Página 1 dos resultados de 197 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Purificação, caracterização físico-químico e cinética das quimotripsinas digestivas de Periplaneta americana, Tenebrio molitor e Diatraea saccharalis.; Purification, kinetics and physical-chemistry characterization of periplaneta americana, Tenebrio molitor and Diatraca saccharalis digestive chymotrypsin

Sato, Paloma Mieko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
56.87%
Quimotripsinas (EC 3.4.21.1) são serina proteinases que possuem 245 resíduos de aminoácidos arranjados em dois domínios duplo β-barril, sendo que o sítio ativo está localizado entre esses dois domínios. O estudo da especificidade das endopeptidases foi facilitado pelo conceito de sítio de ligação do substrato, que corresponde ao sítio ativo daquelas enzimas. Porém, sobre as quimotripsinas de insetos, praticamente não existe informação a respeito da especificidade dos diferentes subsítios dessas enzimas. O estudo da especificidade dos subsítios das quimotripsinas dos insetos Periplaneta americana, Tenebrio molitor e Diatraea saccharalis apresentaram maior eficiência de hidrólise sobre substratos que apresentam um resíduo Tyr em P1, embora as razões Phe/Tyr para os diferentes insetos sejam bastante variadas. Estas diferenças indicam diferentes especificidades para as quimotripsinas de insetos em P1. No entanto, estas diferenças parecem não seguir a posição ocupada pelo inseto na escala evolutiva e são menos evidentes do que as verificadas para as tripsinas dos mesmos insetos, onde há troca de especificidade primária. A quimotripsina de Periplaneta americana como a de Diatraea saccharalis preferencialmente clivam substratos com Pro em P2. Porém...

Distribuição intracelular de enzimas digestivas e caracterização das beta-glucosidases intestinais de Abracris flavolineata; Intracellular distribution of digestive enzymes and characterization of the digestive beta-glucosidases from Abracris flavolineata

Marana, Sandro Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/1994 PT
Relevância na Pesquisa
56.56%
Nas células do ceco anterior de A.flavolineata, a secreção de enzimas digestivas parece ser mediada por vesículas de secreção e é influenciada pelo tempo decorrido após a refeição. Fracionamentos subcelulares das células do ceco anterior realizados 3h após a refeição indicaram que a amilase, maltase, pNΦβglu hidrolase e aminopeptidase estão enriquecidas nas frações que contém os grânulos de secreção. γ glutamil transferase, aminopeptidase e dipeptidase apresentaram uma forma solúvel e outra ligada a membrana. No conteúdo do intestino de A. flavolineata foi possível detectar a presença de 3 β-glucosidases: 1, uma celobiase-aril β-glucosidase termoestável; 2, uma aril β-glucosidase termoinstável ativa sobre pNΦβglu; 3, uma alquil β-glucosidase. A celobiase-aril β-glucosidase hidrolisa celobiose e aril β-glucosídeos em sítios diferentes e é mais ativa sobre celobiose e laminaribiose que sobre aril β-glucosídeos sintéticos ou naturais. Moléculas anfipáticas ativam a alquil β-glucosidase, tornando esta enzima efetivamente ativa apenas na digestão de membranas. Esta enzima hidrolisa alquil β-glucosídeos com 6 a 11 carbonos no radical alquil. A celobiase-aril P-glucosidase e a alquil β-glucosidase são provavelmente responsáveis pela digestão "in vivo" de β-1...

Atividade de enzimas digestivas de Lithobates catesbeianus durante o desenvolvimento larval

Santos, Luiz Flávio José dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 44 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.73%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FCAV; Todos os seres vivos necessitam de um suprimento energético, que deve ser obtido de fontes externas. As substâncias simples da dieta dos animas, como a água, os sais minerais e as vitaminas (exceto a vitamina B12), podem ser absorvidas ao longo do trato digestório sem sofrer transformações físicas ou químicas. Entretanto, macromoléculas tais como carboidratos, proteínas e lipídeos, têm de ser convertidas em moléculas pequenas e menos complexas para serem absorvidas. A digestão química dos nutrientes é realizada por hidrólise enzimática, que consiste na cisão de uma ligação química e inserção de uma molécula de água, sendo este processo catalisado pela ação das enzimas digestivas. O objetivo deste estudo foi o de se analisar a variação nas atividades de cinco hidrolases do sistema digestório de rã-touro (Lithobates catesbeianus) durante o desenvolvimento larval, para fornecer subsídios a nutrição animal. Os girinos foram mantidos em aquários, à 27ºC e separados por estádios de desenvolvimento. Amostras de estômago, pâncreas e intestino foram retiradas de 100 animais de cada estádio...

Enzimas exógenas na alimentação do cachara (Pseudoplatystoma reticulatum)

Stech, Márcia Regina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: x, 115 f. : il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.88%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FCAV; Neste trabalho foi avaliado o uso de enzimas exógenas: amilase com endo-β-glucanase (AG) e fitase (Fi) em dietas para cachara (Pseudoplatystoma reticulatum). Foram realizados ensaios de digestibilidade de nutrientes de dietas contendo quatro diferentes níveis destas enzimas, em esquema fatorial 4x4. Este estudo mostrou que a adição das enzimas alteraram os valores dos coeficientes de digestibilidade aparente dos nutrientes e de absorção dos minerais. No entanto as alterações foram dependentes dos níveis utilizados, e houve interações entre os níveis das enzimas estudadas. Após, foi realizado um ensaio de desempenho com 70 dias de duração, no qual foi avaliado o efeito da ausência de enzimas ou adição de 150 mg de AG kg-1; 2.500 UF kg-1; 100 mg de AG kg-1 com 1.500 UF kg-1 em duas dietas (com 30 ou 60% da proteína de origem animal). Neste experimento, além do desempenho produtivo dos peixes, foram observadas alterações na produção endógena das enzimas digestivas; alterações histológicas do trato gastrintestinal, pâncreas e fígado; alterações na composição da carcaça; e na retenção de fósforo...

Desempenho zootécnico, enzimas digestivas e imunocompetência em camarões Litopenaeus vannmei alimentados com dieta suplementada com extrato de polissacarídeo da microalga Porphyridium cruentum

Ozório, Renata Ávila
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 94 p.| ils., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.84%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2013.; A suplementação oral do extrato bruto de polissacarídeos sulfatados, obtido da microalga Porphyridium cruentum (Rhodophyta), foi avaliada sobre o ganho em peso, sobrevivência, parâmetros imunológicos e perfil das enzimas digestivas em juvenis do camarão marinho Litopenaeus vannamei. O extrato bruto de polissacarídeo sulfatado foi adicionado em diferentes concentrações 0%, 0,5% 1%, 1,5% e 2% a uma ração comercial (proteína bruta 40%; extrato etéreo 7,5%), oferecida duas vezes por dia para 2000 camarões com peso médio inicial de 6,6±0,2 g. A cada dez dias, os animais eram pesados e eram coletadas amostras de hemolinfa - para monitoramento das variáveis imunológicas - e de intestinos, para avaliação do perfil de enzimas. Após 30 dias de alimentação, os animais (13,5±0,8 g) foram reorganizados em um novo experimento, onde foram desafiados com o patógeno Vibrio alginolyticus, na concentração 5x106 UFC/mL, por injeção (25 µL) aplicada no primeiro segmento dorsal. Os animais do grupo controle receberam injeção de solução salina estéril. A sobrevivência e os parâmetros hemato-imunológicos (contagem total de hemócitos...

Efeito do uso de probiótico sobre o desempenho e atividade de enzimas digestivas de frangos de corte

Lima,Andréa Cristina Frizzas de; Pizauro Júnior,João Martins; Macari,Marcos; Malheiros,Euclides Braga
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.8%
O presente estudo foi realizado com o objetivo de pesquisar o desempenho e quantificar a atividade das enzimas digestivas: amilase, lipase e tripsina, dos frangos de corte submetidos a diferentes níveis de energia, na dieta, e a diferentes doses de probiótico na ração. Foram utilizados 360 pintos da linhagem Hubbard, alimentados com dietas contendo 2.900 e 3.200 kcal EM/kg, associadas com a adição de 0, 200 e 400 ppm de probiótico (Bacillus subtilis - 10(10) células viáveis esporuladas/grama de produto). Aos 14, 28 e 42 dias de idade, duas aves de cada unidade experimental foram abatidas, o pâncreas e o intestino delgado retirados, pesados e rapidamente congelados em nitrogênio líquido para posterior determinação das atividades enzimáticas. O delineamento experimental utilizado foi em parcelas subdivididas em seis tratamentos principais (dois níveis de energia vs três níveis de probiótico) e três tratamentos secundários (idades), com as parcelas distribuídas em três blocos ao acaso. Não foram encontrados efeitos significativos para a adição de probiótico na dieta em relação ao desempenho e às atividades enzimáticas. O nível de energia na dieta mostrou efeito significativo para o desempenho e as atividades da lipase e amilase (expressas por kg de peso vivo). Foi observado também que...

Enzimas de organismos aquáticos e suas aplicações fisiológicas

Fernandes de Castro, Patricia; de Souza Bezerra, Ranilson (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.93%
Nos últimos anos, tem-se observado um aumento na demanda por produtos pesqueiros, seguido por um significativo incremento na produção mundial de organismos aquáticos. O crescimento da indústria pesqueira gera, como consequência, uma grande quantidade de resíduos e subprodutos ricos em biomoléculas, que são indevidamente descartados no ambiente. Esses resíduos podem ser usados em diversos estudos relacionados à fisiologia digestiva de espécies aquáticas de interesse comercial e ao desenvolvimento de ingredientes alternativos que possam ser usados como componentes de rações animais. O objetivo do presente trabalho foi investigar enzimas digestivas do hepatopâncreas de camarões peneídeos e avaliar o efeito de dietas com diferentes concentrações de hidrolisado protéico de camarão (HPC) sobre o crescimento, a composição corporal e a fisiologia digestiva de juvenis de Oreochromis niloticus. Amilases do hepatopâncreas dos camarões Farfantepenaeus subtilis (13g), Litopenaeus schmitti (23g) e L. vannamei (com 11 e 25g) e proteases do F. subtilis (6 e 13g) e F. paulensis (8g) foram caracterizadas a partir de estudos de atividade enzimática, inlcuindo pH e temperatura ótima, estabilidade térmica, efeito de íons metálicos e de inibidores...

Aplicação De Hidrolases De Tilápias-Do-Nilo (Oreochromis Niloticus) Como Biomarcadores De Exposição Ao Alumínio

de Melo Oliveira, Vagne; de Souza Bezerra, Ranilson (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.69%
O alumínio é um elemento ubiquitário e sem papel biológico definido, aplicado em tratamento de água devido sua ação floculante. Seu acúmulo em ambientes aquáticos, mesmo em condições alcalinas, acarreta ação tóxica para a biota aquática, sobretudo quando a exposição se dá num período prolongado, causando doenças em especies de peixes podendo levar a morte. Organismosteste como a tilapia tem grande potencial em ferramentas no biomonitoramento de áreas impactadas. Objetivamos, avaliar enzimas hidrolases da tilápia-do-Nilo por indução a exposição de concentrações desse metal. Neste contexto, foram utilizadas sete enzimas de tilápias-do-Nilo O. niloticus, a saber: AChE cerebral, AChE muscular, BChE muscular, pepsina, tripsina, quimotripsina e amilase intestinal; como biomarcadores, através da indução a exposição ao alumínio em ensaios in vivo (análises dos grupos induzidos a exposição) e in vitro (indução por incubação a partir de amostras do grupo controle do ensaio in vivo). Os peixes foram cultivados e expostos a diferentes concentrações de alumínio, delineando três grupos experimentais: Tratamento Grupo Controle (TGC, sem exposição ao Al2(SO4)3); Tratamento Grupo 1 ppm de Al2(SO4)3 (TG1); Tratamento Grupo 3 ppm de Al2(SO4)3 (TG3). O cultivo foi realizado durante um período ininterrupto de 14 dias...

Efeito de lectinas de Moringa oleifera na sobrevivência e atividade de enzimas de larvas de Aedes aegypti susceptíveis e resistentes a organosfoforado

Agra Neto, Afonso Cordeiro; Paiva, Patrícia Maria Guedes (Orientadora); Coelho, Luana Cassandra Breitenbach Barroso
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
56.71%
O controle do vetor, Aedes aegypti, é a melhor estratégia para combater as epidemias de dengue. No entanto, o uso contínuo de inseticidas sintéticos tem levado ao aparecimento de populações resistentes. Sementes de Moringa oleifera contêm as lectinas WSMoL ((watersoluble M. oleifera lectin) and cMoL (coagulant M. oleifera lectin). WSMoL tem atividade larvicida (LC50 of 0.197 mg/ml) em larvas de A. aegypti de quarto estágio (L4) susceptíveis a organofosforado (Rockfeller). Este estudo relata o efeito de cMoL (0.1–0.8 mg/ml) na sobrevivência de L4 susceptíveis (Rockefeller), bem como, o efeito de WSMoL (0.1–0.8 mg/ml) e cMoL (0.1–0.8 mg/ml) em L4 resistentes a organofosforado (Rec-R). Além disso, extratos de L4 susceptíveis (Rockefeller) e L4 resistentes a organofosforado (Rec-R) foram testados para enzimas digestivas (protease, tripsina e α-Amylase) e detoxificantes ( superoxido dismutase e α- e β-esterases) na presença de WSMoL e cMoL. cMoL não foi agente larvicida para L4 de Rockfeller. WSMoL e cMoL não promoveram mortalidade de Rec-R. WSMoL estimulou as atividades de protease, tripsina e α-Amylase de L4 de Rockfeller, enquanto cMoL inibiu estas enzimas. WSMoL não teve nenhum efeito sobre atividade de tripsina em L4 de Rec-R...

Influência dos sistemas de cultivo intensivo e semi-intensivo e dietas nos parâmetros zootécnicos e enzimas digestivas da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus L.)

Santos, Juliana Ferreira dos; Bezerra, Ranilson de Souza (Orientador); Lemos, Daniel (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
66.97%
A tilápia do Nilo pode ser produzida em diferentes sistemas de cultivo e escalas, dentre eles os sistemas semi-intensivo em viveiros (SSI), e o intensivo em tanques-rede (SI). Seus manejos são completamente distintos, por isso o gerenciamento se faz necessário a fim de não desestabilizar parâmetros de crescimento e afetar os custos de produção, principalmente a ração, que pode chegar a representar até 80% destes custos. Para um menor gasto, ingredientes alternativos podem ser usados na elaboração das dietas, no entanto, eles devem apresentar resultados semelhantes ou melhores, quando comparados às dietas convencionais. Sendo assim, pretende-se avaliar se a inclusão de hidrolisado proteico de camarão (HPC) na dieta pode influenciar as atividades enzimáticas da tilápia do Nilo e avaliar a influência do SSI e do SI nos parâmetros de crescimento e nas enzimas digestivas deste peixe. Para avaliar a influência do HPC nas enzimas digestivas de juvenis de tilápia do Nilo, os cultivos foram realizados em aquários. O HPC foi incluído nas dietas nas concentrações de 0, 15, 30 e 60 g.kg-1 (HPC 0, 15, 30 e 60, respectivamente). Ao término dos ensaios (45 dias), o estômago e o intestino dos espécimes experimentais foram removidos para realização das análises. Para avaliação da influência do SSI e do SI sob os parâmetros de crescimento e as enzimas digestivas da tilápia do Nilo...

Efeitos da substituição do milho por sorgo, com adição de enzimas digestivas, sobre a performance de frangos de corte

Morais, Elza de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.66%
Resumo: O presente experimento foi realizado na Estação Experimental do Cangüiri - UFPR de 15/10/97 a 04/12/97, com a finalidade de avaliar os efeitos da utilização do sorgo em substituição ao milho, com e sem adição de enzimas digestivas, sobre o desempenho dos frangos de corte. As aves foram criadas em três fases de alimentação: 0- 21 (fase inicial), 22- 42 (fase de crescimento) e 42 - 49 dias (fase final). Foram utilizados quatro níveis de sorgo (0, 15, 30 e 45%) em substituição ao milho, com adição de três níveis de enzimas (0, 750 e 1.500gE/ton de ração), sendo três repetições por tratamento, em um delineamento experimental inteiramente casualizado. Para o ganho médio de peso (GMP), aos 21 dias, a utilização de 45% sorgo foi melhor que 30 e 15%, no entanto, estes três níveis não diferiram da ração sem sorgo. Aos 42 e 49 dias os resultados de GMP não se mostraram consistentes com aqueles da primeira fase, contudo, o sorgo não exerceu nenhum efeito negativo sobre os resultados, pois estes se mostraram semelhantes àqueles com dietas a base de milho, concluindo-se que até o nível de 45% de substituição o sorgo não interfere no ganho de peso das aves. A adição de enzimas, nos níveis utilizados...

Purificação, caracterização e atividade bioinseticida de um inibidor de tripsina de sementes de Crotalaria pallida

Gomes, Carlos Eduardo Maia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.74%
A proteinaceous trypsin inhibitor was purified from Crotalaria pallida seeds by ammonium sulphate fractionation, affinity chromatography on immobilized Trypsin-Sepharose and TCA precipitation. The trypsin inhibitor, named ITC, had Mr of 32.5 kDa by SDS-PAGE and was composed by two subunits with 27.7 and 5.6 kDa linked by disulphide bridges, a typical characteristic of Kunitz-Inhibitor family. ITC was stable until 50°C, and at 100°C its residual activity was of about 60%. Also, ITC was stable at pHs 2 to 12. The inhibition of trypsin by ITC was non-competitive, with a Ki of 8,8 x 10-7M. ITC inhibits weakly other serine proteinases such as chymotrypsin and elastase. The inhibition of papain (44% of inhibition), a cysteine proteinase was an indicative of the bi-functionality of ITC. In vitro assays against digestive proteinases from several Lepdoptera, Diptera and Coleoptera pests were made. ITC inhibited in 100% digestive enzymes of Ceratitis capitata (fruit fly), Spodoptera frugiperda and Alabama argillacea, the last one being a cotton pest. It also inhibited in 74.4% Callosobruchus maculatus (bean weevil) digestive enzymes, a Coleoptera pest. ITC, when added in artificial diet models, affected weakly the development of C. capitata larvae and it had a WD50 of 2.65% to C. maculatus larvae; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Um inibidor de proteinase foi isolado de sementes de Crotalaria pallida por fracionamento com sulfato de amônio...

Avaliação da ação bioinseticida de SBTI e vicilina de Erythrina velutina em enzimas digestivas e membrana peritrófica de larvas de Plodia interpunctella (Lepidoptera: Pyralidae)

Amorim, Ticiana Maria Lúcio de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.73%
Plodia interpunctella (Indian meal moth) is a cosmopolitan pest that attacks not only a wide range of stored grain as well other food products. Due to its economic importance several researches have focused in a method with ability to control this pest with few or no damage to the environment. The study of digestive enzymes inhibitors, lectins and chitin-binding proteins, has often been proposed as an alternative to reduce insect damage. In this study we report the major classes of digestive enzymes during larval growth in P. Interpunctella, being those proteinases actives at pH 9.5 and optimum temperature of 50 oC to both larvae of the 3rd instar and pre-pupal stage of development. In vitro and zymogram assays presented the effects of several inhibitors, such as SBTI, TLCK and PMSF to intestinal homogenate of 3rd instar larvae of 62%, 92% and 87% of inhibition and In pre-pupal stage of 87%, 62 % and 55% of inhibition, respectively. Zymograms showed inhibition of two low molecular masses protein bands by TLCK and that in presence of SBTI were retarded. These results are indicative of predominance of digestive serine proteinases in gut homogenate from Plodia interpunctella larvae. This serine proteinase was then used as a target to evaluate the effect of SBTI on larvae in in vivo assay. Effect of SBTI on mortality and larval mass was not observed at until 4% of concentration (w/w) in diets. Chitin...

Relação entre padrão comportamental, estágios do ciclo de muda e atividade de enzimas digestivas proteolíticas em juvenis do camarão marinho Litopenaeus vannamei (Crustacea: Penaeidae)

Almeida Neto, Marino Eugênio de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.8%
Shrimp farming in Brazil is a consolidated activity, having brought economical and social gains to several states with the largest production concentrated in the northeast. This fact is also reflected in higher feed intake, necessitating a more efficient feed management. Currently, management techniques already foresee food loss due to molting. In this sense, studies relating shrimp s digestive physiology, molting physiology and behavioral response of shrimp feed can optimize the feed management. Thus, our study aimed to evaluate the behavioral response of the marine shrimp L. vannamei (Crustacea: Penaeidae) in accordance with the stages of moulting cycle and feeding schedules based on higher or lower activity of proteolytic digestive enzymes; also, to investigate the influence of feeding schedule on hepatosomatic index and non-specific and specific protease activity (trypsin). Experiments were carried out at the Laboratory of Shrimp Behavioral Studies at UFRN in partnership with the Laboratory of Enzimology UFPE. Juveniles of L. vannamei weighting 5.25 g (+ 0.25 g) were kept in aquaria at a density of 33 shrimp m -2. In the first experiment, shrimp were fed in the light phase or in the dark phase for 8 days; in the ninth day, the animals were observed for 15 minutes every hour during the 12 hours of each phase of the photoperiod. We recorded the frequency of inactivity...

Enzimas digestivas do bicho-mineiro do cafeeiro Leucoptera coffeella (Guérin-Mèneville & Perrottet, 1842) (Lepidoptera: Lyonetiidae)

Rossi,Guilherme Duarte; Santos,Custódio Donizete dos; Carvalho,Gislaine Aparecida; Corrêa,Angelita Duarte; Abreu,Celeste Maria Patto de; Carvalho,Geraldo Andrade
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.84%
Os insetos possuem diferentes enzimas digestivas que catalisam as reações de hidrólise do alimento consumido e essas se diferenciam entre os insetos de acordo com suas dietas e estado fisiológico. Foram avaliadas as atividades de algumas enzimas digestivas da praga do cafeeiro - Leucoptera coffeella (Guérin-Mèneville & Perrottet, 1842) (Lepidoptera: Lyonetiidae) - popularmente conhecida como bicho-mineiro do cafeeiro, para o entendimento de seu processo digestivo. Lagartas do bicho-mineiro do cafeeiro foram coletadas em campo e em casa-de-vegetação. O extrato enzimático utilizado foi obtido pela maceração das lagartas em água (4ºC). Determinaram-se os pH's ótimos e as atividades das enzimas α e β-glicosidases, α-amilase, aminopeptidase, fosfatase alcalina, sacarase, trealase e tripsina, incubando o extrato enzimático do bicho-mineiro do cafeeiro com substratos específicos. A análise dos resultados sugere que o processo digestivo e o ambiente intestinal do bicho-mineiro do cafeeiro sejam similares com o dos demais lepidópteros encontrados na literatura.

Influencia de la alimentación sobre el ritmo circadiano de las enzimas digestivas en juveniles de engorde de la langosta de agua dulce Cherax quadricarinatus (Parastacidae).; Influence of feeding on the circadian rhythm of digestive enzymes in cultivated juveniles of the freshwater crayfish Cherax quadricarinatus (Parastacidae)

Sacristán, Hernán Javier; Franco-Tadic, Luis M.; Lopez, Laura Susana
Fonte: Univ Catolica de Valparaiso Publicador: Univ Catolica de Valparaiso
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
66.8%
Se analiza en juveniles en etapa de engorde (7 g) de Cherax quadricarinatus, el ritmo circadiano de los niveles de proteínas totales, la actividad de las proteasas, lipasas y amilasas, y su posible modificación en función del momento de alimentación matutino (8 h) y vespertino (17 h). En general, la actividad de las enzimas digestivas de los juveniles de C. quadricarinatus no mostró un patrón circadiano de secreción, a excepción de las lipasas, donde se observó un incremento de actividad hacia la tarde-noche y disminución hacia las primeras horas de la mañana. Los niveles de proteína total, la actividad de proteinasas y amilasas registradas en la glándula digestiva, permanecieron prácticamente inalterados en todos los experimentos. A pesar de ello, se observó tendencia a que los niveles de actividad de proteinasas disminuyan luego del pulso de alimentación, recuperando los niveles anteriores 3 h después, independientemente del horario de alimentación. En cambio la actividad de amilasa no mostró ninguna tendencia por efecto del horario de alimentación. El estudio de los patrones de secreción de las enzimas digestivas y sus posibles modificaciones, podría ser utilizado como una herramienta para establecer los momentos del día más propicios para la alimentación de los juveniles en cultivo.; ABSTRACT. We analyze in juvenile Cherax quadricarinatus fattening stage...

Trofic agents in the diet of weaned pigs on the activity of the digestive enzymes and the performance; Agentes tróficos na dieta de leitões desmamados sobre a atividade das enzimas digestivas e o desempenho

Tucci, Fernanda Marcussi; Thomaz, Maria Cristina; Pizauro Júnior, João Martins; Hannas, Melissa Izabel; Scandolera, Antônio João; Budiño, Fábio Enrique Lemos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.8%
Foi avaliado o efeito da adição de glutamina, ácidos graxos poliinsaturados ou parede celular de levedura à dieta de leitões desmamados sobre a atividade das enzimas pancreáticas (lipase, amilase e tripsina) e da mucosa intestinal (dipeptidase, sacarase e maltase) e sobre o desempenho. Foram utilizados 45 leitões desmamados e distribuídos em delineamento em blocos casualizados, em esquema fatorial, com quatro dietas (T1 - dieta basal (DB); T2 - DB + 1% de glutamina; T3 - DB + 0,2% de parede celular de levedura; T4 - DB + 5% de óleo de peixe) e duas idades de abate (sete e 14 dias pós-desmame). O desempenho foi medido nas duas primeiras semanas pós-desmame. A adição de 1% de glutamina na dieta dos leitões aumentou a atividade específica e total da amilase, e atividade total da tripsina na segunda semana pós-desmame. Os demais aditivos não alteraram a atividade das enzimas digestivas nos leitões. Também foi observado aumento na atividade total da lipase, e atividade específica da tripsina e maltase em função da idade pós desmame. De modo geral, as atividades das enzimas digestivas estiveram correlacionadas positivamente, com exceção da dipeptidase que não se correlacionou com nenhuma outra enzima. Foi observada correlação positiva entre ganho de peso e atividades da lipase e da amilase. Os aditivos incluídos na dieta não influenciam o desempenho dos leitões no pós-desmame.; It was evaluated the effect of the addition of glutamine...

Fontes protéicas e atividade de enzimas digestivas em jundiás (Rhamdia quelen); Protein sources and digestive enzyme activities in jundiá (Rhamdia quelen)

Lazzari, Rafael; Radünz Neto, João; Pedron, Fabio de Araújo; Loro, Vania Lucia; Pretto, Alexandra; Gioda, Carolina Rosa
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
46.89%
Digestive enzymes activity influence feed utilization by fish, and its understanding is important to optimize diet formulation. This study reports the digestive enzyme activities of jundiá juveniles fed diets with protein sources. Fish were fed six experimental diets for 90 days: MBY (meat and bone meal + sugar cane yeast), SY (soybean meal + sugar cane yeast), S (soybean meal), MBS (meat and bone meal + soybean meal), FY (fish meal + sugar cane yeast) and FS (fish meal + soybean meal), and then sampled every 30 days and assayed in two intestine sections for digestive enzymes - trypsin, chymotrypsin and amylase - activities; gastric protease was assayed in the stomach. Digestive and hepatosomatic index, intestinal quotient, digestive tract length and weight gain were also measured. Trypsin and chymotrypsin activities were higher (p < 0.0001) in fish fed diets containing animal protein sources (MBY, MBS, FY and FS diets). Alkaline proteases were negatively affected by dietary soybean meal in the SY and S diets. Amylase activity had greater variation between diets and intestine sections. Fish fed MBY and MBS diets showed higher gastric protease activity (p < 0.0001). Weight gains were higher in fish fed the MBS and FS diets (p < 0.05). Highest values (p < 0.05) of digestive tract length were observed in fish fed MBS and FY diets...

EFEITOS DA SUBSTITUIÇÃO DO MILHO PELO SORGO, COM ADIÇÃO DE ENZIMAS DIGESTIVAS, SOBRE O GANHO MÉDIO DE PESO DE FRANGOS DE CORTE

MORAIS, E.; FRANCO, S. G.; FEDALTO, L. M.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2004 POR
Relevância na Pesquisa
56.66%
O presente experimento foi realizado na Estação Experimental do Cangüiri, com a finalidade de se avaliar os efeitos do sorgo usado em substituição ao milho, com adição de enzimas digestivas, sobre o ganho médio de peso (GMP) de frangos de corte. As aves foram criadas em três fases de alimentação: 0- 21 (fase inicial), 22- 42 (fase de crescimento) e 43 – 49 dias (fase final). Foram utilizados quatro níveis de sorgo (0, 15, 30 e 45%) em substituição ao milho, com adição de três níveis de enzimas (0, 750 e 1.500gE/ton de ração), sendo três repetições por tratamento, em um delineamento experimental totalmente casualizado. Aos 21 dias, o ganho médio de peso (GMP), com utilização de 45% sorgo, foi melhor que 30 e 15%; no entanto, estes três níveis não diferiram da ração sem sorgo. Aos 42 e 49 dias os resultados de GMP não se mostraram consistentes com aqueles da primeira fase. Contudo, o sorgo não exerceu efeito negativo sobre os resultados, pois estes foram semelhantes àqueles com dietas a base de milho. Pode-se observar que até ao nível de 45% de substituição, o sorgo não interfere no ganho de peso das aves, concluindo-se que a adição de enzimas, nos níveis utilizados, também não teve influencia sobre esta variável. Effects on the weight gain of chikens by substitution of corn by sorghun and addition of digestive enzymes to the ration Abstract The present experiment was carried out at the Federal University of Paraná Experimental Station of Canguiri between 10/15/1997 and 12/04/1997. The main aim of the experiment was to evaluate the effect of sorghun as a substitute of corn on the mean weight gain of chicken. The experiment was carried out with addition of digestive enzymes. The chicken were raised in 3 feeding phases: 0-21 days (initial phase)...

Enzimas digestivas de juvenis de carpa capim alimentados com forragem e ração

Costa,M.L.; Radünz Neto,J.; Lazzari,R.; Veiverberg,C.A.; Sutili,F.J.; Loro,V.L.
Fonte: Archivos de Zootecnia Publicador: Archivos de Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
Objetivou-se avaliar a atividade de enzimas digestivas de 240 juvenis (20,15±0,23 g) de carpa capim (Ctenopharyngodon idella) alimentadas com capim teosinto e ração durante 45 dias e criados em sistema de recirculação de água, composto por 12 tanques (20 peixes/tanque). Os tratamentos foram: C= somente capim teosinto; SD= capim teosinto+ração diariamente (3% PV); SA= capim teosinto+ração a cada dois dias (3% PV); R= somente ração (3% PV). Após o período de alimentação, 6 peixes por tratamento foram abatidos para análise (na porção anterior e posterior do trato) das enzimas digestivas amilase, maltase, tripsina e quimiotripsina. Também foram avaliados os pesos do fígado, do trato digestório, comprimento do trato e ganho em peso relativo. A associação de capim e ração, diariamente, resulta em maior peso do fígado, ganho em peso relativo e menor atividade de maltase. A atividade de amilase, o peso e comprimento do trato digestório não variaram (p>0,05). A atividade das proteases alcalinas é menor quando juvenis de carpa capim são alimentadas exclusivamente com ração.