Página 1 dos resultados de 41 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Itens alimentares no consumo alimentar de crianças de 7 a 10 anos; Food items in the food intake of children aged seven to ten years

Hinnig, Patrícia de Fragas; Bergamaschi, Denise Pimentel
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.74%
OBJETIVO: Descrever os itens alimentares mais representativos para o consumo total de energia, carboidratos, proteínas e lipídios de crianças de 7 a 10 anos. MÉTODOS: Elaborou-se uma lista com todos os alimentos consumidos com suas respectivas quantidades e quantificou-se a composição da dieta em energia e macronutrientes. A lista foi baseada em informações fornecidas pelo preenchimento de três Diários Alimentares (DA) por 85 escolares de 7 a 10 anos que frequentavam uma escola pública na cidade de São Paulo. Obteve-se o agrupamento dos alimentos em 129 itens, calculou-se o percentual de contribuição de cada item no consumo alimentar dos nutrientes e identificaram-se aqueles que contribuíram com até 95% da ingestão total de calorias e dos nutrientes selecionados. RESULTADOS: Os itens "Arroz branco, arroz à grega, arroz com legumes" e "Feijão marrom, preto, branco, lentilha" contribuíram de forma importante para o consumo de energia e carboidratos. O item "Leite integral fluido, leite integral em pó" foi representativo para o consumo de lipídios, além de proteínas e energia. Ressalta-se a importância no consumo em energia e carboidratos das bebidas doces (refrigerantes e sucos industrializados) na dieta deste grupo populacional. CONCLUSÕES: É evidente a participação do arroz no consumo alimentar total de energia e carboidratos; do feijão em energia...

Influência do manejo do nível freático e doses de nitrogênio em culturas sob hipoxia no solo; Effects of water table management and nitrogen supplies in crops under hypoxia conditions in soil

Sá, Jocelito Saccol de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.73%
Em diversos países, extensas áreas agrícolas são afetadas por inundações temporárias que ocasionam significativos prejuízos à produção de alimentos. Os objetivos deste trabalho foram: a) avaliar os efeitos da exposição de plantas de lentilha (Lens culinaris Medik) ao estresse por excesso hídrico em relação ao manejo do nível freático; b) avaliar o comportamento de cultivares de soja (Glycine max L. Merrill) a hipoxia e à aplicação de nitrogênio na atenuação dos danos ocasionados pelo excesso hídrico e c) avaliar as respostas de plantas de trigo (Triticum aestivum, L.) à saturação hídrica, total ou parcial, da camada de solo correspondente à zona radicular da cultura. Em plantas de lentilha, o excesso de água no solo reduziu a expansão foliar, o acúmulo de biomassa, a produção de grãos e reduziu a concentração de N, K, Ca, Mn e Mg nas folhas e intensificou o processo de senescência foliar. As taxas de ascensão e de rebaixamento do nível freático de 15 e 30 cm dia-1 influenciaram positivamente o desenvolvimento e a produção. Os danos mais drásticos foram ocasionados pela elevação e pelo rebaixamento do nível freático em 5 cm dia-1. O efeito negativo da inundação do solo na produção de grãos foi reduzido em 21% pelo aumento da taxa de ascensão e de rebaixamento do nível freático de 5 para 30 cm dia-1. A adição de 50 kg N ha-1 não minimizou os danos ocasionados pela hipoxia. Em soja...

Lipídios, carboidratos e proteínas de sementes de leguminosas do Cerrado; Lipids, carbohydrates and proteins of cerrado legume seeds

Sasaki, Mayumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
17.39%
O cerrado é o segundo maior bioma do país, ocupando em torno de 20 a 25% do território brasileiro, sendo detentor de grande diversidade vegetal. Entretanto, agressões a áreas de cerrado vêm ocorrendo em escala crescente, o que torna urgente estudos detalhados sobre espécies representativas do bioma. O objetivo deste trabalho foi o de analisar o conteúdo de nutrientes orgânicos das sementes de leguminosas, uma das famílias de maior riqueza no cerrado. Foram analisados lipídios, carboidratos e proteínas de oito espécies: Acosmium subelegans, Anadenanthera peregrina var. falcata, Andira laurifolia, Copaifera langsdorfii, Crotalaria flavicoma, Dimorphandra mollis, Hymenaea stigonocarpa e Inga uraguensis. Em geral, as amostras apresentaram baixos teores de lipídios (aproximadamente 5%) e a composição de ácidos graxos mostrou predominância do ácido linoléico na maioria das espécies e também uma tendência a alta proporção de ácidos graxos saturados, principalmente ácido palmítico. A espécie com maior teor foi Acosmium subelegans (13%), que apresentou valor comparável ao de semente de lupino e sua composição de ácidos graxos é similar aos de óleos de girassol, gergelim e milho. As espécies apresentaram teores consideráveis de açúcares solúveis totais (5-10%). Os rendimentos de amido foram baixos (inferior a 1%)...

Efeito da germinação de grão e temperatura de processamento na composição nutricional de dietas crudívoras; Effect of grain germination and processing temperature on the nutritional composition of raw food diets

Fiori, Carolina Bonfanti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
18.33%
A busca por um estilo de vida saudável tem motivado diversos indivíduos a mudanças em seus hábitos alimentares. O crudivorismo, também conhecido por alimentação viva ou alimentação crua (raw food) destaca-se dentre as demais dietas vegetarianas devido aos seus fundamentos, princípios e estilo de vida. Os crudívoros se abstêm de aplicação térmica, pois argumentam que as comidas cruas contem as próprias enzimas digestivas que facilitam a digestão dos alimentos no organismo. Para evitar possíveis deficiências e interferências nutricionais e manter dieta predominantemente crua, os crudívoros necessitam de planejamento adequado e seleção de alimentos apropriados. O presente estudo tem por objetivo verificar a adequação nutricional de uma dieta crudívora composta por vegetais, grãos germinados, alimentos de diferentes fontes lipídicas e submetidas a três temperaturas de processamento. O preparo das dietas crudívoras e as análises químicas foram realizados no laboratório de Nutrição Humana, do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz". Para a elaboração das dietas crudívoras foi utilizado uma dieta base, constituído de batata com casca...

Simulação numérica do crescimento da lentilha de solda obtida pelo processo de soldagem a ponto por resistência elétrica no aço inox AISI 304; Numerical simulation of nugget growth for resistance spot welding in stainless steel AISI 304

Molenda, Carlos Henrique de Andrade; Paris, Aleir Antonio Fontana de; Limberger, Inacio da Fontoura; Silva, Rogério Brittes da; Oliveira, Leandro Marin de; Righi, Luiz Antônio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.39%
O crescimento das lentilhas de solda obtidas pelo processo de soldagem a ponto por resistência elétrica em chapas de aço inoxidável AISI 304 foi analisado através de simulação numérica com o método de elementos finitos, sendo utilizado para essa finalidade o programa comercial ANSYS. O modelo matemático utilizado considerou: acoplamento entre os campos elétricos e térmicos em regime transiente; a variação das propriedades elétricas e térmicas do aço AISI 304 com a temperatura e condições de contorno térmicas de convecção. A geometria tridimensional analisada, axissimétrica, permitiu a simplificação para uma geometria bidimensional. Os resultados obtidos com o modelo foram comparados com resultados experimentais apresentados na literatura. Foram consideradas espessuras de chapas de 1, 2 e 3 mm, e diferentes diâmetros de face para os eletrodos. As simulações determinaram os tempos necessários de aplicação de diferentes valores de corrente para obtenção dos diâmetros e penetração das lentilhas de solda recomendados em cada situação. Os resultados mostraram também que com o uso de maiores correntes menos energia é consumida na formação da lentilha de solda.; The growth of the spot welding nugget in AISI 304 stainless steel sheets was analyzed by numerical simulation with the finite element method...

Resíduos e subprodutos agroindustriais e grãos como substratos para produção do fungo entomapatogênico Lecanicillium lecanii

Machado, Ana Carolina Ribeiro; Monteiro, Antonio Carlos; Mochi, Dinalva Alves; Yoshida, Luciana
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 703-714
POR
Relevância na Pesquisa
18.09%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Lecanicillium lecanii é um fungo promissor no controle biológico de pragas e para sua utilização em campo é necessária a produção de conídios em grande quantidade. Este trabalho objetivou selecionar meios de cultura líquidos feitos com resíduos ou subprodutos agroindustriais e meios sólidos pela mistura de grãos e derivados, visando à produção dos isolados JAB 02 e JAB 45 do fungo. Como substratos líquidos utilizaram-se, em diferentes concentrações, água do cozimento do arroz e da prensa da mandioca, soro de queijo, milhocina®, melaço, vinhaça e leite de levedura da indústria da cana, avaliando-se a esporulação e biomassa. Como substratos sólidos, combinaram-se, em diferentes proporções, trigo grosso, farelos de trigo e de soja com quirela de milho, lentilha e sorgo para JAB 02, e com painço, trigo em grão e lentilha para JAB 45, avaliando-se a produção e viabilidade de conídios. O meio contendo 4% de milhocina® favoreceu a produção de ambos os isolados. Para JAB 02, proporcionaram melhores resultados os meios com 85% de água da prensa da mandioca, 5,5% de melaço e 100% de soro de queijo, além de misturas entre trigo grosso e farelo de trigo com lentilha (70:30%) e trigo grosso e farelo de trigo com sorgo (85:15%). Os meios com 100% da água da prensa da mandioca e 85% de soro de queijo...

Effect of lentil tannins on albumin hydrolysis by trypsin

NEVES, Valdir A.; LOURENÇO, Euclides J.; SILVA, Maraiza A.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 208-212
ENG
Relevância na Pesquisa
27.94%
Os taninos da casca da semente de lentilha foram extraídos e purificados, levados à interação com albumina isolada de lentilha e com caseína; e estudados por turbidimetria. As interações da albumina e caseína com taninos purificados, a várias relações tanino-proteína, mostraram ser independente e dependente do pH, respectivamente. Hidrólise in vitro com tripsina das proteínas sem taninos indicou que o aquecimento a 99°C/15 min reduzia a susceptibilidade da albumina e aumentava a da caseína à tripsina. A influência de diferentes relações tanino:proteína (1:40; 1:20; 1:5; 1:2,5) na hidrólise mostrou maior inibição para caseína que para albumina de lentilha, independente de aquecimento. Após aquecimento ambas proteínas foram mais hidrolizadas para qualquer das relações tanino proteínas estudadas. A eletroforese em gel de poliacrilamida-dodecilsulfato de sódio do transcurso da hidrólise da interação tanino-albumina nativa mostra a dependência da relação tanino:proteína.; The tannins of lentil seed coat were extracted and purified, allowed to interact with isolated lentil albumin and casein and studied turbidimetrically. The interactions of lentil albumin and casein with tannin at various tannin-to- protein ratios proved to be pH-independent and pH-dependent...

LENTIL TANNIN-GLOBULIN INTERACTIONAND and IN VITRO HYDROLYSIS

NEVES, Valdir A.; LOURENÇO, Euclides J.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 346-349
ENG
Relevância na Pesquisa
27.73%
As frações protéicas foram isoladas dos cotiledones e os taninos isolados e purificados da casca da lentilha. A fração globulina correspondeu a 42,7 % do nitrogenio total da farinha de lentilha representando a fração protéica majoritária. Comparativamente ao metanol e metanol-HCl 1% a mistura acetona:água (7:3) representou o melhor meio extrator para os taninos da casca. A fração globulina isolada, nativa e aquecida (99oC/15 min), e caseína foram hidrolisadas com tripsina e pepsina na ausência de taninos e na presença de relações tanino:proteína de 1:40, 1:20, 1:10, 1:5 e 1:2,5. A hidrólise tríptica e péptica das proteínas não-aquecidas foram reduzidas com o aumento da relação tanino-proteína. A caseína não aquecida mostrou ser mais susceptível à tripsina que à globulina, o oposto sendo observado com a pepsina. O aquecimento seguido de interação com os taninos e hidrólise teve um efeito mais pronunciado sobre a digestão com tripsina que com pepsina para ambas proteínas.; Protein fractions were isolated from lentil cotyledons and tannins were isolated and purified from lentil seed coats. The globulin fraction corresponded to 42.7% of the total lentil flour nitrogen, representing the major protein fraction. Acetone:water (7:3) was the best extractant for seed coat tannins compared to methanol or methanol-HCl 1%. Native and heated (99oC/15 min.) isolated lentil globulin and casein were hydrolyzed with trypsin and pepsin in the absence of tannins and at 1:40...

Correlação entre valor nutritivo e teores de fibra alimentar e amido resistente de dietas contendo grãos de ervilha (Pisum sativum L.), feijão-comum (Phaseolus vulgaris L.), grão-de-bico- (Cicer arietinum L.) e lentilha (Lens culinaris Med.).; Correlation between nutritional value and texts of alimentary fiber and resistant starch of diets I contend supreme of pea (Pisum sativum L.), beans-common (Phaseolus vulgaris L.), garbanzo bean (Cicer arietinum L.) e lentil (Lens culinaris Med.).

Giovana Ermetice de Almeida Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
27.73%
O baixo valor nutritivo das proteínas de leguminosas representa um de seus maiores problemas, sendo tipicamente inferior ao das proteínas animais. Alguns fatores responsáveis são conhecidos, porém, tem sido conferida alguma atenção à ação das fibras alimentares e substâncias semelhantes no organismo, embora os estudos sejam poucos. Neste estudo foram determinados o valor nutritivo e os teores de fibra alimentar e amido resistente de dietas contendo grãos das leguminosas: ervilha (Pisum sativum L.), feijão-comum (Phaseolus vulgaris L.), grão-de-bico (Cicer arietinum L.) e lentilha (Lens culinaris Med.). As leguminosas foram utilizadas como fonte protéica (12%) das dietas fornecidas ad libitum em ensaio biológico de 14 dias, utilizando-se 96 ratos albinos machos da linhagem Wistar, com 21-23 dias de vida e peso de 45-50g. Foram realizados também tratamentos para controle contendo caseína igualmente ao nível protéico de 12% e aprotéico para fins corretivos. Conforme os dados de Digestibilidade Aparente e Corrigida pela Dieta Aprotéica (DA e DCDA, respectivamente), Quociente de Eficiência Protéica Líquida (NPR) e Eficiência Alimentar (QEA), o grão-de-bico foi a leguminosa de maior destaque devido aos teores próximos aos da dieta contendo caseína...

Resíduos e subprodutos agroindustriais e grãos como substratos para produção do fungo entomapatogênico Lecanicillium lecanii

Machado,Ana Carolina Ribeiro; Monteiro,Antonio Carlos; Mochi,Dinalva Alves; Yoshida,Luciana
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
18.09%
Lecanicillium lecanii é um fungo promissor no controle biológico de pragas e para sua utilização em campo é necessária a produção de conídios em grande quantidade. Este trabalho objetivou selecionar meios de cultura líquidos feitos com resíduos ou subprodutos agroindustriais e meios sólidos pela mistura de grãos e derivados, visando à produção dos isolados JAB 02 e JAB 45 do fungo. Como substratos líquidos utilizaram-se, em diferentes concentrações, água do cozimento do arroz e da prensa da mandioca, soro de queijo, milhocina®, melaço, vinhaça e leite de levedura da indústria da cana, avaliando-se a esporulação e biomassa. Como substratos sólidos, combinaram-se, em diferentes proporções, trigo grosso, farelos de trigo e de soja com quirela de milho, lentilha e sorgo para JAB 02, e com painço, trigo em grão e lentilha para JAB 45, avaliando-se a produção e viabilidade de conídios. O meio contendo 4% de milhocina® favoreceu a produção de ambos os isolados. Para JAB 02, proporcionaram melhores resultados os meios com 85% de água da prensa da mandioca, 5,5% de melaço e 100% de soro de queijo, além de misturas entre trigo grosso e farelo de trigo com lentilha (70:30%) e trigo grosso e farelo de trigo com sorgo (85:15%). Os meios com 100% da água da prensa da mandioca e 85% de soro de queijo...

Potencial alelopático de 2-benzoxazolinona (boa) e sua interação com atrazine no crescimento de plantas

Souza,Itamar F.; Einhellig,Frank A.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1994 PT
Relevância na Pesquisa
27.73%
Dois experimentos de laboratório foram conduzidos na Universidade de South Dakota, Vemillion, SD, EUA, em 1990, para determinar os efeitos do ácido hidroxâmico benzoxazolinona (BOA), do herbicida atrazine e de suas misturas sobre o crescimento e teor de clorofila de lentilha dágua (Lemna minor). BOA na concentração de 0,5 mM foi aplicado em combinação com atrazine a 0,001 e 0,005 mM em caixas plásticas com 24 células de 2,5 ml, contendo 3 frondes de lentilha dágua em solução nutritiva. BOA e atrazine, aplicados isoladamente, inibiram o número, o peso sêco e o teor de clorofila. Atrazine apresentou uma maior ação inibitória que BOA. A combinação BOA (0,05 mM) e atrazine à 0,001 mM foi antagonística. A inibição induzida pelo atrazine a 0,001 mM foi, em parte, neutralizada, porém, com a dose 0,005 mM a sua ação inibitória não foi alterada.

Calagem e o potencial de lixiviação de imazaquin em colunas de solo

Inoue,M.H.; Marchiori Jr.,O.; Oliveira Jr.,R.S.; Constantin,J.; Tormena,C.A.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
17.39%
Com o objetivo de avaliar o potencial de lixiviação do herbicida imazaquin em colunas de solo, após a aplicação de diferentes níveis de calagem em amostras de Latossolo Vermelho Distrófico (LV) (arenoso) e Latossolo Roxo Distroférrico (LR) (argiloso), foram conduzidos dois ensaios em casa de vegetação, no período de março a dezembro de 1999. Os ensaios consistiram da aplicação de imazaquin (150 g ha-1) no topo das colunas, cujos solos, após receberem os diferentes níveis de calagem, apresentavam diferentes valores de pH. A seguir, simulou-se uma chuva de 30 mm (LV) ou 90 mm (LR) no topo das colunas. Três dias após, foram instalados bioensaios com pepino (LV), lentilha e sorgo (LR), distribuindo-se as sementes em sulco ao longo das colunas, para avaliar a lixiviação do imazaquin. Os resultados evidenciaram que o incremento no nível de calagem proporcionou significativo aumento do potencial de lixiviação de imazaquin nas colunas de ambos os solos. Constatou-se também que o sorgo foi mais sensível que a lentilha como bioindicador da atividade de imazaquin.

Efeito de taninos da lentilha sobre a hidrólise da albumina pela tripsina

NEVES,Valdir A.; LOURENÇO,Euclides J.; SILVA,Maraiza A.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
38.09%
Os taninos da casca da semente de lentilha foram extraídos e purificados, levados à interação com albumina isolada de lentilha e com caseína; e estudados por turbidimetria. As interações da albumina e caseína com taninos purificados, a várias relações tanino-proteína, mostraram ser independente e dependente do pH, respectivamente. Hidrólise in vitro com tripsina das proteínas sem taninos indicou que o aquecimento a 99°C/15 min reduzia a susceptibilidade da albumina e aumentava a da caseína à tripsina. A influência de diferentes relações tanino:proteína (1:40; 1:20; 1:5; 1:2,5) na hidrólise mostrou maior inibição para caseína que para albumina de lentilha, independente de aquecimento. Após aquecimento ambas proteínas foram mais hidrolizadas para qualquer das relações tanino proteínas estudadas. A eletroforese em gel de poliacrilamida-dodecilsulfato de sódio do transcurso da hidrólise da interação tanino-albumina nativa mostra a dependência da relação tanino:proteína.

Teste de envelhecimento acelerado em sementes de lentilha

Freitas,Raquel Alves de; Nascimento,Warley Marcos
Fonte: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes Publicador: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.94%
O presente trabalho teve como objetivo verificar a eficiência do teste de envelhecimento acelerado para avaliar o vigor de sementes de lentilha. Para tanto, utilizaram-se quatro lotes de sementes de lentilha, cultivar Silvina. A qualidade inicial de cada lote de sementes foi avaliada pela determinação do grau de umidade, germinação, primeira contagem de germinação, velocidade de emissão da raiz primária e emergência de plântulas em campo. O envelhecimento acelerado foi conduzido a 41°C durante 24, 48 e 72 horas, com e sem uso de solução saturada de NaCl. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado. O teste de envelhecimento acelerado mostra-se eficiente para avaliar o vigor de sementes de lentilha: o período de 48 horas, a 41°C é o procedimento mais adequado para a classificação dos lotes em diferentes níveis de vigor.

Simulação numérica do crescimento da lentilha de solda obtida pelo processo de soldagem a ponto por resistência elétrica no aço inox AISI 304

Molenda,Carlos Henrique de Andrade; Paris,Aleir Antônio Fontana de; Limberger,Inácio da Fontoura; Silva,Rogério Brittes da; Oliveira,Leandro Marin de; Righi,Luiz Antônio
Fonte: Associação Brasileira de Soldagem Publicador: Associação Brasileira de Soldagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.39%
O crescimento das lentilhas de solda obtidas pelo processo de soldagem a ponto por resistência elétrica em chapas de aço inoxidável AISI 304 foi analisado através de simulação numérica com o método de elementos finitos, sendo utilizado para essa finalidade o programa comercial ANSYS. O modelo matemático utilizado considerou: acoplamento entre os campos elétricos e térmicos em regime transiente; a variação das propriedades elétricas e térmicas do aço AISI 304 com a temperatura e condições de contorno térmicas de convecção. A geometria tridimensional analisada, axissimétrica, permitiu a simplificação para uma geometria bidimensional. Os resultados obtidos com o modelo foram comparados com resultados experimentais apresentados na literatura. Foram consideradas espessuras de chapas de 1, 2 e 3 mm, e diferentes diâmetros de face para os eletrodos. As simulações determinaram os tempos necessários de aplicação de diferentes valores de corrente para obtenção dos diâmetros e penetração das lentilhas de solda recomendados em cada situação. Os resultados mostraram também que com o uso de maiores correntes menos energia é consumida na formação da lentilha de solda.

Análise físico-química, microbiológica e sensorial de brotos de lentilha da variedade PRECOZ

Loures,Neoraldo Thadeu Pacheco; Nóbrega,Lúcia Helena Pereira; Coelho,Silvia Renata Machado
Fonte: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.73%
Avaliou-se a variedade precoce de lentilha (Lens esculenta), PRECOZ, desenvolvida e cultivada na Argentina, para uso como broto alimentício, em caixa térmica de poliuretano com dreno lateral para escoamento da água, com ausência de luz e temperatura controlada. A porcentagem de germinação era de 86% e iniciou-se a partir do segundo dia após a embebição, com desenvolvimento dos brotos até o sexto dia. Após 48h, para aumentar a síntese de etileno e melhorar a qualidade dos brotos produzidos, para criar estresse fisiológico, foram usados pesos sobre os brotos, os quais também foram submetidos a provas microbiológicas, cujos valores foram maiores que 1,1 x 10(4) NMP g-1 para coliformes fecais e com acidez de 2,64% e pH de 5,48 (pouco ácido). Não houve crescimento de Salmonella e, para Escherichia coli, os níveis foram inferiores a 10 UFC g-1. Em 100 g de brotos, foram encontrados 54,34 g de carboidratos, 6,24 g de fibra bruta e 25,56 g de proteínas. Testes sensoriais foram realizados em comparação com brotos de alfafa e feijão, com provadores não-treinados. A aceitabilidade foi de 73,3%, com apenas 13,3% de rejeição e 13,3% de indiferença, valores inferiores aos do feijão, com 96,7% de aceitação e 3,3% de rejeição...

Ocorrência de Sclerotium rolfsii em grão de bico e lentilha no Planalto Central do Brasil.

CABRAL, C. S.; BARBOZA, E. A.; SILVA, H. D. S.; LOPES, C. A.; REIS, A.
Fonte: Tropical Plant Pathology, Brasília, DF, v. 36, p. 900, 2011. 1 CD-ROM. Suplemento. Edição dos resumos do 44º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2011, Bento Gonçalves. Publicador: Tropical Plant Pathology, Brasília, DF, v. 36, p. 900, 2011. 1 CD-ROM. Suplemento. Edição dos resumos do 44º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2011, Bento Gonçalves.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.73%
O objetivo deste trabalho foi determinar a etiologia de podridão de colo e raízes em plantas de grão de bico e lentilha recebidas no Laboratório de Fitopatologia da Embrapa Hortaliças para fins de diagnose.; 2011; Resumo 1079.

Desempenho de lagoas de maturação utilizando macrófitas aquáticas e chicaneamento; Performance of maturation ponds using aquatic plants and baffles

Polisel, Kleber Castilho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
17.39%
As lagoas de estabilização têm sido, por suas características operacionais e baixos custos de implantação, consideradas como a opção mais viável para tratamento de águas residuárias em pequenas e médias comunidades. O sistema composto por lagoa anaeróbia e facultativa em série é o mais empregado no Brasil. Com o avanço no monitoramento das lagoas de estabilização que se iniciou na década de 90, no caso do Estado de São Paulo pela SABESP, e que hoje se encontra bastante estruturado, periódico e confiável, nota-se que esses sistemas apesar de projetados seguindo as técnicas mais recentes, não possuem a eficiência esperada quando em operação. Tornam-se então prementes os estudos no sentido de melhorar o desempenho dos sistemas existentes e fornecer subsídios para novos projetos de lagoas de estabilização. Este trabalho estudou a utilização de chicaneamento nas lagoas de estabilização verificando a influência das chicanas no comportamento hidrodinâmico e desempenho desses sistemas além da utilização de macrófitas aquáticas no processo de tratamento de águas residuárias. Concluiu-se que mesmo com aumento de eficiência de remoção de DQO, 'DBO IND.5', nitrogênio Kjedahl e amoniacal, para ambos os casos: lagoa com aguapé e lagoa com lentilha d’água...

Épocas de plantio da lentilha precoce em quatro regiões de Minas Gerais

Vieira,Rogério Faria; Resende,Maria Aparecida Vilela de; Vieira,Clibas; Ferreira,Rodrigo Ticle
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1999 PT
Relevância na Pesquisa
27.94%
Foram conduzidos cinco ensaios, todos irrigados, em quatro regiões de Minas Gerais: Viçosa, Leopoldina (Zona da Mata), Patos de Minas (Alto Paranaíba), Uberaba (Triângulo) e Janaúba (Norte), com o objetivo de determinar a melhor época de plantio da lentilha precoce. Em Viçosa, foram estudadas seis datas de plantio, de 15/3 a 30/5; em Leopoldina, quatro, de 7/4 a 10/6; em Uberaba e Patos de Minas, seis, de 17/2 a 2/6; e em Janaúba, cinco, de 16/5 a 3/8. O intervalo entre datas de plantio foi de, aproximadamente, 20 dias. No ensaio de Viçosa, foi utilizada a cultivar Precoz, plantada no espaçamento entre fileiras de 40 cm, com 30 sementes/m; nos outros ensaios, a Silvina, no espaçamento entre fileiras de 30 cm, com 50 sementes/m. Em geral, os maiores rendimentos foram alcançados quando o plantio foi feito em maio, principalmente na segunda quinzena. Em Viçosa, a lentilha também teve bom desempenho quando plantada na segunda quinzena de março. Em Leopoldina e Janaúba, os dois locais de temperaturas mais altas, o plantio no início de junho não prejudicou o rendimento, se comparado com o da segunda quinzena de maio. Nas épocas de plantio em que foram obtidos os maiores rendimentos, a lentilha precoce, após a emergência...

Epocas de plantio da lentilha precoce em quatro regioes de Minas Gerais.

VIEIRA, R.F.; RESENDE, M.A.V. de; VIEIRA, C.; FERREIRA, R.T.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.7, p.1233-40, jul. 1999. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.7, p.1233-40, jul. 1999.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.94%
Foram conduzidos cinco ensaios, todos irrigados, em quatro regioes de Minas Gerais: Vicosa, Leopodina (Zona da Mata), Patos de Minas (Alto Paranaiba), Uberaba (Triangulo) e Janauba (Norte), com o objetivo de determinar a melhor epoca de plantio da lentilha precoce. Em Vicosa, foram estudadas seis datas de plantio, de 15/3 a 30/5; em Leopodina, quatro, de 7/4 a 10/6; em Uberaba e Patos de Minas, seis, de 17/2 a 2/6; e em Janauba, cinco, de 16/5 a 3/8. O intervalo entre datas de plantio foi de, aproximadamente, 20 dias. No ensaio de Vicosa, foi utilizada a cultivar Precoz, plantada no espacamento entre fileiras de 40 cm, com 30 sementes/m; nos outros ensaios, a Silvina, no espacamento entre fileiras de 30 cm, com 50 sementes/m. Em geral, os maiores rendimentos foram alcancados quando o plantio foi feito em maio, principalmente na segunda quinzena. Em vicosa, a lentilha tambem teve bom desempenho quando plantada na segunda quinzena de marco. Em Leopoldina e Janauba, os dois locais de temperaturas mais altas, o plantio no inicio de junho nao prejudicou o rendimento, se comparado com o da segunda quinzena de maio. Nas epocas de plantio em que foram obtidos os maiores rendimentos, a lentilha precoce, apos a emergencia, levou entre 28 e 60 dias para iniciar o florescimento; e da emergencia ate a colheita...