Página 1 dos resultados de 85 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Criacionismo vs. Evolucionismo

Maia, Hernâni L. S.
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa. CTEC Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa. CTEC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
16.63%
History shows that Criationism has been distorting scientific arguments to justify their views which not resist to the progress of Science. If the reason and consciousness represents the more differentiated expressions of humankind and praises the human genius within the Creation domain, it would be inadequate to try the use of reason to deny the Reason itself. For what? To blindly defend human interpretations of sacred texts, of course limitative of the true Creator dimension. Without deny the sacred texts, but discussing its interpretation, the fact that evolutionism is getting more and more knowledge, it’s turned a factor that offer’s today undeniable traces to understand the world.

As teorias da origem das espécies nos manuais escolares portugueses de Ciências Naturais (1905-1959)

Cavadas, Bento
Fonte: Departamento de Educação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Publicador: Departamento de Educação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.77%
O ensino das teorias da origem das espécies no sistema de ensino liceal português ainda não está completamente esclarecido. Esta investigação visou contribuir para essa clarificação, ao mostrar o modo como os autores dos manuais de Ciências Naturais destinados ao ensino liceal, fizeram essa transposição, no período compreendido entre 1905 e 1959. Para tal, estudaram-se as perspectivas e as teorias da origem das espécies, os mecanismos e as provas do evolucionismo que apresentaram. Os resultados mostraram que a tipologia diversificada de mecanismos e de provas de evolução que transpuseram, evidencia que a argumentação em prol do evolucionismo continuou a dominar o discurso dos autores dos manuais desse período. Contudo, concorreram nesses manuais diversas explicações para a evolução das espécies, como o lamarckismo, o neolamarckismo, o darwinismo, o neodarwinismo, a ortogénese, o mutacionismo e o transformismo teísta. The teaching of the origin of species theories in the Portuguese secondary education hasn’t been completely clear yet. This investigation aimed to contribute to this clarification, showing the way the authors of secondary schools science textbooks, did that transposition, from 1905 to 1959. Therefore...

A evolução das teorias da origem das espécies nos manuais escolares portugueses de Biologia do Ensino Eecundário entre 1989-2009

Bento, Isabel Maria Jesus
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
17.25%
A tentativa de interferência criacionista no ensino tem aumentado no século XXI, nos EUA, na Europa e Portugal também não está afastado deste problema. Com esta investigação pretendeu-se contribuir para defender o ensino da biologia das tentativas de introdução do criacionismo no currículo e nos manuais escolares. Para isso, procedeu-se à análise do modo como se realizou a transposição das teorias da origem das espécies, dos mecanismos e dos argumentos do evolucionismo para os manuais escolares portugueses de biologia do ensino secundário, entre 1989 e 2009. Os resultados evidenciaram que os manuais transpuseram vários exemplos de mecanismos e de provas da evolução que comprovam o seu discurso em prol do evolucionismo. Todavia, foi entre os manuais publicados pós-programa de 2003 que se detetou um menor número de exemplos abordados. Os manuais apresentaram diversas teorias explicativas da origem e evolução das espécies: fixismo/criacionismo, Lamarckismo, Darwinismo e o neodarwinismo. No entanto, a conceção criacionista, considerada uma teoria fixista, foi abordada nos manuais apenas na perspetiva da história da ciência e não como uma teoria explicativa da biodiversidade e origem das espécies a par das teorias evolucionistas.; The creationist attempt of interference on the Education has been increasing in the 21st century...

Evolucionismo e genética do transtorno de estresse pós-traumático; Evolutionism and genetics of posttraumatic stress disorder

VALENTE, Nina Leão Marques; FIKS, Jose Paulo; VALLADA, Homero; MELLO, Marcelo Feijó de
Fonte: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul Publicador: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.63%
Os autores discutem, a partir do conceito evolutivo, como a resposta de estresse, nas suas possibilidades de fuga e luta e de imobilidade tônica, pode levar a uma nova compreensão etiológica do transtorno de estresse pós-traumático. Através da análise dos agrupamentos de sintomas desse diagnóstico - revivência, evitação e hiperexcitação -, procuram correlacionar os achados neurobiológicos e evolutivos. As descobertas atuais sobre a genética do transtorno de estresse pós-traumático são resumidas e colocadas nessa perspectiva evolutiva, dentro de conceitos que possibilitam o entendimento da interação gene/ambiente, como a epigenética. Propõem que a pesquisa dos fatores de risco do transtorno de estresse pós-traumático deva ser investigada do ponto de vista fatorial, onde a somatória destes aumenta o risco de desenvolvimento do quadro, não sendo possível a procura da causa do transtorno de forma única. A pesquisa de genes candidatos no transtorno de estresse pós-traumático deve levar em consideração todos os sistemas associados aos processos de respostas ao estresse, sistemas dos eixos hipotálamo-hipofisário-adrenal e simpático, mecanismos de aprendizado, formação de memórias declarativas, de extinção e esquecimento...

Mosaico da identidade nacional: as representações do Brasil entre alunos de uma escola pública.; Mosaic on the national identity: the representations of Brazil among students of a public school.

Marins, Cosme Freire
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.63%
Este trabalho pretende examinar as representações do Brasil entre alunos de uma escola pública estadual situada em Osasco, município da Região Metropolitana de São Paulo. As representações do Brasil manifestadas pelos alunos, muitas vezes contraditórias, forneceram as bases para a realização da pesquisa. Procurou-se sistematizar o conjunto de representações do Brasil a partir da análise de questionários, textos e desenhos produzidos pelos alunos nos anos de 2006 e 2007, bem como textos dedicados ao estudo da identidade nacional brasileira. Observou-se nas representações do Brasil, a partir dos questionários e atividades dos alunos, o reconhecimento de uma identidade nacional caracterizada pela mestiçagem presente no samba, no carnaval e no futebol (entre outros elementos). Além disso, essa identidade aparece vinculada à cidade do Rio de Janeiro e à idéia de Brasil-natureza ou Brasil-paraíso, com a presença forte da bandeira nacional, constituindo assim um mosaico de representações. A hipótese inicial era de que a construção da identidade nacional havia se operado a partir da proclamação da República, entretanto observou-se que a elaboração de uma identidade nacional ocorreu ao longo de um processo que remonta à fase colonial...

Ser (animal) humano: evolucionismo e criacionismo nas concepções de alguns graduandos em ciências biológicas; The human (animal) being: evolutionism and creationism according to the conceptions of some graduating students in biological sciences.

Pagan, Acacio Alexandre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
16.63%
Diversos estudos investigaram o espaço do ser humano no campo das Ciências Biológicas. Partindo do entendimento do currículo visível em documentos oficiais e livros didáticos, perceberam que as discussões se fixam principalmente nos conteúdos sobre o corpo. Neste trabalho, buscou-se mostrar que as Ciências Biológicas, enraizadas no paradigma evolucionista, têm apresentado novas versões sobre a origem, a natureza e a finitude humana. Pensar sobre quem somos, de onde viemos e para onde vamos, sob o enfoque evolucionista, amplia o conjunto de discursos possíveis sobre o ser humano, trazendo alternativas àqueles tradicionalmente instituídos, por exemplo, pelas religiões. O debate sobre influências desses dois campos, religião e ciência, na formação das concepções de ser humano para o professor de biologia pode ser importante motivador de reflexões, dentre outras, sobre ética e diferenças culturais. Neste sentido, o objetivo desta pesquisa foi identificar influências de tendências evolutivas e criacionistas nas concepções sobre o ser humano, a partir dessas três questões existenciais (quem somos, de onde viemos e para onde vamos), conforme manifestações de estudantes universitários de Ciências Biológicas da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)...

A mlitância em torno da glorificação de Euclides da Cunha: um projeto político-ideológico; The militancy around the glorification of Euclides da Cunha: a political-ideological project

Souza, Natalia Peixoto Bravo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.25%
Este trabalho teve como principal objetivo discutir e analisar o papel de intelectuais cariocas das décadas de 30 e 40 do século XX na popularização de Euclides da Cunha e na construção de uma imagem que associa o escritor ao pensamento positivista. Para fundamentar a discussão e a análise, são analisados os conceitos de positivismo e evolucionismo, as trajetórias profissionais dos intelectuais citados, a militância dos mesmos no Grêmio Euclides da Cunha do Rio de Janeiro e a importância de suas atuações para a divulgação não só da obra de Euclides da Cunha, mas de uma interpretação específica sobre ela e sobre seu autor, contribuindo para cristalizar a noção de que Euclides da Cunha foi positivista.; This work had as main objective to discuss and analyze the role of intellectuals in Rio at the decades of the 30th and 40th century in the popularization of Euclides da Cunha and the construction of an image that links the writer to positivist thinking. To support the discussion and analysis this work reviews the concepts of positivism and evolutionism, the career paths of intellectuals mentioned, the militancy of the same with Gremio Euclides da Cunha of Rio de Janeiro and the importance of their actions to disseminate not only the work of Euclides da Cunha...

Paixões, sentimentos morais e emoções. Uma história do poder emocional sobre o homem econômico; Passions, moral sentiments and emotions. A history of emotional power over the economic man

Andrade, Daniel Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.63%
Esta tese faz uma genealogia da concepção de homem econômico emocional, tal como ele aparece no discurso do management americano a partir dos anos de 1990. Para tanto, fez-se uma história de longa duração com a finalidade de compreender como esse sujeito de interesse que estava associado à temática das paixões nos séculos XVII e XVIII pôde se vincular à temática das emoções, surgida apenas no século XIX, advinda da psicologia física e da biologia evolucionista. Para realizar essa história, a tese foi dividida em duas partes. Na primeira, foi abordada a emergência do homo oeconomicus clássico no âmbito da governamentalidade liberal britânica dos séculos XVII e XVIII e foram diferenciadas as três formas de problematização e governo da vida emocional do sujeito de interesse: as paixões, no âmbito da vertente utilitarista-radical do liberalismo, os sentimentos morais, no âmbito da reação do conservadorismo, e as emoções, no âmbito da psicologia física e do evolucionismo. Cada uma dessas três temáticas surgiu ainda no discurso antropológico do sujeito de interesse, mas se desenvolveu em sentidos diferentes: as paixões resultaram no homo oeconomicus, os sentimentos morais, no homo socialis e as emoções...

O indígena no olhar de José Veríssimo; The native in the eyes of José Veríssimo

Castilho, Mariana Moreno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.63%
Este trabalho busca entender como se constituíram as imagens e a alteridade do sujeito indígena nas obras impressas de José Veríssimo. Membro de uma elite cultural no contexto da Primeira República, Veríssimo colaborou para a formação da Academia Brasileira de Letras e foi reconhecido pelos seus pares por sua crítica literária. No entanto, José Veríssimo, que escreveu sua primeira obra na década de 1870, também desenvolveu estudos pedagógicos e etnográficos, estes últimos pouco lembrados por seus críticos. A partir desses estudos visamos confrontar a imagem construída do sujeito indígena em suas obras etnográficas, pedagógicas e de crítica literária. O caminho da busca da civilização mediante a educação foi o trajeto que preponderou na ordem discursiva de Veríssimo. Conceitos como civilização, modernidade, urbanidade, raça, cultura, educação e nação regeram o discurso de Veríssimo no transcorrer de suas obras e foram se articulando e se rearticulando na tentativa de traçar a identidade nacional e a constituição do ser brasileiro. Simultaneamente a essas construções discursivas, o olhar de Veríssimo foi se deslocando não só diante das concepções de indianismo, Naturalismo, positivismo, evolucionismo...

Evolucionismo e criacionismo : aspectos de uma polemica; Evolutionism and creationism : aspects of a polemic

Nilson Candido Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
Esta tese analisa a relação existente entre o discurso de divulgação científica neodarwinista e o discurso criacionista conservador. O neodarwinismo, neste estudo, representa o pensamento atual das diversas correntes da Biologia que seguem o modelo estruturado por Charles Darwin, a partir de sua obra A Origem das Espécies. O criacionismo conservador, também conhecido por fundamentalista, interpreta o texto do Gênesis sobre a criação do mundo de forma literal. Este trabalho, que analisa, principalmente, matérias da revista "Veja" que circularam no período de 1993 a 2002, tem como discurso de referência o neodarwinismo e é fundamentado na teoria da Análise do Discurso francesa, especialmente nos conceitos de interdiscurso, semântica de base, interincompreensão, polêmica e simulacros discursivos propostos por Maingueneau. Verifica-se que a base semântica do discurso neodarwinista é fundamentada nas seguintes unidades lexicais: acaso, natureza, acidente, primata, evolução e milhões-de-anos/eras. A semântica de base do criacionismo conservador é construída a partir das seguintes unidades lexicais: projeto, Criador/Deus, propósito, Adão, criação e dias-da-criação. O foco da polêmica entre esses discursos está centralizado no item lexical "acaso" e seu oposto "projeto". Isso porque admitir que há "projeto" acarreta em admitir-se que há projetista e...

José Veríssimo: pensamento social e etnografia da Amazônia (1877/1915)

Bezerra Neto,José Maia
Fonte: Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Publicador: Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
27.25%
This essay offers a preliminary outline of the main aspects of Pará intellectual José Veríssimo’s theses in the field of ethnography and social thought as addressed to the Amazon society in the latter decades of the nineteenth century and first fifteen years of the twentieth, under the influence of naturalism, evolutionism, and positivism. An analysis is offered of works and texts by Veríssimo that are characterized by their distinctly ethnographic content, based on their connections to the paradigms posited by the ‘men of science’ belonging to the famous Generation of the Seventies. The essay is particularly concerned with perceiving how Veríssimo saw the question of miscegenation as key to understanding reality in the Amazon.

Evolutionism : present approaches

González, Wenceslao J. (ed. lit.)
Fonte: Netbiblo Publicador: Netbiblo
Tipo: info:eu-repo/semantics/book; info:eu-repo/semantics/publishedVeresion
ENG
Relevância na Pesquisa
27.77%
[Abstract] From a contemporary viewpoint, evolutionism appears as a multifaceted realm. On the one hand, a historical analysis reveals a clear diversity of evolutionisms to be considered, where Darwinism is a key conception that was preceded and followed by other evolutionary views. On the other hand, a philosophical-methodological study of those evolutionisms —among them, the influential conception developed by Charles Darwin— has a richness that exceeds the contents of any standard book. In effect, evolutionism has a strong influence on science —above all, in biology— with philosophical consequences that are relevant for general philosophy and methodology of science as well as for special domains (philosophy of biology, philosophy of economics, etc.). In addition, evolutionism has an undeniable repercussion in central parts of philosophy, such as theory of knowledge, metaphysics, and ethics.

Science and religion : evolutionism and creationism in education : a survey of teachers conceptions in 14 countries

Clément, Pierre; Quessada, Marie Pierre; Laurent, Charline; Carvalho, Graça Simões de
Fonte: Palme Publications & Bookshops Publicador: Palme Publications & Bookshops
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 22/09/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
27.25%
The renewed creationist movements are currently seen as a threat for science teaching in the world What is their impact on teachers' conceptions? We present here the results of a first large survey on this question, analysing teachers' conceptions in 14 countries (5 in Africa, 1 in Middle East and 9 in Europe). The total sample is composed of 5700 teachers (partly in-service, partly pre-service) of primary and secondary schools; 1846 of these teachers have biological training, 1787 have language training and 2077 have training to teach in primary school. We used a questionnaire including personal information and 15 questions on Evolution. The results show high significant differences between countries, religions, ageing, gender and level of instruction. This latter effect suggests the need for increasing the level of teachers’ training in order to overcome the current increasing creationist movements.; European Project FP6 “Biohead-Citizen” CIT2-CT-2004-506015; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) - LIBEC/CIFPEC - unidade de investigação 16/644

Símbolos da evolução: dialética de matéria e espírito na mística : uma abordagem a partir de São João da Cruz, Jung e Rahner

Fernandes, Felipe Costa
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
17.25%
A dissertação tem como objetivo analisar a experiência mística utilizando o arcabouço teórico do teólogo católico Karl Rahner e do psicólogo Carl Gustav Jung, fundador da Psicologia Analítica. Os escritos espirituais de São João da Cruz são utilizados como fonte de descrição do fenômeno místico. Inicialmente, foi elaborada uma interpretação do conceito de espiritualidade a partir da Psicologia Analítica. Esta interpretação – baseada na teoria dos arquétipos e do inconsciente coletivo, com suas implicações biológicas – apontou o evolucionismo como uma chave hermenêutica relevante para a compreensão da espiritualidade e da mística. O evolucionismo, questão central também para Rahner enquanto dialética na qual a matéria progressivamente adquire as características do espírito (a autoconsciência e a abertura para o Mistério de Deus), mostrou-se, assim, um possível elo de ligação entre Jung e Rahner na análise da experiência mística. No desenvolvimento do trabalho foram trazidos temas centrais na obra de Jung (tais como o simbolismo do Si-mesmo, a conjunção dos opostos, a alquimia) e comparados com os conceitos metafísicos utilizados por Rahner. Esta conjugação do pensamento de ambos autores proporcionou a interpretação da mística do ponto de vista evolutivo...

The bio-philosophical "insufficiency" of Darwinism for Henri Bergson's metaphysical evolutionism

Costa Carvalho, Magda; Neves, Maria do Céu Patrão
Fonte: Center for Process Studies Publicador: Center for Process Studies
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
27.25%
Copyright © 2012 Philosophy Documentation Center. All Rights Reserved.; The main goal of Henri Bergson’s philosophy of nature is to offer a dynamic understanding of living phenomena. It is in this context that we maintain that the author left us a “bio-philosophy”, that is, an interpretation which, by adopting a positive model of biology as a cognitive paradigm, describes the essential character of living activity as time or duration (durée). Bergson’s positive metaphysics, which brings scientific positivity to the metaphysical field and provides an inner perspective of the vital principle, consolidated itself in the study of evolutionary theories like Darwinism. However, the specificity of the perspective Bergson presents to us lies in the fact that he positions himself as a philosopher and not as a man of science: he does not seek a merely positive explanation of reality, but an integral vision that allows us to give scientific evolution a metaphysical reading. Thus, when Bergson upholds the insufficiency of pure Darwinism, and proposes a true evolutionism, it is because he considers that the only way to understand the evolutionary nature of life is by overcoming a strictly mechanistic perspective. For Bergson, such an interpretation results from the artificial way in which our intellectual functions deconstructs reality and leads to an incomplete and fragmented reading of the evolution of organisms. As a philosopher he seeks an explanatory level which...

Antero de Quental: a última palavra da natureza é 'ética'

Costa Carvalho, Magda
Fonte: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa Publicador: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
17.25%
Antero de Quental (1842-1891) is best known for his poetic work. Nevertheless, alongside this literary work, and in close correlation with it, he produced a corpus of philosophical texts of great depth and relevance. Nature composes a unifying thematic core for his work, and is implicit throughout the author’s entire work. In this paper, we seek to establish the main tendencies of his Evolutionism, both from the positive and metaphysical points of view. On his last work (Tendências gerais da filosofia na segunda metade do século XIX), the author talks about "good" as the fundamental principle of all human actions and of nature itself: the last word of nature is written by the human consciousness whenever a good action is performed. This opens the door to a spiritual Evolutionism and explains the moral world view that we can find in Antero de Quental's thought.

Breaking the silence : Palaeontology and evolution in La Vanguardia Española (1939-1975)

Florensa, Clara
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
17.57%
All traces of evolutionary theories had been removed from the Spanish public sphere during the late stages of the Civil War and early Francoism. Darwin’s books were cleared from the shelves of libraries and bookshops and evolutionism was replaced by creationism in primary and higher education manuals. In the public sphere, there was a mixture of concepts concerning evolution that were borrowed from different evolutionary theories, some of them outdated. Talking about evolution in the press meant talking in a nineteenthcentury manner about the ape origin of man, materialism and threat to the Catholic faith. In other words, evolution was something unpleasant and dangerous. In this context, certain Spanish palaeontologists went to considerable lengths to try and avoid all of this bad popular imaginary (linking it to Darwinism), and to rehabilitate evolutionism from a finalistic-theistic point of view, which fitted in well with the ideology of the Franco regime. This effort, which succeeded in bringing evolutionism back into the public sphere following a period of «evolutionary silence», was relegated to second place when a new period of regime openness came about. The more scientific jargon of genetics and Modern Synthesis, which was less conducive to origins and theological discussion...

SÍLVIO ROMERO, EUCLYDES DA CUNHA, MANOEL BOMFIM E O EVOLUCIONISMO SOCIOLÓGICO; SÍLVIO ROMERO, EUCLYDES DA CUNHA, MANOEL BOMFIM E O EVOLUCIONISMO SOCIOLÓGICO

Rezende, Maria José de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
27.57%
Refletir sobre as influências do evolucionismo sociológico nas discussões empreendidas por três pensadores brasileiros do final do século XIX e início do XX E o objetivo deste artigo. Suas obras revelam tanto as primeiras tentativas de construir uma interpretação do Brasil dentro dos pressupostos de Herben Spencer. como um diálogo crítico. em vista das singularidades brasileiras, com o evolucionismo socioló-gico. Havia uma tensão latente nas reflexões de E. da Cunha, S. Romero c Manoel Borrifem quanto ao modo de incorporar, em suas análises, a teoria da evolução e os demais princípios biossociais.; The purpose of this article is to reflect upon the influences of the sociological evolutionism in the discussions carried out by three brazilian thinkers from  the end of the 19th century and the beginning of the 20th century. Their works reveal not only the first trials to come to an interpretation of Brazil based on Herbert Spencer´s pressuppositions but also a critical dialogue, having in mind the brazilian singularities, with the sociological evolutionism. There was obvious tension in Euclydes da Cunha, Silvio Romero and Manoel Bomfim´s relfections as to the way of incorporating in their analyses, the theory of evolution and the other bio-social principles.

Contribuições de alguns autores de três das principais escolas antropológicas para os estudos do lazer: evolucionista, culturalista e funcionalista

Puke, Natalia; Marcellino, Nelson Carvalho
Fonte: LICERE - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer Publicador: LICERE - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
17.25%
RESUMO: O lazer, no sentido amplo do termo, é entendido como uma manifestação cultural que estabelece múltiplas relações com os aspectos sociais e econômicos que constituem as sociedades contemporâneas. Assim, para que se tenha uma compreensão mais vasta das questões metodológicas das pesquisas relativas ao lazer e seu significado para o ser humano contemporâneo, fazem-se necessárias as contribuições teóricas de áreas do saber que possibilitem uma “diagnose” dos pontos nodais implícitos em suas manifestações, que por ora também contribuem para alienar e excluir o sujeito em detrimento de seu desenvolvimento sociocultural e ético. Partindo dessa perspectiva e problematizando o conceito de lazer relacionado aos sistemas de produção e às práticas mercadológicas, esse artigo analisa o que o processo discursivo das escolas antropológicas, evolucionista, culturalista e funcionalista tem a contribuir para os estudos do lazer.THE CONTRIBUTIONS OF THREE MAIN ANTHROPOLOGICAL SCHOOLS TO STUDIES ON LEISURE: EVOLUTIONISM, CULTURALISM, AND FUNCTIONALISMABSTRACT: Leisure, in the broad sense of the term, is understood as a cultural manifestation that establishes multiple relations with social and economical aspects of contemporary societies. Thus...

Breaking the silence: palaeontology and evolution in La Vanguardia Española (1939-1975)

Florensa,Clara
Fonte: Dynamis Publicador: Dynamis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/01/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
17.57%
All traces of evolutionary theories had been removed from the Spanish public sphere during the late stages of the Civil War and early Francoism. Darwin's books were cleared from the shelves of libraries and bookshops and evolutionism was replaced by creationism in primary and higher education manuals. In the public sphere, there was a mixture of concepts concerning evolution that were borrowed from different evolutionary theories, some of them outdated. Talking about evolution in the press meant talking in a nineteenth-century manner about the ape origin of man, materialism and threat to the Catholic faith. In other words, evolution was something unpleasant and dangerous. In this context, certain Spanish palaeontologists went to considerable lengths to try and avoid all of this bad popular imaginary (linking it to Darwinism), and to rehabilitate evolutionism from a finalistic-theistic point of view, which fitted in well with the ideology of the Franco regime. This effort, which succeeded in bringing evolutionism back into the public sphere following a period of "evolutionary silence", was relegated to second place when a new period of regime openness came about. The more scientific jargon of genetics and Modern Synthesis, which was less conducive to origins and theological discussion...