Página 1 dos resultados de 387 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Governo eletrônico, a reforma democrática do Estado-Nação: a prefeitura da cidade de São Paulo; Governo eletrônico, a reforma democrática do Estado-Nação: a prefeitura da cidade de São Paulo

Matsuda, Celso Toshito
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.65%
Esta tese tem como propósito analisar as transformações propiciadas pelas tecnologias de informação e comunicação, na relação entre o Estado e a sociedade. As últimas décadas do século XX, foram marcadas por um ciclo de evolução/revolução do conhecimento científico, baseado nas ciências da comunicação e informação, em que, não só os modos de produção foram modificados, como também a mentalidade e as práticas sociais. O novo cenário informatizado alterou a maneira como o cidadão pensa, conhece e apreende o mundo, desenhando uma nova cidadania, o que levou o governo a adaptar-se a essa realidade apresentando-se com uma outra face: o Governo Eletrônico. Na etapa atual, o governo tem utilizado, preferencialmente, essa tecnologia para disponibilizar serviços como compra e licitação eletrônica, emissão de documentos e pagamentos de tributos. No entanto, outras etapas ainda precisam ser cumpridas para permitir o aumento e a qualidade da interatividade entre governo e cidadão. A pesquisa analisou a trajetória das transformações tecnológicas e sociais do Brasil, concentrando-se nas estratégias de comunicação do Governo Eletrônico da Prefeitura de São Paulo, como referencial para o incremento da participação cidadã.; This paper has the focus to analyze transformations promoted by information technologies and communication...

Avaliação de Governo Eletrônico (e-government): análise do portal de Cabo Verde; Evaluation of Electronic Government ( e-Government ) : analysis of Cape Verde portal

Moreno, Manuela do Carmo Lopes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.72%
Esta dissertação trata de uma pesquisa empírica que tem como principais objetivos identificar na literatura os determinantes de satisfação de usuários de Governo Eletrônico e aplicar o modelo proposto aos usuários do portal de Cabo Verde. O estudo dos modelos de satisfação dos usuários de Governo Eletrônico foi realizado através de pesquisa bibliográfica. Enquanto que para avaliar a satisfação do usuário do portal do governo de Cabo Verde foi adotada a pesquisa quantitativa. Foi selecionado para esse estudo os modelos de avaliação de satisfação do usuário do Governo Eletrônico dos autores Alawneh, Al-Refai e Batiha (2013), no Artigo: Measuring user satisfaction from e-Government services: Lessons from Jordan, e Damian (2012), na sua tese de doutorado: Um modelo para análise de sites de governos eletrônicos. O modelo adaptado é composto por cinco dimensões: segurança e privacidade, confiabilidade, acessibilidade, divulgação dos serviços disponíveis no portal de e-gov e agilidade dos serviços públicos. Os dados da pesquisa foram coletados através de aplicação de questionários enviados por meio eletrônico aos usuários cadastrados no portal. Os métodos propostos para a análise de dados foram a análise descritiva...

Diretrizes para especificação de serviços para governo eletrônico baseado em reuso.; Guidelines for the specification of e-government based on reuse.

Fonseca, Wannessa Rocha da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.7%
A evolução dos processos de negócio para uma visão de serviços alavancou um novo modelo computacional, o modelo orientado a serviços. Nesse modelo, os processos de negócio são modelados e implementados sob a ótica de serviços. O governo mostra-se como um domínio potencial de implantação de soluções orientadas a serviços. Embora as organizações governamentais estejam adotando o uso de serviços a fim de alcançar a interoperabilidade de sistemas de informação de governo, os serviços são geralmente criados a partir dos princípios elementares, sem considerar o reuso de soluções orientadas a serviços concebidas por outras entidades públicas. Assim, esta pesquisa tem como propósito fornecer diretrizes para auxiliar a especificação de serviços de governo eletrônico baseadas em padrões de serviços, para subsidiar o desenvolvimento de sistemas de governo, alinhados aos benefícios de computação orientada a serviços e o reuso de soluções para o governo eletrônico. Esta tese apresenta o MESe-gov, um modelo para especificação de serviços de governo eletrônico e o DESe-gov, um conjunto de diretrizes para especificação de serviços de governo eletrônico. Também é proposto um ciclo de vida de serviço para a especificação de novos serviços a partir dos padrões de serviços. A concepção de serviços...

Governo eletrônico, reforma do estado e transparência: o governo eletrônico do Brasil

Prado, Otávio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
66.73%
O objetivo deste trabalho é analisar o programa de governo eletrônico do Brasil, tendo como foco de análise o seu desenvolvimento institucional ao longo dos governos de Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. São ao mesmo tempo analisados os aspectos do programa relacionados à promoção da transparência governamental, de forma a promover a reflexão sobre a importância do governo eletrônico para a democracia. Partindo da hipótese de que o conceito de governo eletrônico é construído a partir dos objetivos que o uso das modernas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) assume em cada governo, em especial os que estão priorizados na agenda governamental, o trabalho também analisa os diferentes conceitos de governo eletrônico presentes na literatura e as suas prováveis relações com a democracia, tomando-se como fundamentação as discussões sobre democracia, transparência, accountability, liberdade de informação e democracia eletrônica. Embora seja evidente que o uso das modernas TICs tenha revolucionado a forma de atuação do governo, não nos parece tão seguro afirmar que isso tenha tornado os governos mais transparentes ou democráticos, como indica grande parte da literatura. Para que isso ocorra...

Adoção de governo eletrônico no Brasil : a perspectiva do usuário do Programa Nota Fiscal Paulista

Moraes, Gustavo Hermínio Salati Marcondes de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.72%
A intensa utilização da tecnologia da informação (TI) por todos os setores disseminou-se também na Administração Pública. A utilização da TI aliada à internet como ferramenta de gestão pública é denominada governo eletrônico e tem como objetivos qualificar melhor a prestação dos serviços e possibilitar aos cidadãos uma participação mais efetiva no processo político. O presente estudo buscou investigar o contexto do governo eletrônico no Brasil e apresenta um modelo de adoção baseado numa iniciativa de informatização de mecanismos de controle fiscal do Estado de São Paulo. O objetivo geral da tese foi estudar quais são os elementos que influenciam a utilização do governo eletrônico no Brasil, por meio de um estudo no programa Nota Fiscal Paulista (NFP). A metodologia envolveu técnicas do método qualitativo, pelo uso de opiniões de especialistas, associadas a procedimentos do método quantitativo, por meio de um survey aplicado em 715 usuários da NFP. A análise utilizou modelagem por equações estruturais. Os resultados contribuem para as pesquisas em TI, apresentando um modelo que reforça e amplia os estudos anteriores sobre adoção tecnológica e os estudos de governo eletrônico, acrescentando um modelo em um novo contexto ainda pouco explorado. No caso da NFP...

Governo eletrônico na mídia on line

Willecke, Robert
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 102 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.72%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; A presente pesquisa teve o objetivo geral de avaliar a repercussão nos meios de comunicação das ações governamentais relacionadas ao processo de implantação do governo eletrônico. Como objetivos específicos, buscou-se identificar as publicações com maior volume e freqüência sobre governo eletrônico, os assuntos e instâncias governamentais com maior destaque no noticiário e avaliar aspectos qualitativos da cobertura. Trata-se de um estudo descritivo, com a análise estatística sobre um conjunto de 475 notícias coletadas de diversas fontes jornalísticas on line entre junho de 2001 e novembro de 2002. Confirmando os pressupostos assumidos, o estudo demonstrou que: a veiculação de notícias sobre governo eletrônico é restrita, em razão de suas especificidades tecnológicas; as iniciativas de governo eletrônico do Poder Executivo federal são veiculadas com maior destaque; a cobertura tende a enfatizar aspectos relacionados à prestação de serviços, com menor destaque para questões relacionadas ao controle social do Estado. As conclusões do estudo indicam que o debate sobre o governo eletrônico ainda se restringe principalmente à esfera administrativa do Estado...

Modelagem de processos para disseminação de conhecimento em governo eletrônico via TV digital

Santos, Paloma Maria
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 220 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Florianópolis, 2011; As atuais aplicações de governo eletrônico limitam-se à internet. Com o advento da TV Digital, surge a oportunidade de ampliar este cenário por meio da utilização dos recursos proporcionados por essa nova tecnologia. O estudo da modelagem de processos para a disseminação de conhecimento em governo eletrônico via TV Digital decorre principalmente do caráter inovador proposto por essa tecnologia e da carência de conteúdos e serviços interativos oferecidos para o cidadão no contexto atual. A presente pesquisa, de caráter aplicado e exploratório, parte de uma revisão bibliográfica e busca determinar como disseminar o conhecimento em governo eletrônico, intrínseco aos processos de disponibilização de conteúdos e serviços, tendo em vista o sistema brasileiro de TV Digital. A partir do levantamento e classificação das aplicações de governo eletrônico disponíveis nos modelos norte-americano, europeu e japonês, propõe-se como contribuição a modelagem de quatro macroprocessos de negócios, considerando serviços informativos, interativos...

Governo eletrônico e administração eletrônica na sociedade da informação

Silva Neto, Armando Quadros da
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 80 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.67%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; A presente monografia aborda um tema emergente e conflitante: o Governo eletrônico. O Estado brasileiro vem realizando uma série de ações positivas de modernização da administração pública nos últimos anos, enquanto progride lentamente em outras. Apoiado no uso das tecnologias da informação e comunicação, muitos autores entendem que a forma eletrônica de governo na sociedade da informação pode significar a almejada reforma do Estado, reduzindo os custos da administração pública e gerando eficiência em todos os seus processos. Entretanto, para outros (poucos) autores, o Governo eletrônico transcende muito além desse objetivo, para eles, a eficiência do Governo eletrônico esta na sua eqüidade. Para contextualizar o tema, primeiramente será abordada a imersão da Sociedade da Informação e o advento de uma nova economia. Após, buscando desprender o conceito de Governo eletrônico de Administração eletrônica, serão revisados vários autores que permeiam esse debate acerca do seu conceito. Nesse sentido, várias ações governamentais serão identificadas e confrontadas com a literatura abordada. Busca-se...

Governo eletrônico no Brasil : aspectos institucionais e reflexos na governança

Medeiros, Paulo Henrique Ramos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2004.; O presente estudo teve como objetivo principal identificar o estágio de institucionalização do governo eletrônico no Brasil, no nível federal, considerando as relações entre os atores institucionais envolvidos, e os reflexos dessa política nas condições de governança do Estado. Foi verificado como os processos de formulação e integração de políticas, poder e tomada de decisão ocorrem no contexto do governo eletrônico. Mapeou-se o contexto institucional onde se relacionam os atores da Sociedade da Informação envolvidos com essa política. Aspectos que podem influenciar a governança, como oferta e acesso aos serviços de e-governo, também foram verificados, especialmente aqueles relacionados à inclusão digital. Identificaram-se, ainda, alguns possíveis resultados em relação a accountability, governança eletrônica, reforma administrativa e,principalmente, governança. A Teoria Institucional serviu como suporte para investigar a interação entre os agentes institucionais (setor público, iniciativa privada, Terceiro Setor e setor acadêmico) no setor societário do e-gov e para se chegar a um diagnóstico sobre o grau de institucionalização da política no país. O governo eletrônico foi visualizado nesta pesquisa como uma das políticas de gestão pública...

Governo eletrônico em administrações locais brasileiras : avaliação de progresso, fatores intervenientes e critérios de priorização de iniciativas

Riecken, Rinalda Francesca
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.7%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2008.; O presente estudo tem por objetivo a realização de uma pesquisa sobre o progresso e as práticas verificados nas iniciativas do governo eletrônico (e-governo) nos governos estaduais e prefeituras municipais brasileiros, a fim de desenvolver um modelo e recomendações visando a favorecer a disseminação de e-governos nos municípios brasileiros. Insere-se nos temas de estudo da Ciência da Informação, uma vez que aborda a questão da prontidão e transformação de governos e da sociedade para o acesso e uso das tecnologias de informação e das telecomunicações (TICs). Envolve o desenvolvimento de dois métodos principais: um método para avaliar a maturidade dos e-governos estaduais e municipais; e um modelo de decisão – baseado em critérios objetivos – para orientar progressivamente a disseminação de governo eletrônico nas prefeituras municipais. A pesquisa foi desenvolvida com base em quatro estratégias: Inicialmente, verifica-se como organismos internacionais (públicos e privados) vêm medindo a prontidão da população para acesso e uso das tecnologias e o progresso em e-governo. Desse estudo resulta um quadro comparativo entre as pesquisas internacionais (rankings) analisadas...

Método de avaliação de programas de governo eletrônico sob a ótica do cidadão-cliente : uma aplicação no contexto brasileiro

Dias, Cláudia Augusto
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.76%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, 2006.; O modelo conceitual construído nesta pesquisa organiza e expõe idéias da teoria de comunicação de massa aplicada à prestação de serviços públicos via Internet e sugere formas possíveis de avaliação da fidelidade desse processo de comunicação eletrônica, tanto pelo Governo quanto pelos cidadãos-clientes desses serviços. A partir desse modelo, que traça um paralelo entre fidelidade do processo de comunicação e qualidade de serviços públicos, como um novo enfoque para a área de Comunicação da Informação, esta pesquisa teve, como objetivo geral, definir e validar método de avaliação dos resultados de programas de governo eletrônico sob a ótica dos cidadãosclientes. Para tanto, foi identificada, na literatura, documentação sobre programas de governo eletrônico, métodos e métricas para sua avaliação; elaborados modelos de avaliação de governo eletrônico, e outros baseados nos métodos identificados e selecionados na literatura; selecionados o Programa E-Gov brasileiro e cinco serviços públicos eletrônicos; e...

Governo eletrônico : estudo comparativo entre as experiências dos EUA e do Brasil; Electronic government : comparative study between experience of the USA and Brazil

Matias-Pereira, José; Barbalho, Fernando Almeida
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.72%
Tem-se como objetivo, neste artigo, promover uma comparação das estruturas que suportam o governo eletrônico do Brasil e dos Estados Unidos (EUA). Buscou-se aprofundar a compreensão do papel das referidas estruturas na implantação do governo eletrônico, tendo como parâmetros de comparação as recomendações da OCDE1 que tratam de coordenação. A metodologia utilizada foi a pesquisa documental, em particular o exame dos principais portais de governo eletrônico do Brasil e dos EUA. Analisou-se o apoio fornecido pelo órgão central de governo eletrônico aos diversos órgãos governamentais, a efetiva participação das unidades de gestão nas instâncias de planejamento e execução do governo eletrônico, mecanismos que apóiam a implementação de um modelo que facilite a coordenação e o estabelecimento de padrões relacionados à segurança de informação. Concluiu-se que existe uma notória assimetria tecnológica na citada área entre os dois países, que se reflete na implantação do governo eletrônico dos EUA e do Brasil. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; We have as a goal in this article promoting a comparison of the structures that support the egovernment of Brazil and the United States. The aim was to deepen the understanding of the role of these structures in the deployment of e-government...

Rotinas, projetos e disseminação de inovações no governo eletrônico : o caso da E-PING

Barbalho, Fernando Almeida
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.64%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2009.; O presente trabalho buscou identificar como as rotinas de projetos de desenvolvimento de Sistemas de Informação influenciam a disseminação de inovações geradas como resposta a padrões oriundos do governo eletrônico brasileiro. O padrão utilizado como referência é o E-Ping. Foi selecionado por ter um grande apelo para a produção de inovações tecnológicas no contexto da rede que se articula para geração de soluções para governo. A referência teórica é apoiada nos debates sobre inovação a partir da visão de Schumpeter e dos neo-schumpeterianos. São debatidos os conceitos básicos como rotina e cumulatividade que estão no bojo da discussão dessa linha de pesquisa. Como as características das estruturas e dos artefatos do governo eletrônico se assemelham às dos produtos e sistemas complexos, é dedicada uma sub-seção específica sobre esse tema. Por fim, há uma revisão sobre Redes Tecno-Econômicas e disseminação de inovações, uma vez que as inovações serão disseminadas pelos atores que compõem a rede do governo eletrônico brasileiro. Utilizando-se do processo de tradução como base da metodologia...

Governo eletrônico e governança do setor público : um estudo comparativo global

Braga, Lamartine Vieira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2013.; O escopo da Administração Pública, presente em todo o seu iter evolutivo, é prestar auxílio ao Es-tado em sua tarefa primordial de atendimento às demandas da sociedade. Assim foi na implantação da burocracia weberiana e também na disseminação global da New Public Management. No alvore-cer do século XXI, os modelos tradicionais já não conseguem dar respostas satisfatórias a essas de-manas, precipitando uma nova reinvenção do Estado. Esse período corresponde, por um lado, à e-mergência de modernas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), ubíquas e interativas. Por outro lado, essa fase é marcada pela crescente fragmentação do poder estatal em paralelo com o aumento proporcional de regimes democráticos no mundo. Nesse contexto emerge a “Governança Responsiva”, modelo orientado por princípios de responsabilização, transparência e participação, onde a efetividade se vincula a seu atributo-chave: a responsividade. Portanto, torna-se fundamental aprofundar o entendimento dessa mudança de paradigma, em particular no que tange ao papel de-sempenhado pelo governo eletrônico. Embora diversos trabalhos científicos associem várias carac-terísticas da governança do setor público com o desenvolvimento do governo eletrônico...

Governo Eletrônico: abordagem multicritério para priorização de projetos integrando indicadores da Metodologia BCS

Canedo, Mônica Maria Leal
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.66%
A melhoria do serviço público, não só do atendimento ao cidadão, mas também dos resultados alcançados pela implementação das Políticas Públicas, é um grande desafio que se apresenta a gestores de todas as esferas de Governo. O Governo Eletrônico representa um compromisso de Gestão com o uso intensivo da Tecnologia da Informação (TI), visando ao incremento da efetividade e da transparência das ações do Governo, mudando paradigmas de relacionamento de uma estrutura de comando-controle para uma de colaboração interativa do Governo com cidadãos, empresas, fornecedores, sociedade civil e demais governos. É importante observar que os potenciais benefícios do Governo Eletrônico são acompanhados de custos e riscos, que devem ser balanceados e monitorados cuidadosamente para que haja maior aproveitamento dos investimentos, resultando em uma percepção positiva pela sociedade. Esta pesquisa propõe um modelo multicritério para priorização de projetos de Governo Eletrônico cujo escopo são serviços eletrônicos do Governo para Cidadão - G2C (iniciativas voltadas para cidadãos e empresas). O modelo propõe a utilização do Balanced Scorecard (BSC) no contexto de Apoio Multicritério à Decisão (AMD)...

Requisitos para avaliação de portais de governo eletrônico do poder judiciário a partir das resoluções e metas do CNJ

Mezzaroba, Mariana Pessini
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 229 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Florianópolis, 2015.; A informação e o conhecimento têm se tornado fatores importantes dentro da sociedade que está cada dia mais complexa. Dessa forma, tanto governo, como cidadãos buscam se atualizar utilizando as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC?s) como um instrumento para o acesso à informação, à justiça e a outros bens tangíveis e intangíveis. Neste contexto surge o Governo Eletrônico que é uma forma de desburocratizar os serviços públicos realizados pelas instituições e órgãos governamentais utilizando a tecnologia. Porém, ainda há muitas lacunas na oferta de informações e serviços no que diz respeito à sua disponibilização em meio eletrônico, como em portais na Internet. A presente pesquisa tem por objetivo levantar requisitos para avaliação de portais de Governo Eletrônico no Poder Judiciário, baseando-se no fato de que muitas pesquisas nessa área estão voltadas somente aos Poderes Executivo e Legislativo. A definição de requisitos para o Poder Judiciário vem ao encontro de uma lacuna encontrada através de uma revisão sistemática da literatura. A modelagem dos requisitos se dá através da elaboração de Mapas Conceituais para a representação do conhecimento das Metas e Resoluções do Conselho Nacional Justiça (CNJ) condizentes como o foco desta pesquisa. Após o levantamento dos requisitos...

Governo eletrônico e aspectos fiscais: a experiência brasileira; Texto para Discussão (TD) 1089: Governo eletrônico e aspectos fiscais: a experiência brasileira; E-government and fiscal aspects: the Brazilian experience

Mora, Mônica
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
66.74%
A tecnologia da informação criou novas alternativas para o Estado cumprir as suas funções e desempenhar seu papel com mais eficiência. Novos canais de provisão de serviços (sem a substituição dos meios tradicionais) foram criados, assim como ocorreu a racionalização de funções administrativas. Mais que isso, as novas possibilidades de relações intra e intergovernamentais e entre Estado e cidadão, propiciadas pela introdução das tecnologias de informação, permitem repensar o escopo das políticas governamentais, inclusive com perspectivas de mudança no âmbito do Estado. O uso da tecnologia da informação em seus vários matizes pelo Estado é denominado, neste trabalho, governo eletrônico. Este texto busca identificar razões que expliquem o desempenho do governo brasileiro e resultados que justifiquem essa posição de destaque. Assim, na Seção 1 temos a introdução e na Seção 2, o contexto institucional no qual o governo eletrônico prosperou, assim como a questão federativa. Na Seção 3, focalizam-se as experiências bem-sucedidas em nível federal, que ancoram o êxito do governo eletrônico no Brasil e justificam a posição de destaque alcançada pelo país em estudos comparativos. A Seção 4 trata dos impactos do governo eletrônico sobre o Estado. As barreiras ao desenvolvimento do governo eletrônico (com ênfase na exclusão digital) são apresentadas na Seção 5...

Proposing a maturity model for electronic government sites; Propuesta de modelo de madurez para sitios de gobierno electrónico; Proposta de um modelo de maturidade para sítios de governo eletrônico

Lechakoski, Rafael de Mello; Universidade Federal do Paraná - UFPR; Tsunoda, Denise Fukumi; Universidade Federal do Paraná - UFPR
Fonte: Mestrado Interdisciplinar em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação - UFPR Publicador: Mestrado Interdisciplinar em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação - UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo evaluado por pares; Investigación cualitativa; ; qualitative study; Avaliado pelos pares; Estudo qualitativo Formato: text/html; application/zip; application/pdf
Publicado em 14/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.76%
Introduction: Given the increasing use of information technology, especially the Internet, by the government - as a means of interaction with citizens - the research presents a bibliographical study about maturity models for electronic government, approaching the issues of Public Services to conceptualize Electronic Government and Maturity in order to propose a maturity model for eletronic government websites. Method: An intentional collection of 24 models of maturity for electronic government was used and a comparative analysis was performed to seek for limitations in relation to the services, accessibility, usability and integration with social networks regarding a Brazilian reality and the e-MAG model. Results: It proposes a maturity model for electronic government sites, based on the convergence of the selected models, which consists of four stages focused on evaluating service requirements, accessibility, usability and social networking. Unlike the others, the proposed model takes into account both the accessibility guidelines for Internet World Wide Web Consortium (W3C), as well as those of accessibility and usability of the Brazilian government (e-MAG). Each stage of this model includes some examples of requirements that can be evaluated and...

ELECTRONIC GOVERNMENT, INFORMATION AND INFORMATION LITERACY; GOVERNO ELETRÔNICO, INFORMAÇÃO E COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO

Garcia, Rodrigo Moreira
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
In several countries, the concern with the access to the information is being more and more present. In this sense, the use of the information and communication technologies for the governments in the offer of services and information to the society, it constitutes what was agreed to call of e-government (or electronic government). In Brazil, several e-government initiatives are observed in several development levels. This work has as base a brief revision regarding the Electronic Government's concept (e-government) on everything in the offer of public services and information diffusion in the Web through or starting from public organs. However, although many of these initiatives of electronic government are in advanced stage, your potentiality cannot be reached without enlarging the reach of the information and digital literacy close to the society.; Em diversos países, a preocupação com o acesso à informação vem estando cada vez mais presente. Neste sentido, a utilização pelos governos das tecnologias da informação e comunicação na prestação de serviços e informações à sociedade, constitui o que se convencionou chamar de e-governo (ou governo eletrônico). No Brasil, diversas iniciativas de e-governo são observadas em vários níveis de desenvolvimento. Este trabalho tem como base uma breve revisão sobre o conceito de Governo Eletrônico (e-governo) sobretudo na prestação de serviços públicos e disseminação de informações na Web através ou a partir de órgãos públicos. Porém...

Governo eletrônico, informação e competência em informação

Garcia, Rodrigo Moreira
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 08/07/2007
Relevância na Pesquisa
66.66%
Em diversos países, a preocupação com o acesso à informação vem estando cada vez mais presente. Neste sentido, a utilização pelos governos das tecnologias da informação e comunicação na prestação de serviços e informações à sociedade, constitui o que se convencionou chamar de e-governo (ou governo eletrônico). No Brasil, diversas iniciativas de e-governo são observadas em vários níveis de desenvolvimento. Este trabalho tem como base uma breve revisão sobre o conceito de Governo Eletrônico (e-governo) sobretudo na prestação de serviços públicos e disseminação de informações na Web através ou a partir de órgãos públicos. Porém, embora muitas destas iniciativas de governo eletrônico estejam em estágio avançado, a sua potencialidade não poderá ser atingida sem ampliar o alcance da competência informacional e digital junto à sociedade. Acesso ao texto completo (PDF)