Página 1 dos resultados de 531 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Análise da interação genótipo X ambiente assistida por marcadores moleculares em milho (Zea mays L.).; Genotipe x environment interaction analysis assisted by molecular markers in maize (Zea mays L.).

Rumin, Glauce Cristina Ricardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.39%
A produtividade de grãos em milho é um caráter altamente complexo e muito dependente das condições ambientais. Neste trabalho de pesquisa, buscouse identificar regiões cromossômicas relacionadas à produtividade de grãos em milho por meio de análises de regressão múltipla stepwise, em vários ambientes. Os dados genotípicos advém da genotipagem de linhagens S2 por 163 locos RFLP, enquanto os dados fenotípicos foram obtidos de experimentos com repetições instalados em 11 locais distintos, nos quais foram avaliados os topcrosses das linhagens com quatro testadores diferentes. Foram selecionadas marcas associadas ao caráter nos diferentes ambientes, posteriormente comparadas a fim de verificar a consistência na expressão de genes das regiões detectadas. De maneira geral, observou-se que a maioria delas é ambiente-específica. Após a seleção das marcas, foi aplicado um índice de seleção de linhagens, baseado nos valores bj da regressão múltipla. O índice é composto pelo valor próprio das linhagens em topcrosses e por uma medida da complementaridade genotípica entre linhagens. As melhores linhagens, segundo o índice de seleção, foram agrupadas por testador e verificouse que a coincidência de linhagens entre locais variou de 48...

Métodos de correção de autovalores e regressão isotônica nos modelos AMMI; Methods of eigenvalue correction and isotonic regression in models AMMI

Araújo, Lúcio Borges de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
Em experimentação agrícola, é freqüente a necessidade de análise conjunta de grupos de experimentos. Em muitos casos, o pesquisador deseja generalizar resultados para condições gerais de regiões e/ou em avaliar o desempenho de vários genótipos (tratamentos) em diversos ambientes (locais e/ou ano). Quando um conjunto de experimentos é planejado para vários locais é necessário considerar o delineamento individual em cada local e a combinação total dos genótipos com os locais (interação genótipo × ambiente). Logo, os dados observados podem ser organizados em uma tabela de dupla entrada. Existem várias metodologias de análise e interpretação para a interação genótipo × ambiente proveniente de um grupo de cultivares testados em vários ambientes. Entre essas metodologias destaca-se os modelos AMMI (“additive main effects and multiplicative interaction model”), como o próprio nome diz é um método uni-multivariado, que engloba uma análise de variância para os efeitos principais, que são os efeitos dos genótipos (G) e os ambientes (E) e para efeitos multiplicativos (interação genótipo × ambiente), utiliza-se a decomposição em valor singular (DVS). Essa técnica multivariada baseia-se no uso dos autovalores e autovetores provenientes da matriz de interação genótipo × ambiente. Araújo e Dias (2005) verificaram o problema de superestimação e subestimação de autovalores estimados da maneira convencional. Para superar esses problemas de estimação de autovalores...

Interação genótipo x ambiente via correlações genéticas entre rebanhos e normas de reação utilizando abordagem bayesiana em bovinos de corte; Genotype by environment interaction using genetic correlations between herds and reaction norms under bayesian approach in beef cattle

Ribeiro, Sandra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.43%
O presente estudo teve por objetivo estudar os efeitos da interação genótipo x ambiente sobre as características peso à desmama, peso ao sobreano e ganho de peso da desmama ao sobreano em bovinos da raça Nelore. Foram analisados 58.032 registros de peso à desmama ajustados para 205 dias (PD), 46.032 registros de peso ao sobreano ajustados para 550 dias (PS) e 45.844 registros de ganho de peso da desmama ao sobreano ajustados para 345 dias (GP), originários de três rebanhos distintos. Os dados foram submetidos a dois métodos de análises: no primeiro, processaram-se análises unicaracterísticas para os rebanhos individuais e para o conjunto formado pelos três rebanhos, e análises tri-características para os dados de cada rebanho, em que as mesmas características foram consideradas como variáveis distintas. Foi utilizado o programa GIBBS2F90, sob abordagem bayesiana. As estimativas dadas pelas médias dos coeficientes de herdabilidade para PD, PS e GP variaram de 0,09 a 0,24, 0,24 a 0,44 e 0,09 a 0,31, respectivamente. Nesta mesma ordem, as correlações genéticas das mesmas características nos diferentes ambientes variaram de 0,88 a 0,93, 0,85 a 0,98 e 0,75 a 0,97. As correlações entre as DEPs dos touros nos ambientes variaram de 0...

Interação genótipo-ambiente em bovinos de corte compostos; Genotype-environment interaction in composite beef cattle

Santana Júnior, Mário Luiz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.44%
Objetivou-se com o presente estudo foram caracterizar e definir ambientes homogêneos de produção de bovinos de corte compostos no Brasil com relação às variáveis climáticas e geográficas, utilizando técnicas exploratórias multivariadas. Verificar a presença de interação genótipo-ambiente (GxE) nas características peso ao nascimento (PN), peso a desmama (PD), ganho de peso da desmama ao sobreano (GP), perímetro escrotal (PE) e musculosidade (MUS). Pela análise de agrupamento não-hierárquico foram agrupadas as regiões similares com relação às variáveis ambientais. Foram formados seis grupos de fazendas. A inclusão do efeito de interação touro-grupo foi avaliada em análises uni-característica. Comparou-se um modelo com o efeito de interação touro-grupo com outro sem esse efeito. Incluir o efeito de interação touro-GEO no modelo de avaliação genética do PN, PD e PE não resultou melhor ajuste aos dados, no entanto não deve ser descartada a hipótese de se considerar outros tipos de efeitos de GxE. Foram estimados parâmetros genéticos por meio de análises multi-característica, considerando-se a mesma característica como diferente em cada grupo de fazendas. Foi verificada heterogeneidade de variância para todas as características. Os coeficientes de herdabilidade nos grupos de fazendas para PN...

Distribuição empírica dos autovalores associados à matriz de interação dos modelos AMMI pelo método bootstrap não-paramétrico; Empirical distribution of eigenvalues associated with the interaction matrix of the AMMI models for non-parametric bootstrap method

Hongyu, Kuang
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.47%
A interação genótipos ambientes (G E) foi definido por Shelbourne (1972) como sendo a variação entre genótipos em resposta a diferentes condições ambientais. Sua magnitude na expressão fenotípica do caráter pode reduzir a correlação entre fenótipo e genótipo, in acionando a variância genética e, por sua vez, parâmetros dependentes desta, como herdabilidade e ganho genético com a seleção. Estudos sobre a adaptabilidade e a estabilidade fenotípica permitem particularizar os efeitos da interação GE ao nível de genótipo e ambiente, identificando a contribuição relativa de cada um para a interação total. Varias metodologias estatísticas têm sido propostas para a interpretação da interação G E proveniente de um grupo de cultivares testados em vários ambientes. Entre essas metodologias destaca-se os modelos AMMI (Additive Main Eects and Multiplicative Interaction Model), que vem ganhando grande aplicabilidade nos últimos anos. O modelo AMMI e um método uni-multivariado, que engloba uma analise de variância para os efeitos principais, que são os efeitos dos genótipos (G) e os ambientes (E) e para os efeitos multiplicativos (interação genótipo ambiente), para a qual utiliza-se a decomposição em valor singular (DVS). Essa técnica multivariada baseia-se no uso dos autovalores e autovetores provenientes da matriz de interação G E. Araujo e Dias (2005) verificaram o problema de superestimação e subestimação de autovalores estimados da maneira convencional. Efron(1979) propôs uma técnica de simulação numérica chamada Bootstrap para avaliar tais incertezas. O método Bootstrap consiste em uma técnica de reamostragem que permite aproximar a distribuição de uma função das observações a partir da distribuição empírica dos dados. Por meio desse método...

Hierarchical Bayesian models for genotype × environment estimates in post-weaning gain of Hereford bovine via reaction norms; Modelos hierárquicos bayesianos para estimativas de interação genótipo × ambiente em ganho pós-desmama de bovinos Hereford via normas de reação

Cardoso, Leandro Lunardini; Braccini Neto, José; Cardoso, Fernando Flores; Cobuci, Jaime Araújo; Biassus, Igor de Oliveira; Barcellos, Julio Otavio Jardim
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.46%
It was evaluated statistical models with different assumptions to define the one that best describes the presence of genotype × environment interaction on adjusted post-weaning weight gain (PWG345) of Hereford cattle, through the study of reactions norms to the environment, obtained by random regression using a Bayesian approach. Four reaction norms hierarchical models (RNHM) were used through the INTERGEN program. The RNHMK uses the solutions of contemporary groups previously estimated by the standard animal model (AM) and considers them as environmental level for predicting the reaction norms and the RNHMS, which jointly estimate these two sets of unknowns. For both models, two versions were considered, one with a homogeneous (hm) and another with a heterogeneous (ht) residual variance. Based on the deviance information criterion and Bayes factor, RNHMshm showed the best fit to the data, and by the deviance based on conditional predictive ordinate, the best fit was the RNHMKht, whereas, by all the three criteria used, the worst fit was obtained by using the standard animal model. Heritabilities estimated on RNHM were increasing in the environmental gradients for PWG345, at -60 kg, 0 and +60 kg. The genetic correlation estimated between the level and slope of reaction norms was high...

Interação genótipo-ambiente em características de crescimento de bovinos da raça Nelore

Guidolin, Diego Gomes Freire
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 47 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
96.58%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Genética e Melhoramento Animal - FCAV; A identificação de interação genótipo-ambiente em bovinos de corte pode auxiliar o processo de seleção, aumentando a eficiência da avaliação genética de reprodutores submetidos à ambientes distintos. Características medidas pós-desmame estão mais sujeitas aos efeitos da interação genótipoambiente do que na fase pré-desmame. Assim, o objetivo deste trabalho foi verificar a existência do efeito da interação genótipo-ambiente sobre os pesos corporais aos 365 (P365), 450 (P450) e aos 550 (P550) dias de idade de bovinos Nelore criados nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará e São Paulo. Os componentes de (co)variância, parâmetros genéticos e os valores genéticos preditos foram estimados para cada característica, por estado e para o conjunto total de dados, pelo método da máxima verossimilhança restrita. Correlações de Spearman entre as classificações dos touros por estado quanto ao valor genético para cada característica ou considerando cada estado individualmente e em conjunto (todos os estados), assim como a correlação genética entre observações da mesma característica...

Interação genótipo-ambiente em algumas características produtivas de gado de corte no Brasil

Ferreira,V.C.P.; Penna,V.M.; Bergmann,J.A.G.; Torres,R.A.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
96.33%
Este estudo teve por objetivo medir o efeito da interação genótipo-ambiente (IGA) em algumas características de crescimento em bovinos Nelore. Os dados foram coletados em duas fazendas, em regiões distintas do Estado de Minas Gerais, Sul (faz I) e Noroeste (faz II), e correspondem aos pesos de 2.896 animais à pré-desmama (PD), 2.605 à desmama (DM) e 1.522 à pós-desmama (SA), com 9.911 no arquivo de genealogia. Apenas animais criados em pasto foram utilizados para as análises. Os efeitos de época de nascimento (mês-ano), sexo e fazenda foram reunidos em grupos de contemporâneos. Os componentes de (co)variância foram estimados pelo programa MTDFREML. Nas análises conjuntas de duas características as estimativas de herdabilidade dos efeitos diretos foram 0,24, 0,16, e 0,17 (faz I) e 0,25, 0,24, e 0,17 (faz II), para PD, DM e SA, respectivamente. As correlações de ordem dos valores genéticos entre fazendas para as características PD, DM e SA foram, respectivamente, 0,74, 0,76 e 0,51. Na mesma ordem, as correlações genéticas entre fazendas foram 0,96, 0,95 e 0,53. Estes resultados não evidenciaram efeito da IGA até a desmama, porém após a desmama seu efeito foi grande, sugerindo que se deva fazer uma avaliação regional para escolha de reprodutores Nelore se se utilizar essa última característica como critério de seleção.

Interação genótipo × ambiente e estimativas de parâmetros genéticos de características ponderais de bovinos Tabapuã

Fridrich,A.B.; Silva,M.A.; Fridrich,D.; Corrêa,G.S.S.; Silva,L.O.C.; Sakaguti,E.S.; Ferreira,I.C.; Valente,B.D.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.43%
Dados de pesos aos 205 (P205) e 365 (P365) dias de idade, de 28.946 animais Tabapuã, provenientes de 152 fazendas dos diversos estados brasileiros, nascidos no período de 1976 a 1995, foram utilizados nesta análise. Foram avaliadas as interações genótipo-ambiente, bem como estimadas herdabilidades direta e materna pelo método de máxima verossimilhança restrita em modelo estatístico, que incluiu efeitos fixos de grupo contemporâneo, idade da vaca ao parto (covariável) e efeitos aleatórios genéticos direto e materno. As estimativas de herdabilidade direta e materna para P205 nas regiões Sul (R1), Sudeste (R2), Centro-Oeste (R3) e Nordeste (R4) foram: 0,02 e 0,31 (R1), 0,17 e 0,19 (R2), 0,20 e 0,09 (R3) e 0,06 e 0,16 (R4). Para P365, foram 0,05 e 0,03 (R1), 0,20 e 0,03 (R2), 0,51 e 0,62 (R3) e 0,15 e 0,05 (R4). As correlações genéticas encontradas para as características P205 e P365, ambas consideradas características distintas nas regiões R1, R2, R3 e R4, foram: 1,00 e 0,99, 0,84 e 0,99, -0,86 e -0,73, 0,98 e 0,93, 0,51 e 0,45, 1,00 e 0,12 para R1/R2, R1/R3, R1/R4, R2/R3, R2/R4 e R3/R4, respectivamente. Esses resultados indicam que, na desmama (P205), o efeito da interação genótipo x ambiente foi observado somente nas combinações que envolveram a região Nordeste (R4) e as regiões Sul (R1) e Sudeste (R2). Para pesos pós-desmama (P365)...

Reflexos da interação genótipo X ambiente e suas implicações nos ganhos de seleção em genótipos de feijão (Phaseolus vulgaris L.)

Coimbra,Jefferson Luís Meirelles; Guidolin,Altamir Frederico; Carvalho,Fernando Irajá Felix de; Coimbra,Silvana Manfredi Meirelles; Hemp,Silmar
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1999 PT
Relevância na Pesquisa
66.54%
A importância das leguminosas de grãos na alimentação humana, principalmente do feijão preto (Phaseolus vulgaris), tem estimulado os melhoristas a selecionar genótipos com alto potencial de rendimento de grãos e com adaptabilidade às diferentes condições de cultivo do sul do Brasil. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar os reflexos da interação genótipo x ambiente e suas implicações nos ganhos genéticos com diferentes critérios de seleção. Os resultados revelaram que o componente da interação genótipo x ambiente superestima a predição dos parâmetros genéticos, como por exemplo a variância genética e a herdabilidade. As diferenças observadas entre estas estimativas parecem ocorrer devido à alta percentagem da parte complexa da interação. Além disto, os ganhos genéticos obtidos com a seleção direta foram sempre superiores à resposta indireta. Comparativamente, o par de ambientes 1x3 revelou uma resposta correlacionada inferior e de sinal contrário às demais estimativas para os outros pares de ambientes estudados neste trabalho. O primeiro ambiente foi o que mais acumulou a interação genótipo x ambiente. Portanto, pode ser concluído que o componente da interação tem grande relevância nas estimativas dos ganhos genéticos...

Interação genótipo-ambiente para a produção de leite em rebanhos da raça holandesa no Brasil: (I) modelo de touro

Rorato,Paulo Roberto Nogara; Verneque,Rui da Silva; Martinez,Mário Luiz; Ferreira,Gilka Barbosa; Valente,José
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
96.36%
Com o objetivo de avaliar o efeito da interação genótipo-ambiente sobre o desempenho produtivo de vacas da raça Holandesa no Brasil, foram estudados os registros de produção total de leite à primeira lactação de 14.418 vacas filhas de 324 touros e distribuídas em 181 rebanhos em diferentes estados, no período de 1981 a 1991. Os dados foram estratificados de acordo com a produção média de leite do rebanho, em nível baixo (B), médio (M) e alto (A). Os componentes de (co)variância foram estimados utilizando-se o método da máxima verossimilhança restrita e dois modelos de touro. Os componentes de variância de touro variaram de 116.879 a 274.871 e foram maiores nos níveis mais altos; os residuais variaram de 1.691.879 a 1.956.025, crescendo com o nível de produção dos rebanhos e os da interação variaram de 66.854 a 149.972, tendo o maior valor ocorrido nos níveis extremos de produção. Os coeficientes de herdabilidade variaram de 0,22 a 0,49 e os de correlação genética foram 0,22, 0,46 e 0,69, entre os níveis B e A, B e M e M e A, respectivamente.

Caracterização da interação genótipo-ambiente e comparação entre modelos para ajuste do ganho pós-demama de bovinos Devon via normas de reação

Corrêa,Marcela Bicca Bragança; Dionello,Nelson José Laurino; Cardoso,Fernando Flores
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.43%
Os objetivos com este estudo foram verificar a presença de interação genótipo-ambiente e comparar modelos para o ajuste do ganho pós-desmama padronizado para 345 dias de bovinos da raça Devon, via normas de reação obtidas por regressão aleatória. Foram utilizados 14.973 registros coletados pelo Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne entre 1980 e 2005. Para análise dos dados, foi utilizado o programa INTERGEN. Primeiramente, foi rodado o modelo animal convencional (MA), para comparação e estimativas do gradiente ambiental, com base nos desvios dos grupos de contemporâneos, e, em seguida, rodados os modelos hierárquicos de normas de reação com variâncias residuais homogêneas (MHNR) e heterogêneas (MHNRH). Nesses dois últimos, foram incluídos efeitos fixos de idade da vaca e idade do bezerro ao sobreano e efeitos aleatórios de grupos de contemporâneos e genéticos (nível e inclinação da norma de reação). No MHNR, as estimativas da variância residual, genética aditiva do nível e da inclinação da norma de reação e sua correlação genética foram, respectivamente, 272,02 ± 8,51; 340,38 ± 17,11; 0,119 ± 0,006 e 0,83 ± 0,01 e, no MHNRH, foram 401,96 ± 11,91; 177,86 ± 16,60; 0,076 ± 0,006 e 0...

Interação genótipo-ambiente na análise genética do peso ao desmame de bovinos Nelore sob enfoque bayesiano

Faria,Carina Ubirajara de; Terra,Juliano Pereira; Yokoo,Marcos Jun Iti; Magnabosco,Cláudio Ulhôa; Albuquerque,Lúcia Galvão de; Lôbo,Raysildo Barbosa
Fonte: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
Objetivou-se avaliar os efeitos das interações genótipo-ambiente sobre as estimativas de componentes de (co)variâncias e predição dos valores genéticos para o peso ao desmame de bovinos Nelore, sob enfoque bayesiano. Foram utilizados 16.644 registros de pesos ao desmame de bovinos provenientes de dez rebanhos participantes do Programa Nelore Brasil. Os parâmetros genéticos foram estimados sob modelo animal, considerando a estatística bayesiana. Para verificar o efeito da interação genótipo-ambiente, foram analisados os seguintes modelos matriciais: sem a inclusão dos efeitos de interação genótipo-ambiente; com a inclusão dos efeitos de interação genótipo-ambiente, em que se considerou o efeito de touro-ano, touro-rebanho e ambos os efeitos. De modo geral, verifica-se que a inclusão da interação genótipo-ambiente na análise genética para o peso ao desmame, tende a alterar as estimativas de (co)variâncias genéticas e ambientais. As correlações de Spearman entre os valores genéticos foram acima de 97%, indicando que, praticamente, não houve mudança na classificação dos animais avaliados. Pode se inferir que os efeitos de interação touro-ano e touro-rebanho não alteram as classificações dos animais...

Interação genótipo- ambiente para peso à desmama de bovinos da raça Canchim pertencentes a três níveis de produção no Brasil.

CARVALHO, F. M.; SILVA, L. O. C. da; ALENCAR, M. M. de.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 7., 2008, São Carlos, SP. Anais... São Carlos, SBMA, 2008. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 7., 2008, São Carlos, SP. Anais... São Carlos, SBMA, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.41%
O objetivo neste trabalho foi avaliar a existência de interação genótipo - ambiente para peso à desmama em 29.387 bovinos da raça Canchim nascidos entre 1988 e 2004. O nível de produção do grupo de contemporâneos dos animais, dividido em três classes (baixo, médio ou alto), foi considerado como ambiente, e foram utilizadas duas metodologias para avaliar a existência de interação. Na metodologia 1, foram estimados os componentes de variância e as herdabilidades do peso à desmama nos três níveis de produção (análises unicaráter), utilizando o método de máxima verossimilhança restrita livre de derivadas. Foi também calculada a correlação de Spearman (posto) dos valores genéticos dos touros com no mínimo cinco filhos nos três níveis de produção. Na metodologia 2, foram feitas análises unicaráter utilizando-se dois modelos estatísticos, um com e outro sem o efeito aleatório não correlacionado de touro - nível de produção, e a diferença entre os dois modelos foi verificada pelo teste de razão de verossimilhança. Os componentes de variância foram numericamente diferentes nos três níveis de produção, as correlações de posto dos valores genéticos dos touros nos três níveis de produção foram baixas e houve diferença entre os modelos...

Normas de reação para o estudo da interação genótipo-ambiente para a característica peso ao sobreano de bovinos da raça Canchim.

MATTAR, M.; CARDOSO, F. F.; ALENCAR, M. M. de
Fonte: In: REUNION ASOCIACION LATINOAMERICANA DE PRODUCCION ANIMAL, 30.; REUNION ASOCIACION PERUANA DE PRODUCCION ANINAL, 30.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE GANDEIRA DE DOBLE PROPOSTO, 5., 2007, Cuzco, Perú. Annales... Cuzco: ALPA: APPA, 2007. Publicador: In: REUNION ASOCIACION LATINOAMERICANA DE PRODUCCION ANIMAL, 30.; REUNION ASOCIACION PERUANA DE PRODUCCION ANINAL, 30.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE GANDEIRA DE DOBLE PROPOSTO, 5., 2007, Cuzco, Perú. Annales... Cuzco: ALPA: APPA, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.33%
O objetivo deste trabalho foi estudar a presença de interação genótipo-ambiente (IGA) via normas de reação, obtidas por regressão aleatória, para a característica peso ao sobreano (PS) em bovinos da raça Canchim do Brasil. Foram estimadas herdabilidades crescentes no gradiente ambiental iguais a 0,12.0,01; 0,26.0,02 e 0,41.0,03, para os desvios ambientais em PS de -41 kg; 0; +41 kg. A correlação genética entre o intercepto e a inclinação da norma de reação foi igual a 0,90.0,03, o que indicou a presença de IGA caracterizado pelo efeito de escala. A correlação de Spearman entre os valores genéticos dos animais para PS em diferentes níveis ambientais não demonstrou alteração na ordem dos genótipos para esta característica, indicando que não houve mudança na classificação dos animais nos extratos do gradiente ambiental.; 2007; Resumos na seguinte fonte: Archivos Latinoamericano de Produccion Animal, v. 15, (Supl.1), p. 342, 2007.

Estudo da interação genótipo-ambiente para a característica peso ao sobreano de bovinos da raça Canchim.

MATTAR, M.; CARDOSO, F. F.; ALENCAR, M. M. de
Fonte: In: REUNION ASOCIACION LATINOAMERICANA DE PRODUCCION ANIMAL, 30.; REUNION ASOCIACION PERUANA DE PRODUCCION ANINAL, 30.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE GANDEIRA DE DOBLE PROPOSTO, 5., 2007, Cuzco, Perú. Annales... Cuzco: ALPA: APPA, 2007. Publicador: In: REUNION ASOCIACION LATINOAMERICANA DE PRODUCCION ANIMAL, 30.; REUNION ASOCIACION PERUANA DE PRODUCCION ANINAL, 30.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE GANDEIRA DE DOBLE PROPOSTO, 5., 2007, Cuzco, Perú. Annales... Cuzco: ALPA: APPA, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.35%
O objetivo deste trabalho foi estudar a presença de interação genótipo-ambiente (IGA) em bovinos Canchim, por meio de correlações genéticas, pela abordagem bayesiana e por um modelo animal, entre os pesos ao sobreano (PS) de 4 regiões distintas do Brasil. O modelo de análise estatística multicaracterística incluiu os efeitos de grupo de contemporâneos, idade do animal ao sobreano, como covariável, além dos efeitos genéticos aditivos diretos e residuais. As herdabilidades nas 4 regiões foram de baixas a moderadas magnitudes, no intervalo [0,21-0,29]. As correlações genéticas entre as 4 regiões variaram de baixa a moderada magnitude, sugerindo a presença da IGA. Os resultados evidenciaram que a expressão fenotípica do PS dependeu do ambiente em que foi medido e que os genótipos dos animais foram reordenados nas diferentes regiões.; 2007; Resumos na seguinte fonte: Archivos Latinoamericano de Produccion Animal, v. 15, (Supl.1), p. 343, 2007.

Utilização de técnicas estatísticas multivariadas para definição de ambiente de produção do peso ao sobreano para o estudo da interação genótipo-ambiente em bovinos Canchim.

MATTAR, M.; ALENCAR, M. M. de; CARDOSO, F. F.; FERRAUDO, A. S.; SILVA, L. O. C.; ESPASANDIN, A. C.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 45., 2008, Lavras, MG. Anais... Lavras: SBZ: UFLA, 2008 Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 45., 2008, Lavras, MG. Anais... Lavras: SBZ: UFLA, 2008
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.46%
As respostas diferentes de genótipos às variações ambientais são investigadas nos estudos de interação genótipo-ambiente. A definição de ambiente nesses estudos ainda é um desafio, pois muitos fatores não genéticos podem causar efeito sobre a expressão de um conjunto de genes. Neste estudo, com as técnicas de estatística multivariada foram definidos ambientes de produção de bovinos Canchim, por meio de variáveis ambientais, formando grupos homogêneos de municípios do estado de São Paulo com informações de peso ao sobreano desta raça. As técnicas de Agrupamento Hierárquico e não Hierárquico foram eficientes para a simplificação e formação de quatro clusters homogêneos com membros de municípios paulistas, e heterogêneos entre si. Já, a técnica de componentes principais (CP) permitiu discriminar para cada cluster os fatores ambientais mais relevantes em sua formação, através de dois CP que preservaram 81,52% da variabilidade contida no conjunto das variáveis ambientais originais. As técnicas de estatística multivariada foram, portanto, ferramentas eficientes para discriminar ambientes de produção em estudos da interação genótipo-ambiente de bovinos Canchim.; 2008

Interação genótipo-ambiente para peso ao sobreano em alguns estados brasileiros e em clusters de municípios do estado de São Paulo em bovinos da raça Canchim.

MATTAR, M.; ALENCAR, M. M. de; CARDOSO, F. F.; ESPASANDIN, A. C.; FERRAUDO, A. S.; SILVA, L. O. C. da.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 7., 2008, São Carlos, SP. Anais... São Carlos, SBMA, 2008. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 7., 2008, São Carlos, SP. Anais... São Carlos, SBMA, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.4%
Foram analisados dados de rebanhos Canchim pertencentes a alguns estados do Brasil (IGA1) e clusters de municípios paulistas (IGA2) para a investigação da presença de interação genótipo-ambiente (IGA) para a característica peso ao sobreano (PS). Duas investigações distintas foram realizadas para os diferentes ambientes (IGA1 e IGA2) por meio da comparação de dois modelos sugeridos em cada ambiente, um com o efeito aleatório de touro-ambiente e o outro sem este efeito. Para o estudo no ambiente IGA1 foi constatada a presença da IGA, indicando alteração significativa no desempenho de PS dos animais conforme a região em que foram avaliados. No estudo no ambiente IGA2 não foi encontrada diferença significativa entre os desempenhos de PS nos clusters paulistas, sugerindo não haver IGA entre os municípios analisados. No entanto, no estudo de IGA2 houve variação entre os modelos das estimativas das variâncias genéticas, de ambiente e fenotípicas, o que não permitiu descartar a possibilidade da presença da IGA.; 2008

Implicações da interação genótipo por ambiente e divergência genética das linhagens de soja; Implications of genotype by environment interaction and genetic divergence of soybean strains

Rezende, Daniela Freitas
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
A seleção de linhagens de soja com elevada produtividade de grãos e capacidade de adaptação a ampla faixa de ambientes é um dos principais objetivos dos programas de melhoramento genético, buscando assim, o conhecimento das linhagens em relação ao caráter na interação Genótipo x Ambiente. Dessa forma, o trabalho foi realizado com os objetivos de verificar a magnitude do efeito de genótipo (G), de ambiente (A) e da interação G x A, e quantificou a divergência genética das linhagens estudadas, usando a distância Euclidiana média padronizada, com o método de Vizinho mais próximo. Os experimentos fazem parte dos ensaios de Valor de Cultivo e Uso do Programa de Melhoramento de soja da Universidade Federal de Uberlândia, que foram conduzidos em oito municípios dos estados de Goiás, Mato Grosso, Bahia e Minas Gerais. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com três repetições. Foi avaliado o caráter produtividade de grãos nas safras 2006/07 e 2007/08, e na safra 2007/08, através dos caracteres número de dias para a maturação, altura de plantas na maturação, inserção da primeira vagem, acamamento de plantas, produtividade de grãos, peso de mil sementes, porcentagem de teor de óleo e proteína...

Adaptabilidade e estabilidade de produção de trigo mole; interação, genótipo x ambiente

Coco, João António Chamorrinha
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
A irregularidade das condições ambientais que caracteriza o clima mediterrânico de Portugal condiciona a cultura do trigo mole (Triticum aestivum L.). Neste contexto, a resposta dos genótipos ao ambiente a que estão sujeitos e a respetiva interação genótipo x ambiente (G x E) constituem desafios relevantes nos programas de melhoramento genético, tanto na fase de seleção de material segregante como na de obtenção de novas variedades. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a adaptabilidade e estabilidade de produção de 15 genótipos de trigo mole, em dois ambientes distintos, Elvas e Mirandela, com base na análise de dados obtidos em ensaios de campo que decorreram entre 2000/01 e 2008/09. A análise aos parâmetros fenológicos revelou uma maior duração do ciclo até ao espigamento e menor duração do período de enchimento do grão em Mirandela, comparativamente a Elvas. A produção de grão média foi significativamente maior em Mirandela do que Elvas. Para os parâmetros massa do hectolitro e peso de mil grãos observou-se a mesma tendência mas com diferenças pouco acentuadas entre os dois locais. Para avaliar a interação genótipo x ambiente e consequentemente a adaptabilidade e a estabilidade dos genótipos aplicou-se o método proposto por Finlay e Wilkinson (1963). A análise foi realizada com base nos coeficientes de regressão de cada genótipo em relação ao índice ambiental...