Página 1 dos resultados de 725 itens digitais encontrados em 0.022 segundos

Do primário ao primeiro grau: as transformações da matemática nas orientações das Secretarias de Educação de São Paulo (1961 - 1979); From elementary school to high school: the math changes under the guidance of Education Departments of São Paulo ( 1961 - 1979 ) and the concept of number.

França, Denise Medina de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
106.06%
O estudo de impressos direcionados para professores, publicados pelos órgãos oficiais de Educação, contendo sugestões sobre os modos de fazer em sala de aula, constituindo uma literatura cinzenta escolar, aparecem como um instrumento eficaz para o aprofundamento dos estudos da História da Educação Matemática no Brasil e das relações entre programas, conteúdos e práticas escolares. Diante disso, o objetivo da tese foi problematizar de que modo foram construídas as propostas de alterações metodológicas para o ensino do número nas séries iniciais do Ensino Fundamental, no período entre 1961 e 1979, de modo a tentar compreender como foram produzidas as representações de ensino moderno, fundamentadas no ideário do Movimento da Matemática Moderna (MMM), nas publicações das Secretarias de Educação de São Paulo. E também, os modos de produção desses modelos, ou seja, a transformação na representação didático-pedagógica do conceito de número, no período analisado, nas orientações publicadas. Ainda, mais especificamente, busca-se entender como ocorre a apropriação dos estudos de Zoltan Paul Dienes nesses impressos. Acredito que o estudo que explore o diálogo entre passado e presente, que procura compreender as condições que permitiram a produção das representações sobre como ensinar e aprender Matemática pode subsidiar as problematizações diárias sobre a prática e possíveis novas propostas. Isso implica seguir e procurar desvendar os processos de apropriação utilizados pelos elaboradores das publicações...

Narrativas: um olhar sobre o exercício historiográfico na Educação Matemática

Cury, Fernando Guedes; Souza, Luzia Aparecida De; Silva, Heloisa Da
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de PesquisaPrograma de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de PesquisaPrograma de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 910-925
POR
Relevância na Pesquisa
116%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); This paper presents some of the discussions that has marked the investigative practice of the Group “Oral History and Mathematics Education” (GHOEM). For these researchers the oral history is faced like a qualitative research methodology, whose main focus is the construction of narratives from interview situations. This paper discusses some perspectives related to the use of (narrative) analysis of narratives in/for the History of Mathematics Education.; Este artigo apresenta algumas das discussões que tem marcado a prática investigativa do grupo “História Oral e Educação Matemática” (GHOEM). A História Oral se apresenta como uma metodologia de pesquisa qualitativa cujo foco principal é a construção de narrativas a partir de situações de entrevista. Este texto discute algumas perspectivas vinculadas ao uso de análise (narrativa) de narrativas na/para a História da Educação Matemática.

Tres decadas de pesquisa em educação matematica na UNICAMP : um estudo historico a partir de teses e dissertações

Marisol Vieira Melo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.03%
Este estudo resgata e descreve historicamente a constituição e o movimento da pesquisa acadêmica em Educação Matemática na Unicamp. O material de análise e de referência principal para o estudo foi constituído pelas 188 dissertações e teses relativas à Educação Matemática produzidas entre 1976 e julho de 2003. Metodologicamente, o estudo caracteriza-se como exploratório e histórico-bibliográfico, aproximando-se da modalidade de pesquisa do estado da arte da investigação acadêmica em Educação Matemática da Unicamp. O mapeamento geral de toda a produção foi desenvolvido a partir do fichamento de cada pesquisa, tendo por base seus resumos. Dois marcos importantes podem ser destacados na trajetória acadêmica da Educação Matemática na Unicamp: o funcionamento do curso de mestrado do Ensino de Ciências e Matemática no Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp, no final da década de 1970 e o início da década de 1980, do primeiro mestrado do Ensino de Ciências e Matemática; e a consolidação, em 1994, da Educação Matemática como área de concentração do Programa de Pós-Graduação em Educação (mestrado e doutorado) da FE/Unicamp. Os resultados mostram um panorama de pesquisa que abrange dez eixos temáticos diferentes. Durante as décadas de 1970 e 1980...

Tres estudos sobre historia e educação matematica

Antonio Miguel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/1993 PT
Relevância na Pesquisa
96.19%
Os "Três Estudos sobre História e Educação Matemática" tomam como obj eto de investigação o problema da relação entre a história, e mais particularmente a história da matemática, e a Educação Matemática. Eles têm o propósito de explicitar e fundamentar três pontos de vista pessoais a respeito de três possíveis formas dessa relação se manifestar. Uma primeira forma diz respeito às possibilidades de se recorrer à história como um recurso pedagógico adicional, isto é, como um meio potencialmente rico para se promover o ensino-aprendizagem da matemática. O objetivo do primeiro Estudo é o de resgatar a própria história dessa forma de relação através do levantamento, detalhamento e análise dos diferentes papéis pedagógicos atribuídos à história por matemáticos, historiadores da matemática e educadores matemáticos que, de modo direto ou indireto, acabaram expressando suas posições em relação a essa questão. Mas se o primeiro Estudo preocupa-se com a importância da história na Educação Matemática, o segundo aponta para a necessidade de um resgate da Educação Matemática na história. É essa uma segunda forma em que se pode manifestar o problema da relação entre história e Educação Matemática. Trata­ se agora de recorrer à história e à filosofia da Matemática e da Educação na tentativa de reconstituir os paradigmas de Educação Matemática na história. A análise a que foram submetidos os textos básicos desse estudo revelou a existência dos oito seguintes paradigmas de Educação Matemática: o paradigma do Formalismo Pedagógico Clássico...

Educação matematica e formação par o trabalho : praticas escolares na Escola Tecnica de Vitoria - 1960 a 1990

Antonio Henrique Pinto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96%
Este estudo resulta de investigações relativas às memórias da Escola Técnica de itória, no período de 1942 a 1990. Tem por objetivo mapear as práticas escolares que foram se constituindo no fazer pedagógico da educação matemática, no cotidiano da instituição, salientando suas continuidades e descontinuidades. Parte de evidências encontradas em documentos referentes à memória da escola, que indicam um processo de institucionalização que, tendo como meta superar o preconceito contra o trabalho manual, buscava a similitude da escola não profissional, isto é, a escola secundária. Perpassando a perspectiva historiográfica de W. Benjamim, a tecitura deste trabalho constrói-se pelo entrelaçamento das narrativas de memórias de pessoas com as memórias guardadas nos arquivos escolares. A partir do aporte conceitual da história cultural de Michael De Certeau, nesse entrelaçamento, foram salientados a cultura e os saberes escolares, em especial os da educação matemática, atravessados por relações de poder, conflitos e contradições presentes no cotidiano da instituição. A constatação é que, movimentando-se entre um ensino prático-intuitivo e um ensino formal, as práticas relativas à educação matemática se constituíram num dos eixos do processo de superação do estigma de escola correcional...

A constituição de saberes num contexto de educação bilíngue para surdos em aulas de matemática numa perspectiva de letramento; The constitution of knowledge in a bilingual education context for the deaf in mathematics classes in a literacy perspective

Maria Dolores Martins da Cunha Coutinho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
96.04%
Este estudo objetivou investigar a aprendizagem que se constitui numa prática bilíngue de letramento em aulas de matemática com alunos surdos, a partir de uma visão de surdez enquanto construção sociocultural e histórica. É uma pesquisa qualitativa realizada com duas turmas de sétimo ano do Ensino Fundamental do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), durante o ano de 2012, na qual a professora de Matemática das turmas e um assistente educacional surdo compartilharam a docência. Parte de um olhar diacrônico sobre a história da educação de surdos e, em especial, do INES, favorecendo a compreensão das diferentes concepções que orientaram a educação de surdos ao longo da história e permitindo o estabelecimento de nexos entre essa história e a situação que vivenciamos hoje. Os estudos sobre o fenômeno do bilinguismo e sobre os letramentos, bem como as postulações de Bakhtin, contribuíram na análise sobre a constituição de significados pelos alunos surdos. Os dados foram analisados a partir de três eixos, quais sejam: (1) A aprendizagem numa perspectiva de letramento; (2) A mediação do assistente educacional como educador e como cidadão surdo e (3) O papel da Libras e da Língua Portuguesa num contexto de educação bilíngue para surdos. Tais dados indicam que o trabalho proporcionou o desenvolvimento de vários letramentos pelos alunos...

A Matemática na Pedagogia, da FFCL – USP e FNFi (1939 – 1961)

Silva, Martha Raíssa Iane Santana da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.01%
O original desta publicação encontra-se depositado na Biblioteca da Universidade Federal de São Paulo, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, 94f.; Este texto apresenta os resultados da investigação a respeito da matemática na formação do pedagogo no período que se estende de 1939 a 1961, no qual se considera, na História da Educação, a prevalência das concepções escolanovistas no cenário educacional brasileiro. Para tanto, buscamos orientação no ferramental teórico-metodológico da História Cultural, principalmente com o auxílio das produções dos teóricos da história das disciplinas escolares, a partir dos quais se construiu uma narrativa sobre as disciplinas que pertenciam à Matemática e eram oferecidas no curso de Pedagogia: “Complementos da Matemática” e “Estatística Educacional”. Nas análises sobre a formação matemática do pedagogo, consideramos a organização destas disciplinas, tendo em vista os processos de academização e legitimação de áreas de conhecimento em ascensão, como fator indispensável na compreensão e construção da narrativa histórica desta formação. E consideramos ter existido, no período analisado, uma proposta de formação do pedagogo que continha em seu currículo uma matemática a serviço da disciplina Estatística Educacional. Essa disciplina...

Elementos históricos da Educação Matemática no Amazonas: livros didáticos para ensino primário no período de 1870 à 1910.

Souza, Tarcísio Luiz Leão e
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.13%
Dissertação apresentada como exigência parcial para a obtenção do grau de Mestre em Educação Matemática à comissão julgadora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul sob a orientação do Professor Dr. Luiz Carlos Pais.160p.Campo Grande.MS.; RESUMO: O objetivo principal desta dissertação de mestrado é identificar e analisar elementos históricos da educação matemática em nível primário em livros didáticos adotados no Amazonas no período compreendido entre as décadas de 1850 a 1910. Na condução desse objetivo, são articulados aspectos sociais, políticos e culturais com especificidades relacionadas ao estudo da matemática escolar, tais como a proposição do primeiro regulamento para a instrução pública amazonense, incluindo os conteúdos prescritos e aspectos pedagógicos recomendados aos professores. Entre as fontes usadas na pesquisa estão relatórios elaborados por presidentes da Província, regulamentos de ensino da época, programas de ensino e livros didáticos adotados em escolas amazonenses. A análise foi conduzida com base no referencial proposto por André Chervel, a história das disciplinas escolares, e compartilhado por outros autores que seguem a mesma linha de pesquisa...

Orientações da Reforma Orestes Guimarães para a Matemática Escolar na Escola Normal Catharinense

Silveira, Rosangela Kirst da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.05%
Dissertação submetida ao Programa de Pós Graduação em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina para a obtenção do Grau de mestre em Educação Científica e Tecnológica. Orientadora: Prof.ª Dr.ª Cláudia Regina Flores Coorientador: Prof. Dr. David Antonio da Costa 140p., SC,. 2013.; Esta dissertação trata das principais orientações dadas para o ensino da matemática na formação do professor do ensino primário na Escola Normal Cathatrinense pela reforma de Instrução Pública de 1911 em Santa Catarina. Tendo como objeto de pesquisa a escola formadora dos professores que iriam lecionar no ensino primário, buscou-se em documentos escritos encontrados nos arquivos públicos do estado, constituir um texto que materializa as representações, interpretações, leituras e imaginações que construímos da Escola Normal Catharinense com relação à formação em Matemática. As diretrizes teórico-metodológicas para esta pesquisa são dadas a partir da história, vista como uma produção, uma operação específica sob um objeto de pesquisa que se utiliza de um sistema de referências para a análise dos documentos, conforme Michel de Certeau. Também fazem parte deste sistema de referência de análise do objeto os conceitos de cultura escolar de Dominique Julia e de história glocal de Roger Chartier...

Quem somos nós, professores de matemática?

Valente,Wagner Rodrigues
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96%
Ao saber quem são seus avôs, bisavôs e mesmo tataravôs profissionais, o professor de matemática passa a ver o trabalho de seus colegas contemporâneos, e seu próprio fazer docente, de outro modo. Dá a seu ofício uma dimensão histórica. Considerar o trabalho do professor de matemática numa dimensão histórica permite uma compreensão diferente do sentido das ações realizadas nas salas de aula hoje. Ter ciência de contextos de outros tempos do ensino de matemática possibilita o entendimento do que são novidades e continuidades, na tarefa cotidiana de ensinar matemática a crianças, jovens e adultos. Este breve texto tem a intenção de apresentar ao professor de matemática alguns de seus antepassados profissionais. Ao considerar de modo bastante sumário essa genealogia, quem sabe seja possível encontrar aqueles familiares que foram deixando heranças às práticas e saberes atuais da Educação Matemática.

Escrita autobiográfica e história da educação matemática

Gomes,Maria Laura Magalhães
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
145.96%
Focalizando as possibilidades de conexão entre escrita autobiográfica e história da educação matemática, este artigo apresenta concepções de escrita autobiográfica, um panorama de seu desenvolvimento histórico, uma tipologia dos escritos autobiográficos e uma discussão de natureza teórico-metodológica relativa às principais questões a ser consideradas nas pesquisas historiográficas que os utilizem como fonte ou como objeto.

História da educação e literatura: possibilidades de relações

Brito,Arlete de Jesus; Ribeiro,Maria Augusta
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
126.02%
Nas últimas décadas do século XX, a história da educação, bem como a da educação matemática, tem como referenciais, prioritariamente, a história nova e a história cultural. Tais referenciais vêm ocasionando mudanças, não apenas nos objetos de pesquisa, mas também nos métodos e fontes utilizados por tais histórias. Apesar da diversificação de fontes, há algumas que ainda não têm feito, sistematicamente, parte das pesquisas nessa área, tais como os textos de ficção. Segundo Lajolo (1997), a literatura é radar e espelho dos valores, emoções, sentimentos e pontos de vista das sociedades, portanto é possível questionar textos literários com perguntas que visem à elaboração de uma narrativa histórica. Neste artigo, os rastros e fios deixados pelos textos literários Novelas Paulistanas e Memórias de um Sargento de Milícias nos conduziram a uma pesquisa histórica, em fontes secundárias, com o intuito de compreender parte do processo educacional escolar do Brasil Império, no Rio de Janeiro, e da Primeira República, em São Paulo.

Dividindo histórias e opiniões: o produto de uma pesquisa em história da educação matemática

Salvador,Heloisa Hernandez de Fontes; Villela,Lucia Maria Aversa
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
126%
O presente texto tem como objetivo contar o processo de criação de um produto anexado a uma pesquisa de natureza histórica em um Programa de Mestrado Profissional de Educação Matemática. Como se sabe, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) destaca que a pesquisa desenvolvida em um Mestrado Profissional precisa gerar um produto que contribua para a prática dos profissionais da área envolvida. Sabemos que elaborar um produto a ser apensado a uma pesquisa histórica é algo bastante novo, visto que, tradicionalmente, essa linha de pesquisa vincula-se a mestrados acadêmicos. Assim, neste texto apresentamos como, ao elaborar a dissertação Uma história do ensino primário em tempos de modernização da matemática escolar, Vassouras 1950-1969, se deu a apropriação do referencial teórico e como o desenvolvimento da pesquisa em seu todo, incluindo as atividades realizadas durante o estágio supervisionado, proporcionaram o surgimento da ideia do referido material, sua elaboração e os ganhos obtidos.

O lugar da matemática escolar na Licenciatura em Matemática

Valente,Wagner Rodrigues
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.05%
Considerando o tema da formação matemática do futuro professor, este texto analisa a importância em se considerar os conteúdos elementares matemáticos no curso de licenciatura. Para isso, aborda a matemática escolar sob dois aspectos: epistemológico e histórico. Na abordagem, o estudo considera como aportes teóricos os textos de historiadores como André Chervel, Dominique Julia e Roger Chartier. Constituem fontes de pesquisa para a discussão estudos e investigações recentes sobre o papel da História da Matemática na formação de educadores e as potencialidades da História da educação matemática. Por fim, defende-se a inclusão da História da educação matemática como uma metodologia para a formação de professores de matemática.

História da Educação Matemática, Formação de Professores a Distância e Narrativas Autobiográficas: dos sofrimentos e prazeres da tabuada

Gomes,Maria Laura Magalhães
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
115.94%
Este artigo aborda a leitura e a produção de narrativas autobiográficas na disciplina História do Ensino da Matemática, integrante da matriz curricular do curso a distância de Licenciatura em Matemática oferecido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O texto focaliza a relevância das dimensões históricas do ensino da Matemática na formação de professores, apresenta o contexto em foco e discute parâmetros teórico-metodológicos para o trabalho com textos autobiográficos na pesquisa e no ensino da História da Educação Matemática. São comentados, em especial, aspectos relacionados ao ensino e à aprendizagem da tabuada nas narrativas autobiográficas escritas por alunos do referido curso, em 2011.

Quando fui professor de matemática no Lyceu de Goiânia : um estudo sobre a prática docente imersa nas permanência e mutações da cultura escolar na década de 1960; When I was a math teacher in Goiania Lyceu ... ": a study on teacher practice and stay immersed in the change of school culture in the 1960s

RABELO, Rafaela Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.03%
This research theme is the teaching practice of mathematics teacher who taught at Lyceu of Goiania in the 1960s, a topic that constitutes one side of the History of Mathematics Education in Goiás Such research has as objective to identify the components of the teaching practice of mathematics teacher, the context in which this process took place, aiming to characterize her practice and associate professor profile. To perform theoretical research were adopted from different areas and that address issues pertaining to the topic searched, among them historians like Bloch, Le Goff and Chartier, the sociologist Halbwachs, historians of mathematics education as Valente and Matos, and Julia and the Vidal regard to school culture. The research made use of documentary sources both written and consulted from the file Lyceu of Goiania, the oral sources, consisting of seven interviews with teachers who taught mathematics at Lyceu of Goiania in the 1960s. From this research it was possible to identify the profile of the teacher during the 1960s, a predominantly self-taught or trained by the Campaign for the Improvement of Secondary Education and Dissemination (CADES) to enabled. There was a marked presence of the textbook of mathematics and the first stirrings of the movement of Modern Mathematics. Still...

Do primário ao primeiro grau: as transformações da Matemática nas orientações das Secretarias de Educação de São Paulo (1961-1979)

França, Denise Medina de Almeida
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.07%
Tese (Doutorado - Programa de Pós-Graduação em educação. Área de concentração: Didática, Teorias e práticas Escolares). Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. 296p. ils.; tabs. + anexo; O estudo de impressos direcionados para professores, publicados pelos órgãos oficiais de Educação, contendo sugestões sobre os modos de fazer em sala de aula, constituindo uma literatura cinzenta escolar, aparecem como um instrumento eficaz para o aprofundamento dos estudos da História da Educação Matemática no Brasil e das relações entre programas, conteúdos e práticas escolares. Diante disso, o objetivo da tese foi problematizar de que modo foram construídas as propostas de alterações metodológicas para o ensino do número nas séries iniciais do Ensino Fundamental, no período entre 1961 e 1979, de modo a tentar compreender como foram produzidas as representações de ensino moderno, fundamentadas no ideário do Movimento da Matemática Moderna (MMM), nas publicações das Secretarias de Educação de São Paulo. E também, os modos de produção desses modelos, ou seja, a transformação na representação didático-pedagógica do conceito de número, no período analisado, nas orientações publicadas. Ainda...

A Matemática do Colégio: livros didáticos e história de uma disciplina escolar.

Oliveira Filho, Francisco
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.03%
Tese (Doutorado) - Universidade Anhanguera de São Paulo, 2013. Orientador: Prof. Dr. Ubiratan D'Ambrosio. xiii, 562f.; 30cm. CDD 510.1; Esta pesquisa teve por objetivo traçar a trajetória de constituição da disciplina Matemática do Colégio, no período 1930 – 1970, pela análise da produção didática do período. O período em estudo é atravessado por quatro grandes momentos/reformas educacionais: Francisco Campos, Capanema, Simões Filho e Matemática Moderna. Teve como aporte teórico principal os estudos do historiador André Chervel (1990), com seu texto História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Foram também utilizados os aportes teóricos dos historiadores Alain Choppin (História dos livros e das edições didáticas: sobre o estado da arte – 2004, e Pasado y presente de los manuales escolares – 2000), Antonio Viñao Frago (Sistemas educativos, culturas escolares e reformas – 2007), Dominique Julia (A cultura escolar como objeto histórico – 2001) e de Roger Chartier, com o conceito de Apropriação (O mundo como representação – 1991). Verificou-se ao final que a Matemática do Colégio teve o seguinte trajeto de constituição: não constituída no período dos Cursos Complementares (1931 – 1942); constituída no período dos Cursos Clássico e Científico (1943 – 1951); estabilizada no período do Programa Mínimo (1952 – 1960)...

História da Educação Matemática: interrogações metodológicas

Valente, Wagner Rodrigues; Universidade Federal de São Paulo
Fonte: MTM/PPGECT/CFM/UFSC Publicador: MTM/PPGECT/CFM/UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
126.13%
Este texto discute aspectos teórico-metodológicos envolvidos em pesquisas da história da educação matemática. A argumentação desenvolvida alinha as investigações de caráter histórico, no âmbito da educação matemática, à história, à história da educação. Assim, o trabalho defende a idéia da necessidade dos historiadores da educação matemática ficarem de posse do instrumental utilizado por historiadores, em seu ofício de produzir história. Afastando-se do viés didático de pensar a história com instrumento de ensino, o texto intenta discutir a pesquisa, em história da educação matemática, como o alargamento da compreensão do processo de escolarização dos saberes, em particular, da matemática.

O ensino de aritmética na escola nova: contribuições de dois escritos autobiográficos para a história da educação matemática (Minas Gerais, Brasil, primeiras décadas do século xx)

Magalhães Gomes,Maria Laura
Fonte: Comité Latinoamericano de Matemática Educativa Publicador: Comité Latinoamericano de Matemática Educativa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
136.02%
Este trabalho apresenta os resultados de um estudo sobre a educação matemática no movimento da Escola Nova no estado de Minas Gerais, Brasil, no contexto das reformas educacionais promovidas pelo governo em 1927-1928. Com base em textos autobiográficos de duas professoras envolvidas com a Escola de Aperfeiçoamento, uma instância de formação continuada de professores criada por essas reformas, investigam-se as propostas para o processo de ensino e aprendizagem da matemática veiculadas nessa formação e os modos como essa formação foi mobilizada nas práticas escolares em relação à matemática. O artigo se desenvolve em quatro partes. A primeira traz considerações acerca da escrita autobiográfica. A segunda parte aborda os escritos autobiográficos em que se baseia o estudo, bem como suas autoras, as professoras Maria da Glória Arreguy e Alda Lodi. A seção seguinte se destina a analisar as referências ao ensino da aritmética na escola primária nos escritos autobiográficos de ambas. Finalmente, o texto se encerra com algumas considerações sobre as contribuições desses documentos para a história da educação matemática.