Página 1 dos resultados de 14697 itens digitais encontrados em 0.081 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção

Avaliação e perspectivas em ciência e tecnologia na área de engenharia de produção

Morais,Anamaria de; Rodrigues,Celso L. Pereira; Pinto,José A. do N; Nanni,Luiz Fernando; Morais,Paulo Renato de; Behakouche,Rabah; Silva,Raul Valentim da; Barcia,Ricardo Miranda
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1991 PT
Relevância na Pesquisa
135.84%
Este artigo apresenta uma avaliação das atividades de ensino e pesquisa em Engenharia de Produção desenvolvidas nos cursos de graduação e pós-graduação e grupos de pesquisa em nosso país. São apresentadas previsões para o desenvolvimento econômico e industrial na próxima década, e a posição e evolução da Engenharia de Produção nesse cenário. É apresentado um conjunto de sugestões e recomendações para a capacitação tecnológica dos pesquisadores, assim como as áreas prioritárias de ação neste período.

Desafios da qualidade e produtividade à engenharia de produção do Brasil

Cheng,Lin Chih; Silva,João Martins da; Lima,Francisco de Paula A.
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1994 PT
Relevância na Pesquisa
135.91%
Este trabalho faz uma avaliação histórica e do estágio atual do movimento qualidade e produtividade (Q&P) no Brasil, através da evolução do conceito do controle da qualidade no interior do atual processo de reestruturação produtiva, e delineia os desafios, limitações e potencialidades desse movimento à comunidade científica da Engenharia de Produção. O escopo da análise está centrado, principalmente, na comparação entre a prática da Q&P do setor produtivo industrial brasileiro com o corpo conceitual-teórico da Q&P conhecido pela comunidade. O argumento central do trabalho é "Q&P (no seu sentido amplo, incluindo o trabalho) não pode ser visto como uma sub-área da Engenharia de Produção, mas sim a própria razão de ser da Engenharia de Produção (no seu sentido igualmente amplo, incluindo o trabalho)". Duas idéias decorrentes desse argumento principal são: 1- a demanda por Q&P abre espaço para a utilização dò conhecimento especializado da Engenharia de Produção; 2 - os pressupostos básicos de Q&P abrem horizonte para a formulação de uma nova base teórica e prática da Engenharia de Produção. O trabalho conclui com a descrição de um conjunto de ações que podem ser implementadas pelos pesquisadores...

Relações entre manutenção e engenharia de produção: uma reflexão

Belhot,Renato Vairo; Campos,Fernando Celso de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1995 PT
Relevância na Pesquisa
115.81%
O presente artigo visa discutir as relações que podem ser estabelecidas entre a gestão da manutenção e a Engenharia de Produção. Para tanto, são apresentadas algumas atividades e características inerentes à manutenção, tais como: o planejamento, a definição do fluxo de informações, a busca da qualidade e produtividade e, por fim, os desafios que são enfrentados e o perfil do novo profissional para essa área. Finalmente, conclui-se que o modelo avaliado nada mais é do que uma extração do campo de atividades da Engenharia de Produção.

Potencialidades de mudanças na graduação em engenharia de produção geradas pelas diretrizes curriculares

Santos,Fernando César Almada
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
125.86%
Este artigo analisa as potencialidades de mudanças nos cursos de graduação em Engenharia de Produção geradas pela Resolução que institui as Diretrizes Curriculares para os cursos de graduação em Engenharia. Considerando-se competência como o elemento-chave das Diretrizes Curriculares, estudam-se diversas abordagens e propõe-se uma conceituação de competência.Como princípios relevantes da competência para o ensino de graduação em Engenharia de Produção, identificam-se: o enfrentamento de situações complexas e um novo olhar sobre o ensino, a pesquisa e a extensão; a mobilização e a interdisciplinaridade dos conhecimentos, habilidades e atitudes; e a singularidade da formação e da progressão da aprendizagem das competências. Em estudo de caso realizado no curso de graduação da EESC, analisa-se como as Diretrizes Curriculares, em especial o conceito de competência, geraram e causaram mudanças. Três momentos deste curso de graduação são analisados: a elaboração de projeto pedagógico, a reestruturação curricular e a gestão estratégica da graduação.

Estudo de caso na engenharia de produção: estruturação e recomendações para sua condução

Miguel,Paulo Augusto Cauchick
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
125.85%
Uma das preocupações crescentes na engenharia de produção e gestão das operações tanto nos países desenvolvidos quanto no Brasil é com relação às abordagens metodológicas utilizadas no desenvolvimento dos trabalhos de pesquisa, dentre as quais o estudo de caso é uma das mais freqüentemente adotadas. No entanto, a condução adequada de um estudo de caso não é uma tarefa simples e muitas vezes os trabalhos são sujeitos a críticas em função de diversas limitações metodológicas. Nesse sentido, este trabalho propõe uma estrutura para a condução de um estudo de caso(s), bem como sugere um conjunto de recomendações para seu planejamento e condução. Finalmente, alguns pontos importantes são levantados, bem como algumas reflexões e propostas futuras para dar continuidade ao estudo sobre as abordagens metodológicas para a engenharia de produção.

O perfil do engenheiro de produção: a visão de empresas da região metropolitana de Porto Alegre

Borchardt,Miriam; Vaccaro,Guilherme Luís Roehe; Azevedo,Debora; Ponte Jr,Jacinto
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.78%
Este trabalho tem por finalidade apresentar os resultados de um levantamento realizado junto a gestores de empresas industriais da região metropolitana de Porto Alegre. O objetivo da pesquisa é identificar o grau de importância e a atual capacidade de aplicação dos diversos conhecimentos básicos, específicos, habilidades e atitudes requeridas na atuação de engenheiros em funções afins à Engenharia de Produção. No referencial teórico apresentam-se as diversas definições de competências disponíveis na literatura, bem como as competências sugeridas pelo INEP (MEC) e pela ABEPRO para essas funções. Os resultados da pesquisa discutem as lacunas observadas sobre as competências avaliadas. Também são identificados os vetores de avaliação dessas competências, através de análise fatorial. Merecem destaque, em função dos maiores graus de importância ou dos menores índices de aplicação, capacidade de expressão oral e escrita, análise de cenários, domínio de língua estrangeira, análises econômicas e financeiras.

A abordagem sistêmica na pesquisa em Engenharia de Produção

Iarozinski Neto,Alfredo; Leite,Maria Silene
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
125.84%
A Engenharia de Produção está afeta a problemas que se caracterizam pela complexidade. Para serem resolvidos, esses problemas demandam conhecimentos que vão além da matemática e da física, como ocorre nas engenharias mais clássicas. Eles necessitam de uma abordagem que permita o acesso ao conhecimento de várias disciplinas simultaneamente, ou seja, uma abordagem interdisciplinar. Para praticar a interdisciplinaridade e sistematizar o processo de pesquisa na Engenharia de Produção é apresentada a abordagem sistêmica. Ela é capaz de levar em conta o conjunto das variáveis que caracterizam os problemas considerados complexos. A base metodológica escolhida para implementar a abordagem sistêmica é a sistemografia, que permite ampliar o horizonte de pesquisa para aproximar a realidade do fenômeno observado. Finalmente, será mostrada como a abordagem sistêmica permite que o pesquisador trabalhe em um nível maior de subjetividade sem perder a tão necessária "objetividade" científica.

Pesquisa-ação na engenharia de produção: proposta de estruturação para sua condução

Mello,Carlos Henrique Pereira; Turrioni,João Batista; Xavier,Amanda Fernandes; Campos,Danielle Fernandes
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
125.84%
A pesquisa-ação é um método de pesquisa qualitativa que cada vez mais se destaca como estratégia de pesquisa adotada em engenharia de produção. Contudo, esse método sofre com preconceitos a respeito do seu mérito científico, bem como com uma indefinição de como sua condução pode ser validada. Visando minimizar essas lacunas da literatura, a partir de uma pesquisa de cunho conceitual-teórico, o presente trabalho visa propor um processo para o planejamento e condução de pesquisas na engenharia da produção por meio da pesquisa-ação. Consideram-se como contribuições científicas do presente trabalho a discussão acerca das formas de iniciação e das etapas de validação das pesquisas que empregam o método da pesquisa-ação. Conclui-se que, dentro do paradigma científico do realismo, os critérios mais adequados para a validação da pesquisa-ação são a adequação ontológica, a validade contingente, a percepção múltipla dos participantes, a fidedignidade metodológica, a generalização analítica e a validade do construto.

Revisitando a produção científica nos anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção

Berto,Rosa Maria Villares de Souza; Nakano,Davi
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
135.83%
Este trabalho finaliza um ciclo de investigações acerca das técnicas de pesquisa utilizadas e declaradas nos trabalhos publicados de 1996 a 2007 nos anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção - ENEGEP. A partir de reflexões sobre a importância da abordagem de pesquisa, a determinação e escolha dos tipos e técnicas de pesquisa, o conjunto de papers integrantes de 12 anos de edições consecutivas dos referidos anais foi analisado e classificado através de levantamento sistemático, de acordo com categorização proposta por Fillipini (1997). Os resultados indicaram o crescimento da pesquisa empírica mas a persistência de uma significativa diferença de perfil em relação à pesquisa internacional.

Gestão ambiental: levantamento da produção científica brasileira em periódicos de Engenharia de Produção

Trierweiller,Andréa Cristina; Campos,Lucila Maria de Souza; Carvalho,Danielly Nunes de; Santos,Thiago Henrique Silva dos; Bornia,Antonio Cezar; Peixe,Blênio César Severo
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
115.81%
Este artigo tem como objetivo analisar a publicação sobre o tema "gestão ambiental" em revistas de Engenharia de Produção brasileiras, em língua portuguesa. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, que recorre a recursos tecnológicos para indexação dos artigos do portfólio com o uso do software Ucinet 6. Procedeu-se à análise sistêmica com a identificação de características de interesse relativas à gestão ambiental. Dentre os resultados, tem-se: definições e evolução da gestão ambiental, abordagem metodológica das pesquisas, artigos publicados por ano, por periódico, por número de autores, por instituição de ensino, por estado, autores com maior número de publicações, mapa de citações e rede de palavras-chave. Percebeu-se a tendência em estudos para mensurar o desempenho ambiental das empresas; contudo, as metodologias de avaliação e a definição e utilização de indicadores ou índices necessitam de aprimoramento. Este artigo contribuiu para tecer um panorama da produção acadêmica em gestão ambiental bem como tendências de estudo.

A Nova Gestão Pública como indutora das atividades de Engenharia de Produção nos órgãos públicos

Jesus,Igor Rosa Dias de; Costa,Helder Gomes
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
135.88%
O propósito deste trabalho é o de mostrar como a Nova Gestão Pública, ao incorporar ferramentas e pontos de vista oriundos da iniciativa privada, abre espaço para maior atuação dos engenheiros de produção no Estado. Na introdução é apresentada uma contextualização histórica da evolução da gestão pública, desde o modelo patrimonialista, passando pelo modelo burocrático e pelo gerencial, até a assunção da Nova Gestão Pública. É também apresentada uma contextualização histórica da própria Engenharia de Produção. A busca por interfaces entre esses dois campos do conhecimento se deu a partir de uma investigação teórica, na qual se procurou entender quais práticas de gestão estariam associadas, simultaneamente, a elementos da Engenharia de Produção e da Nova Gestão Pública. Os resultados dessa investigação nos mostram que essa interface atinge todos os elementos da Nova Gestão Pública e todas as subáreas da Engenharia de Produção.