Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Efetividade da terapia beta-adrenérgica inalatória através de espaçador artesanal no tratamento de asma aguda em crianças

Krost, Daniel Papich; Malfussi, Hamilton Filipe Correia de; Veras, Tiago Neves; Piva, Jefferson Pedro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.33%

Estudo duplo cego para avaliar a efetividade de terapia beta-adrenérgica inalatória através de um espaçador artesanal no tratamento de asma aguda em crianças

Scherer, Mateus Breitenbach; Malfussi, Hamilton Filipe Correia de; Piva, Jefferson Pedro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.33%

Inalador dosimetrado com espaçador artesanal versus nebulizador no tratamento da crise de sibilância na criança

Vilarinho,Liana Consuelo Santana; Mendes,Carlos Maurício Cardeal; Souza,Leda Solano de Freitas
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2003 PT
Relevância na Pesquisa
67.32%
OBJETIVO: Realizou-se um ensaio clínico objetivando comparar duas modalidades de administração de salbutamol na crise de sibilância em crianças - através de nebulizador de jato e através de inalador dosimetrado acoplado a um espaçador artesanal. MATERIAL E MÉTODOS: Foi estudada uma amostra de conveniência de crianças em crise moderada de sibilância, alocadas aleatoriamente em dois grupos de tratamento, de acordo com o dispositivo inalatório utilizado para a administração de salbutamol (nebulizador - grupo NEB, ou inalador dosimetrado com espaçador - grupo IDE). Os parâmetros utilizados para comparação entre os grupos foram agrupados em tabela de pontos e consistiram em sinais clínicos habitualmente usados na avaliação da gravidade da crise asmática (nível de consciência, coloração da pele, intensidade da dispnéia, intensidade da tiragem, tempo expiratório, entrada de ar e sibilância) e a saturação transcutânea de oxigênio, obtidos antes do tratamento e 15 minutos após cada administração do salbutamol. Como dados adicionais, mediram-se os tempos de preparo e de uso das medicações, computaram-se os custos envolvidos nas duas formas de tratamento, e interrogaram-se os acompanhantes sobre o grau de satisfação em relação aos tratamentos. Cada criança usou salbutamol em doses repetidas a cada 20 minutos...

Diferentes dispositivos inalatórios na crise aguda de asma: um estudo randomizado, duplo-cego e controlado com placebo

Chong Neto,Herberto J.; Chong-Silva,Débora C.; Marani,Daniele M.; Kuroda,Flávia; Olandosky,Márcia; Noronha,Lúcia de
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
47.51%
OBJETIVO: Verificar a eficácia, eventos adversos e custo do tratamento da crise aguda de asma, utilizando diferentes dispositivos inalatórios. MÉTODOS: Estudo randomizado, duplo-cego e controlado com placebo. Foi utilizado salbutamol em nebulizador, inalador dosimetrado com espaçadores industrial e artesanal e inalador em pó. As avaliações foram feitas em 0, 20, 40 e 60 minutos, seguidas da aplicação de salbutamol e placebo em outro dispositivo. Foram avaliadas 40 crianças em crise aguda de asma, com média de idade = 11±3,5 anos. Utilizou-se escore clínico e função pulmonar, e foram verificados eventos adversos. Foram calculados gastos com o medicamento e o dispositivo inalatório. RESULTADOS: O escore clínico e a variação no volume expiratório forçado no primeiro segundo foram semelhantes entre os grupos ao final do estudo. Foi encontrada uma variação maior na freqüência cardíaca com o uso de nebulizador (35%) do que nos grupos que fizeram uso do espaçador industrial (15%) e do inalador em pó (17%), e também entre os espaçadores artesanal e industrial, 28 e 15%, respectivamente (p = 0,004). O nebulizador e o espaçador artesanal provocaram mais tremores (p = 0,02). O custo do tratamento por paciente foi maior nos grupos nebulizador e espaçador industrial...

Retenção do aprendizado do uso de inalador dosimetrado com espaçador artesanal trinta dias após orientação sistemática

da Conceição Luna dos Santos, Maria; Ângelo Rizzo, José (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.33%
A asma é um importante problema de saúde pública mundial, acometendo indivíduos de todas as idades e raças, em todos os países. Trata-se de uma doença inflamatória crônica, que quando não controlada, pode trazer importantes limitações à vida cotidiana ou até mesmo ser fatal. A via inalatória é a principal forma de administração de medicamentos para o tratamento da asma, seja preventivo, seja no resgate das crises, sendo os corticóides e os broncodilatadores as principais classes de drogas utilizadas. Esta dissertação foi composta por duas partes; no artigo de revisão foram abordados aspectos relacionados à inaloterapia tais como as propriedades farmacológicas das drogas, a importância da via inalatória na administração de medicamentos diretamente nas vias aéreas para o tratamento da asma, os mecanismos de deposição dos aerossóis, processo de geração das partículas nos diversos dispositivos inalatórios, a relação da inaloterapia e a asma e a importância dos inaladores, sobretudo os espaçadores artesanais não valvulados (EANV). No artigo original foi realizado um estudo de intervenção, do tipo antes e depois, com 137 pacientes para avaliar a eficácia de uma sessão de orientação sistemática em promover o uso correto dos inaladores dosimetrados acoplados a espaçadores artesanais não valvulados (IDs/EANV) trinta dias após essa orientação. Apesar dos EANV terem contribuído para que muitos pacientes utilizassem corretamente os IDs/EANV...

Prevalência e eficácia do uso dos espaçadores artesanal e industrial na administração do Salbutamol na emergência pediátrica do Hospital Regional da Asa Sul – HRAS

Santos, Anete Vieira dos; Queiroz, Gabriele Paulino de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
57.1%
A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas inferiores, responsável por uma limitação variável do fluxo de ar aos pulmões e pela hiperresponsividade de tais vias. O tratamento é baseado na administração de antiinflamatórios e broncodilatadores, sendo os mais utilizados corticóides e b2-agonistas, respectivamente. O objetivo foi avaliar a prevalência e a eficácia do uso do salbutamol com espaçadores artesanais em comparação com espaçadores industriais. Foi estudada uma amostra de conveniência de 60 crianças em crise asmática com faixa etária de 0 a 12 anos de idade atendidas na Emergência Pediátrica do Hospital Regional da Asa Sul no período de setembro e outubro de 2010, alocadas aleatoriamente em dois grupos de tratamento, de acordo com o dispositivo inalatório (espaçador artesanal ou industrial) utilizado para a administração de salbutamol. Os parâmetros utilizados para comparação entre os grupos foram intensidade da dispnéia, uso da musculatura acessória, sibilância e saturação transcutânea de oxigênio, obtidos 20 minutos após administração do salbutamol. Verificou-se que a idade mais prevalente dos pacientes foi de 0 a 6 anos e que os espaçadores artesanais são mais prevalentes no serviço estudado e apresentam eficácia semelhante aos industriais.; Asthma is a chronic inflammatory disease of the lower airways...