Página 1 dos resultados de 1062 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Relações hídricas e respostas ao déficit hídrico da espécie Bauhinia forficata Link: mecanismos de manutenção do status hídrico ; Water relations and responses to water deficit in Bauhinia forficata Link species: mechanisms of maintenance of water status.

Sanches, Rodrigo Fazani Esteves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.82%
O déficit hídrico decorrente da seca se estabelece quando a absorção de água pelas raízes não consegue atender as demandas da planta, entre as quais estão a fotossíntese e transpiração, essenciais ao crescimento vegetal. Para avaliar a influência de déficits hídricos de diferentes intensidades nas relações hídricas, trocas gasosas, crescimento e acúmulo de carboidratos de Bauhinia forficata Link, plantas foram cultivadas em casa de vegetação durante três meses em vasos de 20 L e submetidas aos seguintes regimes: regas diária (controle) e regas a cada 7 (7D) e 15 dias (15D) retornando as regas diárias nos regimes 7D e 15D aos 75 dias de experimento. Em intervalos quinzenais (15, 30, 45, 60, 75, 90 dias) foram avaliados a umidade do solo (Usolo), potencial hídrico foliar (wf), a fotossíntese em resposta a radiação fotossinteticamente ativa (AxPAR) para obtenção da assimilação liquida máxima (Amax) e do ponto de saturação luminoso (PARsat), área foliar total (AFT) e massas secas (MS) de folhas (MSf), caules (MSc) e raízes (MSr). Foi também coletado material vegetal para as análises bioquímicas quantitativas dos teores de açúcares solúveis totais (AST), redutores (AR), amido (S) e prolina (Pro) por métodos colorimétricos e qualitativos da composição de carboidratos solúveis neutros por HPAEC/PAD e análise de açúcares alcoóis por GC/MS. O déficit hídrico afetou as relações hídricas...

Estudo do transcriptoma associado ao déficit hídrico e desenvolvimento de imunoprecipitação de cromatina em cana de açucar para estudos de redes regulatórias transcricionais; Transcriptomics associated with water deficit and development of chromatin immunoprecipitation in sugarcane to study transcriptional regulatory networks

Costa, Maximiller Dal-Bianco Lamas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.77%
A cana-de-açúcar é uma gramínea C4 usada por séculos como a principal fonte de açúcar e mais recentemente para obtenção de etanol. Devido a sua grande importância no cenário econômico mundial, estudos em cana-de-açúcar são cada vez mais importantes no sentido de prover informações que possam levar ao aumento de produtividade para suprir tanto a demanda interna quanto externa. No entanto, a quantidade de dados moleculares e biotecnológicos disponíveis está muito aquém do necessário, e investimentos na obtenção de novos conhecimentos serão necessários se quisermos evoluir neste campo, assim como manter o nosso país como líder na produção de etanol. Neste trabalho, conduzimos experimentos em campo para comparar variedades contrastantes para a tolerância ao déficit hídrico e realizamos diagnósticos fisiológicos e moleculares para diferenciar as variedades. O estresse hídrico levou à diminuição do crescimento e desenvolvimento de todas as três variedades analisadas. A variedade RB855536 foi identificada como a menos produtiva das três, visto que em condições de déficit hídrico ela diminui mais seu crescimento, sofre mais efeitos do estresse oxidativo, acumula mais osmólitos e tem o ciclo de Calvin menos ativo. A variedade RB867515 teve um melhor desempenho...

Avaliação de modelo agrometeorológico para tolerância de genótipos de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) ao déficit hídrico; Agrometeorological model evaluation for sugarcane (Saccharum spp.) genotype tolerance to water stress

Sabadin, Jose Felipe Gonzaga
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.89%
O aumento da demanda por energias renováveis proporcionou um intenso crescimento do setor sucroenergético. Essa expansão fez com que a cana-deaçúcar passasse a ocupar novas regiões agrícolas, em especial o Cerrado brasileiro. No entanto, essas novas regiões enfrentam grandes desafios para a produção da cultura, no qual o déficit hídrico é o de maior importância. Sabendo-se disso, o conhecimento da tolerância diferencial de genótipos de cana-de-açúcar ao déficit hídrico, se torna importante ferramenta para o manejo do sistema de produção. O Método da Zona Agroecológica (MZA), também conhecido como Modelo da FAO, estima a produtividade potencial e atingível das culturas agrícolas, mediante a entrada de variáveis meteorológicas. O Modelo da FAO determina que a depleção da produtividade ocorre em função do déficit hídrico relativo (1- ETr/ETC), através de um coeficiente de resposta ao déficit hídrico, denominado Ky. Nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo verificar a tolerância de genótipos de cana-deaçúcar ao déficit hídrico, mediante o uso desse modelo. Para isso, foram necessários os dados de produtividade real de 18 genótipos em 79 ensaios diferentes do Programa de Melhoramento Genético de Cana-de-açúcar do Instituto Agronômico de Campinas (Programa Cana/IAC)...

Variação da pressão de turgor de plantas de milho em condições de déficit hídrico; Turgor pressure variation among maize plants under water deficit condition

Riboldi, Lucas Baiochi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.88%
O milho é relativamente tolerante ao estresse hídrico, principalmente nas suas fases iniciais de crescimento, mas caso sujeito ao déficit hídrico apresenta diminuição do crescimento pela redução da taxa fotossintética e da disponibilidade de água em seus tecidos. O monitoramento do potencial da água da planta é importante indicador do grau de déficit hídrico. Porém, os métodos existentes para sua determinação não são passíveis de automatização e por serem de natureza destrutiva, nem sempre se mostram adequados na determinação do estresse hídrico. Com a nova sonda magnética desenvolvida por Zimmermann e colaboradores (2008) para a determinação do turgor foliar, pode-se avaliar o status hídrico da planta e, em certos casos, até indicar o momento ideal para a irrigação. Ela é altamente sensível, versátil, não destrutiva, fácil de manusear, apresentando resultados imediatos e disponíveis online. Assim o objetivo deste trabalho foi verificar se plantas de milho em crescimento, submetidas a ciclos de estresse hídrico possuíam a capacidade de recuperação, além de testar a eficácia desta nova técnica para o monitoramento do estresse. As plantas cresceram em vasos em casa de vegetação, onde além das medidas de turgor expressas pela variável Pp ("pressão resultante" da sonda) foram monitorados...

Produtividade de cana-de-açúcar irrigada por gotejamento: Interações entre variedades, lâminas e intensidade do déficit hídrico na fase de maturação; Productivity of sugarcane drip irrigated: interactions between varieties, irrigation depth and water deficit intensity during ripening

Barbosa, Fernando da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.9%
O setor sucroenergético enfrenta atualmente uma crise industrial e agrícola, carecendo de pesquisas para reverter este quadro, dependendo de matéria-prima a custos competitivos, e isso, passa obrigatoriamente pelo aumento de produtividade no campo. A irrigação é uma das alternativas para o aumento de produtividade, mas exige investimentos consideráveis para se irrigar de forma profissional. Além disso, a crescente demanda por alimentos e a competição por recursos hídricos em todo o mundo são uma realidade que impulsiona o uso mais eficiente da água em todos os setores, principalmente na agricultura. Assim, com a hipótese de que, para cada variedade de cana-de-açúcar, existe uma combinação mais adequada entre a lâmina de irrigação e a intensidade do déficit hídrico na fase de maturação, de modo a maximizar a produtividade, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de quatro lâminas de irrigação e quatro intensidades de déficit hídrico na fase de maturação, para oito variedades de cana-deaçúcar irrigadas por gotejamento, analisando as variáveis relacionadas à qualidade e à produtividade por unidade de área, bem como, quantificando a produtividade por unidade de água (evapo)transpirada (produtividade da água). O experimento foi conduzido em estufa na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (USP)...

Eficiência de herbicidas inibidores da ALS e PROTOX sob condições de déficit hídrico no comportamento bioquímico de plantas daninhas

Vitorino, Hermeson dos Santos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 78 f. : tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.87%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Agronomia (Agricultura) - FCA; O objetivo deste estudo foi o de avaliar em condições de casa de vegetação a eficiência de herbicidas inibidores das enzimas acetolactato sintase (ALS) e protoporfirinogênio oxidase (PROTOX) em pós-emergência em plantas de Euphorbia heterophylla, Bidens pilosa e Ipomoea grandifolia quando submetidos a déficit hídrico, bem como a ação destes sobre algumas características bioquímicas. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 4x2, sendo quatro herbicidas utilizados (fomesafen, lactofen, chlorimuron-ethyl e imazethapyr) e dois níveis de déficit hídrico: com déficit (-0,5 MPa) e sem déficit (-0,01 MPa). Quando as plantas daninhas atingiram o estádio de um par de folhas definitivas a manutenção da umidade do solo nos dois níveis de cada tratamento. Aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação (DAA) dos herbicidas foi avaliado o controle (por escala visual) e aos 28 DAA a massa seca da parte aérea. As plantas utilizadas para a determinação dos solutos orgânicos (carboidratos solúveis, proteínas totais e aminoácidos livres) foram coletadas às 24...

Parâmetros biométricos, acúmulo de prolina e identificação de respostas moleculares, por cDNA-AFLP, ao estresse por déficit hídrico em cana-de-açúcar

Gimenez, Daniele Fernanda Jovino
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: v, 106 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) - FCAV; A cana-de-açúcar (Saccharum spp.) é uma das mais importantes culturas e o Brasil é considerado o maior produtor mundial de etanol. Entretanto, sua produção é diretamente influenciada pelos estresses ambientais, entre eles, o déficit hídrico. Sendo assim, o objetivo do trabalho foi avaliar o comportamento, por meio de análises biométricas e bioquímica de três cultivares de cana-de-açúcar tolerantes (SP83-5073 e RB86-7515) e sensível (SP86-155) ao estresse por déficit hídrico, e verificar a expressão gênica diferencial dependente do genótipo, utilizando a técnica de cDNA-AFLP. Aos 186 dias após o plantio, em casa de vegetação, as cultivares foram submetidas a 1, 3, 5 e 10 dias de supressão da rega. Foi verificado na cultivar RB86-7515 o maior diâmetro do colmo, matéria fresca e seca de folhas e bainha e na cultivar SP86-155, maior altura inicial, número de folhas e matéria fresca de colmo. O teor de prolina livre nos palmitos foi estatisticamente significativo a partir do terceiro dia de supressão da rega, onde foi verificada a maior média na cultivar RB86-7515...

Adubação com silício e tolerância ao déficit hídrico em cana-de-açúcar

Bezerra, Breno Kennedy Lima
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 60 f. : grafs., tabs
POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
Pós-graduação em Agronomia (Agricultura) - FCA; Although the Brazilian sugar and ethanol industry has been facing one of its worst crises, sugarcane crop has been expanding to new areas, including sandy soils subject to water deficit. Silicon (Si) is an element that can minimize the effects of drought in several plants, but there is little information on its effects on sugarcane subjected to water deficit. Thus, the objective of this study was to evaluate the use of silicon fertilization in two sugarcane cultivars under water deficit during phase (tillering and maximum development). The two experiments were carried out inside a greenhouse at Agency for Agribusiness Technology of São Paulo (APTA), Piracicaba, SP, where were transplanted pre-sprouted seedlings in pots of 100 L. The design was randomized blocks with triple factorial 2x2x2 (variety, silicon and water regime) with four replications. Two varieties of sugarcane (drought tolerant -RB867515 and as sensitive-RB855536), with and without silicon-supplied (600 and 0 kg ha-1) subjected or not to water restriction (60% and 100% humidity of field capacity, respectively) this condition was imposed for 30 and 60 days during the tillering phase or maximum development phase (three and six months after transplanting) were studied. Evaluations were done at three periods: before water deficit and after 30 and 60 days. The effects in biochemical attributes (plant height...

Fator de resposta da produção do cafeeiro ao deficit hídrico em Campinas

Arruda,Flávio Bussmeyer; Grande,Marcos Alexandre
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.69%
A quantificação da resposta do cafeeiro à disponibilidade de água é um importante fator na estimativa da produção e na análise da viabilidade da irrigação. Nesse sentido, as produções de café irrigado (Yi) e não irrigado (Yni) de um experimento conduzido por 16 anos em Campinas (SP), foram analisadas como diferenças relativas (Yi-Yni)/Yi e correlacionadas com o déficit hídrico, expresso pelos respectivos valores de evapotranspiração real, (ETRi-ETRni)/ETRi, com R² = 0,6417. A supressão de cada mês do ano permitiu verificar sua importância relativa na correlação. Abril, maio, junho e julho mostraram importância na relação com a produção. Foi possível o ajuste do coeficiente de sensibilidade ou fator de resposta da produção do cafeeiro ao déficit hídrico, Ky, conforme recomendação da FAO. O fator de resposta de produção (Ky) anual mostrou-se linearmente crescente com a idade da planta, indicando aumento quanto à sensibilidade ao déficit hídrico ao longo dos anos.

Avaliação do alongamento foliar de acessos de Brachiaria brizantha Stapf sob déficit hídrico.

RIBEIRO, F.; CRUZ, P. G. da; SANTOS, P. M.; VALLE, C. B. do
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 46., 2009, Maringá. Anais... Maringá: SBZ: UEL, 2009. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 46., 2009, Maringá. Anais... Maringá: SBZ: UEL, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
O objetivo do presente trabalho foi avaliar o alongamento foliar de quatro acessos de Brachiaria brizantha Stapf submetidos a estresse por déficit hídrico. Os tratamentos foram alocados em esquema fatorial 4x2 (acessos BRA 004308, BRA 004367, BRA 006866 e BRA 007277 e duas condições hídricas com/sem estresse) no delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. O alongamento foliar foi medido em quatro dias seguidos em que as plantas permaneceram sob estresse por déficit hídrico. Os dados foram analisados como medidas repetidas no tempo. O acesso BRA 004308 foi o que apresentou a menor tolerância ao déficit hídrico, reduzindo seu crescimento logo no segundo dia de estresse (P

Tolerância ao déficit hídrico em acessos de Brachiaria brizantha: área foliar.

TASSIM, T. A.; SANTOS, P. M.; CRUZ, P. G.; CAPUTTI, G.
Fonte: In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 17.; JORNADA CIENTÍFICA DA UFSCar, 8., 2009, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: UFSCar, 2009. Publicador: In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 17.; JORNADA CIENTÍFICA DA UFSCar, 8., 2009, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: UFSCar, 2009.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.66%
As espécies do gênero Brachiaria são as mais usadas no estabelecimento, na formação e recuperação de pastagens no Brasil. Mas devido ás proporções e variações climáticas no país, ocorre estacionalidade de produção que são responsáveis por baixos índices de produção animal a pasto. A deficiência de água no solo interfere nas relações hídricas, na fisiologia e na morfologia das plantas forrageiras a ponto de causar estresse hídrico, que, conforme a magnitude pode limitar severamente a produção de forragem e até mesmo a sobrevivência da espécie. O conhecimento da resposta de cultivares e acessos de Brachiaria brizantha ao estresse por déficit hídrico, auxiliarão no desenvolvimento de gramíneas forrageiras mais eficientes no uso da água, proporcionando menor estacionalidade de produção e redução da necessidade de água por unidade de carne produzida. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito do déficit hídrico sobre a área foliar de três acessos de Brachiaria brizantha. O experimento foi conduzido em casa de vegetação na Embrapa Pecuária Sudeste.; 2009

Tolerância ao estresse por déficit hídrico em cultivares de Brachiaria brizantha.

PARMEJIANI, R. S.; SANTOS, P. M.; VALLE, C. B. do; CRUZ, P. G. da; ARAUJO, L. C. de.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.81%
O conhecimento dos mecanismos fisiológicos de resposta às condições de estresse por déficit hídrico poderá auxiliar no desenvolvimento de gramíneas forrageiras mais eficientes no uso da água. O objetivo deste projeto foi verificar o efeito do estresse por déficit hídrico sobre o desenvolvimento de cv. Marandu e cv. Piatã. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação na Embrapa Pecuária Sudeste em blocos completos ao acaso com arranjo em fatorial 2x2x4 (dois acessos, duas condições hídricas e quatro coletas) com três repetições. Os vasos foram preenchidos com terra fina seca previamente corrigida com calcário (PRNT=90%). O capim-marandu (CM) e o capim-piatã (CP) foram avaliados sob duas condições de disponibilidade de água (com ou sem estresse). Oito semanas após o plantio, as plantas foram cortadas a 20 cm de altura. A irrigação dos vasos do tratamento com estresse foi suspensa a partir de 25 dias após o corte, quando a coleta de dados foi iniciada. As coletas foram feitas 0, 7, 14 e 28 dias após o início do estresse. Os vasos do tratamento testemunha (sem estresse) continuaram sendo irrigados até a capacidade de campo. Após o início do estresse, as seguintes variáveis foram avaliadas: taxa de alongamento foliar (cm/folha.dia); potencial hídrico nas folhas (MPa); potencial osmótico nas folhas (MPa); massa seca de lâminas foliares (mg/planta)...

Tolerância ao déficit hídrico após ciclos recorrentes de seca em Moringa oleifera

Costa, Rebeca Rivas; Santos, Mauro Guida dos (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
66.66%
Moringa oleifera é uma arbórea, tolerante à seca e a solos pobres, no semiárido nordestino, compreendendo uma alternativa para os sertanejos que vivem a nível de subsistência. É principalmente utilizada na limpeza de água por apresentarem propriedades coagulantes e floculantes. As sementes apresentam destacado valor comercial contendo alto teor de óleo com qualidades ímpares para produção de biocombustível. Estudos recentes indicam que quando a planta sofre uma exposição prévia a um estresse, ela tem a capacidade de responder mais rápido e com mais vigor a um evento de estresse recorrente, esse fenômeno é conhecido como endurecimento (hardening). Isso implica que as plantas tem a capacidade de memória (stress imprint). O objetivo do trabalho foi avaliar se plantas jovens de Moringa oleifera são capazes de carregar na memória estresses hídricos recorrentes ocorridos desde a germinação das sementes até o porte de plantas jovens e com isso apresentar maior tolerância à seca. As sementes foram germinadas em baixos potenciais osmóticos 0,0; - 0,1; - 0,2; - 0,3; - 0,4 e - 0,5 MPa. Foram utilizadas plantas jovens com 50 dias após a emergência, originadas da germinação de três potenciais osmóticos 0...

Evaluación de la respuesta fisiológica de plantas de dos accesiones de physalis peruviana l. frente a condiciones de déficit hídrico

Henao Parra, Diana María
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Formato: PDF
Relevância na Pesquisa
66.66%
La uchuva es una planta de origen andino cuyo fruto es comestible. La uchuva ocupa el segundo lugar en las exportaciones de frutas tropicales de Colombia (Fischer, 2005). Una de las problemáticas que enfrentan los fruticultores de uchuva se relaciona con la baja calidad de los frutos (malformaciones, agrietamiento y reducción de las propiedades organolépticas), lo que ocasiona importantes pérdidas económicas (Torres et al., 2004; Fischer, 2005). Se sabe que las plantas de uchuva que han sido sometidas a déficit hídrico severo en cualquier momento de la etapa vegetativa producen frutos de tamaño reducido y son más susceptibles al cuarteamiento o agrietamiento (Torres et al., 2004). Es por esto que se debe garantizar un nivel óptimo y constante de humedad en el suelo en la etapa vegetativa (Torres et al., 2004; Fischer, 2005; Peet & Willits, 1995). Se hace evidente la relevancia de los estudios que aporten información acerca de las relaciones hídricas en la etapa vegetativa de la uchuva. Por tanto el objetivo de este trabajo fue evaluar la respuesta fisiológica de plantas de las accesiones 47 y 49 de Physalis peruviana L. frente a condiciones de déficit hídrico, evaluando parámetros relacionados con la eficiencia fotosintética...

Dinâmica temporal do estado fisiológico de cana-de-açúcar sob déficit hídrico; Temporal dynamics of physiological state of sugarcane under drought

Garcia, Fernando Henrique Silva
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFLA; brasil; Departamento de Biologia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFLA; brasil; Departamento de Biologia
Tipo: Dissertação
Publicado em 10/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.89%
In Brazil, sugarcane is the main agricultural crop for clean power generation, provided by its high biomass production in the field, associated with positive energy balance for biofuel production. However, in recent years, sugarcane cultivation suffered significant reduction in production due to frequent periods of dry spells over the years. Thus, the period of time of sugarcane exposure to drought could cause changes in the physiological mechanisms in order to minimize the negative effects of successive periods of water restriction. The aim of this study was to evaluate the temporal dynamics of physiological state of four varieties of sugarcane under drought. The experiment was conducted at the Universidade Federal de Lavras, with the sugarcane varieties: RB867515 and RB835486 (tolerant) and RB 72454 and RB 855453 (susceptible), submitted to two cycles of drought and rehydration. Were analyzed the physiological variables: maximum and minimum water potential, photosynthesis rate, stomatal conductance, transpiration, respiration rate, chlorophyll concentration, relative water content and concentration of sucrose, starch and reducing sugar in the leaf. Data were submitted to principal component analysis. It was observed that the varieties of sugarcane showed decreases in all physiological variables analyzed after exposure to the first water deficit cycle. However...

Nutrição e rendimento da macieira em resposta às adubações nitrogenada e potássica e ao déficit hídrico; Nutrition and yield of apple trees in response to nitrogen and potassium fertilizations and water deficit

Nava, Gilberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.85%
No presente trabalho objetivou-se, em um dos experimentos, avaliar o efeito das adubações nitrogenada e potássica sobre: a) o rendimento e composição mineral de maçãs; b) alguns atributos qualitativos de maçãs; c) a composição mineral das folhas e o crescimento da macieira (Malus domestica Borkh) e, noutro, avaliar a influência da aplicação de resíduo de papel na superfície do solo e da carga de frutos em atenuar os efeitos do déficit hídrico da macieira. O primeiro experimento foi conduzido durante os anos de 1998 a 2006, em São Joaquim-SC, Brasil, utilizando-se o cultivar 'Fuji'. Os tratamentos consistiram das combinações de quatro doses de N e K (0, 50, 100 e 200 kg ha-1 de N e K2O), aplicadas anualmente ao solo. O segundo experimento foi realizado em 2006, no município de Summerland-BC, Canadá, envolvendo a combinação do déficit hídrico em três períodos (50 a 90, 80 a 110 e 110 a 150 DAPF) do ciclo da macieira 'Golden Delicious', aplicação de resíduo de papel na superfície do solo (com e sem) e ajuste da quantidade de frutos (100% e 50%). O rendimento foi aumentado em cinco e em quatro dos oito anos avaliados pela adubação nitrogenada e potássica, respectivamente. O tamanho dos frutos foi mais influenciado pela adubação potássica que pela nitrogenada. As adições de N e K afetaram a composição mineral dos frutos...

Respuesta al déficit hídrico en el crecimiento de forestales del bosque urbano de Mendoza. Análisis comparativo en arboles jóvenes; Response to water deficit on tree growth from urban forestry of mendoza city. Comparative analysis in sapling trees

Martinez, Claudia Fernanda; Cavagnaro, Juan Bruno; Roig, Fidel; Canton, Maria Alicia
Fonte: Univ Nacional Cuyo Publicador: Univ Nacional Cuyo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
66.72%
El objetivo del trabajo fue evaluar la respuesta de plantas jóvenes de cuatro especies forestales urbanas a diferentes niveles de déficit hídrico. El ensayo se realizó en vivero, durante tres ciclos vegetativos, con plantas de Platanus hispanica (plátano), Morus alba (morera), Fraxinus americana (fresno americano) y Acacia visco (acacia visco). Los tratamientos de riego fueron: Control (reposición del 100 % transpirado); Riego deficitario moderado (reposición del 66 % transpirado) y Riego deficitario severo (reposición del 33 % transpirado). Las variables de respuesta evaluadas fueron altura, diámetro de tallos, área foliar y ancho de anillos de crecimiento. Las plantas bajo riego deficitario severo presentaron disminuciones en todos los parámetros de crecimiento considerados. Acacia visco, resultó con crecimientos comparable al control, bajo riego deficitario equivalente al 66% del agua transpirada, con lo cual puede ser considerada especie de interés para forestaciones en condiciones de estrés hídrico moderado.; The objective was to evaluate the young plants response of four urban forest species at different levels of water deficit. The manipulative experiment was conducted in nursery for three growing seasons, with saplings of Platanus x hispanica cv. acerifolia (London plane)...

CARACTERIZAÇÃO DO TOMATEIRO SUBMETIDO AO DÉFICIT HÍDRICO

MORALES, Rafael Gustavo Ferreira; EPAGRI; RESENDE, Luciane Vilela; Universidade Federal de Lavras; BORDINI, Isadora Carlos; Universidade Federal de Lavras; GALVÃO, Alexandre Gonçalves; Universidade Federal de Lavras; REZENDE, Fátima Conceição; Univer
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
O experimento foi conduzido com o objetivo avaliar as características morfofisiológicas do tomateiro quando submetido a diferentes níveis de déficit hídrico e, com base nesses resultados, indicar os melhores caracteres para seleção de plantas com maior resistência ao déficit hídrico. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema de parcelas subdivididas, em que os tratamentos principais (parcelas) foram constituídos por duas linhagens (TOM-684 e M-82) e as subparcelas por quatro níveis de umidade do solo (100 %, 75 %, 50 % e 25 % da capacidade de campo). Foram avaliados os seguintes caracteres: produção de frutos, massa fresca e seca das folhas, caule e sistema radicular, diâmetro do caule, altura das plantas, número de folhas, fotossíntese, transpiração, temperatura foliar, umidade intercelular, dióxido de carbono intercelular, condutância estomática, condutância de CO2 intercelular e condutância total. Com a redução da umidade do solo houve redução do número de folhas, altura das plantas, massa fresca e seca das folhas, caule e sistema radicular, transpiração, taxa fotossintética, produção de frutos e aumento da temperatura foliar. A condutância estomática diferiu entre as duas linhagens...

Efecto del déficit hídrico sobre el ciclo productivo de la palma aceitera en el estado Monagas, Venezuela

Barrios Maestre,Renny; Mark,DelValle; Rivas,Editor; Fariñas,José; Salazar,José; Rodríguez,Gladys
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas INIA de Venezuela Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas INIA de Venezuela
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 ES
Relevância na Pesquisa
66.75%
La distribución unimodal de la precipitación en la región palmera del estado Monagas genera períodos de déficit hídrico y períodos de excesos de humedad que se reflejan en la producción de la palma aceitera, Elaeis guineensis Jacq. Con el fin de determinar el efecto del déficit hídrico sobre el ciclo productivo de la también llamada palma africana, se estudió la correlación entre la disponibilidad hídrica y la producción del cultivo. El trabajo se realizó en la zona palmera Vuelta Larga-La Hormiga, municipio Maturín, estado Monagas, con un clima Bosque Húmedo Tropical, el paisaje corresponde a terrazas aluviales del río Guarapiche y los suelos predominantes son ultisoles y entisoles. Se estimaron balances hídricos a intervalos de 5 d a través de la metodología de Thornthwaite y Mather (1955). Se utilizaron registros de la estación climatológica del Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas (INIA) ubicada en San Agustín de La Pica (latitud 09º46´34,2´´ N; longitud 63º03´21,4´´ W; altitud 24 m.s.n.m.) y registros de producción de racimos de palma aceitera arrimada a la planta extractora por 18 fincas de la zona durante el período 2000-2004. Esta región palmera presentó un défi cit hídrico de 450 mm anuales...

Acumulación de biomasa seca en diferentes órganos de la planta de arroz en condiciones de déficit hídrico

García,Aymara; Dorado,Maydelín; Pérez,Isel; Cun,Reinaldo; López,Teresa; Montilla,Eugenio
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas INIA de Venezuela Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas INIA de Venezuela
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 ES
Relevância na Pesquisa
66.69%
El estudio evaluó el efecto del déficit hídrico inducido en la etapa de macollamiento sobre la acumulación de biomasa seca en diferentes órganos de la planta de arroz, Oryza sativa L., cv Jucarito 104, cultivada en dos épocas de siembra, seca y lluvia. La suspensión del riego en la etapa de máximo macollamiento en cada época, se reflejó en el contenido relativo de agua (CRA) de las hojas y en la humedad volumétrica en el suelo en relación al tratamiento de inundación. Desde los 10 días después de la antesis (10 DDA) a la madurez, las mayores reducciones en la duración de la biomasa (DB) se obtuvieron en la vaina de la hoja bandera (HB) y el macollo principal (MP) de las plantas con déficit hídrico. Esta etapa coincidió con el incremento de la DB de la panícula. Los resultados permiten concluir que en condiciones de déficit hídrico, el llenado de las panículas depende esencialmente de los fotoasimilados de reserva acumulados en la vaina de la HB y el MP. En la época lluvia, una mayor duración del área foliar (DÁF) del MP posibilita una mayor DB de la lámina y la vaina de la HB, pero la DB de la panícula fue menor que en la época seca. Esto sugiere que las condi­ciones climáticas influyen sobre la partición de los fotoasimilados de reserva para contribuir al rendimiento de las plantas en estas condiciones.