Página 1 dos resultados de 172 itens digitais encontrados em 0.123 segundos

Desaparecimento da flexão verbal como marca de tratamento no modo imperativo - um caso de variação e mudança no português brasileiro; Loss of verbal flexion mark as imperative in the way of treatment - a case of variation and change in Bbrazilian portuguese

Braga, Henrique Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
65.74%
A partir de um corpus composto por textos dramáticos, produzidos na região sudeste brasileira entre 1850 e 1975, nossa pesquisa se destina a estudar o uso que os falantes fizeram, ao longo desse período, das formas do singular do modo imperativo. A motivação para esse estudo se deve ao fato de que, em certas variantes do português brasileiro nas quais se trata o interlocutor primordialmente pelo pronome você, é já constatado um processo de variação entre a forma imperativa oriunda do indicativo associada ao tratamento em segunda pessoa do singular e a forma oriunda do subjuntivo tida como terceira pessoa do singular. Dada essa sincronia, já analisada por alguns trabalhos, nosso intuito foi investigar usos de épocas anteriores, visando a identificar se, ao longo do tempo, além da variação é possível ainda observar um processo de mudança lingüística envolvendo essas formas verbais. Para tratar do fenômeno em questão, optamos pela Teoria Multissistêmica (cf. CASTILHO, 2006), uma abordagem funcionalista que assume a língua como um sistema complexo, no qual os subsistemas gramatical, lexical e semântico-pragmático, embora sejam correlacionados, não estabelecem relações determinísticas. Buscamos ainda sugestões metodológicas da sociolingüística variacionista para quantificar os dados em análise.; From a corpus comprised of dramatic texts produced in Brazils southeast region between 1850 and 1975...

Entre a palavra e o chão: memória toponímica da Estrada Real; Between the word and the ground: toponymic memory of Royal Road

Carvalho, Francisco de Assis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.44%
Esta pesquisa procurou descrever e explicar a permanência, a variação e a mudança dos topônimos na região da Estrada Real Os estudos toponímicos, no alcance pluridisciplinar de seu objeto de estudo, constituem um caminho possível para o conhecimento da cosmovisão das diversas comunidades linguísticas, que ocupam ou ocuparam um determinado espaço. Revelam-se de grande importância para o conhecimento de aspectos histórico-culturais de um povo, pois permitem a identificação de fatos linguísticos, de ideologias e crenças presentes no ato denominativo e, posteriormente, na permanência ou não de uma comunidade. O homem tem a necessidade de nomear o ambiente físico e social que o cerca, sendo esta uma condição sine qua non para a garantia de sua sobrevivência. Por meio da Toponímia, ramo da Onomástica que tem por objeto de estudo o exame da origem e do significado dos nomes dos lugares, pode-se analisar a estreita relação que se estabelece entre o homem e o topos que designa o espaço que o circunscreve. Este trabalho centra-se no estudo da motivação toponímica da Estrada Real tendo por base os relatos dos Viajantes Naturalistas dos séculos XVIII e XIX que passaram por estes caminhos. A pesquisa foi realizada através do mapa elaborado pelo Instituto Estrada Real. O presente trabalho está inserido no ATB Atlas Toponímico do Brasil Diversidade e Variedades Regionais (Dick...

Identidade na pluralidade: avaliação, produção e percepção linguística na cidade de São Paulo; Identity and diversity: linguistic evaluation, production, and perception in the city of Sao Paulo

Oushiro, Lívia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
95.74%
Esta pesquisa apresenta análises sobre avaliação, produção e percepção linguística no português paulistano, por meio do exame de quatro variáveis sociolinguísticas: a realização de /e/ nasal como monotongo [e] ou ditongo [ej] (como em fazenda); a pronúncia de /r/ em coda silábica como tepe [R] ou retroflexo [õ] (como em porta); a concordância nominal de número (como em as casas/as casa); e a concordância verbal de primeira e de terceira pessoa do plural (como em nós fomos/nós foi, eles foram/eles foi). O objetivo central é analisar, em uma comunidade amplamente heterogênea de um ponto de vista sociodemográfico, as inter-relações entre a expressão de identidades sociais através de usos linguísticos e a possível influência dos significados sociais desses usos em processos de variação e mudança linguística. Para tanto, analisou-se qualitativa e quantitativamente uma amostra contemporânea do português paulistano, composta de 118 entrevistas sociolinguísticas com falantes nativos, à luz dos pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista (Labov, 2006 [1966], 2008 [1972]). Tais análises compreendem o encaixamento linguístico e social de cada variável, bem como seu encaixamento simultâneo na fala de cada indivíduo. Além disso...

Bayesian language change models and a general framework

Proença, Matheus de Carvalho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
55.68%
Language change consists in the variation of linguistic features through time. Previous work was able to account for influences of language acquisition on those changes, establishing the dynamical system grounds behind language change. This work provides a general framework able to uniformly integrate several existing approaches to the subject and via a configurable simulator it enables the assessment of different configurations of that framework.; Mudança de linguagem consiste na variação das características linguísticas ao passar do tempo. Trabalhos anteriores tiveram sucesso em contabilizar influências da aquisição da linguagem nessas mudanças, estabelecendo os princípios do sistema dinâmico por trás da mudança de linguagem. Esse trabalho fornece um framework capaz de integrar uniformemente diversas abordagens existentes e através de um simulador configurável ele permite avaliar diferentes configurações desse framework.

O vozeamento/desvozeamento variável das oclusivas bilabiais em português numa comunidade teuto-brasileira e o relacionamento em rede dos falantes; The variable voicing/devoicing of bilabial plosives in Portuguese in a Brazilian community of German descent and the network relationship of the speakers

Dornelles Filho, Adalberto Ayjara; Battisti, Elisa; Lara, Claudia Camila
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.57%
A variação das oclusivas bilabiais no português brasileiro em contato com a língua minoritária alemã, o Hunsrückisch, verifica-se em Glória, comunidade teutobrasileira da zona rural do município de Estrela/RS. O fenômeno linguístico pode instanciar-se com o desvozeamento das oclusivas (baile~paile; trabalho~trapalho) ou com seu vozeamento (pudim~budim; princezinha~brincezinha). A análise de regra variável (LABOV, 1972) de dados de entrevistas sociolinguísticas (LARA, 2013), submetidos ao pacote computacional VARBRUL, versão GoldVarb X, revelou que a aplicação é inferior a 5%, condicionada pelos informantes mais velhos, o que aponta a regressão da regra. O estudo da rede social dos informantes (MILROY, 1987, 2002) mostra que, nas redes densas e multiplexas, os falantes mais velhos não difundem o processo aos mais jovens, mesmo que com eles tenham laços fortes. A observação participante na comunidade, baseada no estudo etnográfico de Eckert (2000), revela que os sujeitos mais velhos realizam práticas sociais predominantemente locais, práticas que promovem o contato Hunsrückisch-português, enquanto os jovens deslocam-se diariamente para centros urbanos a fim de trabalhar, o que fomenta o monolinguismo em português.; The variation of bilabial plosive consonants in Brazilian Portuguese in contact with a German minority language...

A sociolinguística e o ensino de língua portuguesa: uma proposta para um ensino aprendizagem livre de preconceitos

Laperuta, Maridelma
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 278 f.
POR
Relevância na Pesquisa
55.61%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; A sociolinguística e o ensino de língua portuguesa: uma proposta para um ensino aprendizagem livre de preconceitos” foi o título do projeto de pesquisa por nós idealizado, que surgiu a partir de nosso percurso no ensino de língua portuguesa no curso de Letras da UNIOESTE, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – campus Foz do Iguaçu-PR. Observando o discurso dos alunos de graduação e de professores de Ensino Fundamental e Ensino Médio (com quem trabalhamos em cursos de formação continuada) sobre questões relativas à língua portuguesa, norma linguística, gramática, ensino de língua e gramática, correção, etc. e a, partir disso, suas atitudes linguísticas e concluindo, empiricamente, a existência de preconceito linguístico nesses discursos, trouxemos à tona a hipótese de que o preconceito linguístico, estreitamente ligado ao preconceito social, pode ser atenuado com a realização de um trabalho de conscientização sobre a Teoria Sociolinguística, por meio da escola (discursos, crenças e atitudes preconceituosas sobre a linguagem - discursos e crenças como “não sei falar português”...

Dirigiu-se para a sede social da Elite Flor da Liberdade e ofereceu um banquete aos visitantes: sobre a variação de proposições em complementos verbais

Berlinck, Rosane de Andrade
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 287-305
POR
Relevância na Pesquisa
55.53%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); This study analyses the variable use of prepositions (particularly a and para) as verb complement in newspaper articles published in the early decades of the 20th century in São Paulo newspapers. The purpose is to investigate such variation in a moment that lies half way between a stage of almost complete dominance of the preposition a (the first half of the 19th century) and the appearance of preposition para, which would become the dominant variant in the end of the 20th century). Two main aspects are taken into account in the analysis: (i) semantic factors, associated with the verb and its complement and (ii) the genre in which the construction occurs (editorials, advertisements, social notes, news). D a t a a n a lysis fo l l ows t h e t h e o r e ti c a lmethodological proposal of the T heory of Language Variation and Change (Weinreich, Labov, Herzog, 1918, Labov, 1972, 1994, 2001) and adopts the concept of genre, as established in Bakhtin (1979). Other developments and current applications (Bazerman, 2005; Fiorin, 2006; Marcuschi, 2008), as well as discussions on gender in newspapers, as present in the work of Bonini (2003) and studies in the area of Communication are also taken into account. The results show a mixed picture including contexts effectively variable (which express a physical concrete movement...

Variação e mudança linguística: panorama e perspectivas da sociolinguística variacionista no Brasil

Salomão, Ana Cristina Biondo
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 187-207
POR
Relevância na Pesquisa
75.62%
Since the 1970s many research groups have emerged in Brazil in the area of Sociolinguistics, seeking to investigate language in relation to social factors that distinguish different speech communities to deconstruct the idea of linguistic homogeneity. Many of the works have been based on variationist sociolinguistics (LABOV, 2008 [1972]), for which variation and change are inherent to languages, i.e., heterogeneous structures are part of the speakers’ linguistic competence, as a cultural phenomenon motivated by linguistic and extralinguistic factors. Our aim, in this article, is to address the paths of Sociolinguistics since its beginning as a science, focusing mainly on the variationist strand, by recalling its key-concepts and methodology, and to present an overview of the research works conducted in Brazil in this field nowadays.; Desde a década de 1970 inúmeros grupos de pesquisa surgiram no Brasil na área da Sociolinguística, buscando investigar a linguagem relacionando-a a fatores sociais que distinguem diferentes comunidades de fala para a desconstrução da ideia de homogeneidade linguística. Muitos dos trabalhos desenvolvidos têm suas bases na sociolinguística variacionista (LABOV, 2008[1972]), para a qual a variação e a mudança são inerentes às línguas...

El español de los inmigrantes de los Andes bolivianos en el Norte Grande de Chile : convergencias y divergencias dialectales en el marco de una situación de contacto

Fernandez, Victor
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
ES
Relevância na Pesquisa
55.7%
Dans le cadre de la théorie de l’accommodation communicative, ce travail consiste à évaluer, avec la méthodologie de la sociolinguistique comparative, dans quelle mesure les immigrants hispanophones des Andes boliviennes qui se sont établis à San Pedro de Atacama (Chili) accommodent leur langage aux hispanophones de ce pays. Pour ce faire, quatre traits grammaticaux caractéristiques de l’espagnol andin ont été choisis pour être analysés : l’usage du double possessif (e. g., He ido a su casa de mi marido), l’utilisation des adverbes de lieu comme particule finale de la préposition en (e. g., Entonces he vivido en allá así como diez años), la préférence du passé composé sur le passé simple pour exprimer des actions qui ont été accomplies dans le passé (e. g., El año pasado he ido a visitar a mi madre) et l’usage exclusif de formes verbales standard pour exprimer la deuxième personne du singulier (e. g., Tú puedes estar comiendo tu hamburguesa). Les résultats obtenus après avoir analysé statistiquement la variation dans les données empiriques qui ont été recueillies au moyen d’entrevues révèlent que, tandis que ces immigrants conservent l’usage du double possessif et l’utilisation des adverbes de lieu comme particule finale de la préposition en de manière pratiquement inchangée par rapport à un groupe de contrôle de Boliviens non-immigrants (c’est ce que l’on entend par « divergence »)...

Simplifying a system: a story of language change in Lelepa, Vanuatu

Lacrampe, Sébastien
Fonte: Australian Linguistic Society; http://www.als.asn.au Publicador: Australian Linguistic Society; http://www.als.asn.au
Tipo: Conference paper; Published Version Formato: 22 pages
Relevância na Pesquisa
55.7%
This paper focuses on the problem posed by the vowel surfacing during two encliticization processes in Lelepa (Oceanic, Vanuatu), with the nominalizer =na ‘NMLZ’ and the pronominal =s ‘OBL’. For instance, the verbs faam ‘eat’, mat ‘dead’ and fan ‘go:IRR’ are derived as nafaamina ‘food’, nmatena ‘funeral’ and nafanona ‘departure’. While the base forms have the same vowel /a/, those vowels surfacing before =na seem unpredictable. This paper discusses several possible explanations for these vowels and shows that both historical and phonological approaches are needed to account for them. Still, there is variation in the nominalisation of certain native verbs such as raik ‘fish with hand spear’, which is derived as either naraikana or naraikina ‘hand spear fishing’. It is shown that while naraikana is accounted for in diachrony, naraikina results from a reanalysis process indicated by intergenerational variation.; ANU College of Arts & Social Sciences, School of Language Studies; ANU College of Asia and the Pacific, School of Culture, History and Language; The conference proceedings can be found at http://hdl.handle.net/1885/9404. "The 2011 Conference of the Australian Linguistic Society was ... hosted jointly by the School of Language Studies and the School of Culture...

Diphthongization in Brazilian Portuguese

Colley, Michael
Fonte: Universidade Rice Publicador: Universidade Rice
ENG
Relevância na Pesquisa
55.69%
The goal of this dissertation is to increase our understanding of language variation and change by examining a particular case of linguistic variation in Rio de Janeiro. Diphthongization of back vowels before word final /s/ in words like mas "but" is a commonly noted feature of the Portuguese spoken in Rio de Janeiro. This leads to a potential merger of /a/ and /ai/ in this environment, such that mas is homophonous with mais "more." Diphthongization is examined as a conditioned sound change, and it is shown that phonetic environments that favor large formant transitions also tend to favor diphthongization, both historically and in synchronic variation. Although both /a/ and /ai/ are fully diphthongal before word final /s/ for nearly all speakers in Rio, some differentiate them by fronting and/or raising the onset of /a/. This fronting and raising appears to be a change in progress for the word mais, with younger speakers in the working and middle classes having the most advanced tokens on average. In addition, young female speakers appear to be leading the fronting and raising of the mas onset. The vowel /a/ was also examined before non word final /s/ and /z/ (eg. passa "pass") for comparison. Although /a/ in this environment is more monophthongal than /a/ and /ai/ in the pre-word final /s/ environment...

A Probabilistic Approach in Historical Linguistics. Word Order Change in Infinitival Clauses: from Latin to Old French

Scrivner, Olga
Fonte: [Bloomington, Ind.] : Indiana University Publicador: [Bloomington, Ind.] : Indiana University
Tipo: Doctoral Dissertation
EN
Relevância na Pesquisa
45.73%
Thesis (Ph.D.) - Indiana University, French, 2015; This thesis investigates word order change in infinitival clauses from Object-Verb (OV) to Verb-Object (VO) in the history of Latin and Old French. By applying a variationist approach, I examine a synchronic word order variation in each stage of language change, from which I infer the character, periodization and constraints of diachronic variation. I also show that in discourse-configurational languages, such as Latin and Early Old French, it is possible to identify pragmatically neutral contexts by using information structure annotation. I further argue that by mapping pragmatic categories into a syntactic structure, we can detect how word order change unfolds. For this investigation, the data are extracted from annotated corpora spanning several centuries of Latin and Old French and from additional resources created by using computational linguistic methods. The data are then further codified for various pragmatic, semantic, syntactic and sociolinguistic factors. This study also evaluates previous factors proposed to account for word order alternation and change. I show how information structure and syntactic constraints change over time and propose a method that allows researchers to differentiate a stable word order alternation from alternation indicating a change. Finally...

O recuo do dativo em -e: análise em regressão logística sobre a variação e mudança da flexão de caso no alemão; The retreat of the dative -e: a logistic regression analysis on the variation and change in case inflection in German

Nobrega, Rogério Ferreira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
75.77%
O objetivo geral desta dissertação é traçar um panorama da evolução do dativo em -e dentro do contexto do paradigma dos demais casos morfológicos existentes no alemão e detectar prováveis fatores atuando concomitantemente na variação da (não) ocorrência desse marcador de caso. Para tanto, revisitamos o desenvolvimento do sistema de casos do alemão e descrevemos o comportamento e padrões exibidos pelos marcadores de caso de substantivos no singular e no plural. Discutimos a útil noção de declinações forte e fraca, de Grimm (1822), bem como algumas teorias sobre mudança linguística, tais como o enfraquecimento de sílabas átonas (SAPIR, 1921), o surgimento do artigo definido (PHILLIPI, 1997) e da teoria baseada no uso (BARðDAL, 2009). As questões levantadas por essas teorias podem ter contribuído com o paulatino apagamento de marcadores de caso nas línguas germânicas. Não rejeitamos nenhuma delas, haja vista que todas fornecem hipóteses plausíveis, entretanto, a mudança não ocorreu de forma homogênea em diferentes contextos e parece exibir certos padrões que podem ser explicados pela interação de diversos fatores, e não com base apenas nas grandes ideias das teorias descritas acima. Testar a hipótese dessa policausalidade requer o emprego de metodologia específica. Como o fenômeno aqui estudado é a realização vs. não realização do dativo em -e...

Continuity and change in variety choice in radio advertising in Ireland (1977 to 2007): a language ideological analysis

O'Sullivan, Joan
Fonte: University of Limerick Publicador: University of Limerick
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; all_ul_research; ul_published_reviewed; ul_theses_dissertations
ENG
Relevância na Pesquisa
65.66%
peer-reviewed; This research examines language ideological change in the Irish context through a longitudinal analysis of variety choice in radio advertising in Ireland from 1977 to 2007. The study extends the growing body of research on variation and change in Irish English to examine this variety as it operates within the context of the genre of radio advertising. A corpus of radio ads from the years 1977, 1987, 1997 and 2007 is analysed using both quantitative and qualitative methods. Bakhtin’s (1981) concept of heteroglossia is applied to accent and dialect as well as genre as they relate to the ads. The analysis is based on Sussex’s (1989) ad components of Action and Comment which relate to the genre of the discourse. The corpus is analysed firstly at the inter-varietal level in relation to the range of varieties in the corpus, predominantly Irish English and Standard Southern British English (SSBE). Based on the decline of SSBE in the 1997 and 2007 sub-corpora, the second part of the analysis is at the intra-varietal level and focuses on accent sub-varieties of Irish English. The study explores the manifestation of standard and nationalist ideologies, the conversationalisation of discourse and the ideological construction of authenticity...

De Latinis sermonibvs : a diversidade linguística segundo Quintiliano; De Latinis sermonibvs Quintilian : the linguistic diversity according to

Manuela Ayres Batista Benedicto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
55.65%
O presente trabalho consiste em uma análise da diversidade linguística do latim, ao longo de sua vigência de cerca de oito séculos como língua falada, mas, sobretudo, no final do período republicano e início do Império (sécs. I a.C. - I d.C.). Tendo como base alguns pressupostos da linguística moderna sobre variação e mudança linguísticas, o trabalho propõe uma reflexão sobre o modo como os antigos e, principalmente, o mestre de retórica Quintiliano, lidavam com a percepção da diversidade e da variabilidade de sua língua. Procurou-se compor um quadro "sociolinguístico" do latim, abrangendo o que os latinos entendiam como as variedades de sua língua, chamadas por eles de sermones, para, então, apresentar a visão de Quintiliano sobre os mesmos fenômenos, que está concentrada e, de certa maneira, sistematizada nos três primeiros capítulos do Livro VIII de sua Institutio oratoria.; This work consists in an analysis of the linguistic diversity of Latin, throughout its duration of around eight centuries as a spoken language, especially at the end of the republican period and beginning of the Empire (centuries IBC- IAD). Based on some assumptions of modern linguistics over linguistic variation and change, this work proposes some reflection about the way the ancient and mainly the master of rhetoric Quintiliano dealt with the perception of diversity and variability of its language. As an attempt to compose a sociolinguistic context of Latin...

Lalangue, erro e lapso : o falante entre a língua materna e as línguas outras; Lalangue, error and slip : the speaker between the mother tongue and other languages

Maria Victoria Guinle Vivacqua
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.64%
O objetivo deste trabalho é discutir as concepções de erro e de lapso de língua, uma vez que a oscilação entre os termos é responsável por dificuldades na distinção entre os fenômenos. Nosso trabalho parte da noção de erro, no século XIX, associada no debate lingüístico às questões de mudança e de variação lingüística para entender de que modo as leis fonéticas e a analogia podem operar como fator de mudança. Meringer (1895) foi o primeiro autor a se tornar referência ao apresentar e classificar um corpus com mais de 8.000 lapsos ou erros de fala, de escrita e de leitura, cuja categorização permanece atual na área de Psicolinguística. O interesse do filólogo era compreender as regras que regem erros e lapsos e verificar a existência de um mecanismo mental que explicaria de que maneira os sons de uma palavra, de uma frase e também das palavras inteiras entre si acham-se ligados e entrelaçados em tais fenômenos. Freud toma o corpus de Meringer para empreender seu estudo sobre os lapsos, tratados como manifestações do inconsciente que se mostram por meio de substituições e contaminações do material lingüístico, e a noção de inconsciente emerge como aquilo que definitivamente rompe a relação entre o trabalho de Freud e Meringer. Nosso objetivo consiste em verificar o estatuto dessas concepções e seus limites...

Variation and change in the syntax of relative clauses: new evidence from Portuguese

Cardoso, Maria Adriana Príncipe, 1975-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 ENG
Relevância na Pesquisa
75.68%
Tese de doutoramento, Linguística (Linguística Histórica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2011; This dissertation sheds light on language variation and change from a generative syntactic perspective, based on a case study of relative clause constructions in Portuguese and other languages. The research methodology adopted involves comparative syntax (see, e.g., Cinque and Kayne 2005), both in the diachronic and the synchronic dimensions: contemporary European Portuguese is systematically compared with earlier stages of Portuguese; moreover, Portuguese is compared with other languages, in particular Latin, English, Dutch, and Italian. Furthermore, the present research contributes to the theoretical debate on the structural analysis of three different phenomena: restrictive relatives, appositive relatives, and extraposition. Two important findings are (i) that competing theoretical analyses need not be either false or true universally, but could be instrumental in explaining language variation (both diachronically and synchronically); and (ii) simple lexical changes concerning the availability of (abstract) functional items can have dramatic consequences in the behavior of certain 'construction types' in a particular language. As for the structural analyses of relative clauses and extraposition...

Language variation and change: overview and perspectives of Variationist Sociolinguistics in Brazi; Variación y cambio linguístico: panorama y perspectivas de la Sociolinguística Variacionista en Brasil; Variação e mudança linguística: panorama e perspectivas da Sociolinguística Variacionista no Brasil

Salomão, Ana Cristina Biondo
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; avaliado por pares; PANORAMA E PERSPECTIVAS DA SOCIOLINGUÍSTICA VARIACIONISTA NO BRASIL Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
115.71%
Since the 1970s many research groups have emerged in Brazil in the area of Sociolinguistics, seeking to investigate language in relation to social factors that distinguish different speech communities to deconstruct the idea of linguistic homogeneity. Many of the works have been based on variationist sociolinguistics (LABOV, 2008 [1972]), for which variation and change are inherent to languages, i.e., heterogeneous structures are part of the speakers’ linguistic competence, as a cultural phenomenon motivated by linguistic and extralinguistic factors. Our aim, in this article, is to address the paths of Sociolinguistics since its beginning as a science, focusing mainly on the variationist strand, by recalling its key-concepts and methodology, and to present an overview of the research works conducted in Brazil in this field nowadays.; Desde la década de 1970 un gran número de grupos de investigación surgieron en Brasil en el área de la Sociolingüística, buscando investigar el lenguaje relacionándolo a factores sociales que diferencian distintas comunidades de habla para la desconstrucción de la idea de homogeneidad lingüística.  Muchos de los trabajos desarrollados tienen sus bases en la sociolingüística variacionista (LABOV...

Variação e mudança linguística: uma análise da ampliação semântica de estrangeirismos no português brasileiro; Variation and linguistic change: an analysis of semantic expansion of loanwords in brazilian portuguese; Variación y cambio lingüístico: un análisis de la ampliación semántica de préstamos en portugués brasileño

Valadares, Flavio Biasutti; Docente do IFSP/Campus São Paulo Doutorando em Língua Portuguesa, PUC-SP
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
65.61%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8412.2014v11n4p403artigo trata do uso de estrangeirismos no Português do Brasil sob a perspectiva da Teoria da Variação e Mudança Linguística; objetiva explicitar processos de implementação de mudança linguística por meio do uso de palavras estrangeiras, contemplando sua ocorrência, em grafia original, com ampliação semântica. Baseia-se em pressupostos teóricos labovianos e da área de Lexicologia. Em sua metodologia, levanta termos estrangeiros com ampliação semântica presentes nas revistas Época, Isto É e Veja, discute os dados e argumenta sobre a mudança linguística. Conclui que ampliação semântica é uma das maneiras de se validar um estágio final de implementação de mudança linguística.; This article examines the use of loanwords in Brazilian Portuguese from the perspective of the Theory of Linguistic Variation and Change. It aims to make explicit implementation processes of language change through the use of foreign words, by contemplating their occurrences, under their original spelling, and with semantic expansion. It is based on Lexicology and labovian theoretical assumptions. Regarding its methodology, it raises foreign terms with semantic expansion present in Época...

Avanço no estudo da mudança sintática associando a Teoria da Variação e Mudança e a Teoria de Princípios e Parâmetros

Duarte, Maria Eugênia L.
Fonte: Cadernos de Estudos Lingüísticos Publicador: Cadernos de Estudos Lingüísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
45.81%
Resumo: O artigo se desenvolve em torno de dois pontos principais. O primeiro consiste no esclarecimento de que a Teoria da Variação e Mudança tem, associado ao componente social, um componente gramatical, que não pode prescindir de uma teoria linguística, o que tem sido tomado como óbvio em diversos estudos da área, uma vez que raramente é explicitado. O segundo mostra que a adoção do quadro teórico de Princípios e Parâmetros, junto com uma refinada descrição da sintaxe das línguas que a Teoria gerativa oferece, foi a alternativa encontrada nos inícios dos anos 1980 para analisar à luz do modelo da Teoria da Variação processos de mudança paramétrica em curso no PB, num momento em que a mudança não entrava na agenda de Princípios e Parâmetros. Feitas as necessárias justificativas sobre tal associação, são apresentados resultados de estudos variacionistas sobre a mudança que envolve a representação do sujeito pronominal no PB. Esses resultados mostram que essa associação permite levantar hipóteses de trabalho e encontrar respostas para as questões empíricas do modelo da Teoria da Variação e Mudança, além de trazer contribuições para a evolução dos estudos teóricos desenvolvidos no âmbito da Teoria de Princípios e Parâmetros.Palavras-chave: teorias de mudança linguística; teorias linguísticas; Teoria da Variação e Mudança Linguística; Teoria de Princípios e Parâmetros Abstract: The purpose of this article is twofold. In the first place...