Página 1 dos resultados de 190 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Traumatismos crânio-encefálicos e compreensão auditiva de nomes comuns: estudo do papel mediador da idade no momento lesão e de processos cognitivos não linguísticos

Fernandes, Graça Maria da Cunha Sanches
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Os défices cognitivos que surgem como consequência de um traumatismo crânio-encefálico (TCE) estão relativamente bem documentados na literatura, nomeadamente a diminuição da Velocidade de Processamento (VP), da Memória de Trabalho (MT) e da capacidade de inibição. Porém, o efeito do TCE na linguagem tem recebido pouca atenção e tem sido, em grande medida, inexplorado. Neste sentido, o presente estudo pretendeu avaliar se o TCE afecta a compreensão de palavras isoladas e se esse eventual efeito interage com variáveis caracterizadoras dos estímulos, designadamente a sua categoria semântica, a sua extensão e a sua frequência de uso. Este estudo pretendeu, adicionalmente, averiguar qual, ou quais, os melhores preditores da qualidade da compreensão auditiva de nomes comuns no TCE, de entre a MT, a VP, a inibição e a idade no momento da lesão. A amostra desta investigação é constituída por 55 participantes, sendo que 27 destes sofreram um TCE e 28 pertencem ao grupo de controlo. Todos os participantes preencheram uma ficha de dados sociodemográficos e a todos foram aplicados testes neuropsicológicos, destinados a avaliar a linguagem, a MT, a VP e a inibição. Os resultados mostram evidencias de que palavras pouco frequentes são mais facilmente compreendidas quando a sua extensão é curta e que o grupo clínico apresenta mais dificuldades em compreender palavras pouco frequentes relativamente ao grupo de controlo. Verificámos também que os participantes apresentam mais dificuldades na compreensão do significado relativo a objectos pertencentes à categoria semântica dos seres vivos do que dificuldades relativas à compreensão de objectos pertencentes à categoria semântica dos seres não-vivos. A este respeito...

A canção popular autêntica aplicada ao processo de ensino-aprendizagem da língua alemã como língua estrangeira; The authentic pop music applied the process of teaching-learning of the german language as a foreign language

Zachariadis, Carin Beatriz Carreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
O presente estudo teve como objetivo principal aplicar a canção em sala de aula, para medir o seu grau de influência na aprendizagem do aluno no contexto de LE, particularmente da língua alemã. Com base no levantamento bibliográfico, foi constatado que a canção é uma ferramenta importante no ensino-aprendizagem de LE. Porém, sentiu-se falta da descrição dos resultados a partir da sua aplicação em sala de aula. Nos livros didáticos e em sala de aula, há, geralmente, canções elaboradas. No entanto, para despertar a motivação dos alunos da faixa etária de 13-14 anos das 8as séries de uma escola particular de São Paulo, houve a preocupação em selecionar uma canção autêntica que correspondesse ao universo de interesses dos jovens. Antes da escolha da canção houve a preocupação em definir a canção autêntica, segundo Parnitzke (1997). Dentre as canções autênticas, foi adotada a canção popular, que vai ao encontro dos interesses dos jovens. Dessa forma compreende-se por canção popular uma melodia cantada, com uma estrutura conjugada de língua e música, que compõem uma unidade. As suas partes melódicas são fáceis de cantar e de memorizar, as entoações e o ritmo orientam-se pelo texto. Engloba os gêneros musicais cantados...

Manifestações linguísticas em adultos com alterações no espectro da neuropatia auditiva; Linguistic manifestations in adults individuals with auditory neuropathy spectrum disorder

Horacio, Camila Paes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.76%
Introdução: A presença de perdas auditivas de origem neural no adulto que já desenvolveu linguagem pode acarretar alteração de compreensão da fala com dificuldade na discriminação auditiva dos sons e entendimento completo da mensagem. Entre as causas de perdas auditivas neurais está o distúrbio do espectro da neuropatia auditiva (DENA). A maioria das publicações sobre o DENA descrevem o padrão do diagnóstico auditivo, entretanto as consequências dessa alteração auditiva para a comunicação do indivíduo e as implicações dessas para o tratamento fonoaudiólogico são escassas. Faz-se necessária a identificação das especificidades linguísticas a serem avaliadas nos neuropatas, por meio de um protocolo de avaliação direcionado, para permitir a elaboração de diretrizes terapêuticas bem delineadas. Objetivo: Este estudo teve como objetivo descrever as manifestações linguísticas em adultos com o Distúrbio do espectro da neuropatia auditiva (DENA). Métodos: Foram incluídos neste estudo pacientes adultos identificados com o diagnóstico de DENA, alfabetizados, sem alterações neurológicas e cognitivas, no período entre 2007 e 2009 no setor de Fonoaudiologia do Ambulatório de Otorrinolaringologia do HCFMUSP. Doze pacientes foram selecionados...

Falar, falar!!! E escutar?: uma aproximação ao trabalho com a 'compreensão auditiva' nas práticas de ensino/aprendizagem de língua estrangeira com foco no espanhol no Brasil; Talk, talk!!! End listen?: an approximation to the work with the 'listening comprehension' in the learning/teaching practices of foreign language in Brazil, focusing on Spanish

Cabral, Glauce Gomes de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.43%
Este trabalho pretende contribuir para o estudo da compreensão auditiva (CA) da língua espanhola por aprendizes brasileiros em processos de ensino/aprendizagem que definimos como fazendo parte das condições de produção de um processo de inscrição por parte de um sujeito na ordem da língua outra (SERRRANI-INFANTE, 1997b;1998b). Partimos da hipótese de que essa dimensão tem sido pouco explorada em suas especificidades e, menos ainda, em sua relação com a série de singularidades que caracterizam o aprendiz brasileiro. Para tanto, iniciamos nosso percurso investigando o lugar dado a ela nos métodos e abordagens de ensino de línguas, desde práticas utilizadas no século XVII até os dias atuais, o que nos leva inclusive a abordar o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (2001) e os efeitos de sentido que ele tem produzido no espaço de enunciação (GUIMARÃES, 2002) brasileiro. Em seguida passamos, por um lado, a observar como foram retomados os sentidos instaurados pelos já referidos métodos e abordagens, ao colocá-los em relação, fundamentalmente, com alguns dos documentos oficiais que regem o ensino nesse país; e, por outro, ao entrar em contato com os estudos desenvolvidos no campo da linguagem no Brasil em torno de aspectos relacionados a nosso objeto com o intuito de avançar na compreensão de sua complexidade. Posteriormente...

Processamento auditivo na perda auditiva unilateral: relato de caso

Salvador, Karina Krähembühl; Pereira, Tatiane Cristina; Moraes, Tamyne Ferreira Duarte de; Cruz, Mariana Sodário; Feniman, Mariza Ribeiro
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 381-384
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
A perda auditiva unilateral representa grande risco para o atraso acadêmico, a comunicação, o desenvolvimento social e também para o processamento auditivo. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar as habilidades auditivas de localização, fechamento, figura-fundo, resolução temporal e ordenação temporal simples de um sujeito do gênero masculino, 17 anos de idade, com diagnóstico de perda auditiva sensorioneural unilateral de grau profundo, de causa idiopática, sem outros comprometimentos. O processo de avaliação constituiu da aplicação de um questionário, da realização da avaliação audiológica clínica convencional (audiometria tonal, logoaudiometria e imitanciometria) e de testes de processamento auditivo monóticos (SSI ipsilateral, Teste de fala filtrada) e dióticos (Localização sonora, Memória auditiva para sons verbais, Memória auditiva para sons não verbais, AFT-R). Apenas o teste de Localização sonora apresentou resultados alterados. Não foram relatadas queixas relacionadas à habilidade de localização sonora, atenção, discriminação e compreensão auditiva. No caso em estudo, a perda auditiva sensorioneural unilateral de grau profundo não pareceu restringir o desenvolvimento das habilidades do processamento auditivo avaliadas...

Compreensão auditiva em lingua estrangeira : efeito de visuais e atitudes

Linda Gentry El-Dash
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/1993 PT
Relevância na Pesquisa
46.46%
Em anos recentes a compreensão auditiva se mostrou um componente crucial da aquisição de uma língua estrangeira. Na sala de aula, entretanto, os contatos com a língua oral tendem a ser através de fitas em áudio, embora tal prática prive o aprendiz de várias informações normalmente disponíveis num contato autêntico. Esta tese mostra o papel facilitador de dois tipos de visuais que ajudam a suprir essa privação e facilitar assim a compreensão: uma gravura que facilita a ativação de "schemata" apropriados para interpretação "top-down" e imagens em vídeo que, através de movimentos articulatórios e cinéticos, fornecem pistas para interpretação “bottom-up". Os dois tipos melhoraram a compreensão, embora o efeito variasse em função do nível de proficiência do sujeito. Também investigou-se a estrutura atitudinal em relação aos falantes de inglês.e suas culturas subjacentes em universitários brasileiros, assim como a estrutura atitudinal dos propósitos para o estudo de tal idioma. Os fatores de propósitos revelam componentes de instrumentalidade, integração, realidade, prazer, acesso a informações e de valorização intrínseca da língua, contudo, a interpretação de várias atividades em relação a tais fatores varia dependendo do pertencimento a subgrupos relacionados com sexo...

Organizando a rede de atenção à saúde auditiva de pessoas que vivem com HIV/AIDS sob a perspectiva da complexidade

Assuiti, Luciana Ferreira Cardoso
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 298 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; A política nacional de DST/Aids entrou em vigor no ano de 1985, enquanto que a política nacional de atenção à saúde auditiva foi publicada em 2004. Assim, o estudo teve como objetivo construir um referencial teórico, da organização e gestão da rede de atenção à saúde auditiva, a partir da compreensão dos significados atribuídos pelos profissionais e gestores, que atuam na política nacional de atenção à saúde auditiva e política nacional de DST/Aids, no Estado de Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com abordagem teórico-descritiva, a qual foi conduzida pela Teoria Fundamentada nos Dados (TFD). A Complexidade de Edgar Morin foi a perspectiva teórica utilizada, e oportunizou a compreensão do fenômeno de forma contextualizada e reflexiva. Os cenários escolhidos para a realização da pesquisa foram dois Serviços de Atenção à Saúde Auditiva, de alta complexidade, um no Município de Florianópolis/SC, outro em Itajaí/SC, e um Centro de Referência Estadual no controle e tratamento de pessoas com HIV/Aids, localizado em Florianópolis/SC. A coleta de dados ocorreu de maio de 2012 a abril de 2013. A seleção dos participantes foi intencional...

Compreensão auditiva na aula de línguas : materiais audiovisuais

Martins, Sónia Marlene Pereira
Fonte: Porto : [Edição do Autor] Publicador: Porto : [Edição do Autor]
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.65%
O produto final deste relatório estriba na comparticipação das minhas experiências nas aulas de estágio pedagógico, centrando-se a sua temática na compreensão auditiva e no uso de materiais audiovisuais. Este trabalho foi desenvolvido ao longo de um ano lectivo, por alunos do Ensino Secundário, nas disciplinas curriculares de Espanhol II, nível geral e Espanhol II, nível específico. Está dividido em duas secções e pretende reproduzir algumas das conclusões que acerquei sobre as diversas possibilidades e formas de desenvolver as actividades de compreensão auditiva. É evidente que tiveram crucial proficuidade todas as leituras de livros e artículos que consultei sobre este tema. A parte I representa o fruto de uma investigação teórica sobre o ensmo-aprendizagem da Compreensão Auditiva, na qual descrevo as peculiaridades que caracterizam a audição, enquanto actividade cognitiva e comunicativa e a sua posta em prática numa aula de língua. Manifestarei similarmente as minhas considerações, relativas ao uso dos materiais audiovisuais e os seus beneficios para o processo de aprendizagem. Na parte II, pretende-se uma análise crítica de alguns casos práticos. Apresentarei modelos de actividades criadas a partir de materiais audiovisuais que tinham como objectivo principal exercitar a capacidade auditiva. O trabalho também inclui uma reflexão sobre as opções tomadas e sobre aquilo que poder-se-á aperfeiçoar no futuro...

Compreensão e produção de orações relativas em crianças falantes do português europeu portadoras de deficiência auditiva

Mangas, Vera Lúcia Hortas
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.64%
Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento e Perturbações da linguagem na Criança; Este estudo tem como principal objectivo analisar a compreensão e a produção de frases relativas de sujeito e de objecto em crianças com défice auditivo (DA) e em crianças com desenvolvimento típico. O grupo de controlo foi formado por 6 crianças com desenvolvimento típico, falantes nativos do português europeu, com idades compreendidas entre os 7;6 e os 10;00 anos. O grupo experimental é composto por 6 crianças com deficiência auditiva congénita em ambos os ouvidos, com idades compreendidas entre os 7;4 e os 10;10 anos O grau de surdez varia entre severo a profundo e todas as crianças são filhas de pais ouvintes e falantes nativos do português europeu. Todas as crianças deste grupo apresentam acompanhamento em terapia da fala. Para testar a compreensão e a produção das frases relativas foram utilizados testes adaptados por Costa, Lobo, Silva e Ferreira (2008), a partir dos testes desenvolvidos por Namma Friedmann e Rama Novogrodsky. A compreensão de orações relativas de sujeito e de objecto foi testada através de um Teste de Identificação de Imagens. Para testar a produção de relativas de sujeito e de objecto foi aplicado um Teste de Preferência. Os resultados do Teste de Identificação de Imagens sugerem uma assimetria entre as relativas de sujeito e de objecto em ambos os grupos...

A abordagem da compreensão auditiva e sua avaliação no ensino de E/LE, no Ensino Secundário (11.º Ano – Nível de Iniciação)

Batista, José António Flambó Afonso
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.49%
Dissertação de Mestrado em Ensino de Português no 3.º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário e de Espanhol nos Ensinos Básico e Secundário; A compreensão auditiva, que pressupõe um esforço cognitivo do ouvinte, deve ser uma prática recorrente no processo de ensino-prendizagem de qualquer língua, em articulação com as restantes competências. Neste sentido, cabe ao professor fomentar uma pedagogia activa e desempenhar o papel de mediador, desenvolvendo actividades variadas e motivadoras, a fim de aumentar a competência e a eficácia dos alunos na recepção e compreensão de um vasto e diversificado reportório de enunciados orais autênticos que representem os traços característicos da comunicação oral quotidiana. Actualmente, existem preciosos recursos educativos (filmes, televisão, rádio, canções, Internet…) que contribuem, sem dúvida, para tornarem, por um lado, as aulas de E/LE mais estimulantes e enriquecedoras, devido às suas inúmeras potencialidades, e, por outro, para formarem ouvintes/falantes autónomos, efectivos e competentes. Tratando-se de uma habilidade linguística que se avalia obrigatoriamente em cada período lectivo, é necessário reflectir sobre a avaliação efectuada e repensar os procedimentos utilizados.; Listening comprehension...

Compreensão e Produção de Orações Relativas em Crianças Falantes do Português Europeu Portadoras de Deficiência Auditiva

Mangas, Vera Lúcia Horta
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa ; Escola Superior de Saúde, Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa ; Escola Superior de Saúde, Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.64%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Desenvolvimento e Perturbações da Linguagem na Criança – Área de Especialização em Terapia da Fala; Este estudo tem como principal objectivo analisar a compreensão e a produção de frases relativas de sujeito e de objecto em crianças com défice auditivo (DA) e em crianças com desenvolvimento típico. O grupo de controlo foi formado por 6 crianças com desenvolvimento típico, falantes nativos do português europeu, com idades compreendidas entre os 7;6 e os 10;00 anos. O grupo experimental é composto por 6 crianças com deficiência auditiva congénita em ambos os ouvidos, com idades compreendidas entre os 7;4 e os 10;10 anos O grau de surdez varia entre severo a profundo e todas as crianças são filhas de pais ouvintes e falantes nativos do português europeu. Todas as crianças deste grupo apresentam acompanhamento em terapia da fala. Para testar a compreensão e a produção das frases relativas foram utilizados testes adaptados por Costa, Lobo, Silva e Ferreira (2008), a partir dos testes desenvolvidos por Namma Friedmann e Rama Novogrodsky. A compreensão de orações relativas de sujeito e de objecto foi testada através de um Teste de Identificação de Imagens. Para testar a produção de relativas de sujeito e de objecto foi aplicado um Teste de Preferência. Os resultados do Teste de Identificação de Imagens sugerem uma assimetria entre as relativas de sujeito e de objecto em ambos os grupos...

A eficácia da adaptação de prótese auditiva na redução ou eliminação do zumbido

Moura,Lívia Oliveira Salgueiro de; Iório,Maria Cecília Martinelli; Azevedo,Marisa Frasson de
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.5%
O zumbido é uma desordem extremamente freqüente em pacientes com perda auditiva, atingindo cerca de 40 milhões de pessoas nos EUA, afetando aproximadamente 1/3 da população acima dos 65 anos de idade. A prática clínica tem demonstrado que pacientes portadores de perda auditiva associada a zumbido beneficiam-se com o uso de próteses auditivas, pois estas, além de melhorarem a compreensão da conversação, aliviam o zumbido. OBJETIVO: No presente trabalho, procurou-se verificar a eficiência da adaptação de próteses auditivas na redução ou eliminação do zumbido em pacientes com perda auditiva. FORMA DE ESTUDO: Estudo de série. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados 47 indivíduos adultos, sendo 32 do sexo feminino e 15 do sexo masculino, com idades entre 32 e 88 anos, com indicação médica para adaptação de prótese auditiva. Realizou-se análise e avaliação subjetiva da sensação de zumbido por meio da técnica da acufenometria, caracterizando-o quanto ao pitch e loudness, e acompanhamento dos pacientes durante um ano afim de verificar se houve melhora do zumbido após a adaptação da prótese auditiva. RESULTADOS: A maioria dos pacientes (87,2%) referiu melhora do zumbido com o uso da prótese auditiva, sendo que em 51% destes o zumbido desapareceu completamente. O tempo de uso da prótese necessário para a melhora do zumbido foi de 3 a 8 meses para a maioria dos indivíduos. As características da prótese auditiva...

Quais as frequências audiométricas acometidas são responsáveis pela queixa auditiva nas disacusias por ototoxicidade após o tratamento oncológico?

Liberman,Patricia Helena Pecora; Goffi-Gomez,M. Valeria Schmidt; Schultz,Christiane; Lopes,Luiz Fernando
Fonte: Fundação Otorrinolaringologia Publicador: Fundação Otorrinolaringologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.52%
INTRODUÇÃO: A perda auditiva neurossensorial bilateral simétrica resultante do tratamento oncológico é subestimada, pois os pacientes têm a detecção auditiva preservada, relatando queixa em determinadas situações, ou a não compreensão de parte da mensagem. OBJETIVO: Investigar quais as frequências audiométricas acometidas são responsáveis pela presença de queixa auditiva. MÉTODO: Estudo prospectivo avaliando 200 pacientes com câncer na infância fora de tratamento oncológico há no mínimo 8 anos, com idade média ao diagnóstico de 6,21 anos (4,71). Foi aplicada anamnese para investigar a presença de queixa auditiva e realizada audiometria tonal limiar. Para verificar a associação entre queixa e perda auditiva, foi empregado o teste exato de Fisher, com um erro a=5%. Os pacientes foram divididos em: audição normal, perda auditiva em 8kHz, perda em 6-8kHz, perda em 4-8kHz, perda em 2-8kHz e perda em <1-8kHz. RESULTADOS: Encontramos 125 pacientes com audição normal, 10 apresentaram queixa auditiva. Entre os pacientes com perda auditiva, 16 apresentaram perda somente em 8kHz, e 1 com queixa; 22 com perda em 6-8kHz, sendo 3 com queixa; 16 com perda em 4-8kHz, destes 10 com queixa; 15 com perda 2-8kHz, sendo 14 com queixa e 6 com perda em <1-8kHz todos com queixa. Houve relação estatisticamente significante entre perda e queixa auditiva (p<0.001)...

Processamento auditivo na perda auditiva unilateral: relato de caso

Salvador,Karina Krähembühl; Pereira,Tatiane Cristina; Moraes,Tamyne Ferreira Duarte de; Cruz,Mariana Sodário; Feniman,Mariza Ribeiro
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
A perda auditiva unilateral representa grande risco para o atraso acadêmico, a comunicação, o desenvolvimento social e também para o processamento auditivo. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar as habilidades auditivas de localização, fechamento, figura-fundo, resolução temporal e ordenação temporal simples de um sujeito do gênero masculino, 17 anos de idade, com diagnóstico de perda auditiva sensorioneural unilateral de grau profundo, de causa idiopática, sem outros comprometimentos. O processo de avaliação constituiu da aplicação de um questionário, da realização da avaliação audiológica clínica convencional (audiometria tonal, logoaudiometria e imitanciometria) e de testes de processamento auditivo monóticos (SSI ipsilateral, Teste de fala filtrada) e dióticos (Localização sonora, Memória auditiva para sons verbais, Memória auditiva para sons não verbais, AFT-R). Apenas o teste de Localização sonora apresentou resultados alterados. Não foram relatadas queixas relacionadas à habilidade de localização sonora, atenção, discriminação e compreensão auditiva. No caso em estudo, a perda auditiva sensorioneural unilateral de grau profundo não pareceu restringir o desenvolvimento das habilidades do processamento auditivo avaliadas...

Oficinas educativas como estratégia de promoção da saúde auditiva do adolescente: estudo exploratório

Lacerda,Adriana Bender Moreira de; Soares,Vânia Muniz Néquer; Goncalves,Cláudia Giglio de Oliveira; Lopes,Flávia Conceição; Testoni,Ricardo
Fonte: Academia Brasileira de Audiologia Publicador: Academia Brasileira de Audiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
OBJETIVO: Desenvolver e avaliar oficinas educativas sobre saúde auditiva e exposição a ruídos de adolescentes escolares da rede pública de ensino médio. MÉTODOS: Estudo de intervenção, com a participação de 91 adolescentes. Foi realizada ação educativa, tendo como base a pedagogia problematizadora e, como recurso metodológico, o trabalho em grupo na forma de oficinas, nas quais os jovens foram convidados a refletir sobre a saúde auditiva e exposição a ruídos nas atividades culturais (lazer), escolares e ambientais. Foram utilizadas diferentes estratégias lúdicas e dialógicas, como teatro, música, roda de conversa, confecção de mural. Para avaliação das oficinas foram aplicados dois questionários: um questionário antes e outro depois das oficinas, visando identificar a mudança na compreensão dos jovens frente ao ruído, e outro sobre a dinâmica das oficinas. RESULTADOS: Após as oficinas, foram observadas mudanças na compreensão dos jovens, que passaram a considerar o ruído como algo ruim e danoso à saúde. Diferença significativa foi observada com relação aos cuidados necessários com a audição nas atividades culturais. A percepção dos alunos relacionada à dinâmica utilizada nas oficinas foi muito boa ou boa em mais de 80% das avaliações. CONCLUSÃO: As oficinas educativas demonstraram-se apropriadas para educação em saúde auditiva de escolares. Foram observadas mudanças na compreensão dos jovens...

The enhancement of pragmatic competencies via listening activities

Corsetti, Cristiane Ruzicki
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.79%
A comunicação verbal abrange a decodificação de formas linguísticas e a interpretação de significados implícitos, o que pode ocasionar problemas para aprendizes que desejem se comunicar em contextos de segunda língua. Esta dissertação apresenta um panorama de teorias pragmáticas que abordam o tema “inferências e comunicação verbal”, a fim de destacar fenômenos pragmáticos que afetam o significado de enunciados, especificamente atos de fala, implicaturas conversacionais generalizadas e particularizadas e estratégias de polidez. Uma análise crítica de modelos de competência comunicativa detalha as habilidades que aprendizes necessitam desenvolver para atingir seus objetivos comunicativos e também faz uma revisão da noção de competência pragmática. Posições acerca do desenvolvimento pragmático destacam a importância de proporcionar input pragmático a aprendizes. Este estudo também propõe um modelo alternativo de competência pragmática em comunicação verbal, enfocando a compreensão pragmática e objetivando caracterizar o que dificulta a compreensão e produção de significados pragmáticos por parte dos aprendizes. A descrição das sub-competências inferencial, conversacional-interacional e sociolinguística incluiu análises pragmáticas de transcrições de atividades de compreensão auditiva...

O desempenho de bilíngues e multilíngues em tarefas de controle inibitório e compreensão auditiva

Limberger, Bernardo Kolling
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.25%
A aprendizagem e o uso de duas ou mais línguas são experiências capazes de impactar o funcionamento linguístico e cognitivo. Falantes bilíngues e multilíngues precisam selecionar a língua a ser usada e, ao mesmo tempo, suprimir a interferência da língua que não está em uso durante a situação de comunicação, devido à coativação das línguas. Por esse motivo, tem sido constatado que bilíngues/multilíngues podem ter desempenho superior em comparação a monolíngues em tarefas com situações de interferência, principalmente quando há estímulos não linguísticos. Essas tarefas envolvem o controle inibitório e as funções executivas em geral. No caso de tarefas com estímulos linguísticos, os estudos são mais escassos, e os resultados, menos consensuais. No âmbito brasileiro, os efeitos positivos do bilinguismo não têm sido sempre encontrados, sobretudo nos bilíngues falantes da variedade da língua alemã denominada Hunsrückisch. Por esse motivo, o objetivo geral deste estudo é investigar o desempenho de participantes falantes de Hunsrückisch, bilíngues e multilíngues (falantes de alemão padrão com alto nível de proficiência), em comparação com monolíngues, em duas tarefas. A primeira é uma tarefa não linguística...

A (des)construção: um modelo multidimensional de educação auditiva

Cardoso, Mário Aníbal Gonçalves Rego
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.64%
Tese de Doutoramento em Ciências da Educação; Um dos grandes desafios actuais associado às práticas educativas do universo musical no Ensino Superior, prende-se na urgência do desenvolvimento de uma racionalidade que possa proporcionar uma visão multidimensional de forma a superar a conspecção fragmentada do contexto e realidade musical, e ao mesmo tempo situar e contextualizar o sujeito quer a nível espacial, quer a nível temporal. Esta linha conceptual coloca a música não só como objecto de conhecimento, mas ela própria como veículo e sujeito activo desse conhecimento. Nesta perspectiva, o conceito de Educação Auditiva que aqui se pretende fortalecer, como abordagem pluridisciplinar e multidimensional, representa um elemento fundamental no desenvolvimento de um conjunto de capacidades auditivas, cognitivas e expressivas, essenciais para a formação do músico, cujos paradigmas actuais se encontram marcados pela tradicionalidade, desenvolvimento técnico-expressivo e desfasamento entre a produção contemporânea e seus processos de ensino e aprendizagem. Assim, partindo de todo o referencial teórico assente no contributo conceptual e epistemológico de Edwin Gordon (2000) e Christopher Azzara (2008)...

A compreensão auditiva na aula de ELE com recurso ao vídeo

Paredes, Ângela Maria Fernandes de Azevedo
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
Nestes últimos anos, tem vindo a consolidar-se o conceito de enfoque comunicativo no ensino das línguas estrangeiras, cujo principal objetivo é o desenvolvimento da competência comunicativa (linguística, sociolinguística, discursiva e estratégica) que supõe também a integração em aula da componente cultural. Tendo por base os pressupostos deste enfoque comunicativo, em que o processamento da linguagem para a comunicação é a melhor forma de processamento da língua para a sua aquisição, os materiais audiovisuais surgem como um bom catalisador de tarefas autênticas que promovem a compreensão, negociação, produção, automatização e a interação na língua-alvo. Desta forma, o vídeo foi-se incorporando gradativamente nas aulas de L2, corroborando a rentabilidade e as várias possibilidades que oferece no momento de ensinar uma língua estrangeira. Da diversidade de formas existentes de recursos audiovisuais que podem ser utilizados nas aulas de ELE, optamos pela aplicação didática do vídeo que, por ser promotor de motivação e pela sua variabilidade, gera atividades dinâmicas fulcrais para captar a atenção dos alunos e desenvolver a eficácia e a efetividade da compreensão oral. O objetivo deste trabalho é refletir sobre as diferentes formas de trabalhar na sala de aula a compreensão auditiva...

Compreensão auditiva: o inútil cativeiro do discurso

Pedroso, Sergio Flores; Universidade de Havana
Fonte: Editora da UFSC Publicador: Editora da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%