Página 1 dos resultados de 38759 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Aceitação/rejeição da evolução biológica: atitudes de alunos da educação básica; Acceptance / rejection of biological evolution: attitudes of students of basic education.

Oliveira, Graciela da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
A teoria evolutiva fornece a compreensão das características fundamentais da vida e as relações dos organismos com seu ambiente. Embora seja atribuído à evolução biológica um papel unificador das Ciências Biológicas, os estudantes em geral a rejeitam ou apresentam dificuldades de compreensão de seus conceitos básicos. A controvérsia que envolve o tema extrapola as salas de aula de ciências e ganha uma dimensão mais conflitante nos Estados Unidos, onde grupos criacionistas buscam desqualificar a teoria evolutiva como conhecimento científico comprovado. Apesar de não existirem tradições fortes do criacionismo no Brasil, esse movimento tem ganhado cada vez mais espaço, principalmente no meio acadêmico. Tendo em vista as controvérsias que envolvem as construções afetivas e culturais no ensinoaprendizagem da teoria evolutiva, o multiculturalismo que caracteriza o Brasil e os resultados de levantamentos de opiniões que indicam que os brasileiros concordam com alguns itens do movimento criacionista, interessou-se pela realização desta investigação, que tem como objetivo verificar a aceitação/rejeição da teoria da evolução de alunos recém-egressos da oitava série (8ª série) do Ensino Fundamental de escolas públicas de Tangará da Serra MT e São Caetano do Sul SP; e caracterizar possíveis relações entre a atitude dos informantes sobre teoria evolutiva e a proximidade entre ciência e religião. A pesquisa consistiu de duas etapas: a primeira foi o levantamento bibliográfico das pesquisas brasileiras acerca da evolução biológica e a presença do movimento criacionista no contexto escolar. Essa etapa resultou em um balanço geral dos trabalhos publicados e indicou uma lacuna dentre as pesquisas nacionais acerca do tema. Na segunda etapa...

Os livros didáticos de biologia aprovados pelo programa nacional do livro didático para o ensino médio (PNLEM 2007/2009): a evolução biológica em questão; The Biology textbooks approved by the Brazilian national program for high school textbooks (PNLEM 2007/2009): the biological evolution in question

Roma, Vanessa Navarro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
As pesquisas sobre o ensino da evolução biológica e as teorias evolutivas dos últimos 30 anos apontam para obstáculos no processo de ensino e aprendizagem, desde a Educação Básica até a Superior, em vários países. Dos diferentes aspectos relevantes sobre a evolução biológica investigados até o presente momento a dissertação visou responder a pergunta: como a evolução biológica e as teorias evolutivas se apresentam na organização dos nove livros didáticos de Biologia avaliados e recomendados pelo Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio 2007/2009? Objetivou-se, assim: (1) descrever a estrutura e o padrão de distribuição do conteúdo biológico compartilhado entre os nove livros didáticos de Biologia destinados ao ensino médio avaliados e recomendados pelo PNLEM (2007/2009) destacando a evolução biológica e Teorias Evolutivas; (2) descrever as unidades e/ou capítulos específicos dessas obras didáticas que tratem a evolução biológica e as teorias evolutivas como objeto de estudo; (3) localizar conceitos evolutivos pré-determinados ao longo de todas as obras didáticas amostradas de forma a identificar o padrão de distribuição dos assuntos que associem diretamente à evolução biológica. Para a execução do trabalho o quadro metodológico baseou-se na pesquisa qualitativa com as seguintes etapas: (1) levantamento do nome das unidades...

Evolução Tectônica do Graben da Guanabara

Ferrari, André Luiz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
Este trabalho investiga a evolução tectônica do Graben da Guanabara a partir dos campos de paleotensões geradores e deformadores das bacias de São José do Itaboraí e do Macacu, bem como dos corpos ígneos alcalinos e diques associados, que precedem e, localmente, acompanham a implantação do graben. Foram analisadas a geometria e a cinemática das estruturas rúpteis que afetam os corpos alcalinos e o preenchimento sedimentar. Realizou-se, também, a caracterização tectono-sedimentar da Formação Macacu, a partir do estudo de sua faciologia e paleogeografia, buscando determinar a evolução paleogeográfica do Graben da Guanabara. Caracterizou-se a atuação de quatro campos de paleotensões distintos, entre o Cretáceo Superior e o holoceno, correspondendo a quatro eventos deformacionais rúpteis: 1) Evento 1 - trascorrência sinistral, com atuação do Campaniano ao Eoceno Inferior, caracterizada por um 'sigma'1 horizontal posicionado na direção NE-SW. Esse campo de esforços controlou a implantação do Graben da Guanabara a partir da geração da Bacia de São José do Itaboraí, a intrusão dos corpos alcalinos e dos diques a eles associados e o hidrotermalimo tardio representado pelas brechas tectônicas silicificadas; 2) Evento 2 - extensão NW-SE...

Evolução biológica e religião: atitudes de jovens estudantes brasileiros; Biological evolution and religion: attitudes of young Brazilian students

Mota, Helenadja Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
Considerando as dificuldades relatadas na compreensão da teoria Evolutiva Biológica no ensino de Ciências, o presente estudo tem como objetivo mapear a atitude de aceitação/rejeição da teoria da Evolução Biológica de estudantes brasileiros do Ensino Médio e identificar possíveis influências das crenças pessoais religiosas destes na aceitação de tópicos da Evolução Biológica. A pesquisa foi realizada no âmbito do projeto cooperativo internacional The Relevance of Science Education (Rose) A Relevância do Ensino de Ciências, implementado no Brasil, por meio de uma amostra de representatividade nacional. O estudo foi desenhado por uma amostragem estratificada pelos 26 estados e o Distrito Federal, com alocação proporcional, tendo como universo a amostra do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), no Brasil, no ano de 2009. A pesquisa, de natureza quantitativa, encontra-se no campo da avaliação educacional, e utilizou como instrumento de coleta de dados as Questões Nacionais do questionário Rose-Brasil, por meio de 23 itens cujas respostas são expressas em uma escala de Likert, de 4 pontos. Ao todo, 2.365 estudantes participaram da pesquisa, oriundos de 84 escolas localizadas em todos os estados brasileiros. Os resultados encontrados revelam que o alto índice de atitude positiva dos estudantes em relação à religiosidade ativa demonstra que a religião é valorizada pelos jovens pesquisados...

O marketing no Brasil: sua história e evolução; Marketing in Brazil: its history and evolution

Falcão, Roberto Flores
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
A História possibilita, a partir da análise e organização de fatos passados, melhor compreensão do presente. O estudo histórico de uma determinada disciplina, além de servir de registro, permite a seus estudiosos melhor entendimento de sua dinâmica e de seu processo evolutivo. Constata-se, contudo, uma carência na área de Marketing em termos de propostas e modelos de análise histórica, cujo rigor metodológico viabilize a validade e a confiabilidade dos trabalhos desenvolvidos. Por este motivo, este estudo colabora com a redução da lacuna na bibliografia em Marketing no Brasil. O problema de pesquisa do presente trabalho é: como ocorreu a evolução do Marketing no Brasil? Seu objetivo: Formular uma reconstrução histórica da evolução do Marketing no país, preservando a memória de fatos relativos ao Marketing no Brasil (considerando as pessoas, escolas e instituições envolvidas no processo). Para atingir os objetivos propostos e responder à questão problema, dezoito diferentes abordagens que se propõem a organizar a evolução do Marketing foram identificadas a partir de um levantamento bibliográfico (desk research). Já para a reconstrução histórica do Marketing no Brasil, o método foi o histórico, com uma combinação entre a Historiografia: levantamento e análise de evidências e documentos históricos; e a História Oral: desenvolvimento e análise de entrevistas com acadêmicos e profissionais de mercado...

A evolução biológica segundo os autores de livros didáticos de Biologia aprovados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD 2012) : buscando um eixo integrador

Braunstein, Guilherme Kunde
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Dentre os biólogos é bem conhecido o papel central e organizador atribuído à evolução biológica dentro da Biologia, sendo essa centralidade apresentada pelo Ministério da Educação (MEC) como uma obrigação para os cursos de graduação em ciências biológicas, e como uma forte sugestão para a educação básica. Na prática, porém, existem inúmeros desafios que dificultam a implementação da evolução como eixo integrador da Biologia, havendo vários artigos publicados voltados para esse tema. Um dos instrumentos possíveis para a investigação dessa centralidade da evolução são os livros didáticos, dada sua abrangência em termos de acessibilidade decorrente do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), o qual asseguraria às escolas públicas o acesso a determinadas coleções selecionadas de acordo com critérios do MEC. Apesar das limitações potencialmente encontradas nos livros didáticos, em termos de esses terem a evolução como eixo integrador, livros de divulgação científica de autores como Ernst Mayr e Theodosius Dobzhansky demonstram claramente que a evolução pode ser efetivamente utilizada como articuladora de outros temas biológicos. Tendo em vista essa possibilidade de articulação, procurou-se investigar ao longo dos livros didáticos dos autores aprovados pelo PNLD se a evolução estava efetivamente sendo usada como um eixo integrador entre as diferentes temáticas biológicas. Para isso...

Evolução biológica pelo modo não-tradicional: como professores de ensino médio lidam com esta situação?

Lucena, Daniel Pauli
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 94 f. : il. + anexo
POR
Relevância na Pesquisa
36.49%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação para a Ciência - FC; A teoria da evolução biológica tornou-se o eixo organizador do pensamento biológico, e desde a publicação de A Origem das Espécies o tema tem sido amplamente discutido tanto dentro como fora dos ambientes acadêmicos. A partir do século XX, o ensino da teoria da Evolução Biológica de Charles Darwin passou a integrar os currículos da educação básica no Brasil e no mundo, e desde então muitas divergências acerca do ensino deste tema têm surgido. O uso de recursos didáticos alternativos e a educação informal em ciências podem ser uma importante ferramenta de auxílio ao professor, se bem utilizado em sala de aula, minimizando os problemas decorrentes do ensino tradicional. Os objetivos do trabalho foram os seguintes: (1) Identificar por quais meios os alunos do ensino médio de escolas públicas e particulares de São José do Rio Preto-SP aprendem ou se informam a respeito da teoria da Evolução Biológica; (2) avaliar a importância atribuída por professores à educação informal na aprendizagem da Evolução Biológica; (3) identificar se os professores de Biologia utilizam recursos e estratégias alternativas de ensino como recurso didático para ensinar a Evolução Biológica e qual a importância por eles atribuída a esses recursos; (4) verificar como os professores de Biologia se posicionam como parceiros mais capazes no ensino de Evolução Biológica. A pesquisa foi desenvolvida em duas fases: (1) Levantamento de dados sobre fontes de informação a respeito de Evolução Biológica entre alunos do ensino médio; (2) Entrevistas com professores de Biologia do ensino médio de modo a identificar como lidam com o uso de recursos alternativos e a educação informal...

História da construção do conceito de evolução biológica: possibilidades de uma percepção dinâmica da ciência pelos professores de biologia

Meglhioratti, Fernanda Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 272 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação para a Ciência - FC; O conhecimento de como o pensamento evolutivo vem sendo elaborado ao longo da história, não só permite uma compreensão aprofundada da natureza da ciência, mas também, elucida a coerência dos conceitos elaborados em cada época. Dessa forma, não se analisam conceitos construídos no passado com preconceitos, mas de forma integrada a crenças e valores de determinada época e associados ao paradigma vigente. Considerando, que a formação do professor com ênfase na história da ciência permite uma visão abrangente e dinâmica do conhecimento científico, objetivou-se delinear caminhos para a utilização da história do pensamento evolutivo no ensino de biologia. As perguntas centrais da pesquisa são: Quais concepções os professores de biologia em formação inicial e continuada possuem sobre ciência, evolução e história do pensamento evolutivo? Quais possibilidades são encontradas na utilização da história da construção do conceito de evolução no contexto da formação de professores de biologia? A pesquisa consistiu dos seguintes momentos cronológicos: (1) revisão dos aspectos históricos do pensamento evolucionista; (2) levantamento de concepções de professores de biologia em formação continuada e formação inicial sobre os conceitos de ciência...

A evolução biológica no ensino médio no Estado de São Paulo: competências curriculares, orientações didáticas e indicadores de aprendizagem

Silva, Caio Samuel Franciscati da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 239 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação para a Ciência - FC; A teoria evolutiva desempenha papel fundamental dentro das ciências biológicas, dado que possibilita a organização e a unificação do corpo de conhecimentos desta área. Em concordância com esta perspectiva, o ensino-aprendizagem de Biologia deve salientar a centralidade e a importância da evolução para este componente curricular. Entretanto, as pesquisas brasileiras sobre ensino de evolução biológica evidenciam uma série de obstáculos para a construção de conteúdos referentes à teoria evolutiva, bem como para a adoção da evolução como eixo central da disciplina de Biologia. A constatação e o reconhecimento de tais dificuldades impõem questões sobre os subsídios oferecidos pelos documentos oficiais da educação básico do Estado de São Paulo e pelas pesquisas acadêmicas sobre o ensino de evolução para enfrentamento das mesmas. Nesta perspectiva, poder-se-ia demarcar correspondências entre, de um lado, os indicadores de aprendizagem derivados das pesquisas acadêmicas sobre o ensino de conteúdos relacionados ao tema origem e evolução da vida e, de outro lado, o contexto escolar no qual ocorrem os processos de ensino-aprendizagem desta temática. Considerando as diferentes dimensões em relação às quais tais correspondências poderiam ser analisadas...

Evolução de famílias multigênicas e redes de regulação em plantas = : Evolution of multigenic families and genetic networks in plants; Evolution of multigenic families and genetic networks in plants

Luiz Eduardo Vieira Del Bem
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
O sequenciamento de um número crescente de genomas completos tem transformado a biologia. Mais especificamente, no campo da biologia evolutiva, tem se tornado possível endereçar perguntas centrais sobre o funcionamento ultimato dos mecanismos de transformação genética, com potencial impacto em todos os campos da biologia, assim como na filosofia. Esta tese está dividida em dois aspectos importantes da evolução de genomas: o processo de duplicação e fixação de genes duplicados, que é a base do surgimento de famílias multigênicas, e a evolução de redes de regulação, que determinam as relações de causalidade nos processos celulares. Os dois aspectos se relacionam à evolução da complexidade, tanto no que tange o conteúdo gênico dos seres vivos quanto nas interações mecanistica entre os genes via seus produtos (RNAs e proteínas basicamente). No primeiro aspecto abordamos a evolução de dois mecanismos biológicos que depende da ação integrada entre proteínas de famílias distintas: o mecanismo de síntese e degradação do polissacarídeo de parede celular xiloglucano, e o ciclo das chaperonas calreticulina/calnexina envolvidas no controle de qualidade de proteínas sintetizadas no retículo endoplasmático. Nossos trabalhos mostraram que uma forma primordial de xiloglucano...

A evolução biológica aos olhos de professores não-licenciados

Carneiro, Ana Paula Netto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.48%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica; Considerando os conceitos relativos à Evolução Biológica como fundamentais para a compreensão das Ciências Biológicas, bem como os problemas, registrados na literatura da área, que envolvem seu ensino e aprendizagem, o presente trabalho tem por objetivo principal identificar as concepções que professores do ensino médio de Biologia possuem a respeito do tema Evolução Biológica. Para isso utilizei, como material de análise, 75 textos sobre o tema produzidos por professores de Biologia não licenciados da Rede Estadual da Bahia quando cursaram a disciplina de Genética e Evolução de um Curso de Complementação para Licenciatura em Biologia ministrado pela UFSC entre 2001 e 2002. Nesses textos, foi identificada uma série de equívocos conceituais relacionados ao domínio do conhecimento científico e dificuldades de abordagem do tema Evolução Biológica, no contexto do ensino de Biologia. Alguns desses equívocos estão relacionados ao objeto de estudo da Evolução Biológica, à noção e significado da seleção natural e ao domínio das evidências evolutivas. Tal constatação vem ao encontro de outros trabalhos de pesquisa realizados no Brasil a respeito do ensino de Evolução Biológica. Apesar do papel central ocupado pela Biologia Evolutiva entre as ciências da vida...

Estudo da evolução de uma população da raça bovina mertolenga

Castro, José António Lopes de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.48%
Os elementos referentes a peso aos 90 e 180 dias de idade e peso ao desmame, provenientes de uma população bovina da raça Mertolenga, recolhidos entre 1982 e 1999, foram utilizados no sentido de prever a evolução do nível genético dessa população que, ao longo do tempo, tem sido submetida ao método da selecção. Assim, adoptou-se a metodologia sugerida por Elsen e Mocquot (1974) que, relativamente a autores precedentes tem em consideração, não só a evolução ano após ano mas também, as alterações da estrutura da população ao longo do tempo, no que respeita ao número de indivíduos que integram as classes de idade ao parto. Esta metodologia prevê igualmente o facto de existirem gerações sobrepostas, situação muito frequente em sistemas de produção de animais domésticos. A evolução avaliada, teve por base a estimativa da resposta à selecção, quer do lado masculino quer do lado feminino uma vez que as características analisadas foram medidas em ambos os sexos. Todavia, alguns dos progenitores masculinos não possuíam informação própria, para as características em estudo. Assim, no sentido de avaliar estes toiros, utilizou-se a metodologia da comparação dos contemporâneos. Através da equação da resposta à selecção proposta por Falconer e Mackay (1996): R = S x h2...

Evolução versus Criacionismo: um debate possível?

Faria, Cláudia; Pereira, Gonçalo
Fonte: UNISO - Universidade de Sorocaba Publicador: UNISO - Universidade de Sorocaba
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
No seio da comunidade científica a evolução é aceite como um facto científico. A evolução é actualmente considerada uma teoria que pela sua importância e capacidade explicativa, tem o poder de unificar as ciências biológicas, encontrando-se apenas em discussão os mecanismos pelos quais esta se processa. No entanto, e após 150 anos desde a publicação da “A origem das espécies” por Charles Darwin, a ideia de evolução tem sido posta em causa por inúmeros movimentos criacionistas. Neste trabalho, a teoria da evolução é discutida à luz dos argumentos que são utilizados para questionar a sua validade, nomeadamente tendo por base os princípios que regem a construção do conhecimento científico. Apesar de estes argumentos já terem sido integralmente refutados pela comunidade científica, a educação em ciências não tem sido poupada a esta polémica, observando-se uma forte pressão no sentido de impedir o ensino desta temática. Por outro lado, inúmeros estudos têm evidenciado uma enorme incompreensão por parte dos estudantes de aspectos centrais da evolução. Recentemente, como resposta a este problema, têm sido desenvolvidos esforços de reforma da educação no sentido de reconhecer a importância crucial que a evolução desempenha na compreensão do mundo vivo. Neste sentido...

Influência da parasitemia na evolução da doença de Chagas crônica

Castro,Cleudson; Prata,Aluízio; Macêdo,Vanize
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.51%
Estudou-se clínica e parasitologicamente, durante 13 anos, 190 indivíduos com infecção chagásica objetivando investigar a relação entre parasitemia e a evolução da doença de Chagas crônica. Comparou-se a parasitemia de 56 indivíduos xenopositivos e 134 xenonegativos, em 1988/91 com a evolução clínica encontrado-se 22 (39,3%) e 50 (37,3%), respectivamente, com evolução progressiva. Estratificou-se a parasitemia em 1988/91, em alta, média e baixa e a correlação clínica mostrou que 5 (62,5%), 10 (41,7%) e 57 (36.1%) indivíduos, respectivamente, apresentaram evolução progressiva, sem diferença estatística significante, (p>0,05). No período de 1976/91, houve 20 pacientes com parasitemia constante e 59 sem parasitemia, observando-se evolução progressiva em 6 (30%) e 17 (28,8%), respectivamente. Houve seis pacientes com alta parasitemia e, 59 sem parasitemia, verificado-se que 3 (50%) e 17 (28,8%), respectivamente, apresentaram evolução progressiva, sem diferença estatística significante, (p>0,05). As médias das idades daqueles com alta, média e baixa parasitemias foram 39,6; 45,3 e 41,5 anos, respectivamente, (p>0,05). As médias das idades dos pacientes com evolução progressiva, inalterada e regressiva foram respectivamente...

Piaget e as teorias da evolução orgânica

Almeida,Argus Vasconcelos de; Falcão,Jorge Tarcísio da Rocha
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
As teorias da evolução orgânica, principalmente a de Darwin, tiveram enorme impacto nas ciências humanas, notadamente na psicologia. Piaget importou da biologia diversas formulações teóricas que fundamentaram as suas teorias sobre o desenvolvimento ontogenético humano. A sua tese central estabelece a existência de uma correspondência de funções e isomorfismos parciais de estruturas entre a biologia evolutiva e as funções cognitivas dos sujeitos. Entretanto, suas idéias sobre a evolução dos seres vivos, com ênfase no papel do comportamento na evolução, pouca influência tiveram na biologia dominante de sua época. Não obstante, as teorias epigenéticas contemporâneas da evolução, em confronto teórico com o paradigma neodarwinista, reproduzem e atualizam as idéias piagetianas sobre a evolução e desenvolvimento dos seres vivos. Nesse sentido, defende-se aqui a idéia segundo a qual Piaget formula plataforma teórica que estabelece bases comuns para a psicogênese e a evolução orgânica.

Momento da extubação e evolução pós-operatória de toracotomia

Almada,Carolina Pereira da Silva; Martins,Fernando Antonio Nogueira da Cruz; Tardelli,Maria Ângela; Amaral,José Luiz Gomes do
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
OBJETIVO: A extubação traqueal precoce após cirurgias favorece a evolução dos pacientes e reduz o tempo de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), reduzindo custos hospitalares. Em cirurgias de ressecção pulmonar, tradicionalmente o pós-operatório imediato é realizado em UTI com pacientes entubados. Nesse estudo avaliou-se prontuários de pacientes submetidos a toracotomia e estabeleceu-se correlação entre o momento da extubação, a evolução pós-operatória e a internação em UTI. MÉTODOS: Estudo tipo coorte retrospectivo de prontuários de 121 pacientes submetidos a cirurgias de ressecção pulmonar. Foram relacionados o tempo de internação em UTI e o momento da extubação traqueal. A evolução pós-operatória foi classificada em boa ou ruim de acordo com a ausência ou a presença de: infecções, problemas respiratórios (reintubação, broncospasmo, edema agudo de pulmão, necessidade de traqueostomia, atelectasias, fístulas), reabordagem por sangramento, óbito. Entre os grupos foram analisadas as condições pré-operatórias, classificação de estado físico anestésico (critério da American Society of Anesthesyologists - ASA), presença de comorbidades, avaliação funcional respiratória e duração do procedimento cirúrgico. Utilizou-se o risco relativo para avaliar o efeito do tempo de extubação na evolução pós-operatória dos pacientes. RESULTADOS: A distribuição dos pacientes quanto ao tempo de extubação foi: 81% extubações imediatas...

Análise de comportamento e evolução cultural : relações entre propostas conceituais de B. F. Skinner e S.S. Glenn

Brunkow, Fernanda
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 284f. : ., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.52%
Orientador: Prof. Dr. Alexandre Dittrich; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Defesa: Curitiba, 15/08/2014; Inclui referências; Área de concentração: Psicologia; Resumo: Skinner inclui a cultura como parte do objeto de estudo da Análise do Comportamento e afirma que esta sofre a ação de um terceiro nível de seleção, nomeado evolução cultural. Esta compreensão sobre a evolução cultural é revolucionada em 1986, ocasião em que Glenn introduz sua proposta conceitual envolvendo o conceito de metacontingência. O conceito de metacontingência é identificado por Glenn e por uma parcela da literatura analítico-comportamental como referente a este terceiro nível de seleção; todavia, não ficam imediatamente claras as relações entre esta nova proposta teórica e os conceitos skinnerianos precedentes. O objetivo deste trabalho é indicar tais relações no tratamento dado à evolução cultural. O método desenvolvido parte do pressuposto de que a pesquisa conceitual é comportamento verbal, e que o "referente" de uma resposta deve ser encontrado entre as variáveis que a determinam. Assim, investigamos nos relatos de eventos apresentados pelos próprios autores quais propriedades físicas parecem controlar a emissão dos conceitos relacionados à evolução cultural. Em Skinner...

Análise da evolução de software com séries temporais

Fonte, Nelson Baptista da
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
Trabalho apresentado no âmbito do Mestrado em Engenharia Informática, como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Informática; Um sistema de software nunca está terminado. Mesmo depois de ter sido entregue, o software continua a evoluir. Por esta razão,governos, empresas, e comunidades open source gastam muitos recursos regularmente para corrigir, adaptar, ou melhorar, os seus sistemas de software. Alguns estudos referem que cerca de 90% dos recursos das empresas dedicados ao software são gastos em actividades de manutenção. Isso implica que apenas 10% é dedicado para outras actividades, entre as quais o desenvolvimento de novos projectos. Isto representa uma oportunidade para, com um melhor planeamento, se tornar o processo de software mais eficiente, com importantes ganhos económicos que daí resultam. É por isso que a capacidade de desenvolver software de uma forma rápida e fiável é um grande desafio na Engenharia de Software. Uma possível técnica para ajudar a reduzir custos e produzir um software de qualidade é, a previsão do seu comportamento no futuro. Para os gestores de projecto e programadores, prever a evolução do software será de grande utilidade, pois permitirá direccionar esforços para partes que necessitem uma maior intervenção. Para a previsão ser possível...

Uma infra-estrutura de suporte a evolução para repositorios de componentes; An infrastructure to support evolution in component repositories

Leonardo Pondian Tizzei
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.51%
No contexto do Desenvolvimento Baseado em Componentes(DBC), o elo de ligação entre desenvolvedores e consumidores de componentes de software são os repositórios de componentes, onde eles são adicionados por seus desenvolvedores e recuperados pelos integradores de sistemas. Considerando um cenário de evolução, onde componentes são modificados, são imprescindíveis modelos de evolução de componentes para definir uma abordagem sistemática de mudanças. Elas podem ocorrer, por exemplo, na especificação ou implementação de um componente e o repositório de componentes deve dar apoio à evolução uma vez que ela é parte inerente do processo de desenvolvimento de software. Contudo, assim como o software, modelos de evolução são modificados para acompanhar o desenvolvimento tecnológico e as necessidades de seus usuários. Além disso, diferentes produtores de componentes podem possuir modelos distintos. Este trabalho apresenta uma infra-estrutura de suporte à evolução em um repositório de componentes, para apoiar serviços de DBC, como a conversão de componentes para outros modelos de implementação, extração de metainformação de código-fonte de componentes, evolução de componentes e verificação de modelos de implementação de componentes. No caso particular desta dissertação...

Padrões de evolução genica e genomica em Moniliophthora perniciosa (Basiomicota, Agaricales), agente causal da vassoura de bruxa; Paterns of genomic evolution in Moniliophthora perniciosa (Basiomicota, Agaricales) causal agent of witche's broom disease

Ricardo Augusto Tiburcio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
Moniliophthora perniciosa (Stahel) Aime & Phillips-Mora é um fungo basidiomiceto hemibiotrófico causador da vassoura de bruxa no cacau (Theobroma cacao L.). Esta doença é caracterizada pela produção de ramos hiperplásicos e hipertróficos e frutas partenogênicos durante a fase biotrófica, seguido por necrose dos tecidos infectados durante a fase necrotrófica. Esta é a principal doença da produção de cacau na América do Sul e no Caribe, tendo causado uma diminuição de mais de 65% na produção no sul da Bahia, a principal região produtora do país. Vários genes relacionados à patogenicidade foram encontrados em M. perniciosa como parte do Projeto Genoma da Vassoura de Bruxa. No entanto, os padrões de evolução destes genes, que poderiam ajudar a compreender a evolução da fitopatogenicidade dessa espécie, ainda não foram estudados. Também não foram estudados as mudanças ocorridas no genoma desta espécie durante a sua evolução. Estas mudanças são particularmente relevantes uma vez que a maioria das espécies estreitamente relacionadas com M. perniciosa não é fitopatogênica. Desta forma a compreensão da evolução deste modo de vida na espécie poderia ajudar a entender a evolução de fungos fitopatógenos em geral. Este trabalho tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre o surgimento da patogenicidade em M. perniciosa analisando a evolução dos genes potencialmente relacionados a ela...