Página 1 dos resultados de 67 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

"Meu Portugal é a aldeia": etnografia de uma dinâmica de circulação migratória e práticas transnacionais; "Meu Portugal é a aldeia": ethnography of the dynamics of migratory movement and transnational practices

Rodrigues, Weslei Estradiote
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
Esta pesquisa é o resultado das observações de caráter etnográfico sobre um recorte proposto para um quadro específico de circulação migratória transnacional. A partir da abordagem de um caso específico, a emigração é tomada de diversas escalas de análise, mas com ênfase sobre os modos pelos quais ela é produzida e significada na esfera lo-cal. O quadro enfocado remete aos movimentos sazonais de afastamento e retorno dos emigrantes da aldeia de Vilas Boas, no interior nordeste de Portugal. Procurei seguir os agentes pelos seus deslocamentos entre o contexto de partida e os contextos de destino para os quais rumaram, sem por isso perder de vista a aldeia como foco de seu interesse e da participação social. A maior parte do trabalho de campo, no entanto, se deu no con-texto de retorno massivo dos emigrantes para a aldeia para a ocasião de celebração da festa religiosa local. Nesse contexto são observadas as diferentes maneiras pelas quais as o contingente emigrante se relaciona com o grupo que reside na aldeia, bem como os modos pelos quais constroem sua participação na festa e na vida social local. Trata-se, portanto, de uma reflexão sobre práticas que sustentam transnacionalmente relações sociais e as atualizam no reencontro ocasionado pelo retorno.; This research is the result of ethnographic observations about a proposed cut to a partic-ular frame of transnational migratory movement. From the approach of a specific case...

Festa religiosa

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
Fotografia color; Festa religiosa em cidade não identificada. Década de 1970.

A institucionalização da Acção Católica Portuguesa e a festa de Cristo-Rei

Fontes, Paulo F. de Oliveira
Fonte: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa Publicador: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
46.53%
O artigo analisa a relação entre a institucionalização da Acção Católica Portuguesa, em 1933, e a teologia da Cristo-Rei. Remontando embora ao século XIX, esta adquiriu novo impulso e abertura no século XX, com o papado de Pio XI. A encíclica Quas Primas (1925) ao instituir a Festa de Cristo-Rei como festa maior da “nova cristandade” criou uma referência incontornável para o militantismo católico até, pelo menos, ao II Concílio do Vaticano (1962-1965).; This article analyses the connection between the institutionalization of the Portuguese Catholic Action, in 1933, and the theology of Christ the King. Though emerging from the 19th century, this theology benefited from a large impulse and spread in the 20th century, during Pius XI’s papacy. The encyclical Quas Primas (1925), through the establishment of the Feast of Christ the King as the major feast of the “new Christendom”, settled an essential reference for the catholic militantism that persisted till, at least, the Second Vatican Council (1962-1965).

Música Instrumental nas festas sacras em Portugal entre 1750-1820: funções, formações orquestrais e instrumentos solistas

Sá Silva, Vanda
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
No contexto cultural do Antigo Regime desenvolve-se um modelo de festa religiosa que integra, e em última análise expande, vários pontos de contacto, que não exclusivamente musicais, com o universo profano. Verifica-se assim que quanto mais amplo e popular o carácter da festa sacra em questão maior a presença de música instrumental. O grau de popularidade do dia solenizado era aferido pela variedade de recursos colocados ao serviço dos festejos, constituindo-se as funções sacras como apenas um dos momentos, embora o mais importante e legitimador, no seio de um vasto programa que se podia estender por mais do que um dia.

Música Instrumental no contexto da festa litúrgica portuguesa no final do Antigo Regime

Sá, Vanda de Sá Martins Silva
Fonte: INCM /Fundação Calouste Gulbenkian Publicador: INCM /Fundação Calouste Gulbenkian
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
No contexto cultural do Antigo Regime desenvolve-se um modelo de festa religiosa que integra, e em última análise expande, vários pontos de contacto, que não exclusivamente musicais, com o universo profano. Verifica-se assim que quanto mais amplo e popular o carácter da festa sacra em questão maior a presença de música instrumental. O grau de popularidade do dia solenizado era aferido pela variedade de recursos colocados ao serviço dos festejos, constituindo-se as funções sacras como apenas um dos momentos, embora o mais importante e legitimador, no seio de um vasto programa que se podia estender por mais do que um dia. A união entre “devoção e divertimento”, para usar a feliz expressão de Thomas Lindley (1805, p. 275-76)1 naquele que é um dos primeiros relatos com informação substantiva sobre contextos musicais sacros e profanos da realidade brasileira, afirmou-se como um traço marcante nas práticas culturais do Antigo Regime. O principal fundo documental que testemunha a presença de música instrumental nas funções litúrgicas pertence ao espólio da Irmandade de Santa Cecília2.

Entre a vila e a aldeia : a comunidade de Rio Maior na Idade Média

Oliveira, Luís Filipe
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
A 20 de Julho de 1435, os moradores de Rio Maior dirigiram-se a Alenquer, por onde se demorava a Corte, e obtiveram um alvará de D. Duarte, ordenando aos juizes de Santarém a devolução dos penhores que lhes haviam tomado, por eles não terem comparecido na festa do Corpo de Deus. Na mesma ocasião, depois de invocarem a celebração tradicional daquela festa em Rio Maior, desde sempre aí organizada, diziam, conseguiram que o monarca os libertasse da participação nos festejos de Santarém e lhes reconhecesse o direito a organizarem localmente a sua própria festa e procissão do Corpo de Deus. O empenho que puseram na resolução deste problema e o receio de uma nova intervenção dos juizes do concelho, talvez pouco interessados em aceitarem semelhante novidade, motivou-os a obter, ainda, a confirmação sucessiva daquele diploma, primeiro em Santarém, a 13 de Maio de 1440, pouco depois em Óbidos, a 24 de Agosto de 1449. A partir desse momento, cerca de quinze anos após o início do conflito, o alvará de D. Duarte não voltou a ser apresentado à confirmação dos monarcas, certamente por a organização daquelas festas se ter entretanto transformado num costume local, merecedor do respeito de todos. [...]

O Bom Jesus Milagroso de São Mateus do Pico : exemplo de património cultural imaterial

Goulart, Débora Paula Machado
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 11/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Dissertação de Mestrado em Património, Museologia e Desenvolvimento.; O objecto de estudo desta tese de mestrado é a festividade do Senhor Bom Jesus Milagroso de São Mateus do Pico, na sua dimensão religiosa e profana, desde o seu início até aos dias de hoje. Sendo as festas do Bom Jesus Milagroso o maior festejo religioso da ilha do Pico e, consequentemente, da freguesia de São Mateus e do concelho da Madalena, é de grande pertinência a abordagem deste tema, visto que até hoje ainda não houve um estudo profundo do assunto. Assim, com este trabalho pretende-se: - conhecer a origem histórica e o posterior desenvolvimento da festa, articulando a vertente festiva com o ambiente social local (na dimensão insular e arquipelágica) e internacional (considerando o papel e a interacção das comunidades emigrantes); - identificar e caracterizar a vertente devocional e afectiva tanto a nível religioso como profano, quer no passado quer no presente; - estudar a imagem do Bom Jesus Milagroso de São Mateus do Pico na sua perspectiva artística e devocional, apresentando a sua origem e o seu benemérito ofertante Francisco Ferreira Goulart; - abordar a fundação e a consolidação do Santuário do Bom Jesus. Para este estudo, utilizaram-se fontes de cariz escritas...

A festiva devoção no Círio de Nossa Senhora de Nazaré

Alves,Isidoro
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
NESTE artigo analisa-se o Círio e a Festa de Nossa Senhora de Nazaré como um grande rito coletivo que conjuga aspectos formais e devocionais com a informalidade profana da Festa brasileira. Expressão do catolicismo popular, festividade típica do Estado do Pará, o Círio de Nazaré e os festejos que lhes são próprios englobam elementos nativos que configuram a expressão de uma identidade regional, uma temporalidade particular e uma percepção da ordem e as diferentes formas de contrastá-la.

O sagrado e o profano presentes na festa de iemanj??: uma leitura poss??vel de educabilidade ambiental

Camargo, Tania Garcia; Calloni, Humberto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
O presente artigo trata de abordar a hist??ria da festa em homenagem a Iemanj??, no munic??pio do Rio Grande ??? RS, bem como o processo mesmo de sua realiza????o e a import??ncia do movimento umbandista para a consolida????o dessa festividade anual junto ?? praia do balne??rio Cassino, bairro deste munic??pio. Trata-se, tamb??m, de uma reflex??o pontual acerca do sagrado e do profano, que se explicitam na cosmovis??o dos fi??is que participam das efem??rides ?? ???rainha do mar???, procurando demonstrar que, nessa cosmovis??o religiosa, tamb??m pode-se perceber an??ncios de uma educabilidade ambiental desde sempre presente.; The present article is to address the history of the party in honor of Iemanja in Rio Grande - RS, as well as the very process of its realization and the importance of Umbanda movement for the consolidation of this annual festival on the beach of the resort casino, a neighborhood that the municipality. It is also a timely reflection on the sacred and the profane is made explicit in the worldview of the faithful who participate in the ephemeris to the "Sea Queen", seeking to demonstrate that this religious worldview can also see ads from an environmental education always present.

Xangô rezado baixo. Xambá tocando alto : a reprodução da tradição religiosa através da música

Helena Barbosa Guerra, Lúcia; Bivar Carneiro Campos, Roberta (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.53%
A construção dessa dissertação é fruto de pesquisa realizada ao longo dos últimos quatro anos no Terreiro Santa Bárbara da Nação Xambá, localizado na cidade de Olinda/PE. Busquei entender como os jovens, representados aqui pelo grupo musical Bongar, se utilizam da música para evidenciar a importância religiosa da sua Nação, tida por muitos pesquisadores como extinta. Para compreender as transformações ocorridas no terreiro ao longo da última década; dentre elas a conquista do título de Quilombo Urbano; procurei resgatar a história da Nação Xambá, desde a sua chegada em Pernambuco na década de 20 até os dias de hoje. Investiguei no contexto desta comunidade a relação entre religião e festa, que por sua vez conecta dois universos dialéticos: o sagrado e o profano. Para pensar estes laços, elegi festejos que fazem parte do calendário do terreiro, objetivando identificar elementos do sagrado interagindo com elementos do profano, além de observar as funções sociais das festas dentro do âmbito da Nação Xambá; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

A festa de São Benedito em Lagarto-SE (1771-1928): limites e contradições da romanização

Santos, Claudefranklin Monteiro; Silva, Severino Vicente da (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
36.72%
Vila de Nossa Senhora da Piedade do Lagarto, Sergipe, janeiro, Largo do Rosário. Pessoas de diversas condições sociais e etnias se reúnem em torno de uma humilde capela para celebrar a memória de um dos santos mais populares da Igreja Católica: São Benedito. A festa bem que podia ser de preto, mas também foi de branco, de pardos, e roubou a cena das vivências de fé que a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário desde o século XVIII realizava na vila. Este foi o cenário que dominou por mais de um século e meio o cotidiano católico e a vida social das terras de Sílvio Romero, o primeiro a registrá-la em seus muitos escritos. Com a recatolização do Brasil e, aqui, de modo particular de Sergipe, gradativamente, e não necessariamente uniforme, a romanização foi ganhando novos rumos, novas tendências, à mercê não só das questões que o próprio tecido histórico oferecia, mas também de acordo com a tecedura verificada nas tensões e acomodações entre seus agentes religiosos: devotos e clero. Da condescendência do Padre João Batista de Carvalho Daltro, passando pela indiferença do Padre Vicente Francisco de Jesus, à completa antipatia do Padre José Geminiano de Freitas, a Festa de São Benedito...

De volta para os braços da rainha dos céus: migração, memória e festa em Caicó/RN

Pereira, Carlos Eduardo de Brito
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social; Antropologia Social Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social; Antropologia Social
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.58%
The present work has as an objective to seize up some particular meanings of the Feast of Sant Ana (The saint which represents the city of Caicó/RN), a central event of the calendar festive-religious of that city, looking for to perceive on how it combines with the symbolic poles sacred: profane through the social bonds that are present there performed and expressed through the social networking and of local belongings. Such bond ties reveal themselves through a very especial manner, through the migration of returning to the feast, when collectively are produced and updated knowledge and codes that reinforce the representation of the local belonging, nominated as being caicoense . We seek on perceiving how the many events of this feast (from a perspective of a religious order as well as laic) acting on a conclusive way to an identity of the re-meaning of that city, especially in its relation with the migrant natives: the sons and daughters that return to the arms of Sant Ana; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; presente dissertação tem como objetivo apreender alguns significados particulares da Festa de Sant Ana (a santa padroeira de Caicó/RN), evento central do calendário festivoreligioso daquela cidade...

Os processos comunicacionais na festa de São Sebastião Bairro do Alecrim Natal/RN

Medeiros, Helcio Pacheco de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.58%
Parties are one of the most communicative languages, full of contents and symbolic meanings. The devotion to the saints is a kind of communication. In this thesis communicational processes, its languages and its flows are sought at the Saint Sebastian s party, at Alecrim neighborhood, in Natal/RN. The view is focused on the individuals and collective behaviors, in a dynamic which involves the saint s interlocutors at the party space, which supports the pre-novena, the novena and the procession. It tries to show through observation, ethnography and interviews the elements that composes the symbolic language present on the gestures, on the performances and bodies movements, on the clothing colors, as well as on what is said orally or in silence, on the spontaneous prayers or pre-elaborated ones, on the written messages that the devout addresses to the saint at the patron s festivity; A festa é uma das linguagens mais comunicativas, carregada de conteúdos e significados simbólicos. A devoção aos santos é uma forma de comunicação. Busca-se pesquisar nesta tese os processos comunicacionais, suas linguagens e seus fluxos na festa de São Sebastião, no bairro do Alecrim, em Natal/RN. O foco do olhar se volta para os comportamentos coletivos e individuais...

Festa Religiosa, sujeito e imagem: a construção de um imaginário; Fête Religieux, sujet et image: la construction d'une imaginaire

Corcinio Junior, Givaldo Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC); Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC); Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.61%
Ce texte raisonne, sur une regardé que se guide pour l’étudient de l'imaginaire bachelardien, sur l’élaboration de l’image de la fête du « Divino Pai Eterno » et du «pèlerinage de Carreiros de Damolândia à Trindade », stade du Goiás, par tons acteurs. La réflexion proposée ici assumée qui l’image de l'imaginaire de carreiros (personnes qui utilisent un ancien véhicule pour faire le pèlerinage entre la ville de Damolândia-GO jusqu’à la ville de Trindade-GO) se imposer sûr l’image véhiculée pour les moyens de communication de masse sur la fête et qui l’élaboration des images signifiantes par ces personnes, ainsi comme l’élaboration de sens comportée dans la cette opération, c’est une pratique capitale pour les acteurs de ces manifestations religieuses, divulguent ton regard sur la fête, sur lases relations interpersonnelles et sur lases relations entre l’humaine et la sacrée. Cette relation peut offrir l’articulation entre le quotidien et la sacralité évoqué dans le temps de la fête, de du pèlerinage et de ta préparation. Le travail présent voulait liste le sens à engendrer et le signe présenté dans l’image e dans lases narratives produit pour les acteurs de la fête. L’observation d’éléments présenté dans lases paroles et dans les pratiques de ces personnes pour construire un « assemblage indiciatique » qui possibilité réfléchir sur les interférences présentées dans ces élaborations est survenu de transformations techniques qui aient été présentées na pèlerinage dos carreiros de Damolândia et la diffusion d’un perspectif singulier de la sociabilité présenté dans ce quotidien qui advient de cette perception du monde.; Esse trabalho discorre...

A festa do bom Jesus dos navegantes em propriá-se: história de fé, espaço das relações sociais e laços culturais

Britto, Adelina Amélia Vieira Lubambo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
The study is a survey conducted for the Master of Social Sciences carried out in partnership between the Universidade Tiradentes-UNIT/SE and the Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Being a religious event, we seek to show that the religious parties generally have particular meanings for each nation or region. Amaral (1998) informs that the Brazilian parties regardless of where they occur are popular demonstrations that, as the context in which they present themselves, can dilute to crystallize, to celebrate, to ritualize or sacralize the particular social experience of the groups that do. They happen as a way to thank victories or important religious passages as Christmas, the June saints celebration, patron saints and patron saints considered. Thus, The Bom Jesus dos Navegantes party in Propriá-SE: story of faith, a space of social relations and cultural ties, is presented as our field of study because it is one of those celebrations that while celebrated in Sergipe, always on Sundays in January, by some municipalities situated along the river San Francisco, has the characteristic of overlap any others placed in town, including the one of the city's patron saint, Saint Anthony, held on June 13. Concerning the materials and methods...

Festa de santo na cidade: notas sobre uma pesquisa etnográfica na periferia de Belém, Pará, Brasil

Costa,Antonio Maurício Dias da
Fonte: MCTI/Museu Paraense Emílio Goeldi Publicador: MCTI/Museu Paraense Emílio Goeldi
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.72%
O artigo faz alguns paralelos entre estudos que tratam da dimensão lúdica da religiosidade popular na Amazônia e os resultados de uma pesquisa etnográfica sobre uma festa de santo padroeiro em uma feira de bairro na Belém contemporânea. São observados elementos externos ao ritual religioso, como divulgação propagandística, trocas econômicas e usos políticos, que atuam como transformadores do sentido da devoção religiosa. Demonstra-se, com isso, a dinamicidade da reprodução da religiosidade popular, considerando a diversidade de manifestações festivas em diferentes realidades socioespaciais amazônicas. Devoção religiosa e 'razão prática' estão imbricadas no processo de modificação do evento pesquisado. Isto se revela pela complexidade das trocas sociais exercidas em uma festa de santo padroeiro na escala de uma grande cidade.

Diversidade e identidade religiosa: Uma leitura espacial dos padroeiros e seus festejos em Múquem, Abadiânia e Trindade-GO; Diversity and religious identity: A spatial reading of the patrons and their celebrations in biceps, and Trinidad-GO Abadiania

D'ABADIA, Maria Idelma Vieira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Geografia; Ciencias Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Geografia; Ciencias Humanas
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.89%
The religious feasts, in a general set, are related to the celebrations and tributes done to the worshiped deities in any other religious follow-up. The present study emphasizes the religious feasts as a social cultural practice that spatializes in Goiás State. The feasts space materializes itself in the scenery, in the territory and in the territorialities construction. The chosen places to the research development are the villages of Muquém and Posse D Abadia, respectively set in the goiano boroughs of Niquelândia and Abadiânia and the town of Trindade. The catholic religious feasts are manifestations that boost these boroughs spaces, revealing, in their organization, a religious identity expressed in the studied places territory. The work main goal is the comprehension of how it occurs the patron feasts spatialization and its reflexes in the formation and structuration of the goiano territorial and cultural space. With this study it is searched to present a theoretical-methodological reflection about the patron feasts traditions that sustain a territorial identity in the State. For this identity, the patron is the faith, territory and the feast centrality. The territory is built and donated to the patron, which domain is effective with the possession and the power as protector of the mentioned places. The territorial identity is placed as a religious identity assigned to this patron. The formed identity...

RITUAIS DE SAÍDA DA BANDEIRA NA FOLIA DE SANTOS REIS DO JARDIM DAS AROEIRAS EM GOIÂNIA, GOIÁS

Coelho, Tito Oliveira; Maia, Carlos Eduardo Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
O artigo enfoca os movimentos de saída da bandeira de Santos Reis do Jardim das Aroeiras em Goiânia, Goiás, festa popular de fortes raízes rurais. Discutem-se os movimentos ritualísticos de foliões em interação espacial, possibilitado determinada leitura das influências culturais no deslocamento, na mobilização e na circulação de pessoas. Aborda-se o início de uma jornada ou giro de folia de Reis, festa popular do ciclo natalino que reproduz a viagem dos Três Reis Magos do Oriente a caminho de Belém, como modo de entender o resgate de tradições rurais da relação casa-rua no contexto urbano. Dialogam-se no texto tanto com autores da Geografia como de outras ciências humanas, a fim de compreendermos as saídas de folias como festas populares. As discussões baseiam-se em referências bibliográficas e em pesquisa de campo participante

A Festa de São Sebastião em Catingueira: transformações e permanências dez anos depois; Festa de São Sebastião, in Catingueira: Transformations and Continuities after Ten Years

Pires, Flavia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.81%
Este artigo é um exercício de compreensão de uma festa religiosa católica e, ao mesmo tempo, é uma reflexão sobre o trabalho antropológico, na medida em que reapresenta textos já publicados. Estes estudos anteriores, baseados em trabalho de campo nos anos de 2000 e 2002, discorrem sobre como uma festa de padroeiro, particularmente um leilão de galinha assada, poderia ser iluminada a partir da teoria da dádiva de Marcel Mauss e de uma análise na qual a galinha era vista como uma representação cômica da sociedade. Entretanto, duas outras voltas à festa, em 2009 e 2010, trouxeram dados novos que complexificaram a análise. Em suma, este artigo reflete sobre festas e temporariedade e analisa o papel da pesquisa científica, vocalizando a questão da permanência e da validade do conhecimento antropológico.; This article is an exercise in comprehending a catholic festival and, at the same time, it is a reflection on the anthropologic work, as it presents already published texts. These previous studies, based on fieldwork conducted in 2000 and 2002, argue that this festival, particularly the roast chicken auction, would be enlightened by Marcel Mauss’s theory of the gift and an analysis in which the chicken would be regarded as a comic representation of society. However...

O Círio de Nazaré (Pará, Brasil): relações entre o sagrado e o profano

Frugoli, Ricardo; Universidade Anhembi Morumbi; Bueno, Marielys Siqueira; Universidade Anhembi Morumbi
Fonte: Departamento de Turismo (DETUR - UFPR) Publicador: Departamento de Turismo (DETUR - UFPR)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por pares; Revisão de Literatura Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Desde o período colonial muitas festas brasileiras criam uma ponte simbólica entre o mundo sagrado e o profano. Atualmente, a forma mais expressiva dessa relação é o Círio de Nazaré (Belém, Pará, Brasil). Festa religiosa de gigantesca proporção, reconhecida entre as maiores do mundo, tem na procissão do Círio seu evento principal. A festa do Círio consta de uma sequência de rituais que faz dela, durante os quinze dias que se realiza, um polo de atração de devotos, visitantes e turistas. Paralelamente às práticas devocionais, vários eventos colocam em relação o sagrado e o profano entre os quais se destacam a procissão e a corda, o arraial e o ‘almoço/banquete do Círio’. Assim, ao lado da expressão de fé e o sentimento de identidade e pertencimento que a devoção proporciona se tem a força da agregação e de coesão graças à comensalidade. Essa comunhão de emoção confirma a sociabilidade em ato que cimenta a vida social dos paraenses.