Página 1 dos resultados de 1383 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Flutuações cambiais e política monetária no Brasil : evidências econométricas e de simulação

Furlani, Luiz Gustavo Cassilatti
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.61%
A literatura sobre economia monetária vem despertando interesse crescente dentro da macroeconomia. Devido aos avanços computacionais, os modelos têm se tornado cada vez mais complexos e precisos, permitindo estudar detalhadamente as relações entre as variáveis reais da economia e as variáveis nominais. Dessa forma, através de um modelo de equilíbriogeral estocástico e dinâmico (DSGE) baseado em Gali e Monacelli (2005), é proposto e estimado um modelo para a economia brasileira através de métodos bayesianos, com o intuito de avaliar se o Banco Central do Brasil (BCB) considera variações cambiais na condução da política monetária. O resultado mais importante do presente trabalho é que não há evidências de que o BCB altere diretamente a trajetória dos juros devido a variações na taxa de câmbio. Um exercício de simulação também é realizado. Conclui-se que a economia acomoda rapidamente choques induzidos separadamente na taxa de câmbio, nos termos de troca, na taxa de juros e na inflação mundial.; The literature on monetary economy has aroused growing interest in macroeconomics. Due to computational advancements, models have been increasingly more complex and accurate, allowing for the in-depth analysis of the relationships between real economic variables and nominal variables. Therefore...

Das ciências do léxico ao léxico nas ciências: uma proposta de dicionário português-espanhol de economia monetária

Silva, Odair Luiz da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 334 f.
POR
Relevância na Pesquisa
56.31%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; A terminologia é a disciplina que estuda o uso especializado do léxico nas ciências e nas técnicas a partir de diferentes pontos de vista. Na tradição dos estudos terminológicos, o objetivo primordial ao descrever o léxico de uma dada ciência ou técnica, denominados termos, era o de sistematizar tais usos a fim de extinguir qualquer tipo de ambigüidade nas linguagens técnicas. A partir dos anos 80, no entanto, outros caminhos se mostraram mais pertinentes a esses estudos. Com base na Sociolingüística e na Análise do Discurso, os quebequenses abriram uma porta mais social para tais discussões. Posteriormente, no fim dos anos 90, outras portas foram se abrindo. Com Cabré (1999) tornou-se possível a compreensão de que a Terminologia é um campo interdisciplinar e que os, até então denominados termos são, na realidade, usos do léxico de uma dada língua cujos valores especializados são ativados em contextos específicos. Temmerman (2000) sinalizou para a possibilidade de se estudar esses usos a partir de uma perspectiva cognitiva. Desenvolveramse, assim, novos paradigmas para o estudo do léxico das ciências e das técnicas. A descrição e análise do uso especializado de uma dada ciência é...

Cláusulas de escape para a política monetária num regime de inflation targeting

Moreira, José Miguel Marques
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /04/2002 POR
Relevância na Pesquisa
56.7%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira; De entre os arranjos monetários que foram surgindo na literatura económica como soluções para o problema do enviesamento inflacionista associado à inconsistência temporal da política monetária, o regime de Inflation Targeting corresponde seguramente ao que mais adeptos tem reunido nos últimos anos. Embora com um desenho adequado um Inflation Targeting possa ser dotado de um razoável grau de flexibilidade, o facto dessa opção envolver quase sempre um trade-off entre a credibilidade e a flexibilidade da política monetária, e o facto do regime atribuir, por natureza, bastante relevância à estabilidade dos preços (e, portanto, à necessidade de manter uma imagem anti-inflacionista), levam a que a ocorrência de choques da oferta particularmente significativos possa causar grandes dificuldades ao regime para lidar com os aspectos da economia real. Isto levanta a questão acerca da utilidade da existência de cláusulas de excepção no âmbito destes arranjos de política monetária. Após mostrar que existem regimes de Inflation Targeting que têm estatutariamente previsto (embora de forma pouco explícita) a possibilidade de alterar a forma como a política monetária é normalmente conduzida sempre que ocorram determinadas circunstâncias...

As contribuições post keynesianas sobre as expectativas numa economia monetária

Gómez Olivares, Mário
Fonte: ISEG – Departamento de Economia Publicador: ISEG – Departamento de Economia
Tipo: Outros
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Neste artigo propomo-nos estudar as contribuições que um conjunto de autores da corrente post keynesiana tem feito para esclarecer o sentido e o significado da noção de expectativa seja no quadro teórico como também no quadro político. A influência das expectativas, a tomada de decisões em situação de incerteza e de ignorância são uma contribuição específica de J.M.Keynes, que encontrem um lugar central na Teoria Geral, sem a qual a teoria da procura efectiva e as leis psicológicas fundamentais não adquirem a dimensão de estrutura fundamental da nova teoria. Keynes argumentava frequentemente de forma extrema quando pretendia enfatizar um determinado problema, mas pensava que o sistema capitalista era instável porque a teoria económica que sustentava a política económica era incapaz de conduzir à acção correcta e desejada. Em consequência, podemos dizer que estes autores não apenas pretendem interpretar Keynes, como procuram traçar uma via de modelização em que a metodologia de Keynes adquire todo o seu significado. Keynes propunha-se analisar uma economia monetária, onde não existe previsão perfeita nem certeza, em que o futuro não é conhe¬cido, nem existe probabilidade matemática que permita prognosticar a existência de mercados com preços futuros. A corrente que Shackle...

Transmissão monetária: resultados da aplicação de modelos VAR a Portugal e Alemanha

Janeiro, Eva Isabel Crisótomo
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2004 POR
Relevância na Pesquisa
56.64%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira; Tendo em conta o enquadramento da Terceira Fase da UEM, este trabalho aborda a questão da transmissão da política monetária à economia real. São estimados modelos VAR que pretendem identificar os efeitos de choques de taxa de juro sobre o produto e preços de duas economias da UEM, Portugal e Alemanha, em dois contextos distintos, políticas monetárias independentes e política monetária única. Paralelamente, estuda-se a importância relativa dos vários canais de transmissão monetária para o efeito total registado (canais de taxa de juro, taxa de câmbio e crédito). Os resultados confirmaram, como seria esperado, a reacção negativa do produto e preços dos dois países a aumentos de taxa de juro. Na transmissão monetária do período pré-UEM foram encontradas diferenças entre os dois países, a nível da magnitude e do timingdos efeitos. Considerando os resultados no contexto de política monetária única, concluiu-se que parte dessas diferenças estaria associada às diferentes funções de reacção e não a diferenças nos mecanismos de transmissão. Adicionalmente, encontraram-se indícios de que o mecanismo de transmissão destes países não se tenha alterado, de forma significativa...

Determinantes da inflação numa pequena economia aberta : o caso de Cabo Verde

Pina, João Emanuel Brito Ledo de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 05/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.66%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira; O Acordo de Cooperação Cambial entre Cabo Verde e Portugal de Março de 1998 veio criar profundas alterações no regime de política monetária em Cabo Verde. É normalmente citado que, se um pequeno país optar por um regime de paridade fixa em relação a uma moeda dominante, esse país impõe a si próprio uma disciplina que consiste basicamente em subordinar a sua política monetária à do país da referida moeda dominante e em manter equiparadas as respectivas taxas de inflação. Há uma tendência alargada em eleger a estabilidade de preços como o objectivo prioritário da política monetária. Na linha dessa tendência, o Banco de Cabo Verde, através da sua Lei Orgânica, elegeu a estabilidade de preços como seu objectivo principal. Para uma pequena economia aberta, como é o caso de Cabo Verde, a estabilidade cambial pode pressionar a manutenção da disciplina macroeconómica e contribuir para uma maior aproximação entre preços internos e preços externos. É no contexto da vinculação da política monetária cabo-verdiana à da área do euro que pretendemos analisar os determinantes da inflação em Cabo Verde, com base num modelo econométrico simples. Os dados utilizados na estimação têm frequência trimestral cobrindo o período de 1995:4 a 2006:3. Os resultados dos testes econométricos que efectuámos permitem-nos confirmar que a partir do Acordo de Cooperação Cambial a massa monetária deixou de ser uma variável importante na explicação da inflação em Cabo Verde...

A transmissão da política monetária ao produto e à inflação: o caso senegalês

Caité, Kim Nhaga Gomes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.61%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira/ Classificação JEL: C51, E4, E52, E58; Construiu-se um modelo Vectorial Auto-Regressivo (VAR) para analisar os efeitos dos choques da política monetária na inflação e no produto na economia senegalesa, após a integração na UEMOA em 1994. O período analisado compreende os anos 1994 a 2008, usando cinco variáveis: o produto, a taxa de inflação, a moeda, a taxa de juro e a taxa de câmbio, com base nos dados estatísticos do FMI. Descreveu-se também brevemente a evolução da economia senegalesa desde a sua independência, passando pela integração regional, até a recente crise financeira internacional. Procedeu-se à análise do impacto das inovações nas principais variáveis macroeconómicas recorrendo à ferramenta da função de resposta ao impulso. Chegou-se a conclusão de que, como era esperado, de acordo com a teoria económica, uma intervenção do Banco Central, por via da política monetária (aumento da taxa de juro), tem um impacto negativo no produto e na inflação. Recorreu-se, por outro lado, na dissertação aos mecanismos de transmissão da política monetária através dos canais de transmissão, nomeadamente, o canal de taxa de juro e o canal de taxa de câmbio.; A model Vector Autoregressive (VAR) was built to analyze the effects of monetary policy shocks on inflation and output in the economy of Senegal...

Terminologia da economia monetária : relações conceptuais e semânticas numa sistemática terminológica e lexicográfica

Costa, Maria Rute Vilhena
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //1993 POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
Dissertação de Mestrado em Lexicologia e Lexicografia; A dissertação que apresentamos tem como ponto de partida uma interrogação sobre a contribuição da Terminologia para a estruturação coerente dos conceitos e respectivas unidades terminológicas do domínio da Economia Monetária. A Terminologia, ponto de encontro entre o campo conceptual e o campo linguístico, visa por um lado a normalização linguística, que pode ser entendida como a recomendação ou imposição institucional na utilização de determinado termo; por outro lado visa a normalização dos formatos terminográficos e informáticos, que implicam a associação de normas técnicas (SGML, fichas ISO, ... ) com normas de descrição terminográficas. Sem esta normalização, a difusão, a divulgação e o intercãmbio terminológico é dificultado. A representação linguística com a sua faceta normativa são tanto mais necessárias quanto se sabe que a Economia é hOJe, uma das ciências mais solicitadas no seio da Comunidade Europeia e, será, mais ainda no contexto do grande mercado único. A construção da Europa acelera-se. Uma moeda única esboça-se para o fim do século e o grande mercado sem fronteiras avança, embora timidamente. A defesa económica comum...

Dinâmica da taxa de câmbio em uma economia monetária periférica: uma abordagem keynesiana

Andrade,Rogerio P. de; Prates,Daniela Magalhães
Fonte: Nova Economia Publicador: Nova Economia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.6%
O artigo discute os determinantes da taxa de câmbio em uma economia monetária periférica, com base em uma perspectiva teórica centrada na economia política keynesiana. Para tal, analisam-se inicialmente as propriedades essenciais de uma economia monetária aberta e, na sequência, apresentam-se as proposições básicas da visão pós-keynesiana da determinação da taxa de câmbio, desenvolvida principalmente por John Harvey, o qual, no entanto, não discute as causas específicas do comportamento da taxa de câmbio em economias periféricas "emergentes". Por fim, após reexaminar a ideia de "condição periférica", o texto discute as peculiaridades históricas e institucionais associadas ao modo de inserção das economias periféricas no sistema monetário e financeiro internacional moderno.

Incerteza, investimento e política monetária : a alternativa de Keynes e da escola pós-Keynesiana

Isaacson, Roger Percy Soares
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: 50 f.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.61%
Orientador: Fernando Motta Correia; Monografia(Graduação) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Ciências Econômicas; Resumo: A teoria econômica (neo-)clássica dominou o pensamento econômico, acadêmico e prático, por um século, até a grande depressão de 1929. É neste contexto que Keynes publica sua principal obra: A Teoria Geral do Juro, do Emprego e da Moeda na qual ele deu ênfase ao termo geral pois os postulados (neo-) clássicos aplicavam-se somente no limite das possíveis situações de equilíbrio, o que não a era realidade da conjuntura econômica da época. A teoria keynesiana rompe radicalmente com a teoria (neo-) clássica nos trazendo uma nova visão de mundo, denominada por Keynes inicialmente de economia monetária. A teoria de Keynes sobre a determinação do investimento é de fundamental importância para o entendimento deste novo conceito, a qual nega todos os axiomas (neo-) clássicos sobre o tema e serve de pilar para o arcabouço teórico dos verdadeiros seguidores de Keynes, conhecidos como pós-keynesianos, os quais, ampliariam o conceito de economia monetária para economia monetária de produção, visão de mundo fundamental para provar que a política monetária discricionária é eficaz em aumentar o emprego...

O canal do crédito bancário na transmissão da política monetária: evidência para Portugal

Nóbrega, Celso António Quintal
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /04/2005 POR
Relevância na Pesquisa
56.7%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira; A teoria do canal do crédito veio juntar-se às teorias Keynesianas e Monetaristas na explicação da transmissão da política monetária à economia real. Segundo esta teoria, os impulsos da política monetária são transmitidos à economia real através dos problemas de informação assimétrica presentes no mercado do crédito, subdividindo-se em duas abordagens diferentes, a do canal do crédito em sentido lato e a do canal do crédito bancário. A evidência empírica presente na literatura, não é conclusiva quanto à existência do canal do crédito, existindo estudos, mesmo para a mesma economia, que concluem pela existência e outros que não. Em relação ao canal do crédito bancário, Portugal apresenta-se como um caso paradigmático. O presente trabalho pretende, assim, clarificar a questão da existência do canal do crédito bancário em Portugal. Com dados de um painel de bancos portugueses é estimada uma função de oferta de crédito, a partir da qual se testa até que ponto a concessão de crédito por cada banco está dependente do seu nível de depósitos, que se assume estar dependente da política monetária. Os resultados permitem concluir que a oferta de crédito reage às variações no nível de depósitos e...

Regras de Taylor Uma aplicação à política monetária alemã

Correia, Ana Filipa Bandeirinha Abrantes
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /02/2001 POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira; No contexto da literatura sobre política monetária, uma questão que tem sido objecto de discussão é a utilização de regras de política monetária como um instrumento dos bancos centrais para conduzirem e comunicarem a política seguida. Por regras de política monetária entende-se o compromisso da autoridade em cumprir um determinado objectivo ou em estabelecer a trajectória do instrumento da política de uma forma clara e transparente. Uma das regras muito discutida é a regra de Taylor, que relaciona o instrumento da política, a taxa de juro, com apenas duas variáveis: a inflação e o hiato do produto. Neste trabalho procura-se fazer um resumo da literatura sobre esta regra realçando as várias abordagens, nomeadamente a adequação empírica da regra à política realizada, através de estimação de funções de reacção, o estudo como regra óptima em modelos macroeconómicos simples e a análise do seu desempenho em modelos, nos quais não foi deduzida em termos óptimos. Numa segunda parte do trabalho pretende-se validar a sua utilização como forma de representar a política alemã, através da estimação da função de reacção do Bundesbank com uma abordagem de cointegração.; In the context of the literature about monetary policy...

Terá a Política Monetária sido eficaz no combate à recente crise? Evidências dentro e fora da Zona Euro

Marques, João Filipe Francisco
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.42%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira; Através de uma análise às políticas monetárias dos países da União Europeia utilizadas durante a crise actual, verifica-se que durante os anos de 2008 a 2010 houve uma variação negativa do PIB bastante mais acentuada nos países pertencentes à Zona Euro que nos países não pertencentes à moeda única. Neste trabalho mostra-se ainda qual o peso que cada um dos instrumentos de política monetária teve, desde o começo da Zona Euro, na variação do PIB, tendo sido a taxa de câmbio aquele que revelou maior eficácia. Para a obtenção destes resultados foi feita uma estimação em dados de painel recorrendo a dados trimestrais de 1999 Q1 até 2010 Q4 dos 15 países da UE(15).; This paper analyses the monetary policies of the European Union member states emerged during the current crisis. It is confirmed that, between the years 2008 and 2010, there was a negative growth of GDP much stronger in the countries inside than outside the Euro Area. Using pooled panel OLS estimation, with quarterly data from Q1 1999 to Q4 2010 from all EU(15) countries this work also shows the weight that each monetary policy's instrument had on GDP variation, since the start of the Euro Zone, and where the exchange rate proved to be more effective.

Política monetaria, crecimiento económico e inflación: Los resultados de un modelo de vectores autorregresivos

Fonte: Universidad Autónoma de Occidente; Economía Publicador: Universidad Autónoma de Occidente; Economía
Tipo: Bachelor Thesis; Trabajo de Grado Formato: PDF
SPA
Relevância na Pesquisa
46.72%
El presente análisis, describe el diseño y presenta la estimación y los principales resultados de un modelo de Vectores Autorregresivos (VAR) irrestricto de 4 variables: producto real, oferta monetaria, tasa de inflación y tasa de interés real activa. El objetivo de este sistema es la descripción de la economía Colombiana a través de series de frecuencia anual del periodo 1924 – 2000. El modelo requirió la realización de pruebas de raíz unitaria de Dickey – Fuller aumentada, la utilización complementaria del test de cointegración propuesto por Johansen y la estimación de un VEC, de pruebas de causalidad en el sentido de Granger, y para el VAR, de las funciones de impulso – respuesta y de descomposición de varianza. Una de las principales ventajas del presente trabajo es la extensión de las series utilizadas, desde 1924 hasta 2000, lo que permite una mejor aproximación al verdadero largo plazo y la utilización de variables, que son significativas para explicar el comportamiento de la economía Colombiana, especialmente en contexto con algunos hechos estilizados de la década de los noventa. Según los resultados econométricos, es posible afirmar que en el contexto de la economía Colombiana, es más importante la variable tasa de interés de colocación del sistema financiero...

Política monetaria convencional y no convencional : un modelo DSGE para Colombia

Rendón González, Nataly
Fonte: Universidad EAFIT; Maestría en Economía; Escuela de Economía y Finanzas Publicador: Universidad EAFIT; Maestría en Economía; Escuela de Economía y Finanzas
Tipo: Tesis de Maestría; acceptedVersion
Relevância na Pesquisa
46.61%
En este trabajo se realiza un modelo de equilibrio general dinámico estocástico (DSGE) neoclásico para comprobar el efecto de la política monetaria convencional y no convencional sobre la actividad económica y los precios. Los resultados muestran que en una economía abierta y pequeña con tipo de cambio flexible, un choque positivo de política monetaria no convencional, generado a través de un aumento en las reservas internacionales, aumenta el producto, el empleo, mejora la balanza comercial y tiene efectos sobre los precios vía aumento del circulante -- Estos resultados se alcanzan también con choque negativo de política monetaria convencional (aumento de la tasa de interés). Lo anterior es evidencia de que los bancos centrales deben tener la mirada puesta no sólo en la tasa de interés como instrumento principal de política, sino también en las intervenciones no convencionales, vía la Hoja Balance, que pueden afectar también otras variables, como la tasa de cambio

Análisis de la dinámica de la política monetaria en Colombia durante los últimos 20 años : una aproximación FAVAR

Londoño, Andrés Felipe
Fonte: Economía; Escuela de Economía y Finanzas, Departamento de Economía y Finanzas Publicador: Economía; Escuela de Economía y Finanzas, Departamento de Economía y Finanzas
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado; acceptedVersion
SPA
Relevância na Pesquisa
46.61%
En este trabajo se analiza la dinámica de la política monetaria sobre la actividad económica real y el proceso de determinación de precios en Colombia durante el periodo 1990:1-2009:12. Utilizando una nueva metodología que combina los modelos VAR con los recientes desarrollos en el campo del análisis factorial dinámico (FAVAR, por sus siglas en inglés) propuesta inicialmente por Bernanke, Boivin y Eliatz (2005), se desarrollan diferentes especificaciones en donde se muestra las reacciones de distintas variables macroeconómicas ante una innovación en el instrumento de política monetaria.; 53 p; Contenido parcial: Política monetaria en Colombia durante los últimos 20 años -- Restricciones de los modelos VAR -- Metodología FAVAR: Una Motivación – Modelo.

A economia monetária e regional da alta inflação: um estudo sobre o acesso à moeda indexada no Sul, Sudeste e Nordeste; A economia monetária e regional da alta inflação: um estudo sobre o acesso à moeda indexada no Sul, Sudeste e Nordeste

Sicsú, João
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2009 POR
Relevância na Pesquisa
56.52%
Oobjetivo deste artigo émostrar que o acesso à moeda indexada durante o regime de alta inflação (1990-1993), antes da implementação do Plano Real, não era uniformemente distribuído entre os diferentes estados. Um índice foi elaborado para medir o acesso à moeda indexada e concluiu-se que alguns estados tinham menor capacidade de defesa contra os efeitos do processo inflacionário que outros.; The purpose of this article is to show that access to indexed assets during the high inflation regime (1990-1993) was not evenly distributed among different states in Brazil. An index was elaborated to measure the access to indexed assets and the author concluded that some states had a lower capacity to defendthemselves against the inflationary process as compared to other states.

Dinâmica da taxa de câmbio em uma economia monetária periférica: uma abordagem keynesiana

Andrade, Rogério; Prates, Daniela Magalhães
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.61%
O artigo discute os determinantes da taxa de câmbio em uma economia monetária periférica, com base em uma perspectiva teórica centrada na economia política keynesiana. Para tal, analisam-se inicialmente as propriedades essenciais de uma economia monetária aberta e, na sequência, apresentam-se as proposições básicas da visão pós-keynesiana da determinação da taxa de câmbio, desenvolvida principalmente por John Harvey, o qual, no entanto, não discute as causas específicas do comportamento da taxa de câmbio em economias periféricas “emergentes”. Por fim, após reexaminar a ideia de “condição periférica”, o texto discute as peculiaridades históricas e institucionais associadas ao modo de inserção das economias periféricas no sistema monetário e financeiro internacional moderno.

La naturaleza de una economía

Leijonhufvud,Axel
Fonte: UNAM, Facultad de Economía Publicador: UNAM, Facultad de Economía
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 ES
Relevância na Pesquisa
56.43%
La crisis financiera y al recesión que se derivó de ella han propiciado una reexaminación del estado de la teoría macroeconómica. La imagen de una economía capitalista como un sistema de equilibrio general estable un tanto obstaculizado en su funcionamiento por "fricciones" es, creo, una guía inadecuada para las realidades con las que tenemos que enfrentarnos. Este artículo enfatiza que tenemos que pensar a la economía como un "sistema abierto" en el sentido ontológico de Tony Lawson. Esto requerirá que adaptemos nuestros métodos a la naturaleza de una economía- para cambiar la manera en la que hacemos economía. Se argumenta también que la economía no es globalmente estable sino que entraña inestabilidades. La crisis debió de habernos curado de la "presunción de conocimiento" (Caballero 2010) -de la ilusión de que entendíamos muy bien los problemas de la inestabilidad macroeconómica y de que los habíamos resuelto todos para la satisfacción general. Una vez curados de esta presunción -lo que equivale a decir, una vez conscientes de nuestra ignorancia- podemos ver que la macroeconomía plantea muchas preguntas importantes para las cuales mi generación no proporcionó buenas respuestas.

Política monetária, inflação e crescimento econômico: a influência da reputação da autoridade monetária sobre a economia

Montes, Gabriel Caldas
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2016 POR
Relevância na Pesquisa
46.61%
O presente trabalho tem como principal objetivo mostrar que a política monetária, quando conduzida por meio de uma regra de manipulação da taxa de juros voltada exclusivamente para controlar a inflação (em um regime de metas para a inflação), embora consiga atingir tal objetivo, apresenta um resultado pior se comparada a uma política monetária que seja implementada, também, para atingir uma meta para o nível do produto. O modelo proposto enfatiza: o papel das expectativas, o papel da autoridade monetária por meio de sua função de reação à luz da hipótese de não neutralidade da moeda e a influência da reputação da autoridade monetária sobre os resultados observados na economia.Abstract Monetary p Monetary policy, inflation and nflation and nflation and economic conomic conomic growth: the influence of the monetary authority’s he influence of the monetary authority’s reputation upon the economy reputation upon the economy The following paper aims to show that, although a monetary policy, which merely seeks to control inflation through an interest rate rule (under inflation targeting), may reach such a goal, it will present a worst outcome whether compared to a monetary policy which also seeks an output target. The proposed model highlights: the role of expectations...