Página 1 dos resultados de 6448 itens digitais encontrados em 0.024 segundos

Um estudo empírico sobre a construção da identidade social do consumidor de toy art

Barboza, Renata Andreoni
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.18%
O objetivo deste trabalho é compreender como os consumidores de Toy Art utilizam o seu bem para constituir a sua identidade social, além de explorar este relacionamento de consumo, investigando os fatores que desencadeiam o processo de extensão de si no Toy Art. A sustentação teórica deste trabalho se deu pelo aprofundamento dos temas já levantados anteriormente por Campbell & Barbosa (2006) e McCracken (2003), em seus estudos sobre cultura e consumo; Schouten & McAlexander (1995) em sua pesquisa sobre subculturas de consumo; Hall (2005), que expôs suas teorias sobre a formação da identidade no mundo moderno; Douglas & Isherwood (2004), que estudaram os rituais de consumo; Belk (1988), com suas pesquisas sobre a extensão do self. Este estudo é de caráter exploratório, e foi conduzido com entrevistas em profundidade com o intuito de deixar emergir os sentimentos e emoções dos respondentes, para uma melhor orientação na direção das análises dos dados obtidos. Os dados foram coletados junto a 14 consumidores de Toys, de ambos os sexos, com idades entre 19 e 38 anos, residentes nos estados de Belo Horizonte, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e o Distrito Federal, durante os meses de julho e agosto de 2009. Para atingir os objetivos propostos...

Trabalho, meio ambiente e conflito : um estudo antropológico sobre a construção da identidade social dos pescadores do Parque Nacional da Lagoa do Peixe - RS

Adomilli, Gianpaolo Knoller
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Esta pesquisa consiste em uma leitura da vida social de pescadores do Parque Nacional da Lagoa do Peixe, - RS, a partir da organização do trabalho na pesca, em um contexto de conflito com a política de Parques Nacionais, procurando apreender os significados deste conflito para esta comunidade de trabalho, assim como as representações que constituem sua identidade social.

Couro é ouro : as políticas paternalistas do Curtume Mombelli e a construção da identidade social de seus trabalhadores (Tapera/RS, décadas de 1930 e 1950)

Mombelli, Cecília Soares
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
O trabalho visa a analisar a influência das políticas paternalistas na construção da identidade dos trabalhadores do Curtume Mombelli, entre as décadas de 1930 e 1940, na vila de Tapera (RS). Estudamos, no primeiro capítulo, como os “benefícios” proporcionados pelo estabelecimento, tais como educação, saúde e moradia, eram operacionalizados e percebidos pelos funcionários. Já no segundo capítulo, analisamos a participação dos jornais, livros de memórias, livros de história municipal e lembranças dos moradores da cidade na construção da memória coletiva local sobre a indústria e seu diretor, Guido Mombelli. A seguir, no mesmo capítulo, discutimos como o paternalismo e a memória contribuíram para a formação da identidade social dos empregados do Curtume.

Espaço dos pobres : identidade social e territorialidade na modernidade tardia

Marzulo, Eber Pires
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
A tese aborda a questão da identidade social no espaço dos pobres na modernidade tardia. O estudo está situado na tradição das ciências sociais que toma como elemento constitutivo da identidade social a dimensão espacial. Parte-se do problema da identidade social na modernidade tardia, desde a condição de crise das principais identidades da modernidade, a saber: a identidade individual, a nacionalidade e a identidade de classe. A crise dessas três matrizes identitárias modernas se articulam permitindo situar o espaço onde vivem os pobres na metrópole como parâmetro de definição de sua identidade social. A partir da literatura sobre o tema, dois espaços dos pobres são investigados como casos de estudo. No Brasil, a favela do Pavão-Pavãozinho, no Rio de Janeiro. Para ter elementos comparativos, fez-se uma pesquisa sobre o espaço dos pobres em Paris. Ali, o caso de estudo foi uma cité muito importante na região parisiense: Clos St. Lazare. Assim, foi possível abordar se a relação pobres-espaço é constitutiva de uma identidade social dos pobres na metrópole ocidental na modernidade tardia.; La thèse traite de la question de l’identité sociale entre ceux qui vivent dans les espaces des pauvres en la modernité tardive. L’étude est à l’intérieur d’une très grande tradition dans les sciences sociales qui présente comme un des éléments constitutifs de l’identité social la dimension spatiale. D’abord...

De vocação para profissão : organização sindical docente e identidade social do professor

Rêses, Erlando da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2008.; O sindicalismo operário surge no século XIX e se desenvolve com grandes mobilizações sociais durante as primeiras décadas do século XX no Rio de Janeiro. Registra-se, neste período, a existência de greves que envolveram diversas categorias profissionais. E o setor educacional como se encontrava? As condições da escola pública eram precárias, o analfabetismo alarmente e a profissão de professor desvalorizada, devido à existência de poucas escolas oficiais. O estímulo ao ingresso no ensino superior pelas camadas mais abastadas da sociedade à época, motivava a proliferação do ensino particular. Diante de tais fatos, o estudo averiguou se a formação da organização sindical docente da educação básica no Rio de Janeiro foi tardia comparativamente à estruturação das organizações sindicais operárias, tarefa que exige reconstruir a origem do sindicalismo docente e as condições de sua emergência. Para a consecução do objetivo da análise da formação tardia ou não do sindicalismo docente foram realizados pesquisa documental e levantamento de dados primários e secundários. Foram feitas entrevistas em profundidade com 18 sujeitos com vinculação direta ou indireta ao sindicalismo docente da educação básica no Rio de Janeiro...

Identidade social e estereótipos sociais de grupos em conflito : um estudo numa organização universitária

Cabecinhas, Rosa; Lázaro, Alexandra
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 POR
Relevância na Pesquisa
66.25%
Em psicologia social, o conceito de identidade social tem sido bastante utilizado na descrição e análise do comportamento intergrupal, nomeadamente dos comportamentos de discriminação entre grupos sociais. Neste artigo apresentamos uma metodologia de avaliação da identidade social, já testada por outros autores (e.g., Monteiro, Lima e Vala, 1991), e pretendemos verificar a existência de uma relação entre identidade social, a criação de estereótipos e os comportamentos de discriminação intergrupal. A investigação que apresentamos analisa as representações e comportamentos de dois grupos em conflito numa organização universitária. Vamos verificar, para cada grupo: a) se a descrição do seu grupo (auto-descrição) contem características mais positivas do que a descrição do outro grupo (hetero-descrição); b) se uma identidade social elevada conduz à acentuação da discriminação intergrupal, isto é, se os estereótipos e os comportamentos de diferenciação se tornam mais extremos.

Identidade social: um conceito chave ou uma panaceia universal?

Monteiro, Maria Benedicta; Lima, Maria Luísa; Vala, Jorge
Fonte: CIES-ISCTE Publicador: CIES-ISCTE
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/1991 POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
O conceito de identidade social tem, nos últimos anos, sido progressivamente mais utilizado na descrição e explicação do comportamento social. No contexto da psicologia social, este conceito é apresentado por Henri Tajfel na teoria das relações intergrupos, como a causa dos comportamentos de discriminação entre grupos sociais, mas esta relação não se tem conseguido demonstrar empiricamente. Neste artigo, a par da apresentação de uma nova metodologia de avaliação da identidade social, pretendeu-se verificar a existência da relação proposta na teoria, utilizando os estereótipos que os estudantes de OGE do ISCTE têm acerca do seu próprio grupo e do grupo dos estudantes de Sociologia. Os resultados mostram que: 1) o estereótipo do seu grupo é mais positivo do que o do outro grupo; 2) o estereótipo do seu grupo contem as características a que atribuem maior valor, deixando preferencialmente para os estudantes de Sociologia as características que menos valorizam; 3) a identidade social elevada extrema deste padrão de discriminação. Este contributo para a confirmação da hipótese de Tajfel é discutido no contexto da sua teoria sobre a identidade social e as relações intergrupos.; In recent years, social sciences have often used the social identity concept to describe and explain social behaviour. In Social Psychological research...

O autoconceito x a identidade social desejada do enfermeiro

Cade,Nágela Valadão
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1998 PT
Relevância na Pesquisa
66.18%
O trabalho utiliza o Inventário de Identidade Social de Zavalloni para levantar o autoconceito e a identidade social desejada de um grupo de enfermeiros lotados em um hospital universitário. Os dados foram tratados pelo método de Análise de Conteúdo, utilizando-se categorias não definidas a priori. Constatou-se a dificuldade de os enfermeiros fazerem referência de atributos positivos que tenham conotação profissional, quando verbalizaram sobre o autoconceito relacionado à profissão, e os atributos citados não atendem às expectativas, desses profissionais, quanto ao desejo de uma identidade valorizada.

Identidade social em movimento: a comunidade japonesa na grande Vitória (ES)

Suda,Joyce Rumi; Souza,Lídio de
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.2%
O presente trabalho objetivou identificar a identidade social de japoneses residentes na Grande Vitória (ES) a partir de informações sobre o próprio grupo e suas relações cotidianas, verificando-se também a existência de indícios de preconceito ou de tratamento discriminatório. Participaram da pesquisa 20 sujeitos, japoneses ou descendentes, de ambos os sexos, jovens e adultos. Os dados foram coletados através de entrevistas que exploraram os seguintes temas: namoro e conjugalidade, padrões estéticos, preconceito e estereótipo, identidade social e adaptação. Os resultados indicaram a existência de semelhanças e diferenças no que diz respeito à identidade do japonês capixaba, definida através da comparação com as características identitárias de japoneses de outros Estados.

Relato de intervenção em psicologia: identidade social do agente comunitário de saúde

Mendes,Flávio Martins de Souza; Ceotto,Eduardo Coelho
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.14%
A profissão de Agente Comunitário de Saúde (ACS) é ainda nova no Sistema Único de Saúde (SUS). Em função disso, percebe-se a existência de certas dificuldades na compreensão da identidade desses profissionais, pela sua característica de atuar como elo da Unidade Básica de Saúde (UBS) com a comunidade. O objetivo deste trabalho é relatar uma intervenção em Psicologia realizada com Agentes Comunitários de Saúde de uma UBS da região continental de Vitória (ES). A intervenção teve como intuito identificar aspectos da identidade social que interferem na qualidade de vida e no trabalho desses profissionais. Foram realizadas 15 oficinas com média de 11 participantes, entre junho e dezembro de 2008. Algumas questões foram percebidas no grupo: dificuldade de interação entre si e com os demais profissionais da unidade; pouco sentimento de pertença; baixa auto-estima; dificuldade em construir alternativas para mudança. Com o trabalho realizado pela Psicologia, foi possível perceber mudanças na forma como as agentes lidavam com os problemas do dia a dia, pensando no grupo de maneira mais coletiva, percebendo sua profissão como importante para o SUS, o que permitiu, apesar das questões inerentes à prática profissional...

A biblioteca pública e os domínios da memória, da mediação e da identidade social

Gomes,Henriette Ferreira
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.12%
Como resultado de pesquisa bibliográfica o texto aborda brevemente o percurso histórico da biblioteca enquanto espaço social de cultura, buscando evidenciar os contextos que fizeram emergir três paradigmas que nortearam o trabalho da biblioteca: da conservação, difusão e apropriação cultural. Tais paradigmas definiram as funções da biblioteca pública. Entretanto, o paradigma da apropriação cultural foi promotor de uma consciência mais clara quanto ao lugar relevante da mediação da informação. Ao posicionar a apropriação cultural na centralidade da missão desse ambiente social, os comportamentos e necessidades dos seus usuários conquistaram o status de objeto de atenção para o desenvolvimento do trabalho com a informação, tornando mais evidente a condição da biblioteca enquanto espaço de mediação cultural. Esse debate aponta a urgência de ressignificação das atividades e práticas culturais desenvolvidas pela biblioteca, como também de suas práticas gestoras, de modo a assegurar uma perspectiva dialógica do seu trabalho, necessária ao processo de mediação e apropriação da informação. Conclui-se que a constituição e preservação da memória foram elementos determinantes do aparecimento da biblioteca...

A naturalização da identidade social precarizada na indústria do alumínio primário paraense

Barbosa,Attila Magno e Silva
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.09%
O objetivo deste trabalho é analisar em que medida o processo de terceirização em uma indústria de alumínio primário no município de Barcarena, no estado do Pará, produz diferenciações nas identidades sociais dos trabalhadores diretos e dos terceirizados. Como se sabe, os terceirizados possuem estatuto diferenciado no espaço de trabalho, o que os exclui da rede de benefícios oferecida pelas empresas. Nesse sentido, a sociedade passa a conviver não apenas com a fragilidade presente na relação salarial, mas também com o desmoronamento dos princípios reguladores da sociabilidade entre os trabalhadores. A hipótese levantada é a de que os estatutos mais precários que fundamentam a condição dos terceirizados se estendem por toda a constituição da vida social destes e lhes confere uma identidade social distinta. Foram realizadas 15 entrevistas com cada grupo de trabalhadores e duas entrevistas com dirigentes sindicais, também analisamos o acordo coletivo dos trabalhadores diretos com a empresa e os relatórios anuais desta desde o ano de 2003.

A produção discursiva da identidade social no contexto de uma torcida jovem organizada

Santos, Vanessa Conceição Alves dos; Oliveira Filho, Pedro de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
66.16%
O esporte é, historicamente, um dos fenômenos socioculturais mais importantes e presentes na humanidade, mobilizando um grande número de pessoas devido a sua capacidade de evocar as mais diversas manifestações. Ao enfocar o futebol, modalidade desportiva mais popular do mundo, e no Brasil em particular, como o desporto detentor de grande fascínio para a sociedade, observa-se que o torcedor não se reconhece mais, apenas, como um mero espectador de uma partida de futebol. Notoriamente conhecidas como Torcidas Organizadas, estas associações têm se destacado nos últimos anos, como um fenômeno crescente em torno de organizações desportivas comumente avaliadas como responsáveis pela difusão de novas dimensões culturais e simbólicas no comportamento dos envolvidos. De acordo com a literatura, o compartilhamento de idéias de um determinado grupo contribui para o sentimento de pertença a esse grupo. A partir do instante que se identifica com os ideais do grupo, o jovem tende a expressar, em alguns casos de forma extrema, seus sentimentos de pertencimento em um grupo que o acolhe. É nessa perspectiva que comumente as torcidas organizadas têm sido associadas a atos de violência, em especial pela mídia impressa. Considerando que a formação de uma identidade grupal geralmente é materializada por sinais visíveis de afiliação...

Imaterialidade do Patrim??nio e Identidade Social: uma an??lise da lei Robin Hood de Minas Gerais; Imaterialidade do Patrim??nio e Identidade Social: uma an??lise da lei Robin Hood de Minas Gerais

CAMPOS, Yussef Daibert Salom??o de
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; Progama de P??s-Gradua????o em Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; Progama de P??s-Gradua????o em Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
The dissertation studies the relationship between social identity and cultural property, especially the intangible heritage one. This is carried out through the study of specific legislation, focusing on the Robin Hood Act, Minas Gerais, which deals with the transfer of state tax to municipalities that provide attention to their cultural property. The main objective of this study is highlight the social identity as a legitimizing protection of cultural heritage in all its categories and demonstrate that we should not build a pyramid hierarchy between the categories of cultural heritage, and more: that national identity is formed by a myriad of local identities, understood as concepts constructed from conflicts and disputes between these identities, which result in certain political practices. In addition, the study analyses how the law acts constructs imagined communities. This can be seen from the analysis of relevant legislation, as well as in comparison to Brazilian legislation, in particular the mining and the law of "Ciudad Autonoma de Buenos Aires", Argentina. Through this study will be seen that cultural heritage is a field of conflict between identities, and that the public practice in this area are a reflection of this standoff; Essa disserta????o estuda a rela????o entre identidade social e patrim??nio cultural...

Identidade social e auto conceito do dançarino em cadeira de rodas; Social identity and self concept of wheelchair dancer

Keyla Ferrari Lopes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.21%
A atualidade tem revelado dentre muitos fenômenos plausíveis de estudos, aqueles relacionados à atividade física e à pessoa em condição de deficiência. Neste sentido, este estudo busca refletir sobre a identidade social e auto - conceito do dançarino em cadeira de rodas no contexto de espetáculos abertos ao público e nas relações estabelecidas entre os dançarinos e os expectadores. Assim entende-se, para os fins propostos deste estudo, que a dança se faz relevante na medida em que cria um ambiente para a comunicação entre grupos ou identidades sociais, construídas na relação com o "outro". Como técnica de coleta de dados, realiza-se entrevistas com dançarinos atuantes em grupos e companhias de dança em cadeira de rodas, utilizando procedimentos da técnica de análise de conteúdo, a fim de levantar indicadores para análise das respostas dos dançarinos entrevistados. Por meio do material coletado nos foi possível tecer considerações sobre a identidade social e o papel social do artista dançarino com deficiência mediado pelas relações estabelecidas entre a dança, corpo com deficiência, sociedade e auto - conceito mediado pelas relações e feedbacks entre dançarinos e expectadores nos contexto dos ensaios...

Politica de representação e identidade social na cultura popular : uma analise pragmatica por meio das praticas discursivas dos agentes sociais e da midia; Political representation and social identity in popular culture : a pragmatical analysis through social agent´s and media´s discoursive practices

Jorge França de Farias Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.3%
Esta pesquisa tem por objetivo, a partir da perspectiva pragmática, investigar a política de representação e a (co)construção da identidade social dos agentes representantes de práticas discursivas da cultura popular pernambucana (grupo indígena Xucuru e sua prática popular de toré; grupo Encanto das Caraíbas e sua prática popular de reisado; e grupo Raízes de Arcoverde e sua prática popular de samba de coco). Especificamente, analiso a representação das práticas discursivas dos agentes sociais dessa cultura popular por meio dos processos de referenciação, constituintes de estereótipos - ao observar a representação tanto a partir dos próprios discursos de seus agentes quanto pelos discursos que a mídia jornalística constrói para representá-los. Parto da hipótese de que a identidade social desses agentes é transformada politicamente e se (co)constrói pelos vários discursos em circularidade no interior de suas representações. Assumo o ponto de vista de Hall (2002) ao dizer que a identidade social não é algo inato, é imaginário e formado e transformado no interior da representação, ou seja, pelo modo como podemos identificar uma cultura local por meio das práticas discursivas expressas por essa cultura. A metodologia utilizada foi fundamentada a partir de pesquisas de campo e se constituiu pelos seguintes passos: i) observar apresentações de agentes sociais da cultura popular pernambucana a fim de analisar as práticas populares citadas acima; ii) observar e entrevistar os grupos representantes dessa cultura popular em seus lugares de origem: Pesqueira...

O processo de construção identitária do professor no Brasil: um estudo à luz da teoria da identidade social de Tajfel

Oliveira, Elisete de Queiroz
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.26%
O tema identidade social do professor assume considerável significação, pois está inserido em uma discussão muito mais ampla, complexa e presente nos nossos dias, mas que está ainda por merecer dos autos escalões do governo e da sociedade de modo geral a importância devida. O papel do professor na edificação da sociedade é extremamente importante considerando ser ele um agente dessa expectativa transformadora que se deseja para os indivíduos. A presente pesquisa busca efetuar uma análise histórico-social do papel do professor na sociedade brasileira e tecer algumas considerações que expliquem os inúmeros e recentes relatos dando conta do desprestígio da categoria perante a comunidade, do desrespeito com que seus integrantes são tratados por alunos e seus pais, e do risco imposto à atividade nos dias atuais. Nesse sentido, foram efetuadas entrevistas semiestruturadas com oito docentes de instituições de ensino público, do nível fundamental II, em duas Regiões Administrativas do Distrito Federal. Os relatos foram estudados por análise de conteúdo temática, apresentando quatro grandes temas: o exercício da docência, a violência escolar, as relações do professor e o adoecimento profissional. Para compreender a identidade profissional dos docentes...

Relato de intervenção em psicologia: identidade social do agente comunitário de saúde; Psychology intervention report: social identity of the community health agent

Mendes, Flávio Martins de Souza; Ceotto, Eduardo Coelho
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
A profissão de Agente Comunitário de Saúde (ACS) é ainda nova no Sistema Único de Saúde (SUS). Em função disso, percebe-se a existência de certas dificuldades na compreensão da identidade desses profissionais, pela sua característica de atuar como elo da Unidade Básica de Saúde (UBS) com a comunidade. O objetivo deste trabalho é relatar uma intervenção em Psicologia realizada com Agentes Comunitários de Saúde de uma UBS da região continental de Vitória (ES). A intervenção teve como intuito identificar aspectos da identidade social que interferem na qualidade de vida e no trabalho desses profissionais. Foram realizadas 15 oficinas com média de 11 participantes, entre junho e dezembro de 2008. Algumas questões foram percebidas no grupo: dificuldade de interação entre si e com os demais profissionais da unidade; pouco sentimento de pertença; baixa auto-estima; dificuldade em construir alternativas para mudança. Com o trabalho realizado pela Psicologia, foi possível perceber mudanças na forma como as agentes lidavam com os problemas do dia a dia, pensando no grupo de maneira mais coletiva, percebendo sua profissão como importante para o SUS, o que permitiu, apesar das questões inerentes à prática profissional...

Catadores de Material Reciclável e Identidade Social: Uma Visão a Partir da Pertença Grupal; Recycable Materials Collectors and Social Identify From the Point of View of Group Membership

Matos, Tereza Glaucia Rocha; Universidade de Fortaleza; Maia, Luciana Maria; Universidade de Fortaleza; Maciel, Regina Heloisa; Universidade de Fortaleza
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
Este trabalho objetivou analisar a identidade social de catadores de material reciclável, ligada às posições que ocupam na sociedade, decorrentes de suas pertenças sociais. Realizaram-se grupos focais com catadores de depósitos e de associações. Os discursos mostram que os catadores reconhecem os estigmas atribuídos à sua atividade e que permanecem nela por falta de outras oportunidades de trabalho. Nos catadores associados destaca-se uma visão mais crítica acerca do papel que desempenham na sociedade, pois sua participação nessa organização torna possível a mudança da realidade social e de como são percebidos. Conclui-se que os catadores não conseguem vislumbrar uma identidade social própria, escolhida, mas sim uma identidade cuja construção decorre da consciência de integrarem uma categoria de trabalhadores. Palavras-chave: catadores; identidade social; associação de trabalhadores. ; This work analyzes the recyclable material collectors' social identity, linked to the position they occupy in society as a consequence of their social membership. Focus groups took place with collectors from associations and deposits. Their discourse shows recognition of the stigmas attached to their activity and also that they persist as collectors for lack of other employment opportunities. Associated collectors have a more critical view about their role in society: being an associated collector makes it possible to change their social reality and also the way they are perceived by others. We conclude that collectors cannot envision a chosen...

Identidade social, auto-estima e resultados escolares

Senos,Jorge
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1997 PT
Relevância na Pesquisa
66.09%
A existência de uma associação positiva entre a auto-estima e os resultados escolares, bem como a identificação de estratégias de manutenção da autoestima perante o insucesso escolar, constituem matéria de crescente importância no domínio da psicologia educacional. Neste estudo pretende-se verificar, na linha teórica da identidade social, a mobilização de uma estratégia de protecção da auto-estima perante o insucesso escolar, centrada na dinâmica social do grupo de pares, nu-m escalão etário em que existe uma tendência para uma mais estreita afiliação de pares, enquanto as influências familiares e parentais tendem a diminuir. No quadro deste objectivo, postula-se que os alunos com mais fraco rendimento académico tenderão a for-mar grupos de pares de rendimento contrastado, exibindo uma auto-estima com valores idênticos aos dos alunos com melhor rendimento académico, piores expectativas e uma atitude negativa face ao trabalho escolar.