Página 1 dos resultados de 5598 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Efeitos do treino de força nos níveis de testosterona e cortisol

Sá, Mário Joaquim Peixoto Moreira
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Introdução: A razão entre a concentração de testosterona e cortisol é frequentemente utilizada como indicador do nível de stress imposto pelo exercício, alterações na concentração destas hormonas são responsáveis por modular diversas respostas induzidas pelo treino, como hipertrofia e ganho de força (Uchida, et al, 2004). O presente trabalho (através de dois artigos elaborados) tem como principal objetivo conhecer a associação entre o treino de força e suas implicações hormonais, em particular com dois protocolos do treino de força e as alterações que esses mesmos protocolos influenciam a produção hormonal de testosterona e cortisol. Método: Efetuou-se uma pesquisa de estudos através da fonte online da PubMed/Medline e Google Scholar entre janeiro e fevereiro de 2014 de forma a conhecer melhor os estudos associados ao treino de força e, as implicações que têm em questões hormonais, especificamente em relação à testosterona e cortisol (artigo 1) e aplicação de dois protocolos de treino de força e verificar as suas repercussões hormonais em homens adultos e saudáveis. Resultados: Dos 56 artigos identificados foram selecionados 15 para leitura integral e incluídos 7 artigos para a RSL. Para cada um extraiu-se a informação relativa ao tipo e desenho de estudo...

Concentração plasmática de cortisol decorrente do exercício físico em cavalos de enduro; Plasma cortisol level attributable to physical exercise in endurance horses

Miyashiro, Patricia; Michima, Lilian Emy dos Santos; Bonomo, Carolina Castanho Mambre; Fernandes, Wilson Roberto
Fonte: UNESP; Jaboticabal Publicador: UNESP; Jaboticabal
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
O objetivo deste trabalho foi relacionar a intensidade do exercício físico e as concentrações de cortisol plasmático em cavalos de enduro, uma competição em que somente animais experientes podem competir nas provas mais longas. Foram utilizados 30 equinos Puro Sangue Árabe e mestiços Árabe, machos ou fêmeas participantes de provas de enduro. Foram divididos em três grupos de 10 animais: (G1): percorreram mais de 100km, (G2): percorreram menos de 100km, e (G3): desqualificados por causa metabólica. Foram realizadas dosagens de cortisol plasmático em três momentos diferentes: (t0): dia anterior à competição, (t1): 30 a 60 minutos após o término da prova e, (t2): 90 a 120 minutos após o término da prova. Concluiu-se que o enduro leva ao aumento do cortisol plasmático; animais que percorrem maiores distâncias apresentam menor aumento das concentrações de cortisol; animais desqualificados por causa metabólica, que passam por situações de extremo esforço físico, tendem a valores de cortisol mais elevados e animais menos experientes apresentam valores de cortisol mais elevados mesmo tendo percorrido menores distâncias.; The objective of this study was to establish a relationship between exercise and plasma cortisol levels in endurance horses. A race in which only experienced animals may run longer distances. Thirty male and female...

Reatividade ao manejo de novilhos Nelore confinados e suas relações com cortisol plasmático, temperatura corporal e desempenho; Management reactivity of Nellore steers in feedlot and your relationship with plasmatic cortisol, body temperature and performance

Gatto, Eliane Gil
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
A reatividade, considerada como uma característica comportamental apresentada pelos bovinos diante das práticas de manejo, mais evidente nos animais de raças zebuínas, em associação com medidas fisiológicas pode se mostrar como um indicativo de estresse, dor ou desconforto, além de estar intimamente relacionada a diversas respostas produtivas apresentadas pelos animais dessa espécie. Desse modo, há necessidade de agregar essa característica, facilmente observável, ao conjunto de fatores que determinam o desempenho do animal. Para tanto, o presente estudo teve como objetivo avaliar a reatividade de novilhos Nelore confinados em dois diferentes sistemas (Curral ou Baia como tratamentos), e sua relação com o cortisol plasmático, temperatura corporal e desempenho. Foram avaliados 36 novilhos quanto às reatividades apresentadas durante o manejo de pesagem, a cada 28 dias, utilizando uma escala de Escores de Reatividade (ER) variando de 1 a 5, sendo 1 o valor atribuído ao animal mais calmo e o 5, ao animal mais reativo. Também foram coletadas amostras de sangue para posterior dosagem do cortisol plasmático, além do acompanhamento dos ganhos de peso durante todo o período. Não foram encontradas diferenças significativas da reatividade quanto ao sistema de alojamento...

Ansiedade ao tratamento odontológico de urgência e a sua relação com a dor e os níveis de cortisol salivar; Dental anxiety in dental urgency atttendance and its relation with pain and salivary cortisol levels

Kanegane, Kazue
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
A ansiedade ao atendimento odontológico, apesar do aprimoramento das técnicas e dos materiais, ainda é freqüente em pacientes de urgência. O objetivo deste trabalho foi relacionar ansiedade ao tratamento odontológico à concentração de cortisol salivar de pacientes em atendimento de urgência odontológica, com e sem queixa de dor. Foram entrevistados 73 pacientes entre 18 a 76 anos (média 38,22 anos) que compareceram ao Setor de Urgência Odontológica da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (SUO-FOUSP), e coletadas amostras de saliva para mensuração do cortisol salivar antes do atendimento. A ansiedade foi medida através da Modified Dental Anxiety Scale (MDAS) e a intensidade da dor através da escala visual analógica (VAS). Foram classificados como ansiosos 30 participantes e 41 relataram dor. Os ansiosos relataram maior vivência de eventos traumatizantes (p<0,05), relacionados aos procedimentos mais invasivos. Não houve relação entre ansiedade e concentração de cortisol salivar. Entre os gêneros, só houve diferença no grupo dos não ansiosos (p<0,05). Pacientes não ansiosas independente da dor apresentavam menor concentração de cortisol que seus pares. Pacientes com dor eram mais jovens e apresentavam maior concentração de cortisol salivar (p<0...

Estresse, concentrações de cortisol e estratégias de coping no desempenho da memória de idosos saudáveis, com comprometimento cognitivo leve e doença de Alzheimer; Stress, cortisol levels and coping strategies on memory performance of healthy elderly, individuals with mild cognitive impairment and Alzheimers disease

Talarico, Juliana Nery de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Aumento das concentrações de cortisol em idosos com Doença de Alzheimer (DA) tem sido relatado como resultado da ausência de inibição do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA) em decorrência da disfunção hipocampal observada nestes indivíduos. Além disso, associação entre concentrações elevadas de cortisol e comprometimento da memória tem sido evidenciada em idosos saudáveis. Entretanto, pouco se sabe a respeito do envolvimento do estresse nas concentrações de cortisol, no desempenho cognitivo e nas estratégias de coping tanto em idosos saudáveis como naqueles com comprometimento cognitivo leve (CCL) e DA. Assim, este estudo teve o objetivo de investigar a associação entre intensidade de estresse, concentrações de cortisol, estratégias de coping e desempenho cognitivo em idosos saudáveis, com CCL e DA. Para isto, concentrações basais de cortisol salivar foram analisadas em uma amostra composta por 40 idosos saudáveis, 31 idosos com CCL amnéstico e 40 indivíduos com DA leve. O desempenho cognitivo global foi avaliado a partir do mini-exame do estado mental (MEEM), o desempenho da memória através da Bateria Breve de Avaliação Cognitiva (BBAC) e pelo teste de extensão de dígitos na ordem inversa. A intensidade do estresse foi avaliada a partir da Lista de Sintomas de Stress (LSS) e as estratégias de coping através da Escala de Coping de Jalowiec (ECJ). Desta forma...

Análise do nível do cortisol salivar em crianças portadoras de fimose e tratadas com corticóide tópico; Analysis of the level of salivary cortisol in children carryng of phimosis and treated with corticosteroid topical.

Pileggi, Flavio de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/11/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
PILEGGI, F.O. Análise do nível do cortisol salivar em crianças portadoras de fimose e tratadas com corticóide tópico. 2008. 60 f. Tese (Doutorado) Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008. O tratamento da fimose, apesar de muita controvérsia, tem como primeira escolha o uso de corticóide, topicamente e se realiza a postectomia apenas se existe falha do tratamento clínico. Os bons resultados relatados em diversos trabalhos publicados na literatura médica, desencadeou o uso indiscriminadamente, em vários ciclos, por prolongados períodos, sem orientação correta da higiene prepucial. O uso prolongado do corticóide ocasiona efeitos adversos tanto locais como sistêmicos, e a absorção desse corticóide, utilizado em pequenas dosagens, aplicado topicamente, ainda não foi bem esclarecida. Alguns trabalhos citam a ausência de efeitos adversos locais, alguns estudos mostram a absorção, mas sem estudar a supressão do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (H-H-A) (Kelly, Cains et al., 1991; Golubovic, Milanovic et al., 1996; Yanagisawa, Baba et al., 2000). Para analisar a absorção do corticóide, no tratamento tópico do anel fimótico, 31 crianças foram submetidas à coleta do cortisol salivar basal...

Estressores ocupacionais, concentração do cortisol e saúde de motoristas de caminhão; Occupational stressors, cortisol and health of truck drivers

Ulhôa, Melissa Araújo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Introdução: Estudos mostram que motoristas de caminhão estão sujeitos a estressores no trabalho, tais como, por exemplo, a longa jornada de trabalho vinculada ao prazo curto de entrega de mercadorias, a vibração e o ruído do caminhão. O objetivo geral desse estudo foi avaliar os estressores ocupacionais e a concentração do cortisol em motoristas de caminhão, bem como a saúde física e mental desses trabalhadores, segundo os turnos de trabalho. Métodos: Participaram 57 motoristas de caminhão de uma transportadora de cargas que responderam a um inquérito sobre dados sociodemográficos, saúde, sono, condições de vida e trabalho, incluindo as dimensões da demanda, controle e satisfação no trabalho. Os motoristas usaram actímetros e tiveram suas medidas antropométricas e pressão arterial aferidas, além de exames bioquímicos de sangue. Posteriormente, 21 motoristas do turno diurno e 21 motoristas do turno irregular fizeram três coletas da saliva para análise da concentração do cortisol: ao acordar, após 30 minutos e ao dormir, durante um dia de trabalho e um dia de folga. Para análise dos dados, foi utilizado o teste de associação do qui-quadrado para as variáveis categóricas e testes de diferenças de médias...

Impacto do padrão alimentar na composição corporal, taxa metabólica de repouso, ritmo circadiano do cortisol e balanço nitrogenado em mulheres obesas; Impact of food pattern in body composition, resting metabolic rate, circadian rhythm of cortisol and nitrogen balance in obesity women

Nonino, Carla Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Mudanças no hábito alimentar têm sido descritas como prováveis causas da obesidade. Estudos mostram que o peso depende do balanço energético definido pela relação entre a energia ingerida e o gasto energético. Sugere-se que o padrão alimentar, levando em consideração a freqüência de refeições e sua distribuição durante o dia, possa estar relacionado com a obesidade. Um efetivo programa de perda de peso tem como objetivo a perda do excesso da gordura corporal e a manutenção da massa livre de gordura apropriada para manutenção da saúde. O cortisol é um dos principais hormônios secretados pelo córtex supra-renal com ação predominante no metabolismo intermediário, incluindo a regulação das proteínas, carboidratos, lipídeos e ácidos nucléicos.O presente estudo teve como objetivos determinar se a ingestão alimentar hipocalórica em pacientes obesas grau III, feita exclusivamente no período das 9:00 às 11:00 h em contraposição à mesma dieta oferecida das 18:00 às 20:00 h, é capaz de alterar a perda de peso, a composição corporal, o ritmo de cortisol, o gasto energético e o balanço nitrogenado. As pacientes foram internadas na Unidade Metabólica da Divisão de Nutrologia do Departamento de Clínica Médica do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto USP durante um período de 64 dias...

Avaliação dos níveis de glicose, insulina, cortisol e glucagon em cães com sepse grave submetidos ao tratamento intensivo; Evaluation of glicose, insulin, cortisol and glucagon levels in dogs with severe sepsis submitted to intensive treatment

Reinoldes, Adriane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Com o objetivo de analisar a evolução dos níveis de glicose e dos hormônios insulina, glucagon e cortisol de cadelas com piometra e sepse grave durante o tratamento intensivo, foram estudadas 13 cadelas que apresentaram duas alterações na resposta inflamatória sistêmica e no mínimo uma disfunção orgânica. Antes do procedimento cirúrgico foram colhidas amostras para realização de exames laboratoriais e avaliação dos níveis dos hormônios insulina, glucagon e cortisol. Durante o período de internação, os animais foram avaliados diariamente por meio da análise de perfis bioquímicos renal e hepático, hemograma, sódio, potássio, insulina, glucagon e cortisol. O nível de glicose foi avaliado antes do procedimento cirúrgico, a cada 3 h nas primeiras 6 h e a cada 6 h até a alta ou óbito dos pacientes. Após o procedimento cirúrgico, os animais obtiveram a inserção do aparelho de CGMS no subcutâneo, para avaliação da glicose subcutânea. Um grupo controle com nove animais foram submetidos às mesmas dosagens de glicose do grupo sepse. Para a análise estatística da comparação dos valores obtidos para o grupo controle foi utilizado o teste não paramétrico Wilcoxon. Para avaliação da glicose, glucagon...

Padrão diurno de secreção de cortisol e manifestações psicológicas do estresse em profissionais de enfermagem.; Diurnal pattern of cortisol and psychological manifestations of stress among nursing

Mendonça, Amanda Roca Blasques de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.15%
Introdução: A exposição frequente dos profissionais de enfermagem a estressores relacionados ao trabalho tem sido amplamente descrita na literatura. Entretanto, a magnitude e intensidade do estresse dependem não somente dos estressores, mas também da interação destes com a avaliação cognitiva da situação estressora, com os recursos de enfrentamento e com a reação psiconeuroendócrina do estresse. Embora diversos estudos tenham descrito as reações psicológicas do estresse e seu enfrentamento nos profissionais de enfermagem, pouco se sabe sobre as características da reação neuroendócrina. Isto é particularmente importante, dado que padrões atípicos de secreção diurna de cortisol, principal hormônio do estresse, estão associados ao aumento da susceptibilidade ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, imunológicas e transtornos mentais. Assim, questiona-se a frequência de padrões atípicos de cortisol e sua relação com manifestações psicológicas nestes profissionais. Objetivo: Analisar o padrão diurno de secreção de cortisol dos profissionais de enfermagem de unidades hospitalares. Método: Foram incluídos 56 profissionais de enfermagem randomicamente selecionados, alocados nas unidades ambulatório...

Exposição gestacional ao etanol e avaliação de níveis de cortisol salivar em crianças em idade escolar; Gestational exposure to ethanol and assessment of salivary cortisol levels in school age children

Rodriguez, Isela Iveth González
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.23%
INTRODUÇÃO: Consumo de álcool na gestação é um sério problema de saúde pública envolvendo grande risco de embriotoxicidade e teratogenicidade fetal. Exposição fetal ao álcool causa liberação de glicocorticóides (GC) pela suprarrenal como conseqüência da ativação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HPA). Cortisol é o principal glicocorticóide endógeno capaz de interferir na atividade orgânica, influenciando a retroinibição do eixo HPA. Álcool consumido na gravidez pode alterar indiretamente o desenvolvimento fetal ao perturbar as interações hormonais normais dos eixos hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA), hipotálamo-hipófise-tireoidal (HPT), hipotálamo-hipófise-gonadal (HPG), entre mãe e feto. OBJETIVOS: Comparar dosagens de cortisol salivar em crianças em idade escolar, com e sem histórico prévio de exposição intrauterina ao álcool, e sua relação com risco materno para Fetal Alcohol Spectrum Disorder (FASD) e intensidade do uso de álcool na gestação. METODOLOGIA: Amostra foi constituída de 76 pares de crianças e mães, de doze a treze anos de idade. Para análise do cortisol, foi coletada saliva e feitas análises por radioimunoensaio. RESULTADOS: Em relação à caracterização da amostra em função do risco materno se obteve significância para "mãe praticante de religião" (X²: 5...

Determinação do cortisol sérico em terneiras Aberdeen angus no desmame precoce e tradicional e seus desempenho reprodutivos até o primeiro parto; Serum cortisol levels of aberdeen angus calves submitted to early or traditional weaning and their reproductive performance until first calving

Dias, Marcelo Maronna; Lhullier, Francisco Luiz Rodrigues; Velho, Fabrício de Azevedo; Oliveira, Anna Paula de; Roehe, Paulo Michel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
O desmame precoce pode ser uma alternativa para aumentar a eficiência reprodutiva. Cabe investigar possíveis efeitos estressores que desencadeiam respostas neuroendócrinas inespecíficas, liberando glicocorticóides (cortisol). Este estudo visou determinar as taxas fisiológicas do cortisol sérico em terneiras e examinar as possíveis variações que pudessem ocorrer em função do desmame. Um grupo (n=24) submetido ao desmame com 90 dias pós-parto (precoce) e o outro (n=24) com 210 dias (tradicional). Coletou-se soro aos 80 (precoce) e 180 dias (tradicional) para determinar os níveis basais de cortisol antes do desmame. Para avaliar as variações do cortisol sérico pós-desmame, foram feitas coletas 24, 48, 72 e 168 horas pós-desmame sempre pela manhã em função do ritmo circadiano. As determinações do cortisol sérico foram feitas por radioimunoensaio. Os animais foram pesados aos 90, 210, 365 e 730 dias. O desempenho reprodutivo dos animais foi acompanhado pela análise das taxas de prenhez e de perdas de conceptos até o primeiro parto previsto. Os resultados mostraram que os valores de cortisol sérico no grupo precoce, elevaram-se de 0,22±0,25 ug/dl em níveis basais para 0,71±0,64 ug/dl nas 24 horas pós-desmame...

Cortisol na reprodução e no desenvolvimento inicial do matrinxã (Brycon amazonicus)

Oda, Gustavo Marega
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 68 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; A reprodução de peixes é um dos processos mais importantes para a piscicultura, sendo a reprodução artificial um dos manejos de criação mais estressantes para os animais, devido a todo o manejo envolvido. Esse estresse desencadeia a produção de cortisol, que pode provocar problemas na reprodução e nas larvas. Dessa forma, um maior conhecimento do estresse na reprodução é necessário, para se estabelecer rotinas e modelos de manejo mais adequados. Assim, o presente estudo teve como objetivo, verificar o efeito do cortisol administrado por meio de injeção intraperitoneal na reprodução de fêmeas de matrinxã (Brycon amazonicus), no desenvolvimento embrionário e no desempenho inicial das larvas. Para isso, foram realizados 2 experimentos, nos meses de novembro e dezembro de 2007 e 2008. Utilizou-se no total, 24 fêmeas e 18 machos de matrinxãs, onde as fêmeas, no momento da indução hormonal com EPC para a reprodução, recebiam uma injeção intraperitoneal de solução de cortisol, de acordo com os tratamentos (4 fêmeas por tratamento)...

Correlação entre os parâmetros do cortisol salivar e o fenótipo de fragilidade em idosos institucionalizados

Holanda, Cristina Marques de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Introduction: The Frailty Syndrome is characterized by the decrease of energy reserve and the reduced resistance to stressors. Studies indicate that the neuroendocrine markers can be related to the appearance of this syndrome. The main endocrine answer to stress is the increase of cortisol levels. Objective: To analyze the correlation between the frailty syndrome the salivary cortisol in elderly residing in nursing homes. Method: A traversal study was accomplished, in João Pessoa city, PB, with a sample composed by 69 institutionalized elderly. The collected data refer to the frailty phenotype (weight loss, exhaustion, slowness, weakness, and lower level of physical activity) and to salivary cortisol parameters (first measure - 6-7h; second measure - 11-12h; third measure - 16-17h). In the statistical analysis the Pearson s correlation test was used, Chi square Test and Anova and Simple Linear Regression analyses. Results: The sample was composed by 37.7% of men and 62.3% of women, with age average of 77.52 (±7.82). There was a percentile of 45.8% frail elderly. The frail elderly obtained higher cortisol values in the third measure (p=0.04) and the frailty load was significantly associated to the first measure (r=0.25, p=0.04). The simple linear regression analysis presented a determination rate (R2=0.05) between frailty load and first cortisol measure. Conclusion: The largest cortisol values in the morning and before sleeping among the frail elderly supply indications that can have a relationship of cortisol increase levels and the frailty presence in elderly from nursing homes.; Introdução: A Síndrome da fragilidade é caracterizada pela diminuição da reserva de energia e pela resistência reduzida aos estressores. Estudos indicam que os marcadores neuroendócrinos podem estar relacionados ao surgimento desta síndrome. A principal resposta endócrina ao estresse é o aumento dos níveis de cortisol. Objetivo: Analisar a correlação entre a síndrome da fragilidade e o cortisol salivar em idosos residentes em instituições de longa permanência. Método: Foi realizado um estudo transversal...

Cortisol perturbation in the pathophysiology of septicaemia, complicated pregnancy and weight loss/obesity.

Ho, Jui Ting
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 773991 bytes; application/pdf
Publicado em //2007 EN
Relevância na Pesquisa
37.21%
Cortisol, the principal glucocorticoid secreted from the adrenal glands, is essential for life. Healthy cortisol levels are maintained through negative feedback on the central nervous system (CNS) – pituitary stimulatory apparatus which regulates production of adrenocorticotropin (ACTH) and contains a light–entrained intrinsic CNS driven diurnal rhythm. Cortisol participates in a regulatory mechanism where inflammatory cytokines stimulate cortisol release and cortisol in turn suppresses cytokine release. The effects of cortisol in inflammatory states include elevating blood pressure and metabolic regulation. This thesis contains three exploratory studies examining circulating cortisolaemia using the best available methodologies (total and free cortisol and corticosteroid-binding globulin (CBG)) in clinical states characterized by immune activation/ inflammation and altered blood pressure. These clinical states include: (1) septic shock, (2) hypertensive disorders of pregnancy and (3) obesity-induced hypertension. Prior to the studies described here, little was know about cortisolaemia in these common pathological states. Septic shock is a life threatening condition that complicates severe infection and is characterized by systemic inflammation and refractory hypotension. High plasma total cortisol levels and attenuated responses to synthetic ACTH stimulation are associated with increased mortality. The use of corticosteroids in septic shock has been highly controversial for decades...

SHIFT WORK AND CORTISOL PRODUCTION AMONG FEMALE HOSPITAL EMPLOYEES

Hung, ELEANOR
Fonte: Quens University Publicador: Quens University
Tipo: Tese de Doutorado
EN; EN
Relevância na Pesquisa
37.12%
Background: Shift work is associated with an increased risk for cardiovascular diseases (CVD). This thesis focuses on the potential disruption of cortisol production by shift work, a proposed underlying pathway to CVD. Objectives: (1) To describe the diurnal quantity and pattern of cortisol production according to shift work status (exclusive-day, or rotating days and nights), and according to parameters of rotating shift work (timing, length, and intensity). (2) To determine how current shift work status and past shift work affects diurnal quantity and pattern of cortisol production. (3) To determine the effects of rotating shift work parameters on diurnal pattern and quantity of cortisol production. Methods: 328 female hospital employees (160 day workers, 168 rotating shift workers) participated in a cross-sectional study consisting of: (1) an initial interview and anthropometric assessment, (2) completion of a questionnaire package to ascertain work characteristics, and (3) collection of urine over a 48-hour period to measure creatinine-adjusted cortisol. Cortisol profiles and unadjusted summary measures were used to describe the quantity and pattern of diurnal cortisol production by shift work status and parameters of rotating shift work exposure. The effect of shift work on diurnal cortisol was determined using multivariable linear regression modeling. Results: Compared to day workers...

Effect of cortisol levels on working memory performance in elderly subjects with Alzheimer's disease; Efeito dos níveis de cortisol no desempenho da memória operacional de idosos com doença de Alzheimer

SOUZA-TALARICO, Juliana Nery de; CARAMELLI, Paulo; NITRINI, Ricardo; CHAVES, Eliane Corrêa
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.12%
BACKGROUND: Subjects with Alzheimer's disease (AD) have elevated cortisol levels as a result of hypothalamic-pituitary-adrenal (HPA) axis dysfunction. Acute administration of hydrocortisone has been associated with working memory (WM) performance in young adults. OBJECTIVE: To investigate whether cortisol levels are associated with WM performance in subjects with AD. METHOD: Eighty subjects were included, comprising 40 patients with mild AD and 40 healthy elderly controls. WM was assessed using the Digit Span Backward test (DSB). Saliva samples were collected to determine cortisol levels. RESULTS: AD subjects had poorer performance on the DSB than controls (p=0.002) and also presented higher levels of cortisol than control group (p=0.04). No significant correlation was observed between the DSB and cortisol levels in both groups (r= -0.29). CONCLUSION: In this study, elevated cortisol levels were not associated with poorer WM performance in patients with AD or in healthy elderly subjects.; INTRODUÇÃO: Idosos com doença de Alzheimer (DA) apresentam elevados níveis de cortisol como resultado de uma disfunção no eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA). A administração aguda de hidrocortisona tem sido associada ao desempenho da memória operacional (WM) em adultos jovens. OBJETIVO: Investigar se os níveis de cortisol estão associados com o desempenho na WM em pacientes com DA. MÉTODO: Oitenta indivíduos foram incluídos...

Estudo do comportamento cortisol, gh e insulina apos uma sessao de exercicio resistido agudo

Silva Junior, Autran José; Souza, Markus Vinicius Campos; Tomaz, Luciane Magri; Bertucci, Danilo Rodrigues; Souza, Gabriela Soares de; Vanevazzi, Gustavo Henrique Rigo; Conceicao Filho, Julio; Campanholi Neto, José; Ruffoni, Leandro Dias; Sousa, Nuno Ma
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 21-25
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
INTRODUÇÃO:Muitos trabalhos têm estudado o comportamento hormonal nos exercício resistido, entretanto poucos relacionam os hormônios cortisol, GH e insulina.OBJETIVO:Estudar os ajustes das concentrações plasmáticas dos hormônios cortisol, GH e insulina em exercícios resistidos de mesma intensidade com relação à massas musculares distintas.MÉTODOS:Dez voluntários, com 20,3 ± 4,2 anos, 74,1 ± 10,2 kg de peso, 177,2 ± 4,6 cm de estatura e 23,8 ± 3,2 kg/m2 de IMC, realizaram uma sessão de leg press (LP) e supino reto (SR) com quatro séries com 10 repetições a 70% 1 RM com três minutos de intervalo. Foram coletadas amostras de sangue para dosagem das concentrações plasmáticas de cortisol, GH e insulina em repouso (Pré) e em 0' (Rec. 0'), 30' (Rec. 30') e 90' (Rec. 90') de recuperação.RESULTADOS:As concentrações plasmáticas de cortisol foram significativamente reduzidas ao final da recuperação em LP (2,20±0,37 ng/dl para 1,33±0,38ng/dl) em relação à pré-dosagem. As concentrações de GH e insulina elevaram-se significativamente durante a recuperação. GH em LP foi significativamente maior em Rec. 0' (2,75±3,29 ng/ml para 9,60±5,32 ng/dl) do que em pré. A insulina elevou-se significativamente em Rec. 30' em LP (14...

Cortisol sanguineo e salivar como indicadores de estresse; Serum and salivary cortisol as stress marker

Marcia Carvalho Garcia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Hans Selye definiu stress como a " resposta não específica do organismo frente a agentes ameaçadores de sua integridade". O avanço de técnicas e métodos tanto de coleta de material biológico, quanto de análises destes tornaram esta definição polêmica. Apresentamos neste trabalho a evolução do conceito de estresse e os termos a ele associados, levando em conta que a resposta de estresse tem caráter adaptativo e visa proteger o organismo e garantir a sua sobrevivência, quando se refere a experiências de tempo limitado que o indivíduo pode superar. Por outro lado, o estresse torna-se perigoso para a saúde quando o senso de controle e o domínio são perdidos. O sistema de resposta de estresse envolve regiões cerebrais que se conectam entre si e desencadeiam estímulos por meio de dois eixos: um neural e outro hormonal aos sistemas periféricos. Os glicocorticóides participam em todas as etapas da resposta de estresse, e são, por isso, considerados como marcadores biológicos desta resposta. A determinação da concentração salivar de cortisol é, atualmente, a técnica de eleição para este fim. O objetivo deste trabalho foi avaliar se a determinação da concentração salivar de cortisol pode ser utilizada como indicador biológico de estresse relacionado a diversas atividades humanas. Determinamos a concentração sérica de cortisol em jogadores de futebol durante duas temporadas esportivas...

Variables Sociodemográficas, Hábitos De Vida Y Normalización De Los Niveles De Cortisol En Muestras De Adultos De México; Demographic and lifestyle variables and levels of cortisol in Mexican adults; Variáveis sócio-demográficas, hábitos de vida e níveis de cortisol em adultos do México

Vega-Michel, Claudia; Camacho Gutierrez, Everardo
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
SPA; ENG; POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Objetivo.  El objetivo de  la presente  investigación  fue  el analizar si variables demográficas  y de hábitos de vida correlacionan con los niveles de cortisol salival en una muestra amplia de adultos en México. Además de  obtener  el  promedio  del  ciclo  circadiano  de  cortisol  salival  como  un  referente  normativo  para  futuras investigaciones. Método. Se analizaron el promedio general y el ciclo circadiano del cortisol en 3.414 muestras salivales, obtenidas en 12 estudios realizados en México, además de que se examinaron  las diferencias de dicha hormona con base en las variables de edad, género y consumo o no de cigarros. Resultados. Se observó un descenso en  la concentración de cortisol conforme  los participantes avanzaban en edad;  asimismo,  se identificó un patrón circadiano normal, aunque con niveles superiores en la muestra estudiada; finalmente, no  se encontraron diferencias  significativas entre  las concentraciones de cortisol entre mujeres  y hombres, así  como  entre  fumadores  y  no  fumadores.  Conclusión.  Se  discute  sobre  las  implicaciones  conceptuales...