Página 1 dos resultados de 50 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Fitoquímicos presentes em frutos silvestres

Azevedo, Maria M.; Santos, Dario J. L.; Silva, Amélia M.
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
16.71%
Os frutos silvestres, nomeadamente a amora, o arando vermelho, a framboesa, o mirtilo e a baga de sabugueiro, são particularmente ricos em fitoquímicos (e.g., flavonóides, taninos, polifenóis e ácidos fenólicos) cuja acção biológica se relaciona com protecção antioxidante, cardiovascular, acção anti-envelhecimento e anti-cancerígena. A obtenção de extractos purificados, a sua caracterização química e a elucidação dos seus efeitos biológicos são uma base fundamental de suporte para o conceito de alimentação funcional. Apresenta-se uma pequena revisão dos principais fitoquímicos destes frutos silvestres e a sua acção in vitro. Berries, namely blackberry, cranberry, raspberry, blueberry and elderberry, are particularly rich in certain phytochemicals (e.g., flavonoids, tannins, polyphenols and phenolic acid) with known biological activity, such as, antioxidant, anti-ageing effect, to reduce the cardiovascular risk and cancer. The obtaining of purified extracts, their chemical characterization and separation by components and the elucidation of their biological effects constitutes a fundamental support for the concept of functional food. Here we present a small review on the main phytochemicals of these berries and the in vitro biological activity.

Desenvolvimento de nanoemulsões à base de óleo de gergelim aditivadas de óleo de framboesa para queimaduras da pele; Development of sesame indicum oil-based nanoemulsions additived with rubus idaeus oil to skin burn.

Maruno, Monica
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.9%
Nanoemulsões são emulsões especiais com glóbulos de tamanho na faixa de 20 a 500 nm. São sistemas que apresentam transparência ou fluidez, favorecendo o aspecto sensorial de espalhabilidade e umectação muito interessantes para produtos cosméticos destinados aos cuidados da pele e produtos para a saúde, atuando como sistemas de liberação de fármacos, além da característica nanométrica, que previne processos de instabilidade física. A queimadura da pele é o quadro resultante da ação direta ou indireta do calor sobre o organismo humano causando inflamação proporcionando intensa ação de radicais livres. A presente pesquisa teve como objetivo desenvolver nanoemulsões à base de óleo de gergelim aditivadas de óleo de framboesa para aplicação em queimaduras de pele. Os óleos de gergelim e framboesa apresentaram atividade antioxidante nos testes de DPPH e Xantina Oxidase. No desenvolvimento das dispersões o método de preparo por baixa energia, fundamentado na mudança de curvatura da molécula do tensoativo, foi induzido pela temperatura de inversão de fase. O resultado desta pesquisa foram duas nanoemulsões utilizando dois tensoativos derivados do óleo de rícino com diferentes etoxilações. A avaliação da estabilidade foi realizada pelo cálculo do principal mecanismo de instabilidade das nanoemulsões...

Obtenção e caracterização de naoemulsões O/A a base de óleo de framboesa, maracujá e pêssego: avaliação de propriedades cosméticas da formulação; Preparation and characterization of O/W nanoemulsion composed by raspberry ,passionflower and peach oils: evaluation of the cosmetics properties of the formulation.

Pereira, Tatiana Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.35%
A pele é constituída por duas camadas: a epiderme e a derme sendo que a camada mais superficial da epiderme, o estrato córneo, camada mais superficial da pele é responsável pela sua função de barreira. Os hidratantes são formulações destinadas a manter o conteúdo de água na pele, uma vez que a hidratação é essencial para manter a função barreira íntegra. Assim, emulsões fluídas e semi-fluídas como as nanoemulsões, que apresentam glóbulos na faixa de 20-200 nm estão sendo amplamente utilizadas como veículos em produtos cosméticos por apresentarem vantagens em relação às macroemulsões, como melhor espalhabilidade e penetração, além de possuírem uma maior estabilidade cinética. O emprego de óleos vegetais como constituintes das nanoemulsões tem sido cada vez mais notório, uma vez que esses óleos são capazes de repor as frações lipídicas da pele hidratando-a. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo obter e caracterizar nanoemulsões O/A a base de óleo de framboesa, maracujá e pêssego e avaliar as propriedades cosméticas da formulação. A atividade antioxidante dos óleos foi avaliada por meio do método do DPPH. O EHL da fase oleosa foi então determinado utilizando-se os tensoativos lipofílicos monolaurato de sorbitano e mono-oleato de sorbitano e os tensoativos hidrofílicos polissorbato 20 ...

Métodos de conservação de framboesa in natura; Conservation methods for fresh raspberry fruit

Tezotto-Uliana, Jaqueline Visioni
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
38.14%
O desenvolvimento de métodos para a conservação pós-colheita de framboesa in natura é de grande importância para a expansão da cultura no país, considerando que o principal entrave deste fruto é o curto período de comercialização. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de técnicas pós-colheita na conservação da qualidade de framboesa in natura, através do uso do armazenamento refrigerado, atmosfera modificada, aplicação pós-colheita do 1-metilciclopropeno (1-MCP) e aplicação pré e póscolheita de quitosana. Para isso, foram realizados seis experimentos. No primeiro, avaliou-se a melhor temperatura para a refrigeração dos frutos, sendo estes armazenados a 0, 5, 10 ou 15ºC e 90±5% de UR, por 12 dias (a melhor temperatura foi usada nos experimentos seguintes). O segundo experimento constituiu-se da utilização da atmosfera modificada passiva, armazenando os frutos, por 15 dias, em cloreto de polivinila (PVC - 15 m), polietileno de baixa densidade (PEBD - 10 e 20 m), polietileno de alta densidade (PEAD), polipropileno (PP - 10 m), politereftalato de etileno (PET) não perfurados e perfurados (sem modificação de atmosfera). No terceiro experimento, os frutos foram expostos ao 1-MCP a 0...

Conservação pós-colheita de framboesa 'Autumn Bliss' com uso de radiação gama; Postharvest conservation of 'Autumn Bliss' raspberry using gamma radiation

Saji, Flor Roxana Quispe
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.69%
A framboesa faz parte do grupo das frutas vermelhas cuja produção tem crescido no Brasil devido à introdução das novas cultivares que produzem duas vezes no mesmo ciclo. É considerada uma fruta delicada e perecível, possui curta vida útil, o que torna essencial o desenvolvimento de novos métodos de conservação pós-colheita do produto in natura, tendo-se em vista que este é um dos principais entraves para a expansão da cultura no país. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de doses de radiação gama sobre a conservação de framboesas 'Autumn Bliss' refrigeradas. Os frutos foram colhidos na região de Ibiuna-SP, quando atingiram a plena maturidade na planta e foram selecionados de acordo com o tamanho, formato, ausência de injúrias e patógenos visíveis. No dia seguinte os frutos foram irradiados com fonte de 60 Co, com as doses 0,0; 0,5; 1,0 e 2,0 kGy. Após a irradiação, os frutos foram armazenados a 0+1oC e 90+5% UR durante 20 dias. As variáveis analisadas foram: perda de massa fresca, índice de cor, firmeza, acidez titulável, teor de ácido ascórbico, teor de antocianinas e quercetina, porcentagem de solubilização de pectina, incidência de podridão, atividade respiratória e produção de etileno. As duas últimas variáveis foram avaliadas no dia da montagem do experimento...

Estudo das propriedades físicas de polpas e néctares de pequenos frutos

Souza, Daiana de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.35%
A produção brasileira dos pequenos frutos morango, amora, framboesa e mirtilo vem sendo incrementada nos últimos vinte anos devido ao interesse do consumidor por estes frutos, sobretudo graças às suas propriedades nutracêuticas. O processamento industrial destes frutos, para a obtenção de sucos e polpas, é uma alternativa para minimizar as perdas decorrentes da alta perecibilidade intrínseca aos mesmos. Para a obtenção de sucos e polpas de pequenos frutos com alta qualidade nutricional e sensorial, há a necessidade de se conhecer o comportamento das propriedades físicas destes produtos nas condições de processo, já que elas são de fundamental importância no projeto, otimização, simulação e automação das operações unitárias envolvidas no processamento industrial. A predição teórica destas propriedades não traz bons resultados, pois a estrutura física e composição química destes alimentos são bastante variáveis, sendo a experimentação a melhor alternativa para este fim. O objetivo deste trabalho é determinar as propriedades massa específica, condutividade elétrica, difusividade térmica, calor específico e condutividade térmica de polpas e néctares de morango, framboesa, mirtilo e amora. Este estudo envolveu a variação da temperatura e da composição dos produtos...

Estudo do comportamento reológico de sucos combinados de frutas vermelhas

Haminiuk, Charles Windson; Sierakowski, Maria Rita; Plata-Oviedo, Manuel Salvador Vicente; Branco, Ivanise Guilherme; Canteri, Maria Helene Giovanetti; Masson, Maria Lúcia
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 314-325
POR
Relevância na Pesquisa
17.35%
The aim of this work was to evaluate the rheological behavior of combined juices of strawberry, blackberry and raspberry in two different temperatures of interest in industrial processes in the food industry, using rheological analyses on non-oscillatory regime and the Response Surface Methodology (RSM). The rheological data were fitted by the Casson model. All samples of combined juices of ref fruits showed a Newtonian behavior and the rheological parameters yield stress (Kc) and plastic viscosity of Casson (Koc) had a decrease in its values with the temperature increase. By the analysis of the ternary diagrams it is evident that the raspberry juice effectively contributed to the higher values of yield stress and plastic viscosity of Casson in both temperatures studied.; O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento reológico de sucos combinados de morango, amora-preta e framboesa em duas diferentes temperaturas de interesse em processos industriais na indústria de alimentos, usando análises reológicas em regime não-oscilatório e a metodologia de superfície de resposta (MSR). Os dados reológicos foram ajustados pelo modelo de Casson. Todas as amostras de sucos combinados de frutas vermelhas apresentaram um comportamento newtoniano...

Analise tempo-intensidade, perfil descritivo e estudo de consumidor de gelatinas tradicionais e diet sabor framboesa; Time-intensity analysis, descriptive profile and study of traditional and diet raspberry flavored gelatins consumers

Alessandra Bugatte Palazzo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.69%
Diante do cenário da alimentação humana atual, do ritmo agitado do cotidiano e aumento do consumo de alimentos industrializados, cada vez é maior a preocupação das pessoas em praticar dietas saudáveis, ricas nutricionalmente e que sejam de preparo fácil e rápido. A gelatina se torna um produto importante neste aspecto, consideradas suas propriedades como regeneração muscular e fortalecimento dos ossos. Além disso, é consumida por todas as faixas etárias. Este trabalho teve por objetivo avaliar o comportamento de gelatinas em pó sabor framboesa de diferentes marcas comercializadas atualmente, tanto em versão tradicional com adição de sacarose, quanto à versão adicionada de edulcorantes, sob ponto de vista físico-químico e sensorial. As análises físico-químicas foram determinação de cor, textura, pH e ºBrix. Os testes sensoriais realizados foram análise descritiva quantitativa (ADQè), análise tempo-intensidade (TI) em relação aos estímulos doce, ácido, sabor framboesa e derretimento na boca e teste de aceitação com 120 consumidores para os atributos aparência, aroma, sabor, textura e impressão global. A análise estatística incluiu Análise de Variância (ANOVA), teste de média de Tukey e análise multidimensional de preferência (MDPREF)...

Caracterização microbiológica de matérias primas e validação do binómio : tempo x temperatura de esterilização de preparados alimentares

Lopes, Maria Teresa Bonifácio Viana
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 17/02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
17.69%
Na indústria alimentar, a contaminação das matérias-primas e dos alimentos é um problema que deve ser controlado para garantir a segurança alimentar. Os frutos secos, o chocolate e o cacau são matérias-primas potencialmente perigosas pois estão, normalmente, contaminadas com bactérias e fungos. Frutos como as framboesas também têm uma elevada carga microbiana. Para se poder utilizar estes produtos como matérias-primas de preparados alimentares é necessário aplicar tratamentos de inativação microbiológica como, por exemplo, tratamentos térmicos. Dentro dos tratamentos térmicos utilizados incluem-se a pasteurização e a esterilização térmica. Em ambos, a temperatura e o tempo variam conforme o preparado e os microrganismos que podem estar lá presentes. A esterilização térmica permite a inativação de microrganismos produtores de esporos resistentes ao calor (sendo os mais perigosos nestes alimentos o Clostridium botulinum e o Bacillus cereus). Pretendeu-se com esta tese quantificar a carga microbiológica total e formadora de esporos, em matérias-primas de diferentes origens utilizadas pela Frulact e otimizar os binómios de tempo/temperatura utilizados na esterilização dos preparados, minimizando a sua contaminação. Utilizaram-se dois preparados (um de chocolate e outro de framboesa) onde se aplicaram três binómios diferentes a cada um deles (109ºC/10 minutos...

Avaliação dos compostos fenólicos e da actividade de frutos vermelhos produzidos em modo biológico

Soutinho, Susana Margarida Abrantes; Guiné, Raquel, orient.; Jordão, António, co-orient.; Gonçalves, Fernando, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior Agrária. Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior Agrária.
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.69%
A agricultura biológica distingue-se de outros métodos de produção pela sua ação construtiva e equilibrada nos sistemas agrícolas. Paralelamente, tem aumentado a procura de frutos vermelhos, dado o seu elevado teor em compostos fitoquímicos biologicamente ativos, capzes de retardar o aparecimento de doenças, contribuindo para a saúde e bem-estar do Homem. Neste trabalho foram estudados três frutos vermelhos, a framboesa, a groselha e o mirtilo, produzidos em modo de produção biológico. As amostras dos frutos foram recolhidos em seis datas entre o início e o fim da maturação. Com a execução deste trabalho pretendeu-se estudar a evolução do teor em compostos fenólicos e da capacidade antioxidante destes frutos vermelhos ao longo da maturação. Os resultados obtidos mostraram que, no final da maturação, no mirtilo, de entre os frutos estudados, foi onde se obtiveram teores mais elevados de compostos fenólicos totais, antocianinas e taninos. A análise por HPLC permitiu identificar a presença de antocianinas monoméricas e de ácidos fenólicos (benzóicos e cinâmicos) na framboesa, na groselha e no mirtilo. Em relação à capacidade antioxidante determinada pelo método DPPH, os valores apresentados nos três frutos foram semelhantes. No método ABTS...

Evolução dos compostos fenólicos e da capacidade antioxidante durante a maturação de frutos vermelhos (framboesa, groselha e mirtilo) de produção biológica

Soutinho, Susana; Gonçalves, Fernando; Jordão, Antonio; Guiné, Raquel
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.69%
O modo de produção biológico distingue-se de outros métodos de produção pelo seu equilíbrio e ação construtiva nos sistemas agrícolas. Nos últimos anos, tem havido um interesse crescente em alimentos de origem biológica. Ao mesmo tempo, tem crescido a procura por frutos devido à sua composição em compostos biologicamente ativos, associados a efeitos benéficos para a saúde humana. Neste trabalho foram estudados três frutos vermelhos, framboesa, groselha e mirtilo, produzidos em modo biológico. Com a execução do trabalho pretendeu-se estudar a evolução do teor em compostos fenólicos e da capacidade antioxidante destes frutos vermelhos ao longo da maturação. Os resultados mostraram que os compostos fenólicos totais dos três frutos decresceram ao longo da maturação, tanto no extrato de metanol como no de acetona. O teor em compostos fenólicos do extrato de metanol era superior quando comparado com o extrato de acetona. O mirtilo foi, entre os frutos estudados, o que apresentava teores mais elevados de compostos fenólicos. Os teores de taninos e antocianinas totais quantificadas no mirtilo e na groselha aumentaram ao longo da maturação. Pelo contrário...

Análise de um processo fermentativo para desenvolvimento de um produto alimentar

Henriques, Andreia Filipa Francisco
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
28.21%
O presente trabalho resulta de um estágio efetuado no laboratório INOV´LINEA (Centro de Transferência de Tecnologia Alimentar), que é parte integrante da Tagusvalley – Associação para a Promoção e Desenvolvimento do Tecnopolo do Vale do Tejo, localizada em Abrantes. O estágio previsto no plano curricular do curso de Mestrado em Tecnologia Química, ministrado pelo Instituto Politécnico de Tomar, decorreu nos meses Fevereiro a Julho de 2014 e teve como tema proposto “Análise de um Processo Fermentativo para Desenvolvimento de um Produto Alimentar”, sendo este também o principal objetivo. Inicialmente foi efetuada pesquisa bibliográfica subordinada aos temas: fermentação alcoólica e fermentação acética, também foi efetuada pesquisa relativamente a diversas matérias-primas, tais como: bolota, batata, batata-doce, alfarroba, framboesa, figo da índia, marmelo, pimento, romã, tremoço, castanha, figo e kiwi. Depois da análise feita à pesquisa bibliográfica efetuada, nomeadamente a todos os parâmetros críticos e caraterísticas da matéria-prima, foi escolhida como matéria-prima a framboesa e como principal produto alimentar a desenvolver, o vinagre de framboesa. O principal motivo pela escolha da framboesa foi a identificação...

Avaliação da atividade anti-inflamatória de um extrato de framboesa na Artrite Reumatóide

Freitas, Cassius Francisco de Andrade
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
38.4%
Tese de mestrado, Controlo de Qualidade e Toxicologia dos Alimentos, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2011; A framboesa, vulgarmente classificada como um fruto vermelho possui um elevado teor de compostos fenólicos aos quais têm sido associados benefícios para a saúde, relacionados com a sua atividade antioxidante e anti-inflamatória. Com o principal objetivo de avaliar a atividade anti-inflamatória de um extrato de framboesa em modelo animal de artrite reumatóide, preparou-se um extrato de framboesa recorrendo a uma variedade desconhecida da região Sul de Portugal. O extrato produzido foi caracterizado quimicamente por ensaios espetrofotométricos e cromatográficos (HPLC-DAD-ED e HPLC-DAD-ESI-MS/MS). A atividade antioxidante do extrato de framboesa foi avaliada em ensaios ORAC (Oxygen Radical Absorbance Capacity), HORAC (Hydroxyl Radical Antioxidant Capacity) e CAA (Cellular Antioxidant Activity), tendo-se obtido valores de 1277 ± 38 μmol de equivalentes de Trolox/ 100 g, 529 ± 33 μmol de equivalentes de ácido cafeico/ 100 g e 133 μmol de equivalentes de quercetina equivalentes/ 100 g, respetivamente. Para o estudo da inflamação aguda, num modelo de edema da pata induzido pela carragenina, administrou-se uma dose única de extrato de framboesa (15 mg de fenóis totais/ kg de rato)...

Agricultura biológica vs agricultura convencional: avaliação de parâmetros bioquímicos e qualidade sensorial de framboesa Tulameen

Andreia, Gonçalves; Alice, Vilela; Fernanda, Cosme; Fernando, Nunes; Teresa, Pinto; Rosário, Anjos
Fonte: ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE HORTICULTURA Publicador: ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE HORTICULTURA
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
37.9%
A produção e consumo de framboesa têm aumentado significativamente, o que estará relacionado com a sua composição rica em compostos bioativos sendo benéfica para o Homen. Este fruto está presente maioritariamente na Ásia, Europa e América do Norte. Relativamente a Portugal a espécie mais frequentemente cultivada é o fruto vermelho, de sabor agridoce, com um aroma agradável em que a polpa possui pequenas sementes e textura granulada. O principal objectivo deste trabalho foi determinar as características a nível bioquímico e sensorial presentes na variedade de framboesa selecionada (Tulameen) mediante o modo de produção biológico vs produção convencional. Para isso, analisaram-se os frutos relativamente ao teor em sólidos solúveis totais (ºBrix), acidez titulável, teor em fenóis totais, teor de antocianinas totais, perfil fenólico por HPLC, capacidade antioxidante e perfil sensorial. De uma forma geral, constatou-se que a forma de produção dos frutos afeta os valores relativos aos sólidos solúveis totais (teor em acúcares), atividade antioxidante e acidez total enquanto os resultados do teor de antocianinas totais e dos fenóis totais são influenciados pela variedade estudada. Por fim pela análise do perfil fenólico por HPLC comprovou-se que para todos os frutos analisados os compostos fenólicos maioritários foram uma antocianidina cianidina-3-soforósido) e uma proantocianidina. Em termos estatísticos...

Conservação dos frutos de duas cultivares de framboesa (Sevillana e Maravilla) em fresco e em doce

Pacheco, Ana Cristina da Silva
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.69%
Dissertação de mest., Tecnologia de Alimentos, Instituto Superior de Engenharia, Univ. do Algarve, 2012; Associado ao consumo cada vez mais frequente de alimentos industrializados surgiu um maior interesse da qualidade dos produtos que têm vindo a ser consumidos frescos e processados. Tornou-se cada vez mais importante verificar a influência desse processamento nos compostos benéficos que estão presentes nos alimentos in natura, nomeadamente nos frutos vermelhos. O estudo efetuado pode ser de grande utilidade para os produtores e comerciantes dos frutos vermelhos na otimização dos atributos de qualidade durante as alterações das condições de armazenamento de modo a aumentar o tempo de vida dos frutos, bem como aumentar a qualidade do produto final. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do armazenamento refrigerado na qualidade das framboesas frescas e o efeito do processamento térmico na qualidade do produto final. Foram analisadas neste estudo duas cultivares de framboesas a ‘Maravilla’ e a ‘Sevillana’, que foram adquiridas diretamente ao produtor no Algarve. Para avaliar a capacidade de armazenamento de frutos frescos, estes foram acondicionados em cuvetes logo após a colheita e armazenados a 0º...

Ferrugem em framboesa no estado de Santa Catarina

Casa,Ricardo Trezzi; Kuhnem Junior,Paulo Roberto; Bolzan,Jonatha Marcel; Bogo,Amauri; Kretzschmar,Aike Anneliese; Rufato,Leo; Macedo,Tiago Afonso de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.35%
Folhas e frutos de framboesa (Rubus idaeus L.) da cultivar Batum coletados de plantas do pomar do Centro de Ciências Agroveterinárias, CAV, município de Lages-SC, apresentando pústulas de ferrugem, foram encaminhados para análise no Laboratório de Fitopatologia do CAV. A diagnose indireta indicou a presença de pústulas com uma massa de esporos de cor amarela na face abaxial das folhas e superfície dos frutos. No exame ao microscópio, observou-se urédia e urediniósporos pequenos, obovados ou elipsoides, medindo 12,5-17,5 x 15,0-30,0 µm sobre a epiderme da folha e frutos, sem a presença de télias. Suspensão de urediniósporos (50.000 esporos mL-1) em água esterilizada foi pulverizada em folhas destacadas da mesma cultivar, mantidas por 24 h no escuro e 12 h de fotoperíodo em câmara úmida a 20ºC. Folhas-controle foram pulverizadas com água esterilizada. Após 10 dias detectaram-se urédias contendo urediniósporos na face abaxial das folhas, cujas características morfológicas e mensuração dos urediniósporos, sintomas e patogenicidade permitiram a identificação do agente causal como sendo Pucciniastrum americanum (Farl.) Arthur pela primeira vez no Estado de Santa Catarina.

Avaliação de iscas tóxicas para controle de mosca-das-frutas (Anastrepha fraterculus) em pomar comercial de amora e framboesa.

SEBBEN, V. H.; SANTOS, R. S. S. dos
Fonte: In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 10.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 6., 2012, Bento Gonçalves. Resumos... Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2012. Publicador: In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 10.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 6., 2012, Bento Gonçalves. Resumos... Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 22.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.35%
2012; Resumo.

Tecnologias para conservação e processamento de framboesa (Rubus idaeus)

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.35%
Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras como parte das exigências do Curso de Mestrado em Ciência dos Alimentos, para obtenção do título de “Mestre”.; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Influência da enxertia herbácea no vigor, produtividade e hábitos de frutificação da framboesa vermelha (Rubus idaeus); The influence of herbaceous grafting on vigour, productivity and friting habits of red raspberry (Rubus idaeus)

Santos, Maria Margarida Viegas Louro Oliveira
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
38.04%
Mestrado em Engenharia Agronómica - Hortofruticultura e Viticultura - Instituto Superior de Agronomia; Aiming to increase the productivity in red raspberry (Rubus idaeus L.) the effect of grafting in vigour, productivity and fruiting habits of several grafting combinations of raspberry cultivars was evaluated. Two trials comparing several herbaceous grafting combinations between different raspberry cultivars were established. The trials took place in spring and in summer, in protected culture, and cleft graft, "chip budding" and "pin grafting" were the grafting techniques used. The influence of these grafting techniques in vigour, productivity and fruiting habits was analysed. In the spring trial, the use of ‘Erika’ as a vigorous rootstock led to an increase in production of the graft 'Polka'. The cleft graft has proved not to be an efficient technique, with a survival rate in spring and in summer of 21.4% and 15.4%, respectively. In the summer’s trial, "chip budding” had the highest survival rate, 33.3%, whereas the "pin grafting" resulted in 19.1% of survived plants. The productivity of 'Polka' was not affected by the rootstock in this season. 'Glen Lyon' grafted plants flowered, regardless the rootstock used...

Fenologia e produção de cultivares de framboeseiras em regiões subtropicais no Brasil

Moura,Pedro Henrique Abreu; Campagnolo,Marcelo Angelo; Pio,Rafael; Curi,Paula Nogueira; Assis,Cynthia Natally de; Silva,Thaís Cristina
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
18.04%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a fenologia e a produção de cultivares de framboeseiras em condições subtropicais, no Brasil. O experimento foi realizado nos municípios de Lavras, MG, e Marechal Cândido Rondon, PR. Foram avaliadas sete cultivares, com as espécies Rubus idaeus (vermelhas, 'Heritage', 'Polana', 'Autumn Bliss' e 'Batum'; e amarelas, 'Golden Bliss', em Lavras, e 'Fall Gold', em Marechal Cândido Rondon) e R. niveus (framboesa-negra), além de um híbrido (Boysenberry) entre R. idaeus e amora-preta (R. ursinus). Foram coletados dados fenológicos (florescimento e período de colheita) e produtivos de dois ciclos de produção, e analisadas características físico-químicas dos frutos (dimensão, acidez titulável e conteúdo de sólidos solúveis). As cultivares de R. idaeus e o híbrido interespecífico não se adaptaram às condições climáticas do oeste paranaense, com baixa produção de frutos. No entanto, a framboesa-negra é uma excelente opção de cultivo na região, com alta produtividade (acima de 25 Mg ha-1) e qualidade de frutos (ratio de 9,3). No Sul de Minas, as framboeseiras apresentam boa adaptação, principalmente a framboesa-negra (18,2 Mg ha-1), a framboesa amarela (5 Mg ha-1) e a framboesa vermelha 'Batum' (4...