Página 1 dos resultados de 4646 itens digitais encontrados em 0.075 segundos

O estilo de vida de pacientes hipertensos de um programa de exercício aeróbico: estudo na Cidade de Toluca, México; The life style of the hypertensive patient of a program of aerobic exercise: study in the Toluca City, Mexico; El estilo de vida de pacientes hipertensos de un programa de ejercicio aerobio: estudio en la Ciudad de Toluca, México

REZA, Cleotilde Garci; NOGUEIRA, Maria Suely
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
116.03%
A hipertensão arterial, assintomática e desconhecida pela maioria dos seus por tadores, é importante fator de risco para complicações cardiovasculares e renais. Este é um estudo quantitativo e descritivo. Objetivou identificar os estilos de vida associados ao incremento do descontrole da pressão ar terial em pacientes hipertensos que acodem a um programa de exercício. A coleta dos dados ocorreu num centro de saúde do município do Toluca, México, durante agosto 2006 a março 2007. Foi utilizado um questionário aplicado a 200 pacientes hipertensos, através do referencial do "Modelo de Campo de Saúde da Lalonde". O estudo mostrou que o nível de pressão do grupo estudado possui relação estatisticamente significativa com o tabagismo, consumo de álcool e tratamento. A falta do controle da pressão arterial pode propiciar a evolução de doenças cardiovasculares e coronárias.; Hypertension is an asymptomatic and an unnoticed disease for the majority of hypertensive individuals and an important long-term factor of risk for cardiovascular and renal complications. It is quantitative and descriptive study. The study aims to evaluate hypertenses’s lifestyles in a program of aerobic exercise. The collection of data was made in a health center of Mexico City...

Influência do conhecimento sobre o estilo de vida saudável no controle de pessoas hipertensas; Influence of knowledge on healthy lifestyle in the control of hypertensive; Influencia del conocimiento sobre el estilo de vida saludable en el control de personas hipertensas

SERAFIM, Talita de Souza; JESUS, Elaine dos Santos; PIERIN, Angela Maria Geraldo
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.04%
OBJETIVOS: Caracterizar hábitos de vida e conhecimentos sobre eles associando variáveis estudadas com o controle da hipertensão arterial em pessoas atendidas em ambulatório. MÉTODOS: Estudo descritivo utilizando entrevistas e mensuração da pressão arterial, peso, altura e circunferência abdominal de 511 pessoas hipertensas em controle ambulatorial. RESULTADOS: Encontrou-se o Índice de Massa Corporal no limite superior da faixa de sobrepeso (29,04±4,35 kg/m²); 32,9% dos homens e 74,1% das mulheres tinham cintura maior que 102 cm e 88 cm, respectivamente; a pressão arterial era maior que o limite caracterizador da hipertensão arterial (151,3±20,5/91,8±15,5 mmHg); 44% referiram tabagismo ou ex-tabagismo; 59% não praticavam atividade física regular; e 24% referiram ingestão ou interrupção de bebida alcoólica e, nestes, a quantidade de etanol/dia foi excessiva (71,4±83,2 g). Apenas 22% dos hipertensos estavam controlados e, os que conheciam que o tratamento inclui a redução de peso estavam mais controlados (p<0,05, 24% vs 9%). CONCLUSÃO: O conhecimento sobre o estilo de vida pode influenciar o controle de pessoas hipertensas.; OBJECTIVE: Characterize lifestyle parameters and learn about them, associating the variables with the control of hypertension in people attending outpatient unit. METHOD: Is a descriptive study using interviews and measuring: blood pressure...

Estilo de vida e medicina: tendência atual na prática dos médicos clínicos; The advance of lifestyle medicine in Brazil: the holistic contemporary therapeutic that spreads between professionals of health in the whole World

Nogueira, Maria do Carmo Júnia de Melo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
125.96%
Trata-se de pesquisa empírica à base de depoimentos de médicos, a respeito do avanço da lifestyle medicine no Brasil, tendência terapêutica contemporânea de caráter holístico que cresce cada vez mais entre os profissionais de saúde no mundo inteiro. Para uma corrente da medicina atual, a mudança em curso na atuação dos médicos os coloca como "portadores" (cf. Weber) socialmente autorizados de mudança dos estilos de vida "não saudáveis". Isso acontece através da consulta médica, que incorpora uma "metodologia" que vem sendo valorizada na formação e na prática desses profissionais, cujos efeitos incidem na concepção renovada, com tendência hegemônica, de "consumo de saúde". O desafio da prática médica hoje é encarado como tendo a ver com a implantação desse tipo de interesse, que exige a realização de um tipo de consulta que permita a avaliação do indivíduo, tendo em vista orientá-lo para o auto-cuidado. O desenvolvimento daquilo que se poderia chamar uma "cultura de si" permite uma aproximação com a idéia de "promoção da boa saúde", um conjunto de programas que acaba voltado para o estilo de vida, com orientações mais individuais que coletivas, porém sempre integrais. Nesse sentido, o intuito do médico também é despertar o interesse dos indivíduos para a "vontade de não morrer"...

Fatores preditores do alcance das metas do programa de intervenção no estilo de vida em nipo-brasileiros de Bauru, SP; Predictors of accomplishment to the goals in a lifestyle intervention study among Japanese-Brazilians. Bauru - SP.

Camargo, Marilia Alessi Guena de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116.09%
DE CAMARGO, M. A. G. Fatores preditores do alcance das metas do programa de intervenção no estilo de vida em nipo-brasileiros de Bauru - SP. 2008. 99 f. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. Objetivos: Identificar fatores associados ao alcance das metas de um programa de intervenção no estilo de vida em Nipo-Brasileiros de Bauru, SP. Metodologia: Os fatores associados ao alcance das metas (perda de peso de 5%, prática de 150 minutos de atividades físicas semanal, consumo alimentar com teor de gordura saturada inferior a 10% das calorias totais, consumo diário de 400g de frutas, verduras e legumes), após 12 meses de intervenção foram investigados em modelos de regressão logística ajustados, As avaliações do estilo de vida e perfil de saúde foram conduzidas no início do estudo e após 12 meses de seguimento. Resultados: No total, 458 nipo-brasileiros, 56% do sexo feminino, 84% de 2ª geração, idade média (DP) de 60 (11) anos foram analisados. Foram incluídos nos modelos múltiplos para cada desfecho investigado os indivíduos com excesso de peso (n=329), que reportaram não terem o hábito da prática de 150 minutos de atividades físicas semanal (n=278), consumo alimentar com teor de gordura saturada superior a 10% das calorias totais (n=107) e consumo diário inferior a 400g de frutas...

Estilo de vida dos portadores do vírus HIV atendidos no município de Florianópolis

Eidam, Cristiane de Lima
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 97 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
116.07%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos. Programa de Pós-Graduação em Educação Física.; Este estudo objetivou avaliar o estilo de vida de indivíduos portadores do vírus HIV. A amostra, selecionada por conveniência dentre aqueles que voluntariamente aceitaram fazer parte do estudo, foi constituída de 111 soropositivos (68 homens e 43 mulheres), com média de idade de 37,0 anos (DP = 7,5). Os dados foram coletados através de uma entrevista, no período de outubro a dezembro de 2002, contendo informações sócio-demográficas; clínicas de saúde; estilo de vida (Perfil do Estilo de Vida Individual) e nível de atividade física habitual (IPAQ-8). Na análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva básica, teste t de Student para amostras independentes, qui-quadrado, ANOVA one-way e o teste "post - hoc" de Tukey, utilizando-se o pacote estatístico SPSS - versão 10.0. Nas características sócio-demográficas verificou-se que 71,2% possuíam fonte de renda (47,8% eram economicamente ativos); prevaleceram as profissões que caracterizavam um tipo de trabalho ativo, 55,9% pertenciam a famílias com até 3 pessoas, 45,9% era o chefe da família, 56,8% possuíam mais de oito anos de estudo formal...

Aptidão física relacionada à saúde e estilo de vida dos adolescentes do ensino médio da região do meio-oeste catarinense

Grigollo, Leoberto Ricardo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 128 p.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
116.11%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2009; Nas últimas décadas percebe-se uma inadequação na aptidão física relacionada à saúde e no estilo de vida dos indivíduos, entre eles os adolescentes. Os problemas gerados por essa inadequação podem comprometer a qualidade de vida, principalmente nos aspectos relacionados à saúde. O objetivo desse estudo foi analisar a aptidão física relacionada à saúde e o estilo de vida dos adolescentes do ensino médio, com idade de 14 a 17 anos, da região do Meio-Oeste catarinense. Tratou-se de um estudo descritivo do tipo diagnóstico, realizado com 601 adolescentes matriculados no ensino médio no período matutino e noturno das escolas públicas da região que é composta por 13 municípios. Para a seleção da amostra foi adotado como procedimento um sorteio aleatório dos adolescentes das escolas selecionadas. Foram coletadas informações da composição corporal saudável, aptidão física relacionada à saúde e estilo de vida (FANTASTIC). Para a capacidade cardiorrespiratória utilizou-se o protocolo da corrida de vai e vem (LEGER et al., 1988) e para as demais variáveis o Plano Canadense de Atividade Física (CSEP...

Aptidão física e estilo de vida de escolares do ensimo médio de Florianópolis - SC

Silva, João Marcos Ferreira de Lima
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 117 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
126.09%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2008; O objetivo do presente estudo correlacional de corte transversal foi verificar o nivel de aptidao fisica e sua relacao com o estilo de vida de escolares do ensino medio da cidade de Florianopolis, SC. A amostra foi selecionada por conglomerados de turmas nas escolas da rede estadual de ensino, com um total de 529 sujeitos (192 rapazes e 337 mocas) com media de idade de 16,19+ - 0,98 anos (15-19 anos). Os testes fisicos seguiram as padronizacoes sugeridas pelo Plano Canadense de Avaliacao da Atividade Fisica, Aptidao e Estilo de Vida (CSEP), avaliando a condicao de saude da composicao corporal (massa corpora, estatura, perimetro de cintura e dobras cutaneas), testes de flexibilidade, forca de pressao manual, impulsao vertical, isometria dorsal, flexao de bracos, abdominal e teste de banco (aptidao aerobia), enquanto o estilo de vida foi determinado pelo questionario Fantastic. A analise de dados utilizou-se de estatistica descritiva (media, desvio padrao e prevalencias), medidas de associacao (teste t para proporcoes e regressao de Poisson). Os resultados indicaram que 57,48% dos escolares sao da classe economica B...

Estilo de vida de acadêmicos de educação física da UFSC

Pacheco, Ricardo Lucas
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 75 p.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
116.13%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2013.; O estilo de vida é caracterizado por padrões de comportamentoidentificáveis que podem ter um efeito profundo na saúde dosseres humanos. Objetivou-se analisar o estilo de vida dosacadêmicos dos cursos de Educação Física da UniversidadeFederal de Santa Catarina ? Bacharelado e Licenciatura. Oestudo utilizou dois inquéritos, o primeiro com 236 acadêmicosde educação física, sendo 109 do sexo feminino, 127 domasculino, com 112 acadêmicos do Bacharelado e 124 daLicenciatura e o segundo com 757 acadêmicos de outros centrosde ensino, além dos da educação física. Para a avaliação doestilo de vida foi usado o questionário ?Estilo de Vida Fantástico?.Para a análise dos dados foi empregada a estatística descritiva epara verificar a associação do estilo de vida global e seusdomínios com o sexo e com a habilitação, foram realizados ostestes ?Qui-quadrado? e o teste ?Exato de Fisher?, sendoconsiderado um nível de significância de 5% (p<0,05). Para osegundo inquérito utilizou-se a regressão logística binária,ajustada pelas variáveis exploratórias (sexo...

Risco cardiovascular dos idosos da freguesia de São Pedro de Agostém: relação com o estilo de vida

Santos, Susana Alexandra Sevivas dos
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
116.02%
Dissertação de Mestrado em Enfermagem Comunitária; Introdução: As doenças cardiovasculares têm sido consideradas um problema emergente de saúde pública a nível mundial, devido à sua alta taxa de morbilidade e mortalidade. O seu carácter multidimensional e as suas graves consequências negativas e diretas para o idoso, determinam que a identificação e análise dos fatores de risco cardiovascular se considerem prioridades na investigação científica. É no âmbito desta temática que pretendemos dar resposta à questão de investigação “Quais os fatores do estilo de vida que influenciam o risco cardiovascular nos idosos da freguesia de São Pedro de Agostém?”. Objetivos: i) Caraterizar os idosos da freguesia de São de Pedro de Agostém sob o ponto de vista sociodemográfico; ii) Conhecer os hábitos alimentares dos idosos; iii) Conhecer o nível de atividade física dos idosos; iv) Identificar a prevalência do consumo de tabaco e de bebidas alcoólicas nos idosos; v) Determinar o risco cardiovascular dos idosos; vi) Verificar a relação existente entre os fatores do estilo de vida e o risco cardiovascular destes idosos. Metodologia: Estudo transversal, do tipo descritivo e correlacional, com uma abordagem quantitativa. Para a recolha de dados procedeu-se ao preenchimento de um formulário...

Associação do sobrepeso com variáveis sócio-demográficas e estilo de vida em universitários

Silva,Diego Augusto Santos; Quadros,Teresa Maria Bianchini de; Gordia,Alex Pinheiro; Petroski,Edio Luiz
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
116.04%
OBJETIVO: Analisar a associação do sobrepeso com variáveis sociodemográficas e estilo de vida de calouros de uma universidade pública brasileira. PARTICIPANTES: 685 calouros avaliados em Abril de 2008. MÉTODOS: O sobrepeso foi verificado pelo índice de massa corporal. O estilo de vida e as variáveis sociodemográficas foram estabelecidos através de um questionário auto administrado. RESULTADOS: apresentaram sobrepeso 16% dos calouros e 5,1% estilo de vida inadequado. Universitários do sexo masculino (OR=2,69; 95%IC: 1,64-4,42), com idade > 20 anos (OR=2,01; 95%IC: 1,25-3,25), casados (OR=2,44; 95%IC: 1,11-5,40), que reportaram estar mais de 2 kg acima do peso saudável (OR=17,05; 95%IC: 7,73-37,63) e que reportaram ingerir bebidas com cafeína mais de duas vezes por dia (OR=1,66; 95%IC: 1,00-2,75), tiveram mais chance de sobrepeso. CONCLUSÃO: O estudo evidencia a necessidade de orientação do universitário para um estilo de vida saudável e da oferta de programas de atividades físicas no campus que vise à redução do excesso de peso, com atenção especial aos universitários do sexo masculino, mais velhos e casados.

Relações trabalhistas e estilo de vida do atleta profissional de futebol do Rio Grande do Norte

Miranda, Hênio Ferreira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
125.97%
Brazilian Law n° 9.615 of 24 March, 1998 established new paradigms in the employment relations existent between the soccer athlete and the sport association, both of whom are accustomed to the former legislation. They do not seem to have organized themselves in the sense of understanding the practical effects of the legal precepts currently in force, raising doubts that hinder the professional practice of the former and the performance of the latter in relation to managing these human resources. The purpose of this study is to analyze the degree of knowledge displayed by the professional soccer athlete about the legal recourses at his disposal in relation to the employment relations established in his work contract, as well as investigating the stress habits and stress situations that he most often experiences. This descriptive study consisted of a sample of 105 players under contract with clubs participating in the final phase of the state soccer championship. A questionnaire was used as the data collection instrument, whose analysis allows us to verify the lack of knowledge, on the part of the subjects studied, about the laws that regulate their profession, as well as identifying the stress habits and stress situations that are most reflected in their lifestyle. The lack of knowedge of regulate norms of their profession influences...

A construção de um estilo de vida: família e relações de gênero na participação do projeto ético-político renovado

Magalhães Filho, José Rômulo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.05%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Este estudo busca articular três temas distintos: pentecostalismo, relações de gênero e família a partir da interpretação de dois conceitos complementares: estilo de vida e projeto ético político. O universo estudado foi a Igreja Presbiteriana Renovada de Aracaju e seus membros e liderança surgem como sujeitos desta pesquisa. As informações coletadas no espaço virtual e no material institucional, aliadas às observações de campo e às entrevistas, somam-se ao referencial teórico lido e sistematizado para a construção deste texto e defesa do seguinte argumento central: há um estilo de vida renovado, marcado pela definição clara dos papéis exercidos pelo homem e pela mulher que se impõe como parte de um projeto ético-político pentecostal. Assim, este texto discute a prática da supremacia masculina e sua manifestação nas celebrações e nos materiais institucionais desta igreja pentecostal neoclássica. Ainda aponta quais os elementos fundantes do chamado estilo de vida renovado e discute a influência das concepções de masculino e feminino na formação deste estilo de vida. Ao avaliar o projeto ético-político desta comunidade pentecostal percebeu-se que há um movimento de construção de uma sociedade fundamentada em princípios conservadores e que tem como fundamento e valores a obediência...

Revisión de diagnóstico de enfermería estilo de vida sedentario en personas con high blood pressure: análisis conceptual; Revisão do diagnóstico de enfermagem Estilo de Vida Sedentário em pessoas com hipertensão arterial: análise conceitual; REVISIÓN DE DIAGNÓSTICO DE ENFERMERÍA ESTILO DE VIDA SEDENTARIO EN PERSONAS CON HIGH BLOOD PRESSURE: ANÁLISIS CONCEPTUAL

Guedes, Nirla Gomes; Lopes, Marcos Venicios de Oliveira; Cavalcante, Tahissa Frota; Moreira, Rafaella Pessoa; Araujo, Thelma Leite de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2013 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116.1%
Este estudio tiene el objetivo de revisar los elementos del diagnóstico de enfermería estilo de vida sedentario (EVS) propuestos por la NANDA-I en pacientes con hipertensión. La revisión se desarrolló a partir del análisis de concepto, con la ayuda del método de revisión integradora de la literatura de los 43 artículos examinados en cinco bases de datos (LILACS, CINAHL, PubMed, SCOPUS y Cochrane). Se utilizaron las siguientes combinaciones de descriptores y equivalentes en Inglés y español: sedentarismo y hipertensión y también estilo de vida sedentárioy hipertensión. El proceso de revisión llevó a los siguientes resultados: modificación de la definición del EVS, nombramientos de algunos indicadores clínicos y adición de otros. Se considera que el estudio subsidia una dirección para la precisión diagnóstica de los indicadores clínicos de la EVS, contribuyendo a la mejora y perfeccionamiento del diagnóstico y sus componentes.; Este estudo tem por finalidade revisar os componentes do diagnóstico de enfermagem Estilo de vida sedentário (EVS) propostos pela NANDA-I em indivíduos com hipertensão arterial. A revisão foi desenvolvida a partir da análise de conceito, com o auxílio do método da Revisão Integrativa da Literatura a partir de 43 artigos pesquisados em cinco bases de dados (LILACS...

Lifestyle, workability and body composition among workers women in a meat processing industry; Estilo de vida, capacidade para o trabalho e composição corporal em trabalhadoras da indústria frigorífica

Gradiski, Deisy Márcia Grande e; Mestrado em Engenharia de Produção – Ergonomia, EPS/CTC/UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 12/06/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116.1%
Na sociedade contemporânea, a inclusão das mulheres à força de trabalho tornou-se parte do cotidiano, levando-as a desempenhar múltiplos papéis e a realizar dupla jornada, uma vez que o ingresso no mercado formal de trabalho não as exclui das demais atribuições culturalmente consideradas femininas. Tal fenômeno tem motivado pesquisas com o intuito de analisar as repercussões deste “modus vivendi” sobre a saúde e o bem-estar do gênero feminino. Neste estudo analisou-se a percepção do estilo de vida e da capacidade para o trabalho bem como a composição corporal de um grupo de mulheres trabalhadoras de uma indústria frigorífica de grande porte. Trata-se de um estudo descritivo correlacional. Foram utilizados os questionários “Fantastic Lifestyle” para avaliar o estilo de vida (EV) e o Ìndice de Capacidade para o Trabalho (ICT) para avaliar a capacidade para o trabalho, ambos instrumentos de auto-avaliação e auto-aplicáveis. Para avaliar a composição corporal, utilizou-se o cálculo do índice de massa corporal (IMC), tendo sido coletados os dados antropométricos (massa corporal e estatura). A amostra constituiu-se de 102 mulheres, com idade entre 20 e 46 anos, sendo a média de 29,8 anos, predominantemente casadas (68...

Crescimento, composição corporal e estilo de vida de escolares no município de Florianópolis - SC, Brasil; Crescimento, composição corporal e estilo de vida de escolares no município de Florianópolis - SC, Brasil

Pires, Mário Cesar; Colégio de Aplicação - UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritivo Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116.05%
Este estudo objetivou analisar, através de abordagem transversal, variáveis de crescimento, da composição corporal e do estilo de vida de escolares com idades entre 11 e 17 anos, no município de Florianópolis. A amostra compreendeu 2.384 escolares, sendo 1.201 moças (50,4%) e 1.183 rapazes (49,6%), selecionada aleatoriamente por unidade escolar, estratificada por regiões geográficas, redes de ensino (pública e particular) e por conglomerados de classes. A média de idade dos escolares foi de 14,45±1,99, sendo 14,42±2,00 para as moças e 14,48±1,97 para os rapazes. Foram analisados o nível sócio-demográfico, as variáveis de crescimento (massa corporal e estatura), a composição corporal (somatório das dobras cutâneas, percentual de gordura e índice de adiposidade) e o estilo de vida (atividades diárias, níveis de estresse e hábitos alimentares). A coleta de dados foi efetuada através de questionário envolvendo aspectos sócio-demográficos, estilo de vida e medidas antropométricas. Nos procedimentos estatísticos, foram utilizados os recursos do programa Microsoft Excel 97 para a tabulação dos dados, e o pacote estatístico SPSS versão 10.0. Para as devidas análises, utilizou-se a estatística paramétrica (estatísticas descritivas...

Lifestyle and physical activity of the physical education professor; Estilo de vida e atividade física habitual de professores de educação física

Madureira, Alberto Saturno; Prof. Dr. do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Mari; Fonseca, Silvio Aparecido; Professor de Educação Física - QUALIFIT - Promoção de Atividade Física & S; M. Maia, Maria de Fátima; Professor
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116.04%
The purpose of this study was: 1) to identify the physical activity habits in daily life of the professors at the Physical Education Department of UNIMONTES; 2) to verify the lifestyles of these individuals in terms of five well-being-related items (nutrition, physical activity, preventative behavior, social relationships, and stress control). Twenty Physical Education professors (5 women and 15 men), 27 to 53 years of age were evaluated. Three instruments were employed to obtain the required information: 1) PAR-Q, 2) Physical Activity Survey, and 3) Life Style Profile using the Well Being Pentagram. It was verifi ed that 74% of the males were apparently fit enough to initiate a physical exercise program. On the other hand, this number decreased to 40% in the female group. Concerning the physical activity questionnaire, 75% of the male group were active or very active, and only 40% of the female group were active. Regarding the lifestyle profi les (Well Being Pentagram), females did not report desirable healthy behavior, since their mean score was 1.4 points. In the male group, the mean score was 2.0 points, which indicates a healthy lifestyle, as well as an attitude more favorable to preventative health. We concluded that women require more attention than men...

Estilo de vida, antropometria e aptidão física realcionada à saúde em escolares de Blumenau, SC; Lifestyle, anthropometry physical fitness realted to health among school children in Blumenau, SC

Reis, Luiz Francisco; Doutorado em Educação Física - Programa de Pós-Graduação em Ciência do Mo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 20/06/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116.07%
Este estudo teve como objetivo verificar o estilo de vida, e relacionar este à antropometria e à Aptidão Física relacionada à Saúde (AFRS) em escolares do município de Blumenau, no estado de Santa Catarina, SC. A amostra foi composta de 1083 sujeitos, sendo 543 meninos e 540 meninas, com a idade centesimal, entre 6,50 a 17,49 anos de idade, matriculados nas escolas públicas e particulares de Blumenau. O crescimento físico foi analisado através da massa corporal, estatura, altura tronco-cefálica, comprimento de membros inferiores, perímetros: do braço, cintura, quadril e panturrilha, diâmetros ósseos: biestilóide do rádio, bicondiliano do úmero, bicondiliano do fêmur. O estilo de vida foi analisado através de um questionário, onde as respostas deste questionário foram relacionadas às variáveis antropométricas e de composição corporal, juntamente com as de aptidão física. A AFRS foi analisada através do uso da bateria de testes Physical Best. Todos os procedimentos estatísticos foram realizados através do pacote estatístico SPSS 6.0, exceto o procedimento da Análise de Correspondências Múltiplas (ACM) e a Análise de Clusters (AC), que foi executado no Software Statistica 6.0. Para comparar as variáveis de crescimento e de AFRS com distribuição normal...

Estilo de vida de pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) e sua associação com a contagem de linfócitos T CD4+; Lifestyle of HIV seropositives patients and your association with CD4 positive t-lymphocytes counts

de Lima Eidam, Cristiane; Mestre em Educação Física - UFSC; da Silva Lopes, Adair; Doutor do Departamento de Educação Física/UFSC, Florianópolis, SC, Brasil.; Crosland Guimarães, Mark Drew; Departamento de Medicina da Universidade Federal de Minas
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 19/11/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116.07%
Este estudo pretendeu avaliar o estilo de vida de pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) e associá-lo à contagem de linfócitos T CD4+. A amostra, selecionada por conveniência, foi constituída de 111 indivíduos (68 homens e 43 mulheres, com idade média de 37 anos). Os dados para avaliação do estilo de vida (hábitos alimentares, atividade física, comportamento preventivo, relacionamentos e controle do estresse), foram obtidos por meio de entrevista. Para a contagem do número de linfócitos T CD4+, considerou-se o resultado do último exame laboratorial apresentado na ficha do paciente. Foram realizadas análises descritivas, análise de variância (ANOVA) one-way, com o teste post hoc de Tukey e o teste qui–quadrado. Os resultados evidenciaram que a contagem média de linfócitos T CD4+ foi de 345 cel/mm3 e a mediana de 296 cel/mm3. A maioria dos pacientes realizava os exames de rotina e seguia as recomendações médicas (92,8%), usava preservativos durante as relações sexuais (80,2%), estava satisfeita com os relacionamentos (80,2%) e reservava tempo, todos os dias, para relaxar (82%). O perfil do estilo de vida, nos componentes hábitos alimentares e de atividade física habitual, foi classificado como insatisfatório. O comportamento preventivo foi a variável do estilo de vida com resultado médio significativamente superior aos demais (6...

Estilo de vida dos portadores do vírus HIV atendidos no município de Florianópolis; Estilo de vida dos portadores do vírus HIV atendidos no município de Florianópolis

de Lima Eidam, Cristiane; Mestre em Educação Física - UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116.13%
Este estudo objetivou avaliar o estilo de vida de indivíduos portadores do vírus HIV ou soropositivos. A amostra final foi constituída de 111 soropositivos (erro amostral de 8%). Foram 68 homens e 43 mulheres, com média de idade de 37,04 anos (DP = 7,47), e que voluntariamente aceitaram fazer parte do estudo. Os dados foram coletados através de um roteiro de entrevista, no período de outubro a dezembro de 2002, contendo as seguintes informações: a)sociodemográficas; c) clínicas de saúde e antropométricas; d) estilo de vida (Perfil do Estilo de Vida Individual) e e) nível de atividade física habitual (IPAQ-8). Na análise dos dados foi utilizado o pacote estatístico SPSSvers ão 10.0 e adotou-se um nível de significância de 5%. Destacaram-se as características sociodemográficas: 71,1% possuíam fonte de renda, sendo que 47,8% eram economicamente ativos; prevaleceram as profissões que caracterizavam um tipo de trabalho ativo, 55,9% pertenciam a famílias pequenas (com até 3 pessoas), mais da metade não era chefe da família (54,1%), estado civil solteiro/a, viúvo/a, separado/a ou divorciada/a (53,2%) com mais de oito anos de estudo formal (56,8%), e com renda familiar inferior ou até R$ 300,00 (50,4%). O tempo médio de soropositividade informado pelos pacientes foi de 5...

Associação do sobrepeso com variáveis sócio-demográficas e estilo de vida em universitários

Silva,Diego Augusto Santos; Quadros,Teresa Maria Bianchini de; Gordia,Alex Pinheiro; Petroski,Edio Luiz
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
116.04%
OBJETIVO: Analisar a associação do sobrepeso com variáveis sociodemográficas e estilo de vida de calouros de uma universidade pública brasileira. PARTICIPANTES: 685 calouros avaliados em Abril de 2008. MÉTODOS: O sobrepeso foi verificado pelo índice de massa corporal. O estilo de vida e as variáveis sociodemográficas foram estabelecidos através de um questionário auto administrado. RESULTADOS: apresentaram sobrepeso 16% dos calouros e 5,1% estilo de vida inadequado. Universitários do sexo masculino (OR=2,69; 95%IC: 1,64-4,42), com idade > 20 anos (OR=2,01; 95%IC: 1,25-3,25), casados (OR=2,44; 95%IC: 1,11-5,40), que reportaram estar mais de 2 kg acima do peso saudável (OR=17,05; 95%IC: 7,73-37,63) e que reportaram ingerir bebidas com cafeína mais de duas vezes por dia (OR=1,66; 95%IC: 1,00-2,75), tiveram mais chance de sobrepeso. CONCLUSÃO: O estudo evidencia a necessidade de orientação do universitário para um estilo de vida saudável e da oferta de programas de atividades físicas no campus que vise à redução do excesso de peso, com atenção especial aos universitários do sexo masculino, mais velhos e casados.