrimônios culturais contribuíram para a memória social das cidades de Pelotas, Porto Alegre e Rio Grande, no Estado do Rio Grande do Sul, este estudo objetiva verificar a importância que a Bibliotheca Pública Pelotense, a Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul e a Bibliotheca Rio-Grandense possuem na memória social local. Para atingir os objetivos foi realizada uma pesquisa bibliográfica e documental sobre as edificações patrimoniais das três Unidades de Informação estudadas, seguido da coleta de relatos orais de funcionários...

Reflexões sobre a memória social aplicada à Ciência da Informação : o caso do projeto de revitalização do acervo fotográfico do AHIA

Pires, Michelle Claudino
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
A presente monografia relaciona os estudos do fenômeno da Memória Social às práticas da Ciência da Informação. O estudo tem abordagem qualitativa e é de natureza exploratória. O método utilizado é o bibliográfico, baseado em um estudo de caso. O objetivo geral da pesquisa é analisar a metodologia utilizada no tratamento das informações postadas no site do Projeto de Revitalização do Acervo Fotográfico do Arquivo Histórico do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio grande do Sul, para a identificação do conteúdo das fotografias que compõe seu acervo, propondo reflexões sobre esta prática sob a luz das teorias sobre Memória Social, representadas principalmente pelos estudos de Jacques Le Goff e Michel Pollak. Inferiu-se com este, a necessidade da reflexão das práticas profissionais na área da Ciência da Informação e de suas disciplinas aplicadas, a Biblioteconomia, a Arquivologia e a Museologia, da influência sobre seus acervos e dos métodos de tratamento da informação na construção e legitimação da memória coletiva.; This monograph relates the study of the fenomenon of Social Memory the practices of Information Science. This study has a qualitative approach and exploratory. The method used is the bibliography...

O livro e a construção da memória social na era da informação

Brentano, Elisabeth
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
Este estudo procura refletir sobre o lugar do livro, como suporte de informação e comunicação de massa, na construção e preservação da memória social na Era da Informação. Buscou-se identificar os novos suportes de informação e verificar de que forma o livro convive com as novas tecnologias digitais. A partir da pesquisa documental sobre o tema concluiu-se que sua função na contemporaneidade continua sendo de um importante suporte disseminador de informação e responsável pela preservação da memória social. O livro e as tecnologias digitais convivem como instrumentos complementares das ações do homem no processo de construção, e também na preservação, da memória social dentro do contexto cultural em que estão inseridos.; This study tries to make a reflection about the role of the book as a form of support to mass information and communication, in the constuction and preservation of social memory in the Information Age. We have tried to identify the new types of information support as well as verify how the book acts together with the new digital technologies. From documental research about the subejct, one can conclude that it is still being used as an important disseminating support of information and it is responsible for the preservation of social memory. The book and the digital technologies act together as supplementary tools for the actions of the man in the construction and preservation processes of social memory...

A memória social e a identidade cultural : um estudo de caso sobre a biblioteca comunitária de Linha Andréas, em Venâncio Aires, RS

Sehn, Ana Paula
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
Investiga a biblioteca comunitária na construção da memória social e no fortalecimento da identidade cultural. Objetiva compreender como a Biblioteca Comunitária da Associação de Leitura, Canto e Jovialidade (A.L.C.J) de Linha Andréas, em Venâncio Aires, Rio Grande do Sul (RS) auxilia na construção da memória social e fortalece a identidade cultural da comunidade. Trata de um estudo de caso como delineamento de pesquisa. Utiliza como instrumento de coleta de dados: entrevista por pautas, pesquisa documental e observação participante. Analisa os dados por meio de análise de conteúdo. Reflete sobre as bibliotecas comunitárias, memória social, identidade cultural e leitura. Apresenta o caso da Biblioteca Comunitária de Linha Andréas, RS, contextualizando e caracterizando a imigração alemã na Localidade, a Associação e a Biblioteca. Conclui que a Biblioteca Comunitária de Linha Andréas fica relegada a seu espaço dentro da sede que, por último, a acolheu, esquecida pelo hábito da leitura, mas presente como patrimônio cultural, mantendo viva a lembrança de um passado de outras terras, da língua, da cultura e da leitura, reforçando laços identitários por meio do seu acervo de língua alemã. Alguns sócios gostariam que os livros fossem embora...

Sobre o campo de estudo da memória social: uma perspectiva psicossocial

Sá,Celso Pereira de
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.27%
O artigo propõe uma circunscrição conceitual do campo da memória social segundo uma perspectiva psicossocial. Em primeiro lugar, definem-se cinco princípios unificadores básicos do campo da memória social na forma como se propõe que o psicólogo social o veja. Em segundo lugar, reforça-se tal unidade, tomando-se a expressão "memória social" para designar o inteiro conjunto de fenômenos psicossociais da "memória na sociedade". Em terceiro lugar, proporciona-se um mapeamento do campo nas sete instâncias da memória social com as quais se acredita que caiba ao psicólogo social lidar.

Memória Social e Guerrilha do Araguaia; Social memory and Araguaia Guerrilha

Reis, Naurinete Fernandes Inácio
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
The Araguaia region, historically characterized by social and land conflicts, is today marked by the memory of the Guerrilla (1972-1975), since the changes occurring on the Araguaia lands as a result of this movement have wrought the need for organization of peasant movements who seek knowledge and recognition of historical experiences. The peasants of Araguaia, involved in a gunfight between The Communist Party of Brazil (PC do B) militants, who allegedly fought against the military dictatorship in the country and for the construction of a popular revolutionary government, and the military, who were supported by the ideological discourse of national defense and the ensuring of law and order, had their daily lives changed. In this sense, the present work has as its theme the social memory of the Araguaia Guerrilla, triggered at the boundaries of the regions of south and southeast of Pará, north of Tocantins (at the time, state of Goiás) and west of Maranhão and analyzes, through social memory, the perception of those involved, especially the peasants, on the Araguaia guerrilla and on the intervention of the same in peasant life. In this perspective, this study is aimed at understanding the fundamental elements of peasants‘ social memory on the Guerrilla as well as answering the following questions: What is the perception that the peasants had/have about the Guerrilla...

Mestre Sabú: memória social e práticas culturais da capoeira em Goiás; Master Sabu: social memory and cultural practices of capoeira in Goiás

Tucunduva, Tatiana
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
This research is linked to the research line Culture, Representation and symbolic practices, the Graduate Program in Sociology at the Federal University of Goiás Our analysis area is social memory and cultural heritage, passing by theme: Capoeira in Goiás, in their manifestations symbolic, aesthetic and its power of resistance and social change in the practice of Master Sabu - the pioneer of capoeira in the state. And it is this pioneering spirit that we have to analyze the narratives of Master Sabu through analytical categories that permeated the social memory, life courses, office and ways of doing. As well as, by understanding the social meanings, cultural and symbolic of Capoeira Angola Master Sabu, identification of know-how in Capoeira and its relationship with the instruments it produces, highlighting the challenges, opportunities and social impacts of this work to society Goiânia. The research method was based on oral history, helping us to deal with the production of our own sources, and the living history giving meaning to social life of the deponent. The relevance of this research is to contribute to the debate on the importance of recognizing each knowledge of capoeira masters, contributing mainly to each and every one are recognized and respected from their families by governments.; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás - FAPEG; Esta pesquisa está vinculada à linha de pesquisa Cultura...

Recensi??n de Objetos, sujetos e ideas. Bienes etnol??gicos y memoria social

S??nchez Exp??sito, Ismael
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
66.12%
Recensi??n del libro de Javier Marcos Ar??valo: Objetos, sujetos e ideas. Bienes etnol??gicos y memoria social. Badajoz, Servicio de Publicaciones del Ayuntamiento, 2008 (374 p??ginas); Book review of Javier Marcos Ar??valo: Objetos, sujetos e ideas. Bienes etnol??gicos y memoria social. Badajoz, Servicio de Publicaciones del Ayuntamiento, 2008 (374 p??ginas).

Inventário para a Memória da Indústria Gráfica em Pelotas-RS 1920; Inventário para a Memória da Indústria Gráfica em Pelotas-RS 1920

LESCHKO, Nadia Miranda
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Memória Social e Patrimônio Cultural; Progama de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Memória Social e Patrimônio Cultural; Progama de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.21%
This paper aims to contribute to the formation of a graphics memory to support taking the inventory as a means of printing industry in Pelotas / RS / Brazil in the 1920's, this consisting of companies operating in the merge of graphic designs. Pelotas was chosen as an area of concentration of research in view of its historical background and studies conducted in the area of memory. The focus is temporal bounding the 1920 s on the basis of regional importance that the city obtained as a major producer of culture and information. The research took place at the Pelotas Public Library as source reviewed journals and graphic works produced at the time. The structure of the work consists of the first chapter containing historical charts of the processes, the second chapter contains the methodology, data from field research and inventory summary of the companies operating the decade and the third chapter related data from previous chapters and an analytical inventory of the printing industry in Pelotas - RS; O presente trabalho tem como objetivo colaborar para a constituição de suportes para uma memória gráfica tendo como meio o inventário da indústria gráfica em Pelotas/RS na década de 1920, este composto por empresas que atuavam na impressão em série de projetos gráficos. Pelotas foi escolhida como espaço de concentração da pesquisa tendo em vista sua trajetória histórica e os estudos realizados na área de memória. O foco delimitador temporal é a década de 1920 em função da importância regional que a cidade obteve como pólo produtor de cultura e informação. O local de pesquisa foi a Bibliotheca Pública Pelotense tendo como fontes examinadas os periódicos e peças gráficas produzidas na época. A estrutura do trabalho consiste em primeiro capítulo contendo histórico dos processos gráficos...

A Colônia Francesa de Pelotas e seus Acervos Culturais: Memória, História e Etnia; A Colônia Francesa de Pelotas e seus Acervos Culturais: Memória, História e Etnia

Betemps, Leandro Ramos
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Memória Social e Patrimônio Cultural; Progama de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Memória Social e Patrimônio Cultural; Progama de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Cette étude historique vise à comprendre les supports de mémoire qui sont formés, sélectionnés et utilisés par un groupe d'individus, descendants de familles françaises qui sont arrivés à la ville de Pelotas, au sud du Rio Grande do Sul en 1880, pour fonder l implantation agricole de Santo Antonio. Ces supports sont de différents types, écrite, visuelle, orales ou des matériaux et forment un fond culturel capable de fournir une compréhension de l'espace, de les relations sociales, des permanences et des ruptures historiques et de l'identité de ce groupe ethnique, dit français. Les supports sont été créé au cours de la trajectoire historique du groupe en tant que les individus cherchaient des stratégies pour la survie économique et pour la reproduction culturelle. Par conséquent, la recherche se concentre sur la relation entre la mémoire sociale et les supports de mémoire de la communauté ethnique. Dans cette recherche, trois familles d origine française, descendants des fondateurs de l implantation agricole, ont été interrogés, dans chaque famille jusqu à quatre générations, ont donné des témoignages. Le choix de ces familles a été par la différence dans leur trajectoire historique qui ont eu. L une est toujours vivant dans à Saint Antoine...

Indicadores para un instrumento de observación de memoria productiva

Universidad del Rosario, Escuela de Ciencias Humanas. Grupo Ética, Responsabilidad Social y Empresa; Hernández Vivas, Dayana Indira
Fonte: Universidade do Rosário Publicador: Universidade do Rosário
Tipo: info:eu-repo/semantics/workingPaper; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2005 SPA
Relevância na Pesquisa
66.19%
Este artículo desarrolla una propuesta teórica sobre un instrumento de medición de memoria productiva a partir de la operacionalización de la noción de la memoria social en ámbitos productivos. La memoria social se entendió como un legado cultural que se expresa en actuaciones corporales; siendo las actuaciones ligadas al desarrollo de tareas laborales expresión de memoria productiva. La propuesta identifica dos indicadores, el hábito y el intercambio, como elementos orientadores en la búsqueda y organización de información en relación con los componentes operativos y cooperativos de una actuación laboral. A partir de estos indicadores, se espera el diseño posterior de un instrumento que ayude a verificar el influjo de la memoria productiva en prácticas de trabajo.

Memoria social y producción de relatos orales en las asociaciones étnicas Lituanas. En: Avá, nº 18

Monkevicius, Paola
Fonte: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y postgrado. Programa de Postgrado de Antropología Social. Publicador: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y postgrado. Programa de Postgrado de Antropología Social.
Tipo: info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; info:eu-repo/semantics/article Formato: application/pdf
Publicado em /12/2010 SPA
Relevância na Pesquisa
76.1%
Este artículo tiene por objetivo indagar sobre la memoria social como dimensión cultural determinante en la demarcación étnica de la comunidad lituana en la Argentina. Para tal fin, proponemos una perspectiva antropológica de los procesos de significación del pasado, en tanto diacrítico étnico en una comunidad de origen lituano, que en la actualidad se articula fundamentalmente en torno a las instituciones de ayuda mutua de Capital Federal, Gran Buenos Aires y Berisso. En consecuencia, situamos el énfasis sobre el trabajo de memoria realizado desde las asociaciones étnicas lituanas, es decir, sobre la versión “oficial”, institucionalizada, dirigida por la elite intelectual. Particularmente analizamos las narrativas orales por constituirse como uno de los principales soportes o canales de vehiculización de ese pasado.

Pensamento como margem, lacuna e falta: memória, trauma, luto e esquecimento; ;

Endo, Paulo
Fonte: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social Publicador: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Este artigo examina alguns conceitos fundamentais nos estudos sobre a memória social; destaca a importância de contextualizar o desenvolvimento desses conceitos tanto na produção intelectual sobre o tema quanto em seus usos no interior das chamadas “lutas pela memória”. O artigo privilegia a discussão das experiências-conceito de luto, trauma e esquecimento e propõe aos estudos sobre a memória que levem em conta a abundante produção de conceitos e tensões continuamente produzidos nesse campo.; ; Thought as margin, gap and lack: memory, trauma, grief and forgetting. This article examines some of the fundamental concepts in the studies of social memory. It highlights the importance of to contextualize the development of these concepts in both intellectual production on memory as the so-called struggles for memory. It focuses on discussion of the experiences-concepts of grief, trauma and forgetting and proposes to the research on memory take into account this plentiful production of concepts and tensions continuously produced in that field.

Nuevos patrones de identidad y memoria en la Europa transmoderna

Stallaert, Christiane; Catholic University of Leuven (Belgium) / University of Antwerp (Belgium)
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares; Revisão conceitual Formato: application/pdf
Publicado em 29/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.19%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8034.2012v14n1-2p170En el presente texto proponemos nuevas herramientas conceptuales para interpretar el paisaje humano de la Europa del siglo XXI. Argumentamos que la Europa actual, caracterizada como transmoderna, se puede leer como un espacio heterotópico de la Modernidad, delimitada por dos fechas emblemáticas: 1492 y 1942. Si durante la Modernidad el patrón de identificación social se representaba metafóricamente por las raíces de un árbol, la metáfora identitaria de la Transmodernidad es el radicante (Bourriaud). Esta metáfora sugiere un cambio de enfoque para el análisis de procesos de memoria. En vez de memoria colectiva (Halbwachs), que sugiere una interpretación común y valores compartidos, proponemos la noción de memoria compilada (collected memory, Young). En una Europa transmoderna la memoria social se construye a partir de una compilación de memorias (nacionales, regionales y locales) y sus contra-memorias. Leer este nuevo paisaje de memoria supone descifrar, mediante traducciones diacrónicas y sincrónicas, la sintaxis radicante por la que transitan las identidades transmodernas.

Memoria Social e imagen

Guarini,Carmen
Fonte: Cuadernos de antropología social Publicador: Cuadernos de antropología social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2002 ES
Relevância na Pesquisa
76.21%
Hasta la invención de la escritura la oralidad era el soporte privilegiado de la memoria social. La llegada de la escritura permitió registrar las huellas de esta memoria colectiva de manera mas sitemática y relativamente precisa. La fotografía y el registro filmico con posterioridad, posibilitaron alimentar esta memoria social también con elementos audiovisuales Esta memoria social que es desde luego histórica, va siendo conformada también por estéticas sociales diversas. Venimos analizando desde hace cierto tiempo de qué modo una expresión particular local de la protesta social ("el escrache") va generando y modificando una estética política particular, que empieza a funcionar como paradigma en el lenguaje y la acción, y pone al mismo tiempo en vinculación gestos de la cotidianeidad, instituciones y conceptos.

¿Hacia una "nueva época" en los estudios de memoria social?

Mendlovic Pasol,Bertha
Fonte: UNAM, Facultad de Ciencias Políticas y Sociales, División de Estudios de Posgrado Publicador: UNAM, Facultad de Ciencias Políticas y Sociales, División de Estudios de Posgrado
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 ES
Relevância na Pesquisa
66.22%
La memoria social ocupa gran centralidad en el escenario contemporáneo, tanto a nivel retórico como académico. Esto ha resultado en una notable efervescencia teórica y conceptual del campo. Si bien para algunos autores tal tesitura sugiere una falta de precisión y claridad tanto terminológica como del mismo objeto de estudio -e incluso advierte sobre el inminente agotamiento del campo- nuestra perspectiva de análisis coincide con aquellos autores que señalan una reconfiguración de las manifestaciones de la memoria y una reconformación de los ámbitos a los que, en el contexto de la realidad social contemporánea, la memoria reenvía. A través de una historización analítica del desarrollo terminológico y conceptual del campo de la memoria, este artículo describe un primer y segundo periodo de acercamiento al campo, hacia principios y finales del siglo pasado. Asimismo, apunta a la emergencia de un tercer periodo, una nueva época en el hacer memoria y teorizar sobre ésta. En el marco de amplios procesos de globalización y flujos transnacionales, de la hipermovilidad de individuos y objetivaciones culturales impulsada por capacidades tecnológicas y alfabetismo mediático de creciente envergadura se conforman formas...

MEMÓRIA SOCIAL, EDUCAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE GÊNERO: MARCOS A PARTIR DE UM GRUPO DE MULHERES RURAIS

Pítágoras Freitas Lima Ferrarini, Pâmela; Rocha Magalhães, Lívia Diana
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
È objetivo deste trabalho analisar a memória social, sob uma perspectiva de gênero, de dez mães trabalhadoras rurais, com idade entre 20 e 74 anos, de um município baiano. A técnica utilizada para coleta de dados foi a de grupos focais, que consiste em realizar encontros que favoreçam a interação grupal ao se discutir uma temática específica. Pode-se observar que as referências ao passado vivido é evocado por essas mulheres para falar das preocupações atuais com a educação de seus filhos, resgatando como referência comparativa o acesso precário a escola em suas infâncias, com a garantia de educação de suas proles. Entretanto, essas mulheres evocam, a partir de uma leitura de socialização de gênero, que a educação recebida em suas casas foi de qualidade, apesar no não acesso a uma educação formal e lamentam terem dificuldade em educar seus filhos com os parâmetros de outrora.