Página 1 dos resultados de 23 itens digitais encontrados em 0.100 segundos

Mandioca e Resíduos das Farinheiras na Alimentação de Ruminantes: pH, Concentração de N-NH3 e Eficiência Microbiana

Zeoula, Lúcia Maria; Caldas Neto, Saul Ferreira; Branco, Antonio Ferriani; Prado, Ivanor Nunes do; Dalponte, Augusto Ortega; Kassies, Marcos; Fregadolli, Fábio Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1582-1593
POR
Relevância na Pesquisa
56.34%
O objetivo do presente trabalho foi avaliar a concentração de N-NH3, o pH do líquido ruminal e a eficiência de síntese microbiana de rações que continham diferentes fontes energéticas: milho (MI), milho + casca de mandioca desidratada (MC), raspa de mandioca (RM) e farinha de varredura de mandioca (FV). Foram utilizados quatro novilhos da raça Holandesa (270 kg), portadores de cânulas ruminal e duodenal, distribuídos em um delineamento Quadrado Latino 4x4. A cinza insolúvel em ácido foi utilizada como indicador do fluxo duodenal e fecal. Não houve efeito das rações experimentais no pH ruminal. No entanto, menor concentração de N-NH3 foi observada para a ração com FV. O fluxo duodenal de matéria orgânica e nitrogênio e a composição química das bactérias ruminais não foram influenciados pelas rações experimentais. A maior eficiência microbiana aparente foi obtida para a ração com FV. Nas condições do presente experimento a FV, possivelmente apresentou uma melhor sincronização com a fonte protéica (farelo de soja), diminuindo a perda de nitrogênio na forma de N-NH3 e aumentando a eficiência microbiana.; The objective of this paper was evaluate ammonia concentration, pH of ruminal liquid and microbial synthesis efficiency in diets with different energetic sources: corn (CO)...

Caracterização física, físico química e potencial tecnológico de novas cultivares de mandioca

Maieves, Helayne Aparecida
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 113 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
86.25%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos, Florianópolis, 2010; O presente trabalho teve por objetivo geral a caracterização física e físico química de dez cultivares de mandioca selecionadas pela EPAGRI (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural), visando a indicação de uso em diferentes setores industriais de produção de derivados da mandioca. Foi observado que cultivares susceptíveis à fitopatologias deverão ser desconsideradas para fins comerciais. Raízes com menores tempos de cozimento podem ser indicadas para processos industriais envolvendo tratamento térmico, tal como a produção de álcool de mandioca. A Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), colabora na definição das causas das diferenças do tempo de cozimento e dureza das raízes em estudo. Cultivares contendo maior envolvimento com tecido parenquimatoso, pectina e material celulósico, tendem a ser menos macias, tanto cruas quanto cozidas. Observa-se elevada correlação entre o teor de matéria seca e o teor de amido. As cultivares mais ricas em amido apresentaram a menor geração de resíduos e consumo de água. As raízes se apresentaram ricas em minerais e em fibras comparativamente a outros estudos...

Composição físico-química e valores energéticos de farinhas de silagem de peixe para frangos de corte

Oliveira,C.R.C.; Ludke,M.C.M.M.; Ludke,J.V.; Lopes,E.C.; Pereira,P.S.; Cunha,G.T.G.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
106.11%
Objetivou-se determinar a composição físico-química, os valores energéticos e os coeficientes de digestibilidade de quatro farinhas de silagem de peixe para frangos de corte. Foram produzidas quatro farinhas de silagem de peixe, utilizando-se o resíduo da filetagem de tilápias ensilado com diferentes fontes de carboidratos fermentáveis. Analisou-se a composição físico-química das silagens, e, em seguida, um ensaio de metabolismo com 180 pintos machos da linhagem Cobb de 14 a 25 dias de idade. Também foram avaliados o tempo de trânsito gastrintestinal das rações e o desempenho das aves nas gaiolas. Os animais foram distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, com cinco tratamentos, seis repetições e seis aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de uma dieta referência e de quatro dietas teste compostas de 60% da ração referência e 40% do resíduo da filetagem de tilápia ensilado com diferentes fontes de carboidratos, sendo a farinha de silagem de peixe com o farelo de algaroba (SFA), com a farinha de varredura de mandioca (SFVM), com o farelo de milho (SFM) e com a casca da mandioca (SCM). A SFM obteve o maior teor de PB...

Avaliação de dieta formulada com subprodutos de mandioca na produção de sêmen de coelhos

Oliveira,A.F.G.; Scapinello,C.; Moraes,G.V.; Leite,M.C. P.; Motta,A.C.M.; Figueira,J.L.; Catelan,F.; Retore,M.; Sato,J.; Zago,C.H.F.; Araujo,I.G.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.14%
Avaliaram-se as características quantitativas e qualitativas do sêmen de coelhos alimentados com uma ração referência e outra ração formulada com 79,83% de subprodutos de mandioca. Utilizaram-se 20 reprodutores da raça Nova Zelândia Branco, com idade média inicial de sete meses, alojados individualmente em gaiolas e distribuídos em delineamento experimental inteiramente ao acaso, com duas dietas e dez repetições. Realizaram-se dez colheitas de sêmen por animal durante seis meses. Avaliaram-se o volume de sêmen sem gel e volume de gel, cor do sêmen, pH, motilidade espermática progressiva, vigor espermático, concentração espermática, número de espermatozoides no ejaculado, espermatozoides normais, anormais e anormalidades primárias e secundárias. O volume de sêmen sem gel, o índice de normalidade, as anormalidades primárias e secundárias foram iguais (P>0,05) para os animais alimentados com a ração referência e a com subprodutos de mandioca. Os demais parâmetros do sêmen foram melhores (P<0,05) nos animais tratados com a ração com subprodutos de mandioca. Os resultados das características quali-quantitativas do sêmen dos coelhos da Raça Nova Zelândia Branco demonstram que é possível utilizar ração com 79...

Avaliação da mandioca e seus resíduos industriais em substituição ao milho no desempenho de novilhas confinadas

Marques,Jair de Araújo; Prado,Ivanor Nunes do; Zeoula,Lúcia Maria; Alcalde,Claudete Regina; Nascimento,Willian Gonçalves do
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2000 PT
Relevância na Pesquisa
76.11%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a substituição do milho pela casca, farinha de varredura ou raspa de mandioca sobre ganho médio diário, consumo e conversão alimentar e rendimento de carcaça de novilhas confinadas. Foram utilizadas 28 novilhas mestiças, com aproximadamente 24 meses de idade e peso médio inicial de 365 kg, distribuídas em um delineamento em blocos casualizados, em um experimento de 56 dias, com quatro tratamentos e sete repetições. Não houve efeito da substituição do milho pelos produtos da mandioca sobre ganho médio diário, conversão alimentar e rendimento de carcaça. No entanto, o consumo foi inferior nas rações contendo raiz e resíduos da mandioca.

Substituição do Milho pela Farinha de Varredura (Manihot esculenta, Crantz) na Ração de Bezerros Holandeses.: 1. Desempenho e Parâmetros Sangüíneos

Jorge,João Ricardo Vieira; Zeoula,Lúcia Maria; Prado,Ivanor Nunes do; Geron,Luiz Juliano Valério
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
96.31%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes níveis de substituição do milho pela farinha de varredura de mandioca (0, 25, 50, 75 e 100%, base da matéria seca), sobre o consumo e conversão alimentar, ganho médio diário e níveis de hematócrito, glicose e uréia sanguíneos. Utilizaram-se 35 bezerros holandeses puros de origem ou puros por cruzamento, não castrados, com idade aproximada de 80 dias e peso vivo médio de 80 kg, distribuídos em delineamento de blocos casualizados. Os animais foram alimentados à vontade, até atingir o consumo de 4 kg/dia de concentrado. Como volumoso, foi utilizado feno inteiro de capim tifton 85. Os animais terminaram o experimento, com peso médio de 164 kg. A elevação dos níveis de substituição ocasionou uma resposta linear decrescente no consumo de matéria seca. A conversão alimentar não diferiu entre os tratamentos. Os ganhos diários para os dois primeiros períodos de 28 dias reduziram-se linearmente, com a elevação dos níveis de substituição, mas não diferiram no último período de 28 dias, apresentando valores estimados, variando de 0,93 a 0,68, 1,10 a 0,89 e 1,09 kg/dia, respectivamente. Os níveis de hematócrito, glicose e uréia não foram influenciados pelos níveis de substituição do milho pela farinha de varredura.

Substituição do Milho pela Farinha de Varredura (Manihot esculenta, Crantz) na Ração de Bezerros Holandeses.: 2. Digestibilidade e Valor Energético

Jorge,João Ricardo Vieira; Zeoula,Lúcia Maria; Prado,Ivanor Nunes do; Geron,Luiz Juliano Valério
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.41%
Foram utilizados 20 bezerros holandeses, não castrados, com idade média de 160 dias e peso vivo inicial de 163 kg, em delineamento inteiramente casualizado, para avaliar o efeito de cinco níveis de substituição (0, 25, 50, 75 e 100% na base da matéria seca) do milho pela farinha de varredura de mandioca sobre o consumo e digestibilidade aparente da matéria seca, proteína bruta, fibra em detergente neutro, amido e energia bruta. Não houve efeito dos níveis de substituição do milho pela farinha de varredura no consumo de matéria seca. O aumento dos níveis de farinha de varredura nas dietas proporcionou aumento linear dos coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca, proteína bruta, amido e energia bruta, mas não influenciou o da fibra em detergente neutro. Não houve efeito da substituição do milho pela farinha de varredura nos valores energéticos das rações.

Substituição do Milho pela Farinha de Mandioca de Varredura em Dietas de Cabras em Lactação: Produção e Composição do Leite e Digestibilidade dos Nutrientes

Mouro,Gisele Fernanda; Branco,Antonio Ferriani; Macedo,Francisco Assis Fonseca de; Rigolon,Luiz Paulo; Maia,Fábio José; Guimarães,Kátia Cylene; Damasceno,Júlio Cesar; Santos,Geraldo Tadeu dos
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
76.58%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da substituição do milho pela farinha de mandioca de varredura, em dietas de cabras Saanen em lactação, sobre o desempenho, a composição do leite (sólidos totais e proteína bruta), a digestibilidade da matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra insolúvel em detergente neutro (FDN), e amido e a concentração dos nutrientes digestíveis totais (NDT) das dietas. Foram utilizadas quatro cabras há 100 dias em lactação. O delineamento utilizado foi o quadrado latino 4 x 4, em que os tratamentos consistiram em níveis de 0, 33, 67 e 100% de substituição do milho pela farinha de varredura. Os tratamentos não influenciaram a ingestão, excreção fecal, digestão total e a digestibilidade total da MS, MO, PB, FDN e carboidratos não-fibrosos (CNF). Houve diminuição linear na excreção fecal e aumento na digestibilidade do amido, com a inclusão da farinha de mandioca de varredura. O NDT não diferiu entre as dietas estudadas, com média de 71,59%. Houve correlação positiva entre a digestibilidade da matéria orgânica (DIGMO) e o NDT (r = 0,9472), permitindo estimativas do NDT a partir da equação NDT (%) = 0,8897DIGMO (%) + 10...

Digestibilidade Aparente da Energia e Nutrientes de Alimentos Convencionais e Alternativos para a Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus, L.)

Boscolo,Wilson Rogério; Hayashi,Carmino; Meurer,Fábio
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
75.89%
O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar os coeficientes de digestibilidade aparente (CDa) da matéria seca (MS), energia bruta (EB) e proteína bruta (PB) do farelo de soja (FS), milho (MO), trigo (TG), farelo de trigo (FT), milheto (MT), triticale (TC), farinha de varredura de mandioca (FM) e óleo de soja (OS) para tilápia do Nilo da linhagem tailandesa. Foram utilizados 100 animais revertidos sexualmente, com peso médio de 37,61 ± 4,98 g distribuídos em dois tanques de alimentação de 500L e coleta de fezes pelo sistema modificado de Guelph em dois aquários (150 L cada). A determinação dos CDa foi realizada pelo método indireto, sendo utilizado como indicador 0,1% de óxido de cromo (Cr2O3) incorporado à ração. Os CDa para a MS, PB e EB foram de 65,49, 89,58 e 71,38 para FS; 73,22, 93,40 e 76,63 para MO; 86,51, 96,30 e 87,07 para TG; 66,79, 91,00 e 68,81 para FT; 77,96, 94,91 e 89,12 para MT; 68,51, 94,78 e 80,55 TC; 91,11, 97,52 e 91,40% para FV, respectivamente; e para a EB do OS o CDa foi 89,85%, apresentando valores de proteína (%) e energia (kcal/kg) digestíveis de 42,19 e 3057,63 para FS; 7,18 e 3037,03 para MO; 11,01 e 3423,66 para TG; 13,44 e 2825,88 para FT; 13,88 e 3755,55 para MT; 13,74 e 3230...

Farinha de Varredura de Mandioca (Manihot esculenta) na Alimentação de Alevinos de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus L.)

Boscolo,Wilson Rogério; Hayashi,Carmino; Meurer,Fábio
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
86.53%
Objetivando avaliar a utilização de diferentes níveis de inclusão de farinha de varredura de mandioca (0,00; 6,00; 12,00; 18,00 e 24,00%) em rações com 30,00% de proteína digestível e 3000 kcal/kg de energia digestível para alevinos de tilápia do Nilo, foi realizado um experimento no Laboratório de Aqüicultura/DBI/UEM, utilizando-se 200 alevinos revertidos de tilápia do Nilo da linhagem tailandesa, com peso médio de 0,84g e 35 dias de idade, distribuídos em 25 tanques de 250L, num delineamento inteiramente casualisado com cinco tratamentos e cinco repetições. Foram avaliadas as médias de ganho de peso (GP), conversão alimentar aparente (CAa), sobrevivência (S), índice hepato-somático (IHS), rendimento de carcaça (RC) e porcentagem de gordura na carcaça (GC). O GP, CAa, S, IHS e RC não apresentaram diferenças entre os tratamentos. O GC apresentou redução linear com o aumento nos níveis de inclusão de farinha de varredura de mandioca (Y= 12,22 - 0,08657X; r² = 0,77). Concluiu-se que a farinha de varredura de mandioca pode ser utilizada na alimentação de alevinos de tilápia do Nilo até o nível de 24% de inclusão, substituindo toda a energia do milho, sem causar prejuízos no desempenho dos animais.

Mandioca e Resíduos das Farinheiras na Alimentação de Ruminantes: pH, Concentração de N-NH3 e Eficiência Microbiana

Zeoula,Lúcia Maria; Caldas Neto,Saul Ferreira; Branco,Antonio Ferriani; Prado,Ivanor Nunes do; Dalponte,Augusto Ortega; Kassies,Marcos; Fregadolli,Fábio Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.34%
O objetivo do presente trabalho foi avaliar a concentração de N-NH3, o pH do líquido ruminal e a eficiência de síntese microbiana de rações que continham diferentes fontes energéticas: milho (MI), milho + casca de mandioca desidratada (MC), raspa de mandioca (RM) e farinha de varredura de mandioca (FV). Foram utilizados quatro novilhos da raça Holandesa (270 kg), portadores de cânulas ruminal e duodenal, distribuídos em um delineamento Quadrado Latino 4x4. A cinza insolúvel em ácido foi utilizada como indicador do fluxo duodenal e fecal. Não houve efeito das rações experimentais no pH ruminal. No entanto, menor concentração de N-NH3 foi observada para a ração com FV. O fluxo duodenal de matéria orgânica e nitrogênio e a composição química das bactérias ruminais não foram influenciados pelas rações experimentais. A maior eficiência microbiana aparente foi obtida para a ração com FV. Nas condições do presente experimento a FV, possivelmente apresentou uma melhor sincronização com a fonte protéica (farelo de soja), diminuindo a perda de nitrogênio na forma de N-NH3 e aumentando a eficiência microbiana.

Substituição do Milho pela Farinha de Mandioca de Varredura em Dietas de Cabras em Lactação: Fermentação Ruminal e Concentrações de Uréia Plasmática e no Leite

Mouro,Gisele Fernanda; Branco,Antonio Ferriani; Macedo,Francisco Assis Fonseca de; Guimarães,Kátia Cilene; Alcalde,Claudete Regina; Ferreira,Rosemeri Aparecida; Prohmann,Paulo Emílio Fernandes
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
76.53%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da substituição do milho pela farinha de mandioca de varredura, em dietas de cabras Saanen em lactação, sobre a degradabilidade potencial, efetiva e efetiva corrigida das rações, bem como sobre o pH ruminal e as concentrações de amônia ruminal, uréia plasmática e uréia no leite em cabras em lactação. Foram utilizadas quatro cabras há 100 dias em lactação. O delineamento utilizado foi o quadrado latino 4 x4, em que os tratamentos consistiram em níveis de 0, 33, 67 e 100% de substituição do milho pela farinha de mandiocade varredura. A degradabilidade das rações experimentais foi determinada em bovinos pela técnica in situ. Apesar de a degradabilidade potencial das dietas experimentais ter tido pequena variação para MS, PB e amido, a degradabilidade efetiva e a degradabilidade efetiva corrigida da MS, da PB e do amido aumentaram com a substituição do milho pela farinha de varredura de mandioca. Os tratamentos não influenciaram o pH ruminal, bem como as concentrações de NH3-ruminal, uréia plasmática e uréia do leite. Houve correlação positiva (P<0,05; r = 0,9288) entre as concentrações de uréia plasmática e a uréia do leite, permitindo estimativas da uréia plasmática a partir da equação UP(mg/dL) = 0...

Substituição do milho pela farinha de varredura de mandioca (Manihot esculenta Crantz) em rações de ovinos: consumo, digestibilidade, balanços de nitrogênio e energia e parâmetros ruminais

Zeoula,Lúcia Maria; Caldas Neto,Saul Ferreira; Geron,Luiz Juliano Valério; Maeda,Emilyn Midore; Prado,Ivanor Nunes do; Dian,Paulo Henrique Moura; Jorge,João Ricardo Vieira; Marques,Jair de Araújo
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
96.36%
Avaliaram-se os efeitos dos níveis de substituição do milho (MI) pela farinha de varredura de mandioca (FV) (25, 50, 75 e 100%) em rações para ovinos, sobre consumo voluntário, digestibilidade total dos nutrientes, balanços de nitrogênio (BN) e de energia (BE), pH e concentração de nitrogênio amoniacal (N-NH3) do líquido ruminal. Foram utilizados quatro carneiros machos, castrados, sem raça definida, com peso médio de 41,4 kg de peso vivo em um ensaio de digestibilidade utilizando o método de coleta total de fezes e urina. Os animais foram mantidos em gaiolas metabólicas, distribuídos em delineamento experimental quadrado latino 4x4. O líquido ruminal foi obtido por meio de sonda esofágica, nos tempos de zero, 2, 4, 6 e 8 horas após à alimentação da manhã. Não houve efeito dos níveis de substituição para os consumos de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), fibra em detergente neutro (FDN), energia e nitrogênio (N), para os coeficientes de digestibilidade da MS, MO, PB, FDN, amido e energia bruta (EB), e para o BN e os teores de NDT. O consumo de amido e EB apresentaram efeito quadrático crescente até o nível de 75% de FV na ração. A concentração de N amoniacal e o pH do líquido ruminal não diferiram em função do nível de substituição do MI pela FV. Concluindo-se que a FV pode substituir totalmente o MI nas rações de ovinos.

Desempenho de novilhos em crescimento em pastagem de Brachiaria decumbens suplementados com diferentes fontes energéticas no período da seca e transição seca-águas

Garcia,Jocilaine; Alcalde,Claudete Regina; Zambom,Maximiliane Alavarse; Martins,Elias Nunes; Jobim,Clóves Cabreira; Andrade,Sandra Regina Dias Ferreira; Pereira,Marcelo Farid
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.2%
Objetivou-se, neste trabalho, estudar o efeito da suplementação, com diferentes fontes energéticas, sobre o desempenho de novilhos em crescimento e a viabilidade econômica da suplementação, bem como avaliar a disponibilidade e composição química da braquiária (Brachiaria decumbens Stapf), no período de julho a novembro, na região Oeste do Estado de São Paulo. Foram utilizados 42 novilhos da raça Nelore, distribuídos em três piquetes de 7,2 ha cada. As fontes energéticas utilizadas como suplementos foram: milho desintegrado com palha e sabugo (MDPS), farinha de mandioca de varredura (FMV) e casca do grão de soja (CGS). Todos os tratamentos continham farelo de algodão, para atingir 25% de PB, e foram fornecidos em nível de 1,3% do PV. As pesagens dos animais foram realizadas a cada 14 dias e a disponibilidade de forragem foi estimada a cada 28 dias. A disponibilidade média de forragem foi de 2.570 kg de MS/ha e 1.306 kg de lâmina foliar/ha. A proporção de lâmina foliar apresentou comportamento quadrático em função do período experimental, com valor mínimo de 46,58%, observado em agosto. Os teores médios de proteína bruta foram de: 4,45% para planta inteira; 5,30% para lâmina foliar e 2,83% para o colmo + bainha. Os teores médios de FDN e FDA foram...

Proteína degradável no rúmen associada a fontes de amido de alta ou baixa degradabilidade: digestibilidade in vitro e desempenho de novilhos em crescimento

Caldas Neto,Saul Ferreira; Zeoula,Lúcia Maria; Kazama,Ricardo; Prado,Ivanor Nunes do; Geron,Luiz Juliano Valério; Oliveira,Fábio Cortez Leite de; Prado,Odimari Pricila Pires do
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
96.2%
Objetivou-se avaliar os efeitos de teores crescentes de proteína degradável no rúmen (PDR = 47, 52, 57 e 62%) associados a fontes de amido de baixa (milho) ou de alta (farinha de varredura de mandioca - FVM) degradabilidade ruminal em rações com 50:50% volumoso:concentrado sobre a digestibilidade in vitro da MS (DIVMS) e o ganho de peso de novilhos em crescimento. Para determinação da DIVMS, foi utilizada a técnica de dois estádios de Tilley & Terry (1963). As médias obtidas para a DIVMS foram submetidas às análises de variância e regressão em função do teor de PDR da ração. Para o ensaio de desempenho animal, foram utilizados 32 novilhos mestiços (Nelore x Red Angus), não-castrados (275 kg de PV), alojados em duplas, em delineamento experimental inteiramente casualizado. Não foi observado efeito do teor de PDR de dietas contendo milho sobre a DIVMS, indicando que não houve deficiência de nitrogênio e que, possivelmente, a digestibilidade da fonte de amido (milho) foi o fator limitante. Observou-se efeito quadrático do teor de PDR sobre a DIVMS para as dietas contendo FVM, o que indica a ocorrência do efeito de sincronização entre a disponibilidade de energia e nitrogênio, permitindo aumento da atividade microbiana nos níveis mais elevados de PDR na ração e melhor utilização da energia proveniente da fonte de amido de alta degradabilidade ruminal. Não foi observado efeito dos diferentes teores de PDR e da fonte de amido de alta degradabilidade ruminal sobre o consumo de MS...

Proteína degradável no rúmen na dieta de bovinos: digestibilidades total e parcial dos nutrientes e parâmetros ruminais

Caldas Neto,Saul Ferreira; Zeoula,Lucia Maria; Prado,Ivanor Nunes do; Branco,Antonio Ferriani; Kazama,Ricardo; Geron,Luiz Juliano Valério; Maeda,Emilyn Midori; Fereli,Fernanda
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.26%
Quatro novilhos da raça Holandesa (450 kg) portadores de cânula ruminal e duodenal, recebendo dietas com níveis de proteína degradável no rúmen (PDR) de 50, 60, 65 e 70%, associadas a uma fonte de amido de alta degradabilidade ruminal (farinha de varredura de mandioca), foram distribuídos em quadrado latino 4 × 4 para se avaliarem as digestibilidades total e parcial dos nutrientes, a concentração de amônia e o pH ruminal. Foi utilizada, como indicador do fluxo duodenal e fecal, a cinza insolúvel em ácido. Não foi observado efeito do nível de PDR sobre o coeficiente de digestibilidade total, digestibilidade ruminal e digestibilidade intestinal da matéria seca, matéria orgânica, fibra em detergente neutro, carboidratos não-estruturais e energia bruta. O aumento do nível de PDR na dieta elevou o coeficiente de digestibilidade total e ruminal da proteína bruta e reduziu a digestibilidade intestinal desse nutriente como porcentagem do digerido. Não houve efeito dos níveis de PDR no pH ruminal, no entanto, maior concentração ruminal de amônia foi observada para as dietas com maior teor de PDR. Os resultados obtidos indicaram que o aumento no teor de PDR acarretou maior produção de nitrogênio na forma de amônia...

Bagaço e fécula de mandioca na elaboração de farinhas cruas e pré-gelatinizadas, snacks e macarrões instantâneos com amaranto; Bagasse and cassava starch in elaboration of raw and pre-gelatinized flours, snacks and instant noodles with amaranth

FIORDA, Fernanda Assumpção
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.4%
Cassava is a starchy tuberous root of great energetic potential, and can be used for both in natura consumption and for industrial processing, which generates significant amounts of ba-gasse that is potentially useful as a source of dietary fiber. Studies have shown the benefits of functional food, and that has led to an increase in consumer interest. Extrusion technology had been used lately for the development of new food products. Pasta has been incorporated as part of Brazilian cuisine, being served as a main course or a side dish, in many different com-binations. Due to the nutritional advantages of the amaranth, much research has been made on the use of its flour as a substitute for wheat flour in cooking with the final goal of a more nu-tritious product. This work focused on evaluating the effect of temperature of extrusion and moisture on the physical and technological properties of extruded products made trough mix-tures of starch and flour from the cassava (70:30) bagasse. Extrusion was made with a single screw extruder and followed the central rotational composite design with two factors or in-dependent variables for mixture moisture and extrusion temperature, on a total of 12 treat-ments. It was also intended to analyze the effect of the components on the boiling properties of pre-boiled pasta made of cassava (70:30) bagasse and pre-gelatinized starch flour...

Composição química e estimativa da digestibilidade e valor energético de resíduos da industrialização de frutas e da mandioca para alimentação de ruminantes; Chemical composition and estimate the nutritional value of agro-industrial residues juice and cassava for feeding ruminants

Santos, Danielle Farias dos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Ciências Agrárias; Programa de Pós-Graduação em Zootecnia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Ciências Agrárias; Programa de Pós-Graduação em Zootecnia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.48%
Three studies were conducted in order to estimate the nutritional value of agro-industrial residues juice and cassava for feeding ruminants. In the first study were analyzed waste from the processing of passion fruit (pell and seed), cherry and coconut, in the second study were analyzed wastes from the processing of cassava flour (peel, table bran flour and flour table scan) and the third study was analyzed hay of the aerial part of cassava at different storage times. The experiment was developed at the Center for Agricultural Sciences, Federal University of Alagoas, Rio Largo-AL and the São Paulo State University / Campus Jaboticabal. We determined the chemical composition, the levels of condensed tannins and digestibility, estimated by gas production, rumen degradation kinetics and energy value of waste. Among the wastes from the processing of fruits studied, the passion fruit peel showed the chemical composition and ruminal parameters that indicate a promising alternative source of food for ruminants. The seed of passion fruit and coconut pie had good levels of CP, however, the IVDOM in these two residues was very low. The nutritional evaluation of the waste of cassava flour house showed the potential of cassava peel, table flour bran and scan flour as energy sources...

Composição química e estimativa da digestibilidade e valor energético de resíduos da industrialização de frutas e da mandioca para alimentação de ruminantes; Chemical composition and estimate the nutritional value of agro-industrial residues juice and cassava for feeding ruminants

Santos, Danielle Farias dos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Ciências Agrárias; Programa de Pós-Graduação em Zootecnia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Ciências Agrárias; Programa de Pós-Graduação em Zootecnia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.48%
Three studies were conducted in order to estimate the nutritional value of agro-industrial residues juice and cassava for feeding ruminants. In the first study were analyzed waste from the processing of passion fruit (pell and seed), cherry and coconut, in the second study were analyzed wastes from the processing of cassava flour (peel, table bran flour and flour table scan) and the third study was analyzed hay of the aerial part of cassava at different storage times. The experiment was developed at the Center for Agricultural Sciences, Federal University of Alagoas, Rio Largo-AL and the São Paulo State University / Campus Jaboticabal. We determined the chemical composition, the levels of condensed tannins and digestibility, estimated by gas production, rumen degradation kinetics and energy value of waste. Among the wastes from the processing of fruits studied, the passion fruit peel showed the chemical composition and ruminal parameters that indicate a promising alternative source of food for ruminants. The seed of passion fruit and coconut pie had good levels of CP, however, the IVDOM in these two residues was very low. The nutritional evaluation of the waste of cassava flour house showed the potential of cassava peel, table flour bran and scan flour as energy sources...

ADDITION OF CASSAVA FLOUR IN THE FORMULATION OF THE TEA BREAD; INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DE FÉCULA DE MANDIOCA NAS CARACTERÍSTICAS DO PÃO TIPO CHÁ

VIEIRA, JUCYANE CARVALHO; Universidade Federal do Pará; MONTENEGRO, FLÁVIO MARTINS; Instituto de Tecnologia de Alimentos; LOPES, ALESSANDRA SANTOS; Instituto de Tecnologia de Alimentos; PENA, ROSINELSON DA SILVA; Instituto de Tecnologia de Alimentos
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.35%
In this work was studied the partial substitution of wheat flour by cassava flour in tea bread formulation. Physico-chemical analyses, differential thermal analyses (DTA) and scanning electron microscopy (SEM) were used to characterize the wheat, the cassava and mixed flours (with 5, 10 and 15% substitution of wheat flour by cassava flour). The substitution with cassava flour until 10% did not change significantly (p £ 0.05) the sensory quality and physical properties of the tea bread.; Estudou-se a adição de fécula de mandioca como substituto parcial da farinha de trigo na produção de pão tipo chá. As matérias-primas (farinha de trigo e fécula de mandioca) e as farinhas mistas (5, 10 e 15% de substituição de farinha de trigo por fécula de mandioca) foram caracterizadas mediante análises físicas, físico-químicas, análise térmica diferencial (ATD) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). A substituição de até 10% da farinha de trigo pela fécula de mandioca não provocou alteração significativa (p £ 0,05) na qualidade sensorial e propriedades físicas do pão tipo chá.