Página 1 dos resultados de 401 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Ecologia de sabiás (Turdus spp.) e sanhaços (Thraupis spp.) em área urbana com fragmentos florestais no campus da Unesp de Rio Claro

Corrêa, Carolina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 34 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.29%
Sabiás e sanhaços estão entre as aves frugívoras mais comuns em áreas urbanas, sendo os primeiros com ampla distribuição e sanhaços com distribuição neotropical, onde dispersam sementes de uma variedade de espécie de plantas. Analisei o uso do hábitat e aspectos da ecologia, como densidade, abundância, uso do tempo e de hábitats das espécies de sabiás e sanhaços presentes no campus da UNESP de Rio Claro, estado de São Paulo, nas diferentes estações do ano. O estudo foi realizado através da observação das aves ao longo de um transecto onde as variáveis estudadas incluíram o número de indivíduos, hábitat de ocorrência, atividade, distância do transecto, tipo de alimento e estrato de forrageio para os indivíduos de cada espécie. Realizou-se 27 transecções, as quais incluíram áreas abertas (campos), construções (ruas e edificações), e fragmentos florestais, num trajeto de 3,65 km, entre os meses de janeiro e agosto de 2010, em três períodos do dia. Foram registradas cinco espécies de aves, o sanhaço-cinzento, o sanhaço-do-coqueiro, o sabiá-barranco, o sabiá-poca e o sabiá-laranjeira, em um total de 555 indivíduos avistados. Os resultados demonstraram a maior abundancia (283 indivíduos) e densidade (1.47 Indivíduos/ha) para a espécie de sanhaço-cinzento (Thraupis sayaca). Os dados obtidos permitiram inferir um elevado grau de seleção do hábitat utilizado pelas três espécies mais abundantes...

O zoneamento ambiental e o desafio da construção da gestão ambiental urbana

Batistela, Tatiana Sancevero
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2007.; A implementação da gestão ambiental urbana enfrenta como um de seus desafios à construção de interfaces entre os instrumentos da política ambiental e da política urbana. Para complementaridade entre as duas políticas brasileiras, a Política Nacional do Meio Ambiente (Lei nº. 6938/1981) e o Estatuto da Cidade (Lei nº. 10257/2001), necessário se faz à definição de procedimentos técnicos para articulação de seus instrumentos. Para construção deste atual vértice de discussão, há que se entender primeiramente a essência e as especificidades das temáticas: ambiental e urbana. A avaliação dos instrumentos, competências e da prática da gestão territorial tem nos mostrado que a dimensão ambiental e a dimensão urbana trabalham com lógicas diferentes, internalizadas em seus instrumentos, e que tem resultado, pela ausência deste entendimento e adequadas interfaces, num palco de conflitos. Uma das polaridades entre as temáticas é a lógica do privado e do público internalizadas na dinâmica urbana e na ambiental respectivamente. Enquanto os instrumentos da política urbana se originam a partir da preocupação em organizar o espaço privado...

Conexão dos padrões espaciais dos ecossistemas urbanos : a construção de um método com enfoque transdisciplinar para o processo de desenho urbano sensível à água no nível da comunidade e da paisagem

Andrade, Liza Maria Souza de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2014.; No Brasil, as contribuições da ciência ecológica e o pensamento sistêmico transdisciplinar ainda não são incorporados nos estudos urbanos, dentro das ciências sociais aplicadas, havendo, portanto, um distanciamento entre o Planejamento urbano, Desenho urbano e Ecologia. Os planos diretores não se apropriam da riqueza encontrada nos padrões de organização da micro escala do desenho urbano no contexto da bacia hidrográfica. Paradoxalmente, a “heterogeneidade espacial” do mosaico urbano vem se tornando um aspecto importante para avaliar a funcionalidade ecológica, os fluxos de água e o contexto social. Pesquisadores do “Cary Institute of Ecosystems Study” dos EUA analisam a cidade como “ecossistema urbano”, que abrange todos os processos que sustentam os recursos naturais e humanos, integrando os componentes biológicos, físicos, sociais e do ambiente construído. No entanto, os ecossistemas devem ser analisados dentro do espectro hierárquico, considerando sua hierarquia tríplice: o subsistema da comunidade e o suprassistema da paisagem (ODUM e BARRET, 2006). Esta pesquisa pretende demonstrar a potencialidade dos padrões espaciais dos ecossistemas urbanos para conexões dos estudos transdisciplinares...

Ecobairro, um conceito para o desenho urbano

Gomes, Rogério Paulo Azevedo Moreira Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.29%
A industrialização originou problemas sócio-ambientais na cidade. Assim, durante o século XIX e XX, o pensamento urbanístico criou soluçõeshigienistas com a ideia de configurar um modelo urbano. A partir dos anos 60do século XX e devido às grandes alterações sofridas até então,intensificaram-se as preocupações ambientais e, na procura de um modeloalternativo, surgiu a ideia de desenvolvimento sustentável. Perante a crescenteconsciencialização acerca das alterações climáticas e dos problemasambientais, as preocupações ecológicas ganham realce e a ecologia urbanatorna-se alvo de conhecimento e abordagem em várias disciplinas,nomeadamente no desenho físico das estruturas urbanas. Na procura de um urbanismo como resposta a um desenvolvimentosustentável à escala local, durante os anos 90 do século XX surge o ecobairro,como projecto-piloto de resposta na prática às preocupações e pensamentodesenvolvido até então. Os países do norte da Europa são pioneiros na suaconcretização. É assim que o ecobairro se configura, neste texto, como um caso de estudo emarco de referência para o bom desenho urbano em resposta àsustentabilidade ambiental. A partir deste e dos elementos retirados da História e da ecologia urbana...

Biodiversidade urbana: selecção e caracterização de indicadores para Lisboa

Cardoso, Mariana Cabral, 1986
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.34%
Tese de mestrado. Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011; A conservação da biodiversidade tornou-se uma necessidade à sobrevivência do ser humano a partir da percepção da importância dos serviços de ecossistemas, o que contribuiu para a valorização da ecologia urbana, promovendo gradualmente a necessidade do planejamento e da gestão das áreas verdes. O reconhecimento internacional da importância da biodiversidade urbana tomou corpo através da Convenção de Diversidade Biológica, enquanto instrumento político-legal em âmbito internacional sob a gestão da biodiversidade. Durante a 9ª COP a Convenção aprovou um índice de biodiversidade para as cidades (City Biodiversity Index), em 2010, Nagoya. A Proposta de indicadores para Lisboa foi baseada neste índice, na compilação e estudo bibliográfico individual dos 23 indicadores de biodiversidade, e por fim estruturada pelo grupo de acompanhamento responsável. O projeto teve por objetivo identificar e aplicar indicadores eficazes para a verificação da condição da biodiversidade no Concelho de Lisboa, criar um banco de dados possibilitando a continuidade de uma linha de estudos de monitorização e implementação de pesquisas nas áreas complementares dos indicadores e com o primeiro passo para a meta de aumentar a biodiversidade da cidade em 20% até 2020. Os resultados descrevem os aspectos mais significativos referentes ao estado da biodiversidade no Concelho...

Aplicação da perspectiva ecológica na gestão da complexidade e diversidade urbana

Fernandes, Anabela de Carvalho Martins
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.65%
Dissertação de Mestrado em Gestão de Ecossistemas; O presente trabalho resultou de um processo de colaboração entre o Laboratório de Ecologia Aplicada do Departamento de Engenharia Biológica e Ambiental da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, da Agência de Ecologia Urbana de Barcelona e da Câmara Municipal de Vila Real. O conceito de ecologia urbana nasce em Chicago após a I Guerra Mundial, tendo conhecido o seu verdadeiro desenvolvimento em Metz, França. A promoção da ecologia urbana deve-se a um investigador, Roger Klaine que propôs conceber “ordenamentos urbanos de modo a favorecer a eclosão das potencialidades de cada um, satisfazendo as suas necessidades não expressas”, oferecendo “ordenamentos – sobretudo micro ordenamentos que permitissem aos habitantes encontrar o contacto directo com a Natureza”. A ecologia urbana não diz apenas respeito aos imóveis, à água e às árvores, é também uma gestão prudente das energias e um tratamento adequado dos resíduos (Paul & Steffan, 2001). A maioria dos nossos meios urbanos são áreas, por vezes caóticas, que carecem de planeamento e de orientação na sua fase de desenvolvimento. Tornaram-se sistemas complexos com uma enorme multiplicidade de usos e funções. A complexidade encontra-se assim ligada a um misto de ordem e desordem...

Comunidades en transición: bacia otras prácticas sostenibles en los ecosistemas urbanos

Peter, Glenda Dimuro; Jerez, Esteban de Manuel
Fonte: CET - Centro de Estudos Territoriais Publicador: CET - Centro de Estudos Territoriais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2010 SPA
Relevância na Pesquisa
46.29%
A través del campo de estudio de la Ecología Urbana y Social, analizando las interacciones entre la sociedad y el medi o y relacionando los fenómenos sociales y urbanos con los ecológicos, podemos considerar los sistemas humanos como ecosistemas urbanos, concibiendo la ciudad como un conjunto de organismos interconectados y con cierto grado de autonomía, funcionando como soporte para los sistemas sociales que articulan las escalas global y local. Concienciándonos de que no necesitamos inventar comunidades urbanas sostenibles desde cero, pero si moldearlas de acuerdo con la naturaleza y las teorías de la ecología, encontramos en los sistemas naturales las claves para la práctica del concepto abstracto de sostenibilidad (desde el ámbito social, ecológico, económico, geográfico y cultural) en nuestras ciudades, obteniendo los parámetros necesarios para la organización, el diagnóstico, la intervención o la evaluación de comunidades humanas.

Subsidios ao planejamento de sistemas de areas verdes baseado em principios de ecologia urbana

Hardt, Leticia Peret Antunes
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.34%
Com a finalidade de verificar a relação entre o ambiente urbano e as áreas verdes, a pesquisa, através da avaliação de Curitiba como estudo de caso, descreve a situação da cidade, desenvolve procedimentos a nível de métodos e técnicas e fornece subsídios a modelos teóricos para o processo de planejamento de sistemas de áreas verdes urbanas. Por amostragem, através de fotointerpretação, foram estimadas as áreas permeáveis e impermeáveis e algumas tipologias de áreas verdes (com e sem cobertura arbórea). Através de mapeamentos, foram quantificadas as áreas com cobertura arbórea superiores a 2.000 m², vias arborizadas e áreas verdes públicas. Os resultados, expressos em totais para Curitiba e por zonas urbanísticas e respectivos compartimentos relacionados às suas áreas e às suas populações, foram analisados em dois contextos: específico, onde são verificadas as correlações das áreas levantadas com a ocupação do solo e com a densidade demográfica; e de síntese, que estabelece as inter-relações entre estas mesmas áreas, com base em matrizes de correlação e quadros de valoração elaborados a partir de um juízo de valor. As regiões com maiores e menores pontuações foram interpretadas segundo os fatores urbanos...

Disponibilidade e consumo de frutos de Michelia champaca L. (Magnoliaceae) na área urbana de Uberlândia, MG: uma interação ave-planta exótica; Availability and consumption of fruits of Michelia champaca L. (Magnoliaceae) in the urban area of Uberlândia, MG: a birdexotic plant interaction

Oliveira, Diego Silva Freitas
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.56%
Plantas exóticas utilizadas na arborização urbana podem ter um importante papel na conservação de aves em ambientes urbanos quando oferecem algum tipo de recurso. O objetivo deste trabalho foi avaliar a disponibilidade de frutos de Michelia champaca na área urbana de Uberlândia, bem como seu consumo por aves. Foram selecionadas três áreas verdes da cidade: Parque do Sabiá, Praça Montese e Campus Umuarama da Universidade Federal de Uberlândia. O estudo foi desenvolvido no período de junho de 2008 a outubro de 2009. Para a análise do consumo dos diásporos (sementes ariladas) por aves foram realizadas observações com o auxílio de binóculo (8x40mm) das 06:00 às 18:00h de forma não contínua (sessões de 2 a 4 horas). Ao todo foram realizadas 167 horas de observação, sendo 47 no Parque do Sabiá, 51 no Campus Umuarama e 69 na Praça Montese. A disponibilidade de diásporos foi estimada por meio da contagem de frutos abertos visíveis em 9 indivíduos no Campus, 13 na Praça e 12 no Parque. Frutos maduros estiveram disponíveis em pelo menos uma das áreas ao longo de praticamente todo o período do estudo inclusive em meses da estação seca, sendo a frutificação mais abundante em fevereiro de 2009. Foram registrados 149 eventos de alimentação (EA) realizados por 20 espécies de aves (3 ordens...

O verde na selva de pedra: an?lise jur?dica da prote??o da vegeta??o na ?rea urbana do munic?pio de Bel?m

FISCHER, Luly Rodrigues da Cunha
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
O processo de urbaniza??o com a concentra??o da maior parte da popula??o mundial em cidades imp?e novos desafios ? organiza??o de assentamentos humanos e ? prote??o ao meio ambiente, afetando adversamente a qualidade de vida das pessoas e a sustentabilidade ambiental, que inclui tamb?m o meio ambiente urbano. Dentre as muitas vari?veis que interferem na sustentabilidade das cidades est? a presen?a da vegeta??o urbana, mas que n?o possui tutela espec?fica no ordenamento jur?dico brasileiro. Nesse contexto, este trabalho objetiva definir o conte?do jur?dico da express?o ?vegeta??o urbana? a partir da identifica??o e sistematiza??o dos dispositivos legais existentes no ordenamento jur?dico brasileiro que tutelem a flora no meio urbano no Munic?pio de Bel?m (PA). Utiliza o m?todo dedutivo e a pesquisa documental. Problematiza os conceitos de cidade, urbano, sustentabilidade e qualidade de vida. Discorre sobre as compet?ncias constitucionais sobre direito ambiental e urban?stico a partir de 1988. Sistematiza as principais categorias jur?dicas e n?o jur?dicas utilizadas para definir e estudar a vegeta??o urbana, bem como apresenta um resumo de suas principais fun??es, evidenciando suas diferen?as com o meio n?o-urbano e seu dinamismo, devendo a prote??o da vegeta??o urbana ser entendida como um processo. Conclui que n?o h? no ordenamento jur?dico brasileiro defini??o que abarque todas as particularidades da vegeta??o urbana...

Enviromental urban indices - bases for their development and use; Clon

Ramírez González, Alberto; Fernández, Nelson
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Formato: 6-20
Relevância na Pesquisa
46.38%
5 - 1; La ecología urbana se refiere al estudio del hombre y sus relaciones con el entorno en las ciudades, involucra, además, los procesos y los flujos que mantienen el metabolismo de las ciudades. Los índices ambientales urbanos pretenden entonces, aportar herramientas para el estudio de las ciudades y se formulan junto con otros ya abordados bajo el nombre de sostenibilidad, calidad de vida, desarrollo humano, contaminación y riesgo, entre otros, los cuales engloban un espectro amplio de la temática de estudio. En este documento se exponen diversos índices e indicadores de uso actual o potencial, así como las categorías que los engloban. Así mismo, se presentan los fundamentos a tener en cuenta durante la construcción de índices, incluida la base conceptual, la escala espacio-temporal, el contexto cultural y el tipo de indicador o índice a proponer. Por último, se expone un número copioso de indicadores que pueden ser incluidos en la formulación de índices ambientales urbanos.; Urban Ecology is referred to as man and his environmental relations in cities; this involves the environmental processes and flow within the maintenance of the “metabolism” of cities. In this way, environmental urban indices try to give decision tools for cities to study and that have been developed with other indices...

Licenciatura

DECIBE [Ministro]
Fonte: Ministério da Educação da Argentina Publicador: Ministério da Educação da Argentina
Tipo: legislation
Relevância na Pesquisa
46.29%
Otorgar reconocimiento oficial y validez nacional al título de Licenciado en Ecología Urbana, otorgado por la Universidad Nacional de General Sarmiento, cuyo plan de estudios obra como Anexo de la presente

Plan

FILMUS [Ministro]
Fonte: Ministério da Educação da Argentina Publicador: Ministério da Educação da Argentina
Tipo: legislation
Relevância na Pesquisa
46.43%
Auspiciar el plan El plástico no es basura, organizado conjuntamente por la Facultad de Arquitectura, Diseño y Urbanismo de la Universidad de Buenos Aires y el Centro de Reciclado y Ecología Urbana -ARCA-, a realizarse en la Ciudad Autónoma de Buenos Aires

Planeta Ciudad: ecología urbana y planificación de ciudades medias de Brasil

Angeoletto, Fábio Henrique Soares
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
56.29%
Tesis doctoral inédita. Universidad Autónoma de Madrid, Facultad de Ciencias, Departamento de . Fecha de lectura: 16-04-2012

Estudio ecológico de los patios urbanos en León (Nicaragua) : su contribución a la biodiversidad, el paisaje y el patrimonio

González García, Alberto
Fonte: Universidade de Alcalá Publicador: Universidade de Alcalá
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.38%
Se estudian la importancia para la ecología urbana, conservación de la naturaleza y el bienestar humano de los patios de la ciudad de León (Nicaragua), la clase de zonas verdes de tipo privado más extendida en la misma. Para ello se realizaron varios muestreos en la ciudad, el primero dirigido a una caracterización de los patios en función de su riqueza florística de plantas cultivadas y espontáneas. El estudio reflejó una clara asociación de tipos de patios con los sectores urbanos de la ciudad (centro colonial, barrio indígena y zonas periféricas) y una serie de factores de deterioro entre los que destacan la reducción de la superficie. En el segundo bloque de muestreos se analizó la tasa de división de las parcelas urbanas y sus efectos sobre el patio a través de un análisis SIG y comprobación en campo, constatándose una elevada reducción de la superficie del patio e incluso su desaparición en algunas viviendas. Se observaron 40 patios aleatoriamente seleccionados en el centro colonial y barrio indígena, agrupados por superficie, para evaluar su contribución a la provisión de servicios del ecosistema. Los resultados indican una reducción en los servicios de provisión y soporte a medida que disminuye la superficie del patio y una asociación entre la reducción de servicios de regulación con el tipo de cercados existentes en el patio. Por último...

Gestão da arborização de ruas : ferramentas para o planejamento técnico e participativo

Bobrowski, Rogério
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 178f. : il. algumas color., mapas, tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.34%
Orientadora : Profª. Drª. Daniela Biondi; Co-orientadores : Prof. Dr. Rinaldo Luiz Caraciolo Ferreira; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 14/04/2014; Inclui referências; Área de concentração : Conservação da natureza; Resumo: Os objetivos deste trabalho foram analisar o banco de dados de um inventário da arborização de ruas buscando por ferramentas de análise e planejamento que expressem melhor as relações entre a arborização de ruas e as estruturas urbanas, bem como das características ecológicas e estéticas das árvores e das práticas silviculturais adotadas. Para isso, foram utilizadas informações provenientes do inventário da arborização de ruas realizado na cidade de Curitiba, Paraná, no ano de 2010. A análise fitossociológica foi realizada por meio de três formas de obtenção do Valor de Importância: utilizando o DAP como fator descritor da dominância, a área de copa como fator descritor da dominância e o Índice de Performance da Espécie (IPE) como fator descritor da densidade, junto com a área de copa como fator descritor da dominância. Para a análise morfométrica foram utilizados índices morfométricos para descrever o comportamento espacial das espécies e suas alterações. A análise do comportamento de índices de diversidade foi feita em diferentes cenários de composição da arborização de ruas que expressavam diferentes formas de diversidade e uniformidade de composição de espécies. A análise da percepção popular das diferentes possibilidades de composição da arborização de ruas foi feita por meio de enquete eletrônica. Também...

Ecología urbana de las ciudades intermedias chilenas

Toledo, Ximena; Azócar, Gerardo; Vásquez Fuentes, Alexis Emir; Ordenes, Fernando; Romero Aravena, Hugo
Fonte: Universidade do Chile Publicador: Universidade do Chile
Tipo: Artículo de revista
ES
Relevância na Pesquisa
46.43%
Las ciudades intermedias constituyen complejos mosaicos socio-espaciales, en que se combinan los componentes y atributos del medio natural con el medio socio-económico-cultural. Si bien cabría esperar la existencia de problemas ambientales menores dado el tamaño más reducido, naturaleza más compacta y menor complejidad de las ciudades intermedias chilenas,en comparación con las ciudades grandes del país, la segregación socio-espacial introduce una mayor heterogeneidad a los medio ambientes. La ecología urbana es analizada en cuanto a sus diferentes definiciones y como ciencia ecológica-social integrada, revisándose sus en y de la ciudad, así como las bases de la integración entre la heterogeneidad espacial de los ecosistemas y las diferencias sociales, respecto al acceso a los recursos críticos, que explican las diferencias socio-ambientales. Las aplicaciones de la ecología urbana incluyen la implementación y análisis de sistemas de información ambiental que permiten evaluar la degradación de los medio ambientes naturales y la segregación socio-ambiental que caracteriza a las ciudades intermedias chilenas. Se evalúan los atributos y funciones ambientales de la ecología de los paisajes urbanos y se proponen estructuras espaciales que contribuyan al desarrollo sustentable de las ciudades intermedias chilenas.

Comparação de eventos fenológicos e diversidade genética de Handroanthus serratifolius (Vahl) S.O.Grose (Bignoniaceae) em área urbana e rural; Events comparison phenological and genetic diversity Handroanthus serratifolius (Vahl) SO Grose (Bignoniaceae) in urban and rural area

Visotto, Larissa Márcia de Souza
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada; UFLA; brasil; Departamento de Biologia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada; UFLA; brasil; Departamento de Biologia
Tipo: Dissertação
Publicado em 03/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.4%
Handroanthus serratifolius (Vahl) S. O. Grose (Bignoniaceae), known as yellow Ipe, is considered a symbol of Brazil, characteristic of dense and secondary rain forests, as well as of the plains of Latin America. In Brazil, its occurrence extends from the Amazon region to the southeast region. It plays an important economic role in providing wood, substances for the pharmaceutical industry, and for urbanization and landscaping projects. The indiscriminate exploitation of Ipe wood can lead to the significant loss of alleles, which can cause the extinction of its population. Phenological and genetic knowledge can assist in conservation programs for the species. This study aimed at analyzing and understanding the phenology and genetic traits of this species, such as its diversity and spatial genetic structure concerning individuals located in urban and rural areas. For this purpose, we used 96 individuals, located at two population sites within the municipalities of Lavras, Minas Gerais (MG), Brazil, and Itumirim (MG), considered urban and rural populations, respectively. Samples were randomly taken, using only those presenting reproductive event. For the genetic analyzes...

Ecología urbana de Triatoma infestans en Argentina: asociación entre Triatoma infestans y palomares; Triatoma infestans urban ecology in Argentina: association between Triatoma infestans and pigeon cotes

Vallvé, Silvana L.; Rojo, Héctor; Wisnivesky-Colli, Cristina
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1995 SPA
Relevância na Pesquisa
46.29%
Estudo realizado em local urbano da capital da Província de San Juan, Argentina, num bairro de 768 apartamentos distribuídos em prédios de 3 e 7 andares que cingem uma adega vinícola abandonada. Foram coletados 329 exemplares de Triatoma infestans, 293 em 4 terraços das torres de 7 andares e 36 no interior da adega, associados às numerosas pombas que colonizavam esses sítios. Os insetos refugiavam-se no excremento cumulado entre os blocos de cimento que cobrem os terraços e, na adega, dentro de tonéis fora de uso. Foram identificados dois focos principais de vetores, associados com densos pombais: 81,5% do total de triatomas coletados foram apanhados em uma das torres e 11% na adega. Após 6 meses de tratamento com inseticida, foram positivos os terraços onde anteriormente não se tinha coletado o T. infestans. O perfil alimentar dos triatomas mostra predomínio de sangue de aves; nos edifícios e na adega 95% dos T. infestans analisados alimentaram-se somente de aves; os demais fizeram repastos simples ou mistos em humanos, cães ou gatos. Nenhum T. infestans apresentou infecção com Trypanosoma cruzi.; Estudio se realizó en una área urbana de la Capital de la Provincia de San Juan, Argentina, en un barrio de 768 apartamentos distribuidos en edificios de 3 y 7 pisos que rodean una bodega central abandonada. Se capturaron 329 ejemplares de Triatoma infestans...

The city planet and the ecology of urban ecosystems; El planeta ciudad y la ecología de los ecosistemas urbanos; El planeta ciudad y la ecología de los ecosistemas urbanos

Angeoletto, Fabio; Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT; da Silva, Frederico Fonseca; Instituto Federal do Paraná, Curitiba, PR; Albertin, Ricardo Massulo; Universidade Estadual de Maringá, Maringá, PR
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2015 SPA
Relevância na Pesquisa
56.68%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p141The global and massive urbanization of territories is the most important ecological phenomenon nowadays. The standards of urban growth are crucial for the conservation of biological diversity, and also to the degree of quality of life of urban populations. Contrary to the perception of biologists and other academics, of cities as sterile environments and opposite to the nature, the recent development of urban ecology, a necessarily interdisciplinary science, shows that cities are heterotrophic ecosystems that need to be planned in a manner that their impacts on the biosphere is diminished, and that in parallel their ability to sustain biodiversity is increased. ; http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p141La urbanización global y masiva de los territorios es el más importante fenómeno ecológico de la actualidad. Los estándares de crecimiento urbano son determinantes para la conservación de la diversidad biológica, y asimismo para el grado de calidad de vida de las poblaciones urbanas. Contrariamente a la percepción de los biólogos y de otros académicos, de las ciudades como ambientes estériles y opuestos a la naturaleza, el reciente desarrollo de la ecología urbana...