Página 1 dos resultados de 13 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Fatores associados ao consumo de frutas, verduras e legumes em Nipo-Brasileiros; Factors associated with fruit and vegetable intake in Japanese-Brazilians

PALMA, Raphaela Fernanda Muniz; BARBIERI, Patrícia; DAMIÃO, Renata; POLETTO, Juliana; CHAIM, Rita; GIMENO, Suely G; FERREIRA, Sandra Roberta Gouveia; SARTORELLI, Daniela Saes; Grupo de Estudos em Diabetes na População Nipo-Brasileira de Bauru, SP
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.59%
A identificação de fatores associados ao consumo de frutas, verduras e legumes constitui-se em ferramenta chave na elaboração de programas de intervenção mais eficazes, visando o aumento no consumo desses alimentos. O objetivo do presente estudo foi identificar, em análise transversal, fatores associados ao consumo adequado de frutas, verduras e legumes (> 400g/dia) em 581 nipo-brasileiros adultos, de 1ª e 2ª gerações, residentes em Bauru, SP, Brasil. O consumo alimentar foi avaliado por meio de três inquéritos recordatórios de 24 horas. Em modelos de regressão logística ajustados, verificou-se que o relato de um maior número de refeições diárias estava associado à maior chance [OR (IC 95%)]: [1,31 (1,05; 1,63)] de consumo adequado de frutas, verduras e legumes. Por outro lado, indivíduos no terceiro tercil de consumo de ácidos graxos saturados apresentaram menor chance de consumo adequado destes alimentos [0,35 (0,21; 0,60)]. Verificou-se maior tendência de consumo adequado de frutas, verduras e legumes entre indivíduos de maior idade. Os resultados sugerem que programas de intervenção mais intensivos são necessários entre indivíduos jovens e com consumo elevados de ácidos graxos saturados. Além disso...

Estudo cefalométrico das alterações das alturas faciaias anterior e posterior em pacientes nipo-brasileiros com más oclusões de Classe I e Classe II, 1ª divisão de Angle, tratados ortodonticamente.

Hayasaki, Sandra Marcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.72%
Embora muito estudados, os efeitos da extração dos quatro primeiros pré-molares sobre as alturas faciais ainda causam certa controvérsia. Devido à variação de resultados encontrados na literatura e pelo fato de todos os estudos terem sido realizados em leucodermas, propusemonos a analisar cefalometricamente as alterações das alturas faciais anterior e posterior em pacientes nipo-brasileiros com más oclusões de Classe I e II, 1a divisão de Angle tratados ortodonticamente. A amostra consistiu de quatro grupos: Grupo I – 15 jovens com Classe I tratados com extração dos quatro primeiros pré-molares; Grupo II – 15 jovens com Classe I tratados sem extrações; Grupo III – 14 jovens com Classe II, 1a divisão tratados com extração dos quatro primeiros pré-molares; Grupo IV– 15 jovens com Classe II, 1a divisão tratados sem extrações. Todos foram tratados com a técnica do Arco de Canto Simplificada por um período médio de 2,49 anos. A idade média inicial foi de 12,14 anos e a final de 14,64 anos. A análise dos resultados revelou que a extração de pré-molares não diminui a dimensão vertical em pacientes nipo-brasileiros com padrão de crescimento equilibrado, uma vez que as alterações nas alturas faciais anterior e posterior foram similares nos quatro grupos estudados...

Estudo cefalométrico das alturas faciais anterior e posterior em jovens mestiços nipo-brasileiros, descendentes de xantodermas e leucodermas, com oclusão normal; Facial height in Japanese-Brazilian descents with normal occlusion

Vieira, Fabiano Paiva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.69%
Objetivos: o objetivo deste estudo foi obter os valores médios de normalidade das alturas faciais anterior e posterior de 30 jovens mestiços nipo-brasileiros, descendentes de xantodermas e leucodermas, com oclusão normal, com idade média de 14 anos, e verificar a presença ou ausência de dimorfismo entre os gêneros. Metodologia: estudo cefalométrico com as mensurações advindas das análises de Wylie e Johnson (1952), Siriwat e Jarabak (1985), Gebeck (1989), Merrifield (1989) e Horn (1992). Resultados: os resultados revelaram a presença de dimorfismo entre os gêneros para as variáveis AFAT, AFAI, AFA, AFPT e AFPS. Conclusões: um padrão cefalométrico específico, das alturas faciais anterior e posterior, para os jovens mestiços nipo-brasileiros com oclusão normal, descendentes de xantodermas e leucodermas, foi apresentado e um dimorfismo entre os gêneros para cinco das treze variáveis avaliadas foi verificado nesta faixa etária média.; Aim: The objective of this study was to determine the standards for facial heights in 30 (14-year-old) adolescent Japanese-Brazilian descents with normal occlusion and also to evaluate whether there is sexual dimorphism. Methods: The cephalometric measurements used followed the analyses of Wylie; Johnson (1952)...

Estudo comparativo do padrão cefalométrico dos jovens mestiços nipo-brasileiros - grandezas tegumentares e esqueléticas; Comparative study of the cephalometric norms for Japanese Japanese-Brazilian descents skeletal and soft tissue measurements

Fernandes, Thais Maria Freire
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.91%
Introdução: Em virtude da miscigenação populacional que ocorre no Brasil, os diferentes grupos étnicos podem apresentar estruturas esqueléticas craniofaciais e tegumentares distintas. Nesse sentido, estudos devem ser estabelecidos para suportar o diagnóstico e facilitar o plano de tratamento entre as diferentes raças e seus diferentes padrões de miscigenação. Objetivo: Determinar os valores médios de normalidade das grandezas cefalométricas tegumentares e esqueléticas de jovens brasileiros mestiços nipo-brasileiros, com oclusão normal descendentes de japoneses e brasileiros e comparar os resultados das variáveis com amostras compatíveis de jovens brasileiros leucodermas e xantodermas. Material e Métodos: Foram utilizadas 40 telerradiografias de jovens leucodermas, 32 de nipo-brasileiros e 33 de xantodermas. As três amostras apresentavam indivíduos com oclusão normal e face bem balanceada. Devido às características do tecido mole e para facilitar a comparação, as amostras foram divididas por gênero. Foram realizados os testes estatísticos: análise de variância a um critério (ANOVA), teste t e a análise de covariância (ANCOVA). Resultados: Encontrou-se diferença estatística (p<0,05) entre as três raças em 17 variáveis para o gênero feminino e 15 para o gênero masculino. Essas variáveis evidenciaram menor espessura na região do násio; menor nariz e biprotrusão labial para as meninas nipobrasileiras em relação aos leucodermas e maior espessura na região da glabela; menor espessura na região do násio; maior espessura do lábio inferior e da região supramentoniana e padrão esquelético facial mais vertical para os meninos nipobrasileiros. Conclusão: As meninas nipo-brasileiras apresentaram características mais similares com a amostra xantoderma e os meninos nipo-brasileiros apresentaram valores numericamente intermediários...

Estudo comparativo do padrão cefalométrico de jovens mestiços nipo-brasileiros: grandezas dentárias e esqueléticas; Comparative study of the cephalometric norms for Japanese-Brazilian descents: skeletal and dental measurements

Sathler, Renata Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.88%
PROPOSIÇÃO: As características cefalométricas, faciais e dentárias, variam consideravelmente entre as diferentes raças. No Brasil, em virtude da grande miscigenação populacional, é necessário conhecer também as variações apresentadas pelas misturas destas raças. Por esta razão, o objetivo deste estudo foi identificar os padrões das variáveis dentárias e esqueléticas de jovens mestiços nipo-brasileiros com oclusão normal e compará-los com amostras semelhantes de leucoderma e de xantoderma. MATERIAL E MÉTODOS: Foram utilizadas 40 telerradiografias de jovens leucodermas, 32 de nipo-brasileiros e 33 de xantodermas. As três amostras apresentavam indivíduos com oclusão normal e face bem balanceada. Foram realizadas as análises estatísticas de covariância (ANCOVA) e o teste t. Basicamente, as variáveis cefalométricas usadas seguiram as análises de Steiner (1953), Tweed (1954) e McNamara Jr (1984). RESULTADOS: Encontrou-se diferença estatística (p < 0,05) entre as raças em 7 das variáveis estudadas. Estas diferenças indicaram um padrão mais vertical, menor ângulo interincisivos e menor sobremordida para a amostra nipobrasileira, com relação à amostra leucoderma, porém valores semelhantes aos da amostra xantoderma. CONCLUSÕES: Os valores esqueléticos e dentários encontrados para os jovens nipo-brasileiros foram...

Jovens universitários brasileiros nas linhas de produção japonesas: uma contribuição ao estudo do fenômeno migratório entre o Brasil e o Japão (1908-2008); Young Brazilian university students in Japanese production lines: a contribution to the study of migration between Brazil and Japan (1908-2008)

Fugii, William Kyoshi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.81%
A partir de meados da década de 1980, teve início o fluxo migratório de nipobrasileiros para o Japão, que ficou conhecido como Movimento Dekasegui. A gênese desse movimento no período mencionado está relacionada, entre outros aspectos, à realidade sócio-econômica diferenciada entre os dois países. O Brasil sentia de maneira profunda os impactos da crise mundial do sistema capitalista iniciada na década de 70 que, entre outros efeitos, aumentou significativamente a taxa de desemprego no país. O Japão, berço das inovações tecnológicas correspondentes ao período pós-fordista, via seu desenvolvimento econômico comprometido pela falta de mão-de-obra para suas indústrias em expansão. Houve, portanto, um encontro de interesses entre as partes que culminou com o início do movimento. A reforma da Lei de Imigração do Japão de 1990, que passa a autorizar descendentes dos imigrantes japoneses até a segunda geração, ou seja, os niseis e sanseis (e seus cônjuges) a ingressarem legalmente no país para trabalhar, abre caminho para o vertiginoso crescimento do movimento, atualmente representado por cerca de 350.000 brasileiros trabalhando no Japão. No final da década de 1990, contudo, o movimento dekasegui apresenta sinais de enfraquecimento...

O local e o global na comunidade nipo-brasileira: um exercício sociológico sob o prisma dos jovens na cidade de São Paulo; Local and global in the Nipo-Brazilian community: a sociological exercise under the youngs perspective in São Paulo City

Konigame, Maria Juliana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.75%
O enfoque deste trabalho é a análise da comunidade nipo-brasileira da cidade de São Paulo (o local) e o impacto do movimento decasségui (o global) nessa comunidade no Brasil. Para tanto, separamos a análise entre grupos externos à comunidade (a sociedade brasileira e o estereótipo positivo no Brasil, e a sociedade japonesa e o estereótipo negativo no Japão) e os grupos internos (a população decasségui, e as gerações mais novas de nipo-brasileiros). Ambos os grupos atuam como forças externas e internas na comunidade, de modo que o que está em jogo em todas essas relações de forças, do ponto de vista de parte da comunidade nipo-brasileira, é a manutenção de seu estereótipo positivo formado no Brasil ao longo de décadas desde o início da imigração japonesa ao Brasil em 1908. Dentro desse quadro, optou-se por fazer uma análise mais voltada para os grupos internos, pois o que realmente interessa são as tensões internas à comunidade, ou seja, o modo como a comunidade lida com essas tensões tentando manter ou preservar seu estereótipo positivo no Brasil. Em relação aos grupos internos, estes possuem terminologias próprias que provam a existência de tensões e diferenças internas que formam o todo conhecido como comunidade nipo-brasileira...

Estudo comparativo do padrão cefalométrico de Ricketts em jovens brasileiros leucodermas, xantodermas e mestiços nipo-brasileiros; Ricketts cephalometric analyses in brazilians youth: whites, xanthoderms and japanese-brazilians

Bronfman, Caroline Nemetz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.82%
INTRODUÇÃO: A cefalometria constitui um dos elementos auxiliares de grande importância no diagnóstico e planejamento ortodôntico. Diversos estudos já demonstraram que diferentes etnias apresentam algumas variáveis cefalométricas distintas. Realizar o tratamento ortodôntico tendo como guia outra raça ou etnia requer cuidado. As características próprias do indivíduo e seu padrão de miscigenação devem ser respeitados para suportar o diagnóstico e facilitar o plano de tratamento. OBJETIVO: Determinar os valores médios de normalidade das grandezas cefalométricas relacionadas à análise de Ricketts para jovens brasileiros leucodermas, xantodermas e nipo-brasileiros, com oclusão normal e com bom perfil facial, e compará-los entre si. MATERIAL e MÉTODOS: Foram utilizadas 40 telerradiografias laterais de jovens leucodermas (com idade média de 13,64 anos), 31 de xantodermas (com idade média de 15,63 anos) e 32 de nipo-brasileiros (com idade média de 13,96 anos), provenientes do arquivo da Disciplina de Ortodontia da Faculdade de Odontologia de Bauru Universidade de São Paulo. Os dados obtidos foram avaliados estatisticamente pela análise de variância a 2 critérios (ANOVA a 2 critérios) e análise de covariância (ANCOVA) seguidos do teste Tukey. RESULTADOS: encontrou-se diferença estatística significante (p< 0...

Outro mundo flutuante: o pop nipo-brasileiro

Paixão, Fernanda Corrêa
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 65 f.
POR
Relevância na Pesquisa
26.07%
Este trabalho consiste numa série de ilustrações digitais criadas com base na influência da cultura pop japonesa sobre a cultura brasileira contemporânea. A ideia por trás da série surgiu de uma observação e autoanálise da poética, repertório e inspiração da artista, que também foi influenciada pelo oriente. Isto se deu tendo em vista como a cultura japonesa, nas duas últimas décadas, se tornou parte do cotidiano e imaginário de uma geração (mais especificamente no Brasil), sendo consumida em massa e assimilada pela população ocidental, criando novas hibridações de culturas. O trabalho teórico discute a influência e a vivência dessa cultura, salientando a sua importância para as gerações a partir dos anos 90. Neste trabalho, são apresentados os estilos de comportamento e moda que surgiram no Japão desde a época do pós-segunda guerra (mas aparecendo mesmo na década de 60), mostra também o epicentro desta cultura: o bairro de Harajuku, localizado em Tóquio e famoso por reunir jovens desfilando com estilos extravagantes e originais. Assim como resgata como essas influências chegaram até o Brasil e se tornaram parte importante do comportamento e cotidiano de muitos brasileiros, criando no bairro da Liberdade (em São Paulo) a equivalência com Harajuku.

Fatores associados ao consumo de frutas, verduras e legumes em Nipo-Brasileiros

Palma,Raphaela Fernanda Muniz; Barbieri,Patrícia; Damião,Renata; Poletto,Juliana; Chaim,Rita; Gimeno,Suely G; Ferreira,Sandra Roberta Gouveia; Sartorelli,Daniela Saes
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
A identificação de fatores associados ao consumo de frutas, verduras e legumes constitui-se em ferramenta chave na elaboração de programas de intervenção mais eficazes, visando o aumento no consumo desses alimentos. O objetivo do presente estudo foi identificar, em análise transversal, fatores associados ao consumo adequado de frutas, verduras e legumes (> 400g/dia) em 581 nipo-brasileiros adultos, de 1ª e 2ª gerações, residentes em Bauru, SP, Brasil. O consumo alimentar foi avaliado por meio de três inquéritos recordatórios de 24 horas. Em modelos de regressão logística ajustados, verificou-se que o relato de um maior número de refeições diárias estava associado à maior chance [OR (IC 95%)]: [1,31 (1,05; 1,63)] de consumo adequado de frutas, verduras e legumes. Por outro lado, indivíduos no terceiro tercil de consumo de ácidos graxos saturados apresentaram menor chance de consumo adequado destes alimentos [0,35 (0,21; 0,60)]. Verificou-se maior tendência de consumo adequado de frutas, verduras e legumes entre indivíduos de maior idade. Os resultados sugerem que programas de intervenção mais intensivos são necessários entre indivíduos jovens e com consumo elevados de ácidos graxos saturados. Além disso...

Concepções de velhice e cuidado em tres gerações de origem nipo-brasileira

Meyre Eiras de Barros Pinto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/1997 PT
Relevância na Pesquisa
36.37%
O objetivo foi comparar as concepções e expectativas de velhice e cuidado de representantes de três grupos etários e geracionais de imigrantes japoneses e seus descendentes no Brasil. Foram oito imigrantes entre 61 e 78 anos e 23 nipo-brasileiros, dentre os quais oito contavam de 40 a 52 anos de idade, e 15 estavam na faixa entre 20 e 27. Todos eram homens residentes em Maringá (Pr), região que, a partir de 1925, foi um dos pólos de atração da imigração japonesa ao Brasil. Os entrevistados idosos e de meia-idade eram provenientes de um grupo de empresários e profissionais liberais de alta renda, com escolaridade variando de primária a superior. Entre os idosos havia líderes comunitários. Entre os de meia-idade havia religiosos e cuidadores de pais idosos. Os jovens eram estudantes universitários de ciências exatas e tecnologia. A perspectiva de análise foi transcultural, apoiada no modelo psicológico epigenético de Erik Erikson. Foi adotada uma metodologia qualitativa que incluiu análise de conteúdos de informações geradas por entrevistas semi-estruturadas realizadas com informantes voluntários, localizados a partir de indicações e convites. A análise de dados revelou que embora não haja concepção uniforme...

FORÇA RELATIVA DA ETNICIDADE ENTRE OS JOVENS NIPO-BRASILEIROS NA CIDADE DE SÃO PAULO

Konigame, Maria Juliana
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.8%
Após mais de cem anos de imigração japonesa para o Brasil, diversas pesquisasexploraram largamente as primeiras gerações de japoneses e seus descendentes no Brasil; a presente pesquisa pretendeu analisar as gerações mais novas de descendentes de japoneses na cidade de São Paulo, buscando explorar questões mais recentes que surgem dentro da comunidade étnica. À medida que as gerações mais novas vão se afastando das primeiras gerações de imigrantes observarmos algumas mudanças na dinâmica da comunidade étnica. A fim de compreender essas mudanças, focamos a análise na problemática da retenção da etnicidade por parte das gerações mais novas. Para tanto, a pesquisaprocurou observar a formação de identidades étnicas entre os jovens nipo-brasileiros através da análise do envolvimento desses jovens com associações étnicas. Entre os resultados desse estudo observamos que há uma tendência entre os jovens descendentes de japoneses em construir uma noção de etnicidade por meio da proximidade ou distância de associações ou agrupamentos étnicos que pode variar bastante de acordo com o período davida em que se encontram. Também pudemos observar que há variados modos de participar na comunidade de acordo com a faixa etária...

Fatores associados ao consumo de frutas, verduras e legumes em Nipo-Brasileiros

Palma,Raphaela Fernanda Muniz; Barbieri,Patrícia; Damião,Renata; Poletto,Juliana; Chaim,Rita; Gimeno,Suely G; Ferreira,Sandra Roberta Gouveia; Sartorelli,Daniela Saes
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
A identificação de fatores associados ao consumo de frutas, verduras e legumes constitui-se em ferramenta chave na elaboração de programas de intervenção mais eficazes, visando o aumento no consumo desses alimentos. O objetivo do presente estudo foi identificar, em análise transversal, fatores associados ao consumo adequado de frutas, verduras e legumes (> 400g/dia) em 581 nipo-brasileiros adultos, de 1ª e 2ª gerações, residentes em Bauru, SP, Brasil. O consumo alimentar foi avaliado por meio de três inquéritos recordatórios de 24 horas. Em modelos de regressão logística ajustados, verificou-se que o relato de um maior número de refeições diárias estava associado à maior chance [OR (IC 95%)]: [1,31 (1,05; 1,63)] de consumo adequado de frutas, verduras e legumes. Por outro lado, indivíduos no terceiro tercil de consumo de ácidos graxos saturados apresentaram menor chance de consumo adequado destes alimentos [0,35 (0,21; 0,60)]. Verificou-se maior tendência de consumo adequado de frutas, verduras e legumes entre indivíduos de maior idade. Os resultados sugerem que programas de intervenção mais intensivos são necessários entre indivíduos jovens e com consumo elevados de ácidos graxos saturados. Além disso...