Página 1 dos resultados de 441 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Metodologia de apoio ao processo de aprendizagem via autoria de objetos de aprendizagem por alunos

Silva, Juliano Tonezer da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.33%
Indicadores educacionais vêm desvelando ao longo do tempo o grave problema social que se tornou a aprendizagem nas Escolas Públicas e Privadas do Brasil. Em paralelo, essas escolas também vêm sendo desequilibradas pelas tecnologias digitais, seja pela ausência ou inclusão sem a capacidade de apropriação plena. Neste contexto, a tese, apoiada na linha de pesquisa “Interfaces Digitais em Educação, Arte, Linguagem e Cognição” perpassou áreas de estudo como: projetos de aprendizagem, objetos de aprendizagem, metodologias e ambientes de autoria para objetos de aprendizagem e processos de aprendizagem segundo a epistemologia genética. A área de interesse investigada foi a autoria de objetos de aprendizagem por alunos como potencializadora do processo de aprendizagem desses sujeitos, nas áreas de Ciências e Matemática do Ensino Médio, de Escolas Públicas que dispunham de tecnologias digitais. A tese se iniciou em 2004 com uma pesquisa exploratória em Escolas Públicas pertencentes a 25ª Coordenadoria Regional de Educação do Estado do Rio Grande do Sul. Em 2005, a pesquisa foi desenvolvida em duas destas escolas, em 2006 em uma delas e em 2007 em uma quarta Escola. Como contribuição desta caminhada apresentase uma metodologia de apoio ao processo de aprendizagem via a autoria de objetos de aprendizagem por alunos. Essa é uma extensão da metodologia de projetos de aprendizagem proposta por Fagundes...

A metodologia dos programas de pesquisa : a epistemologia de Imre Lakatos

Silveira, Fernando Lang da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
A epistemologia de Imre Lakatos - metodologia dos programas de pesquisa - é apresentada. Um programa de pesquisa constitui-se de um núcleo firme (conjunto de hipóteses ou teoria irrefutável por decisão dos cientistas), de uma heurística que instrui os cientistas a modificar o cinturão protetor (conjunto de hipóteses auxiliares e métodos observacionais) de modo a adequar o programa aos fatos. Um programa é progressivo quando prevê fatos novos e alguma destas previsões é corroborada; ele é regressivo quando não prevê fatos novos, ou, os prevendo, não são corroborados. A história da ciência é a história dos programas em concorrência; as chamadas revoluções científicas constituem-se em um processo racional de superação de um programa por outro. Implicações da epistemologia de Lakatos e Popper - ambos racionalistas críticos - para o ensino de ciências são discutidas.

Estilos de pensamento em saúde pública: um estudo da produção da FSP-USP e ENSP-FIOCRUZ, entre 1948 e 1994, a partir da epistemologia de Ludwik Fleck

Da Ros, Marco Aurélio
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação.; DESCRIÇÃO: A presente pesquisa objetiva, a partir da epistemologia de Ludwik Fleck, caracterizar a existência de estilos de pensamento (EP) distintos e incongruentes entre si na área de saúde pública. Pretende, com esta caracterização contribuir para o entendimento dos mesmos, e em função disto, para a construção de um estilo que integre conteúdos dos anteriores em direção a um entendimento mais totalizante na área da saúde. MÉTODOLOGIA E CONTEÚDOS: A partir do universo dos resumos de teses e dissertações (858), produzidas pelas duas escolas mais importantes na área da saúde pública brasileira, entre 1948 e 1994, foram selecionadas 72 para serem analisadas e aprofundadas. Aplicando as categorias de análise de Fleck, foi construída uma metodologia para caracterizar EP. A análise das tese e dissertações foi pareada com a história: das instituições examinadas; das mudanças de compreensão do processo saúde - doença; das políticas de saúde brasileiras. O movimento simultâneo de aprofundamento da história, das categorias fleckianas, e do conteúdo dos trabalhos caracterizou a metodologia como dialética . CONCLUSÃO: Foram caracterizados 11 EPs distintos em Saúde Pública...

Pesquisa e elaboração de trabalhos científicos : diálogo entre epistemologia e formalizações metodológicas; Research and development of scientific papers : the dialogue between epistemology and methodology formalization

Pires, Maria Raquel Gomes Maia; Göttems, Leila Bernarda Donato
Fonte: Nucleo de Estudos em Educação, Promoção da Saúde e Projetos Inclusivos (NESPROM), do Centro de Estudos Avançados Multidiciplinares (CEAM), da Universidade de Brasília (UnB). Publicador: Nucleo de Estudos em Educação, Promoção da Saúde e Projetos Inclusivos (NESPROM), do Centro de Estudos Avançados Multidiciplinares (CEAM), da Universidade de Brasília (UnB).
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.29%
A influência da ciência moderna na área da saúde reproduz-se hegemonicamente na formação e prática dos profissionais, traduzindo-se em iniqüidades sociais e requerendo mudanças nos processos formativos. Nesse estudo de revisão teórica sistemática indicam-se reflexões, diretrizes e roteiro que subsidiam a produção crítica de conhecimentos, afinando o diálogo entre a epistemologia e as formalizações metodológicas. Argumenta-se que a pesquisa como crítica de realidades é condição para a formação de sujeitos autônomos, contribuindo para uma formação dialógica na saúde. Objetivou-se refletir sobre a pesquisa como meio para crítica de realidades, produção de sujeitos autônomos e reconstrução das práticas em saúde. Indicam-se orientações para a produção científica na graduação e na pós-graduação. O uso de diretrizes e roteiros para a elaboração de trabalhos científicos, a partir do diálogo entre epistemologia e formalização acadêmica, facilita a compreensão das possibilidades teórica, ética, política e técnica da ciência. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The modern science influence in the health field is reproduced mainly at the upbringing and the daily basis of the health professionals...

Epistemologia e metodologia para as pesquisas críticas em administração: leituras aproximadas de Horkheimer e Adorno

Batista-dos-Santos,Ana Cristina; Alloufa,Jomária Mata de Lima; Nepomuceno,Luciana Holanda
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.37%
Baseado em leituras de Horkheimer e Adorno, autores da chamada primeira geração da Escola de Frankfurt, o texto socializa compreensões sobre ontologia, epistemologia e metodologia crítica visando a contribuir com a prática de pesquisas críticas, de tradição frankfurtiana, no campo da Administração. Parte da discussão ontológica para fundamentar a perspectiva epistemológica frankfurtiana. Apresenta, então, dimensões epistemológicas críticas e propõe três pares categóricos dialéticos para a compreensão da realidade: naturalização versus história, sistema versus práxis social, alienação/dominação versus emancipação. O texto discute aspectos metodológicos e finaliza socializando um exemplo de pesquisa crítica, de tradição frankfurtiana, na Administração.

Uma introdução às contribuições da epistemologia contemporânea para a medicina

Tesser,Charles Dalcanale; Luz,Madel Therezinha
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.29%
O artigo parte de alguns dilemas clínicos vividos pelos profissionais e doentes, tais como dificuldades de enquadramento diagnóstico e relacionamento médico-paciente, para relacionar aspectos desses dilemas com a epistemologia hegemônica aplicada na biomedicina, a qual é caracterizada por um paradigma biomecânico, positivista e representacionista, centrado nas entidades doenças da nosografia biomédica. Estabelece conexão entre esta epistemologia e a ausência atual de um maior e mais harmonioso entrosamento da biociência com outros saberes/práticas de saúde não-científicos. Como contribuição à busca de resolução dos problemas discutidos, são introduzidas algumas idéias epistemológicas provindas da convergência teórica de autores da epistemologia contemporânea das ciências naturais que se constituem em viga mestra de uma inovadora vertente epistemológica ainda em formação, aqui chamada "co-construtivista". Por fim, são esboçados alguns desdobramentos da aplicação deste "co-construtivismo" na saúde, indicando possíveis contribuições e desafios propostos por essa perspectiva epistemológica para a área da saúde e para a pesquisa biomédica.

Rumo à pós-modernidade em políticas públicas: a epistemologia situacional de Carlos Matus

Fortis,Martin Francisco de Almeida
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.37%
O artigo discute a abordagem situacional desenvolvida por Carlos Matus, cujas técnicas operacionais (metodologia PES) foram bastante difundidas no âmbito do planejamento governamental, em contraste com a sua epistemologia, que permanece largamente ignorada no meio acadêmico especializado. Contestando a visão positivista e o economicismo reducionista da ortodoxia dominante, a epistemologia situacional propõe que as políticas públicas sejam pensadas dentro da lógica do jogo social, cujos fundamentos teóricos são complexidade, indeterminação e incerteza. Após descrição da trajetória intelectual de Carlos Matus, emprega-se a metodologia de pesquisa da análise bibliográfica com o propósito de investigar seus principais textos e evidenciar sua contribuição para uma orientação pós-moderna da gestão governamental. Revisando a literatura de políticas públicas, argumenta-se que a adoção da perspectiva situacional pode inspirar soluções alternativas aos problemas contemporâneos da administração pública, como a ampliação da eficiência administrativa e o fortalecimento democrático.

Epistemologia e Metodologia Cientí­fica: Uma Perspectiva Pluralista

Söhngen, Clarice Costa
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Outros Formato: 78678 bytes; application/pdf
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.33%
Texto fruto do Grupo de Pesquisa Prismas do Direito Civil-Constitucional da PUCRS.; Propõe uma reflexão crítica à concepção monista comumente adotada na metodologia aplicada às ciências de um modo geral. A sua redução à racionalidade cognitivo-instrumental resultou em uma complexidade para as ciências: ao mesmo tempo, instituiu a excessiva cientificização do conhecimento e recriou os problemas sociais da pré-modernidade. Diante desta crise do paradigma da racionalidade científica dominante, surge uma concepção humanista das ciências que coloca a pessoa no centro do conhecimento, como autor e sujeito do mundo a partir de uma concepção metodológica pluralista.

Epistemología, metodología y métodos: ¿Qué herramientas para qué feminismo?: Reflexiones a partir del estudio del cuidado; Epistemology, methodology and methods. What tools for what kind of feminism? Reflections from Care Studies

Martín Palomo, María Teresa; Muñoz Terrón, José María
Fonte: Universitat Autònoma de Barcelona: Facultat de psicologia Publicador: Universitat Autònoma de Barcelona: Facultat de psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/publishedVersion; info:eu-repo/semantics/article
Publicado em //2014 SPA
Relevância na Pesquisa
46.26%
En este trabajo pretendemos profundizar en los aspectos epistemológicos y en la práctica de la investigación social desde la perspectiva de los estudios de género. Partiendo de la complejidad de la metodología de la investigación y de la diversidad de enfoques feministas, se trabajará en la clarificación de algunos conceptos en torno a qué significa "investigación feminista" y se intentará dar respuesta a algunas de las cuestiones en ella implica-das. ¿Existe un método feminista? ¿Es posible considerar unos tipos de metodología más acordes con el feminismo que otros? Desde las investigaciones con un punto de vista de gé-nero se han planteado fuertes críticas a las epistemologías y metodologías tradicionales que, entre otros muchos aspectos cuestionables, servían a la pretensión de legitimar o justi-ficar situaciones de subordinación, marginación o exclusión de las mujeres en determinados ámbitos. Eliminar los sesgos sexistas y androcéntricos que lastran el conocimiento desde tiempo inmemorial es un punto principal de los programas feministas de investigación, que cada vez más centran su atención en los métodos mediante los que se obtienen las "evidencias" sobre las que se construyen los diferentes saberes.; In this paper we aim to deepen the epistemological aspects and practice of social research from the perspective of gender studies. Starting from the complexity of the research methodology and the diversity of feminist approaches...

El concepto de competencias y su adopción en el contexto universitario

García-San Pedro, María José
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2009 SPA
Relevância na Pesquisa
36.26%
La formación por competencias se ha transformado, en términos de diseño y desarrollo curricular, en el eje del cambio educativo. Este cambio, en el enfoque curricular, reorienta las decisiones didácticas en relación con la enseñanza, aprendizaje y evaluación, centrándolo en el estudiante, sus procesos y resultados de aprendizaje. Esta aportación considera aspectos conceptuales en relación con la deinición de competencias, sus consecuencias, fundamentos y concreción en la Educación Superior. Las relexiones que se presentan remiten a los fundamentos ontológicos y epistemológicos de la temática y se proyectan sobre la dimensión organizativa de las titulaciones a través de un estudio de casos múltiple. La metodología cualitativa y el enfoque hermenéutico posibilitan acceder a la concepción de competencias y a la percepción del cambio de paradigma en el profesorado implicado en la transformación del modelo universitario español; In terms of design and curriculum development, competences-based training is at the heart of how education is changing in Spain in terms of teaching, learning and assessment, with the focus now on students and their learning p This paper considers conceptual aspects relating to how competences are deined...

Epistemología, metodología y métodos. ¿Qué herramientas para qué feminismo? Reflexiones a partir del estudio del cuidado

Martín Palomo, María Teresa; Muñoz Terrón, José María
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2014 SPA
Relevância na Pesquisa
46.37%
En este trabajo pretendemos profundizar en los aspectos epistemológicos y en la práctica de la investigación social desde la perspectiva de los estudios de género. Partiendo de la complejidad de la metodología de la investigación y de la diversidad de enfoques feminis-tas, se trabajará en la clarificación de algunos conceptos en torno a qué significa “investi-gación feminista” y se intentará dar respuesta a algunas de las cuestiones en ella implica-das. ¿Existe un método feminista? ¿Es posible considerar unos tipos de metodología más acordes con el feminismo que otros? Desde las investigaciones con un punto de vista de gé-nero se han planteado fuertes críticas a las epistemologías y metodologías tradicionales que, entre otros muchos aspectos cuestionables, servían a la pretensión de legitimar o justi-ficar situaciones de subordinación, marginación o exclusión de las mujeres en determinados ámbitos. Eliminar los sesgos sexistas y androcéntricos que lastran el conocimiento desde tiempo inmemorial es un punto principal de los programas feministas de investigación, que cada vez más centran su atención en los métodos mediante los que se obtienen las “eviden-cias” sobre las que se construyen los diferentes saberes.; In this paper we aim to deepen the epistemological aspects and practice of social research from the perspective of gender studies. Starting from the complexity of the research methodology and the diversity of feminist approaches...

Ethics and epistemology: warning against the "axiological neutrality" on contemporary communication research; Ética e epistemologia: alerta contra a “neutralidade axiológica” na pesquisa em comunicação contemporânea

Schneider, Marco
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer-reviewed Article Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 06/12/2013 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
46.32%
The aim of this paper is to demonstrate that a socialist ethics should be discussed within the epistemological thinking in general and in the field of communication, in particular. Intends to do so, bringing to the debate authors who point the deep linkage between the theoretical, methodological, historical and political elements of any conceivable epistemology. That does not mean neglecting the relatively autonomous development of scientific knowledge, but to emphasize precisely this relative character. Finally, careful not to blur the boundaries between these fields, the study aims to (re)open a dialogue between them.; O objetivo geral deste artigo é defender que uma ética socialista pode ser racionalmente formulada e deve ser seriamente considerada hoje em dia. Seu objetivo específico é investigar se essa ética pode revelar-se útil para o debate contemporâneo sobre epistemologia em uma abordagem global e sobre a epistemologia da comunicação, em particular. Pretende fazê-lo, trazendo para o debate, entre alguns autores mais presentes em nossas bibliografias, como Morin, Bourdieu e Martino, alguns pensadores menos citados entre nós, como Mészáros e Zizek, ou mesmo não conhecidos de todo, como Ilyenkov, que apontam a profunda ligação entre os elementos teóricos...

La théorie du langage de Hjelmslev. Une épistémologie immanente de la connaissance; A teoria da linguagem de Hjelmslev: uma epistemologia imanente do conhecimento

Beividas, Waldir
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
En donnant suite à la pensée de Saussure, Louis Hjelmslev nous a légué des éléments très solides pour établir une théorie et une méthodologie descriptive foncièrement immanentes à la langue naturelle. Cette théorie et méthodologie devraient être constamment produites et conduites à partir de l’intérieur de la langue. Selon lui-même, il s’agissait d’une linguistique-linguistique, qui ne saurait pas être envahie par des arguments, des critères, des concepts ou des points de vue revenant des régions transcendantes à la langue, soit dans son plan du contenu, par des concepts psychologiques, sociologiques ou philosophiques, soit dans son plan de l’expression pour des critères physico-acoustiques, physiologiques ou d’autres. Ses formulations sur une linguistique sui generis, immanente, opérée par une méthodologie aussi immanente, nous ont laissé quelque chose pas vraiment bien notée, très peu soulignée, et non amenée jusqu’au bout, à mon avis. Ce texte examine quelques thèses péremptoires de Hjelmslev sur la langue comme la forme par laquelle nous concevons le monde à l’échelle de la phénoménologie humaine. Ce texte prétend démontrer que dans ces formulations se dessine une vraie épistémologie de la connaissance...

Framing research: conceptualization, contextualization, representation and legitizimation

Payne, Phillip G.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 ENG
Relevância na Pesquisa
46.2%
Concerns have been expressed about the identity, value and usefulness of environmental education research in the anglo-speaking North/West. As environmental education research becomes globalized, important lessons might be learned in the South about trends in Northern environmental education and emerging issues in environmental education research. The Introduction outlines the risks in explaining how environmental education and its research is configured. The paper, first, summarizes the major 'currents' in environmental education curriculum and pedagogical practices and, second, highlights some of the major implications for environmental education research. The notion of 'framing' is introduced to provide a set of concepts for researchers to more creatively examine the assumptions they make in approaching their scholarly work while also encouraging a greater degree of reflexivity about the field's future. This future might incorporate an aesthetics into the ethics and politics of research and, in doing so, respond more sensitively to the need for greater attention to be devoted to developing the triad of ontology, epistemology, methodology in environmental education research and its praxis. An emphasis on the art and craft of framing invites researcher(s) to critically assess the conceptualization...

Algunas consideraciones dialécticas y hermeneutizantes sobre la epistemología y la importancia de la tradición em el pensamiento turístico; Algunas consideraciones dialécticas y hermeneutizantes sobre la epistemología y la importancia de la tradición em el pensamiento turístico; Some considerations dialectics and hermeneutics about epistemology and the importance of tradition in the thought touristic

Gaxiola, Napoleon Conde
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2009 SPA
Relevância na Pesquisa
36.29%
É um estudo sobre a hermenêutica do discurso turístico potencial epistemológico enfatizando o papel da ética, antropologia, ontologia, lógica e da analogia. Ele critica a posição cobertor de pensamento positivista e orientações turísticas factura típica dos relativistas pós-modernos. Propõe postura interpretacional crítica e alternativas que visam estabelecer uma atitude prudente e medidas na reflexão de lazer, recreação e turismo.; El tema es una reflexión sobre la epistemología y la tradición de los saberes turísticos y ociológicos desde la perspectiva de la hermenéutica dialéctica. Su objetivo consiste en aproximarnos a la configuración de un pensamiento latinoamericanista de estirpe analógica, orientada a esquivar las limitaciones objetivistas típicas del univocismo turisticológico y de las deficiencias subjetivistas propias de los estudios de la posmodernidad del tiempo libre. La metodología está basada en la perspectiva de la contradicción y el enfoque hermenéutico. El trabajo es una reflexión crítica sobre el estatuto específico del pensamiento turístico de la modernidad tardía, señalando de manera sucinta sus fortalezas y debilidades. Los principales hallazgos en la investigación son: la necesidad de un horizonte dialéctico...

A epistemologia de Gaston Bachelard: uma ruptura com as filosofias do imobilismo

Lima, Marcos Antonio Martins; Universidade Federal do Ceará; Marinelli, Marcos; Universidade Federal do Ceará
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
http://dx.doi.org/10.5007/2178-4582.2011v45n2p393Este artigo analisa algumas das obras de Gaston Bachelard, expondo as articulações essenciais do pensamento de Bachelard, apresentando as ideias centrais de sua epistemologia. Apresenta críticas de Bachelard a algumas perspectivas epistemológicas que predominavam no momento em que surgem suas obras, descrevendo as diferenças entre as mesmas (senso comum de Émile Meyerson; doutrina espiritualista de Maine de Biran; e o positivismo de Auguste Comte). Descreve os principais conceitos da epistemologia bachelardiana - ruptura, vigilância, obstáculo, problemática e recorrência epistemológica. Aborda a visão de Bachelard da educação como formação e reforma, constatando-se sua profunda vocação pedagógica. Foi utilizada como metodologia a revisão bibliográfica, mesclando autores nacionais e internacionais, clássicos e contemporâneos. Conclui apontando que a epistemologia bachelardiana está presente e atuante no meio científico, apresentando contribuições significativas.

Ciencia bibliotecológica y de la información en el contexto de las ciencias sociales y humanas. Epistemología, metodología e interdisciplina

Rendón Rojas,Miguel Ángel
Fonte: UNAM, Instituto de Investigaciones Bibliotecológicas y de la Información Publicador: UNAM, Instituto de Investigaciones Bibliotecológicas y de la Información
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 ES
Relevância na Pesquisa
56.41%
Se realiza una reflexión epistemológica sobre la ciencia bibliotecológica y de la información, y se presentan de manera general las características del conocimiento científico subrayando el papel que tiene la metodología para justificar de la construcción de la ciencia. Se analizan las relaciones existentes entre filosofía, ontología, epistemología, metodología y ciencia. Se muestra la cientificidad de las ciencias sociales y humanas, y dentro de ellas la de la ciencia bibliotecológica y de la información, planteando su objeto de estudio y definiendo sus principales categorías. Por último se define la interdisciplina y se muestra su importancia para la bibliotecología.

Validez y confiabilidad en la metodología cualitativa

Martínez Miguélez,Miguel
Fonte: Universidad Pedagogica Experimental Libertador Publicador: Universidad Pedagogica Experimental Libertador
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 ES
Relevância na Pesquisa
46.06%
Este artículo trata de clarificar la frecuente confusión que tienen muchos investigadores al utilizar los criterios relacionados con la validez y la confiabilidad en una investigación, ya sea de orientación cuantitativa tradicional o cualitativa. Se hace énfasis en el enfoque epistemológico de cada una como base de todo, en sus características propias y, principalmente, se resalta el proceso eminentemente crítico que acompaña a la metodología cualitativa en todas sus fases: procesos de acopio de la información, de categorización, de estructuración, de contrastación y de teorización, y, de una manera especial, en los criterios de evaluación de los resultados o estructuras teóricas como objetivo final de la investigación.

Uma introdução às contribuições da epistemologia contemporânea para a medicina

Tesser,Charles Dalcanale; Luz,Madel Therezinha
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.29%
O artigo parte de alguns dilemas clínicos vividos pelos profissionais e doentes, tais como dificuldades de enquadramento diagnóstico e relacionamento médico-paciente, para relacionar aspectos desses dilemas com a epistemologia hegemônica aplicada na biomedicina, a qual é caracterizada por um paradigma biomecânico, positivista e representacionista, centrado nas entidades doenças da nosografia biomédica. Estabelece conexão entre esta epistemologia e a ausência atual de um maior e mais harmonioso entrosamento da biociência com outros saberes/práticas de saúde não-científicos. Como contribuição à busca de resolução dos problemas discutidos, são introduzidas algumas idéias epistemológicas provindas da convergência teórica de autores da epistemologia contemporânea das ciências naturais que se constituem em viga mestra de uma inovadora vertente epistemológica ainda em formação, aqui chamada "co-construtivista". Por fim, são esboçados alguns desdobramentos da aplicação deste "co-construtivismo" na saúde, indicando possíveis contribuições e desafios propostos por essa perspectiva epistemológica para a área da saúde e para a pesquisa biomédica.

A metodologia da problematização com o Arco de Maguerez: uma perspectiva teórica e epistemológica

Berbel, Neusi Aparecida Navas; Sánchez Gamboa, Sílvio Ancízar
Fonte: Filosofia e Educação Publicador: Filosofia e Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Pesquisa bibliográfica; Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.1%
Este texto apresenta uma síntese de um estudo de caráter epistemológico que buscou crivar a Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez - como caminho de ensino e de pesquisa -, com vistas a compreender as teorias da educação e/ou concepções de conhecimento que a fundamentam. São descritas três versões de explicação e de uso do Arco de Maguerez, cada qual associada a diferentes fontes teóricas e pressupostos epistemológicos. As versões indicam um processo de renovação no contexto das teorias críticas e das epistemologias da práxis. Dessa forma, a Metodologia da problematização revela maior sustentação teórica e epistemológica e aplicabilidade no campo do ensino e da pesquisa.