Página 1 dos resultados de 242 itens digitais encontrados em 0.059 segundos

A forma sem conteúdo e o sujeito sem subjetividade; The form without content and the subject without subjectivity; La forme sans contenu et le sujet sans subjectivité; La forma sin contenido y el sujeto sin subjetividad

CROCHÍK, José Leon
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.17%
O objetivo deste ensaio é refletir acerca da relação entre o primado da forma em nossa sociedade, que se expressa também nos âmbitos políticos e educacionais, e a formação de indivíduos pouco diferençados, no que se refere à sua sensibilidade, percepção e pensamento; tem como hipótese que a ênfase na forma, em diversos domínios sociais, em detrimento do conteúdo específico ao qual deveria se vincular contribui com a formação de indivíduos que têm dificuldades de se identificarem entre si e, por isso, de se desenvolver, sendo propensos à frieza, a uma ausência de percepção das contradições e conflitos sociais e a um pensamento basicamente adaptativo. Essa reflexão é desenvolvida tendo como referência obras de pensadores que constituíram a denominada Escola de Frankfurt, tais como T. W. Adorno, M. Horkheimer e H. Marcuse, e a Psicanálise Freudiana.; The objective of this assay is to reflect about the relation between the primate of the form in our society, that is expressed also in the educational and politicians scopes, and the formation of individuals a little bit differenced, concerning its sensitivity, perception and thought; the hypothesis is that the emphasis in the form, in many social spheres...

Torcida de futebol : adesão, alienação e violência; Football supporter : adhesion, alienation and violence

Hryniewicz, Roberto Romeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
86.07%
Esta pesquisa tem como objeto o torcedor de futebol comum, analisando o que leva um indivíduo a torcer e o que, nessa prática, pode levá-lo à alienação e à violência. Nossos principais referenciais teóricos são a Escola de Frankfurt e a teoria freudiana. Estudamos o futebol sob o aspecto de sua apropriação pela indústria cultural e o torcedor como parte das massas estudadas por Freud (1921/1974a) em Psicologia de grupo e análise do ego e posteriormente pelos frankfurtianos. Dezesseis torcedores de diferentes times foram entrevistados. Formaram dois grupos de oito sujeitos, com base no processo de escolarização: um grupo de torcedores que têm até o ensino fundamental completo e outro de torcedores com ensino médio completo. Os resultados demonstraram certa devoção ao time nos dois grupos, bem como alienação e tendência à barbárie e ao preconceito. Isso ficou mais visível no grupo dos mais escolarizados, o que indica que a educação de hoje pode favorecer esse tipo de atitude.; The object of this research is the regular football supporter, analyzing what drives a person to cheer and what in this practice can lead to alienation and violence. Our main theory references are the Frankfurt School and the Freudian theory. We have studied the football in its appropriation by the cultural industry and the supporter as part of the masses studied by Freud (1921/1974a) in Group psychology and analysis of the ego and subsequently by the frankfurtians. Sixteen supporters of different Brazilian teams were interviewed. They were divided in two groups of eight subjects according to their education level: one group of supporters with low education level and another group with middle education level. The results have shown a certain devotion to the team in both groups as well as alienation and a tendency to barbarity and prejudice. This was more visible on the group with higher education level...

A Pró-Vida: razão ou desrazão? uma análise psicossocial; Pró-Vida: reason or unreason? a psychosocial analysis

Silva, Ricardo Jose Barbosa da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2004 PT
Relevância na Pesquisa
76.07%
Esta dissertação analisa uma organização ocultista, sediada na cidade de São Paulo, com o auxílio da Teoria Crítica da Escola de Frankfurt e da psicanálise freudiana. Pretendemos com isso compreender em parte o processo de formação da subjetividade moderna dentro da sociedade totalmente administrada, bem como discutir a irracionalidade da cultura refletida no sujeito como um eco do social. O trabalho conclui que a transição do capitalismo concorrencial para o capitalismo de monopólios gerou uma busca por valores espirituais muito de acordo com a lógica do consumo de massas. Concluímos também que a irracionalidade de tais renascimentos religiosos, dos quais a Pró-Vida é um exemplo, representam o reflexo da patologia social da razão humana.; This thesis analyses an occultist organization, placed in the city of São Paulo, with the help of the Frankfurt Schools Critical Theory and the Freudian psychoanalysis. Our intention is to understand in part the modern subjectivity formation process inside the wholly administrated society, and to discuss the culture irrationality reflected on the subject as an echo of the social. The thesis concludes that the transition from concurrent to monopolist capitalism has generated a search for spiritual values according to the logic of mass consumption. We also conclude that this religious revival irrationality...

A corrente subterrânea da Escola Frankfurt: teoria social e teoria estética em Theodor Adorno; The undercurrent of the Frankfurt School: social theory and aesthetic theory of Theodor Adorno

Ipar, Ezequiel Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.17%
No presente trabalho tentamos reconstruir os principais lineamentos da teoria estética e da teoria da sociedade de Theodor Adorno. Com tal propósito, partimos de uma revisão critica da interpretação canônica efetuada tanto por Jürgen Habermas como por Axel Honneth do potencial explicativo contido em obras clássicas da primeira geração da Escola de Frankfurt. O objetivo central deste confronto procura demonstrar que o conceito de cultura de Adorno y Horkheimer tem um potencial explicativo e critico que nem Habermas, nem Honneth souberam destacar. Para reexaminar esse potencial teórico subterrâneo resulta imprescindível referir-se as duas grandes obras da maturidade de Adorno, a Teoria estética e a Dialética negativa. Realizamos-nos esse trabalho procurando explicitar um conceito de cultura alternativo ao de Habermas e Honneth, para tentar logo extrair conclusões referidas à lógica interna das ciências sociais.; The object of this thesis is to reconstruct the basic lines of Adorno's aesthetic and social theory. We discuss Jürgen Habermas and Axel Honneths canonic interpretation about the theoretic potential of the classic works of the first generation of the Frankfurt School. The central aim of this confrontation is to demonstrate that the concept of culture developed by Adorno and Horkheimer has a theoretic potential that had not been perceived by Habermas and Honneth. In order to reevaluate this potential it is necessary to discuss the last Adornos works...

Bibliófilos audiovisuais: os "media" como forma de aproximar estudantes dos livros; Bibliófilos audiovisuais: os "media" como forma de aproximar estudantes dos livros

Andrade, Rogerio Pelizzari de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.94%
Os meios de comunicação eletrônicos são responsabilizados por supostos desvios das práticas leitoras. Influenciados pelas teorias críticas da comunicação, especialmente ligadas à Escola de Frankfurt, pesquisadores afirmam que os media representam o principal impedimento para que os jovens se aproximem dos livros. Os estímulos audiovisuais de suportes, como a televisão, o rádio, a internet e o videogame, em geral marcados pela superficialidade e pela tentativa de induzir as audiências ao consumo, minimizariam o contato com vivências mais complexas que se manifestam no contato com o texto impresso. Propondo uma inversão deste ponto de vista, uma pesquisa etnográfica foi realizada em sala de leitura de uma escola municipal de São Paulo. O objetivo era identificar relações entre as experiências vivenciadas com os produtos midiáticos e o possível interesse que eles podem despertar em relação aos livros. Alinhado com autores como Martín-Barbero, Canclini e Orozco, que consideram a possibilidade de utilização dos meios de comunicação para contribuir com o processo de educação, o percurso teórico do estudo abrangeu ainda uma revisão das teorias críticas, ideias acerca da função e do conceito de leitura e a influência dos fatores culturais neste processo.; The electronic communication media are responsible for supposed challenges to reading practices. Influenced by critical communication theories...

Natureza, tempo livre e administração social: uma análise das práticas de lazer em Carrancas/MG

Farias, Márcio Norberto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 128 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
76.02%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Sociais - FCLAR; Esta pesquisa aborda um fenômeno típico das sociedades contemporâneas, a administração social das atividades físicas no tempo livre em meio à natureza. O objetivo é analisar/compreender a potencialidade emancipatória dessas atividades a partir dos estudos dos pensadores da Escola de Frankfurt. A hipótese é de que o contato das pessoas com a natureza no tempo livre pode promover uma relação em que tanto a natureza quanto o sujeito não são percebidos como objeto de exploração e dominação; relação que nas condições de administração social encontra-se prejudicada e até obstaculizada. Constituída de três capítulos, os dois primeiros apresentam e discutem o aporte conceitual e teórico que analisa historicamente o trabalho e o tempo livre, enquanto o último analisa e reflete criticamente os dados coletados por meio de pesquisa empírica de práticas de lazer em meio à natureza na cidade de Carrancas/MG, conhecida como uma espécie de refúgio daqueles que vivem em centros urbanos maiores devido às suas belezas naturais.; This research deals with a typical feature of the contemporary societies...

Da teoria crítica ao pós-estruturalismo: breves apontamentos para uma possível confrontação entre Adorno e Deleuze

Bueno, Sinesio Ferraz
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 149-161
POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
The Frankfurt critical theory and the French post-structuralism are important lines of thought in the philosophy of education, which inspired several academic productions in recent decades. In the 1950s and 1960s, both opposed philosophical resistance against many types of totalitarianism. One big difference between the two lines of thought has been the critical of the dialectic considered an insufficient method to think about the difference (Deleuze) and the reaffirmation of a negative dialectic (Adorno). This article intends to analyze the thematic affinities and the differences of method between the thought of these two authors.; A teoria crítica da Escola de Frankfurt e o pós-estruturalismo francês constituem-se em movimentos reflexivos da maior importância na área da filosofia da educação, inspirando inúmeras produções acadêmicas nas últimas décadas. Sendo contemporâneos às décadas de 1950 e 1960, ambos os movimentos apresentam em comum o fato de oporem resistência filosófica a diversos tipos de totalitarismo. Como diferenças mais salientes a ambas correntes de pensamento podemos apontar a crítica da dialética em sua insuficiência como método para refletir sobre a diferença (Deleuze) e a reafirmação da dialética em seus potenciais negativos de confrontação entre o objeto e seu conceito (Adorno). O presente artigo destina-se a refletir brevemente sobre as afinidades temáticas e as diferenças metodológicas entre o pensamento desses dois autores.

Interpretando uma alternativa: considerações sobre a virada interpretativa nas ciências sociais entre as décadas de 1960 e 1970.

Coan, Isadora Cristina de Melo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 80 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.94%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Ciências Sociais.; O objetivo deste trabalho é tratar do ressurgimento de abordagens interpretativistas em meados da década de 1960, movimento conhecido como virada interpretativa. Diz-se ressurgimento visto a marginalização de tais abordagens no período que compreende a institucionalização das disciplinas sociais no âmbito da estrutura universitária, porém mais contundentemente após o predomínio de concepções positivistas, estrutural-funcionalistas e comportamentalistas (como o behaviorismo) nas ciências sociais. Para tal revitalização das abordagens interpretativas, recorreu-se amplamente a desenvolvimentos da disciplina do século XIX, início do século XX (como a hermenêutica de W. Dilthey e a sociologia compreensiva de M. Weber), bem como a desdobramentos posteriores da filosofia do século XX, como a abordagem lingüística de L. Wittgenstein, a abordagem fenomenológica de A. Schütz e a contribuição da Escola de Frankfurt, representada aqui pela obra de J. Habermas. Dentre inumeráveis temas que foram tratados pelos mais diversos autores explícita e consensualmente enquadrados como tendo uma abordagem interpretativa frente ao mainstream positivista das ciências sociais...

Teoria crítica e teoria das organizaçoes

Drago,Pedro Anibal
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1992 PT
Relevância na Pesquisa
85.97%
O trabalho pretende refletir sobre as conseqüências das análises elaboradas pelo Humanismo Radical e especialmente por H. Marcuse, da Escola de Frankfurt, sobre a Teoria Crítica das Organizações. Partindo das origens filosóficas do Humanismo Radical, analisa alguns trabalhos significativos de Marcuse sobre a estrutura fechada e repressiva da Cultura e da Sociedade Industrial de onde algumas saídas possíveis são exploradas. Finalmente são colocadas algumas idéias sobre a influência dessas análises no Estudo e Teoria das Organizações.

Michel Foucault e a Escola de Frankfurt: reflexões a partir da obra crítica do poder, de Axel Honneth

Hilário,Leomir Cardoso; Cunha,Eduardo Leal
Fonte: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
106.13%
O objetivo deste artigo é analisar os elementos centrais da crítica realizada por Axel Honneth ao pensamento de Michel Foucault, em Crítica do Poder, articulando-a com sua análise da obra do chamado "círculo interno" da Escola de Frankfurt, principalmente Adorno e Horkheimer. Dessa maneira, entende-se que Honneth opera uma aproximação do pensamento foucaultiano à tradição crítica frankfurtiana, com ênfase em deficiências comuns que apontam para uma filiação entre os autores e, ao mesmo tempo, para sua insuficiência na análise da sociedade contemporânea. Tal leitura, contudo, em que pese sua inovação em pôr lado a lado Foucault e Habermas enquanto desenvolvimentos rivais da Teoria Crítica, é limitada tanto cronologicamente, por não levar em consideração a reorientação realizada por Foucault, a partir de 1978, quanto por identificar problematicamente as noções de poder e dominação. Essa limitação não inviabiliza, entretanto, manter o gesto de convergência entre o pensamento foucaultiano e a Escola de Frankfurt, pensando-o através de uma via positiva, que não se restrinja às limitações das suas ferramentas críticas, mas que, ao contrário, ao focalizar a radicalidade de tal crítica, torne possível destacar a sua atualidade.

Os primeiros anos da "Escola de Frankfurt" no Brasil

Camargo,Sílvio
Fonte: CEDEC Publicador: CEDEC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.05%
Nosso objetivo neste artigo é mostrar o que consideramos ser a primeira fase do processo de recepção da Escola de Frankfurt no Brasil, com ênfase na produção de alguns intelectuais brasileiros, pioneiros nesse processo não apenas como tradutores e divulgadores da teoria crítica, mas também como intérpretes da realidade nacional. Esse período histórico foi marcado ao mesmo tempo pela repressão do regime militar, pela consolidação da indústria cultural e pelo crescimento das ciências sociais no país. Apontamos para a importância de intelectuais como José G. Merquior, Roberto Schwarz, Gabriel Cohn e Flávio Kothe, que, em diferenciadas nuances teóricas, iniciaram a recepção das ideias frankfurtianas no Brasil e sua imersão em nosso contexto intelectual. Apontamos ainda as dificuldades de compreensão de um modelo de pensamento bastante complexo.

Teoria crítica em relações internacionais

Silva,Marco Antonio de Meneses
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
85.93%
Este artigo tem por objetivo apresentar a tradição da teoria crítica em Relações Internacionais. Entende-se que haja uma lacuna nos debates teóricos com a reduzida atenção dedicada a essa tradição no Brasil. O revigoramento dos debates teóricos contribui para o enfraquecimento das tradições teóricas convencionais. O papel da teoria crítica nessa tendência é primordial. A teoria crítica da Escola de Frankfurt é examinada como precursora filosófica e metateórica da teoria crítica em Relações Internacionais. Em seguida, as bases epistemológicas dos desafios da teoria crítica às teorias convencionais são apresentadas, com ênfase especial dedicada ao trabalho de Robert W. Cox. O pensamento neogramsciano é inspecionado à luz da busca pela transformação social nas relações internacionais. A vertente da teoria crítica internacional é vista como fonte de inspiração para muitos autores que trabalham com a emancipação. Examina-se a produção de Andrew Linklater por representar a busca por transformação das comunidades políticas por meio da expansão de suas fronteiras morais. Em seguida, busca-se uma avaliação crítica dos impactos trazidos pela teoria crítica ao campo de estudos das Relações Internacionais. Conclui-se que a teoria crítica tem méritos na guinada das discussões teóricas em direção a questionamentos ontológicos e epistemológicos...

Crítica, razão e sociedade: convergência e paralelismo entre Foucault e Adorno & Horkheimer

Hilário,Leomir Cardoso; Cunha,Eduardo Leal
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.05%
Este artigo parte do ponto de vista defendido por Axel Honneth, no qual Foucault e Habermas são compreendidos como desenvolvimentos rivais do campo problemático aberto pela Escola de Frankfurt, Adorno e Horkheimer em particular. Propomos que é a conduta diante do Iluminismo que afasta Habermas e Honneth de Foucault e também de Adorno e Horkheimer. Tecemos, assim, uma costura entre Foucault e a primeira geração da Escola de Frankfurt, que se apoia inicialmente na crítica de Honneth tanto a um quanto a outro, para em seguida ultrapassá-la, mostrando, ao mesmo tempo, os pontos em comum – centrados na crítica radical da razão – e os motivos para considerá-los responsáveis por empreitadas filosóficas distintas.

Formação cultural e moral: a crítica da razão; Cultural and moral formation : a critique of reason

Resende, Maria do Rosário Silva; Roure, Susie Amâncio Gonçalves de
Fonte: Cristóvão Giovani Burgarelli Publicador: Cristóvão Giovani Burgarelli
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.24%
v.37,n.1,p.147-159,jan./jun. 2012.; No presente artigo o objetivo é refletir sobre a relação entre moral, razão e emancipação na sociedade contemporânea. Interessa-se, sobretudo, em confrontar a ideia de moralidade à premência de uma crítica da razão no sentido da busca pelo esclarecimento e pela autonomia, segundo o referencial da Teoria Crítica da Escola de Frankfurt. Entende-se que discutir sobre a perspectiva da ética no contexto da sociedade que se institui a partir da modernidade torna-se um passo fundamental para a apreensão das possibilidades de um processo formativo que permita a superação da heteronomia intelectual e moral do homem contemporâneo. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ This paper set out to reflect on the relationship between morality, reason and emancipation in contemporary society. It is mainly interested in confronting the idea of morality with the urgency of a critique of reason in the sense of searching for enlightenment and autonomy, using the Critical Theory of the Frankfurt School as a reference. It is understood that discussing the perspective of ethics in a society based on modernity is an essential step towards understanding the possibilities of a formation process which leads to overcoming the intellectual and moral heteronomy of contemporary man.; Programa de Apoio às Publicações Periódicas Científicas (PROAPUPEC) da UFG

Teoria cr??tica e ind??stria cultural: um cap??tulo sobre a m??sica no jornalismo cultural da folha de S??o Paulo

Oliveira, Aline Santos de
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.94%
No Brasil, o jornalismo musical tem conhecido nas ??ltimas d??cadas uma rotina condicionada por temas no mais das vezes alheios ??s obras de arte que procuram retratar. Este trabalho se dedica a reconhecer, a partir dos trabalhos sobre teoria est??tica da Escola de Frankfurt em seus autores Adorno, Horkheimer, Marcuse, Benjamin e Habermas, o papel da ind??stria cultural sobre a reprodu????o da arte no mercado editorial de jornais grande circula????o no pa??s. A an??lise de mat??rias presentes no caderno Ilustrada da Folha de S??o Paulo, nos meses de janeiro e fevereiro de 2012, presta-se a ilustrar o quadro geral das reda????es centradas sobre o tema m??sica. T??o importante quanto a pr??tica sensacionalista das mat??rias que proporcionam assuntos que vendem tiragens, deveria ser o conte??do voltado para a composi????o e a estrutura da obra dos artistas. As respostas representam uma tentativa de trazer a cr??tica dos trabalhos dos pensadores marxistas para um setor de comunica????o social com relev??ncia de assuntos para o grande p??blico.

A forma sem conteúdo e o sujeito sem subjetividade; La forma sin contenido y el sujeto sin subjetividad; The form without content and the subject without subjectivity; La forme sans contenu et le sujet sans subjectivité

Crochík, José Leon
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
76.17%
El objetivo de este ensayo es reflexionar acerca de la primacía de la forma en nuestra sociedad, la cual se expresa en el ámbito político y educacional. La formación de individuos poco diferenciados, en lo referido a la sensibilidad, percepción y pensamiento, tiene como hipótesis que: el énfasis en la forma, en diversos dominios sociales, en detrimento del contenido específico del cual se debería vincular, contribuye a la formación de las personas que tienen dificultades para identificarse entre sí y, por tanto, a desarrollarse; estando propensos a la frialdad, una falta de percepción de las contradicciones y de los conflictos sociales, y un pensamiento básicamente adaptativo. Esta reflexión es desarrollada teniendo como obras de referencia pensadores que constituían la llamada Escuela de Frankfurt, tales como. T.W. Adorno, M. Horkheimer , H. Marcuse, y el Psicoanálisis Freudiano.; The objective of this assay is to reflect about the relation between the primate of the form in our society, that is expressed also in the educational and politicians scopes, and the formation of individuals a little bit differenced, concerning its sensitivity, perception and thought; the hypothesis is that the emphasis in the form, in many social spheres...

A personalidade narcisista segundo a Escola de Frankfurt e a ideologia da racionalidade tecnológica; The narcissistic personality according to the Frankfurt School and the ideology of the technological rationality

Crochik, José Leon
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1990 POR
Relevância na Pesquisa
86.07%
Discute a relação entre a ideologia da racionalidade tecnológica e a personalidade narcisista, com base nas reflexões de alguns filósofos da Escola de Frankfurt. Localiza esta relação historicamente de forma a explicitar algumas das transformações de certas instituições sociais que mediatizam a relação entre o indivíduo e a cultura. Investiga a possível influência dessas transformações sobre a constituição da personalidade.; Discuss the relation between the ideology of the technological rationality and the narcissistic personality based on the theory of the Frankfurt School. This relation is historically situated in order to explain some of the transformations of certain social institutions which mediate the relation between individual and culture. The possible influence of those transformations on the personality constitution is also investigated.

Critique, reason and society: convergence and parallelism between Foucault and Adorno & Horkheimer; Crítica, razão e sociedade: convergência e paralelismo entre Foucault e Adorno & Horkheimer.

Hilário, Leomir Cardoso; Universidade Federal de Sergipe; Cunha, Eduardo Leal; Professor adjunto do Departamento de Psicologia e do Núcleo de Pós-Graduação em Psicologia Social da Universidade Federal de Sergipe.
Fonte: Eduff Publicador: Eduff
Tipo: ; ; ; Avaliado por pares; Revisão de Literatura Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.17%
This article starts from the point of view held by Axel Honneth, in which Foucault and Habermas are understood as rival developments of the problematic fields open by Frankfurt School, Adorno and Horkheimer in particular. We propose that is the conduct in face of the Enlightenment that departs Habermas and Honneth from Foucault and also from Adorno and Horkheimer. We draw up, thus, a rapprochement between Foucault and the first generation of the Frankfurt School, which lean on initially on Honneth’s criticism toward one and the other one, then to overcome it, showing, at the same time, the common points – centered in the radical criticism of reason – and the reasons for consider them as responsible for distinct philosophical enterprise.; Este artigo parte do ponto de vista defendido por Axel Honneth, no qual Foucault e Habermas são compreendidos como desenvolvimentos rivais do campo problemático aberto pela Escola de Frankfurt, Adorno e Horkheimer em particular. Propomos que é a conduta diante do Iluminismo que afasta Habermas e Honneth de Foucault e também de Adorno e Horkheimer. Tecemos, assim, uma costura entre Foucault e a primeira geração da Escola de Frankfurt, que se apoia inicialmente na crítica de Honneth tanto a um quanto a outro...

A Bildung e a Teoria Crítica na era da educação pós-moderna; La Bildung y la Teoría Crítica en la era de la educación posmoderna; Bildung and Critical Theory facing Post-modern Education

Gur-Ze'ev, Ilan
Fonte: Linhas Críticas; Critical Lines Publicador: Linhas Críticas; Critical Lines
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
76.13%
O projeto Bildung é ainda viável numa era pós-moderna e sob condições pós-modernas? A Teoria Crítica ainda é relevante nas condições pós-modernas de hoje? Essas duas questões estão relacionadas de alguma maneira significativa/interessante? Neste artigo, a resposta a essas duas questões é afirmativa. Logo, outra questão se impõe: que lição recebemos desta resposta ou com que responsabilidades nos deixam a respeito das possibilidades que ainda estão abertas para a contra-educação como cultivo de si mesmo, reflexão e práxis emancipatória? Este artigo tenta mostrar que os prespectos para a resistência de hoje ao processo de desumanização, que flui da educação padronizadora, ainda estão intimamente ligados ao projeto da Bildung e à rearticulação com os pensadores críticos da Escola de Frankfurt.;   ¿El proyecto de la bildung es todavía viable en una era posmoderna y bajo condiciones posmodernas? ¿La Teoría Crítica es aún relevante en las condiciones posmodernas de hoy? ¿Estas dos cuestiones están relacionadas de alguna manera significativa/interesante? En este artículo, la respuesta a estas dos cuestions es afirmativa. De pronto otra cuestión se impone: ¿Qué lección recibimos de esta respuesta o con que responsabilidades nos dejan con respeto a las posibilidades que todavía están abiertas para la contraeducación como cultivo de sí mismo...

TEORIA CRÍTICA E INVESTIGAÇÃO SOCIAL EMPÍRICA: OBSERVAÇÕES SOBRE A RELAÇÃO ENTRE FILOSOFIA E PESQUISA INTERDISCIPLINAR NA ESCOLA DE FRANKFURT

Antunes, Deborah Christina; Universidade Federal de São Carlos - UFSCar
Fonte: Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação Publicador: Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Embora muitos trabalhos, no tocante à Escola de Frankfurt, sejam realizados em âmbito teórico ou empírico, pouca atenção tem sido voltada ao estudo específico de sua relação com a pesquisa empírica. No entanto, esta relação faz parte de sua história, estando presente desde seus primórdios. A proposta deste trabalho é apresentar elementos para uma pesquisa teórica e histórica a respeito da relação estabelecida entre a pesquisa empírica e a reflexão filosófica na Teoria Crítica da Sociedade, para verificar como, ou se, essa relação apresenta-se na pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais durante sua fase nos Estados Unidos da América, publicada no livro "A personalidade autoritária". A argumentação é composta por uma revisão bibliográfica contendo os poucos trabalhos encontrados sobre o assunto, uma breve história do Instituto tendo como objetivo explicitar essa relação, a contextualização da pesquisa sobre o anti-semitismo durante o exílio americano, e algumas idéias de Adorno sobre a pesquisa empírica, já quando havia regressado à Alemanha