Página 1 dos resultados de 22498 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Compreendendo as estratégias de sobrevivência de jovens antes e depois da internação na FEBEM de Ribeirão Preto.; The surviving strategies in order to get money and accessibility to consumer goods of 104 boarder youngsters at an institution named FEBEM in Ribeirão Preto.

Almeida, Marília Mastrocolla de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.71%
Historicamente, as crianças e os jovens marginalizados buscam várias alternativas para conseguir recursos para o próprio sustento ou de sua família. Dentre elas, sempre estiveram o ato infracional, o trabalho infantil e o trabalho em situação de rua. Há, atualmente, um grande contingente desses “trabalhadores”, o que torna explicita as falhas das políticas públicas com essa população. A principal ênfase das políticas de atendimento tem sido a inclusão desses jovens no trabalho, como a forma de promover a “inclusão social” dos mesmos. Sendo assim, o presente trabalho teve como proposta contribuir com essa problemática, realizando um caracterização geral e conhecendo as estratégias de sobrevivência para conseguir dinheiro e acesso aos bens de consumo de 104 jovens internos na FEBEM de Ribeirão Preto no período de junho a agosto de 2000. Foram utilizados para coleta dos dados um roteiro estruturado para a realização de entrevistas individuais e a realização de notas em diário de campo para registro das atividades realizadas durante o estudo. Dentre os resultados encontrados observamos que a maioria dos jovens reside em bairros periféricos de Ribeirão Preto e tem escolaridade de 5a e 6a série incompletas. A maioria dos jovens foi internado devido a prática de roubo e homicídio...

Desemprego de jovens: um estudo sobre a dinâmica do mercado de trabalho juvenil brasileiro. ; "Youth unemployment: a study about the dynamics of the Brazilian youth job market"

Flori, Priscilla Matias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.68%
Este trabalho tem como objetivo analisar a estrutura do desemprego dos jovens no Brasil, procurando identificar os motivos da taxa de desemprego dos jovens ser muito superior à dos adultos. Apesar de sua importância, este tema tem recebido pouca atenção na literatura sobre o mercado de trabalho brasileiro. Na primeira análise deste estudo, decompõe-se a taxa de desemprego em dois determinantes, duração média e taxa de entrada no desemprego de jovens, adultos e idosos; percebe-se que a duração do desemprego é praticamente a mesma para as três categorias, enquanto a taxa de entrada dos jovens é maior que a das outras duas, sendo, portanto, o determinante que faz com que o desemprego juvenil seja mais elevado que o de trabalhadores mais velhos; assim, com uma nova decomposição da taxa de entrada de jovens, verifica-se que cerca de 80% dessa taxa é composta de jovens que já trabalharam. Outro método será o cálculo, para jovens e adultos, das matrizes de transição entre os estados do mercado de trabalho. Para avaliar a questão do desemprego dos jovens no Brasil, recalcula-se as taxas de desemprego de cada categoria, substituindo uma de cada vez nas matrizes, as probabilidades de transição da outra categoria; os resultados mostram a alta rotatividade dos jovens no mercado de trabalho. Com esses resultados...

Psicologia e educação de jovens e adultos: histórias de vida e caminhos percorridos pelos jovens que voltaram à escola ; Psychology and youth and adult education: life histories and paths walked by the youths who returned to school

Szanto, Janyssa Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.69%
Nos últimos anos, a presença dos jovens tem sido marcante nos cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), principalmente nos grandes centros urbanos. São jovens que, por uma série de motivos, “abandonaram” a escola, e que agora retornam a ela. Embora o tema Educação de Jovens e Adultos tem sido objeto de muitas pesquisas, principalmente na área da Pedagogia, a Psicologia pouco tem contribuído com pesquisas e propostas práticas nesta área. Diante disso, esta pesquisa teve como principal objetivo compreender, a partir das elaborações da Psicologia Sócio-histórica e da Pedagogia Histórico-crítica, os jovens que freqüentam a EJA de uma escola pública municipal de São Paulo, suas histórias de vida, seus medos, seus desejos, suas culturas e o sentido do conhecimento e da educação escolar na construção de seus projetos de vida. Para tanto, entrevistas individuais foram realizadas bem como o desenvolvimento de Círculos de Debate, a fim de proporcionar momentos de reflexão e ação com os jovens que possibilitassem a construção de um olhar mais crítico e consciente sobre sua realidade, tentando comprometê-los com possíveis transformações da mesma. A leitura do material produzido possibilitou construir um olhar sobre a escola que foi organizado em três momentos: O primeiro...

Masculinidades, raça e fracasso escolar: narrativas de jovens na educação de jovens e adultos em uma escola pública municipal de São Paulo; Masculinities, race and school failure: narratives by young students in Youth and Adult Education in a public municipal school in São Paulo

Brito, Rosemeire dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.69%
Nesta tese, busca-se uma reflexão sobre a dimensão simbólica dos conteúdos de gênero existentes em narrativas de jovens rapazes estudantes de um projeto de EJA da rede municipal da cidade de São Paulo, o chamado projeto CIEJA. A coleta de dados foi realizada em uma das unidades do referido projeto e o problema do estudo foi construído a partir da percepção da recente concentração de jovens rapazes, negros e pobres, na educação de jovens e adultos. Assim sendo, procurou-se verificar e investigar as possíveis relações entre masculinidades, raça e rendimento escolar, tendo por base os relatos dos jovens sobre as experiências escolares vividas antes e após seu ingresso no CIEJA. A proposta metodológica presente nessa investigação considera que relatos narrativos são portadores de reflexões que dotam de sentido as ações individuais, de tal forma que ao tomar em consideração as histórias contadas sobre a escolarização é possível ter acesso aos símbolos culturais que estruturam e fundamentam as masculinidades em sua relação com o rendimento escolar. Foram realizadas entrevistas com jovens, uma entrevista em grupo com o corpo docente da unidade do CIEJA e outra com a equipe técnica responsável pela gestão e orientação pedagógica da escola. A análise dos dados revela que os jovens compartilham significados de gênero condizentes com o que esperavam ser o modelo hegemônico de masculinidade nas escolas. A hegemonia e o caráter normativo dessa forma de identidade de gênero masculina foram mantidos ao longo de seus percursos escolares...

Jovens e experiência social na educação de jovens e adultos; Youth and social experience in the youth and adult education.

Moreno, Gilberto Geribola
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.7%
Essa dissertação é o resultado final de uma pesquisa que teve como pressuposto a necessidade de se investigar as dinâmicas e práticas escolares não se limitando apenas aos elementos presentes no interior da escola. Compreendese que o entendimento sobre a experiência social e os modos de vida dos jovens estudantes são elementos fundamentais para o desenvolvimento dos processos educativos. Adotase, como categoria analítica, as noções de jovem e juventude. Estas são relacionadas à categoria de experiência desenvolvida por Thompson (1981), entendida como um conceito articulador entre as dimensões estruturais e cotidianas da vida social. O trabalho se deu através de uma investigação etnográfica que tomou como aporte teórico as proposições da antropologia urbana. As categorias de cenário, mancha e trajeto desenvolvidas por Magnani (2000) foram operacionalizadas para o entendimento das relações que os jovens estabelecem entre a escola, as instituições locais, a vizinhança e espaços sociais da região. O foco inicial da investigação incidiu sobre jovens estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), tendo como campo empírico de pesquisa um equipamento público voltado ao atendimento desse segmento da população na periferia da cidade de São Paulo. Através da observação de campo foi possível definir dois tipos de grupos juvenis no interior da escola investigada: um grupo entre 15 e 18 anos nomeados jovens jovens e outro entre 18 e 26 anos nomeado como jovens adultos. A partir dessa constatação foi possível definir aspectos da circulação desses jovens pelo bairro...

A educação escolar de jovens e adultos com deficiência: do direito conquistado à luta por sua efetivação  ; School education of young adults and adults with disabilities: from the achievement of right to the struggle for its realization.

Freitas, Ana Paula Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.69%
A presente pesquisa teve como objetivos resgatar, sistematizar e analisar a evolução do direito à educação de jovens e adultos com deficiência na legislação nacional, bem como conhecer os principais programas e projetos adotados pelo município de São Paulo para garantir o direito à educação de jovens e adultos com deficiência após a sua inclusão na Carta Magna, em 1988. Utilizou como metodologia a pesquisa documental e a pesquisa bibliográfica, tendo como referência os principais textos legais publicados em âmbito nacional a partir da Constituição Imperial de 1824 e, em âmbito municipal, a partir de 1988. Sempre que possível foram consultadas fontes primárias para a investigação, englobando todas as Constituições brasileiras e Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, mesmo que em algum destes documentos não houvesse menção às pessoas com deficiência ou aos jovens e adultos. Em um segundo momento foram selecionadas publicações ordinárias nacionais e municipais que contivessem referências e garantias às pessoas com deficiência, aos jovens e adultos ou aos jovens e adultos com deficiência. A sistematização e análise dos documentos utilizados foram complementadas pela interpretação realizada por diferentes teóricos da área educacional com o intuito de reconstruir a luta pela garantia e legalização do direito à educação de jovens e adultos com deficiência...

Militância de jovens em partidos políticos: um estudo de caso com universitários; Youth activism in political parties: a case study with university students.

Brenner, Ana Karina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.7%
Essa tese se insere no emergente campo dos estudos sobre a juventude no Brasil. Seu problema de investigação está orientado para a busca de compreensão sobre a experiência de jovens militantes de partidos políticos. Encontram-se em transformação as formas e modos de agir político; novos grupos e demandas políticas engendram maneiras alternativas de mobilização em relação ao que ocorre em espaços tradicionais de engajamento, tais como partidos, sindicatos, etc. Contudo, os partidos continuam arregimentando jovens para seus quadros. Em linhas gerais, investigou-se as experiências militantes, os caminhos percorridos até o engajamento em um partido, as práticas dos jovens nos partidos e sua relação com o tempo. Buscou-se compreender, ainda, a maneira como as experiências partidárias incidem sobre os demais aspectos da vida desses jovens. O estudo foi desenvolvido adotando a perspectiva de investigação qualitativa baseada na realização de entrevistas individuais com jovens universitários que revelaram, através de um questionário inicial, seu engajamento em partidos políticos. Foram realizadas entrevistas com 21 jovens, sendo 10 deles entrevistados em uma segunda etapa, cerca de um ano depois da realização da primeira entrevista. Os jovens estavam engajados em 5 diferentes partidos...

Projetos, sonhos e aspirações de jovens das camadas populares de Belo Horizonte/MG

Silva, Ivone Maria Mendes da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.68%
O presente trabalho teve como objetivo investigar os projetos, sonhos e aspirações de jovens das camadas populares da cidade de Belo Horizonte/MG. Trata-se de um estudo longitudinal, iniciado em 2007, quando foram realizadas entrevistas acerca do tema com vinte e seis jovens estudantes. No ano de 2013, novas entrevistas foram feitas com quatro desses sujeitos, para analisar mais profundamente a história de constituição de seus projetos, sonhos e aspirações: como surgiram, as transformações pelas quais passaram ao longo dos anos e os destinos que lhes foram dados. O método de pesquisa empregado foram as narrativas autobiográficas colhidas em situação de entrevista. Os dados obtidos foram submetidos a uma análise de conteúdo, sendo o referencial teórico-metodológico utilizado a psicologia cultural, através dos trabalhos de Jerome Bruner, e a psicossociologia, com contribuições de Jean-Pierre Boutinet e outros autores. Quando convidados a narrarem suas histórias de vida e como os projetos, aspirações e sonhos nelas se inserem, os jovens destacaram processos vividos junto a seus familiares, amigos, colegas de trabalho e dos tempos de escola, parceiros amorosos e educadores. As significações conferidas a tais processos foram diversas...

Jovens urbanos: estudo de caso de um programa social para jovens moradores da metrópole paulistana; Urban youth: a case study of a social program for São Paulo metropolis young residents

Andrade, Aline Silva de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.72%
O presente estudo oferece algumas pistas para a compreensão das atuais implicações entre juventude, cidade e políticas sociais por meio do estudo de caso de um programa social denominado Jovens Urbanos. Registram-se possíveis sentidos das ações públicas dirigidas a jovens pobres moradores das periferias urbanas e as possibilidades que essas ações são capazes de provocar e convergir para a garantia do direito à cidade. Contribui com o debate sobre a gestão de projetos e políticas sociais, exclusão socioespacial e seus impactos nos modos de vida juvenis e com estudos voltados a repensar modelos e metodologias de educação de jovens, assumindo a potência da cidade como espaço formativo. A metodologia proposta pelo Jovens Urbanos é marcadamente influenciada por teses contemporâneas que se debruçam sobre os efeitos da modernidade ou da pós-modernidade nos modos de pensar e agir atuais. O estudo é qualitativo e utilizou entrevistas como principal ferramenta de coleta de dados, das quais decorrem descrições de experiências de jovens egressos e de atores implicados na gestão da terceira edição do programa, realizada de 2007 a 2008, nos distritos de Grajaú e Lajeado. A interação entre uma fundação vinculada a um banco...

A participação dos jovens nas agroindústrias familiares do litoral sul catarinense e as implicações no processo sucessório

Quadros, Clarissa de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 157 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas; A agricultura familiar é responsável por grande parte do abastecimento alimentar, pela diversificação das atividades econômicas e pela manutenção do tecido social e cultural nos espaços rurais. Apesar de sua relevância na produção agrícola e sua capacidade de interação com outras atividades econômicas e sociais, diversos estudos apontam a crescente migração dos jovens do meio rural o que têm implicado na ausência de sucessores nas unidades familiares. Entretanto, as agroindústrias familiares vêm surgindo como uma importante estratégia de reprodução social permitindo a permanência dos agricultores e de suas famílias no campo, pois acaba absorvendo mão-de-obra familiar como a das mulheres e jovens. Desse modo, o presente trabalho teve como objetivo analisar a participação dos jovens rurais em todas as atividades realizadas nas agroindústrias, desde a produção da matéria-prima, beneficiamento, comercialização dos produtos e administração do empreendimento; e o seu efeito gerado na permanência e sucessão da unidade familiar. Para isso, foi verificado o grau de satisfação dos jovens com as atividades desempenhadas nas agroindústrias...

O currículo da formação inicial de professores que atuam na educação de jovens e adultos : do concebido ao vivido; The curriculum of the initiatory education of teachers who work in the education of young persons and adults : from what is conceived of to what is experience

Miranda, Joseval dos Reis
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008.; A presente dissertação tem por objetivo geral compreender como o currículo da formação inicial dos pedagogos tem contribuído na formação de professores para a atuação na Educação de Jovens e Adultos. O estudo buscou o desdobramento em objetivos específicos como: analisar como os professores que atuam nas classes de Educação de Jovens e Adultos percebem o currículo da própria formação inicial no tocante às questões teórico-práticas da educação de jovens e adultos; analisar como os estudantes da Educação de Jovens e Adultos avaliam a prática pedagógica dos seus professores; analisar como o currículo da formação inicial influencia na prática docente dos professores na Educação de Jovens e Adultos e analisar quais são os saberes da formação inicial dos professores que são demandados pela prática pedagógica na Educação de Jovens e Adultos. Esta compreensão vai ocorrer a partir das análises das professoras egressas do curso de Pedagogia, os professores que atuam no curso de formação em Pedagogia, os estudantes da Educação de Jovens e Adultos dos anos iniciais do Ensino Fundamental, da coordenadora do curso de Pedagogia e da coordenadora municipal de Educação de Jovens e Adultos...

Deram-me as asas para eu voar : investigação participativa com jovens em acolhimento

Castro, Patrícia Filipa Mendes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
O presente trabalho é um projeto de Investigação Participativa, realizado em parceria com quatro jovens que frequentam o ensino superior e que apresentam percursos de vida enquadrados por respostas sociais de acolhimento (Lar de Infância e Juventude e Apartamento de Autonomia). Tendo em conta os contextos de vulnerabilidade e risco social que determinam a institucionalização de crianças, assim como os constrangimentos, dificuldades e limitações que acompanham a experiência de institucionalização prolongada, propusemo-nos desenvolver com estes jovens um projeto que visa, partindo das suas experiências e dos seus significados reconhecidos, contribuir para a reconstrução do lugar social das crianças e jovens institucionalizados e para a promoção da participação social coletiva das crianças mais novas que vivem na Lar de Infância. Para tal, tornou-se necessário reconstruir e compreender o percurso de vida destes jovens, identificando os fatores facilitadores de sucesso escolar e de inclusão social.Pretendia-se, ainda, contribuir para a construção coletiva de mecanismos geradores de participação social. Para o efeito, contamos com técnicas e dispositivos metodológicos desde o Focus Group, Orçamento do Tempo...

Projectos de carreira dos jovens dos cursos tecnológicos das escolas secundárias de Portimão

Gamboa, Vitor Manuel Pacheco Gamboa
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.7%
Introdução - Os cursos tecnológicos do ensino secundário foram generalizados no nosso sistema educativo no ano lectivo de 1993/94. Trata-se de uma via de formação sistemática e regular que funciona no sistema regular de ensino: escolas secundárias. A configuração dos cursos tecnológicos surge como uma medida de política educativa que pretende promover a reabsorção da qualificação profissional ao nível do sistema escolar (Pedroso,P.1993). Com esta nova via de formação pretendeu-se proporcionar uma formação em grandes áreas tecnológicas e cientificamente bem fundamentadas (Getap, 1992), por forma a permitir aos seus diplomados uma inserção profissional qualificada e bem-sucedida. São cursos com a duração de 3 anos lectivos, correspondentes aos 10°, 11° e 12° anos, e destinam-se a alunos que, tendo concluído 0 9° ano de escolaridade, pretendam uma qualificação de nível intermédio que lhes possibilite o ingresso no mercado de trabalho (DES, 1999). Para além do diploma de estudos secundários, conferem, também, um diploma de qualificação profissional de nível 3. Actualmente frequentam esta via de formação cerca de 25% do total dos alunos matriculados no ensino secundário regular. Os cursos tecnológicos surgem num contexto social e económico em que o desemprego juvenil e a caracterização que dele é feita (Ashton et. ai. 1987; Fonseca...

Depressão em jovens delinquentes

Chorincas, Marta Ribeiro
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.7%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada; O objectivo deste estudo é compreender, se os jovens delinquentes apresentam na base do seu comportamento uma depressão. Desta forma, definiu-se o seguinte problema: Será que os jovens delinquentes diferem dos jovens não delinquentes, relativamente aos níveis de depressão? Trata-se assim de um estudo comparativo entre uma população de jovens delinquentes e jovens não delinquentes. Para a realização deste estudo foi recolhida uma amostra constituída por 44 sujeitos do sexo masculino, entre os 14 e os 19 anos de idade, onde 22 são jovens delinquentes e 22 são jovens não delinquentes. Esta amostra foi recolhida no Centro Educativo Padre António Oliveira, em Caxias, e na Escola Secundária José Afonso, no Seixal. O instrumento utilizado na recolha da amostra foi o Inventário Depressivo de Beck (B. D. I.), que nos permite aceder aos níveis de depressão nos grupos referidos. Os resultados obtidos com este estudo indicam-nos que existem diferenças nos níveis de depressão relativamente a jovens delinquentes e jovens não delinquentes. Sendo que os jovens delinquentes apresentam níveis de depressão superiores relativamente aos jovens não delinquentes. Podemos então compreender estes actos delinquentes como um reflexo da depressão destes jovens. Neste sentido...

Cibercultura e inclusão digital: perspectivas e concepções de jovens de escolas públicas

Regina Carvalho da Cunha, Cybelle; Auxiliadora Soares Padilha, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Esta dissertação tem o objetivo de analisar as concepções, perspectivas e dimensões da inclusão digital de jovens de escolas públicas de Pernambuco que participam de projetos dessa natureza. Apresenta uma discussão quanto à relação contemporânea da Cibercultura no contexto das tecnologias digitais mediadas pelas ações culturais da sociedade e da educação em relação a um determinado grupo social: jovens. Este é um grupo social influenciado pelos interesses do capital, na formação de uma mão de obra informatizada. O corpo teórico da dissertação apresenta discussões acerca da sociedade informacional para o contexto tecnológico do ciberespaço e da cibercultura, que passa a ter um impacto nas possibilidades de educação de jovens de escolas públicas. Discutimos também a inclusão digital e inclusão social como um processo informacional não tecnocrático, buscando perceber as concepções da inclusão social num processo de humanização e desumanização da inclusão digital, numa perspectiva de superação de uma inclusão perversa e subalterna das tecnologias a grupos sociais excluídos. Escolhemos como campo de análise dois projetos que promovem a inclusão digital para jovens de escolas públicas: O CLICidadão...

Formação Cidadã, Juventude e Trabalho: A Geografia na Educação de Jovens E Adultos (EJA); Formation of the Citizen, Youth and Work: A Geography at the Youth and Adult Education (EJA).

RIBEIRO, Reuvia de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.75%
Esta pesquisa tem como objetivo investigar o papel da Geografia no cotidiano dos jovens trabalhadores e estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Busca-se com o presente trabalho entender de que maneira a Geografia auxilia os jovens no mercado de trabalho, na compreensão da cidade e no desenvolvimento da participação cidadã. São temas discutidos nesse estudo: a cidade espaço de reprodução do capital, de desigualdades sociais e de oportunidades, que pode ser melhor entendida por meio do ensino e a juventude, como etapa de transformações e de conflitos em que a cidadania é algo a ser compreendido e exercido. São apresentadas reflexões sobre o trabalho, como direito de todos e meio de transformação social que por vezes auxilia ou atrapalha no rendimento escolar. O ensino aqui investigado trata-se da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e os sujeitos são os jovens trabalhadores ou em processo de inserção no mercado de trabalho. Cuida-se de uma investigação que abrange uma abordagem qualitativa e quantitativa para a análise e observação de aulas, entrevistas e questionários. Assim, a primeira parte deste estudo apresenta uma discussão sobre cidadania, juventude e trabalho. Enfatiza-se que a amplitude desses temas e as diversas contribuições de pesquisas sobre cidadania colaboram sensivelmente para o ensino da Geografia. Em seguida apresentam-se informações documentais sobre Educação de Jovens e Adultos no Brasil e as leis que regem essa modalidade de ensino...

“Eu gosto de escutar música todo dia […] Todo jovem gosta” – “Escutar música já faz parte da minha vida”: Jovens, escuta diária de música e aprendizagem musical

Popolin, Állisson
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
O objetivo deste estudo foi identificar o que jovens aprendem de música ao vivenciá-la por meio da experiência cotidiana da escuta de música utilizando as tecnologias digitais. A investigação foi desenvolvida no campo da Educação Musical na sua abordagem sociocultural. Tomando como pressupostos que se aprende música nas atividades do dia-a-dia, e que os jovens escutam música regularmente, às vezes sem a intenção de aprender música, a questão de pesquisa que norteou o trabalho foi: “O que os jovens aprendem de música em suas experiências musicais cotidianas de escuta, mediadas pela tecnologia, nos dias atuais?” O referencial teórico abrangeu a teorização de Stockfelt (1997, 2004) em “Modos adequados de escuta”, destacando como a escuta de música é uma experiência ativa, bem como, sublinhando a complexidade desta prática musical. Os procedimentos metodológicos utilizados foram de natureza qualitativa, mas com alguns dados quantitativos. As técnicas de coleta de dados compreenderam: um questionário, Grupos Focais, entrevistas semiestruturadas focalizadas. Os jovens da pesquisa eram estudantes do primeiro ano do Ensino Médio em uma escola pública da cidade de Araporã, MG. Todos os 51 jovens das turmas matutinas dessa série responderam ao questionário; 20 deles compuseram quatro grupos focais e 16 foram entrevistados. Os resultados indicaram que os jovens que já tocavam instrumentos musicais expressavam intenção de aprender mais sobre música por meio de suas experiências de escuta. Já os jovens que não tocavam instrumentos...

Exploração sexual e trabalho : um estudo de fatores de risco e proteção com adolescentes e jovens

Dutra-Thomé, Luciana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
A presente dissertação teve como objetivo investigar aspectos relacionados à juventude brasileira e trabalho através da identificação de fatores de proteção e de risco em dois estudos independentes. Os referenciais teóricos da Abordagem Bioecológica do Desenvolvimento Humano e da Psicologia do Trabalho embasaram estes estudos. O Estudo I teve como foco a exploração sexual como trabalho. O objetivo foi investigar o caso de uma menina de 14 anos, em situação de exploração sexual comercial, que informava ser esta a sua atividade laboral. Utilizou-se um delineamento de estudo de caso único. Constatou-se que a jovem percebia a atividade como um trabalho que lhe proporcionava autonomia, subsistência e sobrevivência. O Estudo II teve como foco a comparação das características de jovens trabalhadores e não trabalhadores. Seu objetivo foi investigar aspectos relacionados ao mundo do trabalho na vida de jovens brasileiros de nível sócio econômico baixo. Foi realizado um recorte transversal de uma pesquisa de caráter exploratório descritivo sobre Fatores de Risco e Proteção da Juventude Brasileira, realizada em sete cidades do país. Participam 7425 jovens, com idade entre 14 a 24 anos (m = 16,19; SD = 1,821), de ambos os sexos (masculino...

A Vinculação e a Auto-Estima em Jovens Não-Institucionalizados Vs. Institucionalizados

Balhau, Joana Rita Costa
Fonte: ISMT Publicador: ISMT
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Introdução: Uma relação de vinculação segura implica a presença de um modelo representacional das figuras de vinculação como “disponíveis” e capazes de proporcionar protecção e que a qualidade dos cuidados parentais precoce é fundamental a determinar a saúde mental dos indivíduos. Se esta relação assume um enorme relevância para a saúde mental de qualquer ser humano, a institucionalização de crianças/jovens, envolvendo ameaças em termos da disponibilidade das figuras de vinculação constitui uma condição propícia para atrasos de desenvolvimento e aumento da probabilidade do desenvolvimento de sintomatologia psicopatológica. Os objectivos deste estudo passam, então, por analisar as diferenças na vinculação, mas também na auto-estima, de jovens institucionalizados vs nãoinstitucionalizados. Metodologia: A nossa amostra é constituída por 223 jovens nãoinstitucionalizados de duas escolas do Concelho de Coimbra (média de idades M=15.3; desvio-padrão, DP=1.97) e 47 jovens institucionalizados (M=15.5 DP=1.93). Tanto os jovens institucionalizados como não-institucionalizados preencheram um questionário com questões sóciodemográficas, relacionais, escolares, de saúde e bem-estar (com pequenas particularidades em algumas variáveis conforme a sub-amostra)...

The formation of the young people’s social consciousness in the horizon of history education; A formação da consciência social dos jovens no horizonte da Educação Histórica

Oliveira, Maria Isabel Gomes Barca; Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
In the project “Historical Consciousness – Theory and Practices” has been exploring the narratives about the contemporary world, in the first phase of those studies the participants were a group of preservice trainees from three portuguese universities; in subsequent phases, the participants were youngsters attending the final years of compulsory schooling, from several regions in Portugal, Brazil, and Mozambique. The inductive analysis suggested that the youngsters reveal a relatively well-grounded national identity, showing no signs of xenofobia. However, the world accounts given by Portuguese and Mozambican youngsters appear much less substantiated than the national ones, contrary to those of the Brazilians, who account for the history of their country and the world at the same level, interrelating them. In the accounts written by Portuguese and Brazilian students only a few individual characters appear, just a few ‘villains’ emerging. But, if the youngsters in Brazil and Mozambique show to be keen to intervene in their time.; DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984644418703Uma consciência social dos jovens orientada para o desenvolvimento humano exige atenção especial à construção da sua consciência histórica, fundamentada em reflexões epistemológicas instigantes (de Rüsen e outros autores). Esta preocupação tem conduzido a  diversas pesquisas na área da educação histórica...