Página 1 dos resultados de 13490 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Total phenol concentrations in coffee tree leaves during fruit development; Concentrações de fenóis totais nas folhas do cafeeiro durante desenvolvimento dos frutos

SALGADO, Paula Rodrigues; FAVARIN, José Laércio; LEANDRO, Roseli Aparecida; LIMA FILHO, Oscar Fontão de
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.67%
Vegetables have a natural defense against external factors synthesizing phenolic compounds, which depends on the maturity stage and on the climate. Total phenol grades were extracted from mature and young coffee leaves and were analyzed in relation to yield, phenology and climate. The climatic conditions were described by air temperature, global radiation and daily insolation. Evaluations were made on height, diameter and length of reproductive branches to determine the respective vegetative growth rates of the plants. The amounts of total phenols in the plants at the production stage was 174.0 mg g-1 and 138.9 mg g-1 for young and mature leaves, respectively, and for plants without fruit formation 186.5 mg g-1 and 127.6 mg g-1 for young and mature leaves, respectively. The total phenol concentrations in young leaves with and without fruit formation were 25% and 46% greater compared to mature leaves. The secondary phenol synthesis in seed (146.8 mg g-1) was 31% lower than during grain maturation (212.4 mg g-1). The total phenol metabolization depends indirectly on the temperature and on the global radiation, presenting an inverse trend in relation to these climatic variables. Crop protection management should take into consideration periods of endanger of this natural defense of the plant.; Os vegetais apresentam defesa natural contra fatores externos...

Extração do óleo essencial e oleoresina das folhas de Corymbia citriodora utilizando CO2 em condições sub e supercríticas; Extraction of essential oil and oleoresin from Corymbia citriodora leaves using near and supercritical CO2

Dogenski, Mirelle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
Este trabalho teve como objetivo o mapeamento da composição do óleo essencial (OE) de Corymbia citriodora produzido no Brasil pelas principais destilarias, Três Barras (FTB) e Meneghetti (FMG), e a extração do OE e oleoresina (OR) a partir das folhas utilizando a tecnologia de fluidos supercríticos. Foram estudados os efeitos das condições do processo, pressão (P) e temperatura (T), sobre a composição química e rendimento dos extratos, além da atividade antioxidante de alguns ensaios. As folhas picotadas apresentaram umidade de 7,33±1,1 e 8,66±0,5% para a FMG e FTB, respectivamente. As extrações, a partir das folhas com CO2 em condições sub e supercríticas, foram realizadas em duas etapas. Na primeira etapa, obteve-se o OE e, em seguida, as condições foram reajustadas para se fazer a extração da OR. As combinações das variáveis P e T foram determinadas conforme um delineamento composto central rotacional (DCCR), sendo feito um para cada etapa de extração. Para todos os extratos obtidos na primeira etapa, bem como dos OEs obtidos por arraste à vapor (AV) e hidrodestilação (HD), determinou-se o perfil de voláteis por cromatografia gasosa acoplado ao espectrofotômetro de massa (GC/MS). Os ensaios de maior rendimento em OE sem a coextração de pigmentos (100 bar e 60ºC...

Estudo de diferentes metodologias para a obtenção de extratos de folhas de oliveira (Olea europaea) contendo oleuropeína; Study of different methodologies for obtaining extracts from olive leaves (Olea europaea) containing oleuropein

Pacetta, Cosmo Fernando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.71%
A oleuropeína é o mais abundante biofenol presente nas folhas de oliveira (Olea Europaea), com importantes funções antimicrobiana e antioxidante. Estudos visando à obtenção deste composto têm sido conduzidos, porém, muitos deles utilizam solventes tóxicos e métodos caros. A presente dissertação teve por objetivo estudar diferentes metodologias para a obtenção de extratos de folhas de oliva contendo quantidades significativas de oleuropeína. Os extratos foram obtidos a partir de folhas de oliva micronizadas, com ou sem pré-tratamento para redução do teor de clorofila, submetidas a contatos simples ou múltiplos com diferentes solventes, como dietil éter, clorofórmio, acetona, etanol, 1-propanol, 2-propanol, água e soluções hidroalcoólicas com diferentes concentrações. O contato das folhas micronizadas com os solventes foi promovido pelos seguintes métodos: agitação manual em temperatura ambiente, agitação mecânica a 50 ºC, ultrassom ou uma combinação desses dois últimos, totalizando 38 experimentos, sendo que em 17 destes os extratos foram produzidos na forma líquida e 21 na forma sólida. Os resultados mostraram que, de maneira geral, a etapa prévia de redução do teor da clorofila (realizada através de sucessivos contatos com hexano...

Distribuição espacial de imaturos de Phyllocnistis citrella (Lepidoptera, Gracillariidae) nos brotos e nas folhas de laranjeiras, Citrus sinensis var. Valência, mantidas sob dois sistemas de cultivo; Spatial distribution of immatures of Phyllocnistis citrella (Lepidoptera, Gracillariidae) on shoots and leaves of Citrus sinensis var. Valencia orange trees, under two management systems

Greve, Caroline; Redaelli, Luiza Rodrigues
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.77%
A distribuição de imaturos de Phyllocnistis citrella Stainton, 1856 foi avaliada em folhas e em brotos de plantas de Citrus sinensis L. Osbeck var. Valência, no município de Montenegro (29°68’S e 51°46’W), Rio Grande do Sul, Brasil. A presença de ovos, lagartas e crisálidas (vivas e mortas) foi registrada nas folhas, em relação às superfícies abaxial e adaxial e à porção proximal, mediana e distal destas. As folhas que continham ovos, lagartas e/ou crisálidas foram classificadas e numeradas quanto à posição relativa a partir do ápice do broto e foram tomadas medidas no maior comprimento. Lagartas, crisálidas e ovos de P. citrella evidenciaram padrão de distribuição agregado tanto no nível de brotos quanto no de folhas. O comprimento médio das folhas onde ocorreram as pupas era maior do que aquele onde se encontravam as lagartas. Os ovos foram registrados em maior proporção no terço mediano das folhas, em ambas superfícies, já as lagartas e crisálidas ocorreram com mais freqüência nos terços mediano e proximal das folhas.; The distribution of immatures of Phyllocnistis citrella Stainton, 1856 was studied on the levels of leaves and shoots of Citrus sinensis L. Osbeck var. Valencia plants, in Montenegro County (29°68’S; 51°46’W)...

Caracterização química das folhas de alcachofra (Cynara scolymus L.) por cromatografia gasosa monodimensional e bidimensional abrangente

Saucier, Caroline
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
A alcachofra (Cynara scolymus L.), planta herbácea perene que pertence à família Asteraceae, é amplamente cultivada em todo o mundo. As folhas secas de alcachofra têm sido utilizadas na medicina popular principalmente por suas atividades colerética e hepatoprotetora. Neste trabalho três diferentes técnicas de extração (extração assistida por ultrassom - UAE, extração por fluido supercrítico - SFE e hidrodestilação - HD) foram empregadas no estudo da composição química das folhas de alcachofra. A identificação dos compostos foi realizada por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas com analisador quadrupolar (GC/qMS) e cromatografia gasosa bidimensional abrangente acoplada à espectrometria de massas com analisador quadrupolar (GC×GC/qMS). Os compostos majoritários tentativamente identificados nos extratos de folhas de alcachofra obtidos por UAE foram grosheimina, β-amirina, lupeol, fitol, ácido linoleico, ácido palmítico e hidrocarbonetos de cadeia longa. Para os extratos obtidos por SFE, os constituintes mais abundantes foram lupeol e hidrocarbonetos de cadeia longa. Os extratos hidroalcoólicos das folhas de alcachofra exibiram alto conteúdo dos compostos bioativos grosheimina e lupeol. O óleo essencial das folhas de alcachofra apresentou 142 compostos...

Anatomia ecológica comparada de folhas de Guapira opposita (Vell.) Reitz (Nyctaginaceae) na vegetação de restinga e na Floresta Ombrófila Densa

Fermino Junior, Paulo Cesar Poeta
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal; As espécies arbóreas podem aclimatar-se às variações das condições ambientais. A aclimatação é adquirida através de mudanças morfo-fisiológicas. Para que uma espécie sobreviva em ambientes sombreados, como no interior das florestas, ou ensolarados, como na restinga, as adaptações morfo-anatômicas das folhas relacionadas com as adaptações fisiológicas são relevantes. O objetivo desse trabalho foi comparar aspectos anatômicos, relacionando-os a aspectos fisiológicos, das folhas de Guapira opposita (Vell.) Reitz que ocorrem sob o dossel (folhas de sombra) da Floresta Ombrófila Densa e na restinga (plantas com folhas de sol e de sombra). Folhas totalmente expandidas foram coletadas na Floresta Ombrófila Densa (Unidade de Conservação Ambiental Desterro -UCAD) e na restinga (Parque Florestal do Rio Vermelho), em dois períodos sazonais. Secções paradérmicas de material fresco foram feitas para as determinações da densidade estomática, distância entre os estômatos e dimensões das células-guarda e do poro estomático. Amostras foram fixadas em glutaraldeído 2...

Anatomia de folhas e raízes de Aechmea lindenii (E. Morren) Baker var. lindenii (bromeliaceae)

Voltolini, Caroline Heinig
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pos-Graduação em Biologia Vegetal, Florianópolis, 2009; Aechmea lindenii (E. Morren) Baker var. lindenii (Bromeliaceae-Bromelioideae) ocorre em restingas e Floresta Pluvial de Encosta Atlântica em Santa Catarina e Nordeste do Rio Grande do Sul, BR. Pode ser encontrada total ou parcialmente exposta à irradiação solar e em distintas formas de vida - terrícola, rupícola e epifítica. Apresenta variações morfológicas (tamanho das folhas, coloração) em resposta à intensidade da irradiação solar. O objetivo deste trabalho foi comparar morfo-anatomicamente às características de folhas e raízes de A. lindenii var. lindenii em distintas condições ambientais. Foram coletadas, na Ilha de Santa Catarina (Florianópolis, SC), folhas de plantas terrícolas em restinga herbácea (alta irradiação solar), rupícolas de costões rochosos (alta irradiação solar), terrícolas e epifíticas de sub-bosques (baixa irradiação solar) de restinga arbórea e rupícolas de sub-bosque (baixa irradiação solar) de Floresta Pluvial de Encosta Atlântica. Foram feitas análises in vivo e testes histoquímicos. Amostras foram fixadas em glutaraldeído 2...

As "folhas velhas" da fábrica da Vista Alegre : experimentando o acaso

Nascimento Junior, Eliézer Nogueira do
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
O projeto investiga os processos de construção das “Folhas Velhas”, os papéis reciclados de decalque da seção de serigrafia da Fábrica de Porcelana da Vista Alegre. Através da revisão bibliográfica, insere-se as “Folhas Velhas” no campo de imagens contemporâneas e faz-se uma abordagem aos conceitos de experiência, palimpsesto, Design e artefato que reflete a postura exercida durante a experiência do projeto. Desenvolve-se uma metodologia de interação com o acaso no que concerne à análise visual e à experimentação com as Folhas Velhas. Realiza-se uma série de peças experimentais e exclusivas que são os estandartes da prática realizada na fábrica e das discussões teóricas empreendidas.; The project investigates the processes of building "Folhas Velhas", the recycled decal paper from the screen printing section of the Vista Alegre Porcelain Factory. Through the literature review, it inserts the "Folhas Velhas" in the field of contemporary images, and it is an approach to the concepts of experience, palimpsest, Design and artifact that reflects the position applied during the project experience. It develops a methodology for interaction with the chance with regard to their visual analysis and experimentation of “Folhas Velhas”. Makes a series of experimental and unique parts that are the standards of the practice carried out in the factory and of the theoretical discussions taken.; Mestrado em Design

Folhas verdes de feijão na alimentação humana: avaliação sensorial, adubação nitrogenada e desfolhamento

Fonseca,Sarah Verra De; Vieira,Clibas; Minim,Valéria Paula Rodrigues; Cardoso,Antonio Américo
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
Com o objetivo de estudar a possível utilização de folhas verdes de feijão-comum na alimentação humana, desenvolveram-se um experimento em Viçosa e dois em Coimbra, na Zona da Mata de Minas Gerais, na safra agrícola 1999/2000, utilizando-se o delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. No experimento de Viçosa, utilizaram-se seis cultivares em testes sensoriais e na obtenção das produções de folhas verdes. No primeiro experimento de Coimbra, estudaram-se os efeitos da adubação nitrogenada nas cultivares Ouro Negro e Pérola, submetidas a 33% de desfolhamento, do estádio da floração até o início da formação de vagens. No segundo experimento de Coimbra, observaram-se os efeitos de três níveis de desfolhamento (33%, 66% e 100%), combinados com quatro épocas de desfolhamento (25, 40, 55 e 70 dias após a emergência), mais uma testemunha (sem desfolhamento), na cultivar Ouro Negro. Verificou-se aceitação das folhas verdes da maioria das cultivares de feijão semelhante à da couve. Com 33% de desfolhamento, tem-se rendimento de 0,4 a 1,5 t/ha de folhas verdes de feijoeiro. A composição química dessas folhas assemelha-se à da couve. Com a adubação nitrogenada são proporcionadas maiores produtividades de folhas verdes...

Cultivo do tomateiro sob diferentes espaçamentos entre plantas e diferentes níveis de desfolha das folhas basais

Hachmann,Tiago Luan; Echer,Márcia de Moraes; Dalastra,Graciela Maiara; Vasconcelos,Edmar Soares; Guimarães,Vandeir Francisco
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.71%
Este trabalho teve como objetivo estudar a influência do espaçamento entre plantas e o nível de desfolha das folhas baixeiras nas características produtivas de frutos de tomate. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, em esquema fatorial de 2x4, com cinco repetições. Foram avaliados dois espaçamentos entre plantas (0,30 e 0,50 m) e quatro níveis de desfolhas (0, 50 e 100% das folhas baixeiras retiradas após o pegamento dos frutos do primeiro cacho e 100% das folhas baixeiras retiradas após a colheita do primeiro cacho). Foi avaliado o número de frutos normais, com defeito e total por cacho; massa dos frutos normais, com defeito e total por cacho; diâmetro longitudinal e transversal dos frutos normais; e produtividade de frutos normais e total por cacho. A remoção das folhas baixeiras é favorável para as características produtivas, quando há uma maior densidade de plantas, e deve ser realizada antes da formação dos primeiros cachos. Para plantas mais espaçadas as folhas baixeiras exercem influência nessas características, não sendo favorável sua remoção durante a formação do primeiro cacho mas sim após a sua colheita. A desfolha é uma prática que pode ser utilizada para aumentar a aeração...

Correlações entre as concentrações de nutrientes, alumínio e sódio nas folhas de "Coast Cross nº 1" e a análise física e química de um Latossolo vermelho amarelo II: Concentração de nitrogênio e fósforo

Hass,Fernando José; Haag,Henrique Paulo
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1991 PT
Relevância na Pesquisa
36.74%
Foi realizado um levantamento em 41 pontos de um Latossolo Vermelho Amarelo, com amostragem de solo e folhas da forrageira "Coast Cross Nº 1", objetivando o estudo de correlações entre as concentrações de nutrientes, alumínio e sódio nas folhas e as análises químicas do solo. As folhas foram secas e analisadas para N, P. As amostras de solo foram secas e analisadas pelos seguintes métodos: índices pH (água e CaCl2 0,01 M), matéria orgânica (digestão úmida) , P, K, B, Cu, Fe, Mn, Zn e Na pelo extrator de Mehlich. P através de resina iônica. Ca, Mg e Al pelo KC1 1 N. As frações granulométricas foram dispersas por NaOH 0,1 Ne separadas pelo método da pipeta. Foram observadas correlações entre as concentrações de elementos nas folhas e as determinações no solo. Nitrogênio nas folhas correlacionou-se negativamente com fósforo do solo e positivamente com manganês e enxofre. Fósforo nas folhas correlacionou-se negativamente com cálcio do solo.

Aparecimento de folhas em mudas de eucalipto estimado por dois modelos

Martins,Fabrina Bolzan; Streck,Nereu Augusto
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.74%
O objetivo deste trabalho foi avaliar e comparar os modelos do Filocrono e de Wang e Engel para estimativa do aparecimento de folhas em mudas de Eucalyptus grandis e E. saligna. Foram instalados dois experimentos em Santa Maria em 2005 e 2006, um, em campo, com nove épocas de semeadura, e o outro, em casa, de vegetação com duas épocas de semeadura. Os modelos usados foram o do Filocrono, que assume uma relação linear entre taxa de aparecimento de folhas e temperatura, e o de Wang e Engel, que assume uma relação não-linear entre taxa de aparecimento de folhas e temperatura. As quatro primeiras épocas de semeadura em campo foram usadas para estimar os coeficientes dos modelos utilizados. As épocas de semeadura restantes do experimento em campo e as duas épocas de semeadura, em casa de vegetação, foram utilizadas como dados independentes para avaliar os modelos. O modelo de Wang e Engel proporcionou estimativa mais precisa do número de folhas, com valor da raiz do quadrado médio do erro de 2,7 e 3,7 folhas, comparado com o modelo do Filocrono com 7,1 e 10 folhas para E. grandis e E. saligna, respectivamente.

Filocrono e número de folhas da canola em diferentes condições ambientais

Dalmago,Genei Antonio; Fochesatto,Elizandro; Kovaleski,Samuel; Tazzo,Ivonete Fátima; Bolis,Laise Maria; Cunha,Gilberto Rocca da; Nied,Astor Henrique; Bergamaschi,Homero; Santi,Anderson
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.74%
O objetivo deste trabalho foi determinar o número de folhas e o filocrono de genótipos de canola, em resposta a variações térmicas associadas com datas de semeadura. Foram realizados dois experimentos, em delineamento de blocos ao acaso, com arranjo fatorial de genótipos por datas de semeadura (5x2, em 2009, e 2x3 em 2010) e quatro repetições. O número de folhas do caule principal e do primeiro ramo foi determinado três vezes por semana. O filocrono foi estimado pelo inverso do coeficiente angular entre a soma térmica e o número de folhas, para os subperíodos da roseta e do alongamento do caule. O número de folhas no caule variou de 11,5 a 16,4; nos ramos, este número foi, em média, 70% menor. O número de folhas no caule foi maior em semeaduras precoces, e o inverso ocorreu no ramo. O filocrono foi maior no subperíodo da roseta e variou entre 21,4 e 52,9 graus-dia por folha conforme o genótipo e a data de semeadura. Semeaduras tardias aumentaram o filocrono. Genótipos de ciclo precoce apresentam número de folhas e filocrono menores que genótipos de ciclo médio ou longo, e a variabilidade entre os genótipos acentua-se em semeaduras tardias.

Duração do ciclo de desenvolvimento de cultivares de arroz em função da emissão de folhas no colmo principal

Streck,Nereu Augusto; Bosco,Leosane Cristina; Michelon,Simone; Walter,Lidiane Cristine; Marcolin,Elio
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
Uma das metas do melhoramento genético de arroz no Sul do Brasil ao longo dos últimos 40 anos foi modificar a duração do ciclo de desenvolvimento das cultivares. Em geral, o ciclo de desenvolvimento foi encurtado, com o objetivo de aumentar a competição com o arroz vermelho, a principal espécie competidora nas lavouras orizícolas. O objetivo deste estudo foi determinar a relação da duração do ciclo de desenvolvimento de arroz com o número final de folhas e com a velocidade de aparecimento de folhas no colmo principal. Um experimento de campo foi realizado em Santa Maria, RS, com cinco épocas de semeadura em dois anos agrícolas (2003/2004 e 2004/2005). Foram utilizados sete genótipos de arroz do grupo "indica", tipo moderno, variando de ciclo superprecoce a tardio: IRGA 421, IRGA 420, IRGA 417, IRGA 416, BRS 7 (TAIM), BR-IRGA 409, EPAGRI 109. A semeadura e o cultivo das plantas ocorreu em baldes de 12 litros enterrados no solo. Em cada cultivar e em cada época foi determinada a duração, em °C dia (Tb=11°C), das fases emergência (EM) - aparecimento do colar da folha bandeira (R2) - e R2 - maturação fisiológica (R9) -, o número final de folhas e o filocrono (tempo para aparecimento de duas folhas sucessivas) no colmo principal. Cada 100°C dia de aumento na duração da fase EM-R2 deveu-se a um aumento de 0...

Caracterização bioquímica e cinética de lipoxigenases de folhas de soja submetidas à remoção dos primórdios florais

Ferreira,Cristiano César de Araújo; Oliveira,Maria Goreti de Almeida; Pires,Christiano Vieira; Oliveira,Joel Antônio de; Pilon,Anderson Martins; Almeida,Fabrício Tadeu de; Brumano,Maria Helena Nasser; Moreira,Maurilio Alves
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
O uso da soja [Glycine max (L.) Merrill] na alimentação humana tem encontrado dificuldades devido ao seu sabor característico (beany flavor), que é derivado da ação das lipoxigenases (EC 1.13.11.12). Ao contrário das lipoxigenases de sementes de soja, que têm sido extensivamente estudadas, a diversidade e características das lipoxigenases de folhas não estão totalmente elucidadas. Sabe-se que além de sua atividade catalítica, as lipoxigenases de folhas estão envolvidas no armazenamento temporário de nitrogênio e na resposta da planta ao estresse. Com o objetivo de investigar o efeito da remoção dos primórdios florais na atividade das lipoxigenases de folhas de soja, foram utilizados dois genótipos de soja: IAC-100, uma variedade com presença de lipoxigenases na semente e IAC-100 TN, uma linhagem com ausência completa de lipoxigenases na semente. Por meio de dados da cinética enzimática, foram constatados dois picos mais acentuados de atividade em pH 5,0 e 6,5, com temperatura ótima de 25ºC. Para ambos os genótipos, as atividades foram maiores nos tratamentos que nos respectivos controles. Os valores de KM app aos 16 dias, nas plantas-controle, foram semelhantes para os dois genótipos, sugerindo não haver influência da manipulação genética das lipoxigenases na semente em relação à expressão dos genes que codificam as lipoxigenases de folhas. No entanto...

Aparecimento de folhas em mudas de eucalipto estimado por dois modelos

MARTINS, F.B.; STRECK, N.A.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.8, p. 1091-1100, ago. 2007 Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.8, p. 1091-1100, ago. 2007
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.74%
O objetivo deste trabalho foi avaliar e comparar os modelos do Filocrono e de Wang e Engel para estimativa do aparecimento de folhas em mudas de Eucalyptus grandis e E. saligna. Foram instalados dois experimentos em Santa Maria em 2005 e 2006, um, em campo, com nove épocas de semeadura, e o outro, em casa, de vegetação com duas épocas de semeadura. Os modelos usados foram o do Filocrono, que assume uma relação linear entre taxa de aparecimento de folhas e temperatura, e o de Wang e Engel, que assume uma relação não-linear entre taxa de aparecimento de folhas e temperatura. As quatro primeiras épocas de semeadura em campo foram usadas para estimar os coeficientes dos modelos utilizados. As épocas de semeadura restantes do experimento em campo e as duas épocas de semeadura, em casa de vegetação, foram utilizadas como dados independentes para avaliar os modelos. O modelo de Wang e Engel proporcionou estimativa mais precisa do número de folhas, com valor da raiz do quadrado médio do erro de 2,7 e 3,7 folhas, comparado com o modelo do Filocrono com 7,1 e 10 folhas para E. grandis e E. saligna, respectivamente.; 2007

Identificação de elementos específicos das folhas do algodoeiro em imagens com fundos complexos.

BARBEDO, J. G. A.
Fonte: In: SIMPÓSIO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO AGROPECUÁRIA, 2014, São Carlos, SP. Ciência, inovação e mercado: anais. São Carlos, SP: Embrapa Instrumentação, 2014. Publicador: In: SIMPÓSIO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO AGROPECUÁRIA, 2014, São Carlos, SP. Ciência, inovação e mercado: anais. São Carlos, SP: Embrapa Instrumentação, 2014.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 521-524.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Resumo: O uso de técnicas de processamento digital de imagens e visão computacional na análise foliar frequentemente depende de uma separação prévia das folhas das plantas do restante da cena. Essa segmentação pode ser um problema de difícil solução se as condições não são estritamente controladas, sendo particularmente desafiadores os casos em que várias folhas, muitas vezes sobrepostas, estão presentes na cena. Nesses casos, qualquer informação capaz de ajudar na localização das folhas é de grande utilidade. Nesse contexto, este artigo apresenta um método para identificar o nó principal e a nervura principal de folhas do algodoeiro, o que fornece informações valiosas sobre a posição e orientação dessas folhas. A única restrição à qual o método está sujeito é que a folha de interesse esteja localizada numa posição central na imagem.; 2014; SIAGRO 2014.

Caracterização bioquímica e cinética de lipoxigenases de folhas de soja submetidas à remoção dos primórdios florais

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
O uso da soja [Glycine max (L.) Merrill] na alimentação humana tem encontrado dificuldades devido ao seu sabor característico (beany flavor), que é derivado da ação das lipoxigenases (EC 1.13.11.12). Ao contrário das lipoxigenases de sementes de soja, que têm sido extensivamente estudadas, a diversidade e características das lipoxigenases de folhas não estão totalmente elucidadas. Sabe-se que além de sua atividade catalítica, as lipoxigenases de folhas estão envolvidas no armazenamento temporário de nitrogênio e na resposta da planta ao estresse. Com o objetivo de investigar o efeito da remoção dos primórdios florais na atividade das lipoxigenases de folhas de soja, foram utilizados dois genótipos de soja: IAC-100, uma variedade com presença de lipoxigenases na semente e IAC-100 TN, uma linhagem com ausência completa de lipoxigenases na semente. Por meio de dados da cinética enzimática, foram constatados dois picos mais acentuados de atividade em pH 5,0 e 6,5, com temperatura ótima de 25ºC. Para ambos os genótipos, as atividades foram maiores nos tratamentos que nos respectivos controles. Os valores de KM app aos 16 dias, nas plantas-controle, foram semelhantes para os dois genótipos, sugerindo não haver influência da manipulação genética das lipoxigenases na semente em relação à expressão dos genes que codificam as lipoxigenases de folhas. No entanto...

Propriedades bioativas de extratos de folhas de Psydrax locuples (rubiaceae)

Zimba, Amandio D.; Calhelha, Ricardo C.; Pereira, Carla; Munyemana, François; Castro, María Ángeles; Corral Santana, José María Miguel del; García, Pablo A.; Ferreira, Isabel C.F.R.
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Introdução: Historicamente, as plantas medicinais têm sido utilizadas como fitoterápicos e fontes importantes para o desenvolvimento de novos fármacos. Na região sul de Moçambique, as folhas de Psydrax locuples são utilizadas para tratar e prevenir a "doença da lua", doença caracterizada por febre, vómitos, diarreia, dor de cabeça, cólicas abdominais, e por produzir sintomas e sinais idênticos aos da epilepsia, em recémnascidos e crianças. Objetivos: No presente trabalho, avaliaram-se as propriedades antioxidante e antitumoral de diferentes extratos obtidos a partir de folhas de P. locuples. Métodos: Os extratos foram preparados por maceração das folhas secas e moídas, sequencialmente, com solventes de polaridade progressiva (hexano, diclorometano, acetato de etilo, metanol e água). O extrato obtido com acetato de etilo foi acetilado para isolar e identificar os seus componentes. O potencial antioxidante foi determinado pela atividade captadora de radicais 2,2-difenil-1-picril-hidrazilo e pelo poder redutor (ensaio do ferricianeto/azul da Prússia). O potencial antitumoral foi avaliado, in vitro, em 4 linhas celulares tumorais humanas (HeLa-cervical, HepG2-hepatocelular, MCF7-mama e NCIH460- pulmão)...

Correlações entre as concentrações de nutrientes, alumínio e sódio nas folhas de "Coast Cross nº 1" e a análise física e química de um Latossolo vermelho amarelo II: Concentração de nitrogênio e fósforo; Correlation among nutrient concentration, sodium and aluminum in the leaves of "Coast Cross nº 1" and physical and chemical analysis of a typic Acrostox Soil II: Concentration of nitrogen and phosphorus

Hass, Fernando José; Haag, Henrique Paulo
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1991 POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
Foi realizado um levantamento em 41 pontos de um Latossolo Vermelho Amarelo, com amostragem de solo e folhas da forrageira "Coast Cross Nº 1", objetivando o estudo de correlações entre as concentrações de nutrientes, alumínio e sódio nas folhas e as análises químicas do solo. As folhas foram secas e analisadas para N, P. As amostras de solo foram secas e analisadas pelos seguintes métodos: índices pH (água e CaCl2 0,01 M), matéria orgânica (digestão úmida) , P, K, B, Cu, Fe, Mn, Zn e Na pelo extrator de Mehlich. P através de resina iônica. Ca, Mg e Al pelo KC1 1 N. As frações granulométricas foram dispersas por NaOH 0,1 Ne separadas pelo método da pipeta. Foram observadas correlações entre as concentrações de elementos nas folhas e as determinações no solo. Nitrogênio nas folhas correlacionou-se negativamente com fósforo do solo e positivamente com manganês e enxofre. Fósforo nas folhas correlacionou-se negativamente com cálcio do solo.; Correlation studies were carried out among nutrient concentrations in leaf of "Coast Cross nº 1" grass and chemical characteristicas of a Latossolo Vermelho Amarelo (Typic Acrortox) soil at Jaguariuna, State of Sao Paulo, Brazil. The leaves were dried and analysed for N...