Página 1 dos resultados de 10 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Efeitos genéticos e de ambiente em um rebanho do ecótipo Mantiqueira; Effects of genetics and enviromment on the Mantiqueira type breed

Silva, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa; Cobuci, Jaime Araújo; Ferreira, William José; Oliveira, Paulo Rogério Palma de; Machado, Marco Antônio; Ferreira, Cezar Parreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
57.38%
Foram estudados os registros da idade ao primeiro parto (IPP), intervalo de partos (IDP) e período de serviço (PSERV) provenientes das cinco primeiras lactações de 1.406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1977 e 1997, do Arquivo de Escrituração Zootécnica do Pólo Regional do Vale do Paraíba da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (NPZGJRA/IZ/APTA/SAA-SP), no município de Pindamonhangaba. Os modelos usados para obtenção das médias dos quadrados mínimos incluíram, além dos efeitos aleatórios de reprodutor e do erro, os efeitos fixos de ano e estação de nascimento (IPP) ou ano e estação de parto (IDP e PSERV) e idade ao parto. Para a obtenção dos parâmetros genéticos pela metodologia REML, em análises de uni e bicaracterísticas, foram utilizados modelos que ajustavam os efeitos fixos de ano-estação e idade da vaca ao parto, além dos efeitos aleatórios de animal e do erro. As médias ajustadas ± erros-padrão foram: 45,60 ± 8,14 meses para a IPP; 460,56 ± 122,05 dias para o IDP; e 181,44 ± 110,31 dias para o PSERV. As herdabilidades foram: 0,13; 0,01; e 0,01, respectivamente...

Efeitos genéticos e de ambiente em um rebanho do ecótipo Mantiqueira; Genetics and environment effects in mantiqueira type breed

Silva, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa; Ferreira, William José; Cobuci, Jaime Araújo; Oliveira, Paulo Rogério Palma de; Machado, Marco Antônio; Ferreira, Cezar Parreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
57.33%
Por meio de análises uni e bicaracterísticas entre a produção total de leite (PL), produção de gordura (PROG), porcentagem de gordura (PERG), duração da lactação (DL) e período seco (PSECO), objetivou-se, com este trabalho, estimar parâmetros genéticos utilizando-se registros provenientes das cinco primeiras lactações de 1.406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1977 e 1997, pertencentes ao programa de melhoramento do Pólo Regional do Vale do Paraíba da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (APTA/SAA-SP), no município de Pindamonhangaba. Os modelos usados para obtenção das médias dos quadrados mínimos incluíram os efeitos fixos de ano e estação de parto e idade ao parto, além dos efeitos aleatórios de reprodutor e do erro. Para a obtenção dos parâmetros genéticos pela metodologia REML foram utilizados os modelos que ajustavam os efeitos fixos de ano-estação e idade da vaca ao parto, além dos efeitos aleatórios de animal e do erro. As médias ajustadas ± erros-padrão foram: 1863,31 ± 1047,19 kg para a PL; 76,59 ± 31,92 kg para a PROG; 3,43 ± 0,64 % para PERG; 231...

Efeitos genéticos e de ambiente em um rebanho do ecótipo Mantiqueira: I. Características reprodutivas

Silva,Marcos Vinicius Gualberto Barbosa; Cobuci,Jaime Araújo; Ferreira,William José; Oliveira,Paulo Rogério Palma de; Machado,Marco Antônio; Ferreira,Cezar Parreira
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
67.35%
Foram estudados os registros da idade ao primeiro parto (IPP), intervalo de partos (IDP) e período de serviço (PSERV) provenientes das cinco primeiras lactações de 1.406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1977 e 1997, do Arquivo de Escrituração Zootécnica do Pólo Regional do Vale do Paraíba da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (NPZGJRA/IZ/APTA/SAA-SP), no município de Pindamonhangaba. Os modelos usados para obtenção das médias dos quadrados mínimos incluíram, além dos efeitos aleatórios de reprodutor e do erro, os efeitos fixos de ano e estação de nascimento (IPP) ou ano e estação de parto (IDP e PSERV) e idade ao parto. Para a obtenção dos parâmetros genéticos pela metodologia REML, em análises de uni e bicaracterísticas, foram utilizados modelos que ajustavam os efeitos fixos de ano-estação e idade da vaca ao parto, além dos efeitos aleatórios de animal e do erro. As médias ajustadas ± erros-padrão foram: 45,60 ± 8,14 meses para a IPP; 460,56 ± 122,05 dias para o IDP; e 181,44 ± 110,31 dias para o PSERV. As herdabilidades foram: 0,13; 0,01; e 0,01, respectivamente...

Efeitos genéticos e de ambiente em um rebanho do ecótipo mantiqueira: II. Características produtivas

Silva,Marcos Vinicius Gualberto Barbosa; Ferreira,William José; Cobuci,Jaime Araujo; Oliveira,Paulo Rogério Palma de; Machado,Marco Antônio; Ferreira,Cezar Parreira
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
67.35%
Por meio de análises uni e bicaracterísticas entre a produção total de leite (PL), produção de gordura (PROG), porcentagem de gordura (PERG), duração da lactação (DL) e período seco (PSECO), objetivou-se, com este trabalho, estimar parâmetros genéticos utilizando-se registros provenientes das cinco primeiras lactações de 1.406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1977 e 1997, pertencentes ao programa de melhoramento do Pólo Regional do Vale do Paraíba da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (APTA/SAA-SP), no município de Pindamonhangaba. Os modelos usados para obtenção das médias dos quadrados mínimos incluíram os efeitos fixos de ano e estação de parto e idade ao parto, além dos efeitos aleatórios de reprodutor e do erro. Para a obtenção dos parâmetros genéticos pela metodologia REML foram utilizados os modelos que ajustavam os efeitos fixos de ano-estação e idade da vaca ao parto, além dos efeitos aleatórios de animal e do erro. As médias ajustadas ± erros-padrão foram: 1863,31 ± 1047,19 kg para a PL; 76,59 ± 31,92 kg para a PROG; 3,43 ± 0,64 % para PERG; 231...

Respostas correlacionadas em características reprodutivas no programa de melhoramento do ecótipo Mantiqueira para produção de leite

Silva,Marcos Vinícius Gualberto Barbosa da; Cobuci,Jaime Araujo; Ferreira,William José; Guaragna,Guilherme Paes; Oliveira,Paulo Rogério Palma de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2001 PT
Relevância na Pesquisa
67.35%
Por meio de análises bivariadas entre produção total de leite (PL) e idade ao primeiro parto (IDP), ou intervalo de partos (IDP), ou período de serviço (PSERV), objetivou-se com este trabalho estimar parâmetros genéticos, correlações simples e de ordem entre os valores genéticos, bem como as respostas correlacionadas nas características reprodutivas, utilizando-se registros provenientes das cinco primeiras lactações de 1406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1952 e 1997, pertencentes ao programa de melhoramento do NPZGJRA/IZ/APTA/SAA-SP. Nas análises, foi utilizado o sistema MTDFREML com modelos que incluíam, para as características PL, IDP e PSERV, os efeitos fixos de ano-estação de parto; como covariável, a idade da vaca ao parto, em meses, com termos linear e quadrático, além dos efeitos aleatórios de animal, de ambiente permanente e erro. Nas análises envolvendo a PL, incluiu-se, ainda, o efeito fixo da duração da lactação. No estudo de IPP, o modelo utilizado considerou o efeito fixo de ano-estação de nascimento e, como efeitos aleatórios, animal e erro. As correlações genéticas entre PL e IPP, ou IDP, ou PSERV, foram, respectivamente de, -0,63...

Efeito da endogamia sobre características produtivas e reprodutivas de bovinos do ecótipo Mantiqueira

Silva,Marcos Vinícius Gualberto Barbosa da; Ferreira,William José; Cobuci,Jaime Araujo; Guaragna,Guilherme Paes; Oliveira,Paulo Rogério Palma de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2001 PT
Relevância na Pesquisa
67.35%
Foram analisados registros de genealogia de 2070 animais, bem como informações provenientes das cinco primeiras lactações de 1406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com o objetivo de avaliar a freqüência de animais endogâmicos, a média de endogamia por geração e o possível reflexo do aumento da endogamia sobre algumas características reprodutivas e produtivas. As características avaliadas foram idade ao primeiro parto (IPP), intervalo de partos (IDP), produção total de leite (PL) e duração da lactação (DL). Foram usados modelos que incluíam, para PL, IDP e DL, os efeitos fixos de ano-estação de parto; como covariável, a idade da vaca ao parto, em meses, com termos linear e quadrático, além dos efeitos aleatórios de animal, de ambiente permanente e erro. Na análise envolvendo a PL, incluiu-se ainda o efeito fixo da duração da lactação. No estudo de IPP, o modelo utilizado considerou como efeito fixo ano-estação de nascimento e, como aleatórios, animal e erro. As análises foram realizadas utilizando-se a metodologia da máxima verossimilhança restrita. Para se verificar o comportamento da endogamia ao longo dos anos, os animais foram agrupados em gerações. Verificou-se aumento expressivo do número de animais endogâmicos...

Estimativas de tendência genética para características produtivas em um rebanho do ecótipo Mantiqueira

Silva,Marcos Vinícius Gualberto Barbosa da; Ferreira,William José; Cobuci,Jaime Araujo; Guaragna,Guilherme Paes; Oliveira,Paulo Rogério Palma de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2001 PT
Relevância na Pesquisa
67.45%
Os registros utilizados neste estudo foram provenientes das cinco primeiras lactações de 1406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1952 e 1997. As informações sobre as características produção total de leite (PL), produção de gordura (PG), duração da lactação (DL) e período seco (PS) foram obtidas do NPZGJRA/IZ/APTA/SAA. Com base nas predições dos valores genéticos, para cada característica estudada, estimaram-se os diferenciais de seleção e as tendências genéticas, por meio de quatro trajetórias de seleção: touros pais de touros (SB), vacas mães de touros (DB), touros pais de vacas (SC) e vacas mães de vacas (DC). Os períodos estudados compreenderam os anos de 1952 a 1976, primeiro período, que representou a formação e a ampliação do rebanho; de 1977 a 1997, segundo período, caracterizado pela implementação de um programa de melhoramento genético do ecótipo; e de 1952 a 1997, período total. As análises foram feitas por meio do sistema MTDFREML, com um modelo animal que incluiu os efeitos fixos de ano-estação de parto e duração da lactação e, como covariável, a idade da vaca no parto, em meses, com termos linear e quadrático. Como efeitos aleatórios foram incluídos animal...

Efeitos genéticos e de ambiente em um rebanho do ecótipo Mantiqueira: I. Características reprodutivas

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
67.35%
Foram estudados os registros da idade ao primeiro parto (IPP), intervalo de partos (IDP) e período de serviço (PSERV) provenientes das cinco primeiras lactações de 1.406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1977 e 1997, do Arquivo de Escrituração Zootécnica do Pólo Regional do Vale do Paraíba da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (NPZGJRA/IZ/APTA/SAA-SP), no município de Pindamonhangaba. Os modelos usados para obtenção das médias dos quadrados mínimos incluíram, além dos efeitos aleatórios de reprodutor e do erro, os efeitos fixos de ano e estação de nascimento (IPP) ou ano e estação de parto (IDP e PSERV) e idade ao parto. Para a obtenção dos parâmetros genéticos pela metodologia REML, em análises de uni e bicaracterísticas, foram utilizados modelos que ajustavam os efeitos fixos de ano-estação e idade da vaca ao parto, além dos efeitos aleatórios de animal e do erro. As médias ajustadas ± erros-padrão foram: 45,60 ± 8,14 meses para a IPP; 460,56 ± 122,05 dias para o IDP; e 181,44 ± 110,31 dias para o PSERV. As herdabilidades foram: 0,13; 0,01; e 0,01, respectivamente...

Efeitos genéticos e de ambiente em um rebanho do ecótipo mantiqueira: II. Características produtivas

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
67.35%
Por meio de análises uni e bicaracterísticas entre a produção total de leite (PL), produção de gordura (PROG), porcentagem de gordura (PERG), duração da lactação (DL) e período seco (PSECO), objetivou-se, com este trabalho, estimar parâmetros genéticos utilizando-se registros provenientes das cinco primeiras lactações de 1.406 vacas do ecótipo Mantiqueira, filhas de 113 reprodutores, com partos entre os anos de 1977 e 1997, pertencentes ao programa de melhoramento do Pólo Regional do Vale do Paraíba da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (APTA/SAA-SP), no município de Pindamonhangaba. Os modelos usados para obtenção das médias dos quadrados mínimos incluíram os efeitos fixos de ano e estação de parto e idade ao parto, além dos efeitos aleatórios de reprodutor e do erro. Para a obtenção dos parâmetros genéticos pela metodologia REML foram utilizados os modelos que ajustavam os efeitos fixos de ano-estação e idade da vaca ao parto, além dos efeitos aleatórios de animal e do erro. As médias ajustadas ± erros-padrão foram: 1863,31 ± 1047,19 kg para a PL; 76,59 ± 31,92 kg para a PROG; 3,43 ± 0,64 % para PERG; 231...

Efeitos da lasalocida sobre a produção de vacas leiteiras em sistema semi-intensivo; Lasalocid effects on dairy cows production of in a semi-intensive management system

Silva, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da; Rodrigues, Paulo Henrique Mazza; Guaragna, Guilherme Paes; Lucci, Carlos de Sousa; Biondi, Pedro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1997 POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Foram estudados os efeitos da lasalocida sobre a produção de leite, teor e percentagem de gordura no leite, variações de peso e condições corporais de 18 vacas leiteras do ecótipo Mantiqueira, com média de 75 dias pós-parto ao início do experimento, alimentadas com 1,0 kg de mistura de concentrados para cada 2,5 kg de leite produzidos acima dos primeiros 4,0 kg, capim elefante (Pennisetumpurpureum, var. Napier) picado, fornecido no cocho, e pastagem de Bracharia brizantha. Utilizou-se um delineamento em blocos casualizados e os tratamentos consistiram na administração diária de 0,200 e 300 mg de lasalocida/animal. O experimento teve duração de 17 semanas, sendo as quatro primeiras destinadas ao período de adaptação. Independente da dose empregada a lasalocida não alterou significativamente a produção de leite e a produção de leite corrigida a 4% de gordura, porém o grupo tratado com 200 mg apresentou maior porcentagem de gordura no leite (P < 0,05). Os grupos tratados com 200 e 300 mg apresentaram ganhos de peso, porém não estatisticamente menores em relação aos animais controle, quando os dados foram analisados como percentagem de peso vivo. Não foi observada alteração na condição corporal dos animais.; The effects of lasalocid over milk...