Página 1 dos resultados de 694 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Método e Forma da Exposição na Ciência da Lógica de Hegel

Ferrer, Diogo
Fonte: Universidade Federal do Paraná. Departamento de Filosofia. Grupo de Estudos Hegelianos Publicador: Universidade Federal do Paraná. Departamento de Filosofia. Grupo de Estudos Hegelianos
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
O artigo questiona a afirmação de Hegel de que a sua filosofia obedece a um método, denominado “dialética”, buscando esclarecer o conceito, os procedimentos e o significado filosófico daquilo a que Hegel chama “método”. Após um breve estudo do método dialético em obras anteriores, onde ainda não alcançou a sua maturidade, o estudo em questão centra-se na dialética lógica segundo a Ciência da Lógica (1812, 1813, 1816). O artigo estuda o significado da “contradição” como operador metodológico, e o motivo por que o método dialético é caracterizado de diferentes maneiras em diversas passagens da obra. Enfim, mostra-se que, ao invés de um instrumento avesso ao conceber e de uma arte subjetiva, o método hegeliano produz procedimentos e resultados suficientemente regulares.; The article questions the claim of Hegel that his philosophy follows a method called "dialectic", seeking to clarify the concept, procedures and philosophical significance of what Hegel called "method". After a brief study of the dialectical method in previous works, which have not yet reached its maturity, the study in question focuses on the dialectical logic according to the Science of Logic (1812, 1813, 1816). The article examines the meaning of the “contradiction” as methodological operator and why the dialectical method is characterized in different ways in different passages of the work. Finally...

A unidade das virtudes nos diálogos socráticos: uma questão de método; The unity of the virtues in the Socratic dialogues: a question of method

Silva, Jose Wilson da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
56.63%
Entre as teses do socratismo presentes nos primeiros Diálogos de Platão, é sobre a tese da unidade das virtudes que recaem nossos olhares nesta presente pesquisa e, particularmente, sobre as duas teses exegéticas acerca do estatuto desta unidade, a saber: a tese da bicondicionalidade e a tese da identidade. Encontramos, no desenvolver da pesquisa, insuficiências em ambas as teses. Por meio destas insuficiências chegamos a uma hipótese interpretativa: a tese da unidade das virtudes, nos diálogos socráticos, é iluminada pelo método dialético platônico. Porém, tal afirmação pressupõe uma incompatibilidade com o método socrático presente nestes Diálogos conhecido como método elênctico: ou temos o método elênctico ou o dialético. Logo, para que a pesquisa alcance um final satisfatório, apresentamos duas soluções: 1) as duas teses clássicas da unidade das virtudes fazem parte de uma terceira fundada na dialética, a dialética implica a identidade das virtudes que implica a sua inseparabilidade e a distinção entre as partes; e 2) o método elênctico, enquanto negativo que se encaminha para uma tese positiva, é um dos componentes do método dialético.; Among the Socrates' theses found in the first Dialogues of Plato...

Da doutrina e do método em medicina legal. Ensaio epistemológico sobre uma ciência bio-psico-social; Doctrine and Method in Forensic Medicine. An Epistemological Essay on a Bio-Psycho-Social Science

Freire, Jose Jozefran Berto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.36%
Este ensaio inicia-se com um sucinto painel a respeito de uma pesquisa bibliográfica sobre Medicina Legal que começa com Ambroise Paré em 1532 e chega ao ano de 2008; pesquisa esta que muito nos ajudou no planejamento desta Tese. É preciso que se diga que o conceito de Medicina Legal só aparece em 1621 com Paolo Zacchia (Quaestiones Medico Legales...). Nosso objetivo neste trabalho envolve diferentes aspectos teóricos dessa ciência. O primeiro é o de demonstrar que a Medicina Legal pode ser a ciência de uma classe no sentido da Lógica e que ela não seria, portanto, a exemplo da Medicina Clínica, uma ciência do indivíduo, como diz Gilles Granger em sua obra sobre Epistemologia já tornada célebre. O segundo aspecto teórico seria o de propor a Medicina Legal como uma ciência do freqüente aristotélico (hòs epì tò polú ws epi to polu - termo cunhado pelo helenista Porchat Pereira, enquanto conceito filosófico) graças ao qual situamos nossa ciência entre o acidental e o necessário e universal do pensamento lógico-matemático. Em terceiro lugar discorreremos sobre o fato de que os laudos médico-legais estão normalmente restritos a constatação empírica e, então, iremos demonstrar a também indispensável consideração das condições a priori da possibilidade de se estabelecer o visum et repertum...

As orientações educativas contra-hegemônicas das décadas de 1980 e 1990 e os rebatimentos pós-modernos na didática a partir da visão de estudiosos; Counter-hegemonic educative orientations in the decades of 1980 and 1990, and post-modern impacts on the didactic field according to some scholars point of view.

Faria, Lenilda Rego Albuquerque de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Esta pesquisa tem por objetivo analisar a validade científica do ideário pedagógico-didático contra-hegemônico desenvolvido na década de 1980, em face das contestações do modo pósmoderno de pensar. Para tanto, procura dar resposta à questão medular que orienta o estudo: Como os estudiosos que constituíram o movimento da didática crítica, e que tinham suas bases epistemológicas assentadas na dialética marxiana, estão tratando as questões colocadas pela pós-modernidade, uma vez que as proposições desse modo de pensar questionam as principais teses do materialismo histórico-dialético, com implicações epistemológicas e praxiológicas diretas para o campo da pedagogia e da didática? Ainda, como questão subsidiária, indaga: Há um deslocamento epistemológico de uma didática crítica para uma didática pós-moderna? O desenvolvimento da pesquisa dá-se fundado nos estudos de natureza teórica com o recurso à pesquisa bibliográfica e às análises das entrevistas realizadas com quatro estudiosos representativos da área da didática: José C. Libâneo, Maria Rita N. S. Oliveira, Selma G. Pimenta e Vera M. Candau. Tem como pressuposto teórico-metodológico a teoria do ser social de Marx, seu método dialético...

A lógica da caverna : um ensaio dialético sobre a pós-modernidade em Saramago

Morais, Tiago Martins de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
O objeto artístico desta dissertação é o romance A caverna do escritor português José Saramago. Os caminhos teóricos que vão construir um método adequado para uma visão aprofundada desta narrativa são os do estudo das teorias que veem a literatura como uma junção de texto e contexto, que entendem os elementos sócio-históricos em uma relação de interpenetração com o texto literário, de forma que esses elementos externos transmutem-se em elementos internos à obra (ou seja, em elementos estéticos). A construção de um método dialético foca-se principalmente nos textos de teóricos como Theodor Adorno, Raymond Williams e Fredric Jameson. Após o estudo das teorias dialéticas, objetiva-se proceder com a análise do romance de Saramago, sempre relacionando obra e contexto. Considerando que o contexto da obra em questão refere-se – como se defende neste trabalho – a um período pós-moderno de nossa história, a pesquisa, então, concentra-se no estudo do elemento social objetivando um entendimento da sociedade pós-moderna, para, logo após, de forma imanente, fazer uma leitura possível da obra saramaguiana centrada em dois elementos: o do mapeamento do pós-moderno e o da crítica à lógica do capitalismo. As pesquisas sobre o pós-modernismo centram-se essencialmente nas teses de David Harvey e de Fredric Jameson.; The artistic object of this dissertation is the novel “The Cave” by José Saramago. The theoretical roads responsible for building a proper method to reach a deeper view of this narrative are related with theories that see literature in connection with its social context; theories that understand the social historical elements in relation with the literary object in a way in which these outside elements transmute into inner ones in the work (in other words...

A perspectiva histórico-dialética da periodização do desenvolvimento infantil

Pasqualini, Juliana Campregher
Fonte: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 31-40
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O presente artigo se propõe uma análise dos estágios do desenvolvimento infantil na perspectiva histórico-cultural. Nele são apresentados os princípios ou fundamentos que devem sustentar a periodização do desenvolvimento na perspectiva de Vigotski, buscando-se evidenciar o caráter histórico e dialético das proposições do autor. São também apontadas, de forma breve, algumas das importantes contribuições de Leontiev e Elkonin a essa temática. Discute-se inicialmente a importância de uma abordagem histórica do desenvolvimento da criança, enfatizando-se a relação criança-sociedade e as condições históricas concretas como determinantes do processo de desenvolvimento infantil. em seguida, são apresentados os fundamentos da periodização das idades na perspectiva vigotskiana, destacando-se a relação entre as proposições do autor e os princípios do método dialético. São então apresentados os estágios do desenvolvimento infantil provisoriamente identificados por Vigotski e, por fim, a análise de Leontiev e Elkonin sobre a periodização do desenvolvimento apoiada na categoria de atividade principal.; El presente artículo propone un análisis del problema de los estadios del desarrollo psíquico en la infancia. Se presentan los fundamentos que deben sustentar la periodicidad del desarrollo en la perspectiva de Vigotski...

A psicologia de Vigotski e o materialismo histórico dialético de Marx e Engels

Sabel, Samantha Carla
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Este trabalho é um estudo teórico em que se buscou investigar a composição da psicologia histórico-cultural de Vigotski nas suas vinculações matriciais com o materialismo histórico dialético de Marx e Engels, através da análise de textos selecionados. Tomou-se como aporte teórico-metodológico para a análise a arqueologia de discursos de Michel Foucault, uma vez que se quis construir a reflexão proposta desde um lugar externo à tradição exegética do marxismo. O olhar perspectivo do método arqueológico vê as ligações entre as formações discursivas não só por suas relações de filiação, mas também pelas relações de ruptura que apresentam entre si. Através da leitura e análise de dois conjuntos de textos selecionados - o primeiro composto por um texto de Marx e Engels, e o segundo por três textos de Vigotski - procurou-se demonstrar como alguns enunciados presentes no discurso marxiano aparecem e ganham relevos diferenciados nos escritos da psicologia histórico-cultural de Vigotski. Quer se contribuir com uma leitura que aproxima os escritos de Vigotski da matriz materialista histórica dialética...

O método dialético e a análise do real

Zago,Luis Henrique
Fonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG Publicador: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
Ao evidenciar que as relações estabelecidas por homens e mulheres com o meio concreto engendram o real, a dialética torna exequível a revolução do status quo por possibilitar a compreensão de que o mundo é sempre resultado da práxis humana, seja ela marcada por relações de dominação que reificam e fetichizam a prática social, seja marcada por relações que operam a humanização dos homens e mulheres. Ao romper com os fetiches, ou seja, ao perceber que os objetos não devem sujeitá-los, homens e mulheres avançam de encontro à reificação, alçando-se a possibilidade de revolucionar suas condições de existência. Assim, o rompimento da pseudoconcreticidade ocorre no momento em que se evidencia que a realidade social se concretiza por meio das condições de produção e reprodução da existência social das pessoas, que é em nossa sociedade marcada pela luta de classes. Este processo de rompimento exige um esforço construtor de uma interpretação do real que vá para além de uma representação caótica do todo, típico das vivências cotidianas. Este artigo postula que o método materialista histórico dialético pode auxiliar neste processo. Partindo desta constatação, elabora-se reflexão sobre este método de análise do real.

A perspectiva histórico-dialética da periodização do desenvolvimento infantil

Pasqualini,Juliana Campregher
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
O presente artigo se propõe uma análise dos estágios do desenvolvimento infantil na perspectiva histórico-cultural. Nele são apresentados os princípios ou fundamentos que devem sustentar a periodização do desenvolvimento na perspectiva de Vigotski, buscando-se evidenciar o caráter histórico e dialético das proposições do autor. São também apontadas, de forma breve, algumas das importantes contribuições de Leontiev e Elkonin a essa temática. Discute-se inicialmente a importância de uma abordagem histórica do desenvolvimento da criança, enfatizando-se a relação criança-sociedade e as condições históricas concretas como determinantes do processo de desenvolvimento infantil. Em seguida, são apresentados os fundamentos da periodização das idades na perspectiva vigotskiana, destacando-se a relação entre as proposições do autor e os princípios do método dialético. São então apresentados os estágios do desenvolvimento infantil provisoriamente identificados por Vigotski e, por fim, a análise de Leontiev e Elkonin sobre a periodização do desenvolvimento apoiada na categoria de atividade principal.

Fragmentos do pensamento dialético na história da construção das ciências da natureza

Nascimento Júnior,Antônio Fernandes
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
Este trabalho tem por objetivo identificar uma possível inclinação das ciências naturais em direção ao materialismo dialético. Para tanto, procura-se apresentar a história da dialética a partir da discussão racionalismo/empirismo moderno e seus desdobramentos até as tendências dialéticos contemporâneas. Os autores discutidos são Kant, Hegel, Marx, Engels, Lenin, Horkheimer, Marcuse, Habermas, Bachelard e suas escolas epistemológicas, completadas por Althusser, Lefebvre e Kedrov. Ao lado desses autores discutem-se outros, das duas últimas décadas, procurando extrair-lhes o olhar dialético, oculto em seus discursos acerca da ciência do fim do século. Também se procura encontrar na mecânica quântica, nos fractais, na lógica para-consistente, nos modelos matemáticos e na biologia antideterminista, argumentos para existência de uma forma de abordagem dialética da natureza. Por último, procura-se refletir acerca dos motivos da resistência ao método dialético apresentado pela maioria dos cientistas ocidentais e, sua possível superação.

O lugar do método na formação e na intervenção profissional em serviço social

Türck, Maria da Graça Maurer Gomes
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.36%
A articulação entre a teoria e a prática em Serviço Social se constitui no problema desta pesquisa. Para respondê-la, o lócus privilegiado foram os espaços acadêmicos, a assessoria e a consultoria - lugares em que a falsa dicotomia entre a teoria e a prática se expressava com mais intensidade. Inicialmente se buscou nas disciplinas ministradas no curso de Serviço Social da ULBRA/Canoas, Questão Social e Processo de Trabalho V, esta articulação em que se operacionalizou o Método Dialético Materialista na formação, através da Metodologia da Prática Dialética, oportunizando a sua utilização com a Rede Interna, como estratégia pedagógica, onde a arte (cinema e teatro) e o lúdico se constituíram como elementos fundamentais à mediação do ensino-aprendizagem.A Metodologia da Prática Dialética se constituiu na ponte para materializar o Método na intervenção. A síntese provisória de toda esta pesquisa - a articulação entre as áreas de conhecimento e as da intervenção - foi concretizada na disciplina Práticas em Serviço Social I, processo que é explicitado dando-se visibilidade a sua aplicação junto aos alunos que a cursaram e que posteriormente referendaram o processo. Logo, esta pesquisa traz para o contexto profissional uma contribuição no sentido de dar luz a possibilidades pedagógicas e de intervenção de se articular a teoria e a prática a partir da Metodologia da Prática Dialética - indicando o lugar do Método na formação e na intervenção de um profissional de Serviço Social que se queira comprometido...

Implicações da opção metodológica pelo materialismo histórico dialético na produção acadêmica do Centro-Oeste/Brasil; Implications of the methodological option for historical and dialectical materialism in the scientific production of the brasilian midwest; Implicaciones de la Opción Metodol ógica por el Materialismo Histórico - dialéctico en la Producci ón Académica del Centro Oeste del Brasil

Souza, Ruth Catarina Cerqueira Ribeiro de; Magalhães, Solange Martins Oliveira
Fonte: Cristóvão Giovani Burgarelli Publicador: Cristóvão Giovani Burgarelli
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.38%
v.38,n.1,p.145-167,jan./abr. 2013.; Este artigo apresenta os resultados da análise da produção acadêmica sobre professores, período 2006-2007, dos programas de pós-graduação em educação do Centro-Oeste. Pautada no materialismo histórico dialético (MHD), essa foi desenvolvida pela REDECENTRO – Rede de pesquisadores sobre professores no Centro-Oeste. O presente trabalho tem como objetivo analisar nessa produção a que é desenvolvida pautada na opção do MHD como método, bem como suas relações com a abordagem qualitativa, os objetivos e as conclusões construídas. Identificou-se falta de clareza entre o significado de método e abordagem do trabalho, e também dispersão teórica e metodológica. Quanto aos objetivos relacionados ao MHD, destaca-se a necessidade de superação dos objetivos serem mero cumprimento de uma formalidade, serem construídos como objetivos de tipo compreensivo, relacionados aos mesmos pressupostos epistemológicos, ontológicos,gnosiológicos e recuperados nas conclusões dos estudos. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ This article presents the results of an analysis of the scientific production on teachers...

A tensão entre o capitalismo e o socialismo na construção de S. Bernardo, de Graciliano Ramos: um estudo dialético

Tomazetti, Vivian Bueno Cardoso
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
This study shows the results of a research of the novel S. Bernardo, by Graciliano Ramos. The objective of this research was to verify how the representation of capitalism and socialism participate in the construction of the novel, from the assumption that the author turned the content present in the socio-historical context of the production into aesthetic material in his literary work. Thus, the theme of this work, the tension between capitalism and socialism, was developed using the dialectic method, specifically the method developed by Antonio Candido in the end of the 1960s. For that to be done, the research presents an overview of the general context of S. Bernardo’s production and a analysis of the dialectical critique directed at the novel to, finally, start your analysis. During the analysis of the novel, there is a direction of the socio-cultural aspects required for further study of the characters to better understand the specifics of each: Paulo Honório and Madalena, then, we arrive at the representation of capitalism and socialism to then verify how the tension caused by these two systems, represented by these two characters, participate in the construction of S. Bernardo. It is concluded that the tension between capitalism and socialism influence in the construction of the characters Paulo Honórario and Madalena...

Método de exposição e teoria revolucionária: considerações sobre a lógica dialética da revolução e o sentido político do livro I de “O Capital”, de Karl Marx

Paiva Neto, Antônio Corrêa de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
A presente dissertação tem como tema a configuração do método dialético no livro I de “O Capital” e, como problema fundamental, a questão pela existência de um significado político no modo de exposição da obra. Seu intuito é demonstrar que o desenvolvimento expositivo de “O Capital”, estruturado segundo o método dialético, reflete uma teoria revolucionária. Em outras palavras, uma teoria a respeito da superação do modo de produção capitalista, propiciando, ainda, uma sistematização da consciência da classe trabalhadora e, assim, a percepção da necessidade por parte dessa classe de ser o mencionado sistema econômico superado, configurando-se a obra, nesse sentido, como um instrumento político direcionado à organização revolucionária. Subdividida em três partes, a dissertação em questão trata, na primeira, do conceito “dialética” e de sua aplicação em “O Capital”; na segunda, do movimento negativo-expositivo do livro I da obra, apresentando as determinações da teoria revolucionária e o significado político do seu método expositivo; e, por fim, na terceira, de uma polêmica entre Hector Benoit e Francisco Soares Teixeira a respeito do modo de exposição da obra. Nesse percurso...

Relendo Carpeaux

Bosi,Alfredo
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.26%
Este artigo é um convite à leitura da obra de Otto Maria Carpeaux. Exilado no Brasil após a anexação da Áustria pela Alemanha, Carpeaux colaborou intensamente no jornalismo cultural brasileiro dos anos 1940 aos 1960. Escreveu uma monumental História da literatura ocidental, obra única em seu gênero em língua portuguesa. Definiu o seu método crítico como socioestilístico. Seus ensaios sobre literatura e música revelam sempre o caráter contraditório dos estilos de época e das obras que ele interpreta do ponto de vista dialético. Escreveu ensaios importantes sobre autores brasileiros, como Carlos Drummond de Andrade e Graciliano Ramos. Nos últimos anos de sua vida abandonou o ensaísmo literário e dedicou-se à luta contra a ditadura militar brasileira escrevendo artigos polêmicos em jornais clandestinos.

Instituto de Educação do Amapá: uma história de educação pelo exemplo

Carvalho, João Wilson Savino
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
O objetivo deste trabalho é a construção de uma história do Instituto de Educação do Amapá (IETA), uma escola voltada para a formação de professores em nível de segundo grau, criada em Macapá (AP) em 1949, sem condições mínimas de funcionamento, mas que gradativamente foi corrigindo as suas deficiências e adquirindo uma imagem de escola pública de qualidade, além de enorme prestígio junto à comunidade, até sua extinção em 2005, sob a alegação das restrições da LDBEN à formação de professores em nível de segundo grau e da necessidade de seu espaço físico para a implantação da universidade estadual. A metodologia escolhida foi a pesquisa histórica, qualitativa, bibliográfica (textos, artigos e livros sobre o IETA), documental (documentos básicos e imagens do IETA) e de campo (fala de memorialistas locais e atores da prática educativa da escola), tendo como referencial epistemológico o materialismo dialético, fundamentação metodológica para a aplicação do método dialético de investigação à história das instituições escolares o pensamento de Justino de Magalhães, Paolo Nosella e Ester Buffa, e em Maria Cecília Minayo, para quem a dialética é um caminho do pensamento e a pesquisa um artesanato intelectual. As principais categorias de análise e fio condutor da pesquisa são as representações do trabalho e do conhecimento docente do professor das séries iniciais na cultura escolar do IETA...

Jean-Pierre Falret e a definição do método clínico em psiquiatria

Ramos,Fernando A. da Cunha
Fonte: Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Publicador: Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
Jean-Pierre Falret pode ser considerado a terceira grande figura da medicina mental francesa da primeira metade do século XIX, tendo sido aquele que, após Pinel e Esquirol, foi responsável por dar o acabamento final à obra de fundação da psiquiatria clínica e da patologia mental. A vida de Falret coincide no tempo com o período de domínio cultural e político da França no Ocidente, no qual também a medicina mental francesa se desenvolveu e alcançou seu ápice. Após a morte de Falret, a psiquiatria francesa entra em um lento processo de decadência, sendo sua liderança gradualmente substituída pela da escola psiquiátrica germânica, a qual, ao final do século XIX e início do século XX, dará desenvolvimento a muitas das idéias desse autor. O capítulo introdutório de sua principal obra, Des maladies mentales et des asiles d'aliénés, publicada ao final de sua vida, é considerado, ele próprio, uma obra-prima. Nele, Falret faz a síntese de sua carreira intelectual e clínica, realizando um trabalho de crítica e revisão de inúmeros conceitos da medicina mental da época. Entre as grandes contribuições de Falret, está a definição precisa do método clínico em psiquiatria, com seus três principais aspectos: o enquadre dialético...

The method of enquiry on the definition of justice in Ethica Nicomachea V; O método para a investigação da definição da justiça na Ética Nicomachea V

Natali, Carlo; Università Ca'Foscari
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.36%
O objetivo do artigo é analisar a primeira parte do Livro V da Ética Nicomaqueia, dedicado a discutir a justiça, para mostrar que o método ali empregado não é dialético. Muitos estudiosos em anos recentes atribuíram a Ética Nicomaqueia como um todo o método descrito no Livro VII 1, cujo objetivo parece ser aquele de salvar as mais importantes opiniões sobre o assunto. Contrariamente a esta posição, pretendemos encontrar procedimentos característicos das investigações científicas tal como descritos nos Segundos Analíticos, II 1-3 e 8-10, que, com respeito ao objeto da investigação, iniciam por responder à questão ei estin e prosseguem em busca da definição de sua essência através de passos sucessivos, um dos quais é a indicação de uma definição nominal. Neste modo de proceder, faz-se bastante uso dos endoxa, mas o argumento não é dialético.; The goal of the article is to analyse the first part of book V of the Nicomachean Ethics, which discusses justice, to show that the method there employed is not dialectical. Many scholars in recent years have attributed to the Nicomachean Ethics as a whole the method described in book VII 1, whose objective seems to be that of saving the most important opinions about the matter.  Contrary to this position...

Por uma ciência do atrito: ensaio dialético sobre a violência urbana

Melgaço, Lucas de Melo
Fonte: Revista Geografias Publicador: Revista Geografias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Uma das maiores vantagens em se adotar o método dialético nos estudos de Geografia está justamente em considerar a realidade em sua complexidade: não uma realidade fragmentada, mas uma realidade dialética, dinâmica, mutante. Boa parte dos geógrafos que tentaram estabelecer esse diálogo entre Geografia e Violência acabou esbarrando nas limitações do método analítico. Por esse motivo, uma teoria que entenda o espaço geográfico enquanto um todo em movimento, um híbrido de objetos e ações se faz necessária. Além disso, é impossível entender essa prática espacial denominada violência se a enxergarmos, apenas, como um recorte da realidade. Assim, este trabalho não pretende ser uma geografia da violência, ou, muito menos, uma geografia do crime e sim, uma geografia dos usos do território. Tal perspectiva é fundamental para que a violência e o planejamento territorial sejam entendidos mais como questões políticas que meramente técnicas e para que Geografia seja então uma ciência do complexo, da ação e, portanto, do atrito.

Theoretical and methodological parameters for the analysis of social politics; Parâmetros teóricos e metodológicos para análise de políticas sociais

Tanezini, Theresa Cristina Zavaris
Fonte: UnB-BCE Publicador: UnB-BCE
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por pares; ; Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
This text questions the apparent technicism that involves the prescriptions of management and merely administrative nature of the public action (endogenous and linear analysis) and it points out the importance of identifying the theoretical and methodological references of the social sciences that aim different meanings for the concepts related with the public politics – politics, State (in its several forms) and society, as well as the different methods for its analysis. After a panoramic — although superficial — view of the different present ways of thinking among specialists in this area, this work focuses the dialectic method that provides basis for critical thought about the conceptions concerning public decision and intervention, and for dialogue possibilities with renovating tendencies of the method, compared with its sequential analysis of the “vital” cycle of social politics as a process, that is to say, of its formation and development. The analyst’s role in this complex and non-linear perspective of analysis is to evaluate the role of the political actors, and of the structures and institutions in that cycle and to confront the speech, the program of governmental action and the objective impacts (in the life and work conditions of the beneficiaries) and subjective in the reality seen its totality...