Página 1 dos resultados de 37391 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Avaliação da percepção da diferença de cor entre profissionais da odontologia; Evaluation of color difference perception among different dental personnel

Arakaki, Yuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
Este estudo comparou a percepção da diferença de cor entre profissionais da Odontologia e a influência de cada coordenada na percepção da diferença de cor. O critério de exclusão dos participantes foi a deficiência na visão cromática que foi avaliada através da versão simplificada do teste de Ishihara. Dois homens identificaram incorretamente 1 ou mais pranchas e foram excluídos do estudo. Participaram desta pesquisa 51 pessoas: 20 alunos do último ano de graduação, 20 clínicos gerais e 11 professores. Todas avaliações foram realizadas sob iluminante D65 e em cabine de luz. Neste experimento foram utilizados 1 cartão padrão e 3 conjuntos de cartões. Cada conjunto de cartões foi composto por 1 cartão que apresenta os mesmos valores de L*, a* e b* que o cartão padrão e 6 cartões que apresentavam variações em apenas uma das coordenadas. Solicitamos aos participantes que selecionassem: 1 cartão que não apresentasse diferença de cor em relação ao cartão padrão, 1 cartão cuja diferença de cor em relação ao cartão padrão seria aceitável e 1 cartão cuja diferença de cor seria inaceitável. A análise dos resultados sugere que não houve diferença na percepção da diferença de cor entre homens e mulheres e entre alunos de graduação...

Influência de três iluminantes e da rugosidade superficial de dentes artificiais de resina composta na percepção da diferença cor entre profissionais da Odontologia; Influence of three illuminants (D65, A and F2) and surface roughness of composite resin artificial tooth on the difference color perception among dental professionals

Arakaki, Yuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
Este estudo avaliou a influência de três iluminantes e da diferença na rugosidade superficial de réplicas de dentes artificias na percepção da diferença de cor entre profissionais da Odontologia e verificou se houve variação na opinião de 20 profissionais uma semana após a primeira avaliação. O único critério de exclusão dos participantes foi a deficiência na visão cromática, avaliada através da versão simplificada do teste de Ishihara. Dos 117 profissionais entrevistados, 6 (5,1%) homens e 11 (9,4%) mulheres foram excluídos do estudo, pois identificaram incorretamente 1 ou mais pranchas da versão simplificada do teste de Ishihara. Neste estudo foram utilizados 4 pares de réplicas de dentes artificiais, sendo que cada par foi confeccionado em resina composta nas cores A1, A3, B1 ou B2, porém uma réplica apresentava superfície lisa e a outra, superfície rugosa. Todas as avaliações foram realizadas em cabine de luz sob os iluminantes D65, A e F2. Para cada iluminante, os participantes foram questionados se havia diferença de cor entre as réplicas. Após uma semana, todo o experimento foi repetido por 20 profissionais selecionados aleatoriamente. A análise dos resultados sugeriu que os iluminantes e a diferença na textura superficial influenciaram a percepção da diferença cor entre as réplicas e que após uma semana houve variação na opinião dos observadores.; This study evaluated the influence of three different illuminants and the difference on surface roughness of artificial teeth replica on the color difference perception among dental professionals and if there were variations on 20 professionals opinion 1 week after the first evaluation. The color vision deficiency was the only exclusion criteria used and a screening for color defective vision was conducted by using the simplified version of Ishihara test. Among the 117 professionals interviewed...

Nossos nomes verdadeiros: a noção ameríndia de diferença em Wilson Harris; Our real names: the amerindian notion of difference in Wilson Harris

Dias, Jamille Pinheiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
Esta dissertação apresenta como a criação de personagens realizada pelo escritor guianense Wilson Harris em The Sleepers of Roraima (1970) ressoa com premissas da ideia de diferença existente em cosmologias ameríndias. Para traçar uma relação entre esses planos, o trabalho foca na corporalidade e na perspectiva, tópicos fundamentais do americanismo tropical, articulando-os aos processos de singularização de personagens narrados na trilogia de novelas de Harris. Destaca-se como modos de individuação de povos nativos da região repercutem com as dinâmicas que compõem os seres ficcionais da obra. Essas dinâmicas, mediadas por aspectos pré-individuais irredutíveis a uma morfologia de personificações fisiologicamente discreta, participam da focalização das novelas, de modo que esta funciona como eixo de proliferação de perspectivas. Assim, o narrador se afasta do princípio de identidade como medida régia da personificação, convergindo com a replicação diferenciante própria de práticas de muitas ontologias ameríndias. O estudo mostra que as personagens analisadas também não são finalizadas por contornos intelectuais ou psicológicos, mas variam relacionalmente à medida que atualizam pontos de vista desdobrados por recursos narrativos como oxímoros e paralelismos. Tais procedimentos textuais dirigem provocações de Harris contra o determinismo mimético do realismo...

Diferença e identidade - sentidos em construção; Diferença e identidade - sentidos em construção

Mathias, José Ronaldo Alonso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.4%
A atualidade do tema da diferença em comunicação e de sua relação com o de identidade é aqui tomado com objeto de estudo. Buscando referenciais conceituais e teóricos de diferentes áreas do conhecimento, bem como se servindo de exemplos e práticas empíricas ligadas ao tema, o trabalho destaca as condições de interligação entre diferença e identidade apontando sobretudo a dimensão de autonomia que os envolve. Propõe que a atualidade da temática reflete um contexto sócio-histórico onde a diferença e a identidade assumem significações renovadas também no campo da comunicação social.; The topicality of the theme of difference in the communication area and of its relation to the theme of identity is taken as an object of study in this work. By looking at conceptual and theoretical references from different knowledge areas, as well as making use of examples and empirical practices connected with the issue, the work highlights the interrelation between difference and identity, pointing especially to the autonomy dimension which involves them. It proposes that the topicality of the theme reflects a social-historical context in which difference and identity have taken renewed meanings also in the field of communication.

Diferença ou deficiência? : reflexões que problematizam a função normalizadora/normatizadora da instituição escolar

Munhoz, Angélica Vier
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
O presente trabalho de pesquisa investiga a diferença na instituição escolar, utilizando como principal referencial teórico o pensamento de Foucault. Procura-se problematizar os discursos e as práticas normatizadoras/normalizadoras em relação à diferença na instituição escolar, investigando as relações de semelhança e coincidência entre as categorias diferença-deficiência. Considerando que o conceito diferença designa uma problematização na dicotomia normalidade/anormalidade, é proposta, inicialmente, uma breve retomada da história dos fenômenos que marcaram a aproximação entre relações sociais e anormalidade, suas descontinuidades e rupturas. Além disso, apresenta-se uma sucinta análise etimológica e conceitual das categorias norma/normal; diferença/deficiência, A partir dessas idéias, discute-se como o sujeito tem sido categorizado como diferente frente aos discursos e às práticas institucionais. As seguintes questões, então, ganham destaque na investigação: Como o discurso da diferença constitui a prática escolar hoje? Que práticas escolares são produzidas hoje, a partir dos discursos contemporâneos sobre a diferença? Foi investigado como esses discursos e práticas têm sido produzidos em uma instituição escolar da Rede Privada do município de Lajeado/RS...

O ser e o estar sendo surdos : alteridade, diferença e identidade

Perlin, Gladis Teresinha Taschetto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
Esta Tese escrita em língua de fronteira aproxima-se das referências imediatas do ser e do estar sendo surdos elucidando a epistemologia que introduz o seu conceito de diferença, conceito naturalmente firmado no interior, no chão onde reside o povo surdo. O textual do ser e do estar sendo surdos se desenvolve no embasamento de uma temporalidade diferente, no propósito das experiências, das trajetórias que acompanham o discurso utilizado. A perspectiva que o pós-colonialismo, o pós-estruturalismo e os estudos culturais oferecem para os estudos surdos nos meios que possibilitam a estabilidade como espaço para o encontro da alteridade, diferença e identidade se sobressaem como propositores de nova ordem. Ser surdo, naturalmente envolve um processo vital. O evento discursivo da diferença e da afirmação política do ser surdo introduz o resultado elucidativo da matriz produtiva que se constituem em produções políticas. A tese introduz a meta e aos reflexos que adentram questões de alteridade diferença e identidade. Introduz nos campos da experiência do ser e do estar sendo surdos, introduz inclusive nos campos do povo surdo, sua história, sua cultura. No momento perpassa os espaços cruciais da diminuição vivida nos terraplenos da educação...

Identidade e diferença : impertinências; Identity and difference: improprieties

Silva, Tomaz Tadeu da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.4%
A questão da identidade e da diferença está no centro de boa parte das discussões educacionais atuais. Nessa discussão, a diferença acaba, em geral, reduzida à identidade. Nesta pequena coleção de afirmações, tento, inspirado sobretudo na filosofia da diferença de Gilles Deleuze, desequilibrar o jogo em favor da diferença.; The question of identity and difference is the center of the current educational debate where, usually, difference is reduced to identity. In this small collection of assertions, I try, inspired mostly by Gilles Deleuze’s philosophy of difference, to shift the balance to the side of difference.

A filosofia da diferença de Gilles Deleuze na filosofia da educação no Brasil; Gilles Deleuze´s philosophy of difference in the philosophy of education in Brazil

Cristiane Maria Marinho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Formato: application/pdf
Publicado em 21/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
O presente trabalho, A Filosofia da diferença de Gilles Deleuze na Filosofia da Educação no Brasil, tem por objetivo central apresentar o pensamento filosófico educacional de alguns pensadores brasileiros sob a inspiração da filosofia da diferença deleuzeana, realçando o que distingue esta produção da Filosofia da Educação tradicional regida pela filosofia da Representação. Para tanto, a pesquisa se divide em quatro capítulos: o primeiro capítulo, De Deus à Diferença: trajetória das matrizes filosóficas na educação brasileira elenca as matrizes filosóficas mais expressivas no nosso país, bem como as práticas e as teorias educativas resultantes delas; o segundo capítulo, A Filosofia da Educação no Brasil, expõe a trajetória de constituição da Filosofia da Educação como campo de saber específico e apresenta três obras brasileiras representativas desse percurso; o terceiro capítulo, A Filosofia da Diferença de Deleuze, explicita os contornos principais do pensamento deleuzeano no que diz respeito à sua Filosofia da Diferença; o quarto e último capítulo, Filosofia da Diferença deleuzeana na Filosofia da Educação no Brasil ou para uma (não)-teoria da quebradura da vara...

Fibrose cística : avaliação diagnóstica através da diferença de potencial nasal e sua correlação com duas mutações genéticas; Cystic fibrosis diagnostic evaluation through nasal potential difference and its correlation with two genetic mutations

Ronny Tah Yen Ng
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.4%
A fibrose cística (FC) é uma doença genética autossômica recessiva, resultante da ausência total na proteína CFTR (Cystic Fibrosis Transmembrane Conductance Regulator), ou de alterações qualitativas ou quantitativas do gene que transcreve esta proteína, em células de diversos órgãos do corpo humano, resultando em inúmeros genótipos e fenótipos desta doença. Em muitos pacientes, o diagnóstico é difícil de ser definido, pelo método clássico de dosagem de sódio e cloro no suor, ou pelo sequenciamento genético, justificando a utilização de novas técnicas de auxílio diagnóstico, como a Diferença de Potencial Nasal (DPN). Este teste proporciona uma forma de avaliação direta e sensível, através do epitélio nasal, do transporte de sódio e cloro das membranas celulares, baseado nas propriedades bioelétricas transepiteliais. O objetivo deste trabalho foi verificar se existe diferença dos valores obtidos no exame de DPN em pacientes com FC em comparação com indivíduos controles saudáveis; e verificar se este teste permite diferenciar pacientes com FC das subclasses funcionais mais graves (I, II, III) das subclasses menos graves (IV, V, VI). Foram incluídos no estudo 15 pacientes FC, 10 com mutações mais graves (grupo A) e 5 com mutações menos graves (grupo B)...

A casa da diferença : feminismo e diferença sexual na filosofia de Luce Irigaray

Gabriel, Alice de Barros
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Humanidades, Departamento de Filosofia, Programa de Pós-Gradução, 2009.; No presente ensaio pretendo colocar em questão a noção de Luce Irigaray da diferença sexual. Procuro investigar a genealogia do pensamento da autora, pensando suas conexões com a filosofia da diferença e com a psicanálise. É um exercício de malabarismo entre a filosofia da diferença sexual e as críticas partidas de lugares de fala não hetero. São várias perguntas que orientam essa reflexão, uma delas é se a diferença sexual está a serviço de uma heteronorma, outra (ligada a essa) é se é possível falarmos/pensarmos/agirmos politicamente a partir de uma comunidade de mulheres, outra ainda é se o essencialismo representa um risco para o feminismo. Todas essas perguntas servem para entendermos melhor o que é a diferença sexual para Irigaray. Penso que a idéia de diferença sexual pode ser interessante para o momento atual do feminismo no qual muitas alianças estão quebradas, porque a diferença sexual é sobre fazer comunidade na casa da diferença, apela para essa necessidade de reestabelecermos solidariedade feminista entre mulheres. Penso também que é interessante porque abre a categoria mulheres para uma futuridade: o feminino não está dado...

O toque e a diferença : um estudo da emergência criadora na formação do intérprete contemporâneo

Aprea, Ciro
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Doutoramento em Motricidade Humana, especialidade de Dança.; Este estudo analisa o lugar do corpo sensível na formação do intérprete contemporâneo à luz dos conceitos de toque e de diferença. A investigação partiu do encontro entre estes dois conceitos que, inicialmente, refletem modos distintos de pensar a vida sensível. Por um lado, o toque como tato, como sentido do tangível, estatui-se ao mesmo tempo como o mais difícil de definir entre todos os sentidos, pela sua duplicidade e plasticidade. O toque apresenta duas dimensões: uma focada, local, coincidente com os contornos objetivos do contacto físico; outra mais difusa, global, que se estende interiormente a todo o corpo. Este toque interno do corpo tem sido objeto de explorações filosóficas intensas seja como “sentido dos sentidos”, o sentido no qual convergem todos os outros na apreensão complexa da realidade, mas também como fundo percetivo que sustenta a perceção de si e o sentimento de existência. Por outro lado, a diferença é o conceito pelo qual Gilles Deleuze pensa a vida sensível do ponto de vista das relações de força que a fundamentam. A diferença é o que permite acolher o movimento de forças que constituem o mundo concreto “entre” e “para além” das formas organizadas. Deleuze fala de um “puro sensível”...

Diferença no currículo

Paraíso,Marlucy Alves
Fonte: Fundação Carlos Chagas Publicador: Fundação Carlos Chagas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O artigo procura pensar um currículo com a diferença, conforme conceituada por Gilles Deleuze, para abalar os extratos dos currículos já formados e experimentar fazer um currículo movimentar-se. Traz, como mote para essa experimentação, linhas de currículos traçadas em uma investigação que cartografou os fazeres curriculares de três professoras que trabalham em três escolas distintas. Utiliza vários conceitos retirados do pensamento da diferença deleuziano para pensar linhas virtuais no território do currículo. Defende a necessidade de pensar o currículo em suas bifurcações, em seus escapes, variações e linhas de fugas. Prioriza a diferença em vez da identidade, e segue as ramificações que surgem desse pensamento. Procura fazer traçados que racham os extratos dos currículos existentes, em seu meio, para ver a diferença fazer o seu trabalho. Experimenta, por fim, fazer a diferença operar para pensar um currículo como território de multiplicidades, somas, desejo, desterritorializações, cultivo de alegrias e afectos.

Identidade e diferença: impertinências

Silva,Tomaz Tadeu da
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.4%
A questão da identidade e da diferença está no centro de boa parte das discussões educacionais atuais. Nessa discussão, a diferença acaba, em geral, reduzida à identidade. Nesta pequena coleção de afirmações, tento, inspirado sobretudo na filosofia da diferença de Gilles Deleuze, desequilibrar o jogo em favor da diferença.

A diferença cultural nas diretrizes curriculares nacionais e nos projetos curriculares dos cursos de pedagogia da UFPE

Freitas de Melo, Simony; Felipe da Silva, Janssen (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.44%
A pesquisa trata da diferença cultural no curso de pedagogia, representado pelas políticas curriculares nacionais e pelos seus respectivos projetos curriculares institucionais da UFPE. Procuramos compreender como a diferença cultural é tratada nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Pedagogia e nos Currículos dos cursos de pedagogia do Centro de Educação e do Centro Acadêmico do Agreste, ambos da UFPE. Procuramos ainda, compreender em que perspectiva multicultural os documentos analisados são orientados. Tomamos como categorias centrais: a diferença cultural (Hall, 2003; Moreira e Candau, 2008; Costa, 2003; McLaren, 1997), entendida através da abordagem dos Estudos Culturais; e o currículo (Silva, 2009; Apple, 1989; Pacheco, 2005), enquanto produção social. Para atingir aos objetivos propostos e atender às peculiaridades do objeto de pesquisa, utilizamo-nos da pesquisa documental, tomando como encaminhamento metodológico a abordagem qualitativa, como campo de pesquisa o curso de pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco ministrado em dois Campi e como fonte de pesquisa os documentos, especificamente as Diretrizes Curriculares e os currículos dos referidos cursos de pedagogia. Baseando-se em Bardin (2005)...

Birdman, educação da cultura visual e diferença cultural; Birdman, education, visual culture and cultural difference

SÉRVIO, Pablo Petit Passos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Artes e Cultura Visual; Linguística, letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Artes e Cultura Visual; Linguística, letras e Artes
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
This study explores and discusses how students from the teacher training program of the Visual Arts School of the Federal University of Goiás relate to the idea of cultural difference taking as reference the video clip Birdman, from Coca-cola. The study articulates three focus: 1) what students understand as cultural difference the phenomenon and the social actors with whom they identify this theme; 2) what values cultural difference has for their lives and for society; 3) what motivates them to discuss - or not - questions about cultural difference based on publicity images and how they would do it. The research promotes a discussion crossing the student s point of views, my own positions and the points of view of various authors (from cultural studies and visual culture education) building an analyses about repertoires, interests, conflicts and ambiguities that orientate such positionings. These focus were achieved through the choice of a qualitative approach guided by the expectation to work deeply the subjects perceptions and interpretations. The methodological procedures chosen to gather the data were individual and focal open interviews. Six students of the program participated on the investigation: two attending the fourth semester of the program...

Diabo e fluoxetina : formas de gestão da diferença; Devil and fluoxetine : forms of difference´s management

Mariana Magalhães Pinto Côrtes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.52%
Quando a diferença surge como problema? Quando o diferente torna-se objeto de intervenção? Qual foi a primeira agência que se ocupou com a diferença como questão a ser administrada? A religião monoteísta e o Estado-nação apresentam modelos análogos no combate à diferença? Essas são questões que motivam a presente tese. Na primeira parte do trabalho, analisa-se a gestão moderna da diferença, condensada em três modalidades de guerra: a guerra contra os estranhos (Zygmunt Bauman), a guerra contra os anormais (Michel Foucault), a guerra contra os homini sacri (Giorgio Agamben). No drama das três guerras, desvela-se a íntima solidariedade entre liberalismo e racismo, democracia e totalitarismo. Eugenia, genocídio, biopolítica, assimilação, disciplina compuseram as estratégias modernas da batalha contra a diferença. Elas permanecem sendo as formas de administração da diferença na sociedade contemporânea? Para responder a pergunta, a pesquisa toma dois grupos como objeto de estudo: 1) pregadores-itinerantes evangélicos, que vivem do expediente de vender suas histórias de vida violentas e despedaçadas no mercado religioso de pregações; 2) sujeitos oriundos do universo social do campesinato que foram diagnosticados...

Ciladas da diferença; Pitfalls of difference

Pierucci, Antônio Flávio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1990 POR
Relevância na Pesquisa
36.4%
Este artigo procura analisar os efeitos perversos da apropriação pela esquerda de um tema definidor das tradições de direita, a saber, a diferença. Com base no caso Sears (EUA) e no caso Le Pen (França), o autor aponta para as armadilhas racistas e sexistas presentes nos discursos que focalizam e enfatizam a diferença, sobretudo num período histórico de reemergência dos conservadorismos que, por sua vez, se apropriam do argumento da diferença, dirigindo-o contra os próprios movimentos de esquerda.; This article aims to analyze the perverse effects that take place when the left makes as its the issue of difference, that is crucial, defining of rightist traditions. Based upon the Sears case (USA) and the Le Pen case (France), the author points up to the racist, and sexist traps ingrained in arguments that underline and focus difference, particularly in a time in History when conservative forces come up again, and reuse those arguments as though they were theirs, and now shoot them against leftist social movements.

Teorias da diferença e a pesquisa em Educação; Theories of difference and research in Education

Garcia, Wladimir Antônio da Costa; UFSC
Fonte: Núcleo de Publicações do CED - UFSC Publicador: Núcleo de Publicações do CED - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
36.4%
Neste texto, proponho pensar a diferença tendo como ponto de partida a ideia de hospitalidade radical de Jacques Derrida. Focalizo o movimento de repetição que produz a diferença (Deleuze; Derrida), assim como o “eterno retorno” do diferente (Nietzsche) e a possibilidade de buscar o novo do passado (Benjamin; Borges). Faço referência a outros autores que foram atravessados pela diferença em suas teorizações: Marx, Jean-Luc Nancy, Levinas, Bataille, Blanchot. O texto não se apresenta com síntese conceitual entre esses autores, mas como convite para o educador/pesquisador pensar a diferença na escola para além das formalidades, como posição ética que hospeda o desconhecido e que celebra o eventual em seus devires.; This text proposes to consider difference based on Jacques Derrida’s idea of radical hospitality. It focuses on the movement of repetition that produces difference (Deleuze; Derrida), as well as the “eternal return” of the different (Nietzsche) and the opportunity to seek the new from the past (Benjamin; Borges). It makes references to other authors whose theories were considered different: Marx, Jean-Luc Nancy, Levinas, Bataille, Blanchot. The article does not present a conceptual synthesis of these authors...

Professores pensam - e fazem - a diferença; Profesores piensan – y hacen – la diferencia; Teachers think about – and make – a difference

Urt, Sônia; Motta, Maria Alice
Fonte: Linhas Críticas; Critical Lines Publicador: Linhas Críticas; Critical Lines
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.4%
Este artigo é um relato de pesquisa cujo objetivo é evidenciar as concepções de professores sobre a diferença, como percebem a relação entre as diferenças e a escola, assim como a forma como lidam com as diferenças. Os professores responderam à questão:O que você pensa acerca das diferenças e como lida com elas? Para o estudo das respostas foi utilizada a análise de conteúdo. O referencial teórico adotado para pensar a diferença foi a abordagem histórico-cultural da Psicologia, cuja concepção de sujeito se configura pela apropriação da cultura no processo educativo. Para esses professores, a diferença está relacionada a questões raciais, físicas, econômicas, sociais, culturais e diferenças em ritmos de aprendizagem. A categoria “Respeito” foi a atitude mais citada como forma de lidar com as diferenças. A presença de respostas contraditórias parece indicar uma  visão cristalizada acerca da diferença ou um nível incipiente de reflexão sobre o assunto. ; Este artículo es un relato de pesquisa cuyo objectivo es evidenciar las concepciones de profesores acerca de la diferencia, como perciben la relación entre las diferencias y la escuela, bien como la forma con que lidan con las diferencias. Los profesores responderon a la cuestión: ¿qué piensas acerca de las diferencias y cómo lidas con ellas? Para el estúdio de las respuestas fue utilizado el análisis de contenido. El referencial teórico adoptado para pensar la diferencia fue el abordaje histórico-cultural de la psicología...

Objections to equality and democracy: difference as basis of aristocratic education; Objeciones a la igualdad y la democracia: La diferencia como base de la educación aristocrática; Objeções à igualdade e à democracia: a diferença como base da educação aristocrática

Mendonça, Samuel
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 18/11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
 Equality, a constant in mass education and a reason to justify democracy, levels human development on a low standard, weakening society. Aristocratic education, on the other hand, focus on developing the individual’s autonomy; in this case, difference becomes an aim to be achieved by the philosopher. It is not about thinking on difference as opposed to equality, apart from anything else; nevertheless, difference exists precisely within equality. In this article there will be presented Nietzsche’s critique to democracy, as well as his critique to equality. Furthermore, there will be analyzed the meaning of aristocratic education in the context of Prussian hegemony, beside some fundamental aspects of Nietzsche’s philosophy, specially the will to power. With these elements, it is intended to assert that, paradoxically, mass education reveals itself as an important teaser to aristocratic education, in the same way that equality indicates the need for difference as a possibility of fulfillment for the future philosopher, very free, so that it is in difference that aristocratic education is based on.; A igualdade, presente na educação de rebanho e que justifica a democracia, nivela o desenvolvimento humano por baixo, para o pior...