Página 1 dos resultados de 612 itens digitais encontrados em 0.041 segundos

A humanização do cuidado na formação dos profissionais de saúde nos cursos de graduação; The humanization of care in the education of health professionals in undergraduate courses; La humanización del cuidado en la formación de los profesionales de salud en los cursos de graduación

Casate, Juliana Cristina; Corrêa, Adriana Katia
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.39%
A proposta desta pesquisa bibliográfica é conhecer e analisar a produção científica do campo da saúde, em periódicos nacionais, sobre o ensino da humanização do cuidado nos cursos de graduação. Realizou-se um levantamento bibliográfico na base de dados LILACS, utilizando o termo humanização, com textos publicados a partir do ano de 2000 até 2010, sendo analisados 42 artigos. Da análise dos artigos emergiram temáticas centrais: Humanização: algumas considerações sobre seus conceitos; Universidade e as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação na Área da Saúde: relações com o ensino da humanização; Mudanças curriculares, conteúdos e estratégias de ensino-aprendizagem no cuidado humanizado e Sujeitos do processo ensino-aprendizagem: alunos e professores na aprendizagem da humanização do cuidado. Alguns elementos teórico-práticos vêm sendo construídos sobre o ensino da humanização no contexto de saúde, sendo imprescindível, todavia, maiores investimentos na construção efetiva de novos modos de cuidar.

A mediação de leitura como recurso de comunicação com crianças e adolescentes hospitalizados: subsídios para a humanização do cuidado de enfermagem; The reading mediation as a communication resource for hospitalized children and adolescents: support for the humanization of the nursing care

Ceribelli, Carina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.14%
O Projeto Biblioteca Viva em Hospitais é uma estratégia adotada por diversas instituições de saúde com o objetivo de levar à criança e ao adolescente hospitalizados a mediação de leitura de histórias infanto-juvenis por intermédio de profissionais e voluntários capacitados para tal função. A leitura terapêutica tem sido amplamente utilizada dentro e fora do hospital, por diversos profissionais, como os bibliotecários, fonoaudiólogos, psicólogos, pedagogos, enfermeiros e terapeutas ocupacionais. O objetivo deste trabalho é apreender em que medida a estratégia da mediação de histórias infanto-juvenis proposta pelo Projeto Biblioteca Viva em Hospitais pode ser um recurso de comunicação com a criança e o adolescente hospitalizados. Para tanto, a coleta de dados empíricos foi realizada mediante a observação de sessões de mediação de leitura e entrevista semi-estruturada com o mediador e as crianças maiores de sete anos. Procedemos à análise qualitativa dos dados os quais foram organizados ao redor dos seguintes temas: aprendendo com as histórias; as histórias e as possibilidades terapêuticas e a comunicação e a contação de histórias. Constatamos que a mediação de leitura facilita os diálogos e o estabelecimento de relacionamentos durante a hospitalização...

A humanização do cuidado pré e pós-natal em uma organização não-governamental; The humanization of antenatal and postnatal care in a non-governmental organization

Lima, Ana Paula Campos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.45%
A humanização do cuidado ao ciclo grávido-puerperal no Brasil é marcada por distintos sentidos e experiências. Diante de tal diversidade, um conceito de humanização foi elaborado no presente trabalho, a partir de uma análise de documentos do Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento (PHPN), lançado pelo Ministério da Saúde em junho de 2000. Tal conceito norteou o estudo, que se constituiu em uma pesquisa qualitativa de referencial fenomenológico-existencial realizada, à luz do PHPN, no ambulatório de uma organização não-governamental que presta uma atenção pré e pós-natal autorreferida como humanizada. Teve como objetivos: observar, descrever e compreender como se dá a humanização de tal atenção, tendo em vista as inter-relações de alguns dos sujeitos envolvidos em sua produção (usuárias, colaboradores e coordenadores) e o cenário no qual tais inter-relações se dão; compreender de que forma os processos de acolhimento e de produção de vínculo estabelecem relações com a humanização do cuidado, caso tais aspectos se fizessem presentes no serviço estudado; e refletir sobre elementos que favoreçam a superação de algumas das contradições que permeiam o campo da humanização. A coleta de dados foi realizada a partir de observação participante...

A humanização do cuidado na formação dos profissionais de saúde nos cursos de graduação; Humanization of care in the training of health professionals in undergraduate programs.

Casate, Juliana Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.47%
A temática humanização do cuidado vem sendo considerada na formação dos profissionais de saúde, nos cursos de graduação, tendo em vista que os alunos podem ser sujeitos implicados na transformação das práticas de saúde, incorporando novos valores que podem possibilitar a construção de modos de cuidar mais solidários em sua futura prática profissional. O objetivo deste estudo é conhecer e analisar a produção científica do campo da saúde, em periódicos nacionais, sobre o ensino da humanização do cuidado, nos cursos de graduação. O estudo foi elaborado seguindo os pressupostos da pesquisa bibliográfica, sendo realizado levantamento bibliográfico na Base de Dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), em um período de dez anos, utilizando o termo humanização, com textos publicados a partir do ano de 2000 até 2010. Foram inicialmente encontrados 871 artigos e, tendo em vista o objetivo e foco de interesse centrado no ensino da humanização em saúde, foram selecionados 55 artigos. Foi realizada a leitura analítica, sendo determinados 42 artigos publicados, nos periódicos científicos nacionais, que de fato respondiam ao objetivo do estudo. Por meio da leitura interpretativa...

Avaliação da humanização do cuidado de enfermagem às pessoas com diabetes mellitus

Arruda, Cecília
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.43%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010; Trata-se de uma pesquisa qualitativa cujo objetivo foi avaliar a humanização na prática do cuidado de enfermagem a pessoas com diabetes mellitus (DM), sob a perspectiva dos usuários de um serviço de assistência especializada ambulatorial de uma instituição hospitalar de ensino pública do Sul do país, tendo como referência a Política Nacional de Humanização (PNH) do Ministério da Saúde/Brasil (MS). A coleta de dados ocorreu entre março e maio de 2010, por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com vinte pessoas com DM, usuárias do referido ambulatório. A análise dos dados seguiu os processos de apreensão, síntese, teorização e recontextualização dos dados. Obedecemos aos aspectos éticos de acordo com a Resolução nº 196/96 CNS/MS. Os resultados são apresentados em dois artigos: 1) Acolhimento e Vínculo na Humanização do Cuidado de Enfermagem às Pessoas com Diabetes Mellitus, apontando que os usuários valorizam a escuta e o diálogo, o relacionamento horizontal, amigável e afetivo, o compromisso, a resolutividade e o saber científico das enfermeiras. O acolhimento é reconhecido como parte dos cuidados de enfermagem e há vínculo estabelecido com as enfermeiras...

A humanização do cuidado na formação dos profissionais de saúde nos cursos de graduação

Casate,Juliana Cristina; Corrêa,Adriana Katia
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.36%
A proposta desta pesquisa bibliográfica é conhecer e analisar a produção científica do campo da saúde, em periódicos nacionais, sobre o ensino da humanização do cuidado nos cursos de graduação. Realizou-se um levantamento bibliográfico na base de dados LILACS, utilizando o termo humanização, com textos publicados a partir do ano de 2000 até 2010, sendo analisados 42 artigos. Da análise dos artigos emergiram temáticas centrais: Humanização: algumas considerações sobre seus conceitos; Universidade e as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação na Área da Saúde: relações com o ensino da humanização; Mudanças curriculares, conteúdos e estratégias de ensino-aprendizagem no cuidado humanizado e Sujeitos do processo ensino-aprendizagem: alunos e professores na aprendizagem da humanização do cuidado. Alguns elementos teórico-práticos vêm sendo construídos sobre o ensino da humanização no contexto de saúde, sendo imprescindível, todavia, maiores investimentos na construção efetiva de novos modos de cuidar.

O discurso e a prática do cuidado ao recém-nascido de risco: refletindo sobre a atenção humanizada

Rolim,Karla Maria Carneiro; Cardoso,Maria Vera Lúcia Moreira Leitão
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.23%
Este estudo identificou a opinião da enfermeira acerca da humanização do cuidado ao récem-nascido (RN) de risco na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e a seus familiares. Foi utilizado como referencial teórico-metodológico a Teoria de Paterson e Zderad (1976). O cenário para execução desse estudo foi a UTIN de uma maternidade pública na cidade de Fortaleza-CE, no período de abril a julho de 2003. Os sujeitos da pesquisa foram seis enfermeiras atuantes na UTIN. Realizou-se entrevistas com as enfermeiras participantes do estudo. As temáticas extraídas dos discursos das participantes foram: humanização, sensibilização, conscientização e cuidado. Conclui-se que, no cuidado humanizado de bebês de alto risco, é imprescindível a comunhão do discurso com a prática.

Representações sociais da humanização do cuidado na concepção de usuários hospitalizados

Chernicharo,Isis de Moraes; Freitas,Fernanda Duarte da Silva de; Ferreira,Márcia de Assunção
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.35%
As Representações Sociais relacionam conhecimentos e ideias novas que se apresentam ao sujeito, com valores, ideias e teorias preexistentes e internalizadas na cultura, buscando a construção de uma realidade comum a um conjunto social. Portanto, esta pesquisa tem como objetivo identificar os elementos que constituem as representações dos usuários hospitalizados sobre a humanização do cuidado. É uma pesquisa qualitativa tendo como sujeitos quinze usuários hospitalizados no setor de clínica médica de um hospital universitário público federal do município do Rio de Janeiro - RJ. Foram realizadas entrevistas individuais e observação sistemática. As concepções dos sujeitos sobre humanização remetem às relações estabelecidas entre o profissional e o usuário no cuidado, e à política gestora da saúde-assistência. Nesse sentido, a lógica de construção das ideias dos usuários sobre humanização passa tanto por questões de caráter objetivo (gestão, mudança nas práticas e comportamentos) como de caráter subjetivo (empatia, relações profissional-cliente e questões emotivas), o que indica que a humanização tem uma vertente mais ampla, que atravessa de forma mais geral os grupos sociais, e uma vertente mais restrita...

Humanização no cuidado de enfermagem nas concepções de profissionais de enfermagem

Chernicharo,Isis de Moraes; Silva,Fernanda Duarte da; Ferreira,Márcia de Assunção
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.35%
Pesquisa sobre os elementos que constituem as concepções de profissionais de enfermagem sobre a humanização do cuidado. Participaram 12 profissionais que atuam no cuidado de enfermagem, na clínica médica de um hospital público federal. Realizaram-se entrevistas individuais, semiestruturadas e observação sistemática. As concepções dos sujeitos sobre humanização remetem ao cuidado empírico (conhecimento científico), estético (a arte da enfermagem), pessoal (autoconhecimento) e moral (o cuidado ético). Conclui-se que a humanização no cuidado tem estreita aproximação com as relações interpessoais e com a gestão de saúde, tornando necessário um maior investimento no preparo de profissionais para que estes tenham uma abordagem mais humana e menos protocolar, que interfira na qualidade do cuidado.

As dimensões do cuidado da enfermeira na unidade de terapia intensiva

Ribeiro, Yonara Cristiane
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.24%
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo desvelar os significados do que é o "cuidado" para enfermeiras que trabalham em Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular do Paraná. Desenvolveu-se, pois, uma pesquisa empírica de cunho qualitativo com base na perspectiva fenomenológico-existencial. O cenário em que o estudo se desenvolveu foi o Hospital São Lucas da Faculdade Assis Gurgacz - FAG na cidade de Cascavel (PR) e teve, como colaboradoras, seis enfermeiras da Unidade de Terapia Intensiva. Os depoimentos foram coletados a partir de uma entrevista semi-estruturada, analisados à luz da fenomenologia. A análise dos depoimentos foi baseada na proposta fenomenológica empírica de Amedeo Giorgi, que segue quatro passos: apreender o significado dentro da estrutura global por meio da leitura atenta do conteúdo total, expresso de forma a identificarem-se atributos ou elementos presentes; identificar as unidades de significado dentro da perspectiva da pesquisadora por meio da releitura do texto e transformar as expressões do sujeito em linguagem de pesquisa, para que sejam discriminadas afirmações significativas; refletir intuitivamente para captar aquilo que é significativo nas unidades, tendo sempre a questão norteadora como orientação e por fim...

Hospital humano: etnografia da humanização hospitalar na perspectiva de usuários

Gomes, Annatália Meneses de Amorim
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.25%
This ethnographic work studies the experiences of patients admitted in public (PUH) and private (PRH) hospitals in the Brazilian northeastern region. 28 adult patients of different clinics participated in the study. Data were analyzed by the patient path method, consisting in a combination of complemented and articulated techniques free observation, participating observation, ethnographic interview and patient testimonials collected prospectively during the patients admissions, from their arrival and until their discharge. The analysis was carried out according to the Thematic Categories Analysis Technique and the data were interpreted pursuant to medical anthropology, healthcare humanization and healthcare promotion theoretical references. The ethical principles of Resolution 196/96 were followed. The human hospital, as revealed by the patient, highlights the significance of subjectivity. 225 (54.7%) out of 411 mentioned concepts were collected in a public hospital (PUH) and 186 (45.3%) in a private institution (PRH). The results show that the patient at the PUH and PRH ethnoevaluates different aspects of the healthcare professionals´ human and technical competence, the hospital´s functioning structure, the access to and the ethics in the financial management...

Registro de enfermagem no prontuário em um hospital universitário: uma busca pela humanização do cuidado

Silva, Maria da Guia Feliciano da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.16%
T he aim of this study is to analyze the view of nurses about nursing records in the patient chart, in perspective of the record of humanized care. This is a case study, with qualitative approach. For its achievement, was sought and granted authorization from the direction of the Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) and the Ethics Committee in Research of HUOL as Statement No. 422/10. During data collection, interviews were conducted with 20 nurses of the institution. The data analysis was based on the theoretical framework of Minayo to thematic content analysis, grounded in authors who work with themes, nursing records and quality care. With the empirical material, we constructed a framework of analysis, which was identified four categories thus nominated, "Reading and learning from those who register," "nursing records and quality of care," "the essence of nursing records" and "intention and action on the record of the subjective aspects of the patient." The results show that the records are insufficient, even in the case of the procedures performed with the patients often do not inform about the aspects that deal with the subjectivity that surround it, and admit that the records do not represent a parameter for evaluating the quality of care at least at that institution. In summary...

Humanização do cuidado em terapia intensiva: saberes e fazeres expressos por enfermeiros; Humanization of the Intensive Care Unit Assistance:knowledge and practices expressed by nurses

OLIVEIRA, Nara Elizia Souza de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.42%
The Intensive Care Unit (ICU) provides treatment to seriously ill patients and those at risk of death. Due to complex activities in order to maintain life within these sectors, there is an overestimation of technology to the detriment of human aspects. Furthermore, this has aroused studies which highlight the importance of humanized care in order to provide nursing assistance that meets the biopsychosociospiritual needs of patients. In despite of the efforts made it is still noticeable in these units the inhuman or careless assistance provided to patients and their families. Based on these arguments this study aims to: analyze the constitution of nursing knowledge and practices in the Intensive Care Units (ICU) with the purpose of humanizing nursing assistance; describe the nurses conception of humanized nursing assistance within the ICU; identify and describe the mobilized, transposed and learned knowledge of nursing practice aiming to humanization. In this regard, a descriptive exploratory study of a qualitative approach was carried out in an adult ICU at a public hospital in Goiânia. Seven nurses participated in this study. Data were collected through individual semi structured interviews, recorded in digital media. The treatment of the collected material was based on thematic content analysis...

Humanização do cuidado no ambiente hospitalar: percepção de enfermeiros de um hospital universitário; Care Humanization in hospital settings: perceptions of nurses working at a school hospital

SANTOS, Nilde Resplandes dos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.51%
Humanizing healthcare assistance has become an emergent theme being discussed over decades, and in the most recent years such debates have become more intense regarding how to take more effective actions on care by valuing the human condition. Nurses are considered a key element to visibility of humanized care in the hospital setting due to their sensitivity to the perception of patient s subjectivity and for having the sense of care solidified under ethical humanistic values as the existential reason of their profession. This is a qualitative descriptive exploratory study aimed at analyzing the concept on humanized care the nurses working in hospital assistance have. It was conducted in a school hospital, located in Midwestern Brazil, with the participation of 27 nurses acting on inpatients direct assistance. Data was collected through semi-structured individual interviews and were submitted to the content thematic analysis.Thus, we have come up with four main categories and their subcategories revealing the respondents perception concerning care humanization in the hospital context, namely: conception of humanized care; caregivers conception under the humanized assistance perspective; the paradox of the humanized care in the hospital setting; echoes of the Permanent Education Project on relative practice and concepts to the humanizado care. By the end of this study...

Na busca de evidências científicas para a humanização do cuidado na enfermagem oncológica

FERREIRA, Bráulia Gomes Martins; NASCIMENTO, Edvane da Conceição
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.31%
Este estudo teve como objetivo identificar do ponto de vista teórico, as características do cuidado humanizado na assistência de enfermagem direcionada ao paciente oncológico. Para isso, foi realizada uma pesquisa bibliográfica na base de dados SciELO (Scientific Electronic Library Online). Também foram utilizados livros e documentos voltados para humanização na assistência de enfermagem oncológica obtidos na Biblioteca “Jorge José Alves da Silva”, da Universidade Municipal de São Caetano do Sul. A seleção e análise dos artigos ocorreram no período compreendido entre os meses de março a outubro de 2012. Foram identificados um total de 21 artigos que atendiam aos critérios de seleção. A análise das informações foi realizada por meio da leitura exploratória dos artigos selecionados. A síntese dos dados foi realizada de forma descritiva. Foram identificadas três categorias temáticas que permitem concluir o seguinte: O câncer gera mudanças que interferem na vida da pessoa, não apenas físicas, mas sociais, espirituais e principalmente emocionais. É uma doença, ainda, percebida como um castigo e sinônimo de morte. O enfermeiro torna-se elemento fundamental no tratamento do paciente com câncer, e precisa de habilidades tanto técnico-científicas como de relações interpessoais. O cuidado ao paciente com câncer deverá considerar a humanização como premissa que sustenta o fazer na enfermagem. O cuidado humanizado na abordagem integral implica o envolvimento do “ser enfermeiro” que transcende o cuidado na relação com o paciente com câncer e sua família.

A humanização do cuidado na assitencia hospitalar ao parto : uma avaliação da qualidade; Humanizing the hospital attendance care to delivery : evaluating the quality

Elizabeth Eriko Ishida Nagahama
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.15%
Esta pesquisa objetivou avaliar a qualidade da atenção ao parto nos dois hospitais de referência para atendimento ao parto SUS no município de Maringá-Paraná, com enfoque na humanização do cuidado. Realizou-se estudo avaliativo transversal, misto e formativo, por meio de pesquisa em prontuário hospitalar e entrevista estruturada com 569 puérperas atendidas nos dois hospitais, no período de março/2005 a fevereiro/2006. Foram utilizados sete indicadores de processo da qualidade na assistência ao parto humanizado. Os indicadores relacionados ao trabalho de parto foram: fornecimento às mulheres de todas as informações e explicações que desejassem, presença do acompanhante, uso de métodos não-invasivos e não-farmacológicos de alívio da dor e oferecimento de líquidos por via oral. A presença do acompanhante na sala de parto, o fornecimento às mulheres de todas as informações e explicações que desejassem, e o contato pele a pele entre mãe e filho em sala de parto qualificaram o atendimento na sala de parto. Por meio do estabelecimento de escores para cada um dos indicadores e da somatória obtida em cada um deles, a assistência hospitalar foi qualificada em quatro níveis: insatisfatória, regular, boa e excelente. Considerou-se a taxa de cesárea o indicador de resultado...

Estratégias de humanização do cuidado em saúde mental : cartografando as intervenções de apoiadores institucionais

Mello,Vania Roseli Correa de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.35%
Esta pesquisa se propôs a estabelecer possíveis conexões entre dois campos da saúde coletiva: a saúde mental, na perspectiva da Reforma Psiquiátrica, e a Política Nacional de Humanização (PNH). Seu objeto foi a humanização do cuidado em saúde mental, expresso nas intervenções realizadas a partir do processo de formação de Apoiadores Institucionais, do Curso de Especialização em Humanização da Atenção e Gestão do SUS, realizado entre 2007 e 2008, no Rio Grande do Sul. Dos 64 trabalhos monográficos de conclusão do curso, foram selecionados os 11 planos de intervenção desenvolvidos no campo da saúde mental. A proposta delineou-se no sentido de apontar para a construção de aproximações e laços - 'pontes', como metaforicamente serão referidas, ao longo da pesquisa - entre estas duas políticas públicas de saúde, de modo a contribuir para a qualificação das práticas humanizadas de cuidado em saúde mental. O trabalho percorreu as linhas teóricas da saúde coletiva, da Reforma Psiquiátrica e da PNH. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo, que utilizou a cartografia como estratégia metodológica. Da leitura dos trabalhos de conclusão, aliada às observações decorrentes da participação da pesquisadora...

The humanization of care in the education of health professionals in undergraduate courses; A humanização do cuidado na formação dos profissionais de saúde nos cursos de graduação; La humanización del cuidado en la formación de los profesionales de salud en los cursos de graduación

Casate, Juliana Cristina; Corrêa, Adriana Katia
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2012 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.43%
A proposta desta pesquisa bibliográfica é conhecer e analisar a produção científica do campo da saúde, em periódicos nacionais, sobre o ensino da humanização do cuidado nos cursos de graduação. Realizou-se um levantamento bibliográfico na base de dados LILACS, utilizando o termo humanização, com textos publicados a partir do ano de 2000 até 2010, sendo analisados 42 artigos. Da análise dos artigos emergiram temáticas centrais: Humanização: algumas considerações sobre seus conceitos; Universidade e as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação na Área da Saúde: relações com o ensino da humanização; Mudanças curriculares, conteúdos e estratégias de ensino-aprendizagem no cuidado humanizado e Sujeitos do processo ensino-aprendizagem: alunos e professores na aprendizagem da humanização do cuidado. Alguns elementos teórico-práticos vêm sendo construídos sobre o ensino da humanização no contexto de saúde, sendo imprescindível, todavia, maiores investimentos na construção efetiva de novos modos de cuidar.; Esta investigación bibliográfica propone conocer y analizar la producción científica del campo de salud, en periódicos nacionales, acerca de enseñanza de humanización del cuidado en cursos de graduación. Se realizó reseña bibliográfica en base de datos LILACS...

O discurso e a prática do cuidado ao recém-nascido de risco: refletindo sobre a atenção humanizada; Discurso y práctica del cuidado al recién-nacido de riesgo: reflexionando sobre la atención humanizada; Discourse and practice of care to newborns at risk: reflecting about humanized care

Rolim, Karla Maria Carneiro; Cardoso, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2006 POR
Relevância na Pesquisa
76.29%
Este estudo identificou a opinião da enfermeira acerca da humanização do cuidado ao récem-nascido (RN) de risco na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e a seus familiares. Foi utilizado como referencial teórico-metodológico a Teoria de Paterson e Zderad (1976). O cenário para execução desse estudo foi a UTIN de uma maternidade pública na cidade de Fortaleza-CE, no período de abril a julho de 2003. Os sujeitos da pesquisa foram seis enfermeiras atuantes na UTIN. Realizou-se entrevistas com as enfermeiras participantes do estudo. As temáticas extraídas dos discursos das participantes foram: humanização, sensibilização, conscientização e cuidado. Conclui-se que, no cuidado humanizado de bebês de alto risco, é imprescindível a comunhão do discurso com a prática.; Este estudio identificó la opinión de enfermeros acerca de la humanización del cuidado al RN de riesgo en la UTIN y a sus familiares. Se utilizó como referencial teórico-metodológico la Teoría de Paterson y Zderad (1976). El escenario para la ejecución de este estudio fue la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) de una maternidad pública en Fortaleza-CE, durante el periodo de abril a julio de 2003. Participaron del estudio 6 enfermeras actuantes en la UTIN. Se recopilaron los datos mediante entrevistas. Las temáticas extraídas de las declaraciones de las participantes fueron: humanización...

A humanização do cuidado na ótica das equipes da estratégia de saúde da família de um município do interior paulista, Brasil; La humanización del cuidado bajo la perspectiva de los equipos de la estrategia de salud de la familia en un municipio del interior paulista, Brasil; Humanization of Care from the Perspective of the Family Health Strategy Teams in a City in the Interior of São Paulo, Brazil

Marin, Maria José Sanches; Storniolo, Luana Vergian; Moravcik, Maria Yvette
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
76.33%
Este estudo teve como objetivo analisar a compreensão referente à humanização do cuidado, sob a ótica de profissionais que compõem as equipes da Estratégia de Saúde da Família. Trata-se de estudo qualitativo, realizado em um município do interior paulista, a partir de entrevistas com 20 profissionais. Na análise dos dados, foi utilizado o método de interpretação de sentidos, baseado na perspectiva hermenêutico-dialética. O significado da humanização, para os profissionais entrevistados, compreende olhar ampliado, respeito aos princípios éticos e facilitação ao acesso. As dificuldades se referem à falta de profissionais preparados, excessiva demanda e deficiências na organização do serviço. Eles apresentaram, como proposta, formar e qualificar profissionais, adequar as atividades ao papel profissional e melhorar a organização dos serviços. Os profissionais demonstram compreender o significado da humanização e reconhecem a necessidade de enfrentamento das dificuldades.; Este estudio tuvo como objetivo analizar la comprensión referente a la humanización del cuidado a partir de la perspectiva de profesionales que componen los equipos de la Estrategia de Salud de la Familia. Se trata de estudio cualitativo...