Página 1 dos resultados de 137 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A pequena empresa e seu ambiente organizacional: construção de um mapa das práticas dos dirigentes de uma empresa de tecnologia da informação com base na teoria da dependência de recursos e na teoria institucional; The small company and its organizational environment: construction of a map of managers' practices of an information technology company on the basis of resources dependence theory and institutional theory

Carvalho, Kristiane Cêra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.38%
O principal objetivo da pesquisa é construir um mapa, informado pelas "Teorias Ambientais", das práticas do dirigente da pequena empresa relacionadas ao ambiente organizacional. Os objetivos específicos são: compreender as especificidades da pequena empresa de tecnologia da informação, como o dirigente compreende o ambiente organizacional e quais são as práticas relacionadas a ele. Pretendeu-se adotar uma postura subjetivista-interpretativa. O quadro teórico de análise é a etnometodologia. De acordo com as teorias ambientais estudadas, o ambiente organizacional é composto por grupos de interesse e instituições que fornecem recursos e legitimidade para a organização. As práticas relacionadas ao ambiente são atendimento das demandas dos grupos de interesse, alteração do ambiente organizacional e conformidade institucional. A pequena empresa apresenta algumas especificidades que podem ser compreendidas mediante três dimensões: dirigente, organização e contexto. Foi realizado um estudo de caso em uma pequena empresa da área de tecnologia da informação de Campinas-SP. Mediante análise da conversação e observação do cotidiano da empresa, puderam-se compreender as principais práticas dos dirigentes relacionadas ao ambiente organizacional. Foi construído um mapa representativo destas práticas...

Avaliação de desempenho organizacional em cooperativas de eletrificação: um estudo sobre o uso de indicadores de desempenho; Organizational performance evaluation in cooperatives electrification: a study on the use of performance indicators

Munaretto, Lorimar Francisco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.57%
O presente estudo apresentou os objetivos de: desenvolver lista de indicadores para compor modelo de avaliação de desempenho para as CEs e após verificar sobre o uso e finalidade dos indicadores CEs, na sequência foi verificado sobre a existência de correlação (associação) dos indicadores com as finalidades de tomada de decisão estratégica, monitoramento e controle, educação e aprendizagem, legitimidade e comunicação externa, e por fim foi verificado sobre as finalidades mais relevantes no uso dos indicadores nas CEs. O desenvolvimento metodológico do estudo ocorreu em três etapas, sendo que na primeira e segunda etapa a pesquisa se caracterizou como do tipo exploratória, com dados coletados por meio das técnicas de pesquisa de grupo focal e Delphi e a terceira etapa da pesquisa foi do tipo descritiva e correlacional, com dados coletados por meio de pesquisa Survey. A primeira etapa do estudo iniciou a partir da relação teórica de trinta e quatro indicadores, que por meio da pesquisa de grupo focal junto a cooperativa Creluz foi possível acrescentar outros trinta e três indicadores de uso das CEs. Estes indicadores foram distribuídos nas seguintes dimensões: econômico-financeira, eficiência operacional, pessoas e inovação...

Estratégia, legitimidade e biocombustíveis: uma perspectiva geopolítica

Imasato, Takeyoshi
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.3%
A temática ambiental está cada vez mais presente, não apenas na esfera de governos, organizações internacionais e de grandes corporações, como também em pesquisas e trabalhos acadêmicos na área de Estratégia de negócios. Apesar da histórica negligência a essa temática, a literatura de gestão estratégica vem incorporando crescentemente elementos relacionados ao meio ambiente no âmbito da estratégia. Uma das formas de se obter desempenho condizente com demandas ambientais tem sido protagonizada por meio de investimentos em biocombustíveis, passando a ter implicações práticas nas estratégias de diversas organizações no mundo. O objetivo de pesquisa deste trabalho foi o de investigar por que e como o etanol foi incorporado na estratégia formal de uma organização brasileira historicamente vinculada ao setor petrolífero no Brasil. Partindo de uma perspectiva geopolítica, esta tese argumenta que a dinâmica que envolve a incorporação do etanol na estratégia dessa organização não pode ser compreendida apenas por meio de uma dimensão estritamente econômica. No decorrer da tese, é considerada a pertinência de se levar em conta ou não uma dimensão de poder para compreender o fenômeno investigado. Para a condução da pesquisa...

As relações entre liderança, cultura organizacional e clima organizacional da criminalística da Polícia Federal

Murga, Felipe Gonçalves
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.43%
As organizações estão conscientes que enfrentarão complexa mudança organizacional, pois as demandas individuais na participação das decisões têm alterado os papéis desempenhados pelos gestores e seus subordinados. Neste contexto, a comunicação torna-se essencial para o exercício da influência social, para a coordenação das atividades e para a efetivação da liderança. A literatura aponta que as atitudes e os comportamentos dos funcionários são regidos por uma distribuição justa das recompensas conforme às contribuições de cada um. Assim, satisfação e atitudes positivas podem ser alcançadas por meio de um ambiente organizacional com boa comunicação, autonomia, participação, justiça distributiva e confiança. Portanto, este trabalho teve o objetivo de identificar as dimensões de Liderança e Cultura Organizacional na Criminalística da Polícia Federal, suas relações com o Clima Organizacional e como estes construtos contribuem para explicação dos problemas gerenciais. Para a coleta dos dados, foi realizada uma pesquisa quantitativa composta de 4 questionários. Dos 722 formulários enviados, 150 (20,8 %) foram respondidos: 21 (14 %) por Peritos Criminais Federais (PCF) do órgão central, 126 (84 %) por PCF das descentralizadas e 3 (2 %) por PCF de outras unidades. Os entrevistados tinham de 30 a 64 anos de idade (μ = 40...

A CIDADANIA ORGANIZACIONAL NA PERCEPÇÃO DOS ATORES INTERNOS DE UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA AUTOGERIDA

Maciel, Eliana Ribas; Kuhn, Ivo Ney; Kelm, Martinho Luís; Ribas, Marinês
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.34%
Este estudo objetivou identificar e descrever as percepções dos atores internos de uma universidade comunitária autogerida no que se refere à cidadania organizacional. O referencial teórico aborda a cidadania organizacional e a organização universitária comunitária autogerida. Caracteriza-se como uma pesquisa social, qualitativa do tipo fenomenológica. O resultado do estudo realizado com uma amostra de docentes e técnicos administrativos da instituição apontou que os atores internos têm clareza quanto à atuação da instituição na dimensão legal da cidadania organizacional. Isto pressupõe que a entidade modele suas atividades por princípios que asseguram às pessoas o exercício pleno de seus direitos, de forma a legitimar a adoção de práticas sociais éticas institucionalizadas em seu ambiente. A dimensão ética foi considerada relevante para a legitimidade do modelo autogerido. Na dimensão econômica demonstrou que a identidade pautada em condutas de responsabilidade social e comprometimento com o desenvolvimento regional podem tornar-se fatores de diferenciação na competitividade. Quanto à dimensão da responsabilidade social presume-se que este elemento é intrínseco à cultura organizacional e denomina comportamentos habituais.

Implementação de políticas públicas em quadro de public governance: colaboração inter-organizacional como factor-chave

Mota, Luís Filipe Oliveira
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 14/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.14%
Dissertação de Mestrdao em Sociologia das Organizações e do Trabalho; Envolvidos num ambiente de crescente complexidade e perante uma crise de legitimidade de acção, os organismos estatais têm vindo, nas últimas décadas, a delegar responsabilidades de provisão de bens e serviços nos sectores privado e não lucrativo, desenvolvendo assim novos modelos de governação, de entre os quais o “Modelo de Redes”, que se caracteriza pela interdependência entre actores. Assim, carecem de análise as relações desenvolvidas entre actores, pelo que optámos pelo estudo da Iniciativas Novas Oportunidades enquanto política pública que segue este modelo de governação, nomeadamente através do estudo das relações que as estruturas locais de implementação (Centros Novas Oportunidades-CNOs) desenvolvem entre si. Através de processos de inquirição por questionário e entrevista aos coordenadores dos CNOs do distrito de Lisboa, concluímos que existe uma tendência para colaboração entre os CNOs, ainda que tal suceda, em muitos casos, de forma esporádica e como resposta às necessidades, mas registando-se também experiências de comunidades de partilha de práticas assinaláveis. Estas relações são influenciadas por factores inibidores...

Eficácia e desempenho organizacional no contexto do Terceiro Sector: estudo comparativo entre estabelecimentos de educação pré-escolar do terceiro sector, públicos e privados com fins lucrativos

Raposo, Carmen Duarte Tavares
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.28%
Mestrado em Economia Social e Solidária; A literatura sobre a eficácia e o desempenho organizacional no contexto do terceiro sector tem vindo a demonstrar que os critérios de eficácia e de desempenho das organizações não lucrativas são distintos dos adoptados nas organizações dos sectores público e empresarial. Estas diferentes concepções têm sido relacionadas com um conjunto de características distintivas das organizações dos três sectores. Partindo desta premissa, a presente dissertação teve como intuito identificar os critérios de avaliação de organizações sociais prestadoras de serviços de educação pré-escolar em Portugal e analisar, sob uma abordagem de tipo comparativista, quais as diferenças que se observavam entre esses critérios e os identificados nos sectores público e privado com fins lucrativos. A amostra foi constituída no total por 21 organizações pertencentes aos três sectores. Os resultados comprovam que os critérios de desempenho e de eficácia das organizações sociais reflectem algumas particularidades, nomeadamente por se encontrarem vocacionados tanto para fins sociais, como para os resultados financeiros. Esta dupla vocação evidencia uma forte orientação social do sector...

Gerenciamento de impressões: em busca de legitimidade organizacional

C. de Mendonça,J. Ricardo; Amantino-de-Andrade,Jackeline
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2003 PT
Relevância na Pesquisa
46.55%
Este ensaio discute como as organizações, por intermédio do gerenciamento de impressões (GI), buscam criar imagens que lhes proporcionam legitimação no ambiente social. Um modelo geral do processo de legitimação utilizando o GI organizacional é apresentado e discutido. Com base na construção teórica realizada, argumenta-se que as organizações empreendem estratégias e táticas de GI no sentido de controlar as impressões de públicos-chave e obter seu endosso e suporte. Propõe-se, então, que essas estratégias e táticas sejam operacionalizadas por meio de ações de comunicação corporativa. Esse processo pode ser caracterizado não apenas pela aquisição, mas também pela manutenção de uma imagem organizacional legitimada. Defende-se que a teoria de GI, associada aos aportes oriundos do campo da comunicação corporativa, pode auxiliar e enriquecer o entendimento do processo pelo qual as organizações obtêm a legitimidade em seus espaços sociais.

Institucionalismo organizacional e práticas de governança corporativa

Rossoni,Luciano; Machado-da-Silva,Clóvis L.
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.55%
Com este ensaio teórico, buscamos delinear uma visão institucional acerca da governança corporativa, destacando suas dimensões e suas instituições, bem como o processo de institucionalização dessas práticas. Destaque especial é dado ao caráter legitimador da governança, já que a legitimidade constitui ponto central no institucionalismo organizacional. Conforme se destaca na literatura, a legitimidade das práticas de governança fundamenta-se não somente em questões de ordem racional-utilitária, mas também em questões de ordem simbólica e social, como, por exemplo, o ideal de justiça distributiva, em que acionistas minoritários buscam justificar maior controle sobre acionistas controladores e gestores das organizações, pautando-se pela moralidade de tais exigências. Esboçamos alguns elementos do processo de institucionalização das práticas de governança corporativa ao redor do mundo, destacando que a emergência do fenômeno da sua difusão é resultado de uma série de fatores que acabam pressionando os mercados produtivos e de capitais a conformar suas práticas a padrões internacionalmente dominantes. Concluímos este ensaio teórico, dando destaque às implicações de se compreender as práticas de governança...

REDES SOCIAIS EMPREENDEDORAS PARA OBTENÇÃO DE RECURSOS E LEGITIMAÇÃO ORGANIZACIONAL: ESTUDO DE CASOS MÚLTIPLOS COM EMPREENDEDORES SOCIAIS

CORRÊA,RÚBIA OLIVEIRA; TEIXEIRA,RIVANDA MEIRA
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.23%
Também denominadas como redes de relacionamentos, as redes sociais empreendedoras abordam as relações com outras organizações, com grupos de empresas e com pessoas que os ajudam a criar empreendimentos. O objetivo geral deste estudo é analisar como os empreendedores sociais, durante a fase de concepção dos seus negócios, valem-se das suas redes sociais ou de relações para obter recursos e legitimação organizacional. Especificamente, este trabalho pretendeu identificar os laços sociais conforme definição de Granovetter (1973), apontar os recursos mobilizados por meio das redes de relacionamento de acordo com classificação de Brush, Greene e Hart (2001) e verificar os critérios de legitimação das organizações com fins sociais com base na tipologia de Atack (1999). O presente estudo tem abordagem qualitativa, de natureza exploratória e descritiva. Utilizou-se o estudo de casos múltiplos como estratégia de pesquisa. A coleta de evidências foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com três empreendedores sociais. Os diálogos foram gravados e posteriormente transcritos. O conteúdo das entrevistas foi analisado com a adoção da técnica de análise de conteúdo. Após a análise dos casos...

Proposta de uma matriz de análise de estratégias sociotécnicas de visibilidade e legitimidade presentes em blogs corporativos

Lasta,Elisangela; Barichello,Eugenia Mariano da Rocha
Fonte: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Publicador: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.53%
Os processos comunicacionais propostos pelos atores sociais na mídia digital implicam na sociotécnica relativa a essa mídia/blog corporativo. Essa dinâmica, no contexto da Comunicação Organizacional, se entrelaça a estratégias de visibilidade e de legitimidade. O estudo objetivou apresentar o desenvolvimento da matriz de análise de estratégias sociotécnicas de visibilidade e legitimidade presentes em blogs corporativos. A metodologia utilizou a pesquisa empírica mediada por computador (JOHNSON, 2010) a partir da observação encoberta e não participativa do campo de estudo e da triangulação de técnicas metodológicas com a matriz de tipificação de blogs (PRIMO, 2008a, 2008b, 2010) e a articulação entre teoria e dados empíricos. A matriz aqui proposta busca contribuir com a demanda de compreensão dos processos de Comunicação na dinâmica relativa à mídia digital/blog corporativo no âmbito estratégico.

Poder e maturidade organizacional: um estudo em ONGS no estado de Pernambuco

Andreza de Souza, Flávia; Campello de Souza, Bruno (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.39%
A presente dissertação é um estudo investigativo sobre Maturidade, Poder e Desempenho Organizacional no contexto das Organizações Não Governamentais de Pernambuco e teve como objetivo verificar empiricamente a hipótese de que, nesse cenário, uma maior Maturidade Organizacional favorece a predominância do Poder baseado em Expertise e Referência (mais do que em Coerção, Recompensa e Legitimidade), o que, por sua vez, tenderia a causar impactos no Desempenho da organização. Os referenciais científicos adotados incluem o Ciclo de Vida Organizacional de Machado-da-Silva, Vieira e Dellagnelo (1992); a Deterioração Organizacional de Foguel e Souza (1980); as Bases de Poder de French e Raven (1959) e os modelos de Análise de Desempenho de Tachizawa (2002) e de Rosa e Costa (2003). Foram entrevistadas, no período de julho a outubro de 2010, 32 ONGs associadas à ABONG e cadastradas no site Atitude Cidadã, estabelecidas em 6 cidades do estado. A pesquisa teve uma abordagem quantitativa com dados coletados presencialmente através de questionários estruturados. Em termos de resultados, este estudo verificou uma relação entre o uso do Poder de Recompensa e o Grau de Maturidade Organizacional das pesquisadas e uma relação da Maturidade com o Desempenho Organizacional...

Governança corporativa, legitimidade e desempenho das organizações listadas na Bovespa

Rossoni, Luciano
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.95%
Resumo: Este estudo parte da premissa que a legitimidade é um dos principais fatores que explicam a capacidade de sobrevivência e de aquisição de recursos das organizações. Enquanto dimensão estrutural, a legitimidade organizacional pode apresentar várias origens, sintetizadas em três dimensões: formal regulatória; cultural-cognitiva; e normativa. Avaliamos todas essas dimensões; no entanto damos enfoque rincipalmente à dimensão formal regulatória, já que buscamos entender como a adoção de práticas racionalizadas formalmente apresenta papel legitimador da atividade organizacional, moderando a influência das outras origens da legitimidade nos resultados organizacionais. Entre as práticas organizacionais existentes, escolhemos as de governança corporativa por serem um mecanismo formal cuja legitimidade está pautada na expectativa de que suas regras sejam justas e efetivas, vistas pelas organizações como provável solução de problemas relacionados à credibilidade no mercado financeiro. Sendo assim, como essas práticas são relevantes principalmente entre empresas de capital aberto, escolhemos estudar a governança corporativa das empresas listadas na Bovespa. Em face do exposto, o objetivo desta tese é analisar como a adesão a níveis mais altos de governança corporativa modera o efeito da legitimidade organizacional no desempenho das empresas listadas na Bovespa. Como indicadores de desempenho organizacional consideramos cinco medidas que julgamos relevantes: valor de mercado; rentabilidade; risco não sistemático; liquidez; e volatilidade. Primeiramente...

Inserção de fornecedores locais como fonte de desempenhos em custos de transação e legitimidade: estudo de caso na cadeia produtiva do petróleo e gás do Rio Grande do Norte

Costa, Antônio Rufino da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.57%
The inclusion of local suppliers in production chains has considerable impact on its performance, but most notably in its main actors. The results of this process may be of different kinds and can be analyzed from economic or institutional approaches. This study aimed to verify the existence of different performances of Petrobras due to the inclusion of local suppliers in the oil and gas production chain in the state of Rio Grande do Norte, from the viewpoints of transaction costs and the Institutional Theory. In order to this, were made the characterization of the PROMINP, the description of its actions and results, the mapping of its institutional context of reference, and identification of results obtained by Petrobras in terms of transaction costs and legitimacy. The theoretical framework is based on authors dealing with industrial concentration, as like Marshall, Krugman, Porter and Schmitz, from the sociological perspective of neoinstitucional theory, as like DiMaggio and Powell and Scott and Meyer, and transaction costs, as like Williamson. This is a qualitative research, with data collection done by consulting secondary fonts and semi-structured interviews with nineteen actors of three groups, namely: actors involved in actions of the program...

Rumos e legitimidade da universidade pública no Brasil – um estudo da Universidade Federal de Uberlândia

Souza, Sabrina de Cássia Mariano de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Este trabalho analisa os rumos e a legitimidade das instituições públicas de ensino superior no Brasil a partir da década de 90. Em um primeiro capítulo é apresentado o referencial a partir de quatro vertentes teóricas. Da primeira, a Teoria de Declínio Organizacional, é apreendida a importância do ambiente interno e externo na definição da legitimidade das organizações. A perspectiva ambiental é ampliada através da Teoria Institucional, segundo a qual, além do ambiente técnico há também um ambiente institucional caracterizado por crenças e mitos institucionalizados, no qual pressões externas estimulam o isomorfismo das organizações. No reconhecimento de que as reações ao ambiente podem ser percebidas de forma diferenciada pelos agentes, e que estes podem selecionar quais são os aspectos ambientais importantes para o processo decisório é apresentada a Teoria de Esquemas Interpretativos, além da Teoria de Dependência de Recursos, segundo a qual nenhuma organização é capaz de gerar todos os recursos de que necessita e, portanto, precisa obtê-los no ambiente a partir de outras organizações. No segundo capítulo do trabalho, considerando que uma instituição se legitima quando cumpre o seu papel, é apresentada uma visão histórica acerca do papel das universidades públicas no país...

A GRH em contexto de crise: a centralidade da perceção de declínio organizacional

Pedro, Maria de Lurdes Cardina
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
Doutoramento em Gestão; As perceções de declínio constituem um elemento importante mas pouco estudado no contexto da ciência organizacional. Infere-se, no entanto, pela sua natureza, um papel central no quadro da GRH em contextos de crise e de declínio, na gestão das crenças e atitudes positivas sobre a organização, através do seu papel estratégico, das suas práticas e da legitimidade que lhes são conferidas, da confiança organizacional e do capital psicológico dos seus RH. Este trabalho, composto por três estudos empíricos, tem o objetivo de explorar a centralidade das perceções de declínio organizacional num conjunto alargado de empresas industriais em Portugal, com base num modelo teórico que congrega um conjunto de variáveis organizacionais e contextuais: capital psicológico, confiança organizacional, práticas de GRH, o papel dos RH como parceiro estratégico, a incerteza e a monitorização do ambiente e o declínio do setor. Os resultados obtidos dos estudos empíricos sugerem uma associação negativa, direta e significativa entre as perceções de declínio organizacional na relação com o papel dos RH como parceiro estratégico, com as práticas de GRH e com a confiança organizacional, e uma relação positiva e significativa com o declínio do setor e com a incerteza do ambiente percebido. O capital psicológico explica as discrepâncias das perceções do declínio entre gestores e trabalhadores...

Desempenho organizacional e arranjo federativo: o slack da Sudene e o colapso na gest??o da pol??tica de planejamento regional

Fitipaldi, ??talo
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
46.32%
Este artigo procura explicar as raz??es do colapso na gest??o do sistema de planejamento regional no Brasil, debru??ando-se sobre a extin????o da Sudene no final da d??cada de 1990, como estudo de caso. Para tanto, utiliza-se o modelo de sa??da, voz e lealdade de Hirschman, para destacar o funcionamento dos mecanismos promotores do slack organizacional nessa ag??ncia de governo, e sua subsequente extin????o. Assim, sustenta-se o argumento de que a implementa????o de modelo federativo fortemente descentralizado, a partir da Constitui????o de 1988, produziu disfun????es operacionais em uma organiza????o dotada de estrutura decis??ria colegiada, deslegitimando-a, e conduzindo-a ?? extin????o.; Este art??culo trata de explicar las razones del colapso del sistema de gesti??n de la planificaci??n regional en Brasil, y se centrar?? en la extinci??n de Sudene a finales de 1990 como estudio de caso. Por lo tanto, usamos el modelo de salida, voz y lealtad en Hirschman, para poner de relieve los mecanismos promotores de la slack de organizaci??n en la agencia de gobierno, y su posterior extinci??n. Por lo tanto, mantiene el argumento de que la aplicaci??n de un modelo federal muy descentralizado, desde la Constituci??n de 1988, produjo disfunciones operativas en una organizaci??n dotada de estructura de decisi??n colegiadam...

As "Confrarias" como um Fenômeno Organizacional Brasileiro: Notas Etnográficas de um Aprendiz de Bourdieu

Mangi, Luis Claudio Miranda
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
36.44%
Over the last years we have seen a significant increase in scholarly production within the organization studies field in Brazil. However it is still not representative. The tendency to consume foreign and fashionable ideas unrestrainedly, to make use of imported, universal and non-contextualized explanations to inquiry phenomenon which are essentially local and particular, make it difficult to develop a true Brazilian tradition. This work is a result of an ambitious ethnographic adventure" of an acknowledged apprentice of sociologist Pierre Bourdieu's large body of knowledge. It is about taking reflexivity to the limit. It is about learning "through the body" in an effort - both theoretical and empirical - to investigate a Brazilian organizational phenomenon which reproduces the hierarchical side of our society and, under the disguise of the legitimacy offered by organizational discourse, help keeping the very structure of our society in a silent but powerful way. I also want this work to be an alert for the importance of contextualization as a means to avoid a recurring distortion of the scholarly production in administrative science: the mobilization of theoretical references in such a safe way that make explicitness totally unnecessary...

ACCOUNTING AND ORGANIZATIONAL INSTITUTIONALISM: FOUNDATIONS AND RESEARCH IMPLICATIONS; CONTABILIDADE E INSTITUCIONALISMO ORGANIZACIONAL: FUNDAMENTOS E IMPLICAÇÕES

Guarido Filho, Edson Ronaldo; Universidade Positivo (UP) e Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas Sociais (Ibepes); Costa, Mayla Cristina; Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Positivo (UP)
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
; O presente ensaio teórico tem como propósito discutir os aspectos sociológicos subjacentes ao institucionalismo organizacional com vistas a subsidiar os estudos da área de contabilidade interessados em compreender os processos de adoção, difusão e institucionalização de práticas contábeis. O institucionalismo organizacional parte do pressuposto que a realidade é socialmente construída, deslocando o foco da forma reguladora e normativa, típicas do velho institucionalismo, para uma construção teórica fundamentada, sobretudo, em sistemas de crenças e conhecimento e no modo como valores institucionalizados na sociedade permeiam estruturas e práticas organizacionais. Assim, possibilita o enriquecimento das análises no campo da contabilidade na medida que agrega aos aspectos instrumentais, reflexões acerca de elementos culturais e simbólicos. Contudo os estudos da área de contabilidade estão centrados no velho institucionalismo econômico, pouco tem usufruído do potencial analítico dos institucionalismo organizacional e, quando o fazem, normalmente recaem em imprecisões conceituais ou epistemológicas devido ao tratamento restritivo que dão à abordagem. Para tanto...

ISOMORFISMO, EFICIÊNCIA SIMBÓLICA E LEGITIMIDADE SOCIAL NA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

Garrido, Giovanna; Saltorato, Patrícia
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares"; Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
Este artigo visa discutir o tema da sustentabilidade socioambiental enquanto fenômeno advindo do âmbito não racional. Objetivando refletir sobre o tema por meio de um enfoque diferenciado, buscou-se analisar de que forma a perspectiva institucional contribui para a análise do mesmo. Sustentando-se em pesquisas bibliográficas, o presente artigo estabelece uma hipótese central de que é possível considerar a aderência organizacional ao tema da sustentabilidade socioambiental como uma busca por legitimidade e sobrevivência na sociedade. As pesquisas realizadas mostraram indícios favoráveis a esta hipótese. As ações ditas sustentáveis de uma organização frente ao ambiente que a circunda não podem deixar de ser também consideradas como uma busca por eficiência simbólica e legitimidade social. Os resultados apontam para a superficialidade e racionalidade das abordagens predominantes acerca do tema e promovem a abertura de caminhos para novos estudos.