Página 1 dos resultados de 9059 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Investimentos privados e os gastos públicos no Brasil

Brandão, Simey Raeder
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
36.85%
Os investimentos são unanimemente considerados pelos economistas como o coração da economia. Entre as diversas variáveis que afetam os investimentos privados as mais estudadas são as formas de financiamento do déficit público que afetam o ambiente macroeconômico: colocação de dívida ou emissão monetária. Menos atenção tem sido dada às formas de gasto público que afetam o ambiente microeconômico das empresas: aumentos dos salários no setor público podem afetar os salários do setor privado com impactos negativos sobre a lucratividade das empresas e de seus investimentos; por outro lado aumentos dos investimentos públicos, principalmente em infra estrutura tendem a ter impacto oposto. Esta dissertação estimou o impacto destas diferentes formas de gasto público para os investimentos privados Brasil nos últimos 50 anos, utilizando um modelo de correção de erros. No longo prazo se confirmam as previsões microeconômicas: enquanto os investimentos públicos afetam positivamente o investimento privado, os salários do setor público afetam negativamente esta variável. Já no curto prazo apenas o investimento público e privado defasado permaneceram significantes, cujos coeficientes apresentam os mesmos sinas da equação de longo prazo.

Evolução dos investimentos no Brasil : uma análise econométrica : por que não houve recuperação das taxas de investimentos no país após a estabilização da inflação em 1994?

Ferreira, João Marcelo Grossi
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
36.95%
Estudos empíricos sobre os determinantes de investimentos privados em países em desenvolvimento, incluindo vários estudos para o Brasil, mostraram o impacto negativo de elevadas taxas de inflação sobre os investimentos privados. No entanto, a experiência brasileira recente mostra claramente que a estabilização por si só não é capaz de fazer com que as taxas de investimento se recuperem. Este trabalho objetiva a busca de respostas em evidências empíricas sobre quais teriam sido os principais fatores responsáveis pela não recuperação dos investimentos no Brasil pós-plano Real, apesar do controle inflacionário, no período 1995-2004. Para isso, foi estimado um modelo de investimento privado em nível de longo prazo (1970-2003) com dados anuais. Estas estimações mostram evidência empírica de crowding-in dos investimentos públicos em infra-estrutura sobre os investimentos privados e do efeito de crowding-out dos demais investimentos públicos (que não são em infra-estrutura) sobre os investimentos privados. Para obter evidências empíricas do impacto negativo da carga tributária e dos preços relativos dos bens de capital sobre as taxas de investimento foi estimado um modelo trimestral com dados de 1995-2004. Uma análise mais detalhada sobre a carga tributária brasileira e sua composição mostrou ainda que...

Impacto dos investimentos em tecnologia de informação no desempenho financeiro das indústrias brasileiras

Longo, Luci
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Os resultados obtidos possibilitam afirmar que as indústrias que mais investiram em Tecnologia de Informação (TI), no período de 2001 a 2011, obtiveram maior crescimento da sua receita operacional e resultados operacionais mais eficazes, comparadas com as indústrias que investiram menos no período. De acordo com o modelo proposto, para as empresas estudadas foi possível encontrar, no prazo de dois anos, um crescimento de 7% no resultado operacional para cada 1% a mais de investimentos em TI. Destaca-se o objetivo da pesquisa de identificar e analisar os impactos dos gastos e investimentos em tecnologia de informação no desempenho financeiro das indústrias brasileiras, para alcançá-lo, adotou-se um modelo de pesquisa que utilizou métricas contábeis-financeiras e indicadores de uso TI, bem como a combinação de técnicas estatísticas para as análises. O trabalho aprofunda e amplia as discussões existentes sobre a avaliação dos investimentos em TI e como aferir o impacto desta sobre o desempenho organizacional. O universo do estudo foi composto pelas companhias brasileiras, de capital aberto, do ramo industrial, com ações ativas na BOVESPA, totalizando 119 companhias. Por meio de uma survey obteve-se os dados complementares referentes aos gastos e investimentos em TI; os questionários semiestruturados foram encaminhados diretamente ao Gerente de TI (Chief Information Officer). Estes esforços na coleta de dados primários possibilitaram a obtenção de uma amostra bastante significativa...

Antecedentes da efetividade dos investimentos em tecnologia e sistemas da informação

Sanchez, Otávio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Esta pesquisa desenvolveu e aplicou um procedimento para a avaliação da efetividade de investimentos em Sistemas e Tecnologia da Informação, no nível das organizações, baseado no Modelo de Análise da efetividade de investimentos em sistemas e Tecnologia da Informação no nível da Firma - MATIF, conforme proposto inicialmente em artigo publicado nos Proceedings of the Tenth Americas Conference on Information Systems - AMCIS, New York (SANCHEZ e ALBERTIN, 2004). A contribuição fundamental do MATIF consiste de oferecer uma sistematização dos elementos econômicos envolvidos na análise de potencial de geração de valor para os negócios de investimentos em sistemas e tecnologia da informação, partindo da tese da Ex-ante Inneficiency Economic Hipotesis – EEIH. A EEIH indica que haverá valor econômico potencialmente gerado pelo investimento em TI se houver, previamente, uma situação econômica de ineficiência a ser resolvida pelo sistema conseqüente a esse investimento. A pesquisa tratou de verificar a hipótese do EEIH em um estudo de caso incorporado conduzido em três destacadas instituições financeiras do Brasil. Apresentou, como resultado, o desenvolvimento conceitual sobre os principais aspectos que podem permitir às organizações avaliarem se seus investimentos em sistemas de informação terão potencial de apresentar resultados. A pesquisa contribui para o campo de administração e para a prática gerencial por meio da apresentação do modelo MATIF desenvolvido e pela verificação de sua aplicabilidade no que se refere à capacidade de produção de uma análise ex-ante de efetividade de investimentos em sistemas de informação.; This research developed and applied a procedure to evaluate Information Systems investments effectiveness at firm level based on the Model for Analysis of Information Technology Investments Effectiveness - MAITIF ...

O comportamento dos fundos de investimentos brasileiros em ambiente de baixa de juros básicos e do investidor que se encontra envolvido neste ambiente

Baumgarten, Sérgio Ricardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Este trabalho buscou analisar o comportamento dos fundos de investimentos em ambiente de baixa da taxa de juros na economia brasileira e como esta mudança de cenário afeta o comportamento do investidor brasileiro. O objetivo geral foi identificar o comportamento dos Fundos de Investimentos e o comportamento dos Investidores diante da queda dos juros básicos da economia brasileira. A metodologia utilizada foi de uma pesquisa do tipo survey explanatória com análise da relação existente entre a variação da taxa Selic e a participação dos fundos de investimentos analisados. Também foi utilizada pesquisa do tipo survey descritiva com delineamento quantitativo, sendo os dados apresentados através de tabelas e figuras, que identificaram uma queda nos investimentos em poupança/CDB e uma maior procura pelos fundos multimercado e de ações como forma de diversificar os investimentos. Com uma maior divulgação dos fundos de investimentos e o crescimento deste mercado, os brasileiros têm buscado outras alternativas de investimentos além da poupança ou CDB, como os fundos de renda fixa/DI, fundos multimercado ou fundos de ações, como forma de preservar ou aumentar seu patrimônio, sendo uma maneira viável de ampliar a diversificação de seus recursos financeiros. Apesar dos investidores buscarem novas formas de investimentos...

Modelo para avaliar a influência dos investimentos em TI na governança da cadeia de suprimentos e o seu desempenho

Dolci, Pietro Cunha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Os investimentos em tecnologia da informação (TI) possibilitam a criação, sustentação e expansão das vantagens competitivas das empresas na cadeia de suprimento, sendo considerados críticos para apoiar as relações interorganizacionais. Uma forma de enfrentar as mudanças ambientais é desenhar uma governança da cadeia de suprimentos (GCS) que equilibre os interesses das organizações e as decisões dos gestores. Entretanto, tradicionalmente a cadeia de suprimentos é estudada de uma perspectiva das operações, com o foco interfuncional ou intraorganizacional, sendo necessário aumentar o escopo dos estudos sobre o assunto, combinando com diferentes temas como a TI, considerada um aspecto importante na cadeia de suprimentos. Assim, o objetivo dessa tese é desenvolver um modelo para avaliar a influência dos investimentos em TI na GCS e o efeito da GCS no desempenho da cadeia de suprimentos. Para alcançar esse objetivo, foi realizada uma pesquisa com uma etapa qualitativa e outra quantitativa. Na etapa qualitativa foram realizados estudo de casos múltiplos em seis grandes empresas brasileiras e seus fornecedores. Foi possível identificar e explorar quais os principais elementos relacionados a cada um dos constructos propostos (investimentos em TI...

Caracterização dos fundos de investimentos de capital de risco brasileiro

Titericz, Ricardo
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: XII,80 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; A captação de recursos, através de capital de risco, vem-se tornando uma alternativa para os empreendedores que necessitam de recursos financeiros para os investimentos em suas empresas. Para ter acesso certo aos investimentos disponíveis pelos capitalistas de risco, os empreendedores devem conhecer o que os esses investidores exigem quando buscam novos empreendimentos para investir. Este trabalho pretende identificar as características dos fundos de investidores brasileiros de capital de risco, com o objetivo de auxiliar os empreendedores que buscam recursos financeiros por meio dessa modalidade de concessão de capital. A partir de pesquisas em dados secundários e dados primários - entrevistas semi-estruturadas e questionários fechados - junto aos responsáveis pelos investimentos de empresas brasileiras de capital de risco, constatou-se que os investidores de risco brasileiros possuem características que evidenciam um perfil comum. Os fundos de investidores de risco brasileiros aplicam seus recursos, em média, durante 3 a 5 anos - tempo suficiente para ter retornos superiores a 31%. Esses investimentos...

Estratégias e desempenho de investimentos dos fundos de pensão no Brasil

Baima, Francisco de Resende
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 198 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Os fundos de pensão desempenham um importante papel na economia, por acumularem elevados montantes de poupança a longo prazo, aplicados no mercado financeiro. Esses investimentos necessitam apresentar níveis de retorno compatíveis com o crescimento dos passivos atuariais, para manter a solvência dos fundos de pensão. Este trabalho identifica a estratégia de investimentos dos fundos de pensão e avalia seus resultados. Verificou-se, através de regressão múltipla entre a participação da classe de ativo no mês, a participação no mês anterior e o retorno de mercado da classe de ativo no mês anterior, que os fundos de pensão no Brasil, no período amostral, adotaram a alocação estratégica de ativos, do tipo "comprar-e-manter" (buy-and-hold), uma técnica de administração passiva que produziu bons resultados, segundo as medidas alfa de Jensen, índices de Treynor e Sharpe, retorno ajustado ao risco, de Modigliani, e retorno ajustado à correlação, de Muralidhar. Para a utilização das medidas de avaliação, foi construída uma carteira benchmark, ponderada pela participação dos tipos de ativo no total dos investimentos de todos os fundos de pensão...

Os acordos de proteção recíproca de investimentos e o equilíbrio entre o investidor estrangeiro e o estado receptor de investimentos

Fonseca, Karla Closs
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito; Os acordos bilaterais de promoção e proteção recíproca de investimentos são os principais instrumentos de regulamentação internacional dos investimentos estrangeiros. Nasceram fundamentalmente do interesse de Estados exportadores de capital (países desenvolvidos) em proteger seus investidores nos países receptores de investimentos (países em desenvolvimento) e destes últimos em atrair tais investimentos para a promoção do seu desenvolvimento. Apesar de se tratarem de acordos denominados "recíprocos", desde o princípio se caracterizaram pelo desequilíbrio entre os direitos do investidor e do Estado receptor. A mudança no quadro do fluxo de investimentos estrangeiros pôs fim à distinção entre exportadores e receptores de capital, fazendo-se necessário um acordo que atenda aos interesses antes defendidos individualmente pelos Estados envolvidos. A partir de uma evolução das regras desses instrumentos, tem-se atualmente a quarta geração de acordos de investimentos, caracterizada pela busca do equilíbrio entre os direitos do investidor e o direito do Estado receptor de adotar políticas públicas em prol do seu desenvolvimento. O presente trabalho visa...

O PERFIL DO INVESTIDOR E MELHORES INVESTIMENTOS: da teoria à prática do mercado brasileiro

Rambo, Andrea Carneiro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 86
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.85%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; O presente trabalho tem como objetivo geral apresentar um estudo sobre os perfis dos investimentos e os principais investimentos presentes no mercado, conceituando e mostrando as principais características dos investimentos na teoria e na prática. Muitos decidem investir sem dimensionar os riscos envolvidos e sem saber se eles se encaixam no seu perfil. Este trabalho tem o objetivo de unir os conceitos sobre o perfil do investidor e principais tipos de investimentos (mostrando como investir e as principais taxas). Com isso, o futuro investidor pode tomar suas decisões com mais conhecimento, com menos erros e, consequentemente menores perdas. A metodologia aplicada no estudo é basicamente qualitativa, utilizando o método de pesquisa bibliográfica. O perfil normalmente é dividido em conservador, moderado e arrojado. Percebidas as características do investidor, cabe a decisão de escolher os melhores investimentos de acordo com seu perfil. Podem ser de baixo/médio risco: poupança, CDB/RDB, título público, previdência privada, letras de crédito imobiliário e hipotecária, alguns fundos de investimentos e debêntures...

Investimentos em ativos permanentes e produto agregado : estudo global e setorial de empresas brasileiras no período 1990-2003

Mello, Maria Celeste Baptista de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2006.; A teoria associa investimentos produtivos a crescimento econômico. A escolha por ativos menos líquidos, como os ativos permanentes imobilizados e diferidos, demonstra um elevado grau de confiança no futuro, porque a receita gerada por estes ativos depende de seu uso na produção. Alguns estudos relacionam medidas contábeis e medidas macroeconômicas. Este trabalho tem como objetivo avaliar o efeito dos investimentos de longo prazo realizados por empresas brasileiras de diversos setores econômicos no produto agregado, utilizando uma amostra de 122 empresas de capital aberto. Os dados coletados, agrupados por setores econômicos, mostram que estas empresas realizaram poucos investimentos em ativos permanentes, no período de 1990 a 2003. Globalmente, investimentos em determinados setores foram anulados por desinvestimentos em outros. Isto é, os setores, conjuntamente, não aumentaram a capacidade instalada, corroborando a percepção de que os gerentes estão pessimistas em relação ao futuro. Os testes econométricos, realizados com a utilização do método de dados em painel...

Subsídio para uma nova metodologia de análise dos impactos econômicos e fiscais dos investimentos em infra-estruturas de transportes

Oliveira, Gustavo Faria de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2012.; A economia moderna impõe investimentos cada vez mais pesados em infra-estrutura, investimentos esses desafiadores para o equilíbrio fiscal. Destarte, há uma necessidade de se desenvolver métodos que analise tais impactos dos investimentos governamentais em infra-estrutura, sobretudo de transportes, na economia. Nesta linha de pensamento Aragão e Yamashita desenvolveram uma ferramenta de análise de tais efeitos, que visa facilitar a compreensão dos mesmos, causados pelos investimentos e sua real necessidade econômica e social. Este trabalho tem como objetivo validar, por meio de um estudo de caso de duplicação de rodovia, a ferramenta desenvolvida por Aragão e Yamashita, especialmente no que tange sua capacidade de medir os impactos econômicos e fiscais a partir dos investimentos governamentais em infra-estrutura de transportes. Conclui-se neste trabalho que a ferramenta desenvolvida por Aragão e Yamashita, fundamentada na Análise de Insumo e Produto, é consistente metodologicamente e de fácil aplicação. Entretanto, as imperfeições da base de dados disponíveis exigem aperfeiçoamento do modelo e na sua forma de aplicação...

Relação entre disclosure socioambiental e captação dos fundos de investimentos socioambientais dos bancos brasileiros; Relationship between environmental disclosure and funding of environmental investment funds of brasilian banks

Vieira, Lucas Cúrcio
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia; Ciências Contábeis (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia; Ciências Contábeis (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
36.98%
Os bancos possuem responsabilidades pelo desenvolvimento sustentável e pelo meio ambiente, (HOPFENBECK, 1993; WBCSD, 1997; JEUCKEN, BOUMA, 1999) sendo responsáveis pela alocação de recursos para investimentos ambientalmente corretos, além de realizar investimentos, os próprios bancos, na sociedade, de forma a promover o desenvolvimento sustentável (THOMPSON, 1998; LUNDGREN e CATASÚS, 2000; PRATT e ROJAS, 2001; LINS e WAJNBERG, 2007). Uma das formas de canalizar os investimentos em projetos socialmente equitativos e ambientalmente justos é através dos investimentos socialmente responsáveis (SRI) em fundos de investimentos socioambientais (MARQUES, 2009; FAVARETTO, 2013; PRI INITIATIVE, 2014). Oque justifica a evidenciação dessas informações através dos meios de comunicação para seus stakeholders, em busca de assegurar a legitimidade de suas operações (GRAY et al, 1996; WILMSHURST & FROST 2000; NOSSA, 2002) e melhorar sua imagem corporativa (PAIVA, 2010; WAJNBERG e LINS, 2007; FILHO, 2008; MACHADO, 2009). Neste processo esta pesquisa teve o objetivo de analisar a relação entre a captação dos fundos de investimentos socioambientais com o nível de evidenciação socioambiental dos bancos no Brasil no período de 2010 há 2012...

Telefonia móvel 4G no Brasil: avaliação dos investimentos pela teoria das opções reais

Rezende, Celso Vieira de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
O mercado de telecomunicações no Brasil tem se mostrado extremamente competitivo desde que ocorreram as privatizações do sistema Telebrás em 1998, sobretudo na telefonia móvel que em 2012 atingiu a marca de 250 milhões de celulares habilitados para uma população estimada em menos de 200 milhões de pessoas. Nesse cenário em 2012 a Anatel promoveu o leilão da faixa de frequência de 2.500 MHz concedendo o direito de exploração dos serviços de telefonia móvel usando tecnologia de quarta geração ou 4G, que possibilita acesso móvel em banda larga à Internet. Os participantes da licitação ofereceram R$ 2,93 bilhões pelo direito de explorar esta faixa de frequência durante 15 anos e estima-se que os investimentos para implantar as redes móveis 4G em todo o Brasil alcancem a cifra dos R$ 20 bilhões em 7 anos. O propósito deste estudo foi avaliar a viabilidade dos investimentos no projeto de telefonia móvel 4G no Brasil desenvolvido a partir do edital de licitação número 004/2012/PVCP/SPV da ANATEL. Para tanto foram usados os métodos tradicionais de avaliação de investimentos e a Teoria das Opções Reais em conjunto com as técnicas de simulação de Monte Carlo. Embora o método do fluxo de caixa descontado seja o mais usado na análise de investimentos em ativos reais...

Alienação e uso corporativo do teriitorio paulista : incentivos territoriais e investimentos privados

Clayton Luiz da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
As atuais modernizações, forjadas no contexto da globalização econômica, modificam a organização interna dos territórios criando a necessidade de nova regulação. Diante disto, o presente trabalho busca analisar a influência sobre o território paulista dos investimentos privados nacionais e estrangeiros, procurando discutir o uso pelos governos municipais de incentivos de atração de investimentos. A ação internacional de grandes empresas toma forma nos lugares, de modo que a competição pelos seus investimentos leva a uma batalha entre eles. No estado de São Paulo, os investimentos privados têm atraído as políticas públicas, que passam a ser guiadas em direção aos interesses minoritários hegemônicos. No entanto, tem-se observado que os investimentos privados se dão de forma concentrada nas principais cidades paulistas, deixando claro que não são todos os municípios que os podem atrair. Veritica-se ainda que os investimentos privados se concentram nos lugares mais bem preparados, mostrando mais nitidamente 'lue as empresas têm no território pontos ou manchas de seu interesse que são usados por elas como recurso. O território, compreendido em sua totalidade, demonstra que no encontro entre políticas públicas e interesses corporativos...

Investimentos em tecnologia da informação e impactos na produtividade empresarial : uma análise empírica à luz do paradoxo da produtividade; Information technology investments and impact on the productivity of firms : an empirical analysis in light of the productivity paradox

Gartner, Ivan Ricardo; Zwicker, Ronaldo; Rödder, Wilhelm
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Este trabalho objetivou testar a ocorrência do Paradoxo da Produtividade em uma amostra de empresas brasileiras; este Paradoxo estabelece que os acréscimos nos investimentos em tecnologia da informação não são acompanhados por acréscimos na produtividade das empresas. A partir de uma amostra de 429 observações de 98 empresas brasileiras que, no período de 2000 a 2006, faturaram cerca de US$ 856 bilhões e operaram investimentos em tecnologia da informação de US$ 12,9 bilhões, foi testado um modelo baseado na função de produção de Cobb-Douglas, que apresentou indícios de que o acréscimo neste tipo de investimento foi acompanhado de um acréscimo positivo nas receitas. O trabalho mostrou, ainda, indícios de que houve eficiência marginal nos investimentos em tecnologia da informação e de que a relação entre as receitas e o número de funcionários empregados em TI alcançou um aparente ponto de saturação. Na análise dos resultados foram identificados comportamentos distintos entre os setores analisados e nas conclusões foram apresentados exemplos de como os resultados poderiam ser aplicados no suporte ao processo decisório do planejamento de investimentos e de estratégias de negócios em tecnologia da informação. Este trabalho objetivou testar a ocorrência do Paradoxo da Produtividade em uma amostra de empresas brasileiras; este Paradoxo estabelece que os acréscimos nos investimentos em tecnologia da informação não são acompanhados por acréscimos na produtividade das empresas. A partir de uma amostra de 429 observações de 98 empresas brasileiras que...

Análise longitudinal do impacto dos investimentos de tecnologia da informação na eficiência bancária à luz da metodologia DEA

Steffanello, Marinês
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.88%
Os benefícios que a Tecnologia da Informação (TI) tem trazido à sociedade e às organizações vem aumentado ao longo do tempo. A TI tem se desenvolvido com uma rapidez muito grande, prometendo ganhos de eficiência e aumentos na produtividade das empresas. Nos últimos anos, inúmeras organizações têm investido altas quantias em TI, independentemente do setor em que atuam. Dentro deste contexto, observa-se que o setor bancário tem se destacado, pois os recursos destinados para investimentos em TI crescem em ritmo acelerado. Entretanto, a falta de boas medidas quantitativas para mensurar o impacto destes investimentos na produtividade dificulta sua comprovação. Desta forma, fazem-se necessários estudos que apliquem métodos de análise temporal dos investimentos em TI, já que este tipo de investimento não apresenta resultado imediato. Buscando sanar esta lacuna, este trabalho utilizou a metodologia Análise Envoltória de Dados (DEA), que visa analisar eficiência de instituições homogêneas de forma relativa. A partir desta técnica, buscou-se analisar o efeito das variações dos investimentos em TI de um ano para outro nas variações da eficiência relativa dessas instituições em até quatro períodos seguintes ao investimento...

Uso da gestão do portfólio de TI no processo de gerenciamento e justificativa dos investimentos em tecnologia da informação

Dolci, Pietro Cunha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
A Tecnologia da Informação (TI) tem sido considerada ao longo dos anos como importante ferramenta para obtenção de vantagem competitiva, o que tem motivado as empresas investirem cada vez mais em tecnologia. Entretanto, o volume e a variedade destes investimentos exigem dos gestores novas ferramentas e técnicas para auxiliar no processo de justificativa e gestão da TI. Uma técnica tem sido apontada como uma das alternativas para identificar, analisar e gerenciar os investimentos em TI: a Gestão do Portfólio de TI (GPTI). De acordo, porém, com pesquisas recentes, continua sendo um conceito subdesenvolvido tanto na academia como no meio empresarial. Diferentes autores apontam que algumas organizações têm ciência da existência da GPTI, mas a minoria implementa essa técnica nas suas organizações. Assim, para mostrar que a GPTI pode auxiliar a gestão e justificativa dos investimentos em TI frente aos riscos e retornos, foi estabelecido o objetivo desta pesquisa: Analisar o uso da técnica GPTI no auxilio da justificativa e gestão dos investimentos em TI nas organizações. O método escolhido foram estudos de caso com cinco empresas brasileiras de diferentes setores econômicos; realizando entrevistas com os oito principais executivos de TI dessas organizações. Além disso...

Efeitos de crescimento e bem-estar da recomposição dos investimentos públicos no Brasil; Growth and welfare effects of changes in the composition of the Brazilian public investment

Bezerra, Arley Rodrigues; Pereira, Ricardo A. de Castro; Campos, Francisco de A. Oliveira; Callado, Marcelo de Castro
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
36.88%
O objetivo deste artigo é construir um modelo de equilíbrio geral, de modo a realizar simulações contrafactuais dos recentes aumentos dos investimentos públicos no Brasil, além de simulações de politicas alternativas, visando verificar efeitos nos agregados macroeconômicos, bem como no bem-estar social. As simulações consistem em alterar a composição dos investimentos públicos da administração pública ou infraestrutura (53% do total), que se supõem complementares aos investimentos privados, e dos investimentos das empresas estatais (47% do total) que, por hipótese, são substitutos dos investimentos privados. Em relação ao cenário básico, uma simulação contrafactual na qual seriam direcionados 80% dos investimentos públicos à administração pública e 20% às empresas estatais proporcionaria resultados de longo prazo no qual o produto cresceria cerca de 9,5%, enquanto o bem-estar cresceria 8%, de acordo com a medida proposta no trabalho. Adicionalmente, em vez da comparação apenas entre estados estacionários propostos no exercício contrafactual, no caso de uma política hipotética em que esta recomposição de investimentos fosse efetivamente implementada hoje, o ganho de bem-estar alcançaria 1,35%...

Ambiente de negócios, investimentos e produtividade; Texto para Discussão (TD) 2130 : Ambiente de negócios, investimentos e produtividade

Cavalcante, Luiz Ricardo
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
36.88%
Neste trabalho, estimam-se os coeficientes que relacionam ambiente de negócios, investimentos e produtividade do trabalho com base em um painel de dados referente a 81 países no período entre 2005 e 2011. Regressões em painel com efeitos fixos – que consideram o efeito das variáveis omitidas e, portanto, os aspectos idiossincráticos de cada país invariantes no tempo – são usadas para quantificar os impactos de melhorias no ambiente de negócios sobre os níveis de estoque de capital por trabalhador e, portanto, sobre os investimentos. Em seguida, estimam-se também os impactos dos níveis de estoque de capital por trabalhador sobre a produtividade do trabalho. Com base nos coeficientes obtidos, projeta-se o estoque de capital por trabalhador no Brasil caso o ambiente de negócios em 2011 alcançasse os níveis de um conjunto de países de referência. Em particular, caso o Brasil atingisse, naquele ano, o ambiente de negócios da China – medido de acordo com o Doing Business, publicado pelo Banco Mundial –, seus níveis de investimentos poderiam ser cerca de 15% maiores. A equiparação com países como a Polônia ou a Turquia poderia significar incrementos da ordem de 30% nos níveis de investimentos. Caso o ambiente de negócios no Brasil alcançasse os níveis do México ou do Chile...