Página 1 dos resultados de 2263 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Fundamentos filosóficos e políticos da inclusão escolar: um estudo sobre a subjetividade docente; Philosophical and Political Fundamentals of school inclusion: a study on teaching staff subjectivity

Barros, Carlos César
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
Este trabalho busca investigar as bases psicológicas da inclusão escolar. Baseia-se em estudo teórico e numa descrição empírica da subjetividade de professores de alunos com necessidades educacionais especiais. A partir do estudo de documentos e da literatura especializada, depara-se com a fundamentação axiológica da educação inclusiva. Passa, então, a refletir sobre as contradições de sustentar o discurso educacional em valores humanitários universais enquanto a contemporaneidade se desumaniza e considera tais valores ultrapassados ou ilusórios. Tomando como referencial a teoria crítica da sociedade, a Escola de Frankfurt, a pesquisa busca encontrar nas contradições fatores que estimulam e transformam: os próprios valores, que não são ilusórios já que derivados das condições materiais da existência, mas são passíveis de serem ultrapassados no tempo se negados e esquecidos. Ainda que decadentes devido à massificação na sociedade administrada eliminadora de diferenças, as forças sociais libertadoras e transformadoras fazem um retiro na esfera individual. Se o reconhecimento dos valores se dá nas esferas social, jurídica e afetiva, frente à crise das duas primeiras esferas, cabe perguntar como ele subsiste na terceira...

As mútuas influências, família-escola, na inclusão escolar de crianças com deficiência visual; Mutual influence, family - school, on the scholar inclusion of children with visual deficiency

Bazon, Fernanda Vilhena Mafra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.59%
Esta Tese tem como objeto de estudo a compreensão das mútuas influências exercidas entre escola e família no processo de inclusão escolar. Seu objetivo foi o de identificar como a inclusão escolar da criança com deficiência visual influencia sua relação familiar e como esta reflete no processo de inclusão destas crianças. O relacionamento familiar e a inclusão escolar, temas de grande relevância para a compreensão do desenvolvimento e interação dos indivíduos com deficiência, tem sido objeto de investigações, contudo acerca das influências entre eles nada foi encontrado no rastreamento realizado nas fontes pertinentes ao tema. Esta investigação é composta por um estudo em profundidade de quatro famílias nas quais havia crianças com cegueira ou com baixa visão. Pautou-se pela modalidade de abordagem qualitativa, descritiva e exploratória coletando dados das famílias, de professores e da coordenadora de instituição especializada. Foram realizadas entrevistas semi estruturadas com as crianças com deficiência visual, com suas mães e com a coordenadora da instituição especializada e levantados dados por meio de questionário dos professores da escola regular que atuavam com esses alunos. A análise desse material registrado por escrito evidenciou o papel fundamental da interação entre famíliaescola para o processo de inclusão escolar. Ficou assinalado que as famílias ao estabelecerem atitudes cooperativas junto à escola favoreciam a inclusão...

As instituições especializadas e o movimento da inclusão escolar: intenções e práticas; The specialized institutions and the school inclusion movement: intentions and practices.

Neres, Celi Corrêa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.64%
Esta Tese elegeu como tema de investigação as intenções e práticas das instituições especializadas frente ao movimento de inclusão escolar. Assim, a presente pesquisa dedicouse a examinar as práticas educacionais que visam proporcionar a inclusão escolar dos alunos com deficiência na escola comum, por meio da análise do Programa de Apoio à Inclusão, desenvolvido por uma instituição especializada, identificando: a) o lugar que ocupam no interior do movimento de inclusão; b) a efetivação das práticas desenvolvidas pelo Programa para a inclusão escolar dos alunos com deficiência. O termo inclusão escolar foi adotado para referir-se a um grande movimento que surge no bojo das reformas educacionais da década de 1990 como uma proposição política de incorporação dos alunos que, historicamente, têm sido excluídos da escola. A inclusão dos alunos ditos excluídos passa a ser considerada como via de inclusão social, reafirmando o ideário da escola como instrumento de equalização social. Na educação especial, a inclusão em escolas comuns de alunos com deficiência é defendida como via de superação das condições de segregação e de exclusão social às quais foram historicamente submetidos. Para apreensão do objeto de estudo...

Indicadores de sucesso na inclusão escolar: um estudo exploratório; Indicators of success in school inclusion: an exploratory study

Arantes, Fernanda Ferrari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
Esta dissertação é um estudo exploratório que parte de uma proposta de tomar elementos discursivos de entrevistas realizadas com educadoras que trabalham em escolas de educação infantil da cidade de São Paulo, para constituí-los como indicadores de sucesso da educação inclusiva. Parte-se de uma revisão de literatura a respeito das incidências da inclusão escolar e constata-se que, embora noções de sucesso não tenham sido mencionadas nos trabalhos analisados, há uma preocupação latente quanto ao sucesso e ao fracasso dos processos de inclusão escolar. Tomando este cenário como ponto de partida, buscamos abordar a maneira pela qual a educação inclusiva é entendida na atualidade, tecendo problematizações entre algumas das diferentes perspectivas que embasam esse tema, dentre as quais a psicanalítica mostrou-se uma significativa ferramenta para discutir a natureza das diferentes ocorrências da inclusão escolar, entre elas, os indicadores de sucesso. Procuramos situar indicador quanto ao seu conceito e realizamos uma breve apresentação da origem da utilização de indicadores nas pesquisas psicanalíticas. Esse material nos permitiu realizar uma analogia na elaboração dos indicadores de sucesso da inclusão escolar...

A tutoria clínico-escolar no processo de inclusão escolar: um estudo de caso; The clinical-scholar tutoring in the educational inclusive process: a case study

Lisbôa, Elise Ribas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.57%
Discussões no âmbito legislativo, acadêmico e terapêutico têm buscado regulamentar e dar diretrizes acerca de como efetivar a inclusão de pessoas com deficiência nos âmbitos sociais, acadêmicos e profissionais. Contudo, diferentes formas de compreender tais regulamentações geram aplicações com diferentes graus de êxito no processo de inclusão. Tal fato pode dar-se em decorrência da falta de conhecimento e investimentos em pesquisas, tratamentos e intervenções apropriadas para esta população; entretanto, a dificuldade de se determinar os tratamentos e intervenções adequadas para atender diferentes tipos de diagnósticos, certamente contribui para a consumação desta dificuldade na busca e oferta de assistência. Diante de diferentes alternativas terapêuticas que visam à inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais no ambiente escolar, questionamentos acerca de qual o melhor recurso a ser utilizado podem surgir. O presente estudo pretendeu fazer um breve levantamento das estratégias terapêuticas comumente utilizadas em contextos escolares e de investigar, de modo mais aprofundado, uma estratégia que tem se apresentado como um recurso para a inclusão de crianças com necessidades educacionais especiais em salas regulares de ensino: a tutoria clínico-escolar. Esta abordagem lança mão de conceitos e recursos clínicos para efetivar a inclusão pedagógica e social de pessoas com deficiência...

Inclusão escolar e a educação para todos

Santos, Iolanda Universina Montano dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Esta Tese tem o objetivo de problematizar como a inclusão escolar, como um processo político-educacional, se intensifica na sociedade atual. Discuto como a inclusão escolar está implicada na inclusão social em termos de cidadania, de participação e de acesso a diferentes espaços sociais. O problema central aqui tratado é a discussão de que na atualidade não é suficiente integrar os sujeitos, mas é preciso incluí-los na vida escolar e social da sua comunidade. Utilizo os conceitos de governamentalidade, governamento, biopoder e norma para compreender algumas práticas de inclusão escolar e social e suas estratégias a partir das noções desenvolvidas por Michel Foucault. A investigação foi construída a partir de dois eixos: os significados de inclusão e o governamento dos sujeitos. Para realizar o trabalho, tomei como material de pesquisa alguns documentos internacionais e nacionais, assim como alguns artigos de revistas nacionais direcionadas a educadores. O modo como vi e interagi com os materiais levou-me a organizá-los pela ordem da regulamentação e pela ordem da regulação. O primeiro eixo tem por finalidade verificar quais os significados e os usos que têm sido atribuídos à inclusão escolar. Analiso as rupturas e as continuidades provocadas pelos discursos inclusivos...

Sentidos da inclusão escolar em uma escola da rede municipal de Porto Alegre-RS

Mesomo, Juliana Feronatto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
Este trabalho teve como objetivo investigar quais os sentidos que a política de educação inclusiva adquire no contexto de uma escola da rede municipal de Porto Alegre-RS. Compreendo a inclusão escolar como política educacional ligada ao “imperativo da inclusão” na contemporaneidade (LOPES, LOCKMANN, HATTGE E KLAUS, 2010) e também às lutas de diferentes grupos por reconhecimento de seus diretos. A partir de Ball (2010) e Mainardes (2006) problematizo as singularidades que dinamizam a implementação das políticas educacionais em espaços escolares, buscando mostrar como a inclusão aparece no pensar e no agir desta escola. Trata-se de uma investigação de inspiração etnográfica, por ter sido construída com base em ferramentas de pesquisa empírica tais como a observação participante e o diário de campo – foram observadas aulas, reuniões de professores e dois Conselhos de Classe. Também foram analisados pareceres descritivos de quatro turmas do terceiro ano do III Ciclo. A partir dos estudos teóricos e da leitura das informações coletadas, observei que circula, na escola, a noção de que as “necessidades educacionais especiais” de seus alunos dizem respeito ao contexto social adverso em que vivem e a “inclusão escolar” destes alunos adquire o sentido de “inclusão social”. A inclusão escolar é recebida e interpretada na escola...

Práticas pedagógicas com o plano ceibal para a inclusão escolar : estudo de caso em escolas do Uruguai

Martins, Maria Del Carmen Cabrera
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Na presente pesquisa, busca-se apresentar a contribuição nas práticas pedagógicas, através do uso da tecnologia, para alunos incluídos, em escolas públicas na cidade de Taquarembó - Uruguai, a partir do projeto denominado de Plano Ceibal. O mencionado projeto buscou a inclusão digital a partir da distribuição de um computador por aluno, sendo implementado no ano de 2007, em uma cidade chamada Vila Cardal, e finalizado em agosto de 2012, abrangendo desde o 1º ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio e as Escolas Técnicas. A investigação visava a analisar de que forma as práticas pedagógicas, promovidas a partir da implementação do Plano Ceibal em Escolas Públicas do Uruguai, propiciam a inclusão escolar e digital de alunos com deficiência. A finalidade dessa investigação foi compreender as potencialidades e as limitações que as práticas educativas com uso de tecnologias oportunizam na efetivação do processo de inclusão de alunos com deficiência e como essas tecnologias configuram tais práticas, identificando a representação construída por professores e alunos, sobre a função das ditas tecnologias (XO) no processo escolar. Este estudo partiu de uma concepção sócio histórica, com cunho qualitativo...

Políticas de inclusão escolar: produção da anormalidade

Lasta,Leticia Lorenzoni; Hillesheim,Betina
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.5%
Este trabalho tem como objetivo apresentar reflexões acerca das políticas públicas de inclusão escolar, as quais regulamentam o atendimento dos sujeitos com necessidades educativas especiais na rede regular de ensino em nosso país. Inicialmente, são apresentadas as políticas públicas de inclusão escolar que tratam de uma inclusão específica, produzida nas malhas de discursos legais e colocada a serviço do Estado-Nação para a produção de sujeitos de determinado tipo. Em um segundo momento, se discute a complexidade e os impasses de um intricado jogo de inclusões e exclusões, a partir do qual se busca pensar quem são os sujeitos da inclusão escolar. E, por fim, em uma tentativa de lidar com a complexidade desse jogo, sustentamos que as práticas discursivas postas por tais políticas de inclusão escolar são estratégias de governamento da diferença, ou seja, o Estado passa a atuar por meio de políticas públicas de domesticação.

A inclusão escolar de alunos com deficiência visual a partir da percepção de professores de matemática, professores do atendimento educacional especializado e gestores educacionais

Petró, Caroline da Silva
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.57%
Este trabalho teve como objetivo geral compreender o processo de inclusão escolar do aluno com deficiência visual a partir da percepção de professores de matemática, professores do atendimento educacional especializado e gestores educacionais. Para isso buscou-se identificar como os professores de matemática e do atendimento educacional especializado estão desenvolvendo suas funções; identificar os apoios oferecidos pelo atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência visual e aos professores de matemática; identificar as relações estabelecidas entre professores do atendimento educacional especializado, professores de matemática e alunos com deficiência visual; analisar como professores de matemática, professores do atendimento educacional especializado e gestores educacionais percebem a inclusão escolar dos alunos com deficiência visual. Foram realizadas entrevistas com treze sujeitos, sendo três professores de matemática, quatro professores do atendimento educacional especializado, dois alunos com deficiência visual do ensino médio, duas gestoras educacionais que atuam em setores relacionados à inclusão escolar, e ainda, duas profissionais que trabalham com capacitação de professores para atuar no atendimento educacional especializado com Tecnologia Assistiva aplicada ao contexto educacional.A pesquisa foi de cunho qualitativo...

A percepção dos professores sobre o processo de inclusão escolar de alunos com deficiências no ensino regular da rede municipal de ensino de Porto Alegre

Medeiros, Maria Luiza Gomes
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.53%
Esta pesquisa visa compreender como os professores que trabalham com alunos de inclusão de escolas regulares da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre (RME) percebem a inclusão de alunos com deficiências nas escolas. Tal demanda nasceu com a caminhada da pesquisadora no campo educacional, pois desde que iniciou sua jornada ininterruptamente teve alunos de inclusão e o trabalho sempre previu a individualidade destes sujeitos frente a construção do conhecimento. Com o ingresso no curso de Mestrado em Educação, a pesquisadora deparou-se com a dificuldade dos demais professores em lidar com os alunos de inclusão nas salas de aula; portanto surgiu a necessidade deste estudo. O problema pesquisado foi a percepção dos professores das escolas da RME de Porto Alegre diante do processo de inclusão escolar. Esta pesquisa foi fundamentada em uma abordagem qualitativa, utilizando a entrevista semiestruturada como instrumento de coleta de dados; para a análise de dados foi utilizada a Análise de Conteúdo.Os caminhos teóricos da pesquisa abordaram temas como a Defectologia, a inclusão escolar, desenvolvimento sócio cultural e subjetividade. Buscou-se também abranger nesta pesquisa os aspectos subjetivos que envolvem a formação dos professores bem como os sentidos da docência para os entrevistados. Neste percurso investigativo surgiu um diálogo interessante entre a inclusão escolar de alunos com deficiências e a inclusão social. Ao longo da jornada percebemos professores comprometidos com a inclusão educacional e interessados em aprender cada vez mais em prol dos seus alunos. Em relação aos achados da pesquisa...

Concepções de inclusão escolar e linguagem: estudo de caso de alunos com alteração de fala e de linguagem incluídos na escola regular; Conceptions of scholar inclusion and language: study of case of pupils with alteration of speak and language enclosed in the regular school

OLIVEIRA, Karla Suzane de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
In the present study, we approach the scholar inclusion and language through a qualitative inquiry, characterized as a study of case. The instruments of collect of used data had been interviews, systematized observations in classroom and dialogues, and also bibliographical research and documents. We choose as the field of research a classroom in the interior of a regular school referred as Inclusive School of Reference (EIR), in the city of Goiânia, which there were registered, among other pupils, two children who had constituted the object of our research, one of them with cerebral paralysis and another one with mental deficiency, both with alteration of speak and language. This school is part of the State Program of Education for the Diversity in an Inclusive Perspective of the Superintendence of Especial Education (PEEDI/SUEE/SEE). The following problem was delineated to be investigated: how do teachers and pupils with alteration of speak and language deal with the inclusion from the implanted inclusive politics? For being tied with the research line Formation and Teaching Professionalization, the study in question had as objective to launch quarrels and to reflect about the inclusion process that is being developed in a school of regular education from its protagonists...

Inclusão escolar: entre o respeito à diversidade e uma nova forma de exclusão?

Dias, Marta Sheila Muniz
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Este estudo tem como tema Inclusão Escolar: entre o respeito à diversidade e uma nova forma de exclusão? O objetivo é investigar o processo de inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais (NEE) em escolas públicas regulares de ensino médio da 3ª. Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação do Ceará – 3ª. CREDE no que se refere ao nível de aceitação da comunidade escolar e às condições do ambiente escolar. Busca-se atingir tal propósito através de uma pesquisa bibliográfica, documental e de campo, de abordagem qualitativa e quantitativa tendo como instrumentos para a coleta dos dados a observação, o questionário e a entrevista. A amostra é composta por duas escolas públicas estaduais de Ensino Médio e tem como sujeitos 76 alunos e 16 professores estando assim distribuídos: no enfoque qualitativo – 02 alunos com NEE (em situação de surdez e cegueira sendo um por escola) e uma professora (intérprete de LIBRAS) e no enfoque quantitativo 74 alunos do Ensino Médio (6 alunos em situação de surdez e 68 alunos ditos normais) e 15 professores. Esta investigação reúne reflexões advindas das vozes destes sujeitos que aceitaram dela participar e colaborar, entrecortadas com apoios legais...

Inclusão escolar e Pedagogia: modos de ser e gerenciar o sujeito no cenário contemporâneo

Barros, Renata da Conceição de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.6%
Esta dissertação tem como objetivo analisar os enunciados produzidos pelas estudantes do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Rio Grande – FURG, com relação a inclusão escolar. A discussão sobre tal temática vem fazendo parte da realidade escolar, e desta forma deve também ser debatida e problematizada na academia. Os cursos de formação de professores como a Pedagogia e as áreas vinculadas ao Ensino de Ciências vem se deparando com a problemática da Inclusão Escolar. Os enunciados que são tomados como o corpus discursivo desse estudo foram produzidos a partir da aplicação de um questionário nas turmas do quarto ao sétimo semestre do curso de Pedagogia da FURG. Para analisar os enunciados apóia-se nos estudos do filósofo Michel Foucault, utilizando principalmente seus trabalhos a respeito de normalização, discurso, genealogia, disciplina, biopoder, sociedade de segurança, pensamento do mesmo e governo dos homens. Assim, nesta dissertação no primeiro momento empreende-se os estudos na procura de tentar entender as condições de possibilidade para a emergência da inclusão escolar. Para tanto, traça-se um exercício genealógico analisando políticas públicas educacionais, afim de perceber quais foram os enunciados e acontecimentos que contribuíram para a formação deste discurso tão potente na atualidade...

Inclusão escolar e neoliberalismo: marcas contemporâneas na formação docente

Silva, Gisele Ruiz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
O presente estudo refere-se a uma Dissertação de Mestrado em Educação em Ciências, no qual tem- se como pressuposto pensar a Educação como uma ciência que sofre descolamentos de acordo com o contexto histórico e cultural. Para isso, recorta-se o estudo no campo da Inclusão Escolar. Com a intenção de analisar o discurso da inclusão escolar na atualidade, assume-se como corpus empírico os documentos legais sobre inclusão sancionados pelo Governo Federal Brasileiro a partir da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996 e reportagens sobre inclusão escolar publicadas na Revista Nova Escola no período entre 2008 e 2013. Para fundamentar a investigação, apóia-se em autores como Michel Foucault, Alfredo Veiga-Neto, Maura Corcini Lopes, Márcia Lunardi-Lazzarin, entre outros. Utiliza-se conceitos dos estudos foucaultianos como poder, disciplina, norma, sociedade de normalização, inclusão/exclusão, lógica (neo)liberal, enunciação, enunciado, discurso e governamentalidade, além de discutir os conceitos de identidade e diferença. Para esta tarefa, assume-se algumas ferramentas da perspectiva teórico-metodológica da Análise do Discurso em Michel Foucault. Para atender ao objetivo central, organiza-se o estudo em três momentos que dialogam entre si. Na primeira etapa...

Inclusão escolar de alunos(as) com necessidades educativas especiais a partir da perspectiva de psicólogos(as) escolares

Orozco, Lívia Barqueta
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.56%
A presente pesquisa teve como principal objetivo investigar as possíveis contribuições dos(as) psicólogos(as) escolares na inclusão de alunos(as) com necessidades educativas especiais, bem como as concepções e crenças em relação à inclusão escolar desses(as) profissionais. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, mediante uma entrevista semiestruturada. Participaram do estudo cinco psicólogos(as) escolares de escolas particulares no Distrito Federal, com idades variadas e de ambos sexos. Foram construídas três categorias analíticas temáticas para orientar o trabalho interpretativo e a discussão dos resultados. Concluiu-se, mediante as entrevistas, que os(as) profissionais de Psicologia atuam de diversas maneiras no âmbito educacional no contexto da inclusão escolar. Essas atuações vão desde acompanhamento e orientação de familiares, alunos(as), profissionais de fora da instituição escolar, Acompanhante Terapêutico Escolar, até adaptação de currículo e provas. Além disso, o significado de inclusão escolar para os(as) psicólogos(as) varia de acordo com suas crenças, ideologias e opiniões. Pôde-se compreender acerca dos principais desafios e dificuldades encontradas pelos(as) psicólogos(as) no processo de inclusão escolar desses(as) alunos(as) na escola. Foram destacados...

A inclusão escolar de alunos com necessidades educacionais especiais na educação física no ensino regular

Capuano, Guilherme Franco
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.54%
A inclusão escolar é um desafio nas escolas brasileiras, e também nas escolas de países desenvolvidos. O objetivo deste artigo é apresentar as dificuldades e algumas soluções para o êxito da inclusão escolar de Alunos com Necessidades Educacionais Especiais na Educação Física no ensino regular. O método utilizado para a pesquisa foi a revisão bibliográfica exploratória da literatura, através de artigos publicados e livros internacionais. A inclusão tem como alguns de seus princípios: a aceitação das diferenças individuais, a valorização de cada pessoa, a convivência dentro da diversidade humana e a aprendizagem da cooperação. As políticas públicas educacionais garantem a matrícula e o acesso dos alunos que necessitam de atenção e cuidados especiais, mas não garantem a permanência com qualidade, pois a lei foi mudada para uma política inclusiva, mas a estrutura excludente ainda permanece no interior da escola. A meta da inclusão é não deixar ninguém de fora do sistema escolar, o qual terá de ser adaptado às particularidades de todos os alunos. Algumas das dificuldades que atrapalham o processo de inclusão escolar são: Despreparo dos professores para lidarem com o aluno com Necessidade Educacional Especial; Escassez de disciplinas nos cursos de formação de professores; Limitações físicas e psicológicas do aluno; Estrutura física da escola; Preconceito dos demais alunos com o aluno com Necessidades Educacionais Especiais; Políticas Públicas educacionais garantem apenas a matrícula e o acesso do aluno com Necessidades Educacionais Especiais; Superproteção exercida pelos pais; Ausência de profissionais de apoio; Falta de recursos ou de adaptações necessárias. Algumas das soluções são: Melhorar a formação e a capacitação dos professores; Mudar as atitudes...

Qual é o lugar do aluno com deficiência? O imaginário coletivo de professores sobre a inclusão escolar; ¿Cual es el lugar del estudiante con deficiencia? El imaginario colectivo de los profesores sobre inclusión escolar; Which is the place of the student with deficiency? The collective imaginary of teachers regarding school inclusion

Ávila, Camila Ferreira de; Tachibana, Miriam; Vaisberg, Tânia Maria José Aiello
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
Este trabalho objetivou a investigação psicanalítica do imaginário coletivo de professores de ensino superior sobre inclusão escolar. Foi realizada uma entrevista grupal para abordagem da pessoalidade coletiva, com 12 docentes dos cursos de Letras e de Pedagogia. Para tal, utilizou-se o Procedimento Desenhos-Estórias com Tema como recurso mediador-dialógico, cabendo a cada professor produzir, individualmente, desenhos e histórias sobre o tema "aluno de inclusão". A partir deste material, analisado à luz do método psicanalítico, foram captados quatro campos psicológicos não conscientes: "o menino de sua mãe", "(in)capacidades", "onde está Wally?" e "a dor e a delícia". Em seu conjunto, tais campos revelaram a angústia despertada pelo processo de inclusão escolar nos professores que, em seu imaginário, concebem que o aluno com deficiência deve ser cuidado por sua mãe. Desse modo, compreende-se que o processo de inclusão demanda, além de informações técnicas, um espaço de cuidado emocional a estes profissionais.; Este trabajo intentó la investigación psicoanalítica del imaginario colectivo de profesores de universidad sobre la inclusión escolar. Realizamos una entrevista grupal para abordaje de la personalidad colectiva...

Facilitators and barriers in the process of school inclusion of children with special educational needs: the perception of the educators; Facilitadores e barreiras no processo de inclusão escolar de crianças com necessidades educativas especiais: a percepção das educadoras

Oliveira, Paola de Mattos Ribeiro de; Dutra, Letícia Rocha; Melo, Poliana Pires Torres; Rezende, Márcia Bastos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
The educational inclusion gained strength after the Salamanca Statement (1994). In this context, every child, regardless of their condition, became entitled to attend regular schools. Considering that it is the occupational therapist’s responsibility to contribute to the process of inclusion, the objective of this study was to know the teachers’ perception of the facilitators and barriers that are related to the process of school inclusion of children with special educational needs. The qualitative study was conducted between February and December 2011, in a childhood education public school of Belo Horizonte, with 10 educators who taught disabled children. The sample was selected by convenience, the participants responded to an open interview, and the data was subjected to content analysis. Three analytical categories were defined: “The inclusion in different views”, “It’s not because of me that the school inclusion does not happen”, and “I do my part”. The speech of the educators expose a diversity of concepts about school inclusion, about facts that act as hinderers, and about the strategies they use to contribute to this process. It was concluded that for there to be a transformation of the school and social reality...

SIGNIFICAÇÃO DO CONCEITO DE INCLUSÃO ESCOLAR PARA PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Frank, Robson; de Almeida, Luiz Fernando Garcia; Borella, Douglas Roberto; Schone, Angela; Boaro, Darlan; Harnisch, Gabriela Simone
Fonte: Conexões Publicador: Conexões
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
O presente estudo teve por objetivo investigar a significação do conceito de Inclusão Escolar na concepção dos professores de Educação Física dos colégios municipais e estaduais do município de Marechal Cândido Rondon/PR. O estudo caracterizou-se como uma pesquisa de campo, de caráter descritivo, com abordagem quali-quantitativa. A amostra foi de 14 professores, com média de idade de 34 anos. O instrumento para coleta de dados foi um questionário elaborado pelos pesquisadores, com questões abertas. Os resultados encontrados no presente estudo apontaram que quando se trata do entendimento acerca da Inclusão Escolar, 57,2% dos professores percebem como “inclusão dos alunos com deficiência na turma regular”; 35,7% a percebem como “igualdade de oportunidades e direitos de participação para todos os alunos”; ao passo que somente um (1) docente relacionou o conceito de Inclusão Escolar com a “inclusão e participação de todos os alunos”. Sabe-se que ainda serão necessárias muitas reflexões acerca da Inclusão Escolar, portanto, é imprescindível que além de continuar com pesquisas nesta área, se crie possibilidades de interação entre produção científica e os professores que estão nas escolas.