Página 1 dos resultados de 33 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Línguas minoritárias no ecrã: o caso da língua mirandesa em Portugal

Ferreira, Sérgio; Martins, Cláudia Susana Nunes
Fonte: Edições Cine-Clube Avanca Publicador: Edições Cine-Clube Avanca
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.28%
The screen, be it the cinema screen or the home screen, is acknowledged almost unanimously as a powerful means for the assertion of national languages or prestigious standards. Despite this, its power can also be extended to the defence of minority languages, official or not, and two of the most outstanding examples are the Catalan Regional Channels, such as TV3, EI33, or Canal Nou, and bilingual subtitling practices in Belgium (in French and Flemish). As far as Portugal is concerned, Mirandese became the second official language in 1999, a language spoken in Miranda do Douro, in the north-eastern part of Portugal, by about 10,000 speakers. It was “discovered” at the end of the 19th century by Leite de Vasconcellos, and only then did it meet its first written forms; the first spelling convention dates from 1999. Since Leite de Vasconcellos, many literary works, newspaper articles and translation of Portuguese classics have been put forth by various authors. However, the screen has not yet been conquered by Mirandese for economic and political reasons. We intend to answer some questions: What is there still to be achieved? What could the screen bring its speakers? Could the screen enable to bridge the generation gaps, to encourage the speakers’ self-esteem and identity?

Mitos e concepções lingüísticas do professor em contextos multilíngües

Hilgemann, Clarice Marlene
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.28%
Este estudo insere-se no âmbito da pesquisa sociolingüística. Seu objetivo principal é comparar a visão de língua de professores de escolas confrontadas com situações de multilingüismo e seu comportamento em relação à língua minoritária falada pelos alunos, bem como ao bilingüismo como conseqüência natural do contato lingüístico e ao próprio processo de aprendizagem da língua-padrão, o português. Partese do pressuposto básico de que comunidades plurilíngües, especialmente aquelas onde se falam variedades estigmatizadas, são marcadas por tensões e valorações sociais diversas. Subjaz à análise desse contexto a tese de que a compreensão das concepções lingüísticas do professor contribui para explicar a dinâmica de diversos mitos acerca da língua minoritária e do bilingüismo observável na comunidade. Dominado pela força desses mitos, o professor é impelido a atitudes distintas, que vão desde a valorização exacerbada até a estigmatização extrema de certas variedades, originando o preconceito lingüístico. Para o estudo desses aspectos, seguiu-se uma metodologia de análise qualitativa interpretativa dos dados. A coleta de dados envolveu observação de aulas, anotações em diário de campo...

Transmissão intergeracional do alemão em contato com o português em Vale Real, RS

Leão, Paula Biegelmeier
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.47%
Este estudo centra-se na análise da transmissão intergeracional do alemão como língua de imigração em Vale Real, Rio Grande do Sul, e suas implicações para a compreensão dos processos de manutenção (language maintenance), substituição (language shift) e revitalização (language revitalization / reinforcement) de línguas minoritárias. Para tanto, estabelecem-se como objetivos do estudo: a) analisar, no eixo da diacronia, os fatores históricos, ecológicos e socioculturais que favoreceram a manutenção ou a substituição do alemão como língua de imigração na localidade da pesquisa (macroanálise na diacronia); b) empreender uma análise da substituição e manutenção lingüística em tempo aparente, através da comparação do uso do alemão entre as gerações de velhos e jovens na localidade da pesquisa (microanálise na sincronia, da dimensão intergeracional); c) identificar, através do contraste entre situações de transmissão e de substituição da língua de imigração os fatores que fomentam ou inibem essa transmissão e, deste modo, fornecer subsídios para a implementação de políticas lingüísticas adequadas.A metodologia de coleta dos dados envolveu, primeiramente, a aplicação de um questionário escrito a 195 alunos de ensino fundamental (5ª e 8ª séries) e médio (1º e 3º anos) da escola central da localidade...

A variação do português em contato com o italiano na comunidade bilíngüe de São Marcos-RS

Ponso, Leticia Cao
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.57%
Esta dissertação pretende investigar aspectos do contato entre o português e o italiano em uma comunidade bilíngüe na Região de Colonização Italiana situada no nordeste do Rio Grande do Sul (Brasil). Esse contato acarreta uma série de interferências entre os dois sistemas lingüísticos em questão, desencadeando uma situação de variação que avança (e por vezes também regride) em várias dimensões, motivada por parâmetros extralingüísticos, como sexo e idade dos falantes, ambiente rural/urbano, situações de comunicação, etc. Restringiu-se a análise lingüística ao âmbito das interferências fonéticas da língua italiana na portuguesa, as quais serão examinadas sob a perspectiva da Dialetologia Pluridimensional. A partir do estudo de tal fenômeno, pretende-se detectar quais são as variáveis mais sujeitas a valorações sociais no revezamento entre as variedades dialetais envolvidas no contato. O presente trabalho tem implicações para o estudo de línguas minoritárias, línguas em contato, bilingüismo, ensino de línguas a crianças bilíngues.; This dissertation attempts to investigate some aspects of the contact between the Portughese and the Italian languages in a bilingual community in the Italian Immigration Region...

A língua nas artes e a arte de falar línguas minoritárias: ações de popularização da ciência no projeto ALMA-H

Habel, Jussara Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.28%

Línguas brasileiras de imigração faladas em São Bento do Sul (SC)

Seiffert, Ana Paula
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 215 f.| il., tabs., grafs., mapas
POR
Relevância na Pesquisa
47.05%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Linguística.; Esta dissertação analisa o cenário plurilíngüe do município de São Bento do Sul, localizado ao norte do estado de Santa Catarina. Na referida cidade, coexistem pelo menos cinco línguas brasileiras de imigração: Bayerisch, Hochdeutsch, ucraniano, polonês e italiano, além de português e LIBRAS, as duas línguas oficiais do Brasil. Estudaram-se mais profundamente neste trabalho os usos, as atitudes e as representações dos falantes com relação às duas línguas minoritárias alemãs: Bayerisch e Hochdeutsch. Para compreender esses aspectos, foi realizado um diagnóstico sociolingüístico que compreendeu três etapas de investigação: 1) entrevistas com alunos de escolas municipais; 2) entrevistas com falantes das duas línguas alemãs mencionadas, de forma a desenhar uma rede de relações, e 3) observação da circulação dessas línguas na cidade e também dos indivíduos, entidades e eventos incentivadores delas, ou seja, indicadores da vitalidade das duas línguas alemãs. Diante das situações de substituição e perda lingüística de todas as línguas minoritárias faladas em São Bento do Sul...

A trajetória e presença por talian e do dialeto trentino em Santa Catarina

Marco, Elizete Aparecida De
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 163 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.47%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2009.; O presente estudo busca traçar a trajetória histórica e sociolingüística do Talian no município de Concórdia e do dialeto Trentino no município de Rodeio, ambos no estado de Santa Catarina, desde sua chegada com os imigrantes italianos até os dias atuais. Tendo como objetivo, analisar o caminho percorrido por essas línguas de imigração e suas relações com o ensino da língua Italiana standard ou padrão, por meio dos professores, alunos e principalmente pelos seus falantes. Analisa-se o Talian e o dialeto Trentino sob a luz da identidade étnica e da perspectiva intercultural, especialmente frente à Declaração dos Direitos Lingüísticos, proclamada no ano de 1996, em Barcelona. Trata também dos aspectos culturais e lingüísticos do Talian e do dialeto Trentino falados em Santa Catarina, discutindo sobre as características do falante dialetal que são evidenciadas na pronúncia da língua portuguesa. Reflete-se sobre o lugar cultural que as raízes linguisticas desse grupo ocupam junto às gerações atuais, considerando de um lado, o crescente processo de extinção de línguas minoritárias e de outro...

Terminologia em língua indígena : a construção do dicionário escolar Português-Mundurukú na área do Magistério

Ferreira, Tânia Borges
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2013.; Este estudo documenta e analisa os termos da área do Magistério encontrados no ensino médio Mundurukú, visando à elaboração do dicionário terminológico escolar Português-Mundurukú da área do Magistério. O objetivo desta pesquisa é contribuir para o uso da Terminologia como instrumento de preservação de línguas minoritárias sob uma perspectiva terminográfica, didática e bilíngue. Por ser uma obra terminográfica de cunho didático, apresentamos uma revisão sobre a Educação Escolar Indígena e sua prática nas comunidades Mundurukú. Pretende-se contribuir com a reflexão do papel da escola e o espaço que ela dá à língua Mundurukú e ao Português, em prol do desenvolvimento de políticas linguísticas que fortaleçam a preservação das línguas minoritárias brasileiras. A construção do dicionário é baseada na Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT) e dialoga com a Socioterminologia e a Linguística de Texto. A metodologia segue os pressupostos da TCT e, no tocante ao trabalho de campo, priorizamos a pesquisa qualitativa...

Portefólio: instrumento de sensibilização à diversidade

Rego, Sofia Cristina Bastos do
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.68%
Portugal é, ao mesmo tempo, emissor e recetor de migrantes. Com a abertura das fronteiras em muitos países europeus verificou-se um aumento de estrangeiros a residir no nosso país. Estes trazem consigo as suas crianças que tentam integrar-se nas nossas escolas. Dentro e fora dos portões da Escola portuguesa ainda se verifica um elevado índice de exclusão ou desnivelamento social das populações minoritárias. Logo, o trabalho dos docentes deve ser também para os alunos que tenham a língua portuguesa como língua não-materna: estes serão, também, futuros cidadãos de Portugal e é desde cedo que se aprende a respeitar e a conviver com a diferença. A presente dissertação resulta de um projeto desenvolvido numa escola do 1º ciclo do ensino básico da região de Aveiro onde, através de uma adaptação do Portefólio Europeu de Línguas, foi criado um suporte de sensibilização ao Outro. As grandes finalidades do estudo são a consciencialização para a enorme variedade de línguas, estabelecendo correspondências entre realidades geográficas e realidades linguísticas; a promoção do gosto pela aprendizagem de línguas, contribuindo para o estabelecimento de uma relação afetiva com estas; a sensibilização dos participantes para valores de respeito e tolerância pelo diferente; tendo também como finalidade despertar a curiosidade face à diversidade de línguas e culturas. Através da análise de resultados foi possível verificar que o Portefólio é uma mais-valia no ensino/aprendizagem da cultura linguística...

Ich spreche anders, aber das ist auch deutsch: línguas em conflito em uma escola rural localizada em zona de imigração no sul do Brasil

Fritzen,Maristela Pereira
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.92%
O bilingüismo/multilingüismo como fenômeno social ainda é pouco reconhecido no cenário brasileiro, apesar de o tema ter conquistado espaço na academia. Em termos gerais, considera-se o Brasil um país monolíngüe, onde se fala apenas o português brasileiro. Há, no entanto, vários contextos de línguas minoritárias (grupos indígenas, grupos de imigrantes, zonas de fronteira, comunidades de surdos) em que o uso de várias línguas é a regra. Nesses contextos sociolingüisticamente complexos há relações assimétricas e de conflito entre a língua hegemônica e as línguas minoritárias, em geral estigmatizadas. O presente estudo, parte dos resultados de uma pesquisa etnográfica, focaliza o conflito lingüístico presente em uma escola rural localizada numa comunidade bilíngüe/multilíngüe em zona de imigração alemã no sul do país, onde, ainda hoje, as crianças aprendem em casa a língua de herança, empregada em âmbito familiar e social. Com suporte teórico predominantemente vindo do bilingüismo visto de uma perspectiva social e dos Estudos Culturais, o objetivo principal deste artigo é problematizar a situação de contato/conflito lingüístico existente na região alvo da pesquisa e sua interface com questões de identidades construídas nos discursos hegemônicos. Além disso...

O desempenho de bilíngues e multilíngues em tarefas de controle inibitório e compreensão auditiva

Limberger, Bernardo Kolling
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.63%
A aprendizagem e o uso de duas ou mais línguas são experiências capazes de impactar o funcionamento linguístico e cognitivo. Falantes bilíngues e multilíngues precisam selecionar a língua a ser usada e, ao mesmo tempo, suprimir a interferência da língua que não está em uso durante a situação de comunicação, devido à coativação das línguas. Por esse motivo, tem sido constatado que bilíngues/multilíngues podem ter desempenho superior em comparação a monolíngues em tarefas com situações de interferência, principalmente quando há estímulos não linguísticos. Essas tarefas envolvem o controle inibitório e as funções executivas em geral. No caso de tarefas com estímulos linguísticos, os estudos são mais escassos, e os resultados, menos consensuais. No âmbito brasileiro, os efeitos positivos do bilinguismo não têm sido sempre encontrados, sobretudo nos bilíngues falantes da variedade da língua alemã denominada Hunsrückisch. Por esse motivo, o objetivo geral deste estudo é investigar o desempenho de participantes falantes de Hunsrückisch, bilíngues e multilíngues (falantes de alemão padrão com alto nível de proficiência), em comparação com monolíngues, em duas tarefas. A primeira é uma tarefa não linguística...

Empréstimos lingüísticos do português em Xerente Akwé; LINGUISTIC OPERATIONS IN THE PORTUGUESE XERENTE Akwe

MESQUITA, Rodrigo
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
Many languages, spoken by minority populations coming in contact with majority ones are losing vitality. Additionally, several other languages have become extinct, and this phenomenon is related to a cultural complexity involving a unique way to reflect on reality and to become a part of it. The reasons for this are many, and in each case, they act in different ways. Identifying these reasons can help to clarify the situation of a given language, and, consequently, provide subsidies for (re)vitalization projects, given that the understanding of the sociolinguistic situation may reveal what is behind the many facets resulting from the predominantly asymmetric relationships among unequally assigned political, economic and cultural powers among the involved populations. In this sense, variations and changes in those languages are directly related to changes that have taken place in the social and cultural medium and in the ecosystem where those peoples live. Thus, both linguistic and extra-linguistic factors act on those changes. According to several authors (Albó, 1988; Braggio, 1997; Godenzzi, 2000; Nettle & Romaine, 2000; Romaine, 1995 among others), borrowings made by minority languages which come in contact with dominant languages...

O Papel do ensino do português como língua estrangeira na defesa do multicultarismo

Anacleto-Matias, Maria Helena
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
26.57%
As política actuais existentes a nível oficial para a implementação e defesa do ensino da Língua Portuguesa como Língua Estrangeira (L. E.) na Europa e no resto do mundo levam-nos a pensar que são, sobretudo, os casos isolados de leitores portugueses pioneiros, inspirados e marginais que na sua missão individual e afastada lutam pela implementação e defesa desta língua nos seus países de acolhimento. Segundo Volfgram, “cabe ensinar a alguns que o multiculturalismo não está apenas na teoria e sim ao nosso redor, nos elevando realmente à condição de seres humanos” (2005), e o mesmo é dizer que o multiculturalismo começa nas suas bases pela aprendizagem desinteressada e não interesseira das crianças na sua mais tenra idade. Não é impunemente que em países multiculturais como a Bélgica, a Língua Portuguesa ensinada como segunda língua ou como língua estrangeira desempenha um papel preponderante na defesa e na preservação do Português e, em simultâneo, pugna pela defesa incontestável da necessidade incontornável que o multiculturalismo é hoje. É indubitável que a luta contra a xenofobia, a luta pela tolerância e o respeito mútuo, bem como o diálogo profícuo biunívoco não podem sobreviver actualmente sem uma consciencialização da importância das línguas minoritárias...

A conscientização linguística como fundamento para uma abordagem plural no ensino de alemão-padrão em contextos de contato português-hunsrückisch

Käfer, Maria Lidiani
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.57%
Na década de 80, um programa intitulado Language Awareness (Conscientização Linguística) surgiu na Inglaterra a fim de contribuir com a aprendizagem da língua materna. Porém, logo em seguida, passou a ser integrado também no ensino de L2. O termo “Conscientização Linguística”, de acordo com Donmall (1985, p. 7) refere- se à sensibilidade e à consciência do individuo sobre a natureza da linguagem e seu papel na vida humana. O presente estudo visa a discutir o conceito de Conscientização Linguística (CL) como uma possível prática de ensino em aulas de alemão como língua adicional em contextos bilíngues. Através de embasamento teórico, foram desenvolvidas e adaptadas atividades pedagógicas com foco na promoção da conscientização e da pluralidade linguística, para, em seguida, testá-las em duas escolas de comunidades bilíngues português-hunsrückisch da região serrana do Rio Grande do Sul. Além da própria testagem, foram instrumentos metodológicos da pesquisa: observações em sala de aula, realizadas previamente, para uma sondagem do contexto pesquisado e entrosamento com os participantes e questionários, para a coleta de dados, a fim de traçar um perfil dos alunos e professores envolvidos na pesquisa...

O panorama lingüístico brasileiro: a coexistência de línguas minoritárias com o português; Título em inglês

Ferraz, Aderlande Pereira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
67.17%
Este trabalho apresenta, de forma resumida, uma revisão do panorama lingüístico no Brasil, numa abordagem que discute a situação das línguas minoritárias brasileiras. Especial atençãoé dada ao seu desenvolvimento ao longo do tempo. Procura mostrar também o estado atual das línguas indígenas e das línguas dos imigrantes em território brasileiro. Por fim, é feita aqui uma reflexão sobre a diversidade lingüística no Brasil.; This paper constitutes a summarized presentation of an overview of the linguistic panorama in Brazil, based on a discussion of the situation of minority languages, special attention being dedicated to its development in the course of time. We also explain the present state of indigenous languages and of the language of immigrants in Brazil. Finally, we discuss linguistic diversity in present-day Brazil.

LÍNGUAS MINORITÁRIAS (E AMEAÇADAS) DA EUROPA

JOVANOVIC, ALEKSANDAR
Fonte: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social Publicador: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2003 POR
Relevância na Pesquisa
46.76%
LÍNGUAS MINORITÁRIAS (E AMEAÇADAS) DA EUROPA

O desenvolvimento histórico da interpretação de línguas indígenas brasileiras e o seu papel no contexto atual; Historical Development of the Interpretation of Brazilian Indigenous Languages and its Role in the Current Context

Pinheiro, Maíra Monteiro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
57.17%
Este artigo investiga o desenvolvimento histórico da interpretação de línguas indígenas brasileiras por meio das relações interculturais no país e o seu papel no contexto atual. A metodologia usada é a revisão da literatura, com um estudo de caso de abordagem instrumental incluído como exemplo. Diferentes dimensões do problema são investigadas, com base na história da tradução oral no Brasil (WYLER 2003), na trajetória das línguas na Amazônia brasileira (FREIRE 2003), nos modelos de interpretação na dimensão antropológica (PÖCHHAKER 2002 e CRONIN 2002) e, finalmente, em tradução, globalização e línguas minoritárias (CRONIN 2003). De acordo com a análise dos dados, ainda hoje a interpretação é relevante para essas comunidades. Este estudo, portanto, teoriza sobre as especificidades da interpretação comunitária para línguas indígenas minoritárias e sua necessidade no mundo globalizado.; This article investigates the historical development of the interpretation of Brazilian indigenous languages through the intercultural relations in the country and its role in the current context. The methodology used is literature review, and one case study with an instrumental approach was included as an example. Different aspects of the problem are investigated...

Tradução indireta: uma prática de divulgação e enriquecimento cultural;

Accácio, Manuela Acássia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
A tradução indireta é um meio de divulgação e enriquecimento cultural, através do qual muitas obras de limitado acesso físico e/ou linguístico chegaram a nossa cultura. Neste caso, a produção de línguas pouco divulgadas era disseminada via línguas dominantes. A fim de contribuir com o estudo da tradução indireta, retomamos algumas pesquisas já realizadas sobre esse tema. Algumas delas destacaram o enriquecimento linguístico e literário da literatura hebraica, assim como as línguas intermediadoras na Idade Média e Moderna na tradução de línguas minoritárias ou pouco faladas em âmbito europeu. Por fim, estudaremos a tradução indireta no Brasil, a qual foi iniciada pelos jesuítas, ganhando força mais tarde na produção editorial de romances-folhetins traduzidos de outras línguas através do francês.; The indirect translation is a mean of cultural dissemination and enrichment, through which many works, which were difficult to be accessed due to their physical and/or language came to our culture. Here the production of languages with little circulation was disseminated via dominant languages. To contribute to the study of indirect translation we will retake some researches already existent on this topic. Some of them emphasized the linguistic and literary enrichment of Hebrew literature as well as the intermediator languages in the Middle Ages and Modern in translating minority or less spoken languages in European context. Finally...

ASPECTOS SÓCIO-HISTÓRICOS DO CONTATO ENTRE O DIALETO VÊNETO E O PORTUGUES NO ESPÍRITO SANTO

Ponzo Peres, Edenize
Fonte: UFES Publicador: UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
26.47%
Resumo: Este trabalho sociolinguístico tem por objetivo descrever o contato que ocorreu entre o português e os dialetos falados pelos imigrantes italianos, no estado do Espírito Santo. Especificamente, interessa-nos analisar os fatores externos que favorecem a manutenção e a substituição de uma língua minoritária, a fim de investigar como se deu o processo de substituição do vêneto, o mais falado dentre as línguas de imigração. Para descrever a situação sociolinguística dos imigrantes italianos no Espírito Santo, buscamos retratar sucintamente a colonização do estado, desde a chegada dos portugueses, no século XVI, até o final do século XIX, quando aportaram os imigrantes italianos. Dadas as características de nossa colonização e da imigração europeia, observamos que a substituição do dialeto vêneto pelo português ocorreu por fatores psicossociais envolvendo a comunidade de imigrantes italianos, tendo em vista que outras línguas minoritárias, como o pomerano, com muito menos condições de sobrevivência, se mantém até nossos dias. Dessa forma, as consequências sociolinguísticas da imigração no Espírito Santo pode lançar luz às pesquisas de contato linguístico, aportando dados que não são considerados nas pesquisas desta área.Palavras-chave: Contato Linguístico. Imigração italiana no Espírito Santo. Substituição linguística. 

Reflexões sobre os empréstimos do tipo loanblend e direto na língua xerente akwén

Braggio, Silvia Lucia Bigonjal
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.57%
O cenário sociolinguístico das línguas minoritárias em contato comlínguas majoritárias, geralmente as oficiais, tem apresentado sinais /indícios que apontam para um processo de desvitalização muitasvezes invisíveis para os falantes daquelas línguas. Com base nessaconstatação, estudos tipológicos sociolinguísticos têm surgido maisrecentemente a fim de desvelar as micro e macrovariáveis que possamestar afetando-as. Meu objetivo neste artigo é tratar dos empréstimosfeitos pela língua xerente akwén da língua portuguesa, especialmenteos do tipo loanblend e o direto em relação à situação de bilinguismo(microvariável) e do processo de migração (macrovariável) e seusefeitos na língua nativa. Os dados vêm sendo coletados desde osanos de 1990 e revisitados em vista da mudança de cenário nosúltimos anos. Os resultados apontam novos temas de pesquisa quedarão subsídios para uma compreensão mais profunda do atual estágioda língua.